Sepher Yetzirah – Capítulo I


Tradução de Papus:
É com as trinta e duas vias da sabedoria, vias admiráveis e ocultas, que IOAH (h w h y) DEUS de Israel, DEUS VIVO e Rei dos Séculos, DEUS de Misericórdia e de Graça, DEUS Sublime tão Exaltado, DEUS vivendo na Eternidade, DEUS santo, grava seu nome por três numerações: SEPHER, SEPHAR e SIPUR, isto é o NÚMERO, O QUE NUMERA e o NUMERADO (Também traduzido por Escritura, Número e Palavra – Abendana), contido nas dez Sefirotes isto é, dez propriedades, com exceção do inefável, e vinte e duas letras.

As letras são constituídas por três mães, mais sete duplas e doze simples. As dez Sefirotes com exceção do inefável (EN SOF), são constituídas pelo número dez, como os dedos das mãos, são cinco mais cinco, mas no meio deles está a aliança da unidade. Na interpretação da língua e da circuncisão encontram-se as dez Sefirotes com exceção do inefável.
Dez e não nove, dez e não onze, compreende isto em tua sabedoria e saberás dentro de tua compreensão. Exercita o teu espírito sobre elas, pesquisa, relaciona, pensa, imagina, restabelece as coisas em seus lugares e assenta o Criador no seu Trono.
Dez Sefirotes com exceção do inefável, cujas dez propriedades são infinitas: o infinito do princípio, o infinito do fim, o infinito do bem, o infinito do mal, o infinito em elevação, o infinito em profundidade, o infinito ao Oriente, o infinito ao Ocidente, o infinito ao Norte, o infinito ao Sul (Meio-dia). Só o Senhor está acima; Rei fiel, ele domina tudo do alto do seu Trono pelos séculos afora.
Vinte e duas letras fundamentais, três mães: Aleph, Mem, Shin (c m a), elas correspondem ao prato do mérito, ao prato do demérito e à balança da lei que conserva o equilíbrio entre eles; sete duplas, b Beth, – g Ghimel – d Daleth – k Caph – p Phé – r Resh – t Thau, que correspondem à vida, à paz, à sabedoria, à riqueza, à posteridade, à graça, à dominação; doze simples: h He- w Vau- z Zain – j Cheth – f Teth – y Iod – l Lamed – n Nun – s Samech – u GHain – x TTsade – q Cuph, que correspondem à vista, ao ouvido, ao olfato, à palavra, à nutrição, à coabitação, à ação, ao caminhar, à cólera, ao riso, ao pensamento e ao sono.
Pelo qual Yah, Eterno Sabaoth, Deus de Israel, Deus Vivo, Deus Onipotente, elevado, sublime, vivendo na Eternidade e cujo nome é santo, propagou três princípios e suas posteridades, Ar, Água e Fogo, sete conquistadores e suas legiões (Os Planetas e as Estrelas), doze arestas do cubo (O nome y s b l a – não parece significar diagonal…).
A prova das coisas é dada por testemunhos dignos de fé, o mundo, o ano e o homem, que tem a regra das dez, três, sete e doze; seus prepostos são o dragão, a esfera e o coração.

Este post tem 10 comentários

  1. olá, Marcelo.
    Muito esclarecedor. Passarei o final de semana pensando sobre ele. E traduzindo-o para a minha vida.
    Obrigada MDD.

  2. Cássio Oliviera

    Por favor, embora mudando um pouco de assunto, li em um dos sites da net abio grafia de aleister crowley (se não me engano pode ter sido pro aqui)., que ele desconfiava muito dos médiuns e de seus métodos. Queria saber se isto confere e por que?

  3. L.Moreno.

    Pérolas do blog!
    E nós agradecemos… Pode solta que Papus é muito bem vindo!

  4. muito bom, ainda estou procurando o Sepher Tetzirat pra comprar, mas em sebo é complicado.
    Aqui em curitiba temos um grupo de estudos de Qabalah encabeçado pelo mestre Fr Goya, e aos poucos temos caminhado na sabedoria da Qabalah,
    pretende postar todos os capítulos ou esse é só de curiosidade?

  5. EDUARDO OLIVEIRA ROCHA

    DD, tem uma grande pessoa que eu gostaria que você fizesse o mapa astral: o de OSHO.
    Ele possui conecimentos a respeito de coisas que também batem com o ocultismo, mas o esforço dele era achar uma maneira de atingir a felicidade.
    Tchau e bençãos para você

  6. Laryssa Martins

    #tenso e #denso esse texto hein…
    à propósito, MDD, você vai postar algo sobre o simbolismo do dia das mães como alusão à Rhea grega? ou teriam outros fatos mitológicos aí?
    @MDD – ESSE dia das mães é só uma data comercial qualquer, sem relevancia nenhuma.

  7. vinicius corleone

    Eu gostaria de fazer algumas perguntas que vieram à cabeça lendo
    seus posts antigos, não tem haver com esse post aqui, mas é que
    não sei se vc responderia se postasse nos antigos: AQUI VAI
    1. Os animais(de todos os reinos, não só os mamíferos) possuem espirítos como nós ou é algo diferente?
    @MDD – Possuem sim.
    2. As tais fotos famosas de Chico Xavier e Dna. Odília com o ectoplasma são verídicas? Qual a sua opinião.
    @MDD – Nao tem como dizer. A impressao de um corpo formado com ectoplasma é a mesma impressao de um corpo fisico e segue as mesmas limitações, entao teoricamente nao ha diferença entre uma imagem ectoplasmica e um corpo. As alegaçoes ceticas contra as imagens pecam porque esbarram nos argumentos de que a imagem nao parece “atravessar” as barras, mas materializacoes ectoplasmicas NÃO atravessam objetos sólidos. acho que nao dá pra afirmar nem que sejam verdadeiras, nem falsas.
    3. Vc teria alguma prova(s) de que o mundo espiritual existe?O que te faz ter tanta certeza, em que vc se agarra pra continuar nesses estudos? Veja bem não estou perguntando provas científicas, basta dizer a sua opinião pessoal.
    @MDD – Só nas minhas anotações tenho mais de 400 textos sobre coisas que não conseguiram ser explicadas de maneira satisfatoria pela ciencia ortodoxa. Vao de incorporações a médiuns falando línguas que não conhecem (alemão, francês e japones, para citar algumas), curas altamente improváveis, desafios a probabilidades estatisticas, “sortes” que desafiariam a lei dos Grandes Numeros, previsoes de futuro que se concretizaram e duas materializações de objetos pequenos; e por ai vai. O que deu o estopim foi uma conversa com um exú incorporado em um médium em uma cidade A que me explicou que eu nao o reconhecera porque ele estava vestindo outro corpo, mas que eu o conhecia pelo medium da cidade B e descreveu nosso encontro anterior (com o outro médium) em detalhes. Nao havia a menor possibilidade dos dois mediuns se conhecerem, já que nao estava programado nem minha ida àquele terreiro naquele dia e era uma cidade em um outro estado, indicada por uma pessoa que nao nos conhecia.
    4. Qual a prova de que o Karma existe?
    @MDD – faça o seguinte teste: vá a um restaurante e trate muito bem o garçom, faça um elogio e sorria. Analise o seu atendimento. Em seguida, vá a outro restaurante e ofenda e humilhe o garçom, arrumando briga com ele antes de seu prato ser pedido. analise o seu atendimento e veja se há alterações no sabor do prato. Se houver, é o Karma se manifestando de uma maneira imediata. A ideia que as pessoas tem de karma como sendo castigo e premio veio da mistureba com o catolicismo… karma é acao e reaçao.
    5. Se aquelas fotos da materialização dos espíritos em que Chico Xavier estava presente são verdadeiras, pq nunca mais foram repetidas sessões como aquelas hoje em dia?
    @MDD – São feitas sim, várias e várias demonstrações… só que depois da palhaçada que fizeram com o Chico na revista Cruzeiro, a Federação Espírita e todos os médiuns sérios de materializaçao nao quiseram mais serem feitos de idiotas e terem seus nomes humilhados por uma imprensa mentirosa e pararam de fazer demonstrações publicas. Hoje voce só consegue ver materializaçoes depois de um ou dois anos dentro de alguma casa espirita, entre os iniciados.

  8. FElipe Andrino

    Acho que ainda me falta algum conhecimento prévio, não consigo sequer saber sobre o que refletir sobre esse texto. Me interessei sobre cabala devido as relações com a oficina e simbologia…. tenho lido e estudado sobre o assunto ha algum tempo, mas nada! kkkk
    Continuarei tentando
    T.’.F.’.A.’.

    1. Felipe

      É a crença básica dos Cabalistas: Deus criou o universo com as 22 letras do Alef-Beit.
      O texto suscita meditações sobre:
      * A correspondência entre as letras e as energias fundamentais do Etz Haim e seus relacionamentos
      * A forma em que o traçado das letras divide o espaço – molda o espaço
      * A vibração causada pela pronúncia das letras – gasta energia e movimenta energia

Deixe uma resposta