Mapa Astral de Carl Sagan

Carl Edward Sagan (Nova Iorque, 9 de novembro de 1934 — Seattle, 20 de dezembro de 1996) foi um cientista e astrônomo dos Estados Unidos.
Em 1960, obteve o título de doutor pela Universidade de Chicago. Dedicou-se à pesquisa e à divulgação da astronomia, como também ao estudo da chamada exobiologia. Morreu aos 62 anos, de câncer, no Centro de Pesquisas do Câncer Fred Hutchinson, depois de uma batalha de dois anos com uma rara e grave doença na medula óssea (mielodisplasia).

Com sua formação multidisciplinar, Sagan foi o autor de obras como Cosmos (que foi transformada em uma premiada série de televisão), Os Dragões do Éden (pelo qual recebeu o prêmio Pulitzer de Literatura), O Romance da Ciência, Pálido Ponto Azul e O Mundo Assombrado Pelos Demônios: A Ciência Como Uma Vela No Escuro.
Escreveu ainda o romance de ficção científica Contato, que foi levado para as telas de cinema, posteriormente a sua morte. Sua última obra, Bilhões e Bilhões, foi publicada postumamente por sua esposa e colaboradora Ann Druyan e consiste, fundamentalmente, numa compilação de artigos inéditos escritos por Sagan, tendo um capítulo sido escrito por ele enquanto se encontrava no hospital. Recentemente foi publicado no Brasil mais um livro sobre Sagan, Variedades da experiência científica: Uma visão pessoal da busca por Deus, que é uma coletânea de suas palestras sobre teologia natural.
O Mapa de Sagan
Sagan possuía Sol, Vênus, Mercúrio e Júpiter em Escorpião (na Casa 6), Lua em Sagitário, Ascendente em Touro e Caput Draconis em Aquário. É um Mapa astral característico de professores e acadêmicos. Júpiter em escorpião é seu planeta mais forte, com 7 Aspectações.
Por este Mapa, vemos uma pessoa obstinada com o conhecimento e com a descoberta de como o mundo funciona. Especialmente Mercúrio em Escorpião, considerado o “Mercúrio dos Investigadores”, muito encontrado em céticos e ocultistas famosos. Combine a profundidade de escorpião com o lado racional de Mercúrio, faciliado por Júpiter e temos uma pessoa obstinada. Com o que?
A Lua em Sagitário é conhecida como “Lua dos filósofos” ou “Lua dos professores” e já a encontramos em diversos pensadores e acadêmicos de carreira. São pessoas que gostam de observar o mundo à sua volta e estabelecerem regras e métodos à partir do que observam, daí a facilidade de ser encontrada em pessoas cuja carreira teve ligação com o meio acadêmico.
A Ascendência em Touro o traz “para o chão”, em um ceticismo bem materialista sobre o que pode tocar, cheirar e medir dentro dos 5 sentidos. Carl Sagan era contra a espiritualidade, astrologia e outras ciências herméticas por considerá-las “pseudo-ciência”, ou algo que não poderia ser medido pela Ciência Ortodoxa.
Para facilitar ainda mais seu trabalho, temos Marte e Urano em Virgem (o signo dos engenheiros, técnicos e pessoas metódicas).
o Caput Draconis em conjunção ao Meio do Céu (em Aquário) indica alguém cuja carreira servirá de alguma maneira para abrir as mentes das pessoas e direcioná-las para algo novo, um “próximo passo”. No caso de Sagan, foi o fascínio pelo Cosmos, pela Ciência e pelo Espaço a expansão de consciência que ele promoveu no Planeta.
Hoje a maioria dos céticos e pseudo-céticos consideram Sagan como um dos grandes heróis da divulgação científica. Seu livro “o Mundo assombrado pelos Demônios” é um livro de cabeceira para qualquer pessoa que deseje estudar o ocultismo de maneira séria.
Carl Sagan, sua história de vida e seu mapa é mais um exemplo de que não se precisa “acreditar” em Astrologia Hermética para ela funcionar.

Este post tem 15 comentários

  1. MaxRaven

    Tava comentando no twitter antes de vc avisar por lá do post, este cara é um dos responsáveis por eu me interessar em estudar o lado oculto das coisas, até porque a ciência ortodoxa é também oculta para a maioria das pessoas.
    Infelizmente hoje poucos jovens tem conhecimento da obra dele, mas também nem se interessam em saber. Neste ponto minha geração, ou melhor, alguns amigos e conhecidos de mesma idade, podemos nos considerar privilegiados por ter tido contato com esta obra em plena TV brasileira onde hoje só se ve porcaria, uma pena.

  2. livio

    Além do livro “o Mundo assombrado pelos Demônios”, recomendo com força “O Andar do Bêbado”, de Leonard Mlodinov, e “A Lógica do Cisne Negro”, de Nassim Nicholas Taleb.
    Fundamentais, para além da Teoria do Grandes Números, se entender o que é chamado de Aleatoriedade, sobre as teorias de probabilidade, de colocar no devido lugar muitas, inúmeras falácias, e enxergar o mundo sob outros olhos.

    1. Guilherme

      Caramba Livio! Que sensacional!
      Leio o blog desde sua criação e hoje vim dar uma nova olhada no mapa do Carl Sagan e me deparei com seu comentário.
      Na época eu já havia lido o Mundo Assombrado por Demônio e adorei. Com o passar dos anos, li outros livros e entre eles “O Andar do Bêbado” e “Antifrágil” do Taleb, que é a sequência do “Cisne Negro”. Hoje em dia leio qualquer coisa do Taleb e são 2 dos autores que mais influenciaram minha vida junto com Joseph Campbell.

  3. Rafael

    Meu ceticismo foi MUITO influenciado por Carl Sagan e também por…..mercúrio em escopião!

  4. moscavich

    Cosmos é uma das coisas mais lindas que eu já vi. Me ajudou muito a ser mais humilde.

  5. Conheço pessoas que criticam muito Carl Sagan por ele ser cético, e outros que o idolatram por suas idéias de que a ciência é o único caminho para a evolução/iluminação da humanidade. Eu tento ficar no meio do caminho, mas admito que pendo para o lado de Sagan, pois penso que a ciência não é único caminho, mas talvez seja o caminho mais seguro.
    Adoro Cosmos, para mim é o melhor programa sobre ciência já criado, pois aborda não só a física em si, como também questões políticas e religiosas. Um de meus episódios preferidos é “The Edge of Forever” (O Limiar da Eternidade), onde ele fala sobre a busca da origem e do fim do Universo. O melhor de tudo é que ele usa a mitologia hindu e faz elogios a ela. Para mim, ele não deveria ser tão criticado assim, mas…

  6. Douglas

    DD, que tal fazer o mapa do Marcelo Tas? Ele fez aniversário hoje, dia 10/11 e parece ser um exemplo de alguém vivo que está cumprindo sua Verdadeira Vontade.
    @MDD – Eu nao posto mapas de pessoas vivas sem a autorização delas. Se ele topar, eu faço.

  7. Sergio Hitori

    otimo post! segue minha sugestão pra próxima análise de mapa astral: Kafka!
    Cheguei a essa conclusão depois de dar uma folheada na versão das obras e vida de Kafka em quadrinhos feito Robert Crumb. Kafka foi uma pessoa internamente conturbada que nasceu e cresceu dentro de uma comunidade judaica, tendo contato com a sua ritualistica e mística, ao mesmo tempo que sofreu muito com as pressões familiares, etc…
    Criou obras impressionantes para a compreensão das ambiguidades e contradições existentes na vida do homem contemporâneo… recomendo a obra de crumb sobre o cara!

  8. Manuelle

    Esse post foi uma grata surpresa!
    Quando era adolescente, fiz vestibular pra Astronomia por causa dos livros do Carl Sagan.
    Obrigada, Marcelo!

  9. Pedro

    Mapa astral… do Carl Sagan? Isso é palhaçada? O maior e mais digno cético que já existiu… e você faz um… mapa astral do cara? Se não fosse igualmente ofendido eu diria que Sagan está hoje se revirando no túmulo.
    @MDD – Pois é… cético de verdade, ao contrário de voce, que é só um pseudo-cético atormentado pelos dogmas do ateísmo materialista kkk

  10. @aicsi

    Esse mapa astral mostra as posições dos astros em uma determinada hora do dia, certo Marcelo? Sendo assim tenho duas perguntas para você:
    1 Como você faz para descobrir a hora de nascimento das pessoas (qual sua fonte) e porque motivo nunca as disponibiliza nos posts ?
    2 Qual técnica você usa para fazer mapas de pessoas cuja hora de nascimento lhe é desconhecida ?
    @MDD – tem uns sites bons americanos tipo o http://www.astro.com que tem 32.000 mapas de famosos, com classificação de qualidade a respeito do horário de nascimento deles, que varia de AA até C. Quando não tenho o horário, coloco meio dia e não comento nada sobre ascendente/casas.

  11. Ian Gil

    Acho particularmente interessante fazer o mapa do Carl Sagan. Porém, discordo do MDD quando diz que ele foi um cético sério. Um cara que insiste na falácia do espantalho (“Pseudo-ciências como a Astrologia (a crença de que planetas a milhões de anos-luz de distância possam ter influência nos nossos destinos)”, adaptação minha de um trecho de “Os Dragões do Éden”), como se a Astrologia fosse algo físico – o mesmo erro que cometem aqueles que espinafram a Alquimia, dizendo que ela não funciona pois ninguém conseguiu transformar outros metais em ouro, não pode ser um cético sério. Se ele tivesse estudado um pouquinho que fosse a Astrologia, veria que não tem fundamento dizer esse tipo de coisa.
    Como também não entendi o porquê do MDD considerar “Um Mundo Assombrado Por Demônios” um exemplo de ceticismo sério…
    No mais, foi uma boa análise de mapa! Abraços!

  12. Andrea Silva

    Chocada que o mapa dele é quase igual ao meu !!!!
    So muda Marte , Urano e Lua . O resto dos posicionamentos são iguais kkkk

Deixe uma resposta