Sefirat ha Omer 2011

Dia 19/Abril, a partir das 18h começará o Sefirat ha Omer deste ano. Durante 49 dias, Cabalistas de todo o Planeta estarão fazendo exercícios de meditação e autoconhecimento na Árvore da Vida. Neste Post, trarei as instruções para quem quer tentar o desafio este ano.

Originalmente, a Páscoa judaica era constituída de dois feriados distintos: Chag ha’Pessach, a Festa do cordeiro Pascal, e Chag ha’Matzot, a Festa dos Pães Ázimos, ambos eram observados muito antes das traumáticas experiências dos judeus no Egito.
Nos tempos antigos, quando a maioria dos hebreus vivia no deserto como pastores nômades, as famílias celebravam a chegada da Primavera oferecendo um sacrifício (pessach, o cordeiro pascal). Mais tarde, instituiu-se um outro feriado na Primavera, de caráter agrícola: Chag ha’Matzot, quando os lavradores na Palestina comemoravam o início da colheita de trigo desfazendo-se de toda massa fermentada.

O Sefirat ha Omer é dividido em 7 Semanas, Onde cada uma delas foca os exercícios em uma esfera da Árvore da Vida (Chesed, Geburah, Tiferet, Netzach, Hod, Yesod e Malkuth), totalizando 49 dias.
Os exercícios de Meditação podem ser feitos durante a noite, em qualquer horário após o pôr do Sol; e os exercícios práticos serão realizados durante o dia seguinte.

Como o Blog ainda está voltando ao ar, todos os 49 exercícios estarão disponíveis na Wikipedia de Ocultismo e colocarei os links assim que possível. Se é a sua primeira vez fazendo este exercício, não se preocupe muito com detalhes. A única regra é que você não pode falhar nenhum dia com a meditação noturna.

Esqueceu, falhou, não fez = PERDEU.
Os Universo não quer ouvir as patéticas desculpas que o seu ego vai inventar para se justificar.

A razão para isto é simples: Este é um exercício magístico. Ter o controle da sua vida para realizar as 49 meditações faz parte do exercício. Se você não consegue nem controlar a sua vida de modo a ter 10 minutos de um dia para algo que você disse que iria fazer, então significa que você precisa treinar MUITO mais até poder se considerar um ocultista e achar que vai manipular o universo à sua Vontade (Thelema).

O Processo é propositadamente difícil (ou não) justamente para treinar a Thelema do magista. Falhar significa que o mundo ao seu redor ainda manda em você e que seu controle sobre a sua realidade não existe.

Na primeira vez que você fizer, será como tomar a pilula vermelha, ainda mais para quem nunca passou por um exercício de Força de Vontade antes. Você verá efeitos da Sincronicidade, sentirá o que é estar conectado com uma Egrégora e descobrirá coisas sobre você mesmo que talvez nunca tivesse imaginado.

Se for a segunda ou terceira vez que estiver realizando o exercício, você pode fazer a meditação em seu Templo Astral. Compre 50 daquelas velas pequenas (que você encontra em casas de Umbanda ou esquisotéricas) e a cada dia, deixe uma acesa no seu altar pessoal. Faça a meditação no Templo Astral e visualize a chama daquela vela e seus fachos de luz se conectando a todas as outras velas ao redor do Mundo.

Se for possível, fique Vegetariano nestes 49 dias. Você perceberá que todas estas sensações estarão ainda mais intensas, pois terá eliminado energias densas do seu corpo durante o processo.

Este post tem 117 comentários

  1. raphael

    Quanto ao vegetarianismo recomendado nestes dias de meditação, isso inclui abster-se de leite e ovos ou apenas a ingestão de carne?

    @MDD – O que voce se sentir melhor.

  2. Amy R

    É, esse ano vou tentar com mais empenho.

    Alguma dica pra quem tem dificuldade em meditar e manter o foco ?

    @MDD – medite e mantenha o foco.

    1. Tudunts

      Hueouhueouhueouhueou…

      “medite e mantenha o foco.”

      Háááááá, Jovem Padawan!
      Tudunts!

  3. cleber

    Dar uma segurada no álcool também ajuda né?

  4. Ghabriel

    O “conhecer mais de mim mesmo” intrigou-me de tal modo que eu eu quero fazer parte disso.

  5. Leandro

    Que venha a Sefirat ha Omer 2011 porque essa eu vou encarar de frente !, custe o que custar.

  6. Magno

    Se não possuir altar pessoal, pode ser feito no quarto ou cômodo calmo da casa?

    @MDD – como diria o preto-velho: “tudo pode, fio”. Se você não tem alguma coisa, improvise e depois arrume o que falta no ano que vem e faça de novo.

  7. illuminys

    MDD.Até que horas pode fazer o exercício,se começa as 18H.Por exemplo 19 de abril até as 24:00 eu posso fazer( e o negocio do GMT,é o de Brasília)?

    @MDD – Não. nesse caso, é pôr do Sol no lugar onde você estiver. Ao contrário das consagrações, que dependem das janelas EXTERNAS ao planeta, o Sefirat cria a egrégora dentro do Planeta, ou seja, a cada minuto tem alguém começando a meditação em algum lugar do mundo, o que cria um fluxo de energia contínuo para a egrégora.

  8. Abominável

    Oi Del Debbio, sou novo aqui no TdC e queria saber se este exercício magistico pode ser realizado por quem não tem nenhuma experiência sobre o assunto e não compartilha das crenças espiritualistas ( ou como vocês a chamam)? Não sou nada espiritualista, mas um amigo me desafiou, a testar essa prática pra ver o que acontece,queria saber se eu realizar os exercícios como o proposto posso sentir algo que comprove a existências dessas energias relacionados aos chakras, ou algo do tipo?
    Grato pela atenção.

    @MDD – Pode e deve. Nenhum exercício magístico envolve nada “sobrenatural”, apenas o domínio sobre o seu subconsciente através de símbolos. Desta maneira, você meditará sobre as ações e atos que norteiam a sua vida e se você tem consciência de tudo o que faz… e através do aumento de consciencia voce entenderá suas falhas e as corrigirá. TODA a mudança estará dentro e você e, portanto, não dependerá de nenhum amigo invisível ou ser sobrenatural, apenas de VOCÊ mesmo. Os deuses ou símbolos ou esferas ou anjos ou o que quer que queira chamar são apenas SIMBOLOS das virtudes que voce deve procurar dentro de você e que pode usar como âncora psicológica em algum momento de dificuldade. Salmos, orações e etc são usados para que os judeus cabalistas pudessem fechar o que chamamos de “Ilhas de consciencia” na psicologia e focar sua mente apenas para a meditação. Se voce quer provas de poderes X-men ou de anjos literais, eu duvido muito que consiga (exceto a parte de Sincronicidade, que você poderá alegar que foi “um monte de coincidencias enormes” e eu nao tenho como contestar), mas eu aposto com voce que você sairá lapidado e transformado da experiencia se fizer as coisas direito.

  9. Caio

    Boa Tarde senhor, poderia lhe perguntar algo?
    1)Para quem nunca tomou a pilula vermelha,existe algum preparativo antes?
    2) Me lembro que no ano passado, o TDC foi Hackeado. O senhor recomendaria tomar nota de todas as meditaoes num caderno pra servir de emergencia?
    3) No melhor dos casos, onde eu não peça pra sair de maneira alguma, como meus proximos são mais “`gado“ que eu e logicamente vao me atrapalhar, ainda se tem chance de sucesso nesse desafio?

    @MDD – 1) Exercícios de visualização, da vela, relaxamentos… todos eles ajudam a manter a calma, mas basicamente é fazer uma reavaliação da sua vida. Eu recomendo vocês comprarem um caderno, anotarem dia-a-dia no seu caderno das Sombras ou fazerem textos ou docs para que voces mesmos possam estudar isso mais tarde e os reflexos que o exercício causou em voces (e, o mais legal de tudo, examinar estas anotações no ANO QUE VEM e verem se realmente estão mudando) e 3) Obviamente as egrégoras do status quo vão fazer de tudo para atrapalhar voces… surgirão as melhores festas, as maiores distrações e impecilhos… faz parte do exercício de Thelema vencer o mundo créu.

    1. Caio

      Bom dia senhor,
      Muito obrigado por suas respostas. Posso eu lhe perguntar algo novamente?
      Quando eu faco o exercicio da vela ou do dominio do pensamento, as vezes tenho tendencia a ficar sonolento..Se eu dormir durante a meditacao do Omer, eu perdi?

      @MDD – Tem gente que acha que sim, mas eu não creio. Se no dia seguinte voce fizer o exercício e continuar todos os dias de acordo com as meditações, não há uma quebra da conexão.

      1. Caio

        Boa tarde Sr.Marcelo
        Muito obrigado novamente pela sua resposta. Eu tenho uma ultima pergunta para o senhor(eu lhe juro!):
        Ontem eu fazia o exercicio da vela, e minha mae entrou no meu quarto para conversar. Eu parei o exercicio e a pedi gentilmente que voltasse mais tarde, em seguida recomecei o exercicio. Durante o Omer, se alguem me interromper, eu perdi?
        Devo entao trancar-me ou esperar que a casa durma?

        @MDD – se alguem interromper, refaça. Sem stress…

  10. Carolina Scodeler

    Vou tentar o Safirat a primeira vez esse ano e ainda sei muito pouco sobre Kabbalah. Me surgiu essa dúvida:

    No Safirat a gente vai trabalhar com Chesed, Geburah, Tiferet, Netzach, Hod, Yesod e Malkuth. Como que Kether, Chokmah e Binah entram no trabalho? Ou não entram?

    @MDD – Não entram. Trabalhamos apenas com Ruach até o Mundo Material.

  11. Thiago

    Marcelo, alguns exercícios são objetivos, mas outros são bastante abstratos. Você disse que a única regra que não pode falhar é a meditação noturna. Tudo bem então se em algum dia não houver oportunidade de praticar os exercícios sugeridos ?

    @MDD – às vezes eles se resolvem em outro dia dentro do período, às vezes se resolvem junto com outros problemas e ás vezes não tem aquele karma para ser resolvido naquele momento… sorte sua se for este o caso 🙂

  12. Karol

    Tentando pela terceira vez… espero conseguir chegar ate o fim, disciplina nao eh para qualquer um…

  13. Alagacone

    Existe algum tipo de correspondência de cada dia do Omer com os salmos? Seria interessante se houvesse um salmo para cada dia…

    @MDD – SIM, tem. Mas não fiz essa tabela ainda. Faça assim… Cada dia corresponde a uma Esfera dentro da Outra (Geburah shebe Chesed, por exemplo). Tem um post que eu fiz que correlaciona os Anjos Cabalísticos com CADA combinação de esferas (está no Sedentário em algum lugar…). CADA Anjo possui um Salmo correspondente (que, em hebraico, traz a vibração de suas letras) então basta pegar o Anjo correspondente e o Salmo correspondente e voilá… Salmo do Dia.
    Esta semana eu estou 100% ocupado em restaurar os sites, mas se alguém quiser fazer a correspondência eu posto aqui.

    1. Thiago

      Tio, na relação dos anjos cabalísticos não se considera Malkuth, mas considera-se para o Sefirat. Neste caso não existe o anjo / Salmo correspondente ?

    2. Francisco

      Marcelo,

      fiz a tabela e te enviei por email.

  14. Ana

    Pergunta: “noite” para fins da meditação significa 18 horas até meia-noite ou o pôr-do-sol até o nascer do sol?

    @MDD – Do Por do Sol ao Nascer do Sol. E os exercícios do Nascer do Sol ao Pôr do Sol (embora vocês verão que, às vezes não conseguem realizar algum deles e depois ele se realiza junto com outro, em uma demonstração de sincronicidade).

  15. José Roberto P. Sousa

    Challenge Accepted.

    Por onde começo? Onde estão as instruções?

    1. Eu

      Melhor comentário de todos.

  16. Laryssa Martins

    Oi MDD, essa será a minha primeira vez nos 49 dias do Sefirat ha Omer. Medito há algum tempo, mas sem nenhuma regra específica, mais baseado em “perceber o hoje” e, às vezes, em visualização. Conheço a árvore da vida através de kaballah draconiana, conheço os conceitos, mas será que preciso de outros estudos mais específícos para aproveitar melhor esse tempo. Como tenho até dia 18 posso absorver mais mais e mais. O que vc indica? Mesmo assim, qd os textos do wiki estiverem disponíveis vou devorá-los. Também acompanho o Mayhem, então… boa sorte pra mim né…
    Aproveito pra agradecer, pois me senti muito mais “situada” depois que encontrei este blog…
    Luz pra todos nós…

  17. Renan Lugão

    Marcelo, tenho duas dúvidas:
    (1 )Para aqueles que estão habituados a práticas meditativas diárias, estas devem ser feitas em separado das práticas do Sefirat ha Omer?
    (2) O tempo da meditação noturna deve ser de exatos dez minutos ou esse tempo pode ser maior?

    @MDD – 1) pode ser junto; 2) pode ser maior.

  18. Bodeman

    Tio,

    Onde eu posso conseguir um PDF que tinha as informações de todos os 49 dias do Sefirat?

    Eu lembro que era em algum post antigo, mas não consegui achar…

  19. endrix

    E Binah e Kether não entram nesta série de meditações.

    @MDD – Não. Binah, Hochma e Kether não entram.

  20. Andre

    Uma coisa que não consegui encontrar nos textos do “Sefirat ha Omer” foi o simples significado da palavra “Omer”.

    Achei que fosse algo Cabalístico, mas segundo o site da Congregação Israelita Paulista:

    “Omer era uma antiga medida agrícola. No segundo dia de Pessach, costumava-se levar ao Templo uma oferenda de um Omer de cevada recém-colhida, em comemoração do início da colheita. Daí vem o nome Sefirat Omer, a contagem dos 49 dias entre Pessach e Shavuot.”

    Voce pode confirmar se isso está correto, MDD?

  21. Anderson Maia

    Tem um smile 🙂 no canto inferior esquerdo do site! o0′

  22. ricardo

    deldebbio, saudações
    uma duvida pequena. Eu consigo garantir mais tempo de madrugada do que de noite propiamente dito. nesse caso, eu posso fazer a meditação do dia 19 na madrugada do dia 18 para o dia 19 ( tipo, 00h30min de dia 19), ou só depois das 18h00mim?
    e se na pior das hipoteses, eu começar dia 19 e terminar dia 20, ha problemas?
    obrigado desde ja =]

    @MDD – Pode. “Noite” quer dizer “do pôr do sol até a hora do nascer do sol do dia seguinte”.

  23. Leo

    Tabaco e alcool contam também? “Funciona” se eu não me abster?

  24. Bruno Mais

    Relações sexuais são liberadas no período?

    @MDD – Sim. Claro que manter a sua energia pessoal intocada seria melhor, mas nenhum de nós é rabino ou monge para chegar a este ponto de pureza. Explico: cada vez que você tem uma relação sexual, as energias dos dois se mistural, certo? O Sefirat auxilia a chegar ao Nosso SAG (Sagrado Anjo Guardião) que é representado pela Arca da aliança… então quanto mais pura estiver a sua energia, melhor. A versão hard (como a dos textos de Abramelin) diz que o magista deveria estar isolado de tudo e de todos nesses 49 dias (tipo sozinho/a em uma cabana), mas isso é impraticável nos dias de hoje. A versão que eu passo é a que eu faço e é mais do que suficiente para elevar nossa consciência do mundo créu para alguns degraus acima.

  25. Fabio

    E para quem está fora do País? Sigo meu horário aqui? Começaria as 18h local e faria dia/noite aqui correto?

    @MDD – Segue o sol.

    1. Anderson Maia

      “Tempo é uma ilusão muito bem feita e nós, meros mortais, estamos inseridos…”

  26. Wendel

    Bom dia MDD,

    Já leio seus textos a um bom tempo, e já chegamos a trocar mensagens sobre linhas de Ley e obeliscos.Porém agora quero praticar exercicios também, mas tenho um problema: alguns exercicios praticos pedem a visualização de cores, e eu sou daltônico. Como faço?

    @MDD – as suas cores são a sua realidade.

  27. triunvirat

    DD, esse ano minha esposa e a babá de meus filhos participarão. É possível fazer a leitura dos textos juntos? E a meditação pode ser perto um do outro?

    @MDD – Sim, sem problema.

    1. Amy R

      Nossa! Parabens ta arrastando um monte de gente junto.

  28. MDD… To fazendo as correspondências aqui dos Salmos do dia… assim que ficar pronto eu te mando pra postar.

    Abrass

  29. Bernardo

    ano passado eu perdi, conheci o blog no meio da sefirat, eu acho.
    Esse ano vou tentar, com bastante empenho, e ver se consigo dessa vez. =D

  30. Rafael

    E qual o efeito do consumo de álcool? Põe o trabalho a perder?

    @MDD – Moderadamente não. Mas se você quer ir pro mais hardcore, corte.

  31. Agricultor

    É possível que a sua aura (ou algo equivalente; tipo sua “presença”) no período do Sefirat, supondo que voce está fazendo tudo certo e já está notando alguns resultados, possa influenciar as pessoas ao seu redor, em especial aquelas bem ligadas ao Mundo do Créu? Tipo fulano chegar perto de voce e dizer: “Oh velho… tô muito feliz, não sei porque…”

  32. Vinícius Pedro

    esse ano vou fazer pela primeira vez.
    vou começar a me preparar.

  33. Salu

    Opa, boa tarde.. leio muito o seu site.. mas nao tenho experiencias significativas.. mas to afim de fazer o processo, vai ter alguma coisa do tipo passo-a-passo??

  34. Vinícius Pedro

    só uma dúvida. devo abrir e fechar o trabalho com a egrégora todo dia?

    @MDD – A meditação já faz isso. Mas teoricamente, você abre no primeiro dia e só vai fechar quando sair no último dia ou quando perder algum dia, ai é como se você descesse do ônibus em movimento…

  35. Lucas.

    Eu pretendia escrever um texto ou fazer um desenho após a meditação, tentando sintetizar tudo pelo que passei. Só que sempre que assim faço, textos cheios de signos incompreensíveis – pelo menos no momento – surgem. É normal, não?

  36. Vinicius

    O fato de não aparecer nenhuma problema, nenhuma tentação e nenhum imprevisto durante o exercício, significa que você está fazendo ele errado? Nenhuma sincronicidade também?

    Dá até pra imaginar o mundo créu dizendo: “sem complicações com você. Seu método é seu próprio problema”

    Tipo, fiquei muito mal ano passado, por que praticamente não apareceram dificuldades além de uma certa inércia de minha parte de fazer os exercícios de cada dia. (as meditações eu fiz.). Era como se soubessem que eu não mudaria muito mesmo que descobrisse 100% de mim.

    Durante o Sefirat de 2010 tive ressentimentos que me deixaram desmotivado e alarmado em relação às amizades e meses depois aconteceu um troço que me deixou mal pelo resto do ano e me fez achar totalmente perigoso ser melhor e mais honesto com as pessoas, além de acbaar com minha pouca força de vontade. Haveria relação?

    Outra coisa, o que fazer com os dias de Malkuth, que não tem Anjos?

    @MDD – faz sem eles.

  37. Marcus Vinicius

    “faz parte do execício de Thelema vencer o mundo créu”
    auehwuhaweuwe

    virou frase no meu perfil do orkut

  38. Ganconer

    Posso apenas fazer as meditações e não me preocupar em realizar as práticas do dia-a-dia?

    @MDD – Pode tudo, mas ai não adianta nada…

  39. bruno freitas

    barbadinha…

  40. Gabriel

    Marcelo, quando Chesed em Chesed, falamos do amor agápe?

  41. Gustavo Costa

    Este ano eu tento, mas nao vou tirar a carne, senao vou ter que compensar com whey ou outra fonte de proteina em todas as refeições

  42. Gabriel Nunes

    MDD, bom dia.

    Esse ano vou participar também. Ano passado eu não sabia muito bem do que se tratava e acho que não teria o estímulo necessário pra tentar de verdade.

    Uma observação: você mencionou que todos os exercícios e dias estão na wiki, porém, os links da última semana estão todos “vermelhos”, ou seja, vazios, sem edição. Isso é apenas um problema temporário de link perdido ou ainda não foi mesmo cadastrado lá?

    @MDD – calma… o blog ainda está sendo reposto no novo servidor. Até uma semana antes estará tudo perfeito.

    1. Gabriel Nunes

      Obrigado pela resposta MDD. Apenas uma outra dúvida: eu estava lendo as etapas de cada dia, e percebi que muitos (se não todos) os exercícios diurnos são bem amplos no sentido de que você deve achar a SUA forma de realizar da forma que puder. Levando isso em conta, os exercícios PRECISAM ser feitos necessariamente somente após o início, no dia 19 pela manhã?

      Pergunto isso porque alguns dos exercícios já me trouxeram várias reflexões, e eu percebi que alguns deles eu já teria como fazer desde agora, inclusive de forma muito mais “tranquila” do que durante o período da Sefirat ha Omer. Existe essa obrigatoriedade de realizar os exercícios durante o período mesmo, para efeito da egrégora, ou só o fato de ter trazido a reflexão, e passar a realizar os atos descritos nos exercícios mais naturalmente e com mais frequencia já é suficiente?

      Sei que o objetivo é exatamente a evolução pessoal, mas como também existe o objetivo de fortalecer a egrégora, e não quebrar o ciclo, me surgiu essa dúvida.

      Grande abraço.

      1. Gabriel Nunes

        Obrigado pela resposta MDD. Apenas uma outra dúvida: eu estava lendo as etapas de cada dia, e percebi que muitos (se não todos) os exercícios diurnos são bem amplos no sentido de que você deve achar a SUA forma de realizar da forma que puder. Levando isso em conta, os exercícios PRECISAM ser feitos necessariamente somente após o início, no dia 19 pela manhã?

        @MDD – Eles vãos e ajustando… nem todo mundo consegue fazer todos os exercicios… alguns não se aplicam a ele, outros serão diferentes (não vai conseguir fazer algo em relação a um filho, porque não tem filho, mas acaba fazendo algo em relação a um aluno, ou amigo mais novo, ou empregado… o que dá na mesma. Os exercícios são apenas sugestões de como estas energias sutis vão se manifestar, não são regras escritas na pedra.

        Pergunto isso porque alguns dos exercícios já me trouxeram várias reflexões, e eu percebi que alguns deles eu já teria como fazer desde agora, inclusive de forma muito mais “tranquila” do que durante o período da Sefirat ha Omer. Existe essa obrigatoriedade de realizar os exercícios durante o período mesmo, para efeito da egrégora, ou só o fato de ter trazido a reflexão, e passar a realizar os atos descritos nos exercícios mais naturalmente e com mais frequencia já é suficiente?
        Sei que o objetivo é exatamente a evolução pessoal, mas como também existe o objetivo de fortalecer a egrégora, e não quebrar o ciclo, me surgiu essa dúvida.

        ——

        Apenas um adendo que vi em outro comentário: a vela precisa ficar acesa até acabar todos os dias? Eu usei ontem uma vela comum lá de casa mesmo, apenas pra usar como foco, e apaguei assim que terminamos a meditação. Ela tem algum outro objetivo além do foco?

        @MDD – Pode apagar sim, por N questões… eu uso aquelas velinhas pequenas, envoltas em um recipiente de metal, então deixo queimar até o fim, mas eu, a Cynthia e a Lillith usamos a mesma vela os 3. Se voce tem risco de incendio ao deixar a vela sozinha, ou se usa velas grandes, pode acendê-las e, depois da meditação, apaga-las.

        1. Anderson Maia

          Eu deixo a vela acesa apenas como foco do RMP… Got it? Hoje foi uma exceção… Virou foco de incêndio kkkkk

          1. Livio

            Mas isso foi uma experiência muito rica, Anderson – e obrigado por dividir com a gente.

            Por isto, me sinto compelido a lembrar, que a experiência não acaba nem quando o fogo se extinguiu, muito menos quando arranja alguma explicação factível para o acontecido.

            – Será que só foi obra da Mente Coletiva ? Houve alguma coisa a mais que poderia ter feito ?
            – Este alerta já não serve para outros que se encontram na Contagem, e que poderiam provocar outros incêndios com consequências muito mais graves ?
            – Se as chamas não tivessem sido apagadas, o que foi que poderia acontecer de pior ?
            – Houveram alertas menores, avisando sobre a chance disso acontecer ?
            – O prejuízo físico e material tiveram outras consequências ?
            – Seus ferimentos provocam outros sentimentos, ou limitam você de alguma maneira ?
            – Mudou algo no transcorrer de seu RmP ?
            – Quando diz que isto não poderia acontecer, você se refere a que tipo de cuidado ou de preparo ? Por que, afinal das contas, aconteceu, não é mesmo ?
            – Fez algo de diferente que tenha notado, antes ou depois do incêndio, que pudesse tê-lo facilitado de alguma forma ?
            – Quantas maneiras havia de se evitar este acidente ?
            – O que vai ter que mudar na contagem de hoje, por conta deste acidente ?
            – Por conta do incêndio, você esqueceu ou não se lembrou de algum fato menos chamativo ?
            – Como teria sido a experiência na ausência do acidente ?
            – Como foi o exercício de hoje com sua mão queimada ?

          2. Anderson Maia

            Sem dúvida foi um aprendizado e tanto… E mtas dessas perguntas suas me puseram p refletir…

            Abraco

  43. Gabriel

    Minha noiva e eu faremos esse ano.

  44. Gabriel

    Marcelo, outra dúvida, é necessário o uso da vela ou um local calmo? Provavelmente terei que fazer o exercício em alguns lugares movimentados ou na presença de outras pessoas, mas tenho ceerteza que não serei atrapalhado.

    @MDD – Pode. Dará mais trabalho, claro, mas faz parte…

  45. Roberto

    Mano Marcelo, eu pretendo esse ano realizar o Sefirat Ha Omer… entretanto tenho alguns pequenos problemas…

    O primeiro é que eu tenho viajado com uma certa freqüencia, uma vez por mês, aos finais de semana para visitar a família (pois minha mãe está passando por uma fase complicada e viajar dá uma certa alegria a ela). Portanto, eu poderia fazer os exerícios fora de minha residência sem meu altar… ou poderia fazer um altar móvel?

    @MDD – Sim, poderia.

  46. fabio fujihara

    oi marcelo , a respeito da meditaçao vc faz a recomendaçao para fazer apos o por do sol, eu estou no japao e aqui eu trabalho semana dia semana noite a partir das 20 horas e aqui na primavera e verao os dias ficam bem compridos tipo escurecer la pelas 19 horas ,seria problema meditar antes de dormir que dependendo da semana seria de dia?

    @MDD – Sem problema.

  47. andressa

    Marcelo, você tem algum material bom sobre os efeitos do tabagismo no organismo, mas não no sentido fisiológico, quais as consequências energéticas do tabagismo? Na internet acho muita coisa dramática, comentando sobre as obsessões e parece quase como os evangélicos do tabagismo.

    Queria também saber se dá pra fazer os exercícios mais com a boa vontade do que com conhecimentos anteriores sobre a Kabbalah.

    @MDD – Bem… os obsessores de cigarro e álcool são repugnantes mesmo. Se pudéssemos colocar nos maços de cigarro uma foto do sujeito com as coisas gosmentas que ficam grudadas nele enquanto ele fuma, acho que seria mais prático do que algumas daquelas figuras do ministério da saúde. O que ocorre é que, quando você morre, e não tem consciência de nada, fica perdido vagando pelo Umbral. Como não adianta fumar cigarros astrais, a pessoa vai querer se manter presa às coisas que lhe davam prazer no mundo físico (cigarro, bebidas, jogos, sexo, dinheiro, etc) e passa a vampirizar pessoas que estejam nessa faixa de consciência para obter delas esta SENSAÇÂO. Só que, com o tempo, toda a consciência desse egun passa a ficar cada vez mais obsecado (daí o nome obsessor) com aqueles pequenos prazeres, que são o que mantém aquele ser fixo ao Material. Com o tempo, o ser passa a ser um vulto gosmento (imageticamente falando). Já vi casos de eguns que escolhiam marca de cigarros para obsediar os fumantes… kkk
    A consequencia energética é a mesma de ter uma Succubus na sua cola. O vampiro vai querer mais e mais cigarros, e o sujeito, se não tiver força de vontade, se torna um escravo do vício (o que falei acima vale para todos os vícios).

    1. andressa

      é. eu não acreditava que isso existia. mas reparei que se eu acendo um cigarro e deixo ele quietinho no cinzeiro, minha vontade de fumar diminui uns 80%.

    2. andressa

      DO NADA, fui passar esse link para uma amiga e vi meu comentário sobre tabagismo.
      Já estou há 11 dias sem fumar e sem vontade!

  48. Fernando

    Essa é terceira (ou quarta) que faço o Sefirat ha Omer. Sempre foquei mais na parte prática, e não tive resultados incríveis (é pra ter?). Contudo me pergunto se não devo dar mas atenção na meditação, pois… não me leve a mal, mas eu não sou muito fã em vizualizar anjos, fazer orações, ler salmos, etc… Mesmo sabendo que são só simbolos.

    Minha pergunta é simples: Pode um ser humano MUDAR sendo apenas ele mesmo, usando suas pontencialidades natas… digo, EVOLUIR com ou sem Sefirat ha Omer; com ou sem Cabala; com ou sem egrégora; com ou sem ocultismo; com ou sem etc…

    Agredeço desde já sua atenção em iluminar essa questão pra mim.

    @MDD – claro que pode! Certa vez, eu estava conversando com um Caboclo de Ogum, uma entidade que já tinha deixado o Sansara (ou seja, já tinha descoberto sua verdadeira Vontade e não precisava mais encarnar) e perguntei pra ele o que ele tinha feito na última vida aqui na Terra, ou seja, como que ele se iluminou e descobriu a sua posição dentro do universo. O Caboclo me respondeu que havia sido bandeirante, e passou a vida inteira dele abrindo trilhas e que descobriu que a verdadeira Vontade dele era a de levar pessoas de um ponto a outro (ele me disse que havia sido mercador de especiarias na época de Marco Polo, batedor índio, viajante, participou das expedições à América, etc em outras vidas) até que, abrindo caminhos na mata, encontrou sua Verdadeira Vontade. Isso serve como uma lição importante pra quem acha que tem de ser o melhor do mundo em alguma coisa para atingir a iluminação. NÂO PRECISA. Basta você fazer o que sabe que tem de fazer. Não precisa de técnicas milenares herméticas, kabbalah, ordens iniciáticas nem nada disso.

    1. Érika

      O livro “Sidarta” do Hermann Hesse fala exatamente sobre isso. Conta a história de um outro Sidarta (não o Buda) filho de brâmanes que busca seu próprio caminho da iluminação, por achar que nenhuma doutrina pode levá-lo a isso. É o livro mais simples do Hesse, mas justamente isso o torna belo, e com uma mensagem bem clara também, que tem tudo a ver com o que vocês estão comentando.

    2. Leon

      Nesse caso então, a Verdadeira Vontade seria um reflexo da função do espirito no mundo Material?
      Ainda nesse caso,lembrando do assunto dos lutadores de MMA Gladiadores que a gente comentou no outro tópico,depois que eles sairem do Sansara,serão Guerreiros no Astral,tipo os Exús?

    3. Eduardo

      Fiquei realmente impressionado, eu sempre digo para as pessoas que o verdadeiro caminho da felicidade é fazer aquilo que você gosta, mesmo que isso não lhe traga grandes remunerações, mesmo que não pareça o herói do mundo. Desbravar as matas pelo mundo parece é um trabalho que eu me sentiria bem fazendo. Muito bonita essa história.

    4. Mariana

      MDD, sobre Verdadeira Vontade: seu espírito é criado/tem uma VV ou sua VV muda a cada encarnação?

      @MDD – até onde eu sei, todos nós podemos ir elaborando estas Verdadeiras Vontades a cada encarnação, mas normalmente elas estão sempre alinhadas com uma idéia maior, nossa Essência. Claro que imagino que, conforme fomos adquirindo outros sentidos e compreensões, talvez o que para nós hoje seja a VV seja apenas parte de alguma coisa maior ainda quando tivermos os instrumentos para enxergar mais longe.

  49. André

    Linda essa história, DD. Você não precisa ser o escolhido, só o piloto da nave já tá ótimo.

    Em relação ao Sefirat ha Omer, tenho uma pergunta que quase já sei a resposta.
    Chego em casa por volta das 23:00, mas tranquilidade (lê-se pessoas dormindo) para realizar as meditações seria por volta da meia-noite. Influenciaria? Considerando que eu estaria começando “no dia seguinte”. (Diz que não, diz que não, por favor…Mas já tô até vendo mais uma provação da matrix).

    @MDD – As meditações podem ser feitas até o nascer do sol. Pode ficar tranquilo. A natureza não usa relógio.

  50. Jeff Alves

    No caso dos exercícios, deve-se realizar à risca a parte prática que consta na Wikipedia de Ocultismo ou pode-se fazer qualquer exercício que envolva os atributos do dia da contagem? Caso não se cumpra com sucesso este exercício, embora você tenha feito a meditação, isto consistiria numa falha?

    @MDD – Pode adaptar, dentro de limites.

  51. Nina

    Farei o contagem pela primeira vez este ano. Mas já gostaria de usar as velas. Dúvida: em um post mais antigo vc comentou sobre consagrar todas as velas e riscar o sigilo em cada uma. Isso é necessário para usar as velas ou é um bônus advanced? Ou seja, só use as velas se estiverem consagradas E com o sigilo, pq sem isso ela é inútil?

    @MDD – Isso é mais pra frente… se nao tem o sigilo, faça sem desta vez, se nao sabe consagrar as velas, faça sem dessa vez… o ano que vem faça mais completo, e assim por diante. Não adianta nada querer fazer o modo ultra-hard e desistir com cinco dias… melhor fazer de boa e completar o ciclo.

  52. Andreas

    O que tu achas do uso de enteógenos (salvia ou ayahuasca) antes da meditação?
    É válido?

    @MDD – Não sei. O problema é a procedencia das ervas e as energias associadas àquele daeva.

  53. Fabio

    Olá Marcelo!
    Sou casado, posso fazer as meditações junto com minha esposa?
    Ela não conhece “bulhufas” do que você ensina aqui no blog, seria uma boa oportunidade para introduzi-la neste mundo?
    Ou seria melhor esperar ela buscar estes conhecimentos por si mesma, e um dia faze-lo sozinha?

    @MDD – se ela estiver a fim, por que nao?

  54. Mensagem do meu preto-velho:

    “Filha, toda forma de oração é uma benção. Portanto, não enxergue o Omer como uma egrégora distante da umbanda ou de qualquer outra religião, que tem o objetivo de re-ligar o ser humano ao Divino.

    Veja desta maneira: você é um peixinho nadando na imensidão do oceano em direção a luz que provê tudo, que cria tudo e sustenta tudo a sua volta, em todas as dimensões sequer imaginadas. Então, você está ali, nadando, seguindo o fluxo que a vida lhe mostra e lhe proporciona.

    E você tem a sorte (não é sorte, é merecimento) de ficar sabendo que logo ali, pertinho de você, passará durante 49 dias uma corrente (omer) marítima que lhe ajudará a seguir o seu caminho, trabalhando os seus sentimentos, de forma a acelerar algumas coisas em sua estrutura divina. Então, porque não aproveita-la? Você é inteligente e tenho certeza de que conseguirá traduzir o omer para a umbanda. Faça um diário e anote tudo. E, principalmente, vivencie este momento em sua vida.

    e ele finalizou dizendo: que os orixás lhe acompanhem, apoiando cada passo que você deve dar em direção a sua felicidade nesta dimensão do aqui, agora. Porque somente você poderá dar estes passos em seu caminho. Paz.”

    Abraços.

    1. Acauã

      Muito bonito a mensagem desse preto-velho.
      Força para todos aqui terminarem com satisfação essa corrente!

  55. vitor

    MDD, e quem nao tem como deixar velas acesas?

    @MDD – acende só no seu Templo Astral… e quem não tem Templo Astral? acende velas ano que vem.

  56. Helder

    Esse ano será a primeira vez que participo disso. O engraçado é que justamente hoje, quando estava pensando que horas iria fazer a meditação, eu olho para o lado e vejo um livro com o titulo meditações diárias. Isso me deixou mais empolgado ainda.

  57. PeX

    Vou testar minha força de vontade, durante esse tempo eu não fumarei nem beberei. vamos ver quanto tempo eu aguento.

    Caso algum de vocês tenha que vencer uma grande barreira, que se manifeste agora. ^^

    Boa sorte a todos.

  58. André

    Minha barreira é a Vontade mesmo.

    Dessa vez decidi tentar!

  59. Yuri

    Tio, fiz o primeiro exercício hoje, mas antes, acendi uma vela e um inceso. Quando me concentrava na meditação, a chama da vela diminuia até quase apagar, aí eu concentrava para a vela não acabar e ela voltava, mas ficava temeroso em não realizar a meditação corretamente. Quando voltei minha atenção exclusivamente para a meditação, tanto a vela quanto o incenso apagaram.

    Qual o significado disso?

    @MDD – A chama da vela reflete as camadas mais densas do astral naquele momento. É o esperado… que o conjunto de egregoras ao redor do local/bairro/cidade onde voce está não quer que voce evolua. Tem um nome pra isso; os católicos chamavam de “legião”. Não é uma surpresa. Entenda que estas egrégoras estao por ai SEMPRE e querem que voces se comportem como um cardume de peixes; voces só estao ENXERGANDO estes efeitos por conta de estarem agindo CONSCIENTEMENTE, e ai estes pensamentos vão agir contra, manifestando-se em efeitos diversos (“coincidencias”, azares) para que voce volte ao “normal”.

  60. Dafne

    MDD, estva no meio da meditação da contagem, e fui interropida, pedi para que a pessoa esperasse que depois eu entrava em contato com ela, assim recomecei todo o exercico, respirei tentei me reconectar e fiz até o final, por acaso essa interrupção pode ter interferido em algo, mesmo eu tendo recomeçado?

    @MDD – Nao afeta se voce começar de novo aquela meditação do dia… mas esteja mais preparada para que interrupções nao ocorram no futuro 😉

  61. Ganconer

    Quais são os 6 aspectos de Chesed ? Consta em uma das perguntas da meditação do primeiro dia.
    ________________
    O engraçado é que parece que tudo está “conspirando” para você não praticar, até você mesmo.
    Minha auto-exigência não corresponde com minhas reais possibilidades, mesmo não praticando da maneira que gostaria, se não surtir um efeito muito grande, ao menos é bom para treinar a força de vontade e conhecer mais a Cabalah.

  62. Ganconer

    Tem algumas orações que podem serem feitas após a contagem e meditação.
    Hoje eu fiz a seguinte:
    “Bendito és Tu, Ado-nai, nosso D’us, Rei do universo, que nos santificou com os Seus mandamentos e nos ordenou qunto à contagem do Ômer.
    Assim, que seja a Tua vontade, Ado-nai, noso D’us e D’us de nossos pais, que pelo mérito da contagem do Ômer que eu contei hoje, seja remediado o defeito que causei na Sefirá Chêssed shebechêssed e que seja purificado e santificado com elevada santidade e que através disso recaia uma influência abundadante sobre todos os mundos. Que isto retifique nossa Neefesh, Rúach e Neshamá (alma) de toda torpeza e defeito, nos purifique e nos santifique com Tua santidade superior; Amên, Sela.”
    Vocês podem encontrar a oração de cada dia no site:
    http://www.pt.chabad.org/holidays/sefirah/omer-count.htm

  63. Adri

    Marcelo, falando ainda sobre obsessores, existe algum contra a auto-estima?
    Eu sou muito insegura mesmo, e minha tia que já disse que viu uma mulher na minha cola outro dia. Isso é possível? Como faço para sair dessa hehe
    Obrigada!

    @MDD – Sim, é possivel. Pode ser um egun que se alimente das suas emoções de medo e insegurança. O segredo é não alimentar o troll… leve com voce alguma imagem de algum deus da guerra como ogun, thor, ares, marte, etc, u um anel com pedra vermelha… se se sentir insegura, medite olhando para este símbolo e pergunte-se “o que Ogun/Ares/Thor faria?” esta meditação vai colocar sua consciencia em sintonia com geburah, criando uma barreira mental (voce poderia inclusive imaginar um circulo de fogo ao seu redor, queimando essa mulher se ela chegar perto de voce). Treine o exercicio de visualizaçao (botao no canto superior esquerdo do blog) que ele ajudará nessa visualização.

    1. Pocoyo

      engraçado que vivo descobrindo que alguns rituais, visualizacoes que vcs praticam eu ja fiz semelhante, intuitivamente. as vezes sem me dar conta…uma medium ja me disse que é minha primeira vez aqui…onde aprendi essas coisas? rs

  64. Amy R

    Engraçado, ontem foi o primeiro dia, tive que fazer minha meditação, ou o que eu penso ter sido uma meditação , no banheiro aqui. Sonhei a noite toda com o Sefirat Ha Omer, o assunto em si, não sobre o tema de ontem.
    Eu ainda tenho muita dificuldade em meditar, mas sentei e li todo o proposto e refleti bastante comigo mesma, me senti mais aberta.
    Vou continuar e ver no que dá.

  65. Remo

    Tio… tentei pela minha primeira vez o Omer, tentei fazer a meditação… Ai por uns instantes, entrei numa espécie de vácuo, e então, eu ouvi vozes de pessoas na minha mente(falando coisas relacionadas ao o que eu estava pensando na hora,, então depois numa espécie de “estalo” eu voltei, como se eu tivesse me assustado, fiquei muito frustrado por causa disso… E não consegui chegar nisso de novo… Estou tentando, há problema em meditar mais de uma vez por noite???

    @MDD – Nao. Nenhum problema.

  66. jose irineu

    Fiz a meditação do primeiro dia. O exercício era sobre demonstrar amor por um ente próximo.

    “Coincidentemente” meus pais vieram me visitar pela primeira vez desde que sai de casa (3 anos atras). Estava pensando no exercicio de demonstrar amor pro meu irmão, quando me peguei mandando um email pra minha mãe dizendo algumas coisas na intuição, baseados no amor.

    Pode ser uma consequência do sefirah, posso considerar o exercício feito?

  67. Anderson Maia

    Meus amigos…. venho relatar pra vocês minha primeira experiência com o Omer…

    ontém a noite, castei um RMP e fiz a contagem… tudo certinho… ao final, eu acendi uma vela e pus em meu altar…. por volta de 4:30h eu acordo com uma nuvem de fumaça em meu quarto e meu altar estava completamente em chamas!! eu me desesperei… joguei o cobertor pra abafar o foco, mas pouco adiantou…. a base de meu altar é de papelão… foi horrível… o recipiente que deveria conter a vela derreteu!! estou com uma queimadura de segundo grau na mão esquerda e algumas outras lesões menores no joelho esquerdo e mão direita… além disso parte de meu tarot também foi queimado, além de um pequeno caderno…

    e tudo isso só pra dizer: EU NÃO VOU DESISTIR… EU Sou mais forte que tudo isso e o Cósmico está em mim e eu estou n’Ele… nada nem ninguém pode me afetar!

    desejo sucesso aos amigos e continuemos firmes… sem nos abalar! Deus é nosso escudo e nossa espada é nossa thelema….

    @MDD – É… as egregoras do status quo não gostam de gente que tem vontade. Vai acontecer de tudo com todo mundo para que voces nao terminem as meditações… é natural. Vou abrir espaço para vocês comentarem a cada semana.

    1. livio

      Além de “egrégoras”, reunir material inflamável e acender fogo não é algo temerário por si só ?

      @MDD – Se a pessoa tem um altar em casa, pressupoe-se que tenha minimas noções de como acender velas, ne? Espero que sim… eu odiaria ter de colocar aqui no blog aqueles avisos retardados do tipo “o café está quente” ou “usar capa de super-homem não faz voce voar” ou “nao acenda velas sem a supervisão de um adulto”, ne?

      1. Frederico

        Sempre acreditei que uma prova que este mundo está louco (no mau sentido) está nas instruções para fósforo e palito de dentes…

      2. Anderson Maia

        Se acender uma vela em um castiçal for perigoso então coitado de mim que toda semana acendo velas no altar.. E sim, os devidos cuidados sempre são tomados… Justamente por isso que sei que foram bad egregoras… Porque não tinha como acontecer esse incêndio… Foi mto estranho e intenso.. Foi mto grande o incêndio…

        Luz

      3. Livio

        No caso, pegando o gancho, muitas vezes, ao invés de se conformar com “provações de Yesod”, é preciso ter certeza se esses percalços não poderiam ser evitados, com melhor preparo das condições materiais e ambientais (Malkuth), das instruções dos procedimentos (Hod) e de seus sentimentos (Netzach) – pois não adianta fazer algo “na marra” e acabar por brigar com sua esposa ou filho. E a todo o momento, até depois de enfrentar aquela dificuldade ou provação.

        Aliás, em qualquer uma dessas circunstâncias, fica uma lição preciosa também, não ?

  68. Andreas

    Nossa Anderson!!!
    Um incêndio no 1º dia? caraca!

    Nos anos anteriores o que me trapalhava eram os amigos, sempre tinha uma farra ou uma festa que acabava em desentendimentos. No ano passado eu perdi a contagem pq um colega simplesmente se recusou a me dar uma carona pra casa à tempo, protelou até o sol nascer…
    Ano retrasado eu fiquei muito doente, na 4ª semana, sem condições de levar adiante.
    Esse ano eu já to prevendo possiveis contra-tempos: logo ontem, na véspera da contagem, uma garota que eu sempre fui afim começou a corresponder sutilmente minhas investidas… mas dessa vez nem mesmo a paixão vai me desviar do FOCO!

    1. Anderson Maia

      Pois é, cara… Foi terrível e minha mão ta screwed… O mundo créu nao quer me perder pra Luz, Mas vamo q vamo…

      Boa sorte

  69. xxx

    queria que um amigo fizesse mas ele não conseguiu fazer ontem… e me perguntou se poderia começar hoje e então? já era? só no ano que vem agora?

    @MDD – Ano que vem ele estará mais preparado… ou nao. Ele pode fazer de “trainee” só a parte de meditação, sem o envolvimento energético, para treinar.

  70. Marega

    Perdi o o primeiro dia. Só li o post hoje. Adianta começar hoje?

    @MDD – Honestamente? Não… mas voce pode ler e pensar a respeito dos temas; a parte de meditação e autoconhecimento é válida mesmo se você não estiver dentro da egrégora… o que deve acontecer é que as “coincidencias” não devem acontecer tanto quanto para quem está participando e as sensações emocionais/espirituais serão mais fracas.

    1. Marega

      Obrigado pela atenção e pela resposta. Acabei de colocar na agenda do google para no próximo ano ser lembrado. Nesse irei acompanhar e ser um trainee.

      Novamente, obrigado!

      1. Marega

        ps, quanto as coincidências, elas aconteceram sim ontem. Em bandos alias!

        1. Marega

          Não conheço muitos judeus, logo pela manhã as seis da matina em minha aula de natação fiquei sabendo que a mãe de uma amiga que é judia perguntou de mim. Tive uma reunião na mesma manhã, onde o outro interessado se atrasou por ter ido dormido tarde nas comemorações da páscoa judaica. Não conhecia a pessoa até essa manhã e conheci e imediatamente passei a admira-lo, é um cara incrível.

          Além de outros detalhes ao longo do dia.

          Bom irei considerar um sinal, ano que vem começarei no dia certo.

  71. Ana Lage

    Perdi o primeiro dia, fiquei arrasada, eu tava esperando masw não dei a devida atenção. Ontem cheguei em casa tarde depois de uma jornada louca de viagens e trabalhos por 48 horas, como vocÊ disse não há desculpa que sirva. Meu marido ainda me alertou que começaria ontem a contagem, mas eu desmaiei de sono. Como ano passado tentei e não consegui terminar, esse ano decidi tentar novamente mesmo tendo perdido hoje, pra ver no que dá. Vou fazer, não custa nada… Só tem um problema, eu tenho MUITA dificuldade em me concentrar, em vizualizar as coisas, praticamente não consigo, minha cabeça fica pensando em tudo mais e eu naum consigo me concentrar… tem algum “macete” pra esse tipo de gente sem foco feito eu? xD

    @MDD – Não há desculpa que sirva porque voce tem de dar a desculpa pro seu Sagrado Anjo Guardião, que é voce mesma, não pra mim. Infelizmente, por mais bacana e camarada que eu seja, não há o que fazer mesmo. A conexão com a egrégora foi feita ontem. É como chegar atrasado no vestibular. Mas claro que nada vai te impedir de fazer o que voce lembrar como “trainee”, afinal de contas, são exercícios de autoconhecimento, MESMO se você não quiser fazer a parte astral do negócio.

  72. Agora

    Marcelo ñ sei bem como fazer isso, mas estive pensando que, eu enfeitando mais os exercícios(introduzindo mais símbolos) talvez estes tenham uma força maior, não só por eu estar tendo mais trabalho oque levaria a uma maior interação mental com os exercício, mas até mesmo para uma sintonização maior, com menos ruído com a egrégora, você afirmou a tempos atrás que existiam exercícios mais complexos que utilizavam icensos, sons, etc… minha dúvida é em relação a simbologia a ser utilizada na interação entre as sephirot ex: no Chesed sheb Chesed , eu poderia estimular o chakra Vishuda, ter um minério como a ametista ou usar uma pirâmed como símbolo, mas e nos dias restantes por exemplo amanhã quando for Tiferet shebe Chesed, eu uso os símbolos relacionados a ambas sephirot ou apenas ao Chesed por essa semana estar relacionada a ele????

    @MDD – Sim. Esta é a razao pela qual os rituais antigos eram tão complexos… para absorver todas as chamadas “ilhas de consciencia” para o proposito daquele ritual. Quanto mais complicado e focado é o rito, mais conectado àquele padrão mental a pessoa estará.

  73. Elton da Silva

    Ei Marcelo! Quanto a parte de comer carne durante o Sefirat, você podia explicar melhor o porque da sugestão de nos mantermos vegetarianos durante esse período?
    Por exemplo, eu vejo isso como que uma forma penitência ou algo do tipo, por vezes é fácil mas por vezes confeço ter muita vontade de comer carne, o máximo que já conssegui ficar sem comer carne foi uns três meses… Estranha essa “necessidade” de comer carne.

    @MDD – comer carne muda o padrão vibratório das pessoas. É uma das razões pelas quais os médiuns em terreiros/centros espíritas não podem comar carne 24/48h antes das giras/sessões, o pessoal do Pró-Vida fica uma semana sem comer carne durante os cursos ou neófitos em xamanismo/ordens iniciáticas sérias ficam vegetarianos até uma semana antes das iniciações. Estar vegetariano facilita projeção astral, visualização do templo astral e sentir qualquer tipo de energia que seja “não-você”. Não é tão fácil cortar de uma vez… eu fiz do seguinte jeito: como minha esposa e filha são vegetarianas, não tem carne na minha casa, entao como carne no almoço ou quando estou fora, ou seja, diminuí em pelo menos 40-50% a ingestao e fez uma baita diferença… tb costumo ficar uma semana por mês vegetariano, por conta de rituais em uma Ordem que participo, mas o segredo é ir devagar… sem cortar, só diminuindo aos poucos, e você verá como facilita MUITO toda a parte espiritual de qualquer coisa que você fizer.

  74. Fabio

    Meses atrás resolvi reler as colunas do Mestre Del Debbio, desde a primeira em ordem cronológica via sedentário, já que muitas eu ainda não havia lido. E justamente na semana que eu cheguei no primeiro post escrito sobre o Sefirat ha Omer (14 ABR 2008) , foi a mesma semana que o Del Debbio postou aqui no TdC sobre o Omer deste ano (2011). Coincidência?

  75. Roberto .'.

    De fato o mundo créu resolve atrapalhar e muito! Nada como o caso do Anderson, mas…

    Primeiro dia foi excelente… talvez exceto pela enxaqueca que eu acordei no dia seguinte, simplesmente não consegui colocar o exercício do dia em prática, como eu gostaria, apesar da meditação anterior ter sido muito boa.

    Porém a meditação do segundo dia foi melhor ainda. Dei um sentido mais ritualístico/mágistico para ela, e foi excelente.

    Terceiro dia começou os problemas. Festa na casa de um amigo, até aí, sem problemas, quando eu voltasse para a casa faria a meditação. Porém fui parado pela polícia no caminho, descobri que estava sem o documento do carro, fiquei nervoso, cheguei em casa muito cansado e quase me esqueci do ômer, lembrei a tempo. Fiz a contagem e a meditação na minha cama mesmo, pois estava realmente passando mal (nervoso, dor de estomago, sem concentração nenhuma). Apesar de ter feito a contagem para abrir a egrégora e ter canalizado as energias, infelizmente, o resultado não foi muito bom. E praticar os exercícios tem sido um pouco mais complicado pelo feriado e por estar passando o dia todo praticamente em casa. Estou agora para fazer a meditação do quarto dia, hoje bem mais preparado que ontem (nem sei se deu certo a de ontem), mas vou terminar o ômer até o fim… o ano que vem eu aprimoro ainda mais!!!

  76. Rafhael

    Há problema em realizar o exercício no mesmo dia de ter realizado o ritual? ou seja, realizar o exercício algumas horas depois de ter feito o Ritual, e não no dia seguinte.

    @MDD – nenhum, se surgir a oportunidade.

  77. wagner martins silva

    È a primeira vez que estou realizando a contagem e estou fazendo uma associação de cada dia da contagem com um anjo e seu determinado salmo, como no sétimo dia de cada semana a associação é com Malkuth e fica faltando um anjo neste dia pensei em trabalhar um pecado capital, fiz a associação com os planetas, respectivamente:
    1 (plutão – kether) 2 (urano – hokmah) 3 (saturno – binah) 4 (júpiter – chesed) 5 (Marte – geburah) 6- (sol -tiferet) 7 (Venus -netzch) 8 (mercúrio – Hod) 9 (lua – yesod) 10 (terra – malkuth).
    Foi onde surgiu uma duvida . A Estrela Setenária fecha com saturno, a contagem do omer fecha com malkut( terra). E então faço associação do pecado avareza com Malkut ou existe outro defeito que pode ser trabalhado neste dia? E surgiu outra duvida, poderia substituir a esfera Malkuth na contagem por Binah? Ficaria correto? A relação acima esta correta? Obrigado!

  78. Paulo Henrique

    Esqueci de fazer a a meditaçao de noite uma vez. Mas ai me levantei as 5:40 da manha e fiz a meditação, tem algum problema?

    Na minha região, fui conferir e o sol so nasceria as 6:10.
    Fora isso, continuo firme no vegetarianismo! =D

    @MDD – “sorte”

  79. Marega

    Esse ano qual a data que começa esse ano o Sefirat ha Omer?

    @MDD – Noite de 7 de Abril.

Deixe uma resposta