Azoth dos Filósofos


Muitas pessoas estão escrevendo perguntando do que trata o curso de “Simbolos e Imagens da Alquimia”. O curso de 8h é composto de aproximadamente 250 imagens alquímicas do século X ao século XVIII onde detalho cada um dos elementos presentes nas pranchas. Explico cada etapa do Nigredo, Albedo e Rubedo, das 7 Etapas planetárias, símbolos e notações usadas pelos alquimistas e suas correlações com os Arcanos Maiores, Menores e da Corte do Tarot.

A razão pela qual são necessários como pré-requisitos Kabbalah e Astrologia é que este não é um curso básico. Para entender o simbolismo escondido nas camadas destas ilustrações, é necessário entender primeiro os 32 Caminhos da árvore e também todas as relações e simbologia dos planetas e signos, elementos e correlações com os arcanos do tarot, pois muitas das pranchas fazem alusão a diversas destas ciências herméticas.
O Azoth dos Filósofos é uma das ilustrações mais famosas da Alquimia. Tente observar a figura acima e compreender o que ela quer dizer, baseado no que você têm aprendido aqui no Blog (não coloquem spoilers nos comentários, que eu vou apagar. Este é um exercício pessoal de cada um)

Este post tem 10 comentários

  1. Carlos

    Naõ vou mentir, mesmo sendo leigo, tem tanta informação nessa imagem que precisei de uma cola para saber por onde começar, e bom, dai ja consegui formar uma opinião sobre o que siginificam os símbolos.
    Independente disso, como saberemos o quão perto estamos? Essa imagem será posta em looping a cada ano? Podemos mandar como exercício extra na monográfia?
    de qualquer forma, mais uma pergunta
    http://ponteoculta.blogspot.com.br/
    esse site, é esquisotérico ou da pra acreditar no que ele poem?
    obrigado.

  2. Ramon

    Só pela numeração já dá pra ver que tem relação com a %X&. Mas a imagem toda é ótima pra meditar, tem coisa pra caramba pra harmonizar e entender.

  3. Eder

    Batendo o olho, dá pra gente ver a representação das duas vias (seca e úmida), o processo de obtenção da pedra através das operações alegóricas relacionadas ao regime planetário e a composição da matéria. É uma figura sintética muito abrangente. Ficaríamos respostas e respostas cogitando sobre ela.

  4. Eder

    O Sal está simbolizado por um quadrado?

  5. Henrique Estrêla

    Observando esta figura eu lembrei da “Estrela Setenária” com os 7 defeitos capitais relacionados a cada planeta. Este assunto foi minuciosamente tratado neste post: http://www.deldebbio.com.br/2010/09/09/se7en-a-origem-dos-sete-pecados-capitais/. Tenho a certeza de que o curso de “Simbolos e Imagens da Alquimia” esclarece detalhadamente o que há dentro e em volta. Agora, apenas uma observação: O conjundo de esferas, posicionadas entre cada raio da “Estrela Setenária”, faz lembrar a estrura da Árvore da Vida. Boas leituras.

  6. Vlavros

    Que livro recomendaria para o estudo do Azoth dos Filósofos?

  7. Eack

    Parece estar meditando sobre “A Vida e o seu ciclo mortal”. Bom, estou dizendo sem nenhum estudo aprofundado.

  8. Eduardo Peralta

    Caramba existem várias sobreposições.. Aí eu vejo os 4 elementos, a estrela setenária com os sete planetas, metais e virtudes, o VITRIOL, o triângulo (corpo, alma e espírito), o fogo e a água enquanto gênero, talvez, ou como algum tipo de simbologia de dualidade, e o homem no meio disso tudo.. Mas estou certo de que ainda existem algumas coisas (várias) que eu não peguei… Abraços e obrigado!

  9. Ubiratan Bandeira

    O símbolo é a representação daquilo que em alquimia é designado por VITRIOLO – Basilio Valentim no Paradigma da sua Obra diz: Visita Interiora Terrae Rectificando Invernies Occultum Lapidem. Portanto, O significado varia de acordo com o tempo de civilização e cultura, já que cada cultura ou subcultura pode dar-lhe um valor diferente, seja bom ou ruim. Começando a falar sobre o septagrama para a alquimia, um dos alquimistas mais famosos, Paracelso. Na alquimia é conhecida como a estrela de sete pontos vitríolo, é mais uma das imagens conhecido da alquimia. foi jogado em diferentes versões por diferentes autores. Na Idade Média, seu conhecimento secreto foi considerado tão importante que até mesmo a Ordem oculta dos Cavaleiros Templários “gravado” pelo paisagista francês, seus castelos, a estrela de sete pontas. E isso foi feito de uma forma engenhosa geomantic (de acordo com o conhecimento das energias da Terra), que também mostra uma incrível conhecimento do significado alquímico do vitríolo da estrela de sete pontas. Primeiro, vamos olhar para os principais componentes da imagem. Downtown, o vitríolo estrela de sete pontas tem um rosto que tanto a mão esquerda quanto a mão direita parecem pertencer a ambos os pés. Estes ganhar dinheiro em casa quatro pontos referem-se os quatro elementos: Por um lado, é um maçarico, que representa o elemento fogo, por outro lado, existe uma câmara de ar (bexiga Câncer), que representa o elemento ar, com um pé sobre o chão e o outro na água. O quinto elemento é muitas vezes esquecido, mas fica situada acima do trono, como o duplo de asa Hermes. Os símbolos representam os cinco elementos, sendo o quinto, a QUINTESSÊNCIA, o quais estão dispostos em um pentágono de tamanho normal. Na parte inferior, um rei e uma rainha estão sentados com os símbolos do sol e da lua, representando o poder polar (os gêneros) da natureza. Além da imagem mostrar três formas diferentes: um triângulo, um círculo e uma estrela de sete pontas. O triângulo representa a trindade: corpo, espírito e alma, e se a pessoa segue o registro de ângulos: “Corpus”, “Cheers” e “Spiritus” , ou, na alquimia, por Sal (corpo, solidificando o topo) , enxofre ( alma, o princípio que move) e Mercúrio (espírito, o princípio de ligação).

  10. Rose

    Gente, encarar esse cara no centro do Azoth dá uns efeitos esquisitos na gente mesmo?
    Difícil tentar ponderar sobre as conexões com as cores qd esse broder fica aí olhando fixo pra gente kkkk. Dá um nervoso meio estranho, mesmo em preto e branco… Não consigo me deter mt tempo nem na análise da imagem que fico com essa sensação.

Deixe uma resposta