As Moedas Chinesas

Aisatsu yo!~

Eu já falei sobre moedas chinesas em outra oportunidade por aqui. Hoje trarei informações novas a respeito delas. Mas, aproveitando a ocasião, não custa relembrar:

As moedas chinesas possuem grande papel dentro da magia oriental. São usadas tanto no Feng Shui como no I Ching. Elas são redondas, com um furo quadrado no meio. O formato redondo da moeda, o círculo, representa a figura do Céu, enquanto o furo quadrado representa a Terra.

As que são cunhadas com valor monetário possuem um lado com quatro kanjis, que geralmente indicam o nome do Imperador da época que foram cunhadas. O outro lado às vezes possui dois, em manchu – um antigo idioma incorporado pelos chineses, e praticamente em extinção hoje em dia –, ou nenhum.

Outros tipos de moedas foram cunhadas sem valor comercial: tratam-se de amuletos taoístas, que possuem desenhos de deuses, animais e estrelas; e moedas especiais para uso no Feng Shui. Estas últimas também possuem quatro kanjis em uma de suas faces, que trazem palavras como harmonia, felicidade, virtude e prosperidade; o outro lado traz animais fantásticos na mitologia chinesa, como dragões e fênix (a imagem do topo deste post ilustra esse tipo de moeda para Feng Shui).

As moedas chinesas são um dos mais poderosos símbolos de riqueza, principalmente quando amarradas com fitas vermelhas. Elas são amarradas em trios, e representam a sorte nos três tipos do tao: o Tao da Terra, o Tao do Homem, e o Tao do Céu. No Feng Shui, este amuleto é usado para trazer prosperidade, pendurando as moedas atrás da porta de casa ou aguardando-as dentro da carteira.

Ao longo da história da China, moedas foram cunhadas em cinco diferentes tipos de caligrafia; algumas do mesmo tipo foram produzidas em dois ou três. São eles: o estilo de selo (zhuanshu), o estilo dos escribas (lishu), o estilo regular (kaishu), o estilo comum (xingshu), e o estilo de grama (caoshu).

O estilo regular e o estilo dos escribas são os tipos de caligrafia que melhor são compreendidos, pois são bem desenhados, conforme a tipografia. Já os outros três são muito difíceis de entender.

O estilo selo corresponde à antiga adaptação dos caracteres pictográficos para kanjis. Suas linhas são finas, o traçado é livre e está muito perto do antigo pictograma. Ou seja, sua leitura não é possível ao leigo, e são relativamente poucas as pessoas que sabem ler este tipo de caligrafia.

Os estilos comum e de grama são escritas cursivas e, portanto, apresentam deformações em comparação à sua tipografia, sendo o segundo estilo mais deformado do que o primeiro. Esses tipos de caligrafia podem dificultar a leitura, mas não a torna impossível para o leigo.

No Brasil, a Loja Coelestium oferece moedas chinesas originais, obtidas de escavações de sítios arqueológicos e de naufrágios ocorridos próximos à costa. Devido à dificuldade de identificá-las, pelos motivos explicados acima e também pela antiguidade e desgaste das mesmas – foi incumbida a mim a missão de reconhecê-las conforme sua dinastia e datá-las.

Compartilho com vocês, então, algumas dessas preciosidades que tive o prazer de tê-las nas mãos por alguns momentos:

Pan Liang– Quando Qin Shi Huang, o primeiro Imperador Chinês, unificou a China em 221 A.C e estabeleceu a dinastia Qin, ele aboliu as antigas moedas da região que circulavam nos outros Estados Combatentes e estipulou que a cunhagem legal seria uma moeda redonda com um furo quadrado no centro, valendo a metade de um liang. Esse tipo de moeda, conhecida como Pan Liang (metade de um liang), continuou a ser usada até o final da dinastia Qin e o início da dinastia Han do Oeste.

 

Wu Shu – Em 118 A.C., o Imperador Wu da Dinastia Han do Oeste (206 A.C – 24 A.D.) substituiu a moeda Pan Liang por um tipo diferente de moeda com um furo quadrado no centro. Essa moeda também foi nomeada conforme seu valor, e ficou conhecida como Wu Shu, ou Wu Zhu (Cinco Shu).

 

 

Hung Wu T’ung Pao – Moedas cunhadas durante o reinado do Imperador T’ai Tsu (1368-1398 A.D.), da dinastia Ming (1368-1644 A.D.), que recebeu o título de Hung Wu (1368-1398 A.D.).

 

 

 

Shun Yu Yuan Pao – Também chamada de Chun You Yuan Bao. Usada de 1241-1252 A.D. no reino de Shun Yu.

 

 

 

 

Sheng Sung Yuan Pao – Moedas cunhadas durante o reinado do Imperador T’ai Hui Tsung (1101-1125A.D.), da dinastia Sung do Norte (906-1127 A.D.), que recebeu o título de Sheng Sung (1101 A.D.). As moedas da foto foram cunhadas com a caligrafia do estilo selo.

 

 

 

Yuan Feng T’ung Pao – Também chamada de Yuan Feng Tong Bao. Moedas cunhadas durante o reinado do Imperador Shen Tsung (ou Shen Zong) (1068-1085 A.D.), da dinastia Sung do Norte (906-1127 A.D.), nos anos de 1078-1085 A.D.. As moedas da foto foram cunhadas com a caligrafia do estilo de grama.

 

 

Xi Ning Yuan Bao – Moedas cunhadas durante o reinado do Imperador Shen Tsung (ou Shen Zong) (1068-1085 A.D.), nos anos de 1068-1077 A.D. As moedas da foto foram cunhadas com a caligrafia do estilo de regular.

 

 

 

—————–
Aoi Kuwan é autora do blog Magia Oriental, dedicado à divulgação das tradições e sistemas de magias orientais, especialmente daqueles ligados ao Japão.
Outros posts interessantes no blog Magia Oriental:
O que é o I Ching?
A história do I Ching?
O Céu Anterior Posterior e o Céu Posterior

Métodos para consultar o I Ching

A Estrutura dos Hexagramas

Este post tem 4 comentários

  1. Ramon

    Muito se diz sobre a questão da simbologia, e não do objeto em si. Teria algum problema não serem verdadeiras, principalmente em relação a consagração ? Como essas aqui ?
    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-218273201-seis-moedas-chinesas-douradas-furo-quadrado-feng-shui-_JM
    @Aoi Kuwan – Uma moeda verdadeira é dinheiro que circulou, foi investido, gerou riqueza. É essa a energia utilizada quando se empregam as moedas para atrair prosperidade. Quando se utilizam réplicas, elas não possuem essa energia. Imagina utilizar uma moeda com mais de 2000 anos de existência – que passou na mão de inúmeras pessoas, as quais a aganharam com o fruto do seu trabalho, que com ela conseguiram comprar itens que necessitavam, que a investiram para prosperar em seus negócios -, em algum ritual ou como amuleto para atrair prosperidade material. Agora imagina usar uma moeda falsa no lugar, no mesmo ritual….

    1. Ramon

      Mas essas moedas servem para o I Ching ?
      @Aoi Kuwan – Sim, elas servem 🙂

      1. Ramon

        Obrigado. Por favor, continue com o ótimo trabalho no blog. É uma verdadeira luz do leste. Ainda acredito que você escreverá o livro que levará muita gente pelo Ocultismo Oriental. Bom Ano do Dragão ^^
        @Aoi Kuwan – Obrigada! ^^ Quem sabe um dia eu não escreva um livro… Bom Ano do Dragão para ti também! 😉

  2. Rev.Breno

    E os tanuki?
    Pode dizer algo deles?

Deixe uma resposta