Seis Teoremas de Aleister Crowley


1- Todo ato intencional é um ato de Magia.
2- O primeiro requisito para causar qualquer mudança é a habilidade prática para colocar em movimento as forças necessárias.
3- O homem que faz sua verdadeira vontade tem a inércia do universo para ajuda-lo.
4- Um homem pode aprender a usar qualquer força do universo , tornando-se um receptáculo adequado para tal, estabelecendo a conexão adequada e as condições necessárias para que a natureza dessa força possa fluir através dele.
5- A magia é a ciência de entender a si mesmo e suas condições. É a arte de aplicar esse entendimento á ação.
6- Todo homem tem o direito da autoaprovação, para satisfazer-se ao extremo.

Este post tem 31 comentários

  1. HHHelderBeast

    São teoremas ou axiomas?

    1. Paulo

      crowley era um anticristo que buscava de alguma forma mostrar que o homen teria poder e chegar a um conheçimento extraordinario abandonando a crença em Deus, isso é impossível, a verdadeira ciencia e a verdadeira sabedoria esta na fé do homen em Deus o Criador, não sabedoria, inteligencia alguma sem conheçer a Deus, propia ciencia comprova a existencia de Deus, não a religião ,ma sim tudoo que a biblia descreve, pode parecer um assunto nada interessante mas grandes cientista se basearam na bíblia para fazerem grandes descobertas…..
      @MDD – Quais grandes cientistas? Mais um paraquedista de Jesus no blog, oh god…

      1. Jay

        Peça a Deus, melhor, implore, para que ele lhe conceda o dom de escrever em português correto.

  2. GargulaNew

    3- O homem que faz sua verdadeira vontade tem a inércia do universo para ajuda-lo.
    ESSE TEOREMA É SIMPLESMENTE MARAVILHOSO!!! INCRÍVEL PODER SE FALAR TANTO COM UMA ÚNICA FRASE.

  3. Emerson

    Espero que um dia eu chegue ao nível de compreensão prática desses teoremas *-*

  4. Jeff

    Estes teoremas estão incompletos. Procurem na internet e encontrarão na integra. Muito mais explicativo. Del Debbio postou apenas a forma reduzida deles.
    @MDD – Verdade. Mas foi proposital.

    1. Jeff

      Ah, sim, me desculpe. Eu me expressei mal. Eu tentei dizer ao amigo acima que se ele quisesse compreender mais profundamente teria que procurar na web.

    2. Denis

      Pegadinha do malandro….e eu cai igual a um pato…heheh mas ta valendo , vivendo e aprendendo .rs . Meus cumprimentos ao jeff por estar ligado e por ter deixado o alerta contra a catarse coletiva. rs
      abcs a todos.

  5. Marcio

    Verdadeira Vontade não seria mesma coisa que Dharma?
    @MDD – Sim.

    1. Raphael Rodrigues

      Eu sou Ateu.
      Embora o viés do ocultismo seja fascinante, não acho que o modelo apresentado seja coerente com a realidade material, ou realidades “sutis”. Fica dificil crêr sem uma experimentação confiável.
      Infelizmente, nunca pude ter acesso à descrições formais de experimentos de ambito ocultista ou espiritualista. Daí , para aceita-los como realidade, pondo fé nas experiências empiricas alheias, teria de fechar os olhos para um método materialista que é comprovadamente eficaz (comprovado através das aplicações práticas da tecnologia e ciência moderna).
      Gosto de esclarecer estes pontos para não ter de dar exlicações sobre idéias equivocadas ou pouco usuais mais a frente.
      Estes Teoremas de Crowley não são teoremas de fato, pelo menos de acordo com a definição formal de teorema. Entretanto, o termo é usualmente utilizado de diversas maneiras diferentes da definição formal.
      Graças a natureza alegorica do texto, fiquei com algumas dúvidas. Se alguém puder esclarece-las para mim, ficarei grato. Assim sendo, vamos análiza-los um a um.
      1- Todo ato intencional é um ato de Magia.
      Visto que a grande maioria dos atos são definidos através de uma escolha consciente, é dificil definir que tipo de atos não são magia. Quando falo consciente, me refiro a parte da mente onde a atenção está focada.
      @MDD – ao contrário. a imensa maioria dos atos das pessoas é desprovido de consciencia. Pessoas acordam no automático, se vestem no automático, tomam café no automático, escovam os dentes no automático, dirigem no automático, trabalham o dia todo no automático, voltam pra casa no automático, assistem TV com a consciencia dormindo, transam no automático e voltam a dormir… fazer qualquer uma destas atividades com CONSCIÊNCIA de onde, quando e de que maneira se está realizando é um ato mágico. Tomar café pode ser uma experiência sensacional… sentir o aroma, saborear o café, sentir a temperatura da xícara, prestar atenção no ambiente ao redor… quase um ritual mágico onde a pessoa realmente está presente e atuante em sua vida.
      2- O primeiro requisito para causar qualquer mudança é a habilidade prática para colocar em movimento as forças necessárias.
      A meu ver, causar algo é sempre causar uma mudança. Causar é o ato de gerar um acontecimento através da causalidade. Logo, fica dificil destrinchar o que Crowley tentou passar através desse teorema.
      3- O homem que faz sua verdadeira vontade tem a inércia do universo para ajuda-lo.
      Nesse não tive tantos problemas em entender.
      4- Um homem pode aprender a usar qualquer força do universo , tornando-se um receptáculo adequado para tal, estabelecendo a conexão adequada e as condições necessárias para que a natureza dessa força possa fluir através dele.
      Esse trecho me pareceu poder ser aplicado a qualquer situação. Magia, ciência materialista, retórica argumentativa. Pareceu-me tão metáforico que perde um senso prático.
      @MDD – perde o senso prático porque voce deve estar esperando a palavra “milagre” no lugar de “magia”. Magia consiste em estar desperto. Preparar uma refeição é um ritual mágico se você souber aproveitá-la direito. Passear no parque, criar uma melodia, escrever um texto, projetar um edifício… são todos atos magísticos se você souber sentir. magia não é hocus-pocus, magia é viver cada momento como se fosse único e o último de sua vida. é aproveitar a existência ao máximo… até ateus conseguem fazer magia! (risos)
      5- A magia é a ciência de entender a si mesmo e suas condições. É a arte de aplicar esse entendimento á ação.
      Acredito que se o teorema 4 for explicado, seguirei com entendimento deste com facilidade. Inclusive porque os teoremas 4 e 5 parecem estar ligados implicitamente com o teorema 3.
      @MDD – quando voce entende a si mesmo, você não vai querer ser o que você não é… bananeiras não produzem maçãs, não importa o quanto o pai delas ou a sociedade queira. se você ama teatro, está fazendo o que na advocacia? Magia é ser sincero consigo mesmo e com o mundo, e fazer aquilo que você veio ao planeta para fazer. Pode realizar isso mesmo sem acreditar em nada. James randi e Dawkins são bons exemplos de gente que realiza suas Verdadeiras Vontades, mesmo sem acreditar que exista tal coisa.
      6- Todo homem tem o direito da autoaprovação, para satisfazer-se ao extremo.
      Esse é bem curioso. Até aqui, os teoremas lidavam com atos e ações. Formas de se posicionar para um entendimento do trabalho mágico. Mas este lida diretamente com as motivações do ocultista. É quase suspeito que a tendência textual aparente se quebre com tanta rapidez.
      Bom, minhas dúvidas e percepções sobre o texto são essas. Se puderem me esclarecer alguns ou todos os tópicos ficarei muito grato.
      Abraços

    2. Nivaldo Neves

      Deldebbio, me explica uma coisa, por favor:
      Pelo pouco que estudei, meu conceito de Karma seria como “consequência”,
      e Dharma “o bom senso que julga se o Karma pesará para o lado positivo ou
      negativo”. Entendo que se acontecer um acidente com alguém, e eu for o culpado
      por ter colocado um obstáculo para esse acidente acontecer, mas sem a intenção
      de machucar alguém, nesse caso o meu bom senso, meu Dharma, me fará ter um
      Karma neutro. Correto?!
      @MDD – Nao. Se voce causou, voce conserta.
      Então quer dizer que uma pessoa que vive a verdadeira vontade é aquela que
      tem a capacidade para julgar seus atos de forma positiva?! Ou o certo e errado
      depende da verdadeira vontade da pessoa?!
      @MDD – Nao tem certo e errado.

      1. Gutto

        Primeiro, desculpe me intrometer.
        Há diversas vertentes budistas, estudei um pouco o Theravada que possui um vínculo mais forte com o cânone em pali (as escrituras budistas).
        Bom, segundo o cânone, criamos karma (ou kamma em pali) mediante intenção, sem intenção não há karma. Tanto que:
        “Intenção, eu lhes digo, é kamma. Pela intenção, a pessoa faz kamma através do corpo, linguagem e mente.”
        — AN VI.63
        Além disso, se bem me lembro, karma é apenas mental, diz respeito a consequências que ocorrem apenas na mente, levando a um novo ressurgimento e, consequentemente, à manutenção do ‘eu’. Detalhe, renascimentos ocorrem o tempo todo, não apenas após a dissolução do corpo.
        Então, se você, digamos pisa em várias formigas sem se dar conta disso, não criará karma negativo.
        Quanto ao Dharma (ou dhamma em pali), tem vários significados. Pode se referir à natureza de algo, a alguma doutrina (o budismo seria o Buddha-dhamma) ou à experiência direta do Nibanna.
        O que vai trabalhar para um karma positivo, seria a ação correta (ou samma kammanto) um dos elementos do caminho óctuplo.
        De novo ressalto que essa é a interpretação do budismo Theravada e encontra sua fundamentação no cânone em pali. Não tenho conhecimento das demais vertentes (tibetano, zen, chan…).
        Mais informações em http://www.acessoaoinsight.net

  6. Murylo

    Mr. DD, gostei muito do post sobretudo da obviedade do primeiro ponto. Assisti ontem a um vídeo, gostaria que analisasse ou mesmo postasse para que identifiquemos os pontos principais. Não sei se conhece mas abaixo vai o link e descrição. Abraços!
    Matias De Stefano – Ater Tumti – A Herança Universal (leg. português)
    http://www.youtube.com/watch?v=HS0vT9ncxxs
    Matias De Stefano, Argentino, 22 anos, responde nesse vídeo às questões abaixo:
    Como funciona o Universo? Existe o bem e o mal? Conhecemos realmente toda a história da humanidade? Como o Ser Humano apareceu? Deus existe?
    O que é o Espírito? O que vai acontecer em 2012? Quem são as crianças índigo? Será que a Atlântida existiu? De onde viemos? Para onde vamos? Qual é o propósito de tudo isso?

  7. TiagoMazzon

    Preciso estudar Aleister Crowley, ler seus Libers… to devendo isso pra mim mesmo.
    Adoro conhecimento/sabedoria condensando(a) em frases de Poder, como nas frases acima. São muito mais do que “frases”, são arcanos.
    Adoro subir meu nível de consciência para adquirir o significado oculto por atrás dos simbolismos.

  8. Petri

    “Qualquer mudança pode ter efeito através da aplicação do tipo e grau
    de força apropriados, da maneira apropriada, através do meio apropriado ao objeto apropriado.”
    Esperamos que um bom número de pessoas procure pelo resto

  9. Vinícius Pedro

    crowley anda me “perseguindo” essa semana. em cada lugar que eu nem imaginaria aparece o nome dele…
    em falar em crowley. MDD vc já leu a história sem fim? bem que poderia rolar um post a respeito do livro e a sua influência thelemita.

  10. eduardo oliveira rocha

    DD, se ele pede que a pessoa se satisfaça ao extremo, não estaria ele de certa forma alimentando o desejo de poder do ego? Isso de acordo com o budismo e outras doutrinas, não seria algo reprovado? no fundo isso me parece um acúmulo de poder…

  11. Leon

    Antigamente eu acreditava que Verdadeira Vontade era sinônimo de “busca espiritual”,e que esse era o único meio possível de se chegar a “Ascensão”.
    Hj eu vejo que o caminho do espirito,ou da Magia podem ser partes da Verdadeira Vontade de um SER,mas não é o único caminho a iluminação.
    @MDD – Verdade. Nenhum mago de verdade deixa de ter uma profissão mundana, porque faz parte do todo ser bem sucedido em todos os 4 elementos.

  12. Leigo

    Deldebbio, como você enxerga esses new-agers que dizem que temos um conselheiro kármico próprio aqui na Terra, que nosso karma está em 1 de 7 raios e que é possível canalizar mensagens desses 7 conselheiros?
    @MDD – Visão míope de como a coisa toda funciona… são os evangélicos do ocultismo kkkkk

    1. Leigo

      O link é esse: xxxxxxxx
      Pode editar o link pra ng mais clicar, mas veja essa mensagem que a Dercy supostamente deu.
      Pelo menos é engraçado ehehehe
      Com esses boatos de 2012, parece que tem crescido o número de seitas e sites que atraem os incautos…
      @MDD – É muito tosco.

  13. Rafael

    O Quarto Mandamento me lembra o Tai Chi.
    Trabalhar a energia interna e estar conectado a Natureza.

  14. eduardo oliveira rocha

    Eu estudo o budismo…e o objetivo dele é eliminar o ego, cessar os desejos e, consequentemente, eliminar o sofrimento, visando um estdo de plenitude infinita.
    entretanto, tento conciliar os diversos conhecimentos que tenho, pois acreito que no fundo, seja o cristianismo ou o xamanismo, todos querem dizer a mesma coisa de perspetivas diferente.
    então, o que eu quero perguntar é: vc t atualizado com o budismo?
    segundo, em relação ao sexto teorema, quando ele diz q todo mago tem o direito de se aprimorar e se satisfazer, obter maior poder sobre si mesmo e sobre a realidade que o cerca, no fundo, isso é só mais um objetivo do ego. Tipo, os mundanos compram celulares, os ocultistas aprendem magia, mas ambas as coisas visam satisfazer o ego, entretanto tal satisfação não dura muito. vc pode observar que, logo apos vc conseguir algo, vc logo fica insatisfeito, e quer mais. è assim com todos os seres humanos. O auto-aperfeiçoamento , para mim, nada mais eh como mais um processo humano que visa satisfazer o ego, satisfação essa bastante efêmera. Na verdade, entendo ser o principal objetivo do homem ser feliz, para atingir tal fim, o principal meio seria abandonar o ego.
    basicamente esse é o principal ensinamento dos autores budistas: dalai lama, lama padma samtem e osho.
    oq vc acha isso? seria o ocultismo e o budismo incompatíveis? vlws
    @MDD – São dois caminhos paralelos que vão para o mesmo lugar. Conheço muitos maçons budistas, eu mesmo gosto muito do budismo e acredito que ambos os estudos caminham em paralelo. O quanto que a pessoa vai se devotar para cada caminho (pensar ou sentir) vai da essência de cada um… uns vão gostar mais da maneira do budismo, outros vão querer um caminho mais mental.

    1. eduardo oliveira rocha

      ahh ta…então o ocultismo visa a eliminação do ego também?
      bem, eu ja havia desconfiado disso…aposto que como eu, diversos adeptos já olharam o final do livro do franz bardon, o “magia prática”…no grau mais alto ele descreve um estado de uniao com o todo (deus se preferir) que bate com o objetivo final do budismo, ja que a eliminaçao do ego gera a uniao com o universo….vlws DD

  15. flasHQ

    “6- Todo homem tem o direito da autoaprovação, para satisfazer-se ao extremo.”
    satisfação em qual sentido, do prazer ou da superação?
    Porque prazer simplório para mim é ruido para alcançar o verdadeiro estado de felicidade, não que não possamos nos permitir os prazeres, mas não nos iludirmos com ele.
    Confundi completa,mente este item?

    1. Leigo

      Penso que o que ele quer dizer é que não precisamos da permissão dos outros para fazermos o que quisermos.
      Mesma na idade adulta as pessoas dependem de autoridades, de um líder para dizer aonde elas devem ir.
      Algumas pessoas gostam de ligar o cordão umbical em algum lugar ou outra pessoa mesmo depois de adultos.

  16. Marcio Homem.´.

    “3- O homem que faz sua verdadeira vontade tem a inércia do universo para ajuda-lo.”
    Na física, a inércia é a propiedade de um corpo manter seu estado original (em repouso ou em movimento) enquanto nao intervém uma forca que altere este estado. Em sentido figurado, dizemos inerte a algo sem acao, sem vontade, sem energia…
    Nao consigo imaginar “inércia do universo”. Poderia inferir que um homem que faz sua verdadeira vontade, nada em todo o universo agirá em contra. Poderia ser?
    Me parece que a palavra está mal colocada, mas o axioma é uma verdade. E há outras formas do mesmo: “Ajuda-te que te ajudarei”, “A fé remove montanhas”, “O uiverso conspira por voce”, etc…

  17. Acauã Silva

    Como é bom ler algo de novo e ter outro nível de entendimento. =)

  18. Alexandre

    “Terríveis têm sido os ordálios do Caminho; tenho perdido tudo que possuía, e
    tudo que amava, tal como no Começo eu ofereci Tudo por Nada, sem saber naquela época o significado destas palavras. Eu tenho sofrido muitas e dolorosas coisas às mãos dos elementos, e dos planetas; fome, sede, fadiga, doença, ansiedade, perda, todas estas dores e outras tem pesado sobre mim – e vêde! Quando eu contemplo estes anos passados, eu declaro que tudo tem ido muito bem. Pois tão grande é a Recompensa que eu (indigno) obtive, que os Ordálios parecem apenas incidentes, insignificantes a não ser pelo fato que eles são as Alavancas por intermédio das quais eu movi o Mundo. Mesmo essas pavorosas fases de “secura”e desespero parecem apenas o necessário período de gestação da Terra após lançada a sementeira. ”
    Liber DCCCLX
    ELE ERA O CARA!!!

  19. RNT

    Um professor de uma matéria complexa, que exige constante esforço mental e psicológico para ensinar, tanto que para pessoas de nível intelectual de moderado para baixo entenderem é necessário fazer um esforço além do racional por parte do professor, sendo que esse acaba adentrando em certos níveis da inconsciência através da fala. Esse exercício constante do magistério para uma certa evolução tanto dos que ouvem como daquele que fala pode ser considerado atos de magia?

  20. Maria

    MDD, você pode falar um pouco sobre ação a distância, praticada por Crowley?

Deixe uma resposta