O Verdadeiro Segredo Maçônico


O verdadeiro Segredo Maçônico…
É um segredo de vida
e não de ritual
e do que se lhe relaciona.
Os Graus Maçônicos comunicam àqueles que os recebem,
sabendo como recebe-los,
um certo espírito,
uma certa aceleração da vida
do entendimento
e da intuição,
que atua como uma espécie
de chave mágica dos próprios símbolos,
e dos símbolos
e rituais não maçônicos,
e da própria vida.
É um espírito,
um sopro posto na Alma,
e, por conseguinte,
pela sua natureza,
…incomunicável.

Fernando Pessoa

Este post tem 31 comentários

  1. Rafael Espinoza

    Assim Seja!

  2. Basílio

    Até a explicação sobre ser “iniciado” no seu sentido correto (como imagino que seja), fica diferente nas palavras de Fernando Pessoa…

  3. danilo

    salve,
    seria o segredo da maçonaria uma verdade tão única que jamais um indivíduo que não estabeleça vínculo com a sociedade poderá desfrutar?
    existem segredos essenciais da vida individual que somente podem ser acessados quando se estudou/vivenciou práticas seculares?
    eu não sinto em mim a ‘verdade maior’ que me levará a trabalhar e dedicar minha força ao que -hoje- a maçonaria representa (para mim)…
    estou ‘condenado’ a andar em círculo até realmente me iniciar no desenvolvimento sagrado?
    faço essas perguntas de forma sincera… e agradeço qualquer luz nesses assuntos!
    @MDD – Voce pode ler todos os livros de natação que quiser; só vai saber como é nadar quando entrar em uma piscina. Acho que a comparação é válida.

    1. Dtricio

      Danilo, talvez seja uma questao de fazer a pergunta certa.
      O que você busca? por que você busca? pq vc acha que só a maçonaria pode te dar a resposta para algo que você nem sabe ao certo o que é? existem alternativas, mas depende do que você busca.
      Espero ter ajudado, abraço!

      1. danilo

        fala dtricio e marcelo,
        agradeço pelas considerações e pensamentos!
        dtricio, eu pensei bastante desde que li sua resposta, que na verdade é um pergunta… mas é totalmente válida e isso realmente, no fim do dia, é o que vale para mim… a minha busca!
        e ela não envolve a maçonaria e não envolve nenhuma outra ordem que exerce exclusivismo (seja porque seja o motivo)…
        por outro lado o que eu busco envolve o que eu sei/conheço/sinto… e com o que pude viver e conhecer e experimentar até hoje, te digo de forma sincera, que busco providenciar ajuda aos meus próximos…
        então, digamos que ao me iniciar na maçonaria eu poderia ter acesso à conhecimentos que me favorecessem esse lado de ajuda (principalmente a humanitária mas eu fiz/faço/farei de tudo ao meu alcance), isso seria um diferencial em como eu avalio a mesma… poderia ser interessante nesse aspecto!
        mas não é essa a questão do texto aqui no blog e da minha primeira indagação!
        se existe algo que só o iniciado é capaz de vivenciar e isso favorecê-lo eu não discuto…
        mas é este algo imprescindível aos homens?
        se posso interpretar dessa forma, o nadar apesar de ser um conhecimento libertador não é essencial à vida (bom, pode ser em alguns casos)… assim como ser pai… ser convocado pela seleção brasileira para jogar uma copa… e por ae vai…
        essas são apenas vivências diferentes e que cada indivíduo que a experimenta a transformará (ou não) em ferramenta para auxiliar sua própria busca!
        sei que não é possível limitar a palavras o que tudo é a maçonaria, mas se ela se enquadra nessa ‘categoria’ de vivência então ela é demaisiadamente valorizada por aqueles que a tocaram…
        mas, por outro lado, se o segredo está em algum algo mais então, penso eu, existem regras que estão erradas no sistema!
        ou talvez só estejam desatualizadas (alguns séculos)…
        =)

        1. thibas

          danilo…sim, este “algo” é imprescindível…e também inevitável…todos,um dia, enxergarão esse algo…e sim, é algo que só iniciados podem vivenciar…
          mas o ponto é: para ser um iniciado, não é necessário estar numa ordem ou algo do gênero…não é preciso alguém para te falar que vc é um iniciado…iniciado não é um título que vc recebe…é algo que vc é, independente de onde esteja…
          claro que estar em alguma ordem facilita vc a enxergar esse “algo”…é um lugar onde se reunem buscadores desse algo…aulas, cursos, conversas…lá as coisas caminham na direção desse “algo” (se vc analisar, o universo inteiro caminha na direção desse “algo” – e além -, mas digamos que nas ordens isso é feito conscientemente)…as ordens ajudam as pessoas a evitarem experiências, forncecendo elementos pra que elas aprendam com a meditação, sem precisar passar na pele por certas experiências…evoluir pela meditação é “mais rápido” do que evoluir pelas experiências…tanto que, apesar de ser extremamente difícil (mesmo), é possível que vc, pela meditação, em uma vida consiga aprender o que levaria vidas e vidas, até chegar no ponto de não precisar reencarnar mais..mas se reencarnar, serpá apenas para ajudar, não para apender…
          esse “algo” não está nas experiências…não é algo que esteja em algum ritual ou conhecimento…é algo que vc sente…por isso é chamado segredo…vc só pode sentir, não pode contar…palavras não são suficientes…

          1. danilo

            fala thibas… teu avatar é istaile! eu curtia esse desenho!
            =)
            concordo com você em alguns pontos e em outros temos pensamentos diferentes porém na mesma direção…
            se é inevitável que todos nós um dia (gado, irmão, profano, evangélico… e qualquer outro rótulo que já tenham inventado) nos iniciemos… por que não facilitar?
            as regras para se conduzir a vida já estão impressas em algum lugar no indivíduo (ou então o link para serem acessadas já existe)… vai de cada um fazer uso ou não… e você descreveu bem o processo… infinitos são os caminhos…
            é meu entendimento (e sou falho e procuro aprender e me corrigir a cada dia a cada instante) que não há distinção entre os homens/mulheres… todos são criados iguais, todos estão sujeitos às mesmas regras e todos criam e destróem…
            é inevitável o processo… mas talvez, não seja imprescindível o segredo…

  4. Chico Kaupa.'.

    Grande Fernando Pessoa…um dos maiores maçons (na minha modesta opinião) sem nunca ter sido.

  5. raph

    Ao mesmo tempo que ele ocultou, também deixou exposto a quem pudesse compreender. Foi um gênio das palavras, sem dúvida.

  6. Quem tiver olhos de ver que veja. Quem tiver ouvidos de ouvir, que ouça.
    Sábias palavras as de Fernando Pessoa.

  7. Henrique

    Marcelo, o Fernando Pessoa pelo que eu saiba não era Maçom, e isto é o mais legal…
    ou ele era?
    Outra do Fernando Pessoa, que me arrepia…
    Conta a lenda que dormia
    Uma Princesa encantada
    A quem só despertaria
    Um Infante, que viria
    De além do muro da estrada.
    Ele tinha que, tentado,
    Vencer o mal e o bem,
    Antes que, já libertado,
    Deixasse o caminho errado
    Por o que à Princesa vem.
    A Princesa Adormecida,
    Se espera, dormindo espera,
    Sonha em morte a sua vida,
    E orna-lhe a fronte esquecida,
    Verde, uma grinalda de hera.
    Longe o Infante, esforçado,
    Sem saber que intuito tem,
    Rompe o caminho fadado,
    Ele dela é ignorado,
    Ela para ele é ninguém.
    Mas cada um cumpre o Destino
    Ela dormindo encantada,
    Ele buscando-a sem tino
    Pelo processo divino
    Que faz existir a estrada.
    E, se bem que seja obscuro
    Tudo pela estrada fora,
    E falso, ele vem seguro,
    E vencendo estrada e muro,
    Chega onde em sono ela mora,
    E, inda tonto do que houvera,
    À cabeça, em maresia,
    Ergue a mão, e encontra hera,
    E vê que ele mesmo era
    A Princesa que dormia…

    1. Ianna

      Belíssima apologia a kundalini. Fernando Pessoa tava muito inspirado.

  8. ilhan

    Só não entendo porque este sopro não pode ser posto na alma das mulheres. Afinal, não somos também criaturas de Deus ?
    De qualquer forma, Fernando Pessoa é sempre Fernando Pessoa.
    @MDD – As mulheres possuem outras Ordens Iniciáticas voltadas para elas, como a Dança do Ventre, Oráculos, as Ordens Rosacruzes e Martinistas, as Filhas de Jó, as Raibows e a Estrela do Oriente.

  9. Geansm

    Q quem sabe não fala, não diz…(Raul Seixa)
    mas, existe uma forma de chamar a atenção ou só dizer que tbm quer nadar eh o suficiente para que permitam você entrar na piscina.
    ou o Raul Seixas tava certo, não se diz

    1. geansm

      MDD, o que vc acha do solicitação de afiliação online da AMORC?, aqui no meu bairro tem um salão com uma faixa da Ordem, mas em nem um dia eu a vejo em atividade. tbm tem um loja maçonica mas eu nao conheço ninguem de lá…
      @MDD – A filiação online é para a GLP (Grande Loja da Jurisdição da língua portuguesa), onde voce vai receber primeiro as monografias na sua casa para estudar sozinho. Somente depois de um ano de preparação é que você pode se filiar a um templo (isso serve para limar os curiosos e deixar somente quem está mesmo interessado). Que cidade voce mora? me manda por email, eu procuro aqui os dias que o Pronaos que voce me passar funciona.

  10. Claudio Kreid

    Os tempos são chegados, quem viver, verá.

  11. Fernando

    Com todo o respeito a todos aqueles que participam de ordens, confrarias, congregações e etc.: Não faço parte de nenhuma, apesar de conhecer um pouquinho a Rosacruz, e concordo e muito com o Aleyster Crowley quando disse que “o conhecimento é e deve ser livre”. Acho que esse negócio de ficar segregando conhecimento das massas só serve pra gerar especulação e aumentar a curiosidade do povo acerca das reais atividades que determinada entidade realiza. Além de ser de tremendo mal gosto. Acredito que meu comentário é meio destoante dos demais, mas é apenas um pensamento. E se existe algo de tão elevado nesse tipo de conhecimento que necessite de um emissário humano arbitrando sobre quem deve ou não ter acesso a esse conteúdo, isso acaba sendo tão mesquinho quanto o que os exploradores da fé fazem com o povão, só que em nível intelectual, digamos, mais “elevado”. Pra quem gosta de paralelos com a “Matrix”: “quando você deixar uma matrix, já haverá outra te esperando”. PAX
    @MDD – Eu discordo. E quanto mais escrevo para blogs abertos como o Sedentário ou vou a programas como o superpop, mais me convenço que estas informações precisam ficar bem longe do gado. Tudo o que os profanos colocam as mãos eles estragam; e as Ordens tem a obrigação de proteger este conhecimento. Isso fica muito claro quando coloco um mesmo texto (sobre Astrologia, por exemplo) aqui e no Sedentário e lemos os comentários de cada blog.

    1. Klebera!

      ” Tudo o que os profanos colocam as mãos eles estragam; ”
      Os ditos profanos possuem esse poder de estragar algo tão poderoso?
      Ou o “estragar” seria algo como um rico metido a besta dizer que um pobre nunca poderá usar Armani?
      Desculpe minha ignorância, mas sinto que. pra se ter conhecimento, é necessário fazer um curso prático de “panelinha” antes.
      Achei meu comentário meio fora do ritmo dos outros, mas, como disseram os grandes: “O que está em cima é como o que está embaixo, ambos com os mesmos valores”. A parte dos valores é minha insigni opinião.
      @MDD – Se voce chama aqueles que tem a determinação de sairem do profano para irem buscar o espiritual de “panelinha”, então SIM, espero mesmo que este conhecimento fique na “panelinha”.

      1. Klebera!

        Tem razão Marcelo, minha prepotência achando que mereço informação assim de bandeja me trai as vezes. Não leve a mal, estou rodeado de gente adormecida (pelo menos acho) e analisando minha evolução sinto q estou mais acordado que muitos, mas pensando de forma ampla, sou apenas mais um no meio de milhares com mais consciência. Não os vejo no meu círculo social, mas que tem, deve ter.
        Uma pergunta, já assistiu MIB? Não tem nada a ver, mas tem uma cena em que o faz Tomy Lee Jones faz em q ele está fazendo uma seleção com vários militares e o Will Smith, com quantos militares vc se depara diariamente? 🙂
        @MDD – No sedentário? vários e vários por dia. Da pra dividir entre céticos, ateus, crentes e esquisotéricos.

    2. Fernando

      Só um parênteses: a Rosacruz é uma ordem bem bacana, conheço alguns Rosacruzes, todos pessoas de bem e bastante coesas, e até recebi as primeiras monografias que, como o DD disse, são apenas a ponta do Iceberg para todo o vasto conhecimento Rosacruz. Não vou entrar em detalhes, óbvio, porque respeito muito a questão do sigilo e acredito que exista sim necessidade de PARTE desse conhecimento ser transmitido discretamente apenas a determinado grupo de pessoas, até porque diferente da Maçonaria, cujo ingresso se dá, até onde sei, somente por indicação de um membro, é tradição da Rosacruz que não sejam feitas apologias e “propagandas” a respeito da mesma, no intuito de que as pessoas que verdadeiramente sintam que esta pode contribuir para sua evolução o façam livre de quaisquer pressupostos.
      Minha crítica – até onde quis chegar minha intenção – foi no sentido de que tais ordens poderiam ter uma atuação mais contundente na formação da opinião das pessoas, por abrigarem em suas fileiras pessoas muito esclarecidas, apesar que uma pessoa com o mínimo de discernimento consegue notar onde estas atuam, o que comprova – apesar de mínima – a existência de atuação “fora” das ordens.
      Não me considero um “Rosacruz” pelo fato de que o aprofundamento no estudo exige votos de sigilo, o que por minha atuação na sociedade e por perfil pessoal é incompatível com minha visão de liberdade do conhecimento. Mesmo que a formulação de determinado conceito abstraído por mim se aproxime da visão Rosacruz, ainda assim foi minha, de influência acidental. Prefiro assim, particularmente. Meio Dr. Langdon, mas real!
      Acredito que muito do conhecimento das ordens estejam de certo modo ao acesso daqueles que queiram obtê-lo por conta própria, apesar de ser este um caminho muito tortuoso; prova disso me é dada quando converso com pessoas de meu convívio que, apesar de nunca sequer terem obtido qualquer tipo de contato com ordens místicas ou ocultismo, desenvolverem esses assuntos com muita coerência, e de forma natural.
      Acho que consegui justificar meu ponto de vista de forma mais coesa.
      Quanto ao hermetismo, é simplesmente lindo! PAX

  12. paulo

    MDD
    por favor explique melhor como se convenceu, indo ao superpop e escrevendo algo no sedentário que informação tem que ficar longe do povo?
    qual o ponto de ter conhecimento se não vai utilizar ele para algo? se eu soubesse uma formula secreta para um tipo de energia renovável criaria uma ordem para “proteger” a formula?
    como alguém vai estragar conhecimento?
    sabe o que profano significa? se sim sabe que o povo dessas ordems também são profanos, e por que eles não estragariam esse dito conhecimento?
    como isso fica claro quando você lê comentários de alguém em blogs?
    @MDD – O Carro Navalis de Ísis foi transformado em desfile de escola de samba, a dança iniciática dos 7 véus foi transformada em strip-tease, os Oráculos viraram jogos de carta, Astrologia virou horóscopo de jornal, Tantra-Yoga virou aquele treco-de-Rose, Artes Marciais viraram MMA, A Umbanda virou os charlatões do amor, o cristianismo virou a IURD, a própria maçonaria está virando o clube dos tios ricos… SIM, tudo que cai na mão dos profanos é estragado. O conhecimento precisa SIM ficar preservado dentro de Ordens Iniciáticas cada vez mais afastadas do gado .
    Eu gostaria de verdade que cada pessoa do planeta tivesse acesso ao seu mapa Astral quando criança, que lhes fosse explicado o que cada aspectação significa e o que cada um deles pudesse trabalhar este conhecimento para realizar a Verdadeira Vontade… se isso fosse feito, o Planeta estaria consertado em 20 anos… mas isso é totalmente utópico. Assistimos a guerrinhas de ateus e crentes limitados, cada um tentando estragar mais que o outro o conhecimento hermético. E até a humanidade melhorar, preferimos que o conhecimento fique fechado apenas para quem for buscar, e não escancarado nos programas de TV.

    1. paulo

      o que dessas coisas é ruim?
      um jogo de cartas? uma desfile de escolas de samba? MMA?
      nem me vem com charlatões do amor, que eles provavelmente existiam bem antes de umbanda.
      cristianismo nunca foi la essas coisas, sem ele igrejas como a iurd apareceriam do mesmo jeito, sempre vai ter gente para tirar proveito da falta de conhecimento dos outros.
      astrologia sempre foi e sempre sera pseudo-ciência, o mesmo que horoscopo.
      @MDD – Sua frase já demonstra sua completa ignorancia a respeito do tema. Fica muito dificil argumentar com um sujeito que nem se esforçou para saber do que está debatendo. Sao criticas vazias, fundamentadas em vento. Se voce nao tem capacidade pra entender a diferença entre uma filosofia marcial e o MMA, se não consegue distinguir tarot de cartas, ou cristianismo de IURD, fica dificil… é como eu discutir cálculo numérico com um moleque da 5a série…
      o que você citou não é nada de mais, tudo teria acontecido de um jeito ou de outro. se você acha que não, é ingenuidade sua.
      nem religião nenhuma, nem ateísmo nem nada desse tipo deveria ser ensinado para crianças, temos que deixa-las crescerem e tomar essas decisões sozinhas.
      sinceramente, estou tendo trabalho para levar o que você diz a serio, você me lembra religiosos fanáticos que acham que são superiores ao resto do povo somente por que acreditam em algo que – segundo eles – é a verdade.
      @MDD – Seu trabalho em entender os temas propostos se deve à seu completo despreparo em relação a estes assuntos. Estude mais e verá que nada aqui é baseado em imposições, eu apenas apresento a lógica e cada leitor que toma suas próprias decisões.
      e de novo, qual o ponto de ter conhecimento se não vai utilizar ele para algo?
      como alguém vai estragar conhecimento? como isso fica claro lendo comentários em blogs?
      @MDD – Existem diversos tipos de conhecimento. Não vou ensinar, por exemplo, como se faz uma bomba caseira aqui no blog, ou como se desliga um chakra de uma pessoa para deixá-la doente, ou como se faz uma amarração de verdade ou uma conjuração goética. Nao vou ensinar quais tipos de mantra ativam o chakra básico e a adrenalina, pois sei que poderiam ser usados em brigas de torcida, por exemplo.

    2. Mariana

      Olá!
      Bem acho que, se essas coisas que falou “dança iniciática dos 7 véus foi transformada em strip-tease, os Oráculos viraram jogos de carta, Astrologia virou horóscopo de jornal, Tantra-Yoga virou aquele treco-de-Rose, Artes Marciais viraram MMA, A Umbanda virou os charlatões do amor, o cristianismo virou a IURD, a própria maçonaria está virando o clube dos tios ricos” são vistas dessa forma, não acha que é justamente por uma verdade estar velada?
      Na boa, vou ser bem sincera, qndo te vi no Superpop, com aqueles outros, um deles era aquele ateu da ATEA… Naquele (não sei se foi outras vezes), mas acho q era um programa q falava de Illuminati, então, não dei mta bola pro q vc falou não… E não me diga q n foi pq n me interesso pelo assunto, ou n entendi, mas pq simplesmente naquele programa vc n passou nem 1 décimo do que realmente é, no sentido de conhecer as coisas de maneira tão ampla… Ficou tudo uma salada e quem n entendia entendeu menos ainda… Um tempo depois q, pelas minhas buscas de informações, cheguei aqui e achei muito interessante, fui ver quem era o dono e ali me dei conta q vc parecia ser “aquele do superpop”… Achei a situação mto engraçada! Pq aqui vi outra pessoa totalmente diferente…
      @MDD – mas voce chegou até aqui… e sem o Superpop pra alavancar os hits do site (todos os posts da semana no qual apareço no Superpop são planejados com palavras-chaves para alavancar os mecanismos de busca), o google não iria me colocar na primeira página das pesquisas de Astrologia, Pirâmides, Tarot, Maçonaria, etc… e menos pessoas chegariam até aqui. Então, sempre que eles chamarem, eu irei.
      Ou seja, o q sai na mídia n é a mesma coisa (Não mesmo!) q vemos, por exemplo, na internet… Desse forma, como q os mais ignorantes vão compreender essas coisas? Ou se instigar a realmente querer entender? O que vejo são eles verem tudo de forma mais distorcida ainda, é o q acho… Pq se eu me baseasse na tv pra tentar ser cética de verdade, continuaria pseudo cética (confesso q já fui). Poxa, se o Edir Macedo engana um monte de gente com o papo dele, p q não poderiam “enganar” as pessoas com coisas boas? Qndo disse enganar me referia as pessoas q talvez não tenham capacidade de questionamento ao ponto de entender q IURD é manipulação, e a própria Católica tb… Pq então não fazer uma “manipulação” pro bem? Espero q tenha entendido o q eu disse com manipular… E espero que entenda que minha dúvida é legítima! Gostaria mto de entender isso…
      Poxa, durante toda a história o que vemos é sempre uma minoria no poder manipulando uma maioria, onde nessa maioria uns vivem reféns do materialismo(tanto no sentido de valores qndo no de se afastar da verdadeira espiritualidade) e conseguem até o que querem trabalhando sem parar e outros vivem marginalizados na sociedade, passando fome, sendo humilhados e, muitos desses, só alimentam raiva dos que tem algo e olha q n precisa ser um rico n, basta ser aquele q tem uma casa e um carro bom, anda com roupas boas, mas q foi a base de muito esforço, isso já basta pra ser “a burguesia”… Sempre foi assim… Mesmo antes do capitalismo, o povão tinha q trabalhar pra literalmente sustentar seus reis… Se as pessoas não entenderem o quanto de poder o ser-humano guarda, como vão se livrar dessa prisão? Dessa ilusão do materialismo e da própria ilusão de que o que se passa na mídia é verdade absoluta? Dessa coisa de ver um comercial de Shampoo e achar q vão ficar com o cabelo mais lindo do mundo, igual o da modelo com aquele cabelo perfeito, q certamente ficou assim com horas de trabalho de um bom cabeleireiro. E mesmo comprando o Shampoo e vendo q era uma lorota (pode até dar algum resultado bom, mas jamais como da modelo q aparece), mesmo assim, continuam se iludindo com outros comerciais do tipo (pra mim comerciais de shampoo são os mais descarados, hehehe)…(!)
      @MDD – Li isso e enquanto pensava na resposta, acabei de abrir um email do escritor Victor Adrião no qual ele escreve: “Nenhum tirano começa por sê-lo, todos (excepto os retratados no clássico 1984 de George Orwell) desejam o melhor para o mundo e para a humanidade, até que por fim, confrontados com as rédeas do poder e com as ferramentas capazes de moldar a sociedade a seu bel-prazer, caem como caíram os anjos – que foram os primeiros a povoar o inferno com boas intenções”. Sincronicidade 🙂

      1. Mariana

        Só pra complementar, eu sei q quem quer saber das coisas n vai ficar vendo só tv, mas ela poderia ao menos instigar as pessoas de uma maneira mais correta,sabemos o qnto a TV manipula as informações… É disso q falo, ela n parece querer ajudar, mas confundir ainda mais!! Foi o q vi no Superpop desse dia que relatei. Por isso acho q a culpa n é da informação q chega ao povão, nem do povão, mas de quem passa essa informação q geralmente é distorcida.
        Tem pessoas q estão na ignorância , mas se houvesse uma pequena oportunidade iriam abrir os olhos ou pelo menos, ver o mundo de maneira mais “correta”, sem por exemplo, achar q existe um Deus de “barba no céu”, ou que, só pq os animais “não tem alma” (visão tosca pra dar motivos pra exploração)que devem ser tratados como meros objetos, pq “Deus os fizeram pra nos servir…”. Entendo MUITO (sério mesmo) certos segredos serem escondidos, mas convenhamos, do jeito q se fala parece até q só pessoas de boa índole q os conhecem e os manipulam… Sabemos mto bem q n é assim. E não to falando só de charlatão ou de espertalhão que usa coisa q sabe pra tirar dinheiro, mas falo de coisas mais sublimes e bem mais sérias…Sublimes pra quem sofre e n sabe o q é q se passa de verdade.
        Se existe magia e se a magia pode fazer coisas bem ruins (precisando de pessoas preparadas pra desfazer certas magias e se livrar de obsessores), é muita ingenuidade achar q pessoas poderosas n a utilizam em ingênuos para atingir seus objetivos… Aliás n seriam alguns desses mesmo poderosos os que teriam interesse na manipulação da tv? Imaginem só a tv falando dessas coisas de maneira séria? Será q isso acontecerá um dia? Será q haveria interesse nisso? Será q não existem pessoas “pondo lenha na fogueira” pro pseudo ceticismo? E pro fanatismo religioso tb? Confundido cada vez mais as pessoas? Será que há interesse mesmo de q as pessoas saibam certas coisas? Acredito muito que existam muitas conspirações sobre conspirações. Conspirações toscas pra dar motivos pra n se crer em conspirações verdadeiras.
        É disso q falo q n é pq é velado que está guardado de pessoas com más intenções… Será que está? (outra dúvida legítima, quero muito entender)
        @MDD – Existem basicamente 3 motivos pelos quais eu vou no Superpop. O primeiro é que as visitas no site passam de 20.000 aqui no dia e no dia seguinte ao programa; o segundo motivo é que, se eu não for, darão espaço pra algum zé ruela, então é melhor eu ir porque, pelo menos tenho alguma noção do que estou falando; o terceiro e mais importante motivo é que posso sacanear com o Padre Quevedo e o Daniel Sottomaior na frente das câmeras.

  13. marques

    Marcelo , sua resposta ao Paulo foi magnifica.

  14. Padawan

    Acho que abrir o conhecimento tem seu lado positivo e negativo:
    – Lutero tornou a Bíblia acessível a todos. Por outro lado, o cristianismo se dividiu em 30.000 grupos que não se bicam, não se entendem e se acusam mutuamente. (E quem acha que a ICAR é um bloco monolítico deveria se tocar que dentro dela há desde aqueles que praticam o cristianismo mais puro e sagrado até os que representam o máximo da perversão. Há inúmeros exemplos dos dois casos.)
    – Hoje, qualquer um pode estudar astrologia, tarô, artes marciais, dança do ventre, etc. Consequentemente temos um número enorme de charlatões.
    – Qualquer um pode cursar uma universidade, e o ensino universitário está cada vez pior. As particulares são basicamente um curso técnico avançado. As públicas estão infiltradas de promíscuos, drogados, comunistas, malucos, revolucionários, arruaceiros, etc. (Inclusive entre os professores e dirigentes!!!)
    Muitos dos conhecimentos “secretos” estão por aí, acessíveis a todos – é só procurar – e se correr atrás da bibliografia indicada pelo MDD vai achando todas as pistas. Dá um trabalhão separar o joio do trigo em algumas obras, mas tem que ser assim mesmo…
    Não sou maçon, mas digo para eles que se quiserem esconder seu segredo para sempre é só colocá-lo em um LIVRO. Em primeiro lugar, porque ninguém vai entender mesmo, e em segundo porque os brasileiros lêem em média menos de um livro por ano e se for de “esoterismo”, certamente vai ser do Paulo Coelho ou da Mônica Buonfiglio.

  15. marques

    Para o Geansm:
    Gean, a AMORC faz em um determinado dia da semana , uma harmonização aberta ao público,(no Capítulo daqui onde moro é realizado nas quartas-feiras) ,onde as pessoas podem conhecer o que a Ordem oferece a quem se filiar.
    Vc deveria procurar um membro da AMORC e se informar do dia em que fazerm a Harmonização e participar.
    Espero ter ajudado.

  16. Del Debbio, você é o Chuck Norris!
    Parabéns pelos seus artigos interessantes e cheio de mistérios.
    Gostaria que postasse mais sobre a Maçonaria, e a sua influência no mundo todo.
    E pare de atacar a ICAR!! rsrs
    Que a paz de Deus esteja convosco!

  17. rafbts

    Na minha opinião, esses ritos podem serem substituídos por praticas de ordens mais abertas como a amorc e agora também a Arcanun Arcanorum, que o levam em rumo a sua Verdadeira Vontade.E para fazer sua verdadeira vontade você não precisa estar em alguma ordem, basta encontrar o que você mais gosta de fazer na vida e consequentemente ter sucesso. Não precisa ter inveja dos maçons. rsrs

  18. Raposa

    Seria bem melhor o conhecimento ficar na panelinha mesmo, pois se sai qualquer coisa do círculo, acaba virando modinha.
    Até pertencer a uma Ordem hoje já virou modinha – um retardado querendo se aparecer mais que o outro:
    fulano se exibindo porque está mais avançado nos graus; ciclano com um egão enorme porque conhece coisas que nenhum outro membro “inferior” conhece, ou porque tem a chave dos segredos do Universo (aff!); crias de orkut brigando pra ver quem tem o Maioral mais foda… parece mais disputa de Yu-gi-Oh.
    Tem muito ocultista aqui no TdC que adora chinelear os “evangélicos & cia” por serem fanáticos, mas agem da mesma forma quando alguém faz uma pergunta qualquer, e em vez de responder, inflam o airbag pra dizer ” pô, tu não sabia disso??? que burro!!!”.
    Sei lá, acho que tudo está saindo do controle. Quanto mais perfeito se tenta parecer ser, mais se mostra o quanto é falho.
    Por isso é melhor que as Ordens Secretas continuem Secretas, pra não virar essa parafernália pseudo-intelectual nos sites da web, porque só na web são perfeitos. Na vida prática, esse mundo é como “Cambalache”, já dizia o Raul.
    Eis a “Nova Era Prometida” dos esquisotéricos… E a única promessa é que os evangélicos vão dar lugar a um bando de hipsters retardados pregando o “Namastê” e achando que vão trazer a cura quântica para o mundo e transforma-lo num Éden multicor.
    Nessas horas eu até sinto falta dos hippies… pelo menos na época eles tinham o Led Zeppelin.
    Hoje nem existe mais música, só Mercado Musical.
    E viva o Cambalache!!!

  19. celio machado

    Fernando Pessoa do seu modo revelou o segredo.; que relamente tem a ver com a fonte de vida no nosso planeta porém oculta a milhares de anos de nos os profanos ou seja homens de superficie. Procurem a origem da palavra profano e entenderão. o porque foi usado o termo superfície. Não se pode chegar ao real segredo da noite para o dia; alem de que temos que deixar de lado o conhecimento cientifico academico; pois este cega em parte nossos olhos para a verdade não divulgada para os não iniciados. Esqueça em parte o que foi nos ensinado pela geografia do nosso planeta e procure em fontes rabinicas sobre o genesis e verá o que foi ocultado da maioria dos humanos por questoes de “segurança”. |Existem alguns homens poderosos que sabem da verdade mas não podem divulga-la porque a ambição do ser humano por poder é demasiadamente grande. Pense bem: existe logica em um pai construir uma casa para seu filho e este venha a abandona-la e passar a morar em cima da laje desta? Ao que parece o ser humano assim o fez passando a habitar no exterior sofrendo suas consequencias ficando obrigado a criar atificilamente paredes para o proteger. Parece teoria da conspiração mas não é; é muito mais profundo literalmente do que se possa imaginar.

Deixe uma resposta