A Pirâmide do Faraó Del Debbio I

f15b.jpgPost publicado no S&H em 12/03/2008.
Hoje, o Tio Marcelo se autoproclama Faraó Del Debbio I e decide que vamos construir uma pirâmide aqui no Brasil, com tecnologia de 2008.


Este post será uma homenagem ao amigo Kentaro. Ele sempre traz informações técnicas muito interessantes desmistificando enigmas e ilusões, então hoje serei eu o cético e usarei apenas da matemática e da engenharia, sem nada de ocultismo, para estudar um dos maiores mitos da história.
Vamos deixar claro que eu não estou dizendo uma palavra a respeito de QUEM, COMO, QUANDO ou POR QUE elas foram construídas. Este post vai demonstrar apenas a titulo de curiosidade como se construiriam as piramides com tecnologia de 2008. E quanto tempo demoraria, ok?

Uma das vantagens de se estar ligado a tantas Ordens Iniciáticas é que o tio Marcelo consegue acesso fácil e rápido a praticamente qualquer empresa grande no Brasil e até mesmo em outros países com apenas alguns telefonemas e recebe carta branca para ficar fuçando e perguntando o que quiser lá dentro. Então poderemos pegar alguns orçamentos que normalmente o público não tem acesso. Outra facilidade é o fato de eu ser arquiteto, então estou acostumado com canteiros de obras e sei que tipo de questionamentos são relevantes para uma obra deste porte.

egypt_quarry_map.jpg

Em primeiro lugar, vamos às nossas hipóteses. A pirâmide de Gizé possui 230m de lado e 146m de altura quando foi construída. Suas paredes possuem inclinações precisas de 51º 51´14”. Seus blocos de pedra são encaixados milimetricamente, sem espaço para passar um mero pedaço de papel. Possuem câmaras e túneis de acesso que não foram escavados, mas sim deixados vazios durante o processo de construção (ou seja, foram planejados antes da construção) e que são elaborados com precisão absoluta. Sabe-se que as pirâmides foram construídas utilizando-se aproximadamente 80% de pedras de calcário rochoso, de pedreiras distantes cerca de 60-80km do Cairo, e que 20% de sua estrutura foi composta de pedras nobres, em especial o Alabastro e o Mármore Negro, trazidas da pedreira de Assuã, localizadas a cerca de 725km de Gizé, através do Nilo.

Cálculos Iniciais
Usando a fórmula do volume de uma pirâmide, temos (B x H )/3 = 2.556.850 m3 de pedra. Não estou levando em consideração as câmaras e túneis dentro da pirâmide, apenas o volume “bruto” dela para fins de orçamento aproximado. A maior parte do volume da pirâmide é construído com blocos inteiros de Calcário Rochoso. O calcário possui densidade 2,8, portanto, temos que o peso estimado de uma pirâmide é 7.159.150 toneladas, dos quais 1.431.830 toneladas (revestimentos e pedras nobres) vieram de Assuã de barco e 5.727.320 toneladas vieram de pedreiras próximas, localizadas a até 80km de distância. Destes blocos de calcário, cerca de 6% em peso é constituído de blocos de 70 toneladas (aproximadamente 5.000 blocos) e teremos de pensar em uma maneira de extraí-los e transportá-los da pedreira até nossa obra.

quarry01.jpg

A primeira coisa que precisamos verificar são as pedreiras de calcário rochoso. Analisando algumas das maiores pedreiras de calcário do Brasil, consegui as seguintes informações: De acordo com a ABRACAL (Associação Brasileira de Produtores de Calcário), uma pedreira de 6 hectares produz cerca de 14.000 toneladas de blocos no tamanho adequado por ano.
Com dois telefonemas para alguns amigos que trabalham no Cairo, consegui a informação que as pedreiras que os “egípcios” utilizaram para obter os blocos (Toura e Maadi) não tinham mais do que 28 hectares somadas (e isso são pedreiras grandes, relativamente falando). Fazendo uma regra de 3 básica, temos uma produção de 65.000 toneladas por ano de blocos.
De posse destes dados, temos que apenas para extrair todas as pedras para montar a Pirâmide, utilizando-se de equipamentos de 2008, levaríamos 82 anos. Uma conta simples que já destrói completamente qualquer hipótese das pirâmides terem sido construídas em 20 anos…

Mas o faraó Del Debbio I tem pressa !!! Queremos construir a pirâmide no mesmo período de tempo alegado pelas lendas. Se um bando de egípcios seminús de 4.000 AC conseguiu, nós vamos conseguir também!

Procurando minas de calcário
Em 2000, a produção total de calcário no estado de São Paulo foi de 3.230.000 toneladas, dos quais apenas 16% nos tamanhos adequados para a construção dos blocos de 2,5 ton mínimos (pouco mais de 516.800 toneladas por ano). Vamos usar TODA a produção de calcário do estado de São Paulo para a construção da minha tumba.

Com TODA a produção de blocos de calcário do estado de São Paulo (que corresponde a cerca de 21% da produção total do Brasil) nas mãos do Faraó Del Debbio I, vamos recalcular o tempo para a construção da Pirâmide:
Com 1.416 toneladas de blocos por dia de produção, precisaremos de 11 anos (4.045 dias) para extrair tudo. Dane-se o estado de São Paulo, o Faraó Del Debbio tem pressa. Temos apenas 20 anos para construir as pirâmides!

caminhao30ton.jpg

Para nossas operações terrestres, usaremos o caminhão 31260E da Volkswagen, o maior e mais poderoso caminhão da linha comercial 2008, que é um dos mais modernos da frota brasileira, capaz de carregar até 31 toneladas por vez. Utilizando-se de guindastes mecanizados do tipo GR 9.000 da Rodomaq, conseguimos colocar um bloco de pedra de 2,5 toneladas dentro do caminhão e ajustá-lo em cerca de 10 minutos, de acordo com o engenheiro responsável.

Um caminhão 31260E carrega até 12 blocos de 2,5 toneladas de cada vez, o que demoraria 120 min para carregá-lo. Supondo uma estrada bem asfaltada, em uma velocidade segura, faríamos o trecho de 80 km em 1h30. Descarregando o caminhão no local da obra e retornando em segurança, todo o processo de ida e volta demoraria 7 horas.

Ao todo, teríamos de carregar 5.383.681 toneladas de pedras em blocos de até 12 toneladas usando nossos caminhões Volkswagen.
Fazendo a divisão de 5.383.681 toneladas por 30 toneladas, temos 179.456 viagens. Levando em conta nossa produção de 1.416 ton por dia, demoraríamos 3.802 dias para fazer todas as viagens (ou 10,5 anos). Para tanto, utilizaríamos uma frota de 30 caminhões (que trabalhariam 24 horas por dia, 7 dias por semana, sem feriados ou pausas). Não há razão para usarmos mais caminhões, pois estes já estariam trabalhando no limite, já considerados 20% extras para eventuais falhas mecânicas (obrigado pessoal da Brasspress e RodoJumbo pelas informações).
Alguns engenheiros alegaram que estes caminhões trabalhando desta maneira selvagem não durariam 10 anos, então um deles pediu para que ficasse constando que a frota ideal total seria de cerca de 50-60 caminhões, sendo substituída ao longo do tempo.

Os outros 343.640 toneladas em blocos de 70 toneladas seriam um problema. A Granero e outras companhias de transporte que pesquisei carregam até no máximo 60 toneladas indivisíveis em seus veículos e os maiores caminhões da Volvo e Scania carregam apenas 50 toneladas… então teríamos de ir buscar outros caminhões especiais para isso.

Encontramos esta carreta, capaz de carregar até 470 toneladas, mas não achei o nome dela. Para sustentar essa estrutura, a carreta tem 266 pneus, além de outros 30 dos cavalos mecânicos. O veículo tem 93 metros de extensão, 8,70 metros de altura e anda a 5 km/h. Precisamos de uma autorização especial AET e cada viagem pode chegar a custar até R$ 100.000,00

http://www.youtube.com/watch?v=P89oZeuV1qU

Para carregá-la com os blocos de 70 toneladas (cabem 6 blocos por vez), demoramos cerca de 2h por bloco, ou seja, 12 horas para carregá-la, 16 horas para viajar (totalizando 56 horas por trajeto ida e volta) levando 420 toneladas. Para transportar 343.639 toneladas, precisaremos de 818 viagens, ou seja, 45.808 horas (5,2 anos).

Sabemos que as pedras maiores estão na base da pirâmide, então pelo menos os 5 primeiros anos serão destinados para as pedras de 70 toneladas, então talvez consigamos fazer um “estoque” de pedras de 12 toneladas e 2,5 toneladas para usar no futuro, aumentando assim nossa frota de caminhões 31260E nos primeiros anos e economizando pelo menos uns 3 anos do projeto. Por outro lado, não adianta carregarmos as pedras menores para a pirâmide pois isto atrapalharia o desembarque das supercarretas.

O preço dos materiais, pelas tabelas de 2007, são de aproximadamente 100,00 por tonelada de blocos de calcário e entre 250,00 a 400,00 a tonelada de mármore nobre e alabastro. Mas acho que por ser irmão maçom, eu teria direito a algum desconto. O total estimado, em material apenas, sairia na faixa de 4 bilhões de reais (1% do PIB do Brasil de 2007). Mas isto não inclui nem transporte e nem mão de obra!

Outro dos problemas é como fazer a terraplanagem do terreno. Consultei algumas das empresas de topografia de irmãos e descobri que conseguir um platô que fique PERFEITAMENTE NIVELADO sobre a areia de um deserto é uma tarefa impossível. Pior ainda se planejamos “empurrar” os blocos… o mero deslocamento das pedras já desnivelaria TODO o trabalho executado, e a areia deslocada nunca permitiria um encaixe tão perfeito dos blocos. Ao contrário do que as otoridades querem que vocês acreditem, não basta ir empilhando blocos de pedra sobre a areia, pois com o tempo, a areia cede e toda a estrutura afunda (por exemplo, a torre de Pisa, que nem em areia foi construída). Para se construir em cidades como Santos ou Las Vegas, é necessário consultar engenheiros navais e de estruturas, para indicar as compensações necessárias a serem feitas para se edificar sobre solo tão precário (e estou falando de prédios de 10, 12 andares… a pirâmide tem o equivalente a 49 andares). Em outras palavras, é necessário uma FUNDAÇÂO para manter toda esta estrutura firme (ainda mais que ela não se deslocou um milímetro em 12.500 anos… ops… 6.000 anos).

giza_model_fig5.jpg

Muitos teóricos da conspiração (e eu não estou entre eles) afirmam que há uma pirâmide enterrada abaixo da pirâmide, de mesmo tamanho e voltada para baixo, formando um octaedro, para servir como fundação. Isso resolveria nosso problema, mas destruiria de uma vez por todas as teorias de tumba do Faraó e escravos egípcios empurrando blocos… pena que o governo egípcio proíbe qualquer tipo de pesquisa neste sentido, então nunca saberemos a verdade.

De qualquer maneira, os trabalhos de terraplanagem de uma área deste tamanho teriam de ser executados por alguma empresa do porte da Engepar especializada em barragens. O tempo estimado para deixar o terreno preparado para receber a pirâmide girou em torno de 6 meses a 1,5 anos, mas não tive garantias de inclinação de zero graus como na pirâmide. Eu deveria esperar algo em torno de 0,5º a 1,5º de inclinação.

Transporte por rios
Para nossas operações marítimas, vamos usar um dos maiores navios em operações aqui no Brasil, da Hamburg-Süd, chamado “Aliança Brasil PPSO”, com capacidade máxima de 1850 Teus (Teu é uma unidade de medida que representa containers com 20 pés, neste caso, carregados com 14 toneladas), que é um navio com 200m de comprimento, possui mais de 28.000 toneladas de deslocamento e velocidade de 20 nós. Este navio é tão grande que existem apenas 5 em operação neste volume no Porto de Santos (para ter uma idéia de comparação, as caravelas de Cabral carregavam 250 toneladas cada)

aliancabrasil01.jpg

As docas do porto de Santos, o maior porto do Brasil, são capazes de carregar em média, 40 containers por hora (ao custo de 70 dolares por container). Um navio do porte do Aliança Brasil demoraria, então, 46 horas para carregar e 20 horas para viajar (em um total de 132 horas entre carregar, viajar, descarregar e voltar). Isso, claro, contando que tivessemos dois portos do tamanho de Santos à nossa disposição.

Carregar 1.431.830 toneladas usando este navio demoraria 55 viagens, ou aproximadamente 310 dias. Menos de um ano. Esta seria a parte mais fácil do projeto.

Faltou um último detalhe. Os blocos das pedreiras são escavados com erro de até 3% em tamanho. Os blocos das pirâmides são PERFEITOS em suas medidas. Eu reclamei com o engenheiro chefe e ele me disse que é possível contratar especialistas para recortar no canteiro da obra com precisão milimétrica, mas este trabalho poderia demorar até cerca de 3 a 12 horas por bloco, para ficar da maneira 100% perfeita que as pirâmides exigem.
Contas rápidas levam ao nosso conhecimento que, para lapidar os cerca de 260.000 blocos das paredes externas, câmaras e túneis, seriam necessários aproximadamente 2.600.000 horas. Com uma equipe de 500 especialistas (ou seja, praticamente todos os especialistas brasileiros), conseguiríamos fazer todo este trabalho em cerca de um ano inteiro. Certamente o faraó Queops tinha especialistas muito melhores que os formados pelo SENAC.

Resolvida a logística de escavações e transporte, vamos colocar os blocos uns sobre os outros:

Precisamos levar todos estes blocos de 70 toneladas, 12 toneladas e 2,5 toneladas até a sua posição na Pirâmide. Sabemos que ela possuía 146m de altura. A hipótese de rampas é ridícula, pois não podemos construir rampas com inclinação maior do que 10%, o que significa que as rampas quando estivéssemos no topo da pirâmide teriam 1,5 quilômetros de comprimento… Uma rampa destas teria 5m x 145m x 1.450m, ou seja, 525.625 metros cúbicos de areia, suficiente para encher 6 maracanãs até a boca de areia. Algum de vocês já foi a um estádio de futebol para ter uma noção de quanta areia é isso?

A maior escavadeira do mundo, a Bagger 288, consegue movimentar 76.445 m3 por dia. Este monstro demoraria uma SEMANA para construir uma rampa como a descrita acima. Supondo, claro, que milagrosamente toda a terra movimentada chegasse ao formato desejado da rampa em um passe de mágica.

spore200604050301073176ur.jpg

Vamos usar guindastes e gruas!
Podemos construir rampas de acesso metálicas para caminhões nos primeiros estágios da pirâmide. Mas com o tempo, eles se tornariam complicados. No primeiro andar, teríamos algo em torno de 53.000 m2 (230×230) para manobrar os caminhões e guindastes GR 9.000, mas certamente precisaríamos usar guindastes para posicionar os blocos da base.
Para posicionar os blocos gigantes de 70 toneladas, usaremos guindastes da Demac ou Lorain (aluguel de 250,00 por hora). Posicionar um bloco de 70 toneladas em um canteiro de obras demora cerca de 2 horas, mas o engenheiro me disse que há erro de até 5% da maneira que escolhi. Podemos medir com sensores de laser (semelhante ao que usam no metrô para alinhar os túneis) mas que mesmo assim o balanço dos guindastes poderia tirar os blocos do prumo. Sugerimos empurrar com um trator, mas a maioria dos tratores empurra até 30 ou 40 toneladas no máximo. Sugeri usarmos nossos peões de obra para empurrar. “Se o faraó conseguiu, eu também consigo” – pensei. E o engenheiro riu na minha cara. Totalmente impraticável.
Pessoas empurrando blocos de pedra na areia fariam no máximo com que elas mesmas afundassem quando começassem a puxar ou empurrar os blocos, sem que ele se movimente. Se usarem troncos para “rolar” as pedras, precisariam pensar em uma maneira de RETIRAR estes troncos debaixo das pedras (embora nenhum botânico que eu contatei conseguisse me indicar uma palmeira que agüentasse 70 toneladas de pressão).

Só para não parecer que eu estou exagerando… 70 toneladas é o peso de 70 fuscas, compactados em um bloco de aproximadamente 2 x 2,5 x 5 m. Se imaginarmos escravos MUITO fortes e marombados, capazes de puxar 200kg cada um, precisaríamos de 350 escravos para puxar cada um destes 5.000 blocos. E estamos falando de PUXAR, porque empurrar é impossível… vamos empilhar 350 homens uns sobre os outros… a última vez que eu verifiquei, dois corpos não ocupavam o mesmo lugar no Plano Material. Então como ajustar a posição milimétrica dos blocos sem empurrá-los?

O segundo problema de empurrar é que isso poderia arrebentar o piso e a terraplanagem. Decidi não me preocupar com estes problemas mundanos e ignorar isto. Concretando o primeiro andar da pirâmide, teríamos uma base forte (desde que ela não cedesse) para continuar subindo.

0310.jpg

Resolvido as primeiras etapas da pirâmide, usaremos, então, o modelo de guindaste MC310K12, um dos maiores guindastes em uso aqui no Brasil, para elevar os blocos de 12 e 2,5 toneladas. Ele eleva 12 ton a uma altura de 57,50m, com uma lança de 70m. Com ele, conseguiremos construir até cerca de 50m de altura… só faltam 100m para chegar ao topo.

wfp080055.jpg

Neste ponto do percurso, temos um problema, chamado Câmara dos Reis. Há dentro dela uma pedra única de 50 toneladas, de mármore negro vindo de Assuã. Como nenhum guindaste chegaria até a posição onde ela está e as rampas de areia são impraticáveis, optamos por usar um helicóptero militar, mas infelizmente, o maior helicóptero brasileiro, o Baikal, carrega miseráveis 4 toneladas. Mesmo o Mi-26, o maior helicóptero de carga americano, segundo a WFF, carrega apenas 20 toneladas (confesso que isso foi uma surpresa, eu achava que helicopteros carregassem mais peso). Então abandonamos os helicópteros… e aquela história das Pipas do Kentaro levando 11 toneladas me parece cada vez mais história para cético dormir…

Sem helicópteros, tivemos de construir uma rampa, usando estruturas metálicas extra-resistentes combinada com um guindaste na ponta para içar a pedra. Tempo estimado de operação: duas semanas.
Espero que dessa vez eu lembre de colocar um sarcófago DO TAMANHO CERTO, já que o de Quéops é menor do que deveria ser… faraó burro!

Também descobri que existe uma grua nova na Espanha chamada Potain MD1400, a maior grua em atividade na Europa, capaz de elevar pesos a até 200m de altura, flecha de 50m e 30 toneladas de carga. Deve dar, embora a flecha desta grua não é suficiente para chegar no centro da pirâmide, o que força nossos homens a montarem esquemas de cordas para direcionar e posicionar as pedras do Topo.

Pyramidion
Fica faltando uma última pedra, uma réplica da pirâmide com 9m de altura esculpida em uma única peça de mármore negro, chamada Pyramidion, pesando entre 6 e 7 toneladas. Com a grua espanhola, podemos fazer este trabalho sem grandes complicações de engenharia.

puesta_gruas.jpg

Claro que os prazos que eu forneci nesta coluna são para cada uma das etapas separadamente. Quando construirmos a pirâmide, estas etapas terão de entrar dentro de um cronograma de logística: enquanto as pedras são cortadas e transportadas, outros engenheiros e peões estarão responsáveis pela colocação delas no canteiro de obras. Trabalhando sem parar 24 horas por dia, 7 dias por semana, sem feriados nem descansos (segundo os textos usados como base, os “egipcios” trabalhavam apenas 3 meses por ano), estimamos a construção da Pirâmide com tecnologia de 2008 em cerca de 13 a 14 anos (tabalhando sem parar 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano), a um custo que pode chegar fácil a 18 bilhões de reais. E, como eu sou uma das dez pessoas mais modestas do Planeta (e a modéstia me impede de dizer em qual posição eu estou), terei todo este trabalho e NÃO VOU COLOCAR O MEU NOME EM LUGAR NENHUM da pirâmide.

Faltou lembrar que todo este trabalho é para apenas UMA pirâmide, quando na verdade, o conjunto possui TRÊS pirâmides (então teríamos de multiplicar todo este trabalho por três… ). Eu sempre soube que a história de escravos empurrando pedras era ridícula, mas agradeço ao Mori pelo texto dele das pipas, que me fez ir atrás de empresas de engenharia para ver o quanto, na verdade, é IMPRATICAVEL a teoria dos escravos da tumba do faraó. As pessoas acreditam nela simplesmente porque as otoridades disseram e porque nunca ninguém foi atrás de ver as dimensões envolvidas. De qualquer maneira, fica demonstrado a impossibilidade de cumprir estas metas no prazo e condições descritas pelas otoridades.

Agora… quem construiu as pirâmides e como, ninguém sabe ao certo… mas definitivamente não foram escravos seminús arrastando blocos de pedras rampa acima no deserto ou empinando pipas.

Este post tem 62 comentários

  1. lionel hutz

    Pra quem se interessa pelo assunto, altamente recomendado é o livro ‘A Grande Pirâmide Revela Seu Segredo’, de Roseli Von Sass, da Editora da Ordem do Graal na Terra. Ganhou o prêmio Best Seller da II Bienal Internacional do Livro de 1972, e cuja 1ª edição foi destinada a construção da Biblioteca do município de Embu.

  2. marques

    A construção das pirâmides sempre será um mistério .
    O texto é fascinante e que faz refletir sobre a inteligência dessa civilização tão antiga e ao que parece com tecnologia anos luz à nossa frente.Foi muito bom rever esse post.

    Mas tio Marcelo , qual a sua opinião pessoal sobre a construção das pirâmides?

  3. Soraya

    Conclusão: Os egípcios tinham uma tecnologia mais avançada que a nossa,coomfas? Huahahaha.

    Texto super esclarecedor, mesmo que eu não engolisse a teoria dos escravos nunca havia parado para pensar nas dimensões de uma pirâmide. E é uma coisa realmente impressionante! E que deixou ainda mais atiçada a minha curiosidade em saber como esses monumentos gigantes foram feitos.

  4. M:.R.

    “Suas paredes possuem inclinações precisas de 51º 51´14”. ”
    Tio… esses números não stariam relacionados a coordenaas astrológicas?

  5. Tio, já que falaste de como construir a pirâmide, porque não falas ” a respeito de QUEM, COMO, QUANDO ou POR QUE elas foram construídas”?

  6. Rodrigo

    12.500 anos?
    explica isso!

  7. Lúcio

    Olá MDD. Esse post me lembra a tentativa de construção de uma pirâmide pelos japoneses. Esse fato até mesmo fora mencionado em algum post seu(não lembro se pelo tio ou por algum leitor). O tio tem o link da notícia? Se alguem tiver me passa, porque dei uma procurada na net para encontrar a notícia que falava disso, mas não achei.

    1. Carlos Gabriel Rezende

      Caro,

      Foram encontradas, muito provavelmente, evidências de que foram, de fato, construídas pirâmides no Japão, vide os textos iniciais do blog.

  8. brickwalker

    Esse foi um dos posts mais legais.

    Abraço.

  9. danilo

    salve salve

    eu não leio o S&H, só leio o blog aqui… e esse texto já foi publicado!

    mas ele é bem bacana!!

    só não leva estrelinha por causa das propagandas!

    😉

    boa!

  10. Michelle

    Daí me vem aquela questão, título de um livro que fez um baita sucesso muitos anos atrás, e que eu li faz um tempão:

    “Eram os deuses astronautas?”

    Porque quem construiu isso daí, meu amigo, humano é que não era, ou dispunha de um saber hermético de todo desconhecido para nós!!!!

  11. IRR

    12.500 anos, antes do grande dilúvio.. as pistas só levam a um povo. Quando você vai falar deles? Ou tem medo de ser descreditado por falar desse assunto?

  12. IRR

    A Saga dos Deuses Guaranis

    Conta a história dos “Pamba’e Djaguá” (Feras extraordinárias) que viviam aqui antes dos homens. E “Nhanderu ete” (O Deus Verdadeiro que viaja em sua nave Bairy) resolveu se livrar desses seres ruins e colocar o primeiro homem na terra “Nhande ypy” encaminhado do vale das almas.

    Então, deus criou mais 3 semideuses para ajudar no intermédio com os homens “Kraí” (Iluminado), 2) “Kraí Rendy Vydjú” (Poder da Luz) e 3) “Kraí Kendá” (Anjo da Guarda).

    O “Adão” deles teve filhos, mas como não podiam prociar entre si, Deus foi mais uma vez em seu Bairy até o vale dos espíritos buscar mais 3 almas para ajudar no povoamento da Terra.

    E a medida que a Terra foi se povoando novos povos foram surgindo, e dois deles se destacaram. Um eram de espíritos maus, (reencarnação dos “Pamba’e Djaguá” (os “Dinossauros” deles, que o espíritos de tão baixo não veieram do céu mas apareceram da própria Terra) e o outro era um povo que tinha espíritos iluminados (e tinha iluminação elétrica!?).

    Eles tiveram uma grande batalha que aconteceu num ponto do oceano antes do grande dilúvio.

    Depois da batalha o chefe da tribo malígna morreu e os que restaram do outro povo constituiu a civilização dos Incas.

    E segue a história… que se assemelha a tantas outras lendas que estão espalhadas por todo o globo.
    http://www.baraoemfoco.com.br/historia/textos/osias.htm

    ps: Ia ser muito bom também que você falasse das lendas dos índios locais, pois são muito ricas e podem ser assim como o “umbigo do mundo” (zôropa) uma grande fonte de conhecimento. Além de fazer leitores darem valor e prestigio também a cultura local (que é passível de se extinguir sem que ninguém tome conhecimento dela)

  13. IRR

    ps²: Essa história (que ainda é passada por via oral) é contada pelo cacique dos índios Guarani-Mbyá. Tribo descendente direta dos índios Guarani-Karijós, que assim eram chamados pelos bandeirantes por possuirem um tom de pele CLARO.

  14. Marcella

    Bom relembrar esse exelente post!
    O tio DD sabe que não foram os escravos do faraó que montaram as pirâmides…
    Foram os dobradores de Avatar que fizeram todo o serviço,oras!Os nômades do ar fizeram o projeto, reino da terra forneceu o material,a tribo da água ajudou no transporte e a nação do fogo entrou com o cash e os equipamentos nescessários para conclusão da pirâmide.
    Simples,simples!

  15. Flávio Fearn

    Eu particularmente acho que as pirâmides do Egito foram criadas pelo pessoal de Atlântida, mas acho que é viajem minha.

    Marcelo, fugindo um pouco do assunto.

    No último domingo, ao pedido de um amigo, comecei um curso ministrado pela Ageacac, eu sou meio com o pé atrás com muitas teorias e radicalismo por parte dos seguidores de Samael Weor.

    No final da aula eu fui conversar com o ‘professor’ e falei pra ele do seu blog e da sua pessoa.
    Ele me perguntou de que ordem você fazia parte e quando falei que você era um Illuminati e que pertencia a várias ordem entre elas a RC e a Maçonaria, ele fez uma cara muito feia pra mim, acho que ele não gostou muito do que ouviu.

    Depois lembrei que no livro “A revelação de Belzebul” do Samael, o mesmo faz uma crítica aos Maçons no prefácio do livro, dizendo o seguinte:

    “Sei demasiadamente que toda essa fauna de mentecaptos teosofistas,
    rosacruzes e espíritas
    da Colômbia lançarão uma vez mais suas difamações
    contra o Mestre da Fraternidade Branca, Samael Aun Weor, somente pelo
    fato de ser colombiano, pois é uma tremenda verdade que ninguém é profeta
    em sua terra.

    Se alguém viesse do Oriente falando em inglês ou sânscrito, toda essa fauna
    de pietistas beijarão seus pés, mesmo que se trate de um impostor, porém,
    que na Colômbia exista um Mestre colombiano isso sim é que não podem
    aceitar esses tontos do espiritualismo, e cheios de ira acabarão cravando os
    pregos de sua cruz a marteladas, e se mofarão do Mestre, e cuspirão em seu
    rosto, porque é uma tremenda realidade que ninguém em sua terra é profeta.”

    Existe alguma rixa específica entre as ordens secretas e os radicais “Samaelianos”? Ou apenas na colômbia? Ou eu entendi alguma coisa errada?

    Mandei o professor visitar seu site mas acho que ele talvez não se interessou muito.

    @MDD – A Gnose, assim como o Pró-Vida, seguem um fanatismo religioso por seus idealizadores que muitas vezes impede qualquer tipo de diálogo. Tem de ter muito cuidado nessa Gnose, com as maluquices e invencionices do Samael. Tem coisas boas, mas MUITO lixo misturado. E a maioria dos que começam ali não sabe selecionar…

    1. BRRyushi

      Tio Marcelo Concordo plenamente, já estou na 1ª câmara da Gnose há um tempo, e quando cheguei pra ver uma aula, eles não deixaram eu continuar, aí eu comecei a conversar com o palestrante lá, aí ele disse que já tava num nível avançado de alquimia e já era pré-segunda câmara. (Pois eu tinha muita faltas pra isso) Bom, não sei se era só pq falava sobre sexo, tentei de certa maneira eufemista perguntar sobre isso, perguntei se era sobre hieros gamos ele falou que não, aí perguntei se era alquimia, aí ele falou que sim, aí eu disse que essa alquimia de transmutação é o nível mais alto de magia (pelo que li nos seus sistemas mágicos), aí ele concordou e tal, fui tentando convencer o kra a dexar eu entrar, eu expliquei que eu tava corrido com cursinho e vestibulares, mas não adiantou. Ele falou que a verdade só é vista com nossos próprios olhos quando não estamos mais neste mundo, aí saberemos nossa missão ou coisas do tipo. Aí eu falei que através da kabbalah, mapa astral e tarot já podemos com o tempo e prática descobrir quem nos somos, para onde vamos, para onde podemos ir, para onde devemos ir, quando ir (foi oq eu tentei explicar pelomenos). Aí ele falou que esse conhecimento hermético deve ser merecido e existem 2 tipos de hermetistas: os intuitivos e os intelectuais (WTF?). – “Foda, hem, mano!?” – olha a confusão na cabeça dos kras. beleza. Ele falou que o intelectualismo pode prejudicar uma pessoa, ele diz que traz sofrimento pra própria pessoa, depois eu perguntei se pode pros outros, ele diz q pode trazer pros outros também, pois pode deixá-las descrentes, acho que eu quase fiz isso com ele lá hihi. E explicou o lance do martelo que nem c explicou no programa da Morgana Dark. Com isso ele explicou que cada coisa no seu lugar, ser mental numa hora dum lugar, ser espiritual numa hora de outro lugar. Pois eu comecei a perguntar sobre ser espiritual, e disse que isso prejudicou minha vida afetiva; aí ele disse a mensagem do martelo. Ele disse que tem que unir as 2 coisas (mental e espiritual). Aí eu começava a explicar outras coisas e ele dizia que os intelectuais precisam disso: de fatos, de hipóteses. E ele disse que isso traz sofrimento. Aí eu perguntei se ele traria otro amigo para a Gnose se gostasse dele: aí ele me disse que NÃO EXISTE FANATISMO na Gnose. Ahuauaeh, hoje isso soa como: “A Igreja Católica Nunca Matou ninguém”. Ou seja, eles fecham o diálogo e dizem que o karma vai dar conta daqueles que faltam no curso por serem super-ecléticos né.
      No final o otro palestrante chegou junto e começaram a conversar sobre ouvir música olhas as montanhas, as nuvens, as estrelas, e ficaram olhando as estrelas lá desviando de mim, não sei de de propósito, enfim…
      Seilá, acho que o Pró-Vida deve ser até melhor, mesmo tomando uma porrada do seu dinheiro, pq pelomenos eles são sinceros e não ficam jogando maldição, fazendo lavagem cerebral, e se mostrando o único caminho. No site da Gnosisonline.org fala que as Ordens Rosacruzes de Max-Heindel são Jardins de Infância para a Humanidade, e não fabricam nem a Alma, sendo que apara eles a Gnose é Como Os Mistérios de Elêusis e Órficos. Falam que a única diferença entre Magia Branca e Negra é gozar, e eles falam que eles trabalham com carbono-12 (Hidrogênio-Si-12) algo assim. Disso não sei se é viagem ou não. Mas essa dos Rosacruzes hem meu deus. Acho q num tem nada de verdade nisso né, Tio?

  16. Icaro

    Muito criativo este post! Sou novo estudante de conhecimentos esotéricos, e quero deixar apenas meu humilde comentário… Não existe relação entre os egipcios e as pirâmides. Isto foi uma mentira que nos incutiram na cabeça. Já fizeram a datação do carbono nas pirâmides? Para mim a piramide não foi construida com tecnologia material, mas com habilidades psiquicas como a telecinese materialização e outros truques mentais.

  17. cmateus

    Na sua séria sobre piramides no Sedentário você escreveu que elas foram construidas pelos atlantes e apenas reformadas pelos egipcios. Mas no formspring você disse que a Atlantida nunca existiu no plano material, ostaria de saber qual das duas explicações está correta.

    @MDD – Ambas.

  18. danilo

    @IRR

    olá!

    agradeço por você ter contado essa história aqui, e concordo com você sobre a valorização da cultura realmente local… se você souber de mais coisas sobre isso, ou tiver fontes para compartilhar eu serei ainda mais grato!

    valeo

  19. cmateus

    Desculpa insistir mas como algo que nunca exisiu no plano material pode construir uma piramide colossal no plano material?

    @MDD – É uma ótima pergunta.

  20. lionel hutz

    “Desculpa insistir mas como algo que nunca exisiu no plano material pode construir uma piramide colossal no plano material?”

    Bem cara, sugiro assistir o documentário chamado “Eram os deuses astronautas”. É antigo mas é muito bom, devido ao extensivo trabalho de pesquisa efetuado pelo autor.

    Um relato muito interessante é a lenda da ilha de páscoa, todo mundo conhece ela, lá também existem aquelas estátuas muito grandes e pesadas, e que não tem como escravos nús transportarem elas, além do que, não existe vestígios da ilha ter abrigado uma multidão de gente para poder trabalhar em tamanha obra.

    O boato é que existia algo/alguma coisa chamada ‘mana’, que era usada para transportar as estátuas depois de prontas, e que em um determinado ponto, os padres que detinham essa ‘mana’ fugiram, paralizando o resto das obras. Existem muitas estátuas semi-acabadas e os locais de criação delas foram abandonados de uma hora para a outra. Só pesquisar um pouco a respeito do documentário ou da ilha. E pra quem acha pirâmides pesadas, bem, existe baalbek…

    Enfim, muitos mistérios, que provavelmente suas respostas não passarão no jornal nacional nem no capítulo inédito da novela das 8.

  21. Igor Lopes

    É muito interessante dizer que a civilização egípcia há aproximadamente ???6000 anos???, tinha tecnologia muito mais avançada do que a nossa!
    Devemos também parar pra pensar que as pirâmides de Gizé foram construídas milimétricamente em concordância com a posição das estrelas da contelação de Orion, que na época da construção, pairavam pelo horizonte egípcio.
    Fazendo uma continha básica que ocupa algumas dezenas de folhas de papel A4, impressas em fonte Arial Narrow 09, e algumas centenas de horas tentando desenvolvê-la no Excel, matemáticos descobriram que o grau de inclinação do eixo central da terra, representado pelo meridiano internacional de Greenwich, apontou para Orion há mais 12000 anos, constelação que hoje em dia encontra-se na direção da Antártida, “debaixo” da Terra, posto que o Egito localiza-se no emisfério Norte do planeta… então… discute-se que as pirâmides são muito mais velhinhas do que se pensa… o papo é… mais velhinhas ou mais jovenzinhas… NÃO TEM COMO FAZER EM 20 ANOS!
    TÁ CLARO QUE TEVE AJUDA EXTRATERRESTRE não existem possibilidades físicas e biológicas de seres humanos fazerem tamanho empreendimento em apenas 20 míseros anos!
    Tá certo tio DD?

  22. IRR

    “Eram os deuses astronautas”
    Não sei quanto ao livro. Mas o documentário é bem “forçoso” cria muita coisa da cabeça dele que é a “base” pra o que ele argumenta. Resumindo, se baseia na falácia.

    Um documentário que segue mais ou menos o mesmo caminho, mas é infinitamente melhor é O Olho de Hórus. Uma série dividida em 10 capítulos baseadas nos estudos do egiptólogo R.A.Schwaller. É uma passagem sem volta para o mundo antigo e suas relações e símbolos. Onde o Egito é palco de uma das civilizações mais proeminentes que já existiu.

  23. Raphael

    Se não há concenso quanto a como as pirâmides foram construídas, nos dê a tua teoria, Marcelo.

    A minha é que os blocos foram feitos no seu devido lugar. Tipo com se faz com as estruturas de concreto armado hoje em dia.

    Li em algum lugar (não lembro onde) que encontraram nos blocos sílica precipitada amorfa. Isso pode ser decorrente de reações químicas em via úmida…

    Tem algum fundamento?

    Abraços

  24. Leo

    Ótimo post, tem um documentário chamado The Pyramid Code que fala sobre o quão antigo seriam estas estruturas e a civilização no Egito, ele é dividido em 5 tópicos que são respectivamente divididos em 5 partes de 10 min cada.
    começa com este vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=al01-W2X-4o&feature=related

    valew

  25. Dídimo Matos

    Você disse:
    “Usando a fórmula do volume de uma pirâmide, temos (B x H )/3 = 2.556.850 m3 de pedra.”

    Um amigo foi dar uma olhada e percebeu que:
    230 x 146 / 3 = 11193 e uns quebrados m3.

    Como explica a diferença?

    @MDD – Fácil. Que o seu amigo precisa estudar bastante matemática antes de pagar de cético: A Área da Base (B) é igual a lado vezes lado…

    1. Dídimo Matos

      Exato e lado vezes lado dá pouco mais de 11mil, e não milhões.

      @MDD – Voces fugiram da escola? 230 x 230 = base = 52900; vezes ALTURA (H) = (52900 x 154)/3 = 2.715.500…

  26. Death to the NWO

    Vocês jamais terão uma Nova Ordem Mundial, seus cretinos!
    A meta final da vossa agenda é nos matar até chegar aos 500 milhões (como está descrito nas Georgia Guidestones)!

  27. constantine

    Quando estamos em viagem astral ou sonhos e chega em um determidado
    Momento e passamos por uma situação dificil ( morte,queda, ver alguma
    Entidade ,etc ) em muitas vezes acordamos. Isso deixa claro que o corpo físico
    É um refugio.

    Foi daí que surgiu a idéia de se mumificar o corpo?
    Assim, eles achavam que mumificando teriam um lugar
    Pra se “ esconder “ caso acontecesse algo no alem.
    Isso não é prejudicial, pois fica uma certa ligação do espírito
    Com o corpo físico pra sempre ? e talvez ate impossibilite
    Uma reencarnação ( só uma idéia ) ?

    O que acha desse ponto de vista? Vc já leu em algum lugar
    Do porque da mumificação? E os povos que cremavam
    Os corpos ? ou por honra ( como os vikins ) ou para
    Matar inimigos , como celtas e igreja católica.

    Qual seu ponto de vista referente a destruição do corpo
    Ou sua conservação.afetam ou não o espírito ?

  28. lidete

    Tuizinho! esta foi a melhor de tooodas as teorias sobre como construir pirâmides.
    Muito boa!!! Só faltaram os “fora-de-estrada” produzidos pela empresa RANDON-VEICULOS pra dar uma mãozinha.

  29. Luiz Gustavo

    O problema é quando você tem de estudar essas coisas em História da Arquitetura… =/ Muita especulação, nenhuma certeza e um ocultista não pode colocar o que sabe (ou especula sobre) na prova…

    É de entristecer =/

  30. Nina

    Espero que dessa vez eu lembre de colocar um sarcófago DO TAMANHO CERTO, já que o de Quéops é menor do que deveria ser… faraó burro!
    hahahahahahahahaah…. adoreii!!

    Um texto diferente, de uma leitura gostosa e engraçada…. informação que ajuda na criação de um senso crítico…. muito interessante.

    Obs: No meu ponto de vista o autor não queria fazer nenhum tipo de propaganda, ele só “mostrou” os nomes para constatar que o que ele apresentou tem fundamento, que foi tudo verdadeiramente cálculado.

    @MDD – Sim… nenhuma companhia de retroescavadeiras ia querer patrocinar o meu blog… só coloquei as marcas para quem quiser conferir as capacidades de locomoçao, escavação, etc pudesse fazer a verificação com os dados que eu levantei.

  31. Leon

    Bom MDD,acabei de assistir uma palestra de Laurence Gardner sobre certas propriedades “magicas” do Ouro,e bom,a palestra foi fantástica,mas to cheio de duvidas,espero que vc possa me dar uma mão,peço desculpas se o comment sair mto extenso.

    Ele fala do ouro monoatômico,que vem sendo estudado ha algumas décadas,mas que apenas na virada do século ganhou popularidade.
    Nesse estado elementar o ouro fica com a aparência de um pó branco.

    Apartir dai ele começa a explicar as implicações praticas que a ciencia descobriu de tal elemento e comparar com textos e praticas dos antigos povos da Mesopotamia,Egito,Hebreus e até dos Templarios e construtores da idade média.

    Ele fala do “MFKTZ”,que seria a tradução de um Hieroglifo,que se referia ao Pão Branco,Alimento de Luz ou,por fim Pó da Projeção.Na forma de Pão Branco,esse elemento seria ingerido pelo Faraó em rituais dentro das piramides,que por sua vez concederia ao mesmo a capacidade de “estar com os deuses”.Ampliaria as capacidades mediunicas e fisicas,tornando o Faraó no real “Deus-rei”.
    Atualmente se tem estudado a capacidade de cura em niveis geneticos,cura do cancer e aperfeiçoamento fisico atraves do Ouro Monoatômico.

    Outro uso da substancia,é a geração de anti-gravidade.Em textes para se definir o peso do O-M,descobriu-se que a altas temperaturas,alem de anular o proprio peso,ele tem a capacidade de transferir essa caracteristica a superficie a que estiver em contato.De fato,foi constatado que o medidor estava mais leve com a subtancia dentro do que quando vazia.
    Nesse ponto ele nos leva a pensar de novo no antig egito,levantando a hipotese de esse ter sido o modo pelo qual os egipcios construiram piramides(ou a civilização que legou tal conhecimento aos egipcios),e tmb fala da possibilidade dos templarios conhecerem tal tecnica,e terem usado nas grandes Catedrais.

    Falando na Idade Média,o assunto se torna os Alquimistas,e a pedra filosofau,Laurence cita Irineu Filaleto:

    “A pedra filosofau é tão somente o Ouro digerido,em forma pura,chamado de Pedra por sua caracteristica Fixa,mas de aparencia fina como o pó”

    O Gardner cita mto mais coisas,como um Templo egipcio encontrado sobre o Monte Sinai em 1904 pelo Arqueologo Flinder Petrie.O Templo,segundo ele,era uma oficina metalurgica,e os hieroglifos remetiam ao “MKFTZ”,e era chamado de ” A Casa do Ouro”.Mas que Flinders foi boicotado pelo Fundo de Exploração Egipcia,pelo fato de eles só financiarem descubertas que estivessem de acordo com o Antigo Testamento.

    Agora que lhe pergunto MDD,os alquimistas ocidentais de todas as eras realmente conheciam e usavam essas propriedades do Ouro desse modo relatado pelo Laurence Gardner?

  32. Adorei !! tudo porem,eu tenho algumas informaçoes de que a idade dela…. esta entre : ( 45.000 Isto!! QUARENTA E CINCO ML ANOS e ….: 86.000 anos !!!) Os nossos metodos de datação estão: ou muto errados ou ha ma fé.
    Esta historia de civilzação de 6000 anos e a maior…….kkkkkkkkkkkkkkkk da nossa vida. Se tivessemos cientistas realmente comprometidos, uma dedução logica e simples ja teriamos muito mais RESPOSTAS!!
    VALEU MAS VALEU MESMO!!!!!

    1. Fernando

      Mistérios insondáveis, as pirâmides possivelmente não são túmulos como muitos pensam.
      Não sei a finalidade, sou dos mais leigos dos que escrevem nesse blog, deixo com os senhores os aprofundamentos no tema!
      Posso dizer que tudo que temos de cultura, humanidade escrita, sociedade organizada… é algo muito mais velho do que se ensina.
      Deixo com vcs um martelo muiiiiito velho: “O Martelo de Kingoodie”
      Artefato de 480 milhões de anos! Este artefato se encaixa em uma categoria a parte ”OOPArt” (Inexplicáveis) assim assumem um tipo de categoria marginal que não despertam interesse, pois isso derrubaria toda a teoria cientifica levantada!
      Com base no texto contando como se deve construir uma pirâmide em tempos modernos, vejo que as explicações apresentadas atem então são invalidas! Com nossos artifícios poderosos a obra é algo impraticável e tremendamente demorada!
      Deixo a pergunta: Como será que foi feito??

      1. Carlos Gabriel Rezende

        Já ouviram falar do Coral Castle em Miami? Tio, caso saiba algo, me parece bem possível ser relacionado às pirâmides.

  33. Livre pensadora

    Particularmente acho que as pirâmides foram construídas por milhares de escravos.
    No Egito a sociedade era escravocrata. Agora tratando-se de arquitetura e engenharia essa civilização possuia “certo conhecimento matemático”.
    Algum sábio expert foi no conhecimento profundo de matemática instruindo seus idealizadores e construtores.
    Na minha opinião a pirâmide é a expressão da matemática do não lógico para o concreto.
    Um abraço a todos!

    1. Vitória

      Eu estive no Egito, e fiz o passeio por dentro de uma das pirâmides, e posso te garantir que aquilo nunca que foi feito da maneira como nos explicam na escola. Simplesmente é impossível. As pirâmides não ficam no Cairo, mas do ônibus onde estávamos, já dava para vermos, de longe, as pirâmides, só para você ter noção do tamanho delas. Seu post é antigo, mas não resisti em respondê-lo, mesmo passando tanto tempo. Abraços.

  34. Lucas Oliveira

    Achei muito conveniente o “barco” da Aliança hahahahaha
    sútil

  35. Guilherme

    Boa noite!

    lendo este post lembrei de um documentário que assisti há um tempo, que fala entre outras coisas da CONSTRUÇÃO das pedras utilizadas na pirâmide de sakkara, em alternativa à lapidação.

    o que acha?

    http://www.youtube.com/watch?v=Fsh8V0kN6oU

  36. Ricardo

    “Espero que dessa vez eu lembre de colocar um sarcófago DO TAMANHO CERTO, já que o de Quéops é menor do que deveria ser… faraó burro!” Eu ri. 😀

  37. mondobeyondo

    conheci essa semana: http://www.bosnianpyramidofthesun.com/
    as pirâmides do sol da Bósnia Herzegovina.

    Segue um pequeno preview:
    ‘Radiocarbon dating that proves the Bosnian Pyramid Complex dates back at least 25,000 years has been revealed by an international team of scientists led by Dr. Sam Osmanagich. Discovered in 2005, the Bosnian Pyramid of the Sun Archaeological Park, which houses the largest pyramid in the world, is now the most active archaeological site on the planet. The team’s findings also reveal an energy beam, 13 feet in radius that transmits an unexplainable electromagnetic signal measuring 28 kilohertz coming from the center of the Pyramid of the Sun. This phenomenon has been independently confirmed by physicist Dr. Slobodan Mizdrak, Ph.D. from Croatia, professor Paolo Debertolis, anthropologist from University of Trieste in Italy, sound engineer Heikki Savolainen from Finland and electrical engineer Goran Marjanovic from Serbia.’

  38. Lucas

    Faraó Del Debbio I não vai alinhar sua pirâmide a nenhuma estrela?

    @MDD – FUCK! Esqueci kkkkkk… vale lembrar que são as 3 alinhadas.

  39. Gii Santos

    Oi tio Marcelo! Meu primeiro comentário aqui. Primeiramente gostaria de dizer que estou adorando o site, eu cheguei até aqui enquanto procurava alguma coisa útil sobre os papas pra um trabalho da escola, me surpreendi com o que achei e não consigo mais parar de ler!
    Tô comentando nesse post, poi foi o que eu mais gostei! Faraó Del Debio I é muito modesto, gasta em torno de 18 BILHÕES e não vai colocar seu nome em lugar nenhum lugarzinho que seja. Atá, me engana que eu gosto!
    Tio Marcelo, eu queria fazer um pedido:
    Será que você poderia fazer post desse tipo sobre outras construções antigas? Tipo Machu Picchu (eu sou fascinada naquele lugar), porque eu fico me perguntando como raios índios construíram toda uma cidade com centros cerimôniais, palácio, locais para banhos e observatórios astronômicos, em cima duma montanha a 2.380 de altitude, cercada por três precipícios e um penhasco apenas empilhando pedrinhas sem usar UM PINGO de argamassa.
    Se você puder me responder essa pergunta eu ficaria muito feliz.
    Outro lugar que eu acho muito curioso é o Templo de Meenakshi na Índia. Mas não precisa fazer um post sobre ele. Deixa eu terminar logo esse comentário antes que vire um livro. No momento estou lendo sobre os templários então vou logo terminar isso e voltar a ler o seu site lindo e maravilhoso.
    Kissus pra vc Tio Del Debio

  40. Jafer

    Excelente texto. Parabéns.

  41. Paulinho

    Muito bem!
    Parabéns pelos cálculos.
    Gostaria que todos os céticos lessem isto, ai queria ver?
    Agora esta de levantar peso com pipa???!!! Meu amigo,esta é para desafiar a inteligência de qualquer idiota!
    Grande abraço

  42. Daniel Dans

    Olá !
    Fazem umas 2 semanas que conheci o site, e tenho achado muito instigante, estimulante e animador o seu site.
    Enfim, gostaria de recordar uma história ‘atual’ (1923), muitíssimo relacionada às pirâmides.

    ” Edward Leedskalnin, um imigrante Letão que construiu, na Flórida, por volta de 1923, uma misteriosa espécie de parque, que ficou conhecido como Coral Castle.”

    O Castelo Coral, é considerado um mistério inexplicável. Bom, resumindo, este cidadão imigrante nos EUA, construiu sozinho um sítio com pedras gigantes, de aproximadamente 10.000m². Sozinho.
    Durante a construção evitou que outras pessoas olhassem ou acompanhassem suas atividades, portante, realizava boa parte do trabalho à noite.
    Pesquisando mais a fundo, “Ed” Leedskalnin, escreveu alguns livros sobre magnetismo, etc… Procurando no Youtube também, irão encontrar informações, e algumas tentativas de pessoas que se aprofundaram mais em suas técnicas e tentam replica-la….

    Creio ser uma leitura obrigatória para quem deseja construir uma pirâmide.

    Também, gostaria de informar que conheço uma pessoa que construiu um casa(de alvenaria) em forma de pirâmide aqui no sul(RS)… E a mesma se encontra a venda:
    http://www.portaldoimovel.net/imoveis/visualizar/603670

  43. Eliana Sfalsin

    Delícia de texto. É sempre bom ler algo tão complexo de uma forma tão descontraída. Adorei!

  44. Marcus Tinoco

    E muito gratificante ler um texto deste nível, principalmente de um ir:. Depois de muito pesquisar sobre o assunto, as vezes criamos uma teoria que possa ser aceitável. Hoje, imagino as pirâmides como construções de civilizações anteriores a nossa ( da Terra mesmo) que resistiram ao tempo e catacrismas. Não apenas as pirâmides do Egito…o mundo está cheio de exemplos. Pense nisto!

  45. Anauê , para maiores esclarecimentos sobre piramides…ai vai um cochicho suculento …LEIA AMISSÃO APOLO 20 …e ponto final

  46. E.G.D. Júnior

    FANTÁSTICO.

  47. Samuel caleb

    Texto Fantástico Marcelo.

    Referência.

  48. Fábio Giangiardi

    Parabéns, Marcelo, mais um texto fantástico (principalmente para engenheiros como eu). Ironia na medida ideal.
    Obrigado!!!!

Deixe uma resposta