Incorporação demonstrada em Foto Kirlian


Clique na foto para ampliar

Olá crianças,

Durante o curso de Tarot e História da Arte em Belo Horizonte, conheci o prof. Márcio Gandra, Mestre em Reiki e que trabalha com fotos Kirlian em seus diagnósticos há anos, e concordei em participar de um experimento, que se provou bastante interessante e elucidativo.



No lado direito da imagem que abre este texto está o dedo anular do médium (este que vos escreve). Perfeitamente equilibrado entre Yin-Yang, os Chakras Coronário (Sahashara) e Genésico (Básico/Muladhara) com uma energia mais Yang e os Outros Chakras emanando energia Yin… praticamente um iluminado (risos).
Brincadeiras à parte, é uma imagem que mostra uma pessoa perfeitamente equilibrada pelos padrões das imagens Kirlian; sem nenhuma doença ou desequilíbrio emocional, mental, físico ou espiritual.
Este ponto é importante para analisar a parte II, a seguir…

No lado esquerdo da imagem mostra uma foto tirada durante a aula, alguns poucos minutos após a primeira foto, quando o Exú Caveira, ou tio Samedi, estava encostado passando informações para a classe (quem já teve aula comigo já sabe que boa parte das aulas são dadas em conjunto com as Entidades que orientam o TdC, o AA e o Mayhem, apesar de não ocorrer incorporação, apenas compartilhamento de consciência).
Podemos perceber que os chakras que “doam” energia para a entidade são o Muladhara e o Manipura (Básico e Umbilical), que na parte teórica da Umbanda e Kardecismo são justamente os chakras que doam energia para incorporação. Já nos Chakras Ajna e Sahashara (Frontal e Coronário) percebemos essa “Energia Intrusa” densa (Yang) indicando a manifestação de uma energia externa no meu campo áurico.
Podemos ver nitidamente a energia sendo “drenada” dos chakras que deveriam ser para alimentar os chakras que deveriam ser alimentados em uma incorporação, confirmando toda a teoria espiritualista.

Isso será de grande valia para os estudiosos das fotos Kirlian, pois muitas vezes esta energia densa (avermelhada) era tida como “obsessores” por conta de um pensamento kardecista que permeia os pesquisadores quando, na verdade, esta manifestação pode ser o resultado de Entidades de esquerda, como Exus, Marinheiros e Pomba-giras. Geralmente, estas imagens apareciam em pacientes que procuravam o tratamento, e agora conseguimos testar em uma pessoa perfeitamente equilibrada que “invoca” esta energia de maneira controlada e consciente.

Agradeço a colaboração do prof. Gandra, em propor o experimento envolvendo umbanda, magia e fotos Kirlian; a partir de Agosto faremos mais experimentos deste tipo, desta vez em terreiros de Umbanda, para examinar as imagens dos médiuns em comparação com diferentes entidades como Pretos-Velhos, Caboclos e Exus e em rituais do A.’. A.’. para testarmos o resultado de RMPs, Banimentos e Evocações.
Manteremos vocês informados.

Este post tem 33 comentários

  1. Murilo Stadkowiski

    Nota 1000!!!

  2. Saymon

    Sei pouco acerca das Fotografias Kirlian, mas já li em algum lugar que essa “aura” ou “energia” captada neste tipo de foto aparece também em objetos “inanimados” e que no vácuo ela é inexistente. Isso confere?

  3. Fenix777

    Muito interessante!

    Seria igualmente interessante comparar com “entidades de direita”. Daria para saber melhor por exemplo pela foto, o tipo de energia que s entidade está manifestando.

    Agradeço por compartilhar a informação!

  4. Shlomo

    Isso que quiromancistas de verdade enxergam?

    @MDD – Algo semelhante a isso…

  5. Dayse Nicodemos

    Até que enfim um estudo sério para comprovar o que tanto experimentamos na prática!
    Quando ministrava aulas e fazia a correlação de chakras e entidades e suas manifestações, algumas pessoas me olhavam de esgueira!
    Fico feliz de ver comprovadas as nossas teorias!!!
    Parabéns!!!

  6. Daniela

    \o/ Super 10 esse estudo!

    Que possamos levar mais esse tipo de conhecimento para frente!

    Parabéns tio MDD!! 🙂

  7. Rodrigo

    Interessante. Ficarei de olho nessas experiências.

  8. Emmanuel

    Fascinante e importantíssimo para adequar ainda mais os estudos espiritualistas cientificamente (é o que precisamos).

    Mais, mais, mais… e nos deixe informados, MDD!

  9. Yuri

    Muito interessante, é bom que pesquisam dessas sejam feitas mesmo!

    Não sabia que só pela aura do dedo podia se ver o funcionamento dos chakras.

  10. Keller

    Muitas vezes, quando estou dando aula, percebo que algumas abordagens do assunto fogem a maneira como eu habitualmente lhe dou com o tema, porém parece mais claro, mais profundo, simples, e percebo uma maior atenção por parte dos alunos, inclusive com mais participação, mais silencio, e já comentaram comigo que até meus trejeitos mudam, será que é uma forma consciente de mediunidade? (Uma amiga espiritualista me disse certa vez que era assim, um médium consciente e que eu compartilhava desta característica com ela). Eu mesmo saio de aulas assim um pouco cansado, mas animado, me sinto mais pleno até.

    Obrigado pelo post.

  11. Ramon

    Muito interessante. Espero, num futuro próximo, participar dos cursos e presenciar o que é um trabalho conjunto entre médium e entidade harmonizados. Dúvida: O Caveira que te acompanha já deixou claro que tipo de ligação ou “ideal” vocês compartilham? Algo como um acordo que começou do outro lado e que vocês se comprometeram a se ajudar, cada um de lado do véu?

  12. cambone

    se vocês pesquisarem, verão que o termo foto kirlian é apenas oportuno, pois quem descobriu isso de verdade foi um padre brasileiro. o russo kirlian apenas pode pesquisar sem medo de ser queimado em praça pública e ser demonizado.
    e a comunidade científica internacional sabe disso, por isso que hoje o termo correto é bioeletrografia.
    sugiro pesquisar o trabalho do maranhense radicado em Curitiba, dr Newton Milhomens, cujo trabalho nessa área se tornou padrão mundial. apesar dele já ter desencarnado, sua esposa ainda toca o negócio, mas sem a mentalidade centífica de seu marido: http://www.kirlian.com.br/ ou http://www.bioeletrografia.com.br (aponta pro mesmo lugar) esse site tem muito conteúdo interessante. os próprios livros do dr Newton de muitos anos atrás já continham pesquisas nesse sentido.
    em 2011 no Terreiro do Pai Maneco em Curitiba foi feito esse trabalho, tem tudo documentado lá, a mãe Lucília Guimarães é uma pessoa muito acessível e pode compartilhar do trabalho que foi comandado por seu finado pai. foram feitas muitas fotos de todas as linhas de trabalho e com todos os pais de santo da casa, além de entrevistas com as entidades entre outros trabalhos paralelos.

    @MDD – Valeu! Tem como voce me mandar estes dados? eu divulgo aqui com o maior prazer.

  13. Rafael Cavalcante Paulino

    Que aura tremendamente equilibrada é essa MDD. Dá até uma pontadinha de inveja hahaha xD

  14. Bruno Mais

    Balançando a ciência “ortodoxa”!!!

  15. Varlei

    Eu estava presente no curso e realmente as energias que o Marcelo fala durante o curso é percebida de modo sutil, pelo menos por mim.
    Sou totalmente a favor dessas experiências em uma reunião mediúnica e em giras.
    A Egrégora que o Tio consolidou é MUITO FORTE! O lugar para o curso também foi muito bem escolhido. Aguardamos novos cursos aqui.
    Um oásis na selva de pedra.

    Parabéns ao Tio e ao Prof. Gandra (super gente-boa! 🙂

  16. Diego

    Fala Deldebbio! mais um golaço!!

    Cara, aproveitando o assunto, vê se pode me tirar esta duvida….após meditar muito sobre o meu mapa astral que fiz aqui no tdc “decidi” que devia retornar a
    frequentar um centro de Umbanda que frequentava quando era mais novo( dos 12 aos 18 anos) e que já fazia um pouco mais de uma década que não dava as caras…na época parei bem quando começaria um processo de desenvolver para fins de trabalhar junto com os outros médiuns…pois bem, era muito muleque…tinha um pouco de receio e dei no pé…me afastei bastante destes assuntos e mais tarde tentei o kardecismo, mas não me senti realmente satisfeito com as respostas e metodologia…ae veio o meu mapa astral e bem….estou recomeçando de onde parei e é onde entra minha duvida, neste post vc falou em “compartilhamento de consciência” e “incorporação”….seria possível eu trabalhar em em terreiro exercendo somente “compartilhamento de consciência”…..isso equivale ao estado de um médium consciente??

    Desculpe o jornal…abçs!

  17. Lucas

    Sincronicamente a esse post, recebi um email do grupo Gente com Saúde, formado por pesquisadores da UNIFESP predominantemente. Será abordado no dia 21/06 o tema “Neuroimagem Durante estados de transe” com o prof. Dr, Julio Peres que é psicólogo clínico e neurocientista, tendo se especializado nos efeitos neurobiológicos da psicoterapia. doutor em Neurociências e Comportamento pelo Instituto de Psicologia da USP, Pós-doutorado pela University of Pennsylvania e pela UNIFESP. Possui artigos científicos publicados sobre psicoterapia, resiliência, reencarnação, mediunidade, trauma e superação (www.clinicajulioperes.com.br). É Pesquisador do PROSER, Instituto de Psiquiatria da USP, autor dos livros “Trauma e Superação: o que a Psicologia, a Neurociência e a Espiritualidade ensinam” http://www.traumaesuperacao.com.br e “Neuroimaging for Clinicians – Combining Research and Practice” http://www.intechopen.com/books/neuroimaging-for-clinicians-combining-research-and-practice.

    Será na Associação Palas Athena (Al. Lorena 355, Tel. 3266-6188 em São Paulo, capital) das 19 : 30 às 21:00. Entrada R$ 20,00.

    Marcelo, desculpa o “jaba” do evento. Não pertenço ativamente a esse grupo de estudos (foco principal é meditação e saúde), não tenho vínculos com os organizadores nem com o palestrante. Mas o trabalho do prof. Alexander sobre psicografia e neuroimagem já foi noticiado neste site e acredito tenha muito em comum com o tema da palestra. E relaciona-se também com a ideia deste post de registros gráficos de fenômenos espirituais. Abraços

  18. Igor

    Que massa… já tinha ouvido falar nisso, mas nunca consegui acreditar que fosse possível… veremos os próximos resultados o que vai ser demonstrado. Pois ainda pode ser só uma diferença energética/magnética pela proximidade com a entidade e não propriamente a aura.

  19. André Luiz

    Maravilhoso!

    Pergunta noob: Exu Caveira e Baron Samedi são a mesma entidade?

    @MDD – Sim e não. No caso, é a mesma entidade se manifestando com máscaras energéticas diferentes em ocasiões diferentes.

  20. André

    Indo nessa linha, tem o grupo da concienciologia que tem feito estudos usando RNM – ressonância nuclear magnética. Extremamente interessante, acho q por esse caminho estaos mais próximos da “comprovação” física, profana, das manifestações de outros planos

  21. Rufus

    Fantástico. Cada vez mais a ciência se aproxima da magia. #D

  22. Clayton Scodeler

    Estou interessado em fazer um curso de Reiki, recomenda o professor Márcio?

    @MDD – Sim.

  23. Cristiano

    Mas qualquer material gera o efeito Kirlian, uma moeda, um grão de areia ou uma nota de 10 reais, se colocadas lá vai gerar essas imagens…. Porque isso ocorre mesmo com objetos e coisas inanimadas?

    @MDD – Porque qualquer coisa que voce toque ou manuseie fica com um pedaço da sua energia, durante algum tempo (dependendo do tipo de sentimento/intensidade que você estava naquele momento e situação). Chamamos isso de imantação leve.

    1. Cristiano

      Isso seria aquele “efeito” de contorno que vemos em nosso corpo ou objetos?? Percebo que todos os objetos ou parte do corpo, uma espécie de cotorno transparente que se move, como se houvesse uma liha na forma do alvo que se esta observando e um espaço sem preenchimento e depois o objeto em si. Nã sei como é para os outros, mas não chega a ser uma espécie de poliopia monocular, pois não vejo mais de uma imagem do mesmo alvo, apenas aquele contorno e mesmo assim não é sempre nem o tempo todo, apenas quando me concentro nisso…. seria imaginação?

  24. Anon

    Olá Marcelo,
    poderia verificar as informações deste site de apometria sobre reiki, o qual diz que o reiki está conectado com entidades umbralinas:
    “De lá para cá se foram sete anos e nesse tempo adquirimos uma vasta experiência em relação ao submundo astralino e as entidades das trevas[…][…]”Os magos estão ligando a mente deles à sua e estão achando “fantástico” poderem usar uma mente assim (o médium estava lendo a mente do mago vestido de vermelho) e eles estão ligando fios muito finos, escuros, mas que logo depois de conectados ficam transparentes, invisíveis. Isso foi no seu “primeiro nível”, no ínicio do processo…”

    @MDD – Lixo total, ne?

  25. Marcelo Lucio

    Muito boa explicação,e comprovado pela FISICA, como dizia o Dr,Aiesten. Tudo no universo é energia ,nada se.cria tudo se transforma, sou Reikeano e Xamã,adoraria passar por esta avaliação kirlian e comprovar a existencia e força da liz do Xamanismo
    Neste processo.
    Parabens meu amigo.

    Atenciosamente.

    Marcelo Lucio.

  26. Helga Marcos

    Salvem a Metaciência, Metafísica, Querido Amoroso Sr Caveira, Suas Falanges e Linhas, O Lindo Estudo, A Irradiação de Conhecimento.
    Gratidão a T(t)odos que p(P)articiparam e fizeram p(P)arte’
    Parabéns pelos lindos t(T)rabalhos!
    Que Assim Seja! Assim É! Saravá! Namastê! Optcha! Louvado seja!

  27. João

    Aqui um vídeo que provavelmente tem a ver com o tema, onde o pesquisador Wagner Alegretti parece ter detectado em experimentos com fMRI(ressonância magnética funcional) essa tal de “energia”/chi/qi/prana.

    https://www.youtube.com/watch?v=m4SByUTYbVU

Deixe uma resposta