Os Signos na Astrologia Judaica


Sepher Yetzira, um dos primeiros livros judaicos jamais escritos, revela os segredos da Astrologia Judaica. Por toda a Torá, Talmud e Código da Lei Judaica existem descrições fascinantes de como D-us canaliza Sua força de vida em nosso mundo, através de corpos celestiais. Ao mesmo tempo, quando alguém está conectado à Torá e cumpre seus mandamentos, ele ou ela está diretamente plugado com o Sobrenatural, suplantando as influências das forças astrológicas.
Os filhos de Yaacov, que se tornaram as Doze Tribos de Israel, são na verdade 12 raízes de alma diferentes, das quais descende o povo judeu. Estas raízes correspondem aos 12 signos do Zodíaco, os doze meses judaicos e às 12 letras do alfabeto hebraico.

Temos a capacidade de nos aperfeiçoar a qualquer tempo, mas a Cabalá delineia algumas épocas mais auspiciosas para se trabalhar em determinados atributos. Por exemplo, os dias festivos judaicos não apenas comemoram eventos históricos, como são o resultado de forças e energias celestiais. No mês de Nissan, quando celebramos Pêssach, o atributo da fala está em evidência — concedendo-nos a força adicional para refinar nosso atributo da comunicação.
Segundo o mapa astrológico, o mês em que você nasceu indica uma força oculta que você deve desenvolver, ou uma fraqueza que pode superar; entretanto, você não está trancado na “personalidade” do seu mês. Cada um de nós recebe estas forças e fraquezas. Podemos refiná-las, uma a uma, durante o ciclo do ano judaico, assim como nos esforçamos por uma vida onde o físico, o mental e o emocional estejam integrados com o espiritual.
Áries (Nissan)
Este primeiro mês do Zodíaco Judaico é governado pela letra hê (h), o sopro da fala, a partir da qual evoluem todos os outros sons. Os seres humanos distinguem-se das outras criaturas pelo poder da fala, sua capacidade de comunicar seus pensamentos aos outros. Assim, “falar corretamente” é o início do crescimento espiritual. A celebração deste mês é Pêssach. Durante a refeição de Pêssach, empregamos nosso poder da fala para seu propósito mais elevado: comunicarmos a nossos filhos (e à criança que existe dentro de nós) a experiência da miraculosa presença de D-us em nossa vida e nossa história. A tribo deste mês é Yehudá, o líder real, do qual descendem os monarcas judeus. O sacrifício de Pêssach no Templo foi um cordeiro, o que reflete o signo de Áries.
Touro (Iyar)
Iyar é o mês entre nosso renascimento espiritual em Nissan e nossa nova maturidade — que atingimos ao receber a Torá — em Sivan. Da mesma forma, a letra deste mês, vav (v), representa a linha reta da verdade. O signo de Touro, representado pelo animal do mesmo nome, significa a individualidade e a teimosa devoção a esta verdade, o pré-requisito para a maturidade. Iyar é, portanto o mês do “pensamento correto”, o atributo no qual nos concentramos em preparação para receber a Torá. A tribo deste mês, Yissachar, destacava-se pela sua amorosa devoção ao estudo de Torá.
Gêmeos (Sivan)
Este é o mês do “movimento correto”, de aprender como caminhar nas trilhas da Torá que recebemos novamente em Shavuot. A Torá é nossa arma contra o mal; este mês é governado pela letra zayin (z), que significa “arma”. Andar nos caminhos da Torá é sintetizado pela tribo deste mês, Zevulum, a tribo de navegadores que apoiou a tribo Yissachar em seu estudo de Torá. Estes dois irmãos tinham carreiras diferentes, mas trabalhavam juntos, simbolizados pelo signo astrológico de Gêmeos. O conceito de gêmeos também evoca a imagem das duas tábuas no Monte Sinai, e a associação de D-us e o povo judeu na Torá.
Câncer (Tamuz)
O mês é governado pela letra chet (ch), que significa “temor”. Câncer, o caranguejo, é uma criatura passiva que tende a correr e esconder-se. O desafio dos meses do verão é usar nossas faculdades de pensamento, fala e ação de forma temente a D-us, e afastarmo-nos de situações que obstruam nossa consciência Divina. A conseqüência por negar nossa consciência Divina é a triste recordação da destruição do Templo neste mês e no próximo. A tribo deste mês é Reuven, cujo nome origina-se da palavra para “visão”, a faculdade que aperfeiçoamos neste mês. “Enxergar erradamente” leva à destruição e ao luto; através da “visão correta” aumentamos a santidade do mundo, concentrando-nos naquilo que é positivo.
Leão (Av)
Neste mês, cultivamos a “audição correta”, mencionada no nome da tribo deste mês, Shimeon, que vem da palavra para “audição”. Em Nove de Av, pranteamos o Templo Sagrado, destruído por nações, Babilônia e Roma, que se assemelhavam a leões — daí a associação com o signo de leão. A letra que governa este mês, tet (t) tem o significado negativo de “areia movediça”, mas é também a primeira letra da palavra “bom” (tov), pois podemos atingir os níveis mais elevados transformando os níveis mais baixos no bem.
Virgem (Elul)
Corrigir os atributos dos meses anteriores nos leva ao mês do retorno, Elul, quando nos concentramos na “ação correta”. Fazemos um inventário e nos preparamos espiritualmente para as Grandes Festas. O desejo de atingir uma nova inocência em nosso relacionamento com D-us é expresso pelo signo deste mês, Virgem. A letra regente deste mês, yud (y), significa “mão”, lembrando-nos que nosso sincero arrependimento por nossas falhas e resoluções para o futuro devem se refletir em nossas ações. A tribo deste mês, Gad, era formada de arqueiros que aperfeiçoaram a faculdade da ação, desafiando as forças do mal e conquistando a Terra de Israel.
Libra (Tishrei)
Neste mês do “sentimento correto”, D-us pesa e avalia nossas ações passadas, determinando como Ele distribuirá as bênçãos da vida no ano vindouro. Isto está refletido pelo signo Libra, as balanças. A nova inocência, que introduzimos em nosso relacionamento com D-us durante o mês precedente de Elul, é agora realizada através de uma sucessão de dias festivos, começando com Rosh Hashaná. Tishrei é, portanto, o mês da união conjugal entre D-us e Israel. Este mês do “sentimento correto” é governado pela letra hebraica lamed (l), a primeira letra da palavra “coração” (lev). O nome da tribo deste mês, Efraim, significa “frutífero”, expressando que nossa união com D-us tem repercussões positivas por todo o ano vindouro.
Escorpião (Cheshvan)
Em Cheshvan, integramos a inspiração de Tishrei à vida real. Não há dias festivos somente a vida do dia-a-dia. O valor numérico da letra hebraica deste mês – nun (n) – é 50, indicando os 50 níveis de consciência Divina que podemos atingir quando estamos espiritualmente ativos, e os 50 níveis de impureza nos quais podemos afundar se deixarmos que a vida “simplesmente passe”. O veneno do escorpião é frio, simbolizando o perigo de abordar a vida sem paixão. O nome da tribo deste mês, Menashe, também soletra “sopro” (neshimá), conectando-o ao sentido que refinamos neste mês, o olfato. O olfato é considerado o mais espiritual dos sentidos, indicando o potencial deste mês para um elevado senso de espiritualidade.
Sagitário (Kislev)
Durante este mês, trabalhamos em “correto relaxamento” ou sono, que resulta de nossa dedicação à “ação correta” durante nossas horas de atividade. O nome da letra deste mês, samech (s), significa “confiança”. Nossa confiança verdadeira em D-us nos dá a certeza de afirmar nossa santidade e resistir àqueles que a desafiam. Isso está refletido na celebração de Chanucá, e o signo astrológico de Sagitário, o arqueiro. “Relaxamento correto”, usando o descanso como um meio para a ação adequada, nos ajuda a canalizar nossos esforços (“mirando” nosso arco) na direção correta. Da mesma forma, a tribo deste mês, Binyamin. possuía valentes guerreiros. Seu território continha o local do Templo Sagrado, aonde nossas preces e sonhos são dirigidos.
Capricórnio (Tevet)
Este mês cultivamos “a ira correta”. O Talmud nos diz para sempre considerarmos os outros favoravelmente, e que a ira é algo que quase sempre deve ser evitada. Mas existe também uma ira positiva, o senso de o que rejeitar. O nome da tribo deste mês, Dan, significa “julgar”. A letra deste mês, ayin, significa “olho”. Temos dois olhos para discernir constantemente o que aceitar na vida, e o que rejeitar. A capacidade de constantemente rejeitar o negativo é simbolizada por Capricórnio, a cabra, conhecida por sua tenacidade.
Aquário (Shevat)
A festa deste mês, Tu Bishvat, é celebrada comendo-se frutos da árvore, refletindo o atributo deste mês, “alimentar-se corretamente”. A letra deste mês, tsadic (ts), significa “justo”, lembrando-nos do versículo “os justos alimentam-se para nutrir a alma”. O verdadeiro teste de nossa espiritualidade é se tornamos a alimentação (e todas as nossas outras atividades mundanas) uma experiência espiritual, ou se nos rendemos à gratificação sensorial. Purificando nossas atitudes quanto à materialidade, tornamo-nos conduítes para distribuir a benevolência de D-us ao mundo. Isso está refletido no signo de Aquário, o distribuidor de água. O território de Asher, a tribo deste mês, produzia alimentos em abundância.
Peixes (Adar)
Os peixes vivem nos recessos ocultos do mar. A Festa principal deste mês é Purim, que celebra a mão oculta de D-us na história. A letra deste mês, cuf (c), significa “macaco”. Reconhecemos que D-us está oculto ao fazermos máscaras em Purim, imitando (macaqueando) qualquer pessoa que quisermos. A celebração de Purim derruba as inibições que ocultam nossa essência interior. Normalmente, transformar o mal em santidade é um processo metódico. Entretanto, nossos Sábios ensinam que “o júbilo derruba todas as fronteiras”. Através do “riso correto”, atributo deste mês, transformamos obstáculos em oportunidades, um decreto para a destruição em um dia de celebração. Efetuamos esta transformação com a velocidade da tribo deste mês, Naftali, o mais rápido dos filhos de Yaacov.
* Moshe Wisnefsky escreveu este artigo que foi originalmente publicado em português no website do Movimento Chabad – www.chabad.org.br

Este post tem 7 comentários

  1. Sintonia é tudo, não é? ontem, peguei um texto sobre isto e pensei em postar no mayhem…

  2. Áries
    A energia de Áries está associada à impulsividade. O aspecto positivo desta energia se relaciona a uma maior possibilidade de se iniciar novos empreendimentos. O aspecto negativo refere-se à uma acentuação do comportamento reativo, característico do carneiro animal.
    A letra Dalet está associada ao regente de Áries, Marte, planeta da luta, e representa o desejo de receber. Algumas religiões condenam o desejo de receber. O pensamento cabalístico não funciona desta maneira. Você não pode dar o que não tem. Primeiro é necessário abrir espaço para receber, para então, tendo alguma coisa para dividir, compartilhar.
    A letra Hei é associada à Áries. Relacionada ao pensamento e a comunicação através da consciência. A meditação nestas letras ajuda a conter nossa reatividade, ampliando também nossa capacidade de iniciar novos empreendimentos.
    ===============================================================================================================
    Touro
    A energia de Touro é relacionada a busca de segurança e harmonia. Após o impulso inicial representado por Áries é chegada a hora de se criar um porto seguro. O aspecto positivo desta energia se relaciona à beleza e à força de equilíbrio. O aspecto de correção refere-se à um possível comportamento superficial. O taurino muitas vezes prefere não se aprofundar a deixar a casa cair.
    A letra Vav é associada ao signo de Touro e representa o equilíbrio de nossa alma emocional.
    A letra Pei representa à Vênus, regente de Touro, e no corpo é relacionada à boca. A meditação nestas letras aprimora a beleza em nossa capacidade de se expressar e promove uma sensação de harmonia corporal.
    ===============================================================================================================
    Gêmeos
    Gêmeos se relaciona à uma percepção mental do mundo, que jamais pode ser obtida por uma mente confusa ou agitada. Possui um aspecto muito favorável para se iniciar novos estudos e relacionamentos. Durante este mês devemos ter uma atenção especial em manter nosso foco naquilo que desejamos, já que o geminiano se interessa facilmente pelas coisas, mas também se desinteressa com a mesma facilidade.
    A letra Resh é associada à Mercúrio, regente de Gêmeos. Ela é associada a serenidade, uma vez que somente uma mente serena pode perceber o mundo a sua volta com clareza e profundidade.
    A letra Zain é associada à Gêmeos e tem a propriedade de integrar os dois mundos: espiritual e físico. A meditação nestas letras ajuda a acalmar a mente e combater a estagnação.
    ===============================================================================================================
    Câncer
    O signo de câncer tem forte relação com a emoção e com a família. No primeiro signo, áries, surgiu o impulso. No segundo, touro, a necessidade de segurança e harmonia. No terceiro, gêmeos, a busca de estudos e relações. Neste quarto signo surge a necessidade de se criar uma estrutura familiar. Isto não necessariamente implica em casamento e filhos, já que nossa verdadeira família é baseada muito mais em amor do que em laços sangüíneos.
    O aspecto negativo que necessita atenção se relaciona ao uso de álcool e drogas em geral que podem “parecer” facilitadores para a expressão emocional.
    A letra Chet representa o signo de câncer e indica o casamento de uma letra Vav (homem) com uma letra Zain (mulher). Observe a forma da letra Chet e verifique que ela é formada por uma letra Vav e uma letra Zain.
    A letra Tav representa a Lua, planeta regente de Câncer, e significa em hebraico sinal. E a lua é mesmo um importante sinalizador para os movimentos das marés, para à agricultura, e também para o calendário cabalístico. A Meditação nestas letras promove uma maior abertura emocional.
    ===============================================================================================================
    Leão
    O leonino carrega uma luz muito grande e esse brilho costuma exercer um certo fascínio nas pessoas. Como tudo tem seu aspecto negativo, o leonino (e todos nós no mês de leão) precisa ter atenção redobrada quanto a sua vaidade e quanto ao desejo de receber só para si.
    A letra Teth está relacionada à Leão e ao ocultamento da luz como o de um novo ser na barriga da mãe. O próprio formato da letra sugere uma gravidez. O valor numérico desta letra é nove, indicando os meses de gestação.
    Caf representa o Sol, regente de Leão, e está associada à nossa capacidade de realizar nossos potenciais, energias que carregamos desde o nosso nascimento. É importante revelar nossos talentos, não para satisfazer a vaidade, mas para compartilhar com o mundo a beleza do processo criativo, que nos torna imagem e semelhança do criador.
    A Meditação nestas letras fortalece nossa criatividade.
    ===============================================================================================================
    Virgem
    O sexto signo, representado por virgem, é associado à crítica. Dentro do enfoque cabalístico a transformação é uma outra palavra chave, já que a crítica é algo necessário e que precede a transformação. O aspecto negativo é a crítica indiscriminada a tudo e a todos, ou seja, o próprio Lashon Hará (maledicência).
    A letra Yud, associada à Virgem, é de acordo com o Zohar a letra com a maior concentração de energia. Ela é a única letra suspensa, vencendo a energia da gravidade e portanto com maior liberdade dentro do mundo físico. Por ser suspensa ela é menos vulnerável às energias negativas. representando por isso a purificação que deveria preceder qualquer processo de transformação.
    A letra Resh é associada à Mercúrio, regente de Virgem e também de Gêmeos. Ela é indicada a serenidade necessária para que possamos perceber o mundo a nossa volta. A meditação nestas letras promove nossa purificação.
    ===============================================================================================================
    Libra
    No calendário cabalístico o ano novo é celebrado no sétimo ms, exatamente no mês de libra. O signo de libra é caracterizado por seu enorme potencial de relacionamento. Os librianos costumam se relacionar de maneira muito harmônica com as pessoas.
    O cuidado que deve ser tomado diante da energia de libra é de se evitar a superficialidade, pois a facilidade para iniciar um relacionamento não é a mesma para aprofundá-lo.
    Lamed é a letra correspondente a Libra e é a letra que mais se eleva. É associada à virtude do relacionamento interpessoal, algo que não se obtém pela leitura de livros, mas somente no contato com o outro.
    A letra Pei é relacionada à Vênus, regente de Libra e de Touro, e no corpo é relacionada à boca. A meditação nestas letras aprimora, portanto, nossa capacidade de se relacionar com as pessoas.
    ===============================================================================================================
    Escorpião
    A energia de escorpião está associada à capacidade de transformação, mas de uma maneira diferente de virgem. A virtude relacionada à transformação necessária do escorpião é a humildade, um movimento interior, de abandono da vaidade, e que permite o início do movimento transformador. Este movimento interior possui no ressentimento uma perigosa contra partida, e deve-se atentar muito para este sentimento durante este período.
    Fala-se muito da sexualidade relacionada a este signo, uma vez que o ato sexual, quando realizado de maneira intensa e completa, possibilita o acesso à um tipo de energia muito elevada e transformadora.
    A letra relacionada à este signo é Nun, associada à humildade, e primeira ferramenta de combate ao ego. A forma da letra sugere um servo curvado com uma coroa. Eis o verdadeiro nobre. Aquele que se curva.
    A letra Dalet está associada ao regente de escorpião e também de áries: Marte. Planeta da luta e que representa o desejo de receber. A meditação nestas letras ajuda a atingirmos esta que é uma das mais importantes virtudes: A humildade.
    ===============================================================================================================
    Sagitário
    Sagitário é o signo da busca. Busca de conhecimentos, lugares e pessoas. Uma qualidade de energia excelente para se cortar qualquer tipo de estagnação de sua vida. O perigo é se dedicar demasiadamente a busca e acabar se esquecendo de viver o presente.
    A letra Samech, associada à sagitário, fala da relação do homem com o tempo. Tem a forma de uma aliança, representando o pacto e a necessidade de se optar por estar dentro ou fora dele.
    A letra Guímel é associada à Júpiter, regente de Sagitário, e representa o desejo de compartilhar. Existe um aspecto que devemos ter muita atenção em relação a Guímel. Um grande desafio: compartilhar sem necessitar qualquer reconhecimento. A meditação nestas letras favorece o entendimento dos ciclos do tempo em sua vida e corta a estagnação.
    ===============================================================================================================
    Capricórnio
    O signo de Capricórnio é associado ao trabalho e à realização profissional, ou seja, a necessidade de se produzir algo para a sociedade. Por ser regido pelo planeta saturno, os movimentos dos capricornianos costumam ser firmes, mas não muito rápidos. O aspecto negativo relacionado à este signo está no acúmulo da raiva, e devemos ter muita atenção à este sentimento no mês.
    A letra que representa este signo é Ayin, que em hebraico significa olho. É um sentido de grande poder, com grande capacidade de abrir a consciência, e é exatamente o que fazemos quando meditamos contemplando as letras. Por outro lado é um sentido muito vulnerável à contra inteligência, já que é também pelo olhar que se ativa a cobiça.
    planeta que rege capricórnio é Saturno, representado pela letra Beit. É esta a letra que marca o início do processo da criação, uma vez que a Torá começa com a letra Beit (Bereshit). A meditação nestas letras reforça nossa capacidade de realização.
    ===============================================================================================================
    Aquário
    A vibração emanada pela energia de aquário indica à necessidade do homem de estabelecer conceitos que estabeleçam a verdade para sua existência. O aquariano precisa ter uma verdade formulada, ainda que só ele reconheça esta verdade. Por esta razão é muito perigoso ao aquariano viver isolado das pessoas. Porque ele precisa delas para estabelecer uma verdade mais coletiva e menos individual.
    A letra relacionada à Aquario é Tsade, que significa em hebraico justiça. Dentro da cabala o justo (Tsadik) é semelhante ao iluminado no budismo ou ao santo no catolicismo.
    Na astrologia cabalística o planeta que rege aquário é o mesmo de capricórnio, Saturno, representado pela letra Beit e também pela virtude da sabedoria. A meditação nestas letras potencializa a percepção da justiça em tudo o que acontece à nossa volta.
    ===============================================================================================================
    Peixes
    Peixes é o último dos signos e o que possui a maior capacidade de transcendência. A energia positiva de Kuf atinge uma imensa capacidade de alegrar as pessoas. A negativa atinge níveis acentuados de depressão.
    A letra associada à Peixes é a letra Kuf. O significado desta letra está diretamente relacionado ao significado do signo de Peixes. Aponta para uma capacidade de transcender o aparente, atingindo tanto o mundo mais elevado como o mundo inferior.
    A letra Guímel é associada à Júpiter, regente de Peixes e Sagitário, e representa o desejo de compartilhar. Durante o período da lua de peixes devemos prestar muita atenção no quanto compartilhamos tudo aquilo que recebemos. A meditação nestas letras ajuda a despertar nossa transcendência através da saída dos limites de nosso ego.
    ===============================================================================================================
    Fonte: Portal da Cabala (http://www.portaldacabala.com.br)

  3. CG Barreto

    Finalmente o direito de expressão foi dado a um estudante sério da astrologia!
    Posso estar errado, mas o discurso que ele faz não parece ter nada de esquisotérico.
    http://entretenimento.br.msn.com/astrologia/como-identificar-um-bom-astr%C3%B3logo
    http://www.personare.com.br/quem-somos/colaborador/2/alexey-dodsworth
    Já o conhecia MDD?
    @MDD – estive com o Alexey em um evento chamado “Encontro para a Nova consciencia”, em Campina Grande, alguns anos atrás. Ele é um dos poucos astrólogos realmente sérios aqui no Brasil. Seus textos são concisos, bem planejados e embasados. Como a astrologia deve ficar em evidência algumas semanas por conta da novela da Globo, colocarei alguns posts a respeito disso aqui no TdC.

  4. edujanu

    Marcelo eu tava na fazenda e pensando, como vou fazer pra ler os post já que aumento a quantidade, e em mt.
    Cara tem como vc colocar +- como o saindodamatrix, aquelas estrelas que o leito classifica o artigo de 1-5, pq eu tô vindo uma vez por semana, e fica foda pra caramba pra ler todos, então eu vou selecionar o que tiverem nota maior.
    Abraço e sucesso.
    @MDD – Poderia… mas ai os posts antigos ficariam com nota zero kkkk nao ajudaria muito. Calma que com o tempo todos os posts vao pra wikipedia e, se tudo der certo e deus é pai, vamos ter os pdfs como tinha do Sedentário…

  5. Bruno Mais

    Ykes, mas as tribos de Israel não eram 12 ? Só no texto são 13 , sendo que já havia lido que Issachar se relacionava com Libra .

  6. Deluan

    em aquarios posso ler esse ato de comer frutos da árvore como sendo também “comer dos frutos da árvore da vida”, no sentido de não mais somente “escalar a árvore” mas também se deleitar com seus frutos nesse ano de provas que foram superadas, se estendendo o deleite ao júbilo que se aproxima, em peixes???
    Abraço

Deixe uma resposta