Curso de Tarot e História da Arte – Jan/2013

No curso de Arcanos Maiores, utilizamos 18 tarots diferentes, do século XIV aos taros mais importantes do século XX. Estudamos cada um dos 22 Caminhos da Árvore da Vida e sua correlação simbólica e imagética com cada Arcano do Tarot. Observe as 5 figuras acima, do Mago. O que elas têm de semelhante? no que diferem? por quê? O que representam estes objetos? e as cores?

Começamos pelo Visconti-Sforza, do século XIV, que une a simbologia dos Trionfi renascentistas à estrutura da Árvore da Vida. Em seguida, tarots das escolas italianas e francesas do século XV e XVI, que resultaram no tradicional Tarot de Marselha (1560), Rider Waite (1909), Golden Dawn (duas versões), Tarot de Papus (Boêmios), Tarot Egípcio, Tarot Alquímico e Tarot de Thoth (Crowley). Isto nos dá uma noção muito clara de como os Arcanos se desenvolveram ao longo da história da magia e quais são as principais escolas; suas diferenças e semelhanças.

Também estudamos o Tarot Mitológico, Sephiroth Tarot (cabalístico) e mais quatro ou cinco tarots modernos que eu vario de curso para curso para exemplificar a visão de outras culturas (celta, africano, dos orixás, etc). Somente com esta visão de conjunto é possível compreender a magnitude do tarot e as maneiras como ele pode ser utilizado em rituais e no seu altar pessoal.
Eu também ensino a fazer a leitura do Tarot tradicional, pelo método da Cruz Celta, mas normalmente quando se chega nessa parte do curso, a maioria dos alunos já percebeu que existem usos bem mais interessantes e poderosos do tarot do que apenas o de fazer leituras.

Arcanos Menores
No curso de Arcanos Menores, eu recomendo que a pessoa tenha feito Kabbalah primeiro e, se possível, Astrologia Hermética, pois os Arcanos Menores são praticamente um curso intermediário destas matérias.
É possível fazê-lo sem ter estes pré-requisitos, mas como CADA Arcano Menor é a representação de uma Sephira de um Elemento (10 esferas x 4 elementos = 40 Arcanos menores) e ao mesmo tempo a combinação de um Planeta em um Signo, a compreensão de todo o conjunto da obra hermética, alquimista e astrológica se faz com os 3 cursos (ex. O “Dois de Bastões” é Hochma na Árvore do Fogo/Marte em Áries e os Arcanos da Corte são as energias intermediárias do Zodíaco: Áries-Touro é o Cavaleiro de Moedas, Escorpião-Sagitário é o Rei de Bastões/Ofiúco, e assim por diante, totalizando 12 Arcanos + as 4 Princesas/Pagens, que são as energias elementais puras).
Como a maioria dos tarots utiliza a representação literal nos menores, eu utilizo cinco decks para o Curso de Arcanos Menores (Marselha, Rider-Waite, Mitológico, Crowley e Sephiroth).

Local: R. vergueiro, 2949 – prox. ao metro Vila Mariana
Datas: 26/01 – Arcanos Maiores
27/01 – Arcanos Menores
Das 10h as 18h
Não possuem pré-requisitos.
Valores: R$ 160,00 (um curso), R$300,00 (dois cursos)
Informações e Reservas: [email protected]

Este post tem 3 comentários

  1. Leonardo Marques

    Boa Tarde DD;

    E destes Tarot, qual é classificado o mais simbólico (com simbologias nas próprias cartas) e qual o mais Simples, sem muita simbologia? Tem diferença?

  2. Andre Ricardo C. Pereira

    Caro Marcelo, em meus estudos me deparei com algumas questões. Algumas correntes, especialmente a da Aurum Solis, defende que a “adaptação” da cabala hermética para o alfabeto hebraico, ao invés do grego, omitiu dois principios do sistema (duas letras), e em consequencia, faltara dois caminhos na arvore da vida e dois arcanos no tarô. Você aborda essas questões no curso?
    Comecei a atentar a possibilidade de usar outros alfabetos na cabala hermetica quando uma entidade me “enviou” imagens do alfabeto grego… é possivel se trabalhar com outros alfabetos?

    Fraternalmente,

  3. Marcelo

    Há algum lugar (confiável) em Curitiba onde eu possa fazer estes cursos ou aprender mais a respeito?

    Muito grato!

Deixe uma resposta