Goécia, Kiumbas e os demônios de verdade

Postado no S&H em 3/9/2008.
Já estava com saudades de escrever para o Sedentário. Estas semanas sem parar na correria da Bienal e todas as palestras para lançamento da Enciclopédia de Mitologia praticamente acabaram com o meu (pouco) tempo livre e prejudicaram um pouco o cronograma do Teoria da Conspiração. Para manter a constância, tenho publicado textos de amigos meus e ocultistas famosos no meu Blog pessoal.
Mas esta semana retornaremos às atividades normais.

Dando continuidade à série “Desmistificando os Demônios”, falaremos agora sobre as entidades hostis que habitam o Plano Astral. Para entender o que se passa, você precisará ler primeiro os textos “O Diabo não é tão feio quanto se pinta”, “Belzebu, Satanás e Lúcifer”, “Zaratustra, Mithra e Baphomet” e “666, the Number of the beast”. Nestes textos, eu explico detalhadamente de onde surgiu cada um dos alegados “demônios” inventados pela Igreja Católica e copiados ad nausea pelas Igrejas evangélicas e caça-níqueis que se vê por ai. Porém, esta explicação precisou fazer um parênteses porque não seria possível continuar a explicação sobre manifestação de entidades astrais no Plano Físico sem explicar primeiro o que é o Plano Astral. Então chegamos a uma “mini-série” onde expliquei o que é e como funciona o Plano Astral. Esta série está nos textos “Yesod – Bem vindo ao Deserto do Real”, “Thanatos”, “Hecate”, “Hermes”, “Morpheus” e “Caronte”, que explicam as cinco interações do Plano Físico com o Astral.
Sei que é um bocado de texto para ler, mas tenho fé em vocês, jovens leitores. E muito do que eu falei em colunas anteriores, sobre Pirâmides, Círculos de Pedra e Chakras estão interligados com estas manifestações físicas das entidades astrais.

A Goécia e os 72 demônios de Salomão
Apesar de ser atribuído ao rei Salomão – que, segundo o folclore judaico, tinha o poder de controlar os demônios do céu, da terra e do inferno -, o texto da Clavícula não tem nada a ver com o legendário soberano judeu. Pela estrutura da composição do texto, ele deve ter sido escrito por volta do sec. XII d.C. provavelmente na região do Império Bizantino, que herdou boa parte do conhecimento clássico e helenístico, inclusive no que se refere ao esoterismo.
Muitos dos títulos usados nos textos (Príncipes, Duques, Barões…) não existiam nos tempos bíblicos e, portanto, não poderiam ter sido usados naquela época.
O Lemegeton Clavicula Salomonis, na minha opinião, se trata de uma compilação dos 72 “espíritos das trevas”, que deveriam fazer a contraparte dos 72 anjos cabalísticos, ou derivados dos nomes de Deus (falarei sobre isso no futuro, por ora chega de textos sobre kabbalah).
Como todos os tratados de magia medieval, a Clavícula descreve um procedimento ritualístico bastante complexo, com a utilização de toda uma parafernália cerimonial de robes, pantáculos, amuletos e talismãs, que devem ser confeccionados seguindo à risca as precisas instruções contidas em cada capítulo. Um leitor moderno que vá ler o texto à procura de um manual prático ficará decepcionado – pode-se dizer o que for dos rituais seguidos pelos magos medievais, menos que eles são práticos. Mesmo problema, aliás, do Livro de Abramelin. E não ajudam nada as constantes advertências de que o menor erro pode fazer com que a alma do mago seja arrastada para o inferno pelas entidades que ele tentam imprudentemente evocar.
E quais seriam estas entidades?

Bem… para entender o que estes magos estavam invocando, precisamos retornar um pouco no tempo e estudar as magias cerimoniais e tribais africanas (ou nossa contraparte moderna da Umbanda, Condomblé, Wodun, Santeria, Vodu e ritos caribenhos de invocação dos mortos). Ou mesmo entender o fenômeno das mesas girantes estudadas pelo maçon Allan Kardec ou as tábuas de Oui-ja do século XVIII-XIX. Embora mais “educados” em suas aparições para a fina nata européia, todos os princípios acima lidam com basicamente a mesma coisa: a manifestação de seres espirituais no Plano Físico.

Sabemos que as entidades que vivem no Astral são basicamente o MESMO tipo de pessoa que vive no Plano Físico; apenas não possuem um corpo de carne ou as limitações que possuímos aqui. Sendo assim, a índole e a moral destas pessoas varia da mesma maneira que a índole e a moral das pessoas que estão vivas. E o trabalho dos feiticeiros ou magistas consiste em chamar e contratar as pessoas certas para realizar o trabalho desejado.

No Plano Material, quando temos um problema de hidráulica em casa, contratamos um encanador para resolver o problema; se o problema é na fiação, chamamos um eletricista; se estamos doentes, chamamos um médico; e assim por diante…
No Plano Astral, a coisa funciona da MESMA MANEIRA.
Quando um xamã indígena realiza um ritual de invocação de um “espírito ancestral” para, por exemplo, ajudar no tratamento de uma pessoa doente, é exatamente isso que ele está fazendo: entrando em comunicação com os antigos médicos da tribo que examinarão a pessoa e dirão o que há de errado com ela.
Quando um Guia em um templo de umbanda ou candomblé examina uma pessoa, ele está observando as alterações e distúrbios na aura (campo eletromagnético) e sugerindo algum tratamento para sanar aquele problema.

No mundo físico, se alguém precisar “eliminar” um oponente, pode contratar os serviços de um matador de aluguel. Claro que isso é considerado criminoso, anti-ético, ilegal, etc… mas é uma possibilidade que existe!
No Mundo Astral, acontece a mesma coisa. Pode-se contratar os serviços de pessoas especializadas em separar casais, manipular a índole das pessoas, quebrar objetos, atrapalhar negócios ou até mesmo aleijar, adoecer ou mesmo matar um outro ser vivente. Nenhuma surpresa.

No mundo físico, os bandidos se agrupam em gangues, com símbolos, ritualísticas próprias (máfia russa, tríade, yakusa, etc.), vestem máscaras para não serem identificados e usam do terror e intimidação para impor respeito e medo nas suas vítimas (como por exemplo, nas armaduras samurai japonesas). No Plano Astral ocorre a exata mesma coisa. Como o duplo-etérico (perispírito) é MUITO mais maleável do que nossa pele física, é possível modificar e transformar nossa estrutura espiritual para ficarmos com a aparência que desejarmos, o que inclui chifres, garras, dentes afiados e qualquer outra coisa que você pensar que vá assustar os crentes. E eles sabem disso e usam destas modificações astrais como maneira de intimidação, desde sempre.

Na antiguidade, os médiuns videntes eram capazes de enxergar estas formas e dos relatos delas surgiram as descrições que tradicionalmente associamos aos demônios, como asas, chifres, dentes, garras, rapo, espinhos e tudo mais. Outros assumem formas animalescas como lobos ou serpentes; outros ainda assumem formas vampíricas, monstruosidades ou deformidades (eu vi certa vez no astral um ser extremamente pálido, quase albino, careca, vestindo um robe negro, que possuía 6 olhos avermelhados no rosto, quatro do lado direito e dois no esquerdo, uns sobre os outros, e que ficavam piscando de maneira desordenada…). Também há entidades que se utilizam de correntes, pregos, ganchos, piercings, espetos e toda forma de agressões e auto-mutilações sado-masoquistas que você puder imaginar (Clive Barker certamente inspirou-se nestes seres para criar os cenobitas nos seus livros da série “Hellraiser”). O Baixo-Astral ou Baixo-Umbral está repleto deste tipo de criaturas.

Nos cultos afros, chamam estas entidades de Kiumbas, de onde vem a palavra quimbanda, ou “magia negra”. No kardecismo, chamam estas entidades de “obsessores” ou “espíritos trevosos”, no hermetismo chamamos estas entidades de “seres goéticos”. Tome muito cuidado com a mistureba que a mídia e os cristitas fazem com os cultos africanos:
UMBANDA , CANDOMBLÉ e QUIMBANDA são religiões bem diferentes entre si, embora os cristitas misturem tudo e chamem de “Macumba”.

E o termo “magia negra” é utilizado errôneamente, pois não há “cor” na magia, existe o uso que se faz da magia. Assim como o gênio da lâmpada na história de Aladin, estas entidades fazem o que o magista as comandar.
O ritual e toda a ritualística envolvida serve para se entrar em conexão com as entidades astrais. Para tanto, os magistas dividem as ritualísticas de invocação e evocação em três tipos: a Teurgia, a Magia Natural e a Goécia.

A Teurgia lida com os anjos e com os seres de luz, lida com os 72 nomes de Deus, com suas manifestações, com as sephiroth da Kabbalah e com os Salmos bíblicos (sim, crianças, mais uma vez a Bíblia se mostra extremamente valiosa para o estudante de ocultismo).
A Magia Natural lida com Elementais (gnomos, ondinas, silfos e salamandras), orixás, Exus, Devas, Asuras, Djinns, Efreetis e outras criaturas da natureza.
E finalmente, a Goécia lida com os seres do baixo-umbral.

Tendo os rituais certos, nos dias e horários certos, consegue-se contatar estas criaturas; mas apenas contatá-las: é como ter à mão o telefone do Cabeleira e do Zé Pequeno. O Ritual apenas chama estas entidades, o segundo passo é negociar com elas o preço do serviço. E não usei o Zé Pequeno de exemplo à toa… negociar com estas entidades é como negociar com os traficantes do “Cidade de Deus”, você nunca sabe o que poderá acontecer.

Acho que com isto conseguimos fechar a série desmistificando os demônios. Se tiverem alguma dúvida deixem nos comentários que eu tento responder aqui mesmo ou, se for o caso, abro uma nova sessão de “Perguntas e Respostas”.

Este post tem 90 comentários

  1. Lex

    Marcelo, poderíamos ligar a umbanda à teurgia, o candomblé à magia natural e a quimbanda à goécia?

  2. Sábias palavras grande Marcelo!

    Esta série de textos servem para instruir e alertar, e é isso o que eu mais gosto nos seus escritos. Sempre bem claros e objetivos, como a flecha que vai bem no meio do alvo.

    Obrigado por mais este presente meu!

    Abraços.

    M.’.

  3. Frt.Arthur

    TioTio Marcelo, e os relatos de projeção astral com “aprisionamento”, ou cessão voluntária e aprisionamento do corpo etérico dormente de uma pessoa do plano físico em troca de favorecimentos, li a respeito na RVA, site esse q é muito interessante! Seria possível, é algo como vender, na verdade. alugar a alma, em troca de favorecimentos (dinhero, sucesso, bla bla bla)!?(obs ainda não encomendei a enciclipédia pois tive q mudar oi cartão de crédito mas assim q chegar o novo farei, estou ancioso para receber seu livro)

    @MDD – É possível SIM aprisionar um corpo astral (mas não sem consequencias, claro… e não vou falar nem como nem o que acontece depois… na internet tem muito paraquedista-retardado e o blog é público). Mas na maioria dos casos, as pessoas só são escravas dos obsessores porque querem ou porque pensam que são.

    1. TiagoMazzon

      MDD,

      Se a pessoa está em coma, isso é só por causas físicas (doenças, traumatismo craniano, etc) ou isso pode ter também causas espirituais/astrais? Se tiver, têm como ajudar essa pessoa, combatendo o fator causador do coma/livrando-a das “correntes”?

      @MDD – Cada caso é um caso. impossível comentar.

  4. Rodrigo

    Marcelo, por que a maioria dos ocultista…ocultistas de veradade não esses magos fajutos de net viciados em Aleister Crowler e samael aun weor…por que a maioria dos ocultistas se sentem desconfortaveis a respeito da goetia, são muito poucos aqueles que tratam desse assunto, Lon Milo é um desses poucos. Na minha opinião, se é que ela conta, os demonios da goetia nada mais é que o proprio mago…se somos deuses, se criamos deuses em nossa mente, também temos a nossa cota de demonios que nos infernizam…muitos crentes tem “Legiões” deles reprimidos. acho que esse assunto deveria ser mais aberto e não visto como algo do tipo: demonios que comem a alma se voce os envocarem, isso ficou no passado, o unico perigo que a realmente nos demonios da goetia são aqueles que o mago se recusa a aceitar como parte dele mesmo, do seu subconciente.

    @MDD – Os demonios da Goecia NAO são o próprio mago, isso esta em um texto tosco que circulou no Morte subita. Goecios sao entidades semelhantes aos exus, kiumbas ou djinns, vistos pela perspectiva de um europeu do século XVII. Estou terminando um post sobre isso e deve ficar pronto semana que vem.

    1. kK

      Tem algo de muito importante nesta relação entre o ego e os pecados humanos e a capacidade da entidade de “penetrar” no magista, algo de intrínseco ao indivíduo, não ?

    2. Johnny Walker

      Marcelo,

      Não é afirmando nem negando nada. Mas vamos partir do princípio de “O que está em cima é como o que está em baixo”. Poderíamos dizer que as entidades goéticas externas correspondem a aspectos internos da psique humana e trabalham com eles?

      Em um texto do Crowley, ele interpreta as práticas goéticas afirmando que os demônios correspondem a partes da mente (sendo que o título do daemon corresponderia a uma parte maior do cérebro, e o nome corresponderia a uma parte menor, com função mais específica). Poderíamos dizer então que isso está certo em parte?

      @MDD – é a mesma coisa que afirmar que um preto-velho é apenas parte da psique do médium. está certo e errado…

      1. Acauã Silva

        A forma da entidade ou energia do astral é da cabeça humana, pois é a mente que determina como vai ver, mas a essência energética não. Assim, pode-se dizer que a entidade está ou não na cabeça do mago.

  5. Ignus Factu

    E Marcelo, tem algum tempo que eu queria perguntar isso mesmo… essa questão do preço cobrado, eu imagino que seja muito específico de entidade para entidade… Mas o que seria assim um exemplo de preço recorrente, só pra ter uma idéia do que o estudante pode esperar…?

    @MDD – nao existe “tabela”. Cada entidade e egregora possui seus próprios interesses…

  6. Lucas

    ‘mais uma vez a Bíblia se mostra extremamente valiosa para o estudante de ocultismo…’
    Você recomenda alguma editora que tenha uma tradução ou versão mais fiel da bíblia?
    Obrigado.
    PS: Talvez minha pergunta tenha parecido extremamente ignorante, mas desconheço do assunto e gostaria de me informar. ^^

    @MDD – Em inglês, usa a versão do rei james. Em portugues, a “Biblia de Jerusalém” é a mais confiável (aquela com capa vermelha), de preferencia, a edição mais antiga que voce encontrar.

    1. Jeff

      Pela Wiki diz que a primeira edição em português data de 1981 mas em alguns sebos virtuais encontrei edição de 1973. ???

      As novas edições são revisadas etc. Você acredita que pode ter havido mutas modificações nos textos, além das demais inclusções?

      @MDD – a edição que eu tenho é de 1985, mas nela diz que a versão original francesa é de 1973. Em português, é de 1981 mesmo.

  7. Rodolpho

    Marcelo, existe alguma possibilidade de algum “demônio” fazer um mal para nós no plano físico sem motivo ou SEMPRE alguém tem que interferir e através desse “trabalho” é que o ser faz algo contra nós?
    Existe alguma forma de se proteger TOTALMENTE da influencia desses “espíritos das trevas”?

    Quando se vai numa igreja e se vê o pessoal falando em línguas e outros falando grosso e falam que é o demônio que está “dentro” dela. Qual o equívoco aí??

    @MDD – O que se ve em algumas sessoes de descarrego (tirando os atores, mas estes ficam mais nos programas de TV da IURD) são médiuns mesmo, que estão incorporando obsessores de outros crentes, ou espíritos zombeteiros (trolladores astrais) que estão lá tirando barato dos pastores e dos outros crentes. Durante quase 15 anos estudando estes fenômenos, eu vi muito raramente alguma entidade fazer mal a alguém “de graça”. Normalmente (90% das vezes, chutando) é algum espírito que foi ferrado pela pessoa em encarnações passadas, que descobriu onde a pessoa está e agora quer “vingança” ferrando a vida do cara nesta encarnação. Não quer se ferrar lá na frente? pare de fazer merda pros outros aqui. O que você já fez, paciência… vai ter de consertar. Os centros kardecistas são adeptos da técnica “chá com bolacha” nas quais voce vai até lá e eles tentam disciplinar o espírito obsessor com conversa, para que ele possa ver que está só se atrasando e que ele deveria te perdoar, etc… Na Umbanda, rola uma técnica do chicote de Iansã pra fazer o egun parar de encher o saco, só que isso não isenta a pessoa de responsabilidade, já que o egun também não está la puto da vida à toa…

  8. Dan

    Tio, ja me disseram que seres humanos nao conseguem se comunicar com os elementais, que eles nao nos entendem. Isso é valido pra todos os elementais ou so pros de menor escalao?
    E se eu for fazer uma “macumbinha” trabalhando com as energias de uma sephira, ja entra em teurgia?

    @MDD – A linguagem é diferente (eles são primordialmente emoção e somos razão), mas eles conseguem sim entender o que pedimos.

  9. Daniel

    Tio, digamos que um espírito obsessor me acompanhe e se aproveite do fato de que eu fumo, ele só estará ao me lado para tal ação ou poderíamos barganhar “conhecimento”/qualqueroutracoisa em troca?

  10. Diogo

    Não acredito em demónios.

    E se falássemos de “teorias da conspiração” mais terra a terra?

    @MDD – eles nao deixam de existir só porque alguém não acredita neles…

    1. Diogo

      Isso é verdade, mas eles não passam a existir só porque alguém acredita neles…

      O ónus da prova é seu.

      @MDD – Sim, voce tem toda a razão. Estes não são fenômenos reproduzíveis em qualquer lugar ou sob quaisquer circunstâncias, e muito menos para satisfazer curiosidades triviais, o que causa MUITO problema em produzir provas da maneira ortodoxa (exigir prova material de um fenômeno espiritual, etc etc etc… eu já conheço toda a ladainha cética). Estamos no mesmo passo da Ufologia (basicamente porque são as mesmas entidades, apenas vistos sob diferentes perspectivas).

  11. Fellipe

    KKKKk bela analogia, Zé Pequeno ainda pode ser considerado fraco nesse caso.

  12. simone

    ja vi o pagamento ser 3 mil reais pro pai de santo , fora o serviço de 4 pé .

  13. Comentarista

    Eu queria saber, se o Magista sempre influencia os outros de forma indireta, através de outros espíritos, dessa troca de favores, ou ele pode agir de forma direta, através de visualizações, criação de formas-pensamento, etc? Ou não tem separação das duas coisas?
    E se você pode agir sem a ajuda de espíritos, só usando as energias dos Planetas, ou de Divindades, por exemplo, ou só usando a sua visualização criativa, porque há quem chame espíritos para alguns trabalhos? Não é mais “arriscado”?

    Eu agradeço se puder responder.

    @MDD – ambos os processos são uma coisa só.

  14. otávio fróis

    Tio, o sr. não acha injusto que uma pessoa inocente seja atingida por macumba/despacho/mau olhado/ seja-lá-qual-for-o-nome?
    Imagine alguém que possua inveja mortal, ódio , sem que a pessoa nao tenha feito nada contra ela. (sim, supondo que a outra não tenha feito NADA de ruim – pq sempre haverá o paliativo de atos de vida pretéritas).
    Imagina se a vida dela desencaminha..,, tipo perder amigos, esposos, emprego etc. A vida e as pessoas podem ser excessivamente cruéis.

    Um dia desses, no local onde aplico reiki, apareceu uma mulher que não conseguia nem ficar de pé. Segundo seus pais, pessoas do seu local de serviço “fizeram um egum” contra ela – que praticamente surtou.

    eu só pergunto? é justo isso? sei que vc diz que o mundo não é justo… mas aí digamos que o “Deus” perde algo do divino (sei que posso parecer muito pretensioso, mas não consigo aceitar isso).

    Outra coisa que eu gostaria muito de saber… como nos precaver contra isso? Porque os conselhos são muito genéricos – pensamento positivo, nunca baixar a guarda etc… ou seja, defesa muito pouco plausível e eficaz. Como me precaver contra um efeito disso?

    Obrigado por tudo, como sempre. E me desculpe pela pergunta em forma de “bíblia” (a qual, depois deste post, possui ainda maior importância).

    @MDD – Voce pode pagar uma pessoa para dar uma surra em um desafeto no Mundo físico, nao pode? O processo é basicamente o mesmo. Achar um bandido, falar com ele e pagar o que ele cobra. E as consequencias basicamente as mesmas, se voce for pego. E do lado de lá, o provável é que voce seja pego…
    Claro que existe uma maneira simples de se proteger, que é estar em sintonia com as egrégoras mais poderosas, como a Rosacruz, por exemplo. Só que “estar em sintonia com as egrégoras mais poderosas” não quer dizer “eu pago mensalidade, então estou protegido”… não é assim que funciona. Se voce não vibra na mesma sintonia que os anjos cabalísticos, não espere que eles o ajudem. Esses mambo-jambo de revistinhas esquisotéricas não servem pra nada… anjo não faz amarração nem vai ajudar um egoísta que finge que é bonzinho pra inglês ver.
    Lembrem-se da lenda que diz que o vampiro só entra na casa onde foi convidado… ela tem um fundo enorme de verdade, especialmente em ataques astrais.

  15. MaxRaven

    Pode ser preciosismo de minha parte, mas como está publicando aqui só agora e eu não ia postar comentário num post antigo lá no sedentário (sim, li este por lá bem depois de publicado) não vou perder a oportunidade agora.

    Veja bem, minhas primeiras interações com a Umbanda foram através de um médium quimbandeiro e tanto ele como o Exu que trabalhava com este médium diziam ser a quimbanda algo diverso do que é chamado de Goecia, seria apenas a parte naturalista “do sistema magico Umbanda”, ou seja, era algo dela, mas no nível mais material, inclusive com vistas de confrontar este lado que era chamado por eles de Quiumbanda. Mas como o médium era um senhor de muita idade e analfabeto nunca consegui maiores explicações, anos depois tive contato outras entidades e médiuns que diziam a mesma coisa e indo além, explicando a terminologia como Qui=Oposto ou Contrario, ou seja, Quiumbanda = Contrario a Umbanda. Enfim, para resumir, nesta tradição em qual fui iniciado teríamos:

    Umbanda = Teurgia
    Quimbanda = Magia Natural
    Quiumbanda = Goecia

    Bem, isso levando em consideração o que escreveu, mas acho que entendeu a ideia que queria passar. De resto muito bom o texto, foi legal reler.

    1. Lima

      Na verdade eu diria assim

      Umbanda = Teurgia
      Candomblé = Magia natural
      Quimbanda = Goecia

  16. Morpheus

    MDD, já li várias explicações diferentes sobre o objetivo da evocação e o que diferentes entidades pedem em troca, mas gostaria de uma resposta sua.

    Goetia(ou pelo menos o que restou dela) trabalharia com pedidos mais materiais e por lógica cobrariam favores mais materiais, também?

    Como ficariam os pedidos e cobranças dos anjos de Armadel, ou das entidades enochianas, por exemplo?

    @MDD – os pedidos e as cobranças variam para CADA entidade e a respeito de CADA pedido, é impossível arrumar tabelas com formulas de bolo sobre isso… quem tentou se deu mal.

  17. Djalma

    Marcelo, as ações desses demônios sempre se manifestam no plano material por meio do que alguns chamariam de coincidências ou eles podem operar de outra forma?

    @MDD – coicidência, sorte, azar, teoria dos grandes números… escolhe um nome…

  18. armi

    Lendo o texto sobre Belzebu, Satanás e Lucifer me deparei com o trecho.:
    “”Simples e direto: Jesus é aquele que traz a luz, Jesus é aquele que traz a iluminação, Jesus é o “portador da luz divina” ou seja: JESUS É LÚCIFER. “”

    Lembrei-me que quando era muito mais novo e comecei a ler a biblia, sempre desconfiei disso, mas como era programado a não questionar muito senão cometeria um “pecado” grave, logo dessitia de tentar entender.
    Posso falar uma besteira grande, mas em algumas passagens biblicas, fica algo meio sub-entendido quando refere-se ao messias e a Lucifer, parece que referece ao mesmo Adão biblico. Semelhante a que aparece em Ezequiel 28: 12 a 19.
    {Deixando minha falta de conhecimento de Lado}

    Tio, o salmo sendo Teurgia, existe alguma regra, forma, ou maneira adequada de usa-lo, ou caiu em desuso???? (curiosidade).

  19. Bernardo

    MDD, o Baixo-Astral é como se fosse uma “favela” do astral? Por exemplo, é aonde os demônios se reúnem mesmo, ou seria um ambiente em si (digo, ele existe no físico ou é um lugar só acessível pelo astral)?

    Se ficou difícil entender mesmo assim, é mais ou menos isso: Existe no Astral um lugar não correspondente ao físico (Você pode ver todo o físico quando está no astral, mas você pode ver todos os lugares existentes no astral do físico?

  20. Aquiles

    Marcelo
    Existe alguma técnica básica e prática para se defender dessas criaturas?

    @MDD – Não chamá-los ajuda bastante.

  21. Rogerio

    Marcelo quais fontes que comprovam que kardec era maçon?

    @MDD – Nenhuma. Sao todas circunstanciais, mas nunca conseguimos encontrar evidencias escritas/documentais. O que temos é a maneira como ele escreve, certas palavras que usa, as pessoas que estavam sempre ao redor dele, as ordens mundanas que fez parte, etc. Mesmo se ele não foi oficialmente, com certeza sua filosofia estava alinhada com a iniciação maçônica.

  22. André

    Seria certo dizer que independente do tipo de invocação que você estiver usando a entidade vai querer algo em troca?(Não, não sou mão-de-vaca, hahahaha)

  23. Vinicius

    Marcelo, sempre tive curiosidade a respeito das “relações de poder” nos outros planos.
    Conversando com espíritAs, me disseram que os espíritos de luz são muito mais “poderosos” (perdoando todos os sentidos objetivos da palavra).
    Perguntei se não haveriam espíritos de trevas tão poderosos quanto aqueles de luz, me responderam que a força está do lado da luz (bem) pois é sinônimo de evolução (no sentido empregado dentro do espiritismo).
    Sempre considerei que conhecimento, capacidade, influência ou qualquer outra característica que determine poder são alheios aos interesses e condutas daquele que os possui, salvo é claro algum conhecimento específico passado dentro de um determinado grupo, mas nesse caso qualquer grupo possui seus próprios.
    Na sua opnião, considerados os argumentos, a luz realmente goza dessa superioridade intransponível ou o plano astral é mais Star Wars?

    @MDD – Ambos os lados possuem entidades individuais extremamente poderosas… mas fazendo uma analogia simplória, imagine que voce tenha 10 espíritos de luz fodões e 10 espíritos trevosos fodões. Enquanto os de luz irão formar um time e trabalhar em conjunto, os de trevas ficam brigando entre eles pra ver quem vai mandar nos outros 9.

    1. TiagoMazzon

      Hehehehe.

      Essa sua resposta, MDD, me fez lembrar de Elfos x Orcs.

  24. Moscadeprata

    Os tão populares manuais de São Cipriano são dessa área também? Aliás, ótima história a ser contada a do São Cipriano, muito bonita!

  25. Brigitte

    Tio Marcelo, entendi que a função primária desses demônios seja o “serviço sujo”, mas, lendo alguns pequenos textos sobre a descrição dos demônios goéticos, vários deles prometem coisas como cura e conhecimento.

    Existem subdivisões de adeptos que tentem aproveitar desses “bons príncipes”? Ou esses tipos de aspectos que parecem generosos são tipo uma equivalência à “bondade” de Vito Corleone?

    @MDD – A Goecia parou de ter validade no século XIX, começo do século XX… hoje só satanistas de orkut utilizam e só se ferram… estou terminando um post explicando o por quê.

  26. marques

    MDD, tenho duas perguntas:
    se eu for em terreiro de Umbanda sério pedir conselhos à uma entidade, qual seria a mais confiável para aconselhar sobre o plano material?
    e se alguérm fizer um trabalho contra a minha pessoas , e entidade revelará à mim?

  27. Dtricio

    Adorei o texto, realmente fechou a série!
    Pena que demorei dois anos para ler (atrasadinho como sempre, rsrsrs).
    E fecha também com outro livro que tenho lido, “o livro dos espíritos” (Kardec).

    Só tem uma coisa que não faz muito sentido pra mim, pelo que entendi, todo o mago especializado em Goétia evoca os mesmos 72 espíritos, é isso mesmo?

    Até acredito que dá tempo já que o tempocorrem de forma diferente no plano espiritual e etc, mas fica apertado imaginando quantos magos existem ao redor do globo.

    A segunda pergunta que tenho também é intrigante, teoricamente todos vamos evoluir para um plano superior, mas ainda teoricamente estes 72 estão no mesmo passo a mais de 2000 anos!?!? (parece que não estou tão atrasadinho assim)!

    @MDD – Só na imaginação tosca dos satanistas de orkut… Se nem vocês, que estudam meia dúzia de textos de um blog por semana estão no mesmo nível de conhecimento que estavam a UM ano atrás, imagina estas entidades…
    abraço!

    1. Dtricio

      acho que não me fiz entender muito bem, quando falo em evolução, me refiro a evolução moral, não evolução intelectual.
      Sei que intelectualmente são bem evoluidos, mas moralmente isso é discutível.

      Abraço!

  28. Neófito 78

    Tio Marcelo, ainda não entendi a vantagem que alguém teria em uma invocação de algum demônio da Goécia.

    O invocador não vai acabar se metendo em encrenca ao lidar com esses seres umbralinos? O fato de invocar esses seres podem te ajudar só no plano material ou podem te ajudar a alcançar Tiferet?

    Um abraço.

  29. GusNoal

    Marcelo, como o assunto é kiumbas e afins…

    Minha namorada está abrindo uma farmácia num local que acho que vai dar problemas.

    A sala que ela escolheu era utilizada há um mês atrás como templo da IURD!!! Eram realizadas as famosas sessões de descarrego, fogueira santa, etc.

    Como devo proceder pra deixar o ambiente livre de todo “peso” da IURD? (Pensei em escovar as paredes, chão, etc, com sal grosso).

    Devo manter alguma proteção, incenso? Qual?

    @MDD – Vixi… sim, ela tem um ambiente carregadíssimo. Recomendo fazer a primeira limpeza do local com água do mar. Descer até a praia e pegar um galão de 5 litros de água, e usar esta água para fazer a primeira lavagem completa do local, de dentro para fora.

  30. Alef

    Só uma observação, para não ter perigo de mal-entendido, Orixás não são elementais.
    Mas euentendi o sentido.

  31. Nid

    A ultima imagem não é um cosplay do personagem MR. Karatê do jogo The king of Fighters???

  32. Phillipe

    Caro MDD eu li que vc disse que a Ufologia trata do mesmos seres só que de outro ponto de vista ? Pode ser mais claro ?

  33. Ogirdor

    eu fasso rituais,vejo pessoas que ja se foram,eu tinha medo mais agora nao tenho mais e agora eu conseguir o controle sobre um demonio.
    preciso de pessoas nao emporta aonde mais eu preciso de pessoas para participar da tribo q crei mande um convite para esse msn.
    xxxxx
    eu ajudarei com muitas coisas estou avançando cada vez mais.

    @MDD – Voce conseguir o controle sobre um demônio? eu conseguir dar muita risada disso. Eu nao passar seu msn pros leitores para o seu proprio bem. Voce nao conseguir dominar trolls da internet.

  34. joão mendes

    Fazendo uma salada , paraleo com a mitologia grega extraterrestres e com jesus.

    Prometeus ( Lúcifer ) que roubou a centelha para dar aos homens ( no caso fruto proibido da bíblia ) seria o próprio Jesus ? que veio a terra ( única forma de ir falar com pandora e pagar um resgate com sua morte para Enlil ( seu tio ) por ter roubado a centelha . e ao morrer (aproveitou ) e foi ate o Hades e la falou com Pandora para dar tarefas fáceis para a humanidade poder ressuscitar ( ao inves de reencarnar pela eternidade , devido as tarefas impossiveis )Com isso surgiu a ideia de ressurreição ( ou iluminação , que sairia da roda da vida )

    Zeus = Jeová / adonai ( deus dos Judeus )= Enlil ( extraterrestre Annunaki )
    E Poseidom = Baal = Enki.

    ( Enki e Enlil irmãos )

    prometeu = LUCIFER = Krishna =BUDA = JESUS = marduk ( filho de Enki )

    Enki e Enlil são extraterrestre Annunaki, que vive em Nibiru/ herculobus / Apophis e outros nomes o planeta que o povo da e muitos dizem que vira em 2012 outros em 2029 , 2034 ou 2036 ).

    Os principais filhos de Enki eram Marduk, Ningishzida ( Deus Thoth), Nergal e Dumuzi. E os netos: Seth e Osíris.

    Concluindo :

    O Proprio Jesus foi quem fez a Eva comer o fruto ( simbolicamente falando )
    E para pagar por esse “ CRIME “ se fez carne e morreu. Com isso ele tanto
    Conseguiu ir falar com pandora , que estava no “ inferno “ ( para que ela desse a unica tarefa dos humanos -Amarem seus semelhantes como a si mesmo e ao criador ), como tbm redmiu a humanidade de uma vida eterna de reencarnações ( nesse mundo de expiações )….. Que iniciara em 2036 e terminara no inicio da Era de aquario
    Quando a terra passara de um planeta de expiação para um planeta de 4 dimensão :Regenerador. Por volta do ano 2240.

    ///
    /
    Por favor , ve aí o que da pra salvar da salada e monte um prato mais nutritivo….rs

    @MDD – tem dias que eu juro que nao sei quem é pior, crentes, ateus ou esquisotericos.

  35. constantine

    porque o Deus dos judeus necessitava de sacrificios, ja que era poderoso?
    eu li que apenas as entidades mais densas é que necessitam de fluidos
    densos ( sangue, cachaça, fumo,etc ).

    e hj, sem aquela quantidade enorme de sacrificios( que toda civilização fazia ), como os espiritos se ” sustentam ” ?

    @MDD – As entidades que se alimentavam daqueles sacrificios se mudaram para os abatedouros…

  36. Pedro Nicolau

    Belo texto Marcelo, ótimo embasamento teórico. Porém, gostaria de expressar meu ponto de vista sobre a verdadeira “linhagem” dos 72 Daemons Goéticos. Discordo na parte onde diz que a Goétia não remete ao tempo de Salomão. Alguns escritos dizem que inclusive, um dos Grandes Reis Goéticos, Asmodeus ou Asmoday, protegido de Amaymon, foi o próprio arquiteto do Templo, revelando ao Rei (sob métodos não muito ortodoxos) a existência de um mineral que era capaz de riscar a madeira como o diamante risca o vidro. Assim sendo, todo o templo de Salomão, ou a maior parte dele foi construído através de encaixes que nem são sonhados pela engenharia moderna. Ok, os títulos aos quais você se referiu realmente podem ter sido incluídos na Idade Média, afim de “atualizar” as informações contidas nas obras que remetem a Salomão, porém na minha opinião, Tio Salomão realmente usou os 4 Arcanjos pra selar os 72 Anjos que “caíram” por se entregarem a paixão de mulheres humanas, como revelado no apócrifo de Enoch.

    @MDD – O LIVRO é medieval, mas os “espíritos goéticos” estão por ai desde sempre, porque “espíritos goéticos” é só um nome… estas entidades, assim como todas as entidades que hoje as pessoas cultuam na Umbanda, sempre estiveram por ai, com nomes diferentes… Certa vez levei todos os sigilos goeticos para um Pai de Santo do Candomblé com 40 anos de experiência, daqueles bem tradicionalistas… Ele não sabia o que era goécia, mas reconheceu de pronto uns 10 sigilos como sendo de alguns Exús e Caboclos, e quando me mostrou os pontos riscados deles, não havia dúvidas que eram os mesmos, apenas o estilo mudou.
    Agora, para tentar explicar o verdadeiro lugar onde habitam estas entidades, usarei um conceito psicológico, postulado por Carl Jung, chamado de “Inconsciente Coletivo”:
    “É a camada mais profunda da psique humana. Ele é constituído pelos materiais que foram herdados da humanidade. É nele que residem os traços funcionais, tais como imagens virtuais, que seriam comuns a todos os seres humanos. Jung chamou a atenção para o fato de que o inconsciente coletivo retém informações arquetípicas e impessoais, e seus conteúdos podem se manifestar nos indivíduos da mesma forma que também migraram dos indivíduos ao longo do processo de desenvolvimento da vida.” Na Fraternidade Rosacruz, existe um exercício que se chama “A Memória da Natureza”. Consiste na leitura deste inconsciente coletivo, ou como Max Heindel o chamava, o “Éter refletor”.
    Ok. O inconsciente coletivo seria como uma “dimensão paralela”, individual a ninguém, e fechada aos nossos “olhos”, a maioria do tempo. Não confundir com os mundos supra-físicos, pois é sutilmente diferente.

    “O Todo é mente; O Universo é mental.”

    Nos baseando na primeira Lei Hermética, vemos que o todo é mente. Juntando esta Lei a máxima do Hermetismo – o que está em cima é como o que está embaixo, e vice versa, pode-se chegar a conclusão de que a mente humana (microcosmo) é o reflexo da mente universal (macrocosmo). Ou seja, este “inconsciente coletivo” se trata de um UNIVERSO inteiro. E é neste universo que eu acredito estarem os Anjos Banidos. Porque? Todos os estudantes de Goétia sabem, que a manifestação dos Daemons vem do mais puro inconsicente do magista, e este fato explica as diferentes aparências que podem tomar, de pessoa pra pessoa. Se não me engano, nos apócrifos de Enoch (ele denovo), os Anjos pecadores são lançados a uma dimensão sem acesso, nem celestial, nem infernal. A Goétia pode ser de grande valia, SIM, porém, quando usada em nome de Deus, afim de se obter conhecimento e sabedoria para a consecussão da Grande Obra individual, utilizando a ajuda de entidades antiquíssimas, e dotadas de inteligência e sabedoria notáveis.
    Pois, afinal de contas, se observarmos bem, estes semi-deuses, há muito tempo esquecidos são nossos ancestrais diretos, os verdadeiros executores do “Pecado Original”. E nós amiguinhos, somos os frutos deste pecado.

    @MDD – os goecios não estão “dentro do inconsciente das pessoas” tanto quando os pretos-velhos, erês, caboclos, baianos ou exús também não estão. São entidades externas que se manifestam usando o cérebro do médium como intermediário, mas são seres que existem FORA da pessoa.

    1. Pedro Nicolau

      Entendo seu ponto de vista Marcelo. Porém, você interpreta os Goécios como sendo entidades desencarnadas que habitam o baixo umbral? Se sim, porquê estes 72 Espíritos não se reiteram a Roda da Vida? Se fossem desencarnados, reencarnariam sucessivamente, e se continuassem com sua conduta errônea, acabariam por desencadear a chamada “segunda morte” e migrariam vagarosamente a Saturno, e lá seriam re-integrados ao Caos primordial.

      @MDD – Sim, eles se reinteram, e outro egun assume o lugar… o nome XYZ de um demonio não é UMA entidade, mas um nome de falange, que já foi abandonado desde o começo do século XX. Hoje apenas magistas amparados por egregoras muito boas conseguem chamar alguma entidade real ligada a estes sigilos. a imensa maioria dos satanistas de orkut consegue no máximo chamar uns eguns ou espíritos zombeteiros.

      Porém, não é o que ocorre.
      Existem menções sobre estes 72 espíritos a milhares de anos. Eles não adentram a Roda da Vida, sua evolução estagnou. Creio que estes espíritos possam ser os mesmos “Lucíferos”, de que trata Max Heindel no CRC, que por interferir na Magnum Opus, perderam o tempo/espaço de sua evolução particular, sendo mandados para uma dimensão paralela, e quase (“quase”), fechada. Ainda me apoio na teoria do Inconsciente coletivo de Jung, pois esta “dimensão” me parece bem “paralela”, não?

      @MDD – voce esta confundindo entidades com eguns, e esta cometendo o erro de raciocinio de achar que todo mundo quer virar bolinha de luz branca, e não é o caso. Há entidades cuja Verdadeira Vontade é a destruição. Também há entidades que estão ai sempre e de “demonios” nao tem nada. Olhe as descrições dos 72 goecios e veja quantos são chamados para “destruir os inimigos” ou “fazer amarrações”… poucos. A maioria “responde perguntas”, “acha objetos”, “dá conselhos”… coisas que as entidades da umbanda e quimbanda fazem, porque são espíritos que trabalham na mesma linha.
      Quando alguem chama o goecio XYZ, está abrindo canal pra uma entidade/ser que trabalha naquela falange agir, não “O” XYZ em pessoa…
      Hoje posso afirmar que todos os sigilos goécios não servem para grandes coisas. E foi um deles quem me disse isso pessoalmente. Estão todos vazios desde o começo do século XX, sendo ocupados por eguns, espíritos zombeteiros ou entidades menores que tiram sarro de quem evoca esses nomes e entra nessa vibração.
      Não confunda os goecios com as qlipoths, que sao energias BEM diferentes.

      1. Acauã

        Marcelo, conforme você disse ao realizar um ritual de Goércia chamariamos um espírito menor e fanfarrão. No entanto, dependendo de nossa Força de Vontade e outras aparelhagens magisticas poderiamos dobrar esse espírito para realizar nossa vontade?

        @MDD – Mouro, com a aparelhagem certa, dá pra tentar forçar até um exú tranca-ruas a incorporar contra a vontade dele, mas ai você vai ter de aguentar as consequencias disso depois, porque é o equivalente astral de entrar com uns caras na sua casa e te arrastar pra sala onde eu estou. Eu levo você até lá… e ai? estou finalizando a matéria sobre goécia, mas a grosso modo, evocações são como telefonemas… sigilos/pontos riscados são a agenda de telefones do pai-de-santo. O legemeton foi a agenda de algum pai-de-santo europeu medieval… você faria o que se o seu telefone caisse na internet e todo satanista de orkut ficasse te ligando a toda hora?
        É possivel mandar os caras lá te pegarem e a casa estar abandonada, só com uns pivetes vivendo ali… seus capangas vão arrastar o moleque até a sua casa e, dependendo dos tapas que voce der ou do que oferecer, ele até faz o que você pedir… mas pode estar correndo risco deles te assaltarem na esquina depois.

        1. Shlomo

          Isso me lembra aquela piada em que a CIA, a KGB e o Exército Israelense têm de buscar um coelho solto na floresta. Se tu espancar um jumento o suficiente, ele acaba admitindo que é o coelho que estás procurando.

          Se tu espancar um espírito qualquer o suficiente, ele acaba admitindo que é o Grande Senhor da Verdadeira Babilônia ou o diabo-a-quatro…

          😛

  37. Pedro Nicolau

    Ótimo.
    Compreendo seu ponto de vista totalmente agora, e admito ter assimilado. Porém, como aprendiz voltado a prática Teúrgica, tenho sérios problemas em engolir o lance de ser mau por ser mau.
    Sei, lá maldade é ignorância ao meu modesto ver.
    De qualquer forma, grato pela atenção.

    @MDD – No meu também. Todas as contendas astrais que eu já vi ou ouvi falar, “o bem vence o mal e espanta o temporal”… é fato. Tirando os lordes trevosos que estao bem abastados de energia em puteiros, matadouros, zonas de prostituição, drogas, boates, cassinos, vampirizando satanistas de orkut, etc… o restante são baratas que fogem ao menor sinal de luz. Mas o universo é um espectro de cores… existem seres que vivem para destruir.

    1. Leon

      Seres que existem para destruir,ou para o mal,ou para o “lado negativo da força”.Eu acho que faz parte do processo de equilibro da dualidade manifesta.
      Mas,não existem seres que são o mal eternamente né?Não existem seres nascidos apenas pra representar o lado negro,e serem sempre isso,toda consciência passa pela evolução rumo a algo mais alto.
      Certo MDD?

      @MDD – existem sim… só que como este sistema estelar é regido por seres de luz, este indivíduos tem de se adaptar a isso ou serão removidos para sistemas regidos por seres de trevas.

      1. Leon

        Mas MDD,nesse caso,essa adaptação não seria uma forma de evolução?Se eles se adaptarem a um sistema de Luz,enquanto se adaptam podem mudar,gradualmente,para espíritos de luz tmb,então não seriam seres eternamente maus.

        Outra coisa,que me deixou meto tenso em saber.Sistemas planetarios regidos pelas trevas.A coisa deve ser mais ou menos como o plano de Ragnar do Panteão de Tormenta.
        Sendo assim,como alguem pode escapar para umsistema de luz?Que chances o ser tem de aprender o “bem” num lugar como esse?

      2. Marcelo

        “@MDD – existem sim… só que como este sistema estelar é regido por seres de luz, este indivíduos tem de se adaptar a isso ou serão removidos para sistemas regidos por seres de trevas.”

        MDD, Aqui sempre foi regido por seres de luz?

        @MDD – Imagino que sim.

        1. Marcelo

          Putz.. deu nó.. vamos lá.. poderia comentar ou falar sua opinião de como funciona esse esquema de sistemas governados por seres de luz e outros por seres de trevas?

          Tipo, há alguma competição entre eles? Se o universo é equilíbrio imagino que seria a mesma quantidade de sistemas luz e de trevas não?

          Se o cara é do mal.. sua verdadeira vontade é destrutiva… não é mais negócio para ele ser expulso para sistemas governados por seres de trevas?

          Se puder comentar algo.. nos mesmos moldes dos exemplos da verdadeira vontade… ia ser animal..

          vlw e abraços

  38. Padre Judas

    Então, quando a Terra deixar de ser um mundo de Expiação e Provas para passar a ser um de Regeneração, estes Lordes Trevosos vão ter que se mudar, né? Eles vão partir por vontade própria (assim como um leão acompanha a migração dos antílopes) ou vão ter que ser expulsos? Quem vai expulsá-los, se são tão poderosos?

    @MDD – o Planeta, ou se preferir o termo, o Espírito Planetário, vai expulsá-los.

    1. Henriquess777

      Seria Melquisedeque, esse espírito planetário?

  39. Rodrigo

    Marcelo,voce estudou isso por anos,eu vivo isso agora, uma mae de santo bem antiga de confiança, se propros a me ajudar, porque uma pessoa fez trabalho pra que minha familia fosse separada, e ainda fez amarraçao pra minha ex noiva,e para me matar e te digo, funcionou, eu nao morri mas a mulher é outra pessoa., parece que nao é ela. só eu mesmo sei.Quem fez trabalha na Umbanda.

    O que eu gostaria de saber é, feito isso e funcionou, nao sei quais entidades foram pagas p/ isso provavelmente Exu, ou Pomba-Gira, Eu lhe pergunto o que é uma duvida minha, apenas uma duvida. Se dentro dessa situaçao, eu entrar em contato com uma “bruxa”, mas uma bruxa de verdade, pelo pouco que sei, quase nao falha, nao sei qual panteao ela usa, ou se invoca demonios ou nao. É capaz de ela desfazer isso? Um demonio invocado para desfazer isso?Seria um desses seres das trevas mais forte que um exu ou pomba gira que fazem isso? Seja lá qual for o metodo, eu tenho em mente que uma mulher que vive a muuuuuuuuuuuitos anos nisso, tem de certa forma um poder muio grande, e o que esta sendo feito nao é mal a ninguem, simplesmente demanchar o mal que fizzeram.

    Olha minha pergunta pode parecer boba,mas nao eu vivo isso.E Juro pra voce nao desejaria isso nem pra quem me fez isso.

    @MDD – Me manda um email explicando a situação inteira direito e eu posso te dar uma opinião mais precisa.

  40. Marco

    Marcelo, tu comentastes que os sigilos estão sem força desde o início do século XX. Isso é devido a mudança de Æon que ocorreu em 1904?

    @MDD – Nao… estao abandonados desde o século XVIII, quando as entidades que atendiam a estes Pontos Riscados elevaram-se para outros postos e deixaram os sigilos desocupados. Quando Crowley e Matthers publicaram o livro em “grande escala” (grande escala significa algumas centenas de cópias) os espíritos da goécia que respondiam por aqueles círculos já os tinham deixado para trás… hoje em dia, com dezenas de milhares de cópias circulando na internet, estes desenhos não servem mais para nada, a não ser atrair espíritos zombeteiros.

  41. Gabriela

    até agora não entendi qual é o proposito deste site,vc pertence a que religião, como se atreve a dizer que JESUS é lucifer?vc acredita em, céu e inferno pra onde acha que vamos quando morremos.Deus tenha misericordia de vcs.

    @MDD – leia mais, estude mais, questione mais… ai voce vai entender o propósito deste site.

  42. Paulo

    “@MDD – existem sim… só que como este sistema estelar é regido por seres de luz, este indivíduos tem de se adaptar a isso ou serão removidos para sistemas regidos por seres de trevas.”

    MDD, estes seres foram “criados” assim ou se decidiram pelo “lado negro” por vontade própria? São como a Legião dos Dragões de que falam os espíritas? Quanto às Energias das Qliphots, referem-se a entidades ou somente a Forças?

  43. Gustavo Costa

    Caraca se aqui é regido por seres de luz não quero imaginar como é por seres das trevas e por aqueles que ficam aprisionados sem poder reencarnar que vc comentou outro dia

  44. Original Bat

    Acho que um ponto que as pessoas não consideram é que julgam sob ótica humana. Quando se diz que ‘uma entidade nasceu para destruição’ pode-se colocar isso como uma entidade que é uma Força da Natureza. As vezes vejo as pessoas apelando aos espíritos para não morrerem, e esquecem que os espíritos não acham isso tão horrível já que já estão mortos. Da mesma forma quando uma árvore é derrubada e apodrece, um ser vivo está morrendo ali e se transformando em outra coisa – mas para nós, é uma árvore derrubada, ponto. Para uma entidade primordial com a função natural de destruição, seria a mesma coisa – uma visão ‘Dr.Manhattan’ das coisas.
    Quando os seres de determinado mundo evoluem, essas forças são aplicadas em outras partes pq não são mais necessárias, ou adaptam-se, mas continuam sendo ‘destrutivas’ no sentido natural da coisa.
    Claro que existem seres e entidades malignas que evoluem – são seres ‘humanos’ afinal, e acredito que a maldade real é ausencia do bem e indulgencia para com o próximo e consigo mesmo afim de alcançar prazeres temporários. Esses são maus por ignorancia, ou incapacidade de verem qualquer beleza no bem mesmo já que seu mundo se limita a eles mesmos e seus prazeres, e um dia por consequencia evolutiva e experiencias, acabam adquirindo capacidade de entenderem além com alguma epifania de milhares de anos.
    Mas quando o Marcelo fala de seres cuja Verdadeira Vontade é a destruição, e que servem ao Universo desta forma, acredito que ele esteja se referindo mais no sentido de ‘agentes da natureza’ que para nós, parecem malignos em nosso filtro cultural. Agem por natureza pq esta É sua função no processo evolutivo dos seres.
    Em termos cristãos – as vezes o diabo pode estar na folha de pagamento de Deus.

    1. Leon

      Mas Bat,no caso dos questionamentos acima,acredito que o pessoal esteja falando de Trevas, e não da função natural da destruição,que consiste apenas em uma etapa da renovação.
      Falando por mim,eu me referia a isso,serem que escolhem as Trevas,praticando a causa do sofrer como opção consciente.

  45. Paulo

    “Não confunda os goecios com as qlipoths, que sao energias BEM diferentes.”

    MDD, no “Preparação e Trabalho do Iniciado” (Ed. Pensamento, não lembro a edição, pg. 71) a Dion Fortune afirma que quem trabalha com as qlipoths são magos negros… Isso procede?

    Diz também que são “energias provenientes de outras evoluções”… o que isso quer dizer?

    @MDD – Qlipoths sao cascas vazias. São extremamente importantes para o autoconhecimento, mas somente alguem que já dominou completamente o grau de LUX pode começar a treinar o NOX. o resto vai conseguir no máximo um câncer…

  46. Danilo Fucci

    Acho estranho ter livros de escritores de grandes nomes sobre goecia ate hj. O Lon Milo Duquette que vc mesmo ja disse q eh o melhor autor de livros sobre magia pratica da atualidade tem um livro chamado “A Goetia ilustrada de Aleister Crowley, Evocação Sexual”.

    @MDD – A idéia que o Lon Milo tem é que a Goecia são partes do inconsciente da pessoa… eu não concordo; é a mesma coisa que achar que um exú ou preto-velho é parte do inconsciente da pessoa… é verdade, mas não é… são entidades externas que se intercomunicam com o médium. Achar que são APENAS parte da psique do médium não está correto.

  47. Lúcio

    Marcelo, algumas possessões demoníacas não seriam manifestações da própria sombra da pessoa, em vez de a pessoa estar sendo possuída por uma entidade?

    @MDD – ai não seria “possessão”. Essa história de “própria sombra da pessoa” é um argumento meio distorcido, que seria o mesmo que afirmar que o preto-velho que o médium incorpora é “a própria luz da pessoa”. Está certo só em parte; é uma fusão das duas coisas.

    1. Lúcio

      Olá Marcelo,
      Ali quis dizer que alguns casos tidos como possessões seriam apenas a manifestação da sombra da pessoa.
      Comentei sobre isso porque rejeito a ideia que a Igreja Católica tanto prega sobre um inimigo exterior ao homem, e o amplo tema das possessões demoníacas e exorcismos difundidos no cinema.
      No último filme de exorcismo que assisti me veio essa ideia de que muitos casos tido como possessões seriam apenas a sombra da pessoa.
      Se o tio puder explicar melhor sobre isso, ficaria grato.

  48. Lúcio

    Olá Marcelo,
    me intrigou algumas respostas suas onde o senhor fala sobre “sistemas regidos por seres de trevas” e por existir seres cuja verdadeira vontade é destruir. Poderia explicar melhor isso?
    Quando li sobre sistemas serem regidos por seres de trevas, então quer dizer que existem no Universo lugares como Apokolips?

  49. ferrah

    olá

    Marcelo

    Há possibilidade de saber quem nos persegue?, muito fala sobre anjo da guarda, mas já não tenho essa certeza , não acredito em religião sou ateu não freqüento nenhum tipo de seita, não invoco e nunca tentei invocar nada , mas vivo tropeçando em sombras e presenças, que não vejo mas sinto com tanta força que as vezes o sentimento de quem ta perto de mim passa pra mim. Sentimentos como raiva, tristeza, angustia às vezes tenho vontade de rir.
    E difícil explicar porque ai vc pensa ‘são só seus sentimentos’ mas não e bem assim, já aconteceu de eu estar assistindo alguma coisa e vim aquela tristeza logo acontece algo como a TV desligar sozinha, algo na cozinha, mas eu não vejo nada, tenho uma filha de 3 anos, um dia logo que cheguei da faculdade fui olhar ela dormindo e ela acordou olhou pra mim e perguntou “pai quem é o tio que ta ai com vc ?” vou dizer não foi nada agradável aquela hora ouvir isso!
    Já fui por curiosidade fui acompanhado um amigo e quando vi tava la com ela, era uma espírita que atendia com o espírito de um medico, ela falou que eu deveria fazer tratamento para gastrite, eu não tinha nem sintomas e ela acertou depois de um tempo me atacou a dita cuja!
    Eu já tinha esse problema de sentir as coisas, só que o que me deixou meio bolado foi que entes de entrar na sala dela a ouvi falar que iria entrar um rapais ILUMINADO.
    Minha duvida é como isso para? O que significa ser iluminado? Como saber se isso ta dificultando minha vida ?por que ta difícil viu !!! risos
    Caso saiba responder agradeço!
    Só mais uma coisa sou ATEU isso não quer dizer que não acredito em deus, eu o não acredito no Homem que é capais de manipular uma legião para se favorecer.
    Sua casa será o lugar mais sagrado pra deus, pois é nela que deus mora ,por mais humilde que seja.

    @MDD – se voce é deus e voce acredita em voce mesmo, voce será um iluminado 🙂 O senso comum é muito tosco em relação as definiçoes de religiosidade e ateismo, fazendo com que pessoas inteligentes escolham os dogmas do materialismo simplesmente porque acham que a outra opção seria “acreditar nos padres e pastores”. Isso é errado. espiritualismo é algo natural que independe em qualquer tipo de crença; e a maioria dos ocultistas, pela definiçao crente, é ateu. Religiões são um veneno.

  50. peter

    Você conhece/tem alguma opinião sobre o livro Nightside of Eden do Kenneth Grant?
    Os sigilos apresentados por ele são mesmo os sigilos das Qlipoths?
    Obrigado pela atenção!!

  51. Gafanhoto

    Então só existem 72 demônios de verdade??

    Do mesmo modo que existam 72 demônios do lado ruim, podem existir 72 anjos do lado bom. Desta forma, como poderíamos combater os demônios através dos anjos???

    Ah, aproveitando o post (no lugar errado)… de onde vem a história do Lúcifer como sendo anjo caído??

    Abraço!

  52. cristy

    então é impossivel ter contato com as entidades goeticas?

    @MDD – Nunca foi, a não ser os magos originais que se comunicavam com elas. O que se consegue hoje é comunicação com outras entidades que trabalham na mesma falange delas e que respondem pelo nome. Da mesma maneira que cada “tranca-rua” não é “O” Tranca Ruas, mas sim “Um” Tranca-Ruas, o mesmo ocorre com os goecios.

  53. Marc

    E ai MDD.
    eu li aqui e no sedentario que você falou que os sigilos goecios estao “vazios” e que suas entidades originais ja nao estao mais la.
    minha pergunta é: por que entao se esses sigilos nao tem mais entidades “verdadeiras” ordens como a Dragon Rouge continuam trabalhando com eles, inclusive logo no grau de neofito?

    @MDD – Esta é uma pergunta bastante interessante para se pensar.

  54. guilherme

    Marcelo, frequentei terreiros de umbanda e só tive descepcão, os chefes da casa eram gays e davam cantadas nos filhos do terreiro, faziam matanças toda semana, tinha muitas brigas. Será que essas entidades eram demõnios ou zonbeteiros?agradeço a resposta.

    @MDD – Provavel. Estou tentando organizar uma lista de terreiros com referências para ver se conseguimos organizar melhor isso…

    1. Ricardo

      Essa lista dos terreiros com referencias seria ótimo!

    2. Fabio Mendes

      Gostaria muito de saber esses centros também, pois como o amigo falou, aqui no RJ é a mesma coisa.

  55. guilherme

    Marcelo, não consegui encaixar na cabeça sobre os tipos de entidades que existe.

    Pelo que entendo do texto, todos são espíritos que já reencarnaram, com excessão do elementais, devas, etc.

    Coloque um poster explicando melhor esses seres, toda a hieranquia ,desde os anjos, demônios, kiumbas, devas, qlipoth, etc. bem detalhado…
    Agradeço ser fizer isso, vai clarear muito os estudos. Abraços!

  56. R.c

    Marcelo, lembrei na época que frequentei um terreiro não de Umbanda, pois eles pediram para mim beber cachaça com sangue dentro de um crânio de defunto, pois lá tinha muito ossos quardados no quarto de exu. Até um difunto completo interrado. Tive muitos problemas financeiros, amorosos, etc. Gostaria de saber, se na certa, esses kiumbas vão me perseguir, pois abandonei faz dez anos e o pai da casa morreu. As vezes tenho uns atrabalhos na minha vida, não consigo atingir meus objetivos. Era cantimbó com quimbanda.
    ..estou no A.A…. vai me proteger?
    agradeço se me ajudar, pois poderia me indicar uma ajuda mais especifica?

  57. luiz

    MDD, encontrei na rede um texto em ingles da clavicula salomonica, é muito, muito complexo além de extenso. mas pela olhada q dei parece que tem umas coisas que ensina sobre sigilização, escrita e circulos mágicos. tanto q em algumas partes parece “a mônoda hieroglífica”.

    dá pra tirar proveito desse livro, ou é furada? já que os sigilos estão “vazios”?

  58. V.M.

    Questionando certa vez dentro da Aurum Solis sobre aspectos da Goecia, eis a resposta obtida, que “era difícil fazer teurgia verdadeira com goetia, que era uma ilusão, e que devíamos ter consciência dos problemas que poderíamos atrair”… O que acha disso, Marcelo?

    @MDD – Hmmmm que eles estão certos?

  59. Andre

    Marcelo poderia linkar aqui no comentário essa matéria que você fala a respeito dos sigilos vazios? Estou procurando e não consigo encontrar, gratidão desde já.

  60. Cresci em um terreiro de Umbanda, minha amada vozinha era a regente da casa, que se foi com ela. Com o passar do tempo trabalhei em outras casas de Umbanda, mas meus estudos acabaram por levar a seguir outro caminho. O que se ve hoje em centros de Umbanda sao mediuns completamente desinformados e despreparados, que na maioria das vezes nao desenvolveram a sensibilidade necessaria para estar em uma sessao (por culpa/ desinteresse/ ignorancia do pai-de-santo) e acabam por servir de canal para espiritos umbralinos se passando por Guias, o que gera um enorme transtorno para o consulente/ assistente que busca ajuda na Umbanda, e para o proprio medium, que se conecta a esse espirito, e por falta de conhecimento e estudo, acaba por ser vampirizado tambem. Vejo uma pressa enorme em certos centros, onde um medium e’ convidado a ser “desenvolver” espiritualmente, e com 1 ano de aprendizado, sao inseridos na corrente da casa para trabalharem com expurgos e curas… Vi isso ocorrer em tantas e tantas casas, que acabei por me afastar por completo da Umbanda, infelizmente.

  61. baldur

    para que fazer trato com o capiroto se Deus o Criador de tudo é tão poderoso e amoroso.O ouvido do nosso Deus não esta surdo para não nos ouvir quando invocamos seu nome pedindo uma Benção,seja ele qual for, e nem o seu Braço esta atrofiado para que não possa nos livrar de alguma situação difícil. Mas é a maldade que habita em nós é que faz a divisão entre nós e o nosso DEUS. espere no Senhor DEUS o Grande Arquiteto do Universo o Criador Incriado,pois ele sempre me ouviu quando eu invoquei o seu nome de todo o meu coração,com todas as minhas forças e de toda o meu entendimento e ele nunca me deixou desiludido,eu não nessecitei realizar rituais complicados,e nem invocar os espíritos,porque eu não sou o dono do mundo mas sou filho do dono.

  62. Jessé Bispo

    Mestre DD, isso significa que certas falanges da goecia poderiam ser invocadas pelo mago para fazer o bem para a humanidade atraves da doacao de algum tipo de conhecimento, ou ajudar uma pessoa necessitada com desmanches de energias de baixa vibracao que a esta afetando, sem necessidade de haver trocas de favores, ficar preso ou devendo a essas entidades? Pois na Umbanda, os Exus coroados e batizados se utilizam dessas entidades, kiumbas, exu pagao ou rabo de encruza, assim como de elementais, para trabalharem na linha de esquerda fazendo apenas o bem. Ou seria, mesmo nesse caso, um risco?

  63. Azrael

    Marcelo,
    desenterrando o post,
    seguindo este raciocinio, vale o mesmo com os 72 anjos da Shemhamphorasch?
    Poderia falar a sua opiniao a respeito?
    Obrigado

  64. José Elias

    Sr. Macerlo Del Debbio,

    “A Magia Natural lida com Elementais (gnomos, ondinas, silfos e salamandras), orixás, Exus, Devas, Asuras, Djinns, Efreetis e outras criaturas da natureza.
    E finalmente, a Goécia lida com os seres do baixo-umbral.”

    Os seres do baixo umbral com os quais a Goécia lida são todos seres humanos desencarnados ?
    Pelo que sei, os elementais não são seres humanos, são espíritos da natureza.
    Os orixás, Exus, Devas, Asuras e Djinns também são espíritos da natureza ?

    Muito obrigado.

    /\

  65. Samanta

    Olá, Marcelo!

    Você poderia passar as listas dos terreiros com referênciais?
    Gostaria de me aprofundar no assunto, mas não conheço nenguém capacitado.
    Sempre deparo com charlatões.

  66. Vinicius Souza

    Boa tarde Ir.’. ,
    as entidades não perdem o duplo-etérico após um tempo desencarnadas e ficam só com o corpo astral? Como é esse tempo? Estou perguntando com referência a parte que diz que elas conseguem moldar o duplo-etérico .

  67. Magno

    E a relação que os daemons têm com a psiquê do magista? Já li algo a respeito que eles são partes da psiquê do operante. Crowley afirmou em um de seus escritos que “Os daemons da goétia são partes do cérebro humano”. Acho que ele foi infeliz em afirma que são partes do cérebro, porém seria aceitável afirmar que são partes da mente. Até que ponto posso afirmar, em uma ritualística goética, que me deparei de frente com um daemon (ser externo com forma e vontade própria, etc) ou algo criado por minha mente, quero dizer, parte de minha psiquê ( traumas, vícios, o próprio ego) ali no triângulo magicko? Desde já agradeço!

  68. darlison

    Mago sinto de verdade como se nao fosse desse planeta, nao consigo ver as coisas que acontecem nele sem achar quase tudo absurdo… Sempre busco por caminhos contrarios aos planos superiores mas sempre sou atraidos de forma muita inesperada, gostaria de saber qual o melhor caminho para que enfim eu tenha uma vida plena e de paz…

  69. Parreiro

    Bom dia,
    Eu costumo frequentar casas de tolerância e ultimamente, depois de ter sido avisado por uma garota de programa sobre esses espíritos que habitam essas casas, “passei a observar muitos despachos, oferendas e trunqueiras. Coisas que eu nunca havia reparado antes. Como funciona esse ponto de atração? Pelo que entendi, são kiumbas que nos “arrastam” para esses lugares? Outro dia fui na casa de uma prostituta e na porta havia um pote de barro. O que havia dentro? Eu quase abri para ver… Abraços e obrigado por ceder seu tempo.

Deixe uma resposta