Diário de Bordo: Brasília

Escrevo para agradecer ao irmão Kennyo Ismail, Davidson e o pessoal da ARLS Flor de Lotus, bem como a garotada da Ordem Demolay e o Projeto Mayhem, pela recepção e pelo final de semana.

Na sexta feira, tivemos uma Palestra sobre a “Kabbalah e os Deuses de todas as Religiões” com cerca de 1h30 na ARLS Flor de Lotus, que é coordenada pelo irmão Kennyo, autor do blog No Esquadro e um dos maiores estudiosos de maçonaria aqui do Brasil.
Sábado e Domingo organizamos os cursos de Kabbalah e Astrologia Hermética voltados para a História da Arte e o hermetismo para a galera do Mayhem, saindo para beber e bater papo todas as noites após os cursos.
Segunda feira, o ir.’. Kennyo me levou para fazer uma tour pela cidade. Visitamos a sede da LBV, que achei muito interessante e afinada com o que defendemos aqui no TdC. Um templo ecumênico voltado para todas as religiões.
Em seguida, visitamos o Museu Maçônico Ariovaldo Vulcano, na sede do Grande Oriente do Brasil, onde o curador, ir.’. Luiz Alberto Chaves nos acompanhou. Tivemos a oportunidade de conhecer uma das penas de ouro com que a princesa Isabel assinou a Lei Áurea e aposto que você também não sabia que ela tinha um esquadro e compasso gravados nela…
Visitamos a sede do SCODRFB e os passeios obrigatórios pela explanada dos Ministérios. Fiquei feliz em ver que dois textos do blog haviam sido selecionados para publicação na Revista Demolay, eu estava tão mega ocupado este final de ano que nem lembrava mais de ter mandado os textos para publicação.

Este post tem 18 comentários

  1. Alfredo Carvalho

    Foi bacana a palestra. Gostei!

    (Obs.: Eu vou me casar naquele templo da LBV, daqui 2 meses).

  2. Brasileiro

    MDD, valeu pelo conhecimento compartilhado! Mto bom os cursos, conseguir alinhavar muito do que eu já acompanhava no blog nesses últimos anos!

  3. Aline

    MDD, uma pergunta off-topic:

    Em uma resposta a um leitor, em um velho post sobre os demônios da goetia, você menciona o seguinte:

    @MDD – voce esta confundindo entidades com eguns, e esta cometendo o erro de raciocinio de achar que todo mundo quer virar bolinha de luz branca, e não é o caso. Há entidades cuja Verdadeira Vontade é a destruição.

    Isso quer dizer que a Verdadeira Vontade é a mesma, independente da encarnação que estás ou do seu nível de evolução?!
    Eu entendia que os mapas astrais eram pistas para a descoberta da Verdadeira Vontade NAQUELA encarnação específica. Do tipo “o que você deve fazer nessa vida de modo a resgatar o karma que se propôs”.

    Porém, o que você escreveu dá a entender que certas entidades (e imagino que pessoas também), já “nasceram” ou foram criadas com um propósito específico.

    @MDD – A Verdadeira Vontade transcende encarnações. Um lutador de MMA de UFC de hoje certamente foi gladiador romano, por exemplo. o Mapa de um deles o ajudará a entender outros aspectos importantes de sua vida, mas a essência de uma pessoa é basicamente a mesma em todas as encarnações. Isso significa que se voce é médico e ama medicina, é porque já foi curandeiro, médico, etc em outras vidas, se é advogado, lidava com leis… comerciante; comércio e assim por diante. alguem que faça a pergunta “mas toda vida fazendo as mesmas coisas? isso nao enjoa?” certamente não sabe o que é a Verdadeira Vontade 🙂

    1. Po… eu faço Odontologia… eu era o q então??? Torturador??? rsrsrsrs(Piada de dentista! =P)

      @MDD – Vai saber? kkkkk

    2. Leon

      Assim sendo,o que determina a Verdadeira Vontade do SER?Ele é criado/nasce/desperta com uma VV ja definida por algum desígnio MAIOR,ou vai tomando forma junto com a ascenção da individualidade?

      1. Leon

        É,acho que essa só quem subir até o topo da arvore pode saber xD

    3. Aline

      Claro, eu concordo. Descobrir é qual é sua Verdadeira Vontade quando você ama fazer muitas coisas que é complicado. =]

      Mas, se você pensar em alguém cuja Verdadeira Vontade seja “tomar conta das coisas dos outros” (que costuma ser uma das oitavas altas do signo de escorpião, certo?!), tanto faz a pessoa ser um banqueiro corrupto, um político, uma secretária ou um sacerdote (no sentido de tomar conta da alma ou da orientação espiritual na vida das pessoas). Ou uma pessoa que tenha habilidades de comunicação, tanto pode se tornar um mentiroso quanto um orientador espiritual – embora hoje em dia ambos não estejam tão distantes entre si.

      O meu ponto é, se a Verdadeira Vontade não é influenciada pelo caráter da pessoa, é um destino pré-determinado, ela tanto pode escolher agir nas oitavas mais altas ou nas mais baixas e ainda assim seguir sua VV. E, neste caso, como fica seu livre arbítrio?!

      @MDD – Em escolher quais oitavas voce quer trabalhar.

      Na sua frase, você falava específicamente de seres cuja Verdadeira Vontade é a destruição.
      Qual o sentido de ele se esforçar para agir de uma forma ‘melhor’ se no final todos os caminhos levam à sua VV?!
      Ou, se ele realmente tiver o poder de escolha, livre arbítrio, e decidir seguir por um caminho melhor e contrário à sua VV, isso não significa que a VV dele está errada ou, pelo menos, não é absoluta?!

      @MDD – O que é “melhor”? anjinhos? qua a sua definiçao de melhor ou pior? voce nao esta confundindo com bem e mal??

    4. Josias

      entao se fizer o mapa astral de uma pessoa em todas as encarnaçoes dela, os mapas vao apontar a mesma VV?

      @MDD – Nao necessariamente, mas possível. O problema é que estamos anos luz antes de chegar a este ponto de pesquisa e recolhimento de material para tabulação…

    5. Douglas

      O difícil é fazer o paralelo entre as novas profissões (principalmente as técnicas relacionadas à tecnologia) e as anteriores. Não que isso seja fundamental, mas é interessante… 🙂

  4. Henrique Estrela

    MDD, considero os eventos, dos quais eu participei, mais do que um curso, pois proporcionaram-me mais do que o esperado. Muito obrigado pela chave.

  5. Marcelo

    Pena que somente pude comparecer no sábado.
    O curso de Astrologia fica para a próxima.
    Ainda assim, os estudos continuam…

  6. Kennyo Ismail

    Meu Ir.’. MDD, todos nós aprendemos muito contigo com sua palestra na sexta-feira, e foi uma honra poder contar com sua companhia na segunda e assim aprender um pouco mais.

  7. Paulo Amazonas

    Foi uma honra poder assistir a Palestra que nos presenteou na Loja Flor de Lótus nº 38, obrigado pela Luz de conhecimento.

  8. KK Victor Mendes

    Muito legal, espero que um dia eu venha participar de um desses encontros. Falando no Museu Maçônico é um lugar incrível sempre que vou ao GOB não deixo de visita-lo, ainda não terminei de olhar todas aquelas honrarias, a cada visita que faço encontro uma com design singular. Você assistiu o vídeo que conta um pouco sobre a historia do GOB? O Tio Chaves sempre coloca para os visitantes assistirem. No vídeo fala também da Ação Paramaçônica Juvenil uma entidade para jovens filhos e filhas de maçons e jovens de bons costumes criada em 1983, que tem uma historia belissima. sou suspeito a falar pois faço parte da mesma. abraços

  9. Aline

    MDD, sobre o VII princípio do Caibalion:

    “O Gênero está em tudo; tudo tem o seu princípio masculino e o seu princípio feminino; o gênero se manifesta em todos os planos. ” O CAIBALION

    Eu entendo que no plano físico esse princípio se define no sexo das pessoas (homem/mulher), mas que no final ambos somos a mesma “coisa”, a mesma energia, só que em graus diferentes, baseando-me na polaridade.

    Também podemos percebê-lo em outras diferenciações, como rituais solares/lunares, tradições da pomba/serpente, etc…

    Entretanto, Hermes afirma que esse conceito é empregado na criação de qualquer coisa, independente do Plano. Mas eu não entendo, como ele é empregado em alguma coisa tão sutil como, por exemplo, a vizualização de um cubo amarelo (terra) para a materialização no Plano Físico, tipo o seu exercício prático. Como é que eu consigo diferenciar ambos os pólos, ou gêneros?! É alguma coisa do tipo imaginar o cubo, sua forma, sua textura é a parte masculina enquanto transformá-lo no objeto real através da Vontade é feminina?! Viajei?!

    Please, dá uma luz aqui!! =]

  10. Lu ;-)

    Já tem algum calendário para os cursos de 2012, em Brasília?

    @MDD – Assim que conseguirmos um novo lugar; o Rildo está com a sala ocupada nos sábados em 2012.

    1. Lu ;-)

      Que pena…achei que a questão do local tivesse sido resolvida…em todo caso…as especificações para a sala continuam as mesmas…?

Deixe uma resposta