Anatomia Sutil

Texto de Liz Oliveira, publicado originalmente na coluna Você Sente, Você Pensa, Você É, do blog Autoconhecimento & Liberdade.

Pouco ainda se sabe cientificamente a respeito dos corpos sutis que compõem os seres humanos. É fato que muitos avanços nas pesquisas quânticas e metafísicas já provaram a existência dos chakras (vórtices sutis responsáveis pela absorção de energia através da respiração e dos alimentos) e a medicina ortodoxa está cada dia mais interessada nas “misteriosas” curas ou avanço no quadro de melhora de pessoas que completam os tratamentos alopáticos com terapias naturais.

Com auxílio da Psicologia já foi constatado que estados emocionais ou mentais desarmônicos persistentes podem agravar um quadro psicológico existente ou gerar uma piora no estado geral do indivíduo.

A fotografia Kirlian permitiu que fosse identificada e fotografada a aura. Muitos estudiosos já desmembraram as camadas áuricas identificadas com frequência pelos médiuns.

Ao longo das postagens desta coluna, trataremos o assunto anatomia sutil a fim de conhecer  melhor do que nós mesmos somos feitos, quais são as influências que podem nos afetar a ponto de gerar reações no corpo físico e nem nos damos conta disso e porque é importante agregar praticas terapêuticas, meditativas ou espirituais ao dia-a-dia.

Começarei fornecendo um quadro geral do campo áurico e me comprometo a destrinchá-lo em detalhes ao longo das postagens desta coluna procurando atender aos questionamentos e complementando a informação gradativamente.

Gosto de perguntas te faz resgatar coisas dos confins da cachola ou te fazem adquirir mais conhecimento!

Vamos então à visão geral do Campo Áurico:

Imagem extraída do livro: Curso Completo de Terapia Holística e Complementar, autor Nei Naiff, editora Nova Era

Acima vemos as sete camadas principais do campo áurico, cada uma relacionada a um chakra. Por que sete camadas “principais”? Porque existem outras camadas além conforme o desenvolvimento energético/espiritual do indivíduo. Estas sete já dão muito trabalho para serem trabalhadas em uma vida não?!

Observamos também uma classificação entre Cósmico e Telúrico. O Cósmico diz respeito aos chakras e corpos áuricos relativos à espiritualidade e Telúrico refere-se aos chakras e corpos do plano material. O chakra cardíaco (Anahata chakra) e o corpo astral não estão dentro desta classificação porque são justamente a ponte de comunicação entre o telúrico (material, terreno) e o cósmico (espiritual).

Veja o restante da série nos links abaixo:

Corpo Físico e Muladhara Chakra
Corpo Emocional e Swadhishthana Chakra
Corpo Mental e Manipura Chakra
Corpo Astral e Anahata Chakra
Corpo Mental Superior e Vishuddha Chakra
Corpo Causal e Ajna Chakra
Corpo Espiritual e Sahasrara Chakra 

Este post tem 20 comentários

  1. raijin

    Segundo Franz bardon o plano do espirito é o mental, então pq a essa separação entre corpo mental e o espirito?

    1. Liz

      Oi raijin!
      Desculpe a demora, configurei pra receber notificaões desse post mas não deu certo! Rs
      Responderei a tds conforme vai sobrando um tempinho no trabalho.
      Bom, vamos lah! Existem varias literaturas que versam usam menclaturas diferentes tanto para os corpos qto para os chakras na vdd eh td uma questao de analisar e principalmente lembrar q toda essa coisa q conhecemos de chakras eh uma tentativa dos ocidentais de trazer o q eh de um padrai cultural completamente diferente, o oriental, um conceito q pata ekes nao estah separado, eh tudo junto e misturado! O mental e o espiritual estao intrinsecamente relacionados, tem um post + a frente dedicado esse corpo e chakra portanto a visao de Bardon nao estah errada.

  2. GP

    como resolver os problemas do chakra raiz? musculação? arte marcial?

    1. Jeferson

      Bem, vou arriscar um palpite.

      primeiro, tenha em mente que você jamais pode considerar um chakra isoladamente. Por exemplo, pode ser que você tenha problemas sérios no tocante ao emocional e, por alguma razão, você passou a negligenciar o físico, isto é, o chakra raiz…

      O correto a se fazer sempre é o alinhamento de todos os chakras… Dito isso, é necessário ter um conhecimento fundamental para que você não “cure” um desiquilíbrio com outro… Do contrário, você consertará de um lado e entortará do outro…

      O Chakra raiz está relacionado ao corpo de um modo geral… Atividades físicas, boa alimentação, atividade sexual, sempre serão recomendáveis.
      Claro que há vários métodos. Os aqui citados são apenas alguns deles.

    2. Liz

      Oi GP! Muladhara chakra, vamos lah! Recomendo a pretoria do post dedicado a esse centro no A&L, gerou uma discussão super intetessante a respeito das funoes sexuais! Bom, atividade física eh sim de grande valia para fortalecer esse centro mas nao eh soh isso. Esse centro estah ligado ao elemento terra entao outras atividades como jardinagem, esculturas, musica de percussao, preparar a propria comida, andar descalo na terra. O que o Jefferson disse eh mto valido, nao dah pra pensar nos chakras como “caixinhas” cada qual com sua cor, pense como um arco-íris na vertical, uma disfuncao em um desencadeia desarmonias em outro, soh para citar o muladhara, caso a pesdoa tenha sofrido um trauma de cunho sexual ou cresceu com a crena de que sexo eh sujo, eh errado, eh coisa do diabo que tem haver com o mental, isso vai somatizar alguma desarmonia no mulhadara Daih a razao do terapeuta/curandeiro/mago ter de realizar uma analise minusciosa da pessoa.

  3. Livio

    Oi

    Eu já havia visto a lista destes corpos, quando fui treinado em Reiki. Tem idéia da origem desta lista ?

    Platão nos dividia em três corpos.

    Steiner, o antropósofo, que provavelmente ouviu isto dos teósofos, concebia três corpos (material, etérico e astral), coroados pelo “EU”, um quarto, e que previa o desenvolvimento de três superiores (Manas, Atma e Budhi).

  4. Franco-Atirador

    Poderia citar as fontes dos experimentos científicos supra citados?

    1. Morpyng

      Provavelmente não tem. E se tem a fonte são livros de pseudo-ocultistas que tbm não sabem de nada. Até pq esses colunistas do site NÃO TEM UM CONHECIMENTO DIRETO COM O CULTISMO, vivem postando conhecimentos errados e cheios de contradições e se vc faz uma pergunta que vai na direção oposta do tópico seu comentário é apagado. Todos os dias ficam jogando bosta aos montes nesse site, pessoas enganadas que não sabem de nada guiando outras (em sua maioria iniciantes) que tbm não sabem de nada.

      Mas só pra desmentir as informações desse post, saibam todos que a ordem dos corpos está errada.

      O primeiro corpo é o físico, o segundo o VITAL, O TERCEIRO O ASTRAL E O QUARTO O MENTAL. TODO CLARIVIDENTE BEM TREINADO SABE DISSO POIS VE DIRETAMENTE ESSES CORPOS NA AURA, MAS CASO VC NÃO SEJA CLARIVIDENTE E QUERIA FONTES CERTAS, VEJA O QUE FRANZ BARDON DIZ EM SEU LIVRO NA PARTE REFERENTE AO PLANO MENTAL.

      “Assim como o corpo possui o seu plano terreno e o corpo astral ou alma o seu plano astral, o espírito também possui o seu plano próprio, chamado de esfera mental ou plano mental. É a esfera do espírito, com todas as suas propriedades.”

      NÃO EXISTE ESSA DE CORPO ESPIRITUAL E MENTAL SEREM COISAS DIFERENTES, POIS SÃO A MESMA COISA.

      1. Rev.Breno

        Você discorda do Peterson e Gurdjieff discorda dos dois…se você segue o Bardon parabéns! Mas infelizmente não há um só colocação sobre esse assunto.

      2. Livio

        Não entendi se você discorda dos nomes e concorda com suas características, ou se discorda das características, usando a mesma definição de nomes. Ficou confuso.

        1- São citados sete corpos, você menciona os quatro primeiros – discorda do total ?
        2- Qual é a diferença essencial dos corpos Espiritual ou Mental, além, claro, das palavras usadas ?
        3- Confirmar no plano astral depende de clarividência, de colaboradores mediúnicos, ou de contato com o Akasha ?

      3. Franco-Atirador

        É bem por ai… venho lendo sobre isso a uns seis meses e sempre encontro gente falando coisas diferentes, contradições… É foda, pois já é um assunto difícil, super abstrato e talz, assim então fica impossível.

        E de onde Franz bardon tirou esse conhecimento???

      4. Liz

        Namastê Morpyng!

        Bardon é um ótimo começo principalmente para quem inicia na senda do ocultismo e em momento algum ninguém contradisse as interpretações de Bardon. O fato é que o que sabemos sobre anatomia sutil é de longe a visão que os orientais, detentores dessa fonte de sabedoria, possuem. Nossas mentes ocidentais têm dificuldade em entender como uma coisa pode estar toda junta, misturada e fazer sentido, parece que temos necessidade de dissecar tudo quanto nos vêem à mente fruto do nosso passado mecanicista que pregava a máxima de que o Ser Humano é uma máquina.
        Imagine um europeu sentado diante de um iogue na India tentando fazer com que as palavras de um idioma desconhecido e aí ele consegue a muito custo passar isso para o francês por exemplo. Daí chega um outro que vai pegar aquilo em francês e passar para o inglês e aí vem um terceiro que vai passar do inglês para o espanhol e finalmente para o portugês. Quanta informação pode ter se perdida ou foi mal interpretada nessa cama de gato? Tudo o que temos hoje é o mais “próximo” do conhecimento original mas não adianta simplesmente ler e acabou, tem a parte da experiência. Minha proposta original ao fazer essa série de posts no A&L não era transmitir uma verdade absoluta, era compartilhar o conhecimento adquirido em cerca de 10 anos de terapia holística e de alguma forma contribuir para o bem estar dos leitores do A&L para que de alguma forma eles possam se equilibrar por conta própria pois até mesmo para realizar rituais, as incorporações dos médiuns e outras atividades similares é importante estar equilibrado.\
        Outra coisa, devemos estar abertos a novas visões, nem que seja só para saber que aquela versão de algo existe, conhecimento nunca é demais e nunca sabemos quando vamos precisar dele.
        Para mais informações sobre essa dinâmica de corpos sutis recomendo o livro “Mãos de Luz” da Barbara Ann Brenan editora Pensamento. Ela é uma terapeuta clarividente que desenvolveu um estudo extremamente detalhado dos estados da aura associando cores, formatos e estados psicoemocionais.
        Espero ter acrescentado algo de útil à sua jornada!
        Paz e Luz!

      5. XI-ON

        Quero pedir desculpas pro ter escrevido esse post absurdo a tempos atrás (eu era o raijin). Estava encontrando várias informações falsas na web e achei que esse site era outra fonte errada também. Em fim não estou querendo arrumar desculpas pela minha falta de respeito (sempre tento arrumar desculpas pros meus erros) então:
        Eu estava errado a respeito desse site. Peço desculpas pela minha falta de respeito e tremenda arrogancia, e garanto que isso não se repetirá de novo. Nunca mais.

        Estou envergonhado.

    2. Liz

      Oi atirador! Ensaios científicos existem sim, tem um livro chamado “Medicina Vibracional” o autor é Richard Gerber editora Pensamento. Ele tem um extensa descrição de experimentos, também explica sobre os corpos sutis e sobre os chakras além de fornecer sugestões de tratamentos para desequilíbrios mais comuns. Se você gostar de uma literatura mais técnica é uma ótima leitura! 😉

  5. raijin

    Fiz a pergunta ms ninguém respondeu. Acho que o autor do tópico deve a explicação do pq ele está publicando um conhecimento diferente (e provavelmente errado) do que Franz bardon passa.

    Então vou perguntar de novo.

    Segundo Franz bardon o plano do espirito é o mental, então pq há essa separação entre corpo mental e o espirito como se fossem diferentes?

    1. Vinicius

      Eu não sou o colunista, mas eu pude perceber que a informação passada aqui tem influência do sistema de 7 corpos, como esse assunto é pensado no oriente.

      — Sthula Sharira – O corpo físico, corpo denso.
      Prâna – O corpo vital;
      Linga Sharira – O duplo etérico, o corpo astral na teosofia original, de Blavatsky;
      Kâma Rupa – O corpo de desejos ou corpo emocional, o corpo astral na literatura teosófica posterior a Blavatsky;
      Manas – Nossa Alma Humana, ou Mente Divina. É o elo entre a Díade Atman-Budhi e nossos princípios inferiores; O corpo mental de Manas inferior;
      Budhi – Nossa Alma Divina;
      Atman – O raio do Absoluto, nossa Essência Divina. —

      > Tirado da Wikipédia, mas não me apedregem. Neste caso a informação está certa sim, os orientais dividem em 7 corpos, e não em 4. E há uma confusão de nomes grande, já que aqui, o “duplo etérico” é tratado como corpo astral, mas em outras fontes, ele é o mesmo que corpo vital. Questão de nomenclatura, somente…

      No caso do post, colocam um corpo emocional e um corpo astral, quando muitos consideram estes como sendo o mesmo corpo. Novamente, questão de nomenclatura. Existem vários sistemas diferentes que dividem os corpos de forma diferente.

      Sobre o corpo mental como sendo o espiritual, há uma questão interessante. O Wagner Borges (e ele é um cara que tem experiência direta com isso) comentou em alguma palestra dele que na Teosofia e em alguns outros sistemas há essa divisão em 7 corpos, porém, na prática, é muito mais fácil dividir em somente 4, sendo o mais sutil o corpo mental. Por quê? Porque mal se sai em corpo astral, em corpo mental a situação é mais rara ainda. Não faz sentido falar em corpos acima disso pra efeitos didáticos. Talvez no Oriente tenham colocado corpos acima do Mental porque nas religiões orientais há a questão do que existe além da mente, e esta é vista como uma ferramenta e não como a própria essência. É uma questão de paradigmas diferentes, sistemas diferentes…

      Recomendo aos interessados lerem o ensaio do Crowley sobre clarividência e corpo de luz, no começo ele dá uma filosofada bonita sobre o tema.

      Abs 😉

    2. Jeferson

      Neste exato momento, o plano do meu espírito querendo ou não também é a Terra, o físico. Mas eu não sou apenas matéria…
      O Plano do Espírito propriamente dito está muito além daqui, muito além de Kether…
      Não se pode confundir o plano do Espírito com o Espírito.

      Todos os problemas concernentes a nomenclatura hermética são subjetivos. Se dois observadores fossem descrever uma paisagem, cada qual reforçaria em sua descrição aquilo que julga mais belo e assim por diante.

  6. Morpyng

    O QUE VCS PASSAM NESSE SITE ESTÁ ERRADO, VCS ESTÃO GUIANDO PESSOAS EM DIREÇÃO A ILUSÃO. SE QUEREM PSOTAR ALGO, PELO MENOS CONFIRMEM NO PLANO ASTRAL SE O CONHECIMENTO QUE VCS PASSAM É CERTO.

    1. Perseo lux...

      Isso me lembrou aquele desenho “A corrida Maluca”. Rs
      É uma honra correr com vocês nesta pista alquímica, onde a chegada surge com a sublimação da própria disputa e o desejo pela vitória cria a derrota dentro de nós.
      A quem devemos então perguntar caro morpyng? A vc? são apenas termos tecnicos que pouco influenciam o verdadeiro conhecimento q é o de se mesmo, podemos dar qualquer nome e qualquer divisão para estes corpos, isto não mudara a realidade…A letra mata o espirito vivifica…

  7. Jeferson

    Olá Liz, como vai?

    Gostaria de esclarecer algumas coisinhas com você.
    Podemos nos falar por email?
    Se sim, e for mais conveniente a você,
    manda um olá por e-mail e eu já lhe digo do que se trata

    [email protected]

    Abraços

Deixe uma resposta