Ordálias, Moedas e Consagrações

Ordálias, Moedas e Consagrações

 

Estou bem feliz com o alto nível dos comentários; acho que seria o caso de abrir alguns Posts para as perguntas mais pertinentes ou que dariam respostas mais longas para debatermos.

Mglls disse: Oi Marcelo essas “Ordálias” chegam a nos levar p/a Noite Negra da alma, fazem um tsunami em nossas vidas???? isso é muito cruel….quantos impedimentos …tô chocada…eu estava em busca de conhecimento e os meus exs-irmãos diziam “Cuidado voce está mexendo nos Mistérios de Deus” ele vai tocar no que vc mais ama…e…tocou mesmo e agora depois de tres anos de sofrimento abro mão do conhecimento e gostaria muito de voltar no tempo essa busca custou a minha familia e é muito triste pq a minha intenção era compartilhar, ajudar as pessoas a deixarem de viver como gado…pq eu não costumava comer de tudo que era servido eu examinava, pesquisava e via que nem tudo era comestível e me entristecia de ver as pessoas nem se preocuparem com o que estavam comendo, simplesmente engoliam e inclusive eu era discriminada nesse meio porém eu não me importava, e quando alguém necessitava de esclarecimento eu ajudava…ah se eu soubesse. Por favor tem como reverter essa situação e reaver o que foi perdido????? e na Biblia tá escrito “Aquele que é de Deus o Maligno não lhe toca”????

Oi, mglls,
As Ordálias são as maiores e mais perigosas provas de um ocultista de verdade. São elas que separam as crianças dos magistas. As Ordálias podem ser simplificadas como sendo a resposta direta da Mente Coletiva contra o Iniciado desperto, em sua tentativa de despedaçá-lo antes que ele consiga forças suficientes para se defender. Fazendo uma analogia, é como os veteranos surrando Noobs no World of Warcraft… Não é porque você começou agora que o lado negro vai pegar leve com você…

Este texto do Aleister Crowley ajuda a entendê-las melhor:
Essas ordálias cegas, presumivelmente, referem-se a tais testes de aptidão, como os referidos a pouco. Nos mistérios antigos, era possível distinguir as ordálias formais.

Um jovem entraria num templo para ser iniciado, e ele saberia bem que sua vida dependia de provar-se merecedor. Hoje o candidato sabe que as iniciações não são fatais, e que qualquer ordália proposta a ele, obviamente, aparecem apenas como pura formalidade. Na sala da Maçonaria por exemplo, ele pode jurar absolutamente disposto a manter o silêncio sob pena de ter sua garganta cortada, sua língua arrancada, e tudo mais e o juramento ser quebrado mais tarde.

Em uma Ordem Mágica genuína, não existem juramentos extravagantes. O candidato aceita o compromisso por si só, e sua obrigação é apenas “obter um conhecimento científico da natureza e forças do meu próprio ser”. Não há punições relacionadas a violação da obrigação, porém, como esta resolução está em contraste com os juramentos de outras Ordens no tocante a simplicidade e naturalidade, assim também com relação as punições. O rompimento com a egrégora atualmente envolve os mais assustadores perigos para a vida, liberdade e razão. A menor negligência é encarada com a mais implacável justiça.

O que acontece é isso: quando um homem afirma cerimoniosamente sua ligação com a Ordem (A verdadeira Iniciação), ele adquire, toma contato, com todas as forças daquela Ordem (egrégora).

Ele é capacitado, a partir desse momento, a fazer sua verdadeira vontade, da melhor forma possível, sem interferência. Ele adentra uma esfera em que cada perturbação é, direta e instantaneamente, compensada. O indivíduo colhe a conseqüência de cada ação imediatamente. Isso é porque ele entrou no que posso chamar de mundo fluídico, onde cada distúrbio é ajustado automática e instantaneamente.

Assim, normalmente, supõe-se um homem como Sir Robert Chiltern (“Um Marido Ideal”) que age de forma corrupta. Seu pecado sempre o assombra, não diretamente, mas depois de muitos anos, de modo a não manifestar uma conexão lógica com seu ato.

Se Chiltern fosse um probacionista da A.’.A.’. seus atos seriam respondidos imediatamente. Ele vendeu um segredo oficial por dinheiro. Ele teria descoberto , dentro de poucos dias, que um de seus próprios segredos foi revelado, com desastrosas conseqüências pessoais.

Além disso, tendo iniciado uma corrente de deslealdade, por assim dizer, ele seria vítima de uma torrente da mesma até conseguir eliminar a possibilidade de vir a agir desse modo novamente. Seria prematuro classificar este aparente exagero de punições como injustas. Não seria suficiente para cumprir a regra de pagar um “olho por um olho”.

Se você perdeu sua visão, você não tropeça em alguma coisa uma vez só, mas continuaria tropeçando de novo até recobrar o sentido perdido.

As punições não são aplicadas deliberadamente pelos Chefes da Ordem, elas ocorrem respeitando o curso natural dos eventos. Eu não deveria me conter em dizer que esses eventos foram arranjados pelos Chefes Secretos. O método, se eu o compreendo corretamente, pode ser ilustrado por uma analogia: suponha que eu tivesse sido avisado por Eckenstein, a testar a firmeza das rochas numa escalada, antes de me apoiar nelas. Eu negligencio a instrução. É desnecessário a ele, percorrer o mundo todo e enfraquecer as rochas em meu caminho – elas estarão lá. E eu começo a escalar, e as falhas ocorrerão ou não, à medida que eu as encontrar. Da mesma maneira, se eu esquecer de alguma instrução mágica, ou cometer alguma falha de magia, minha própria fraqueza me punirá à medida que as circunstâncias determinarem o apropriado método.

Pode se dizer, que essa doutrina não seja uma questão de Magia(k), mas de bom senso. Verdade. Mas Magia(k) é bom senso. Qual é a diferença então, entre o Magista e o profano? A diferença, é que o Magista determinou que a natureza será para ele, um modo fenomenal de expressar sua realidade espiritual. As circunstâncias, portanto, de sua vida são uniformemente adaptadas à sua obra.

Outro exemplo: O mundo revela-se ao advogado de modo totalmente diferente do que o faz ao carpinteiro e, o mesmo evento, ocorrendo aos dois homens, sugerirá dois diferentes treinos de pensamento e conduzirá os dois, a diferentes resultados.

Meus erros de julgamento, devido a aniquilação de meu ego e a conseqüente falta de direção sentida por meu corpo e mente, produziram seu efeito imediato. Eu não compreendi a extensão do meu erro e até sua real causa, porém, senti-me forçado a voltar à minha própria órbita.

As Ordálias afetam TODOS os despertos ou aqueles que estão começando a emanar alguma luz. Gosto muito do filme Matrix, quando o Morpheus explica para o Neo que “Até que todos os aprisionados sejam libertados, eles são potenciais agentes do outro lado”. Não há exceções. Vocês não fazem idéia das torrentes de problemas e privações que eu passei até conseguir publicar a Enciclopédia, que é um verdadeiro trabalho de tributo às Egrégoras dos Deuses. Todos os tipos de problemas que vocês puderem imaginar ocorreram; de divórcio à falta de grana à perda de arquivos à escolha entre retornar para uma vida acadêmica ortodoxa confortável (ensinando Semiótica e História da arte em uma faculdade) ou dedicar meus últimos recursos e esforços para enfrentar alguns MESES de problemas até a publicação da obra…

Nos relatos da Consagração, vi que ocorreram todos os tipos de problemas… de gente que perdeu a hora porque o despertador não tocou, até criança chorando, esposa reclamando, falta de materiais, falta de condições, falta de local, etc, etc, etc… todos os tipos de problemas para impedir que a consagração fosse feita… justamente porque ela funciona e o outro lado não está a fim simplesmente de te deixar ter um objeto desses sem nenhum problema.
No Sefirah ha Omer, muitos de vocês estão sendo testados, e vai ficar pior ainda antes de melhorar… quanto mais potencial você tiver, mais vai apanhar para verem se você desiste e volta para a vidinha confortável.

Mglls, não tem como “reaver” o que foi perdido porque estas pessoas não estão mais no mesmo grau de consciência que você. A única maneira de haver um reencontro é se eles atingirem o mesmo padrão de pensamentos que você. E isso é uma ordália apenas deles. Ninguém ajuda quem não quer ser ajudado.

Este post tem 118 comentários

  1. Bernardo

    No dia da consagração foi dificil pra mim tb, minha mulher brigando horrores comigo por outras coisas às seis horas da manhã, esqueci a moeda que tinha separado na casa da minha mãe e não estava comigo na hora, um monte de coisa. Contudo consegui me centrar ainda dentro da janela, pensei exatamente isto que vc falou, que isso era os Agentes da Matrix não deixando eu fazer a consagração e resolvi impor minha vontade e fazer de qualquer jeito, mesmo sem a moeda que tinha separado e com minha mulher brigando (ÀS 6 HORAS DA MANHÃ ERA PRA ELA TÁ DORMINDO!!!!!).

    Quando tomei essa decisão de fazer a consagração (às 6h08) fui olhar a minha carteira e tinha só uma moeda de cinco centavos de 1994, começo do plano real, fiquei feliz já que moeda de real (que era a unica que eu ia conseguir naquela hora da manhã) mais velha só podia ser de 1994. Consagrei ela mesmo. Resolvi que daquele momento em diante só não coloco mais moedas de cinco centavos do tipo velho na minha carteira pra não gastar/confundir a da sorte.

    Da mesma forma que tem as ordálias, há conspirações positivas do cosmo também, o que não falta aqui no blog são as sincronicidades relatadas por um monte de gente, que nem a moeda de 1994 que eu achei, na hora me pareceu um “presente” do cosmos por ter superado as adversidades, portanto, dentro do possível, ele me presenteou com a moeda mais antiga que daria pra ter naquele momento. Estou enganado?

    De qualquer forma é bom ficar ligado com os Agentes de Matrix pra poder não ficar pelo caminho e ser levado pela “correnteza leva mané”.

  2. henrique

    nossa…. bom o texto.
    Minha dúvida básica:
    por favor
    o que são ordálias?
    e que “outro lado” é este?

  3. Danilo

    Estou fazendo a contagem de omer, esse ano é minha primeira vez e tenho nítida sensação, a cada dia que passa, que cada vez mais distrações e ocupações surgem atrapalhando a meditação e os exercicios.

    E a cada dia da contagem sinto cada vez mais um desânimo, quase como se fosse uma voz em minha cabeça me falando que é inútil, como isso poderia mudar a minha vida, que eu deveria parar de fazer a contagem.

    Mas continuo seguindo disciplinadamente à contagem.

  4. jes

    Foi muito bom ler esse texto…eu ando tendo muitos problemas de concentraçao e ansiedade, inclusive durante as meditaçoes do Sephirat ha Omer. Nao tinha encarado como uma ‘provaçao’ até agora, mas sei la. Talvez seja pela falta do hábito de meditar e refletir sobre o que tenho refletido durante a contagem.

  5. roxy

    Boa pergunta, adorei o post, este texto resposta me lembrou qdo as pessoas falam dos magistas, iniciados de alguma ordem, a qual se referem como “seitas” dizendo: ” Aquele fulano que faz parte daquilo, agora que quis sair,” o diabo” foi lá e tirou tudo dele, tá na pior, fez isso, fez aquilo, aqui se faz aqui se paga, tudo tem preço…”, concluindo que aquela iniciação de tal pessoa é algo ruim. Realmente como vc disse MDD, o nível de consciência fica muito diferente, apesar dos males, e de tudo que nós” gados” falamos, é compreensível o peso da balança de que vc falou, TODO mundo sabe que qdo se trata do espiritual, deve haver comprometimento, respeito, paciência, e que nem tudo são flores, assim como qualquer outro aspecto de nossas vidas, mas acho que tudo podemos tirar proveito, aprendendo mesmo que da pior maneira possível, infelizmente a maioria qdo enxerga essas situações logo correlaciona com “o MAL’, achando que aquilo que a pessoa estava envolvida era “o Diabo”, porém aquilo que elas ñ sabem é que o ditado TUDO TEM UM PREÇO, realmente funciona, mas ñ foi o preço pro mal, que estes queriam e sim para o bem, para a própria evolução espiritual, o que infelizmente a mairoria ñ está nem perto, por medo, continuaam na mesmisse de sempre, aguardando por alguma felicidade…

  6. Miguel

    Tio MDD este texto só me dá mais vontade de continuar… Estou a pensar seriamente a entrar para a Ordem Rosacruz (penso que é uma referência visto que voçê é membro hehe), tem uma a 30 min de onde estou a morar(uma das 3 em Portugal, informações do site http://www.planologia.com/amorc/portugal/index.html é o verdadeiro certo?), se voçê tem outra referência para eu iniciar diga ai.
    PS:estou em Portugal no Porto

    @MDD – É o site da AMORC sim. Esta é recomendada.

  7. roxy

    Adorei o post, me lembrou qdo as pessoas ficam dizendo dos magistas, ou iniciados de alguma Ordem falando: “Fulano faz aquilo, mexe com isso, e agora ” o Diabo foi e tirou tudo dele, deixou na pior, aqui se faz , aqui se paga, tudo tem preço….”, mas como vc disse MDD, o nível de consciência muda, e é totalmente compreensível o peso da balança de que falou, mas estes ñ veem como injustiça, e sim como algo do “Mal”, acham justo na verdade porque mexeram com “o Diabo”(rs rs ) e agora éle tá cobrando, mas todo mundo sabe que o espiritual deve se ter comprometimento, respeito, paciência, que nem tudo são flores, e que como dissem TUDO TEM PREÇO, pode ser algo muiito ruim por ñ saber brincar digamos assim, ou realmente evolução espiritual que é o que se busca ao contrário do que os outros dizem.

  8. Rafael

    Já que o assunto é esse…

    Tenho tido extremas dificuldades em executar as mudanças práticas que desejo, na minha “atitude” espiritual, nos meus estudos.
    Desde pessoas me ridicularizando (esse é o menor), até acontecimentos que me impedem de realizar rituais, como o Sefirat, fazer os cursos que desejo, frequentar uma egrégora.
    Alguns exemplos: sou médico, e quando da janela para consagração da moeda, apareceram 2 cirurgias de urgência. No momento ideal para a consagração eu estava operando, e não pude realizá-la.
    Sempre que me programo para fazer algum dos cursos do MDD aparecem compromissos relacionados ao trabalho.
    Ultimamente parece que estou vivendo a Noite Negra. Quase tudo tem dado errado para mim. Financeiramente minha vida está um caos. No trabalho (ainda estou na residência) as coisas andam péssimas. Parece que virei o pior residente da noite para o dia, todos pegando no meu pé.
    Este ano pensei diversas vezes em largar a residência, mas acabo me focando no meu objetivo final, e engulo muitos sapos.
    A sensação que tenho é de que existe alguma força que não quer que eu cresça.
    Mas por enquanto parece que tenho conseguido resistir um pouco… 🙂
    Acho que esses fatos que estão ocorrendo comigo ilustram um pouco o assunto do post.

  9. Carlos

    Interessante isso. Eu estava interessado no Sefirat e acabei não fazendo. Estava interessado na consagração de algum objeto e não fiz tb. Parece exatamente que “algo” tenta me impedir (e infelizmente consegue) de eu realizar atividades que me façam melhorar.
    Um amigo me disse que segundo o que eu relatei a ele eu estava sendo “possuído” devido eu ter uma mediunidade não desenvolvida. Que eu mesmo não vendo, não ouvindo ou sentido eu “recebia”.
    Mas enfim, vou ter que ter mais força de vontade e controle.
    Esse texto é muito interessante pois se encaixou mais ou menos no que eu percebi, que havia algo me impedindo de atingir o que eu me propunha.
    Bom, palavras de um gado leigo.

  10. Lucas

    MDD, isso é uma coisa que eu realmente não compreendo, como pessoas que sabem sobre as leis do universo(Karma, neste caso) podem escolher pelo lado “mal” ? As tais fraternidades negras ?

    Desde já agradeço.

    @MDD – Tem gente que não acredita em Deus, tem gente que não acredita em papai noel, tem gente que não acredita em Karma, tem gente pra tudo…

  11. NVVF

    Grande Tio

    Fugindo um pouco do assunto daqui, foi através de um post seu no sedentário que conheci o documentário Zeitgeist, e hoje assisti Endgame – Jogo final, que é no mesmo molde do Zeitgeist, e achei MUITO interessante, já chegou a assistir ?

    Sei que é difícil ter um tempo sobrando, mas quando tiver, poderia fazer um post a respeito indicando outros documentários a serem assistidos.

    O vídeo tem no youtube em português

    Abraço.

  12. simone

    porque Marcelo os agentes da Matrix querem nos destruir , porque esse jogo

  13. AldreI

    porra, esse texto me trouxe tristeza e uma grande dose de entusiasmo

    como já disse um grande sábio: “eles é grande mas nóis é ruim”

  14. Lee Lawliet

    Ok, eu não conhecia muito sobre o assunto, mas me interessei muito. Muito mesmo!

    E eu achando que inferno astral era o pior que poderia me acontecer na vida oculta…

    Oooo tio… temos somente conhecimento imediato das coisas mais ‘brabas’. Existem, por favor me diga que sim, coisas boas em tudo isso tambem?

    Eh… inferno astral no calcanhar, não quer largar, e eu tou meia emodepressiva com isso… mas eu supero!

    Mas gostaria de pedir mais informações, ou ‘o que eu devo ler’ para saber mais.
    =)

    Brigadinha!

  15. alessandro

    Eita!!!
    Realmente, comigo também foi muito parecido.
    Deixei tudo preparado na noite anterior, coloquei o relógio pra despertar mas consegui acordar um pouco antes. Desci da cama muito sutilmente, minha esposa tem um sono pesado, não desperta nem com o meu despertador, porém ela acordou só com a luz do visor do meu celular que estava usando pra me guiar no quarto. Me perguntou: Onde voce está indo a esta hora? respondi que só ia ao banheiro, fiquei dando uma enrolada até ela dormir novamente, atrasei um pouco com o ritual que me propus a iniciar ás 5:50. Acho que ALGUEM já sabia que isso iria acontecer, estes 15 minutos foram suficientes para que eu não perdesse a janela. Caramba se o outro lado fez tudo isso, mesmo com os que não dominam muito bem os rituais e não são iniciados, imagino o poder que essa “moedinha” pode ter.
    Tio, loqo que comecei a despertar estava tudo às mil maravilhas, tinha realmente encontrado o que eu sempre procurei, até ler um comentário de alguem com codnome de A. Pike em um post lá no sedentário. Pronto, isso foi a gota d’água para iniciar uma luta contra o Pensamento Coletivo, derrepente travei, cheguei a chorar várias vezes, entrei em uma crise muito profunda. Agora já passou, a Minha Vontade prevaleceu mais uma vez!

  16. Edson Santos

    Mais uma janela se abre a minha frente, vide meu ultimo comentario…

  17. Roger

    Marcelo,
    O que vou falar não tem nada a ver com o post, mas como é o mais recente é mais facil que tu veja.
    Sou de são lepoldo RS, e a acabei de ver um documentário da revolucao farroupilha onde fala sobre a influencia dos maçons em varias tomadas de decisões.
    segue link:
    http://mediacenter.clicrbs.com.br/templates/player.aspx?uf=1&contentID=34019&channel=45&forceWmEmbed=true

    Isso não deve ser novidade pra ti, mas fiquei surpreso,

    Outra coisa,
    Lendo um livro de Blavatsky me deparei que ela lutou ao lado de Garibaldi em 1856 seria o mesmo Garibaldi da Revolucao farroupilha ?
    Poderia dizer algo…
    Att
    Mais uma vez Obrigado pelo conhecimento.
    Se possível pode responder aqui e no email, ou só aqui mesmo tudo certo..
    Forte Abraço.

  18. AD&D

    Que bom tocar no assunto DD, porque todos que quiserem seguir em frente passarão por isso..
    E seria muito confuso, muitos achariam que ‘Deus está punindo’ ou que não é o caminho certo.

    DD lembro agora do relato do Paulo Coelho no livro as valkirias(faz muuuito tempo q li) que ele fala da “sociedade alternativa” e da vertigem que passou e etc (esta parte esta em italico no livro..)
    tem a ver com Ordália?? e gostaria de sua visão sobre o relato dele!!

    pode ser lida nesse link: http://www.scribd.com/doc/2994399/asvalkiriaspaulocoelho1 pagina 38

    se não puder postar o link é só procurarem no google

    Forte Abraço

  19. Ramiro Junior

    Analogia interessante essa com Matrix.

    Desde que começei a fazer a contagem do Omer, tenho tido muitos problemas pessoais… Parecia que tudo dava errado… Em apenas uma noite parece que tudo voltou ao normal: quando eu simplesmente esqueci a contagem… Desde então é como se alguem estivesse satisfeito por eu ter perdido a contagem e resolvesse parar de me atormentar…

  20. lucas augusto

    eu me programei certinho…. coloquei o cel pra despertar as 6hs, as 8hs iria para o serviço então, ja estava dentro do comum para um sabado meu… eu perdi q hora ¬¬
    unico sabado que eu preciso acordar cedo eu acordo tarde… nos outros eu acordo cedo, podendo acoradar tarde…. outra coisa, não sei se conta alguma coisa, mas, além de não ter o Lótus do Nilo em minha cidade, minha mãe pegou todo sal groso de casa e transformou em sal fino [pra que ela fez isso, tendo sal fino suficiente em casa?]. bom, fica para a próximo, estou na espera para consagrar minha palheta (não vou fazer na guitarra, já que seria praticamente impossivel impedir qeu outra pessoa a pegue, a começar pelos ensaios e pelo luthier…) enfim, fico na espera de mais consagrações.

  21. Tetris

    Marcelo, você conhece algum senhor rosacruz chamado Carl Heinz?

    @MDD – Nao conheço. Eu me lembro de já ter ouvido o nome Karl Heinz, com “K”. Mas não recordo onde, sorry.

  22. Andreas

    É verdade, quando eu tava começando na Eubiose me alertaram pra coisas assim e, de fato muitas coisas aconteceram com amigos.
    Eu ja to sabendo que o universo costuma “conspirar” pra que as coisas deêm errado quando se trata de uma coisa que acelerará a evolução, então eu tomei todas as precausões do mundo para conseguir completar todos os dias do sefirat ha omer, vcs não tem noção do tanto de coisa que me atrapalhou, não deu pra comprar incenso em determinados dias, to sem velas, “esqueço” de anotar o dia e as praticas na agenda, minhas tias quase sempre resolvem assistir televisão até tarde no quarto do lado (o que é novidade!), mas eu sabia que coisas assim iriam acontecer, então desde o começo eu resolvi fazer a contagem depois que todo mundo fosse dormir (por volta de 1:30).
    Aqui tinham mais 4 amigos meus fazendo os exercícios, todos já perderam um ou dois dias… eu ainda não perdi nenhum, e vou fazer o possivel pra chegar até o fim.

    Eu tenho mentalizado globos de proteção na minha casa e em mim mesmo, evitando brigas com a familia, amigos e colegas (por mais que elas persistam em aparecer), usando sal nos cantos do meu quarto, incensos, entrando completamente no “clima” de purificação e processo de mudança interior.

    o interessante é que eu estou quase para ser iniciado, e essa semana do nada eu to tendo vontades absurdas de me masturbar e fumar, sair pras noitadas e coisas piores… por quê será? xD

    Mudando um pouco de assunto: eu participei do projeto dos mapas e sigilos doando para um asilo mantido por uma ordem maçonica. Um ou dois dias depois eu sonhei com um “velho” de cartola me presenteando com um “compasso”. Isso foi um agradecimento, um convite, um aviso ou só uma lombra?

    Paz Profunda

  23. AD&D

    Que bom tocar no assunto DD, porque todos que quiserem seguir em frente passarão por isso..
    E seria muito confuso, muitos achariam que ‘Deus está punindo’ ou que não é o caminho certo.

    DD lembro agora do relato do Paulo Coelho no livro as valkirias(faz muuuito tempo q li) que ele fala da “sociedade alternativa” e da vertigem que passou e etc (esta parte esta em italico no livro..)
    tem a ver com Ordália?? e gostaria de sua visão sobre o relato dele!!

    pode ser lida nesse link: http://www.scribd.com/doc/2994399/asvalkiriaspaulocoelho1 pagina 38

    se não puder postar o link é só procurarem no google

    Forte Abraço

  24. Vinicius Lira

    Esse texto foi muito empolgante.. deu vontade de estudar cada vez mais e mais.

  25. Thiago

    Ainda com em Matrix… Lembra do Cypher? Ele queria “reaver” não é? E o único jeito foi traindo seus companheiros libertos e traindo a si mesmo… Mesmo assim, ele não conseguiu.

    Vão vir muitas propostas de bifes suculentos por agentes da Matrix, mas nunca se equipararão com a verdade que revelamos profundamente em nossas almas.

    Abraços.

  26. Níkollas

    NOSSA!… Exatamente isso!
    A P**** do despertador não tocou… isso NUNCA aconteceu!
    Acordei (sem despertador) exatos 5 minutos após o fim da janela da consagração!
    Que coisa…
    =(

  27. Alguém

    Aproveitando o ensejo, refletindo sobre como essas Ordálias se manifestam, tenho uma dificuldade muito “vergonhosa” a confessar:
    toda meditação, ritual, visualização ou quando remeto meu pensamento à espiritualidade, magia, auto-conhecimento e assuntos afins, minha mente é INVADIDA por uma onda de pensamentos CAÓTICOS (inclusive sexuais) bisarros! Fico muito frustrado comigo mesmo, tento limpar minha mente, bloquear esses pensamentos, tento mesmo!
    Poxa, não estou louco, pervertido, nem sou um maníaco sexual… devo continuar nessa batalha de “educação” do pensamento na marra? Você sabe alguma dica ou motivo para essa condição?
    Me abro aqui pois penso que minha dúvida/dificuldade talvez seja a de mais alguém…
    Obrigado desde já DD!
    abraços

  28. Namasté

    Eu também havia me preparado para a consagração, mas na sexta à noite tive que viajar para o interior. Uma lástima, pois queria ter ido à palestra de Astrologia Hermética no sábado e outra na AMORC no mesmo dia.

    Porém, acabou sendo melhor, pois viajei pra casa de meus pais e lá, tive mais privacidade, mais paz e ainda tinha moedas antigas guardadas para a consagração.

    Aqui na capital teria de ir à uma numismática obter uma moeda e teria de fazer o ritual na sala, pois divido apartamento com um cara e a filhinha dele viria dormir no “meu quarto” nesta noite.

    No final deu tudo certo e me senti muito bem. Terminei o ritual na janela de horário sem perceber até e descobri que incensos não me fazem mais espirrar, rsrs.

    Só uma pergunta Marcelo, o ritual descreve que nenhuma outra pessoa pode tocar diretamente a moeda, então meio que prendi ela em um bolso de cartão da carteira, mas como minha namorada é fuça fuça, antes de fazer isso peguei a moeda e mostrei pra ela, explicando o que era e que ela não poderia tocar. Isso pode ser feito né, pois em momento algum, após o ritual, outra pessoa tocou a moeda.

    Abraços.

  29. Miguel

    Eu comecei a estudar ocultismo seriamente quando entrei em contrato com o RPG Trevas, mas sempre me interessei por Mitologia. Minha mãe sempre me incomodou quanto a isso, que ia acabar me dando um nó na cabeça. Isso porque nos últimos anos ela se tornou um membro ativo da Igreja Católica. ANos atrás quando eu estava lendo bastante e estudando bastante que eu comecei com crises de ansiedade, e minha mãe “recomendando” que eu fosse mais à igreja, até falei com uns padres, eram gente boa, e bem mente abertas tb, um inclusive não gosta de missa. Acho que um clima pesado ficou durante muito tempo na minha casa devido a Egrégora Católica e também começaram a aparecer todo tipo de outras atividades pra mim, que acabei dando uma negligenciada nos estudos. Mas consegui achar tempo, apesar de não ser muito e até me filiei à AMORC. Minha mãe até não se importou muito, até porque muitos anos atrás ela mesmo fez parte, mas a igreja foi mais forte. Ela só pede pra não deixar ninguem da igreja saber hehe. No meu caso até agora as Ordálias que me foram apresentadas, pelo que pude perceber, foram relacionadas à outros trabalhos, atividades, namoro, e meu tempo cada vez ficando menor, mas nunca desisti. Diminui sim meu tempo para o ocultismo, mas continuo tentando mudar isso.
    Obrigado pelo post Marcelo, foi bem esclarecedor e inspirador.

  30. Melquisedeque

    Salve Marcelo,

    parabéns pela superação!!!
    Isso mostra como todos enfretamos os mesmos problemas. A força de Vontade e a fé na superação é que não nos deixam desistir e assim somos empurrados pelos deuses, fazendo com que aprendamos em todos os momentos, pois até mesmo a história nos mostra que em momentos de guerra há desenvolvimento tecnológico, a biologia que em momentos críticos há mutação…
    As vezes precisamos de uns chaqualhões- não sei se escreve assim- e assim saímos da trilha do marasmo e descobrimos novos potênciais em nós embutidos que nem sabíamos. Nos tornando cada vez melhores e com capacidades de ajudarmos mais ainda outros a se desenvolverem.
    Na linearidade torno-me alinera-espiral. No plano, tridimensional. Na morte, imortal. Na vida, aprendiz.
    O que não quero e não VOU é ser limitado no tempo-espaço-consciência. Com homens me fiz homem com os deuses me fiz deus.

    Sei que ficou estranho mais senti vontade de escrever tudo isso.

    Namastê, abraços, 93,93/93, Shalom

  31. Maree

    Me desculpem, sou nova no site e algum tempo venho lendo os posts e as vezes me perco com as utilizações das palavras, o que seria a consagração?

  32. Dsimon

    Estou sem palavras neste momento para expressar meus sentimentos sobre este post. Gostaria de começar pedindo uma pequena explicação sobre o que o Bernardo se refere a “conspirações positivas do cosmos”, que eu chamo de milagres de Deus quando acontecem comigo.

    Pergunto isso pois tenho muita luz no meu caminho. Sempre tive. MESMO. Sempre soube disso, como uma informação pré-programada em minha unidade central de processamento.

    Na realização da consagração não foi diferente. Poderia escrever centenas de coisas incríveis que aconteceram para que tudo ocorresse a contento. Há, o primeiro resultado já apareceu, em mais um grande milagre de Deus.

    Acho que vou reler este post durante sete dias, para que ele fique gravado em minha mente subconciente.

    Aí surge minha questão principal, que não é tão ingênua quanto pode parecer a primeira vista: Eu não deveria estar apanhando também?

    Paz e Luz.
    DS

  33. Qual o post no qual ela fez o comentário?

    Fica a sugestão pra deixar o link pra gente se inteirar do assunto, ok?

    Obrigado e parabéns.

  34. Ricardo

    As Ordálias podem ser simplificadas como sendo a resposta direta da Mente Coletiva contra o Iniciado desperto, em sua tentativa de despedaçá-lo antes que ele consiga forças suficientes para se defender.

    Chocante!

  35. Caríssimo DD, quero lhe agradecer pela “dica” da consagração da moeda, realmente ela está funcionando, inclusive mais do que eu esperava! Tinha um objetivo que almejava alcançar há mais de 3 anos e agora tudo está se encaminhando de uma maneira absurdamente rápida! Em relação ao ritual, foi um pouco complicado para fazer (tive que tomar agumas precauções, além de escondê-la da minha esposa, rsrssr), mas está valendo a pena. Não sei se o meu amuleto está surtindo efeito tão rápido devido ter feito dois rituais, ( pois a primeira vez confundi as datas e fiz um dia antes do dia 25/04), ou se foi devido a proximidade do meu aniversário (ontem, 28/04).
    Mais uma vez agradeço-lhe por estar “abrindo nossas mentes” e “nossos caminhos”. PS.: Estou fazendo a contagem do Ômer rigorosamente em dia e quase sempre acontece uma coincidência, depois conto algumas delas aqui. Abraços.

  36. Romariz

    A cada post cnsigo fazer mais associações. Mais uma vez a presença do Anime Full Metal Alchemist. Quando o Ed perde seus membros ao entrar no portão e conhece a “Verdade” (que conveniente…) ele acaba perdendo coisas também. Seu irmão e partes de seu corpo. Seria mais ou menos uma alegoria às Ordálias?

  37. Murilo

    tudo está orquestrado, right?! ordálias e seus ensinamentos…2012 e pessoas como nós…
    aprenderemos algo? tudo está orquestrado…
    sobreviveremos? tudo está orquestrado…
    o lugar certo e a decisão correta serão exatamente onde estaremos e o que iremos escolher. alea iacta est.
    Espero ainda conhecer você, Marcelo! Verei os horários dos cursos e marcarei.
    abraço.

  38. thibas

    @MDD – […] quanto mais potencial você tiver, mais vai apanhar para verem se você desiste e volta para a vidinha confortável. […]

    DD, quem são “eles” que querem ver se vc desiste?

    quando vc escreve eles, dá a entender que existe um “culpado” fora pra vc estar passando pelo que está passando…na verdade não existe eles…

    tudo é justo…ninguém carrega um fardo maior do que pode aguentar…
    quando vc se aventura no (auto)conhecimento, seu tamanho cresce, e permite que vc passe a carregar um fardo maior…mas não é algo que alguém de fora interfira…são experiências que vc mesmo escolhe passar (inconscientemente ou não) para seu aprendizado…e quanto maior seu tamanho, mais vc se permite passar por experiências cada vez mais intensas, pois entende que já está pronto para suportá-las…
    não que seja necessário passar por experiências…vc pode aprender através da meditação, evitando assim experiências…esse é o caminho mais rápido, mas também o mais dífícil…

    @MDD – Existe um “eles”; a Mente Coletiva, que vai fazer o que estiver dentro do poder de sua egrégora para manter o Status Quo.

  39. Tb sofro com forças contrárias as minhas vontades. Além de tb estar passando por momentos críticos financeiros, profissionais e de relacionamento (cmg e com os outros)

    Uma vez perguntei na comunidade do orkut mas acho q não me entenderam, eu vou reformula-la aqui: Se eu estivesse ligado a uma Ordem Iniciática, ou a alguma egrégora, eu estaria mais “protegido” contra essas mazelas quem vêm me pertubando desde que voltei a estudar ocultismo?

    @MDD – Sim, estaria.

  40. Tiago

    Olá Marcelo,

    No sábado fiquei muito feliz, pois várias “coincidências” concorreram para que o ritual ocorresse com sucesso.

    Porém, no domingo ocorreu algo que acho que poderia ser uma ordalia referente aquele dia do Sefirat Ha Omer (Tiferet de Tiferet). Resumindo, em uma frase eu diria que foi uma “explosão de raiva desproporcional ao fato gerador, porém que descarregou frustrações de uma vida inteira em cima de quem não tinha nada a ver com a história.”
    Surpreendentemente, isso que seria (na verdade foi) uma falha catastrófica no exercício daquele dia, acabou sendo um ensinamento muito profundo do qual se geraram varias coisas positivas:

    1. Fortaleceu muito meu vinculo com minha noiva e futura esposa, pois senti agora que ela sente o mesmo que eu e que passamos pelas mesmas experiencias de vida.

    2. Eu, que sempre me julguei fraco, descobri que tenho força (geburah/marte) dentro de mim, e portanto não tenho mais o direito de me fazer de vitima em nenhuma circustância.

    3. Ainda relacionado ao item anterior, um dos principais “argumentos” que a mente coletiva usava para me derrubar, perdeu muito de sua força. Quase posso dizer que não me atinge mais.

    4. Derrubada essa barreira, foi dado mais um passo no caminho para sentir a verdadeira compaixão.

    Enfim, essa parece que foi uma ordália mesmo, mas consegui revertê-la a meu favor. Mesmo assim, os ataques continuam vindo de outros lados, e a luta continua!

  41. Tiago

    @Alguém: Se me permite, eu gostaria de sugerir à você a leitura do livro “Iniciação ao Hermetismo” de Franz Bardon. Sei que o tio Marcelo sugere para lermos Kardek antes de ler Bardon, mas por experiência própria posso dizer que os exercícios de controle do pensamento, do Grau 1 da parte pratica desse livro são bem úteis para entender e diminuir esses pensamentos intrusivos.

    Outra coisa que me ajudou muito e que eu li antes desse exercício do hermetismo, foram as leituras sobre as técnicas de meditação budistas, especialmente o livro “Comece onde você está”, de Penna Chödrön. Nesse livro há uma história bem interessante:

    Conta-se que um eremita chamado Milarepa vivia isolado, buscando a iluminação.
    Um dia, retornando à sua caverna, ele a encontrou infestada de demônios. Um pior do que o outro, comendo sua comida, dormindo em sua cama, etc.
    Inicialmente ele não sabia o que fazer, então primeiramente tentou conversar com eles, falando-lhes sobre o dharma, tentando levá-los a iluminação. Não teve efeito nenhum, os demonios simplesmente o ignoraram.
    Irritado então, ele tentou investir contra os demonios, tentando arrancá-los a força. Eles então apenas riram e continuaram no mesmo lugar.
    Por fim, ele sentou-se e disse: “Eu não vou embora e parece que vocês também não. Portanto, vamos simplesmente viver juntos”.
    Nesse momento, todos saíram, com exceção de um. Milarepa disse: “Ah! Este aqui é especialmente maligno”. Caminhou até ele e disse: “Se quiser pode me comer”. Então esse monstro também foi embora.

    A moral da história é que quando a resistência acaba, o mesmo acontece com os demônios.

  42. Ryuevil

    Comigo aconteceu duas coisas interessantes, tinha lido o post quinta a noite, e tinha decidido fazer a consagração, mas fiquei meio decepcionado pq não tinha nenhuma moeda especial e a muito tempo tinha gastado meu primeiro salário na empresa :D, ai dormi normal e sexta de manha fui trabalhar, no caminho achei uma moedinha de 5 centavos daquelas marrons toda detonada e arranhada, na hora pensei achei a moeda, até falei pra mim mesmo: essa tem historia pra contar é perfeita, mas nem imaginei que podia ser uma “coincidência”, acontece que essa sexta eu fiquei muito empolgado com outras coisas e quando eu vi já passava das 3 da manha ai planejei ficar acordado até a hora de realizar a consagração, quando deu umas 5 mais ou menos eu dei uma deitada na cama e acabei dormindo, acordei as 7 fiquei me achando um mané o dia todo por ter perdido a hora, queria ter feito mais pra ter a experiência e usar de amuleto, agora tenho uma duvida se você puder responder ficarei grato:

    Devo guardar essa moeda ou ela não tem valor nenhum, ou seria interessante consagrar ela em uma outra oportunidade?

    Valeu Marcelo Abraço

    @MDD – A verdade verdadeira é que deveria ser essa moeda e você perdeu, preyboy… a Mente coletiva venceu você. Na minha opinião, use outra moeda. Essa já era…

  43. luramos

    Tiago
    tem um filme com a história do Milarepa, se chama obviamente Milarepa e trata da primeira parte da sua vida.
    A segunda parte do filme deve ser lançada em 2009.

  44. Marcell"

    Fiquei um pouco chocado com o que acabei de ler.
    Fiquei chocado por que explica muita coisa… se nosso potencial é medido pelas provações o meu não é muito grande, mas esta deixando minha vida caótica.
    Estava prestes a me acomodar novamente na minha vida adormecida até que com muita briga uma amiga me convenceu a começar a assistir palestras da gnosis (com direito a chuva torrencial no dia, pra alguém que precisa pegar 3 ônibus…)
    Felizmente, estamos superando… falta concertar meu deficit de atenção agora, que eu sempre atribui a origem à mesma época que comecei a ler suas colunas… que coisa, não?

  45. Marcell"

    Pensando bem, já dizia Raul Seixas:

    “Dois problemas se misturam, a verdade do Universo e a prestação que vai vencer…”

  46. thibas

    @MDD – […] As Ordálias podem ser simplificadas como sendo a resposta direta da Mente Coletiva contra o Iniciado desperto, em sua tentativa de despedaçá-lo antes que ele consiga forças suficientes para se defender. […]

    sim…eu sei da existência da mente coletiva…mas vc fala dela como se fosse um agente ativo
    a grosso modo, mente coletiva é o “senso comum”, é “ir com a massa” sem pensar no pq está indo…
    não é a mente coletiva que interfere na sua vida…é vc que se deixa levar por ela…ela não é ativa…é passiva
    as pessoas tendem a colocar as causas dos problemas delas em fontes externas (dá pra ver isso nos comentários), por exemplo a mente coletiva, quando na verdade a causa de todos os problemas delas é uma só: elas mesmas…
    tá tudo dentro…perder a hora, brigar, chuva de pensamentos, dormir demais…tudo isso veio de você mesmo, não de fora…você mesmo se colocou nessa situação, foram escolhas suas, livre-arbítrio…
    mas claro que é extremamente² mais fácil colocar a culpa fora…

  47. Ryuevil

    Valeu, Marcelo, vou gastar ela então, mas foi uma pena, seria legal ter algo como uma moedinha numero 1, até pq venho percebendo que estou sendo muito julgado por pessoas que amo pelo meu sucesso financeiro, eu pessoalmente não me importo muito com esse tipo de sucesso, mas essas pessoas se importam, e muito, é como se eu tivesse que provar a elas que eu tenho valor que não sou um qualquer.
    Mas blz fica próxima 😀 valeu
    Abraços

  48. Diogo

    tão fácil quando colocar a culpa fora de nós, é colocar o mérito.

  49. Marcos

    Grande Tio DD

    Otimo post. Abriu meus olhos …. ja tinha largado os bets em relacao ao Ocultismo para sobreviver no mundo profano. Vou comecar de novo …..

    Ja estava me sentindo o proprio Cypher ….. so que agora e conciliar o mundo profano com esse “admiravel mundo novo” !

    Um grande abraco

  50. Tainã

    Raulzito-Eu Sou Egoísta

    Se você acha que tem pouca sorte
    Se lhe preocupa a doença ou a morte
    Se você sente receio do inferno
    Do fogo eterno, de Deus, do mal
    Eu sou estrela no abismo do espaço
    O que eu quero é o que eu penso e o que eu faço
    Onde eu tô não há bicho papão
    Eu vou sempre avante no nada infinito
    Flamejando meu rock, o meu grito
    Minha espada é a guitarra na mão

    Se o que você quer em sua vida é só paz
    Muitas doçuras, seu nome em cartaz
    E fica arretado se o açúcar demora
    E você chora, você reza, você pede,você implora
    Enquanto eu provo sempre o vinagre e o vinho
    Eu quero é ter tentação no caminho
    Pois o homem é o exercício que faz
    Eu sei que o mais puro gosto do mel
    É apenas defeito do fel
    E que a guerra é produto da paz

    O que eu como a prato pleno
    Bem pode ser o seu veneno
    Mas como vai você saber… sem tentar?

    Se você acha o que eu digo fascista
    Mista, simplista ou anti-socialista
    Eu admito, você tá na pista

    Eu sou ista, eu sou ego
    Eu sou ista, eu sou ego
    Eu sou egoísta (2x)
    Por que não…

    Haja Ordálias pra impedir alguem que pensa assim…e eu penso :p
    Como disse Buda;”viver é sofrer”.Já que é assim,cai dentro então :p

  51. Dsimon

    Queria me retratar dizendo que não sou the chosen one, como poderia parecer na minha última mensagem.

    E descobri que em boca fechada não entra mosca.

    Paz e Luz.
    DS.

  52. thibas

    ahh..outra coisa
    não há problema algum em seguir a mente coletiva, desde que vc tenha consciência de que o está fazendo…

    trabalhar de terno pq o chefe manda ou porque todo mundo vai (ou o chefe que exige terno e gravata pq em todas grandes empresas as pessoas trabalham assim) é ir por mente coletiva…mas analisar a situação e reconhecer que a melhor opção é ir trabalhar de terno (ou não) não é ir pela mente coletiva…repare que vc está fazendo a mesma coisa que a mente coletiva faz, mas com consciência

    a mente coletiva não é única no mundo todo…cada povo/região tem a sua…

    ela não é “do mal” e nem está contra você…se for sabiamente utilizada, pode ser uma boa ferramenta…

  53. Marcell"

    Acho que rolou um pouco de equivoco, thibas.
    Como o DD disse, são reações diretas às nossas ações, logo, são causadas por nós mesmos.
    Eu sei, que se eu quero sair no domingo pra ir no outro canto da cidade ter uma palestra sobre um assunto complicado, pra pegar ônibus, tomar chuva, tendo aula no dia seguinte pela manhã… claro que o pensamento comum vai me tentar terrivelmente a ficar em casa.
    A reação que eu vou sofrer pela ação de me deixar levar por essa egrégora é que eu não vou aprender nada, vou demorar mais pra despertar, vai ser mais difícil resistir a essa egrégora na próxima.
    Acho que ninguém aqui ta transformando essas ordálhas no que seria o diabo pros evangélicos…

  54. Uilian

    Vês! Ninguém assistiu ao formidável
    Enterro de tua última quimera.
    Somente a ingratidão, esta pantera,
    Foi tua companheira inseparável!

    Acostuma-te à lama que te espera!
    O Homem, que, nesta terra miserável,
    Mora, entre feras, sente inevitável
    Necessidade de também ser fera.

    Toma um fósforo. Acende teu cigarro!
    O beijo, amigo, é a véspera do escarro,
    A mão que afaga é a mesma que apedreja.

    Se alguém causa inda pena a tua chaga,
    Apedreja essa mão que te afaga,
    Escarra nessa boca que te beija!

    Augusto dos Anjos

  55. thibas

    @Marcell” – Acho que rolou um pouco de equivoco, thibas

    não entendi o equívoco…

    as ordálias são o diabo dos evangélicos…

  56. MiguelR

    Grande DD.
    Desculpe, não sei se aqui ou no post da Moeda era o melhor lugar, enfim, escolhi o mais atual.
    Como escrevi antes perdi a janela da consagração, como outras pessoas que aqui se expressaram.
    Já sei que posso consagra-la em qualquer momento mas aí entra minha dúvida. Ou falta de fé por ainda ser “noob” como dito ateriormente.

    Pensei no seguinte e gostaria de ser corrigido ou encaminhado melhor :
    Estou acompanhando o Ômer e pelo que entendi (não vi as leituras do ano anterior para não ficar ansioso) Malkuth é a última esfera/semana.
    Sendo ela diretamente ligada a coisas materiais, seria uma melhor época para consagrar a moeda?
    Se sim achei que o último dia seria Malkuth em Malkuth e o dia mais propício dentro desta semana.

    DD, abraços e obrigado de um padawan meio insistente…..rs
    MiguelR

    @MDD – Valeria se você fizer TODAS as meditações todos os dias, sem perder nenhum… senão, será só mais um dia como outro qualquer…

  57. Padre Judas

    Membros de Fraternidade Negras não sofrem Ordálios, então?
    Eles são necessariamente “malignos” (tipo um Lorde Sith) ou um sujeito poderia fazer caridade e ainda sim ser considerado “mago negro”?

    @MDD – Defina como uma pessoa pode ser um “mago negro” e “fazer caridade” na mesma frase que eu respondo.

    E, por último, este texto (cujo link está abaixo) no Morte Súbita é confiável, parcialmente confiável ou totalmente esquisotérico?

    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

    @MDD – Bullshit. Salada de frutas misturando algumas coisas sérias com maluquices (não, a Terra NÂO é oca!!!). Nem vou colocar o link para não dar visitações e acho que daria muito trabalho separar o que é sério do que é distorção do que é invenção. Um dia eu faço um texto do zero sobre magia nazista.

  58. thibas

    ahh…e o seu exemplo:

    se eu quero sair no domingo pra ir no outro canto da cidade ter uma palestra sobre um assunto complicado, pra pegar ônibus, tomar chuva, tendo aula no dia seguinte pela manhã… claro que o pensamento comum vai me tentar terrivelmente a ficar em casa.
    A reação que eu vou sofrer pela ação de me deixar levar por essa egrégora é que eu não vou aprender nada, vou demorar mais pra despertar, vai ser mais difícil resistir a essa egrégora na próxima.

    esse é um exemplo bem simples, de uma escolha consciente…vc não qui quis e não saiu de casa, ponto.
    o problema é com nossas escolhas inconscientes…por exemplo: e se vc decidisse ir pro curso, mas o carro quebrasse, o ônibus atrasasse ou vc fosse sequestrado…vc pode dizer que isso não foi escolha sua, que vc escolheu ir pro curso, mas não conseguiu por causa do carro, ou do motorista do ônibus, ou por causa do sequestrador…mas fazendo isso vc estaria negando o livre-arbítrio…o livre-arbítrio está sempre manifestado…sempre…se vc não foi no curso, independentemente do motivo, foi por uma escolha sua…o carro, o motorista, o sequestrador, apenas foram meios pelos quais sua vontade foi manifestada…

    aí que mora o problema…colocar os culpados fora pra nossas próprias escolhas inconscientes…

    a primeira coisa que fazemos quando algo que [achamos que] não queremos acontece – como perder o curso – é perguntar “por que isso aconteceu comigo?”, quando na verdade deveríamos perguntar “porque eu quis que isso acontecesse?”…aí sim vc pode dizer que está no caminho do auto-conhecimento

  59. Felipe Metal

    Hahaha… Augusto dos Anjos viveu numa ”eterna Ordália”,

    “Eu, filho do carbono e do amoníaco,
    Monstro de escuridão e rutilância,
    Sofro, desde a epigênesis da infância,
    A influência má dos signos do zodíaco.”

    “Eu sou aquele que ficou sozinho,
    catanto sobre os ossos do caminho
    a poesia de tudo quanto é morto.”

    coitado.

    No dia da Moeda eu não consegui arrumar o incenso de Kalidandra (nem “Lótus do Nilo”) Tão pouco achava uma moeda antiga que me service, só uma argentina de 1993, e eu não queria uma moeda argentina. Decidi usar um incenso de Flor de Laranjeira, à noite estava na casa do meu Tio, quando comentei sobre a consagração, a mulher dele (que Deus a ilumine) me aparece com duas moedas brazucas de 1980. Hehe. 😉 Sucesso total na consagração.

    Obstáculos aparecem, mas não devemos nos preocupar mto. Medo pra quê?! Ouçam as palavras do sábio Samwise Gamgee:

    http://www.youtube.com/watch?v=NlyEwcplCD4

  60. andré luiz

    só um comentário low profile

    Com grandes poderes vem grandes responsabilidades.

    obrigado tio ben

  61. laura

    Pelo que vejo nos comentários, também não foi tão diferente comigo… tive muitas dificuldades em fazer a contagem do Omer, exatamente como o Danilo relatou parecia que haviam vozes dizendo que a contagem era inutil e não serviria para nada… não consegui realizar os exercicios, parece que eu não conseguia conexão direito com a engrégora, era muito dificil me ver da forma como eu estava me enxergando, ver esses defeitos todos. Acabei desistindo, me arrependi de ter parado, vou tentar no proximo ano, acho que não estava preparada ainda para isso…
    Estudar ocultismo não tem sido nada fácil mesmo, parece que a cada dia eu estou me isolando desse mundo, é como se eu estivesse vivendo em uma dimensão diferente da das outras pessoas, como se eu vivesse em outro mundo. Cheguei a sofrer de “sindrome do pânico” durante um tempo, não conseguia sair de casa, era sensação horrivel… parece que os estudos agravavam ainda mais isso, por causa desse isolamento natural que sofremos, eu analizava tudo, o modo como as pessoas viviam e se comportavam, adotei uma conduta e comportamento diferente da das outras pessoas, e claro era tida como anormal… me diziam que a culpa era do ocultismo, que isso estava me fazendo mal, era errado ter esse tipo de conhecimento, que eu deveria procurar uma religião, etc.
    E cheguei a pensar mesmo que era tudo por causa do ocultismo, até que percebi que essas coisas podem e acontecem com todas as pessoas, independente de suas crenças e estudos, não importa se você é católico, evangélico, Judeu, ou ocultista, isso pode muito bem acontecer com qualquer um.
    Continuo com meus estudos, embora tenha essas coisas ruins pelo caminho, também tem coisas boas, sinto que estou evoluindo, e que posso evoluir ainda mais… tenho muito caminho ainda para percorrer, e muitas coisas que preciso e quero entender…

  62. thibas

    DD, meus comentários de resposta pro @Marcell” foram censurados mesmo ou só estão na lista de espera?
    vários comentários já foram aprovados e nada do meu aparecer…postei na quinta-feira…

    @MDD – nada é censurado se não tiver palavrões, spams ou for algo metido a espertalhão… Eu estava viajando e comentários longos ou que precisem de uma resposta longa demoram mais para aparecer, pois dependem da minha preguiça em responder ou tempo pra pesquisar ou alguém que eu precise perguntar… por experiência, sei que se eu aprovar para “responder depois”, provavelmente não responderei mais, então prefiro deixar na fila.

  63. thibas

    DD, aconteceu o que eu achava que ia acontecer…
    a lista dos últimos comentários recentes, que fica no menu direito do site, está organizada na ordem cronológica dos comentários, não da aprovação…
    meus comentários foram aprovados agora, mas como são de quinta-feira passada nem aparecem na lista…só se eu começar a navegar na lista eu acho eles no histórico..

    não sei se foi intencional ou não…se não foi, fica o aviso de que isso acontece…
    e vou postar de novo..só de birra =P

  64. thibas

    @Marcell” – Acho que rolou um pouco de equivoco, thibas

    não entendi o equívoco…
    as ordálias são o diabo dos evangélicos…

    e o seu exemplo:

    se eu quero sair no domingo pra ir no outro canto da cidade ter uma palestra sobre um assunto complicado, pra pegar ônibus, tomar chuva, tendo aula no dia seguinte pela manhã… claro que o pensamento comum vai me tentar terrivelmente a ficar em casa.
    A reação que eu vou sofrer pela ação de me deixar levar por essa egrégora é que eu não vou aprender nada, vou demorar mais pra despertar, vai ser mais difícil resistir a essa egrégora na próxima.

    esse é um exemplo bem simples, de uma escolha consciente…vc não qui quis e não saiu de casa, ponto.
    o problema é com nossas escolhas inconscientes…por exemplo: e se vc decidisse ir pro curso, mas o carro quebrasse, o ônibus atrasasse ou vc fosse sequestrado…vc pode dizer que isso não foi escolha sua, que vc escolheu ir pro curso, mas não conseguiu por causa do carro, ou do motorista do ônibus, ou por causa do sequestrador…mas fazendo isso vc estaria negando o livre-arbítrio…o livre-arbítrio está sempre manifestado…sempre…se vc não foi no curso, independentemente do motivo, foi por uma escolha sua…o carro, o motorista, o sequestrador, apenas foram meios pelos quais sua vontade foi manifestada…

    aí que mora o problema…colocar os culpados fora pra nossas próprias escolhas inconscientes…

    a primeira coisa que fazemos quando algo que [achamos que] não queremos acontece – como perder o curso – é perguntar “por que isso aconteceu comigo?”, quando na verdade deveríamos perguntar “porque eu quis que isso acontecesse?”…aí sim vc pode dizer que está no caminho do auto-conhecimento

  65. Gustavo Dourado

    Olá Tio!
    Tio acho que as ordálias me atacaram, estava fazendo o sefirat e deixei de fazer uns três dias, foram acontecendo coisas alheias a minha vontade que impediam de ter um tempo reservado para fazer o ritual, tem como eu voltar a fazer? vou ter algum prejuízo? Tio seria bom o senhor mostrar algum amuleto ou algo do tipo para proteção…..infelizmente não consegui fazer a consagração da minha moedinha. As ordálias atacam agente nos pontos mais fracos? O meu é o tempo, tem vez que tenho tempo de sobra, mas quando e pra fazer algo como o sefirat o tempo some.

    Abraço!

  66. Pablo

    eu fiz a moeda corretamente e acho que vou perder a bolsa na minha universidade (mais de mil reais de mensalidade =( )
    Well, bora confiar no destino né?!
    qqr coisa, faltam apenas 1327 dias mesmo. quem vai precisar de um diploma?!

    @MDD – Qual é a RAZÂO pela qual você irá perder a bolsa na universidade? quais as causas e efeitos?

  67. Padre Judas

    Valeu pelas respostas.

    Bem, a verdade é que não entendi nada sobre “ser um mago negro”, então. Se puder explicar melhor depois, fico agradecido.

    Suponho que eles também não passem por “ordálias”.

    @MDD – Opa… claro que eles passam. Magia não tem cor, as Ordálias são para todo mundo.

  68. Herculano

    Ramiro Junior, tbm sofri as mesmas coisas foi como se tudo virasse de cabeça p baixo!tudo aquilo que achei que tinha vencido no passado voltou a me atormentar.Esssa é a ¹ª vez que fiz a contagem, daí então parei de tão abalada que fiquei pois aconteceram coisas muito sérias mesmo não só comigo mas com aqueles que são caros para mim, até então estava tão fragilizada que nem fiz ligação de uma coisa com a outra.

    Marcelo, como expliquei acima parei por alguns dias … e retornei agora, não adianta mais?

    Epq se era só eu quem estava fazendo a contagem do Omer, pq as pessoas ao meu redor foram atingidas tbm?

    @MDD – Magicamente, não adianta mais; perdeu… o que acontece é que você provavelmente estava fazendo bem feito e começando a despertar algo mais poderoso dentro de você, e a mente coletiva fez o que podia para te colocar de volta no lugar. Se não consegue te afetar, afeta aqueles ao seu redor, se não consegue, afeta os animais de estimação e, por último, objetos elétrico/eletrônicos. Por isso a importância de nos protegermos com a Cruz Cabalística e o Ritual Menor do pentagrama, que eu devo ensinar pra vocês semana que vem. Mas infelizmente, é uma realidade… magistas acabam se afastando do mundo profano; você até pode estar imersa na multidão, mas você não vai mais se misturar.

  69. Padre Judas

    Cruz Cabalística e RMP protegem entes queridos também? Há rituais para proteger os outros de eventos ruins como os que você cita? Funciona mesmo se elas forem céticas e/ou não tiverem nem idéia de que foram “protegidas”?

    Aqueles saquinhos que dizem servir para “fechar o corpo” (acho que chama “patuá” – não lembro) funciona mesmo? Você vai ensinar também?

  70. Herculano

    Obrigado pela resposta,

    esta sendo muito complicado, mas ele não vão me colocar no “lugar”.´Já que infelizmente perdi a contagem do Omer… o que posso fazer? meditar para me fortalecer?

  71. Tiago

    Olá Marcelo.

    É possível que mente coletiva use uma estratégia “inversa” para conseguir te tirar do caminho? Por exemplo, dar a você a ilusão de que você está progredindo, quando na verdade está no mesmo lugar?

  72. Dsimon

    Ótima pergunta Tiago, também me veio essa dúvida depois que li sua pergunta. Como dizia o tio do Peter Park, “com grandes poderes veem grandes responsabilidades”. Mt 25 14?
    Se o outro lado quiser ver eu me f###r é só me dar aquilo que desejo. Pimba, me enforco em minha própria corda (pois ainda durmo sob um Sol de Sábado).
    Mas Em cima=Em baixo, então só recebo algo que não afeta o equilíbrio. Então essa regra impede atitudes desse tipo.
    Claro, sorte ou revés de Karma não contam, já que estão sobre outra Lei.

    Eu viajei ou tem alguma lógica nisso?

    OFF TOPIC: Outra coisa, como faço pra colocar um avatar?

    Paz e Luz.
    DS.

  73. Tiago

    Olá Dsimon, na verdade a questão é que a mente coletiva pode te dar algo que “parece” com o que você deseja, mas que na verdade é apenas uma ilusão. Assim, se você for orgulhoso, preguiçoso ou ambos, irá parar sua Busca por ali mesmo e a “coletividade borg” vence!

    Talvez essa seja a diferença entre “curiosidade” e “Busca”…

  74. Dsimon

    Oi Tiago,
    Permita-me clarear minha posição, pois acho que ela parece confusa.
    Eu não questiono a diferença entre curiosidade e busca. Ela é cristalina para mim.
    Meu ponto reside na Lei Hermética, tudo que está em cima é igual ao que está em baixo. Assim a mente coletiva não é pior nem melhor à sua Vontade.
    Logo, tentações e prêmios vêem do seu Self.
    Não questiono a origem desses prêmios ou testes, questiono as minhas fraquezas. Não acredito em “parece que você deseja”. Ou é ou não é. Não existe meio termo na Vontade.
    As “ilusões”, e acredito que você usou a palavra correta, são as buscas por trilhas de auto-conhecimento que são infrutíferas. Tanto pelas flores quanto pelos espinhos.
    Mas aí surge uma questão maior: Que trilha é infrutífera para um buscador? Do topo do monte ao baixo do vale todo caminho é caminho, para quem está disposto a caminhar.
    Eu insisto em Mt, 25-14.
    Acho que é aqui que pode residir a resposta.

  75. Duende

    OFF TOPIC: Outra coisa, como faço pra colocar um avatar?

    crie uma conta no gravatar.com
    o email que vc cadastrar é o que eles identificação sua foto nos blogs com essa ferramenta.

  76. RdSP

    DD, qual o propósito de tanto estudo? Escapar do ciclo reencarnatório?!?!? E depois?
    E o que nos esperara no topo da evolução, quando obtivermos todo o conhecimento (evoluir per si não parece um motivo valido)?
    Tem que haver um motivo maior que somente o conhecimento. Talvez eu mesmo tenha que buscar algumas dessas respostas.

    Estou quase decidido a estudar o oculto (embora já esteja estudando, lendo seu site), mas quero estar 100% seguro antes de me atirar na escuridão.

    Obrigado pela atenção!

  77. Guilherme

    Vou repetir a pergunta do Padre Judas

    Cruz Cabalística e RMP protegem entes queridos também? Há rituais para proteger os outros de eventos ruins como os que você cita? Funciona mesmo se elas forem céticas e/ou não tiverem nem idéia de que foram “protegidas”?

    @MDD – Não… o RMP limpa um espaço pre-determinado e o mantém isoldado de influencias externas. Não protege “pessoas”; ele cria uma zona desinfectada de miasmas.

  78. Alef

    RdSP disse: “quero estar 100% seguro antes de me atirar na escuridão”
    No dia que isso existir, eu também quero!
    Pra se fazer um omelete, quebram-se alguns ovos.

  79. RdSP

    Alef, acho que não me expressei muito bem (na verdade foi um desabafo de momento). Eu sei que vou ter que quebrar alguns ovos, mas será que eu realmente gosto de omelete.
    Esse exemplo também não ficou muito bom, um dia ainda consigo expressar o que sinto rsssss

  80. mglls

    O Exotérico e o Esotérico
    deldebbio | 6 de abril de 2009 , Oldak Sérgio o comentário sobre as Ordálias está nest post

  81. EVERTON CARVALHO

    MDD,

    Se eu começar a fazer o Sefirat Ha Omer agora, não tem problema ?

  82. Riyu

    Os cavaleiros do apocalipse tem relação com as ordálias/testes?

    @MDD – Simbolicamente SIM. Quando abre o primeiro selo (desperta o primeiro chakras, realiza a iniciação, etc), um destes cavaleiros aparece, até a Morte, que é o último antes de se abrir Anahata, que é a morte do Ego). Mas é uma ótima idéia para um post lá no Sedentário…

  83. livio

    Imaginamos então que o magista esteja se preparando, incluindo aí no “checklist” a possibilidade de ocorrencias e adversidades.
    Por exemplo, ao invés de dormir e DEPENDER de um despertador para acordar, cuidar antes e eventualmente permacer acordado. Zelar por todas as circunstancias proximas que possam atrapalhar, incluindo essas possibilidades.
    Então – acontece algo para atrapalhar, mas que pode ser contornado e resolvido após o objetivo do magista.
    São degraus que vão preparar o mesmo para lidar com níveis cada vez mais altos, não? Então, não são na verdade, empecilhos, mas pequenas tarefas que vão testar a vontade e fortalecer sua convicção e fazer de um passatempo, um compromisso real e verdadeiro, não?

  84. angelo macarius

    é dom tchelo…seria bom , de repente ter vc ensinando semiotica em meu curso(ñão estou a dizer isso pejorativamente).pelo menos um ou dois iriam ter uma visão menos limitada pela academia a cerca dos mitos e dos simbolos.ABRAXAS.

  85. Eu

    MDD,colocando de um modo simplista pq eu não sou mto bom com palavras:
    Um mago negro;que eu acho ser sinônimo de ” PESSOA DESPERTA VOLTADA PARA O MAL”;tmb passa por Ordálias,como pode haver magos negros ainda.
    Se a resposta é “imediata” ao ato cometido, como alguém pode continuar fazendo “o mal” a outras pessoas?

    @MDD – ótima pergunta… eu responderia: Porque “bem” e “mal” são conceitos que não existem… existe “o que voce quer” e “o que os outros querem”. O que é o mal?

  86. Helder

    Ordália(o) é um tipo de prova judiciária usado para determinar a culpa ou a inocência do acusado, também conhecido como “juízo de Deus” (Wikipédia).
    Interessante o seu texto.
    Pensei em varias coisas mas não cheguei a uma conclusão que virasse um comentário plausível.
    Então, deixo isto: 1 + 1 = 2 ; 3 – 1 = 2 ; 1 * 2 = 2; 6 / 3 = 2; …

  87. danilo

    ainda não entendi bem a definição de ordália mas foi legal que esse assunto retornou e eu pude ler esse post que eu não tinha lido antes…

    ‘Qual é a diferença então, entre o Magista e o profano? A diferença, é que o Magista determinou que a natureza será para ele, um modo fenomenal de expressar sua realidade espiritual. As circunstâncias, portanto, de sua vida são uniformemente adaptadas à sua obra.’

    ‘o magista determinou que a natureza será para ele’

    esse ‘determinou’ é a consciência do todo que é (resumindo muito)??

    porque na real a ‘natureza’ está para todos e suas leis se aplicam igualmente… até os exemplos usados das dificuldades são situações naturais que ocorrem independetemente do sistema de conhecimento e de crenças do indivíduo…

    sei lá… sinto que tudo é a mesma coisa… só muda a forma de interpretar e ler as coisas da vida… e isso acaba por determinar as ferrametas à disposição do indivíduo que pode facilitar/dificultar o processo…

    e eu nunca entendi a mente coletiva/mente universal/alma do mundo como uma força de resistência externa…

    quem cria a resistência somos nós mesmos… não vem de fora… tá tudo dentro da nossa cabeça atuando sempre para reequilibrar as tensões que nós mesmos provocamos!

    quando morremos a tensão maior de todas se cessa… que foi viver!

    e dae começa tudo de novo… em outro plano ou nesse mesmo…

    =D

  88. dri

    pare de sofrer jesus é uma fonte de inesgotável conhecimento, com ele vc pode adquirir todo o conhecimento sem receber nenhum mal em troca apenas vitória. com ele não tem ordália

    @MDD – e o dízimo?

  89. Alexandre I.

    Se todos que começam a estudar o oculto e praticar algo quanto a ele começam a sofrer pelas ordálias, sem exceção, e elas fazem de tudo para você voltar a ser um simples profano, pergunto-lhe:

    Tem alguma explicação para eu não ter tido problemas com nada, considerando que estou lendo todos os textos do site, realizando o exercício dos chakras há pouco mais de duas semanas, além de eu ter realizado o Sefirat ha Omer (anotando tudo) sem problemas também no período?

    Nenhum problema notável ao menos, como os dos outros que comentam. No máximo, uma pequena luta contra a preguiça ou a sensação durante o ômer de “está fazendo errado, desista”.

  90. Aluysvs

    Olá, MDD, há alguma possibilidade do ordálio ser de forma “inversa”? Explico-me. Sempre fui bastante interessado em misticismo/ocultismo, porém, por alguma natureza, nunca consigo persistir por muito tempo numa “semiótica” de mundo, em outras palavras, num conjunto de diretrizes para fundar e construir minha identidade pessoal. Geralmente alterno entre ocultismo (muita leitura e alguma prática escassa de Israel Regardie, Robert Ambelain, Golden Dawn & Hermetismo, etc), budismo zen, psicanálise, fisiculturismo, etc, tudo isso ciclicamente, voltando sempre pelo mesmo círculo, mas não na mesma ordem. Acho q vc entendeu o quero dizer por adotar ou lançar os fundamentos para uma semiótica identitária de vida… No entanto, percebi alguma propensão a acidentes (leves, mas que trazem alumas cicatrizes e prejús) com alguma periodicidade, geralmente quando penso em “abandonar” uma maneira de pensar a vida, (para de estudar ocultismo) ou me encanto com outro modo de pensar a existência. Será isso um “toque” para eu manter-me firme nessa senda? Como dizia Eliphas Levi “duvidar é enlouquecer, parar é cair, voltar atrás é precipitar-se em um abismo”?

  91. Marcelo

    DD,

    A pessoa que encontrou sua verdadeira vontade tem a ajuda/inércia do universo para colocá-la em prática, certo? Então as ordálias não deveria atrapalhar, se a pessoa estiver sendo verdadeira consigo mesmo, não? Ou essa pessoa está sujeita do mesmo jeito?

    Não sei se ficou claro… mas achei um pouco contraditório por um lado tudo conspirando a favor e de outro lado as coisas caminhando contra. Se puder comentar um pouco mais sobre isso.

    Obrigado e abraços

  92. Ariel

    E uma pessoa que estuda e pratica o ocultismo, ainda não passou por nenhuma ordália? O que pode significar?

    @MDD – Boa pergunta. O que pode significar?

  93. felipe

    nossa agora entendo porq quanto mais eu chego perto mais sofre,engraçado quando eu era meio evangelico,ou melhor quando comecei a me afastar da igreja e estudar mais assuntos ocultistas mais aconteciam coisas estranhas,ai eu pensava ou que era Deus ma castigando ou satanas destruindo minha vida,que bom deu mais animo pra continuar adoro contrariar.mas me responde uma pergunta agregora local,por exemplo de uma favela pode interferi com as ordalias e piora-las ou é só amente coletiva que tem mais opçoes para atrapalhar seu desenvolvimento?,se for o ritual da cruz cabalistico mesmo assim ainda funciona normalmente?

    @MDD – Fazer um RMP do lado de uma Igreja Evangelica com certeza deve trazer algum tipo de problema mair do que fazer o mesmo ritual estando na natureza, mesmo se ninguém escutar voce fazendo, por conta da Egrégora, claro. Mas imponha a sua vontade sobre a deles.

  94. Vinicius

    Tem alguma relação as ordálias com o caminho que liga Malkuth à Yesod ser associado com Saturno, sendo que as ordens que seguem o modelo da Árvore nos graus, é tomado esse caminho…?

    @MDD – Sim.

  95. lady elaine

    passei por tudo isso,mas nao sabia que o nome era esse…minha consciencia sempre me dizia: nao siga ninguem!me matriculava num curso, nao conseguia ficar.. ai via o conteudo do curso e ele falava de coisas que eu já havia aprendido sozinha… nesse processo todo,o que mais me machuca ainda é a tal da massa se opondo e me ridicularizando , tambem, quem manda nascer no dia 22,ne? tome!

    familia, nem se fale! fui escrachada, rebaixada, minha propria mae tomou odio de mim..mas tudo tem o seu tempo e saturno me dizia : calma,vc esta em processo de maturidade. Ok, saturno, nove anos depois, ou seu numero! ca estou eu! madura, sim,mais consciente,sim!menos preza a consciencia de massa, com certeza!

    e ha um ano cai na tentacao de tentar me enquadrar para ser aceita…um horror!nao sou mais aceita ! ou eu que nao aceito mais essa consciencia?rsrsr

    ai,ai,esse processo ate que é divertido,viu?

    prazer em conhecer

  96. lady elaine

    ah, so lembrando… a consciencia de massa nao é tao ruim..é um laboratorio pro mago ,para se auto-conhecer,espelhar sua sombra, trabalha-la e se alquimizar

    o que jesus disse: esteja no mundo,mas nao seja do mundo

  97. Michel

    Tenho lido os comentários e creio que a dúvida daqueles que se questionam sobre o porquê da mente coletiva se opor à emancipação ou iluminação pode ser entendido lendo o Tratado das Eneadas de Plotino, filósofo neo-platônico. Segundo ele, a alma é dividida em duas partes:uma inferior ou animal e outro superior, intelectiva – a mesma idéia de Neshamana e Ruach na Cabala. O fluxo normal do homem é seguir a alma animal, quando o homem faz isto não passa de um animal, sem contato com o mundo do Nous, Espírito. Ao iniciar o contato com a alma superior, a alma inferior fica sem energia e consequentemente, também a alma animal do mundo, que ele chama de Anima Mundi. Assim, a Anima Mundi tenta se manter alimentada. Esta idéia também converge com os ensinamentos de Gurdjieff.
    Esperto ter contribuído de algum modo.

  98. E.O.R.

    DD, comecei a estudar ocultismo… existe a chance de eu despertar uma ordália? Eu não gostaria que isso acontecesse… que grau nós alcançamos até despertar uma ordália? Quais conhecimentos eu devo evitar para não despertar uma ordália?

    1. Mariana

      Quais conhecimentos? Todos. Que eu saiba o melhor método para não despertar Ordálias é ficar no mundo créu assistindo BBB e Mulheres Ricas todos os dias.

      Uma Ordália é uma resposta do inconsciente coletivo a qualquer um que está querendo se diferenciar. São os macaquinho batendo no colega que quer fugir da jaula. Não acho que dê pra fugir delas se você quiser ser um estudante sério e de fato se transformar.

  99. ana paula

    MDD,O rmp deve ser feito todos os dias assim que acordar ?
    tipo faz o rmp e vai trabalhar estudar e tudo, como se fosse uma oraçao ao sair de casa ?

    @MDD – Nao precisa ser tao radical… o RMP serve como uma “faxina” no ambiente, quando sentir que ele está muito ruim astralmente.

    1. Felipe

      MDD no meu caso faço praticamente todos os dias, manhã – invocando e noite banindo…tbm por causa da mono 03 da A.A….mas realmente ñ necessita?…Bem e quando vou saber que funcionou?…Me mudei de casa e percebo que não tem os mesmo efeitos energéticos (calafrios, bocejos, lacrimejações e mais calafrios) quando fazia no outro local…apesar de que energeticamente o local era MUITO carregado…A visualização pra mim ainda é um problema, pois não vejo, mais sinto, sinto a presença no físico, mas vejo na minha mente…Ah e voltando ao tema do post, o local que morei e era carregado, encarei como uma ordália, pois foi uma espécie de sofrimento, mas que por fim me ajudou na A.A. pois lá passei da mono 02 pra 03…e as ordáias pra mim ão notórias, percebo que não tenho mais o “sucesso” acadêmico de antes, é difícil encontrar projetos, desenvolver coisas, agora é o quadruplo do trabalho de antes e isso nunca foi fácil…

  100. Marcel

    Esse post cai bem na lista de recomendados

  101. Edson

    Esclarecedor. Mas, de quais formas o buscador pode (e deve) se proteger e se fortalecer face às ordálias? Ela cessará em algum (alguns) momento (s)? É que, a impressão que se se tem é realmente essa: não tem mais como voltar (a pílula vermelha de Morpheus), então devo continuar, mas precisa-se de proteção. Como podemos adquirir e aumentar essa proteção a fim de as ordálias não atingirem tanto e exatamente em pontos tão cruciais?
    Valeu DD. Abraço.

  102. Mahamudh

    A algum tempo fiz um comentario aqui no TdC onde contei um pouco do que ocorreu comigo quando fazia parte de uma religião daimista e da SCA, e hoje por acaso percorrendo o menu da esquerda encontrei este post que me explica muita coisa, tipo, eu ja tinha consciencia que muito do que aconteceu e tem acontecido comigo e de minha responsabilidade no entanto frequento agora um terreiro de umbanda tambor de mina e lá tanto a dirigente como as entidades falam que na religião daimista que eu frequentava lida muito com eguns o que de fato é verdade e que isso foi o que fez eu chegar na situação astral/mental/espiritual que fiquei. Hoje não sou mais membro nem da barquinha nem da SCA e as unicas praticas que tenho feito é afirmações e alguns exercicios que vejo aqui. A minha pergunta é para eu melhorar a minha condição é preciso me associar a uma ordem já que a amenizou mas ainda sinto os efeitos ou com o tempo passa?

  103. Alice

    Marcelo, boa tarde.
    Recebi a minha primeira monogrAfia e fiquei muito decepcionada por não consegui, de forma nenhuma, fazer o exercício de visualização com formas geométricas. Pensei em te escrever para saber se haveria alguma outra forma mas receiei que pudesse parecer que queria burlar alguma coisa.
    Li o texto das ordalias e resolvi escrever. A verdade e que preciso de muita ajuda e ainda não tenho instrumentos suficientes para iniciar no mais básico, me deixando com a sensação de fracasso por não conseguir. To no pasto há muito tempo. Necessito de outros exercícios b a ba para fortalecer a vontade e a imaginação. Grata. Alice

    @MDD – fica tranquila que isso, infelizmente, é comum. As pessoas nos dias de hoje são tolhidas em suas imaginações desde crianças, mas é uma capacidade que TODOS possuem, só falta prática. Comece com objetos que você possui… seu celular, uma caneta, óculos… observe estes objetos por algum tempo e depois coloque-os de lado e tente senti-los nas mãos, mexer neles, visualizar as cores, peso e textura… vai passando para objetos mais difíceis até que seja capaz de criar objetos abstratos.

  104. André Almeida

    Marcelo, se soubesse o quanto este texto e a resposta à Alice me foram importantes….

  105. Khalmyr

    Interessante,então eu devo ter muito potencial,porque para mim nem tem jeito mais de voltar a vidinha “normal e confortável” mesmo se quisesse.

    Me deparei com um comentário em outro post sobre a A.A, dizendo que em certa parte há um juramento com o S.A.G de que “Tudo que não for verdadeiro será eliminado”.A minha dúvida é: Se as mentiras vão cair por terra por assim dizer,tudo o que for injuria e difamação também será eliminado?

    1. Naruto

      Acredito que com isso o Deldebbio quis dizer que tudo que não for verdadeiro para a realização da sua V.V. por exemplo: você é locutor de rádio mas sua V.V é construir prédios, então seu SAG vai fazer vc encontrar com alguém que possa lhe dar a oportunidade de ser um arquiteto ou engenheiro de acordo com sua aptidão para um ou outro pois seu SAG sabe se vc é mais capaz com cálculos ou com design. No entanto existe ainda pessoas que ao invés de estarem buscando a sua VV estão buscando satisfazer seus desejos profanos neste caso após o juramento o SAG dessas pessoas meio que as forçam para o caminho de sua VV, por exemplo: vc é mulherengo e está em todas as baladas e isso está atrapalhando vc cumprir sua VV pq vc só arruma “empreguinhos” para financiar sua vida noturna, então seu SAG faz vc não se adaptar a esses empregos e vc por “coincidência” encontra no metro ou na faculdade um namorada que te faz pensar e casar e tals, dessa forma o seu SAG te tirou o que era falso e estava atrapalhando vc cumprir sua VV. Acho que deve ter dado pra ter uma idéia.

  106. Alerin

    E tem sido problemático pra mim também. Desde que resolvi me aprofundar na existência ocultista só tomei bomba da ordália. Perdi o emprego de programador há 1 ano, então mudei pra carreira de representante comercial, que pra engrenar está difícil, já torrei quase todo dinheiro que me restava nisso. Nesse meio tempo minha esposa tinha contraído dívidas e vendemos o carro de trabalho para paga-las, restando pelo menos o fusca, que tem quebrado uma árvore.
    Ao menos algo de ruim veio pro bem: a casa que alugávamos foi pedida de volta pois a proprietária resolveu voltar para a região, então às pressas tivemos que correr atras de outra, que pelo menos é muito melhor que a anterior, especialmente para me isolar em meditação.

  107. Franco-Atirador

    Marcelo, por favor, só uma pergunta:

    Me explique COMO/POR QUE OCORRE – teórico e praticamente – o efeito de um ritual, por exemplo, RMP.

    Adoro ocultismo mas minha forte veia cética não consegue praticar magia sem entender logicamente. Como podem simples movimentos alterarem um campo/consciência – ou sei la o que mais se altera – ? Onde se fundamentam esses efeitos? Minha intuição diz que deve ter algo a ver com a significação de símbolos, que, por conseguinte, adquire força devido ao uso de muitas mentes, e, os símbolos (sejam imagens, sons, cheiros ou movimentos), por esta razão, são ARBITRÁRIOS, pois você os carrega com a intenção/significação/sentimento. Porém isso contém uma premissa de que esses movimentos ficam registrados em algum lugar no espaço etéreo, com suas respectivas cargas/poderes. Nesse sentido, se eu fizer um ritual altamente usado com o rmp sem estar prestando muita atenção (simbolo bem carregado energeticamente ao longo do tempo pelas mentes, mas pouco empenho da minha), talvez obteria um resultado, e fazendo um ritual que eu mesmo inventei (portanto com pouca ou nenhuma energia de uso) mas como muita concentração/sentimento/intenção, obteria outro. Logo se assim for, fica outra dúvida, do que é mais importante: “símbolos bem carregados” ou minha intenção; isto é, se for assim mesmo que funciona né.

    Favor explicar melhor. SÓ FALTA ISSO PRA EU CAIR DE CABEÇA NA MAGIA!

  108. Omar

    O principal é não temer as ordálias,encara-las não como uma ovelha mas como um leão,e saber que são testes de verdade para um aspirante,do contrário (se elas não existirem) é porque,possivelmente o sujeito não está buscando algo realmente valoroso para si e/ou para os outros.Esse texto foi muito esclarecedor para mim,precisava ler isso para continuar,obrigado!

  109. William

    Uma publicação de 2009, eu estou em 2016 e nessa noite era isso que eu precisa ouvir (ler). Sem detalhes, porque afinal, isso pra vcs é irrelevante. Eu insistia em “puxar” algo que ficou pra trás e não aceitava… hum, aceitava! É acho que já posso conjugar o verbo assim, “eu não aceito” depois desse texto de tornou um “eu não aceitava”.

    E por isso, obrigado.

  110. giovane

    MDD
    me de uma luzinha

    eu to num perrengue danado por causa das ordálias,tinha encontrado meu anjo guardião venci algumas achava que já tava de boa,encontrei de novo dessa vez com alcinogenos ,que eu podia explicar minhas encarnações passadas,eu podia contar toda a historia humana em qualquer oitava (a historia do conheceis os deus e conheceras vc mesmo) ou seja,na minha cabeça,toda desgraça que me aconteceu, ou [email protected] que eu fiz,foi pra chegar no sagrado anjo guardião,por que eu teria que pagar por elas????se era o curso do universo pra mim???
    seriam os profanos a minha volta???
    ou estou pagando apenas por atitudes recentes??
    aquilo sobre suas ordálias me assustou um pouco(eu tava esperando os louros da vida,o que aconteceu com sucesso é a unica possibilidade???)

    agora,as ordálias tão matando forte,eu mato uma,aparece outra maior,já larguei serviço to saindo de casa,acho que até a policia vai me prender kkk

    existe alguma dica além de aguentar no osso ????

  111. cristiano

    não entendo pq alguém ou alguma entidade se disporia a trabalhar para “o outro lado”, ainda mais conhecendo a realidade espiritual e a lei do karma. Pq existem servos do mal, se o mal está destinado a perder?

    @MDD – Por quê as pessoas traficam cocaína, se sabem que é contra a lei e que podem ser presas?

    1. cristiano

      é possível burlar a lei do karma como os traficantes burlam as leis humanas?

      @MDD – Acredito que não, porque quem julga o karma é voce mesmo, desprovido de Ego… então não adianta achar que é malandro, porque do lado de lá, quem vai se obrigar a descer de novo pra consertar as merdas que você fez é você mesmo.

  112. Camila

    CARALHO… Chocada com o que link que fiz com a minha vida e esse texto. Quando minha filha mis nova nasceu junto com ela se formou uma nova energia na minha casa e eu comecei a despertar a espiritualidade. Sempre fui fascinada por bruxas na infância e por magia e química, parecia já ter vivido aquilo. Eu tinha uma “boca” perigosa, como dizia minha mãe. Tipo um dia um amigo do meu namorado me chamou do nome da ex dele, tava bêbado o coitado, nem foi de propósito, olhei pra ele e disse baixinho: quê amasem a porta do seu carro. Bingo, de noite já tinha acontecido. E tudo que faz ding faz dong, sabe o resultado né? Vida que segue… até o dia que resolvi retirar o véu, gente minha vida virou um CAOs e assim segue entre altos e baixos e nunca consigo me concentrar de vez nesse mundo que quero,nos estudos. Tenho seguido, pouco a pouco o progresso. Mas tá lento. Digamos que o meu maior problema ultimamente é que eu causo pane em vários aparelhos elétricos. Um dia entrei muito puta da vida dentro do meu carro e ele simplesmente não ligava. Mandei de guincho pra oficina e recebi um telefonema no outro dia: seu carro não tem e nunca teve nada, chegou aqui funcionando. Já tive sonhos que me mostraram outras encarnações, e até um dia um portal se abriu, era tudo azul, vi uma escrivaninha e um livro, entrei em pânico, ele se fechou. MDD, um conselho? uma luz pra mim… uma ajuda? sei que tenho muito poder, não sei pq e ainda não sei usar. Um dia em uma viagem mais nada haver, fui em um local, uma mulher se aproximou e disse: vc é uma bruxa (gente será que isso só acontece comigo), fiquei assustada, não sabia o que ela queria comigo. Mas o dia que resolvi despertar, tive problemas, (daria um livro e venderia bem) e soluções também. Não posso negar e a vida tá cada vez melhor, pq nada vai me parar. Sory pelo desabafo, se puder me dizer algumas palavras.

  113. Rose

    “Ele é capacitado, a partir desse momento, a fazer sua verdadeira vontade, da melhor forma possível, sem interferência. Ele adentra uma esfera em que cada perturbação é, direta e instantaneamente, compensada. O indivíduo colhe a conseqüência de cada ação imediatamente. Isso é porque ele entrou no que posso chamar de mundo fluídico, onde cada distúrbio é ajustado automática e instantaneamente.”

    Muitíssimo interessante. Ao seguir o caminho de individuação e se refinar nele fala-se que o Inconsciente perdoa cada vez menos, pois com as lições dos níveis anteriores aprendidas o que antes ele perdoava nos nossos tropeços iniciais ele passa a punir com intensidade no mínimo deslize, como nos passos da criação da pedra filosofal. Fico torcendo pra de fato encontrar as correspondências entre a Psique e a magia quando me aprofundar de vez nos meus estudos (o que adio pelo medo da retorta, inclusive), mas esse texto foi um bom sinal nessa hora, talvez para estímulo. Veremos…

    Obrigada MDD, de uma fã dos seus tempos de SH!

Deixe uma resposta