Algumas contradições Bíblicas


Os estudiosos calcularam que a Bíblia contém mais de duas mil contradições explícitas ou implícitas. Esta lista é somente uma pequena seleção. Obs: As contradições serão mais bem entendidas se houver o devido acompanhamento das passagens bíblicas citadas.

Os Gigantes existiam antes da inundação (Gênesis 6:4).
Somente Noé, sua família, e os animais da Arca sobreviveram à inundação (Gênesis 7:23).
Mesmo depois da Inundação os gigantes continuaram existindo (Números 13:33).
Toda a terra tinha uma só língua e as mesmas palavras, até que Deus criou vários idiomas diferentes, fazendo com que ninguém entendesse um ao outro (Gênesis 11:1,6-9).
Anterior a isto, a Bíblia fala de diversas nações, cada um com sua própria língua (Gênesis 10:5).
Deus admitiu que Ele é a causa da surdez e da cegueira (Êxodo 4:11).
Contudo, Deus não aflige os homens por vontade própria (Lamentações 3:33).
Deus envia Moisés para o egito resgatar os filhos de Israel (Êxodo 3:10. 4:19-23).
No caminho, Deus ameaçou Moisés de morte. Não proveu de explicação (Êxodo 4:24-26).
Deus mata todos os animais dos egípcios com uma forte pestilência. Nenhum sobreviveu a pestilência (Êxodo 9:3-6).
Deus mata todos os animais dos egípcios com uma chuva de granizo (Mas eles já não haviam morrido com a pestilência?) (Êxodo 9:19-21,25).
Deus não foi conhecido por Abraão, Isaac e Jacó pelo nome de Javé (Êxodo 6:2-3).
O nome do Senhor já era conhecido (Gênesis 4:26).
Deus proibe que seja feito a escultura de qualquer ser (Êxodo 20:4).
Deus ordenou a fabricação de estátuas de ouro (Êxodo 25:18).
Proibição do assassinato (Êxodo 20:13).
Deus manda Moisés matar todos os homens de Madiã (Números 31:7).
Proibição do roubo (Êxodo 20:15).
Deus manda roubar os egípcios (Êxodo 3:21-22).
Proibição da mentira (Êxodo 20:16)
Deus permite a mentira (I Reis 22:22)
Deus não pode mentir (Números 23:19).
Deus deliberadamente enviou um “espírito” mentiroso (I Reis 22:20-30) (II Crônicas 18:19-22).
Deus faz pessoas acreditarem em mentiras (II Tessalonicenses 2:11-12).
O Senhor engana os profetas (Ezequiel 14:9).
Aarão morreu no monte Hor. Imediatamente depois disso, os israelitas foram para Salmona e Finon (Números 33:38).
Aarão morreu em Mosera. Depois disso, os isralelitas foram para Gadgad e Jetebata (Deuteronômio 10:6-7).
Deus diz a Moisés que Aarão morreu no monte Hor (Deuteronômio 32:50).
Nós temos que amar Deus (Deuteronômio 6:5) (Mateus 22:37).
Nós temos que temer Deus (Deuteronômio 6:13) (I Pedro 2:17).
Deus escreveu nas tábuas as dez palavras da aliança (Deuteronômio 10:1-2,4).
Deus ditou e Moisés escreveu (Êxodo 34:27-28).
Josué queimou a cidade de Hai e reduziu-a a um monte de ruínas para sempre (Josué 8:28).
Hai ainda existe como uma cidade (Neemias 7:32).
Josué destruiu totalmente os habitantes de Dabir (Josué 10:38-39).
Os habitantes de Dabir ainda existem (Josué 15:15).
Saul destruiu completamente os amalecitas (I Samuel 15:7-8,20).
David destruiu completamente os amalecitas (I Samuel 27:8-9).
Finalmente os amalecitas são mortos (I Crônicas 4:42-43).
Isaí teve sete filhos além de seu mais jovem, David (I Samuel 16:10.11).
David foi o sétimo filho (I Crônicas 2:15).
Saul tentou consultar o Senhor (I Samuel 28:6).
Saul nunca fez tal coisa (I Crônicas 10:13-14).
Saul cometeu suicídio (I Samuel 31:4-6) (I Crônicas 10:4-5).
Saul foi morto por um amalecita (II Samuel 1:8-10).
Saul foi morto pelos filisteus (II Samuel 21:12).
Davi tomou 1.700 cavaleiros de Adadezer (II Samuel 8:4).
Davi tomou 7.000 cavaleiros de Adadezer (I Crônicas 18:4).
Davi matou aos arameus 700 parelhas de cavalos e 40.000 cavaleiros (II Samuel 10:18).
Davi matou aos arameus 7.000 cavalos e 40.000 empregados (I Crônicas 19:18).
Israel dispõe de 800.000 homens aptos para manejar espadas, enquanto que Judá dispõe de 500.000 homens (II Samuel 24:9).
Israel dispõe de 1.100.000 homens aptos para manejar espadas, enquanto que Judá dispõe de 470.000 homens (I Crônicas 21:5).
Satã provocou Davi a fazer um censo de Israel (I Crônicas 21:1).
Deus sugeriu Davi a fazer um censo de Israel (II Samuel 24:1).
Davi pagou 50 siclos de prata por gados e pelo terreno (II Samuel 24:24).
Davi pagou 600 siclos de ouro pelo mesmo terreno (I Crônicas 21:25).
Rei Josias foi morto em Magedo. Seus servos o levam morto para Jerusalém (II Reis 23:29-30).
Rei Josias foi ferido em Magedo e pediu para seus servos o levarem para Jerusalém, onde veio a falecer (II Reis 23:29-30).
Foram levados 5 homens dentre os mais íntimos do rei (II Reis 25:19-20).
Foram levados 7 homens dentre os mais íntimos do rei (Jeremias 52:25-26).
São citados os nomes de 10 pessoas que vieram com Zorobabel (Esdras 2:2)
São citados os nomes de 11 pessoas que vieram com Zorobabel (Neemias 7:7)
(Esdras 2:3 & Neemias 7:8) Estas passagens pretendem mostrar a quantidade de pessoas que voltaram do cativeiro babilônico. Compare o número para cada família: 14 deles discordam.
Jesus foi filho de José, que o foi de Jacob (Mateus 1:16).
Jesus foi filho de José, que o foi de Heli (Lucas 3:23).
O pai de Salathiel foi Jeconias (Mateus 1:12).
O pai de Salathiel foi Neri (Lucas 3:27)
Abiud é filho de Zorobabel (Mateus 1:13).
Resa é filho de Zorobabel (Lucas 3:27).
São citados os nomes de todos os filhos de Zorobabel, mas nem Resa e nem Abiud estão entre eles (I Crônicas 3:19-20).
Jorão era o pai de Ozias que era o pai de Joathão (Mateus 1:8-9).
Jorão era o pai de Occozias, do qual nasceu Joás, que gerou Amazias, que foi pai de Azarias que, finalmente, gerou Joathão (I Crônicas 3:11-12).
Josias era o pai de Jeconias (Mateus 1:11).
Josias era o avô de Jeconias (I Crônicas 3:15-16).
Zorobabel era filho de Salathiel (Mateus 1:12) (Lucas 3:27).
Zorobabel era filho de Fadaia. Salathiel era tio dele (I Crônicas 3:17-19).
Jesus curou um leproso depois de visitar a casa de Pedro e Simão (Marcos 1:29,40-42).
Jesus curou o leproso antes de visitar a casa de Pedro e Simão (Mateus 8:2-3,14).
O Diabo levou Jesus primeiro ao topo do templo e depois para um lugar alto para ver todos os reinos do mundo (Mateus 4:5-8).
O Diabo levou Jesus primeiro para o lugar alto e depois para o topo do templo (Lucas 4:5-9).
O centurião se aproximou de Jesus e pediu ajuda para um criado doente (Mateus 8:5-7).
O centurião não se aproximou de Jesus. Ele enviou amigos e os anciões dos judeus (Lucas 7:2-3,6-7).
Jairo pediu a Jesus que ajudasse a sua filha, que estava morrendo (Lucas 8:41-42).
Ele pediu para que Jesus salvasse a filha dele que já havia morrido (Mateus 9:18).
Deus confiou o julgamento a Jesus (João 5:22) (João 5:27,30 8:26) (II Coríntios 5:10) (Atos 10:42).
Jesus, porém, disse que não julga ninguém (João 8:15,12:47).
Os santos hão de julgar o mundo (I Coríntios 6:2).
A transfiguração de Jesus ocorreu 6 dias após a sua profecia (Mateus 17:1-2).
A transfiguração ocorreu 8 dias após (Lucas 9:28-29).
A mãe de Tiago e João pediu a Jesus para que eles se assentassem ao seu lado no reino (Mateus 20:20-21).
Tiago e João fizeram o pedido, ao invés de sua mãe (Marcos 10:35-37).
Ao sair de Jericó, Jesus se encontrou com dois homens cegos (Mateus 20:29-30).
Ao sair de Jericó, Jesus se encontrou com somente um homem cego (Marcos 10:46-47).
Dois dos discípulos levaram uma jumenta e um jumentinho para Jesus da aldeia de Bethfagé (Mateus 21:2-7).
Eles levaram somente um jumentinho (Marcos 11:2-7).
Jesus amaldiçoou a árvore de figo depois de ter deixado o templo (Mateus 21:17-19).
Ele amaldiçoou a árvore antes de ter entrado no templo (Marcos 11:14-15,20)
Um dia após Jesus ter amaldiçoado a figueira, os discípulos notaram que ela havia secado (Marcos 11:14-15,20)
A figueira secou imediatamente após a maldição ser posta (Mateus 21:19).
Jesus disse que Zacarias era filho de Baraquias (Mateus 23:35).
Zacarias era filho de Joiada (II Crônicas 24:20-22).

Este post tem 295 comentários

  1. rogerlima

    Bíblia, a maior estória já escrita pelos homens!

  2. Marcell"

    Como qualquer outra mitologia, tem contradições.
    Normal. Anormal é as pessoas acharem que essas coisas realmente aconteceram.

  3. felipedecoy

    e uma das mais mal contadas tbm

  4. jonaslumber

    Segue as explicações das possíveis contradições uma a uma:
    http://www.jesussite.com.br/artigos/contradicoes.asp
    O fato é que a bíblia foi escrita em um período de 5000 anos, por mais de 40 escritores. E cada um complementa ao outro.
    Abraços” E lembre-se:
    “A verdade Liberta”
    @MDD – Complementa e contradiz. Se fosse mesmo escrita inspirada por uma entidade apenas (Deus) ela seria perfeita. Leia meus posts no Sedentário sobre a origem da bíblia para você entender como ela foi compilada e com que interesses.

  5. Maria Amélia

    A Bíblia não diverge dela mesma. Pelo contrário, é um livro bastante transparente, claro, sem falsidades.
    Uma das maiores provas de que ela não diverge dela mesma é que ela não se desvia da verdade de que homens a escreveram. Quantas vezes você viu um homem imperfeito fazer algo com total perfeição? Muito menos escrever… Isso faz da Bíblia altamente confiável. Ela não omite erros ou acertos de ninguém e nem pontos de vista ou características culturais de seus escritores. Ela é um retrato perfeito das diferentes características do ser humano.
    Mesmo sendo escrita por homens, a Bíblia tem muitas peculiaridades que demonstram que eles apenas estavam escrevendo, relatando, sendo participantes, comunicando. Como um homem pode falar contra ele mesmo, denunciando seus próprios erros? Qual o homem que fala contra seus próprios desejos, contra o que lhe dá prazer? Inúmeras vezes a Bíblia combate coisas que os homens fazem e que gostam, mas que são prejudiciais a eles mesmos e aos outros, demonstrando assim que a autoria dela é de Alguém que está acima do ser humano.
    A Bíblia é a base que sustenta a sociedade. Que bom que ela diz: “Não matarás”, “não furtarás”, “não dirás falso testemunho”, “não adulterarás”, “honra teu pai e a tua mãe”, que se resumem em “amarás o teu próximo como a ti mesmo” dentre muitas outras coisas, essas que se o homem atendesse, o mundo não estaria como está hoje. Tirar essa base é auto-destruição e infelizmente é o que está acontecendo…
    A mensagem principal da Bíblia é o amor. O amor que está esfriando no coração das pessoas e que acredito ser isso o resultado do afastamento da verdade que a Bíblia diz. Devemos antes de criticar alguém ou algo, procurar ver com outros olhos, melhor, com os olhos certos, desprovidos de pré-conceitos e não olhar superficialmente as coisas.
    @MDD – Voce deveria seguir seu próprio conselho e examinar a bíblia sem pre-conceitos (achar que ela é perfeita ou foi inspirada por seres divinos) e não superficialmente. existem mais de 2000 erros e contradições catalogados na bíblia. Apontei apenas meia dúzia que nem são os mais gritantes…

  6. Vinicius Caju

    Tem essa tb
    Antes só vivia no paraiosa Adao, Eva, Cain e Abel, Cain matou e depois foi para outra cidade, onde encontrou uma esposa e teve filhos. (De onde surgiu essa mulher/??)
    Vinicius
    http://mundoveio.wordpress.com

  7. Reuel

    @Maria Amélia
    “A mensagem principal da Bíblia é o amor.”
    “Conta a Bíblia que, certa vez, Lot hospedou dois anjos em sua casa. À noite, alguns homens de Somorra bateram à porta de Lot e disseram-lhe que sabiam que ele tinha dois hóspedes e que eles, os homens de Sodoma, queriam ter relações sexuais com os visitantes.” Gênesis 19.
    É, não podemos negar que tem relações amorosas…
    “Então, certamente, ferirás a fio de espada os moradores daquela cidade, destruindo-a completamente e tudo o que nela houver, inclusive os animais domésticos. Ajuntarás os despojos no meio da praça e a cidade e todo o seu despojo queimarás por oferta total ao Senhor, teu Deus, e será montão perpétuo de ruínas, e nunca mais se edificará.” Deuteronômio 13:15-16
    E finalmente….
    Leia o Salmos 109 e verão o que é terror.
    E uma citação:
    “Deus é um ser mágico que veio do nada, criou o universo e tortura eternamente aqueles que não acreditam nele, porque os ama.” Steve Knight
    Somente tem razão, quem usa a razão!

  8. Uilmara Machado

    Toda estória contada por muitos, muitas vezes, pode perder a veracidade, por isso, acho que alguns relatos bíblicos foram transformados ou inventados. Na realidade, acredito em DEUS (Ser Supremo que colocou-nos neste mundo para progredirmos espiritualmente e não para sofrermos; o homem é o culpado por tanto sofrimento!). Nunca obtive respostas para minhas indagações sobre alguns absurdos bíblicos, pois aquelas professoras de Religião horrorosas e mal-amadas da escola sempre diziam que a Biblia tinha que ser respeitada e que eu não devia duvidar das coisas escritas nelas. Se prestarmos bem atenção, a Biblia trata a mulher como um ser inferior, que deve viver na submissão, por isso, muitas mulheres viveram (e algumas ainda vivem) num inferno! Sempre afirmei que DEUS não deveria ter pedido (ou ordenado) que amássemos uns aos outros e sim que respeitássemos uns aos outros, porque eu não preciso amar uma pessoa para respeitá-la; amor não é um sentimento que você demonstra simplesmente com gestos; amor vem do coração, da alma… Quantas pessoas conhecemos, que vivem dizendo que amam, mas não respeitam o outro e nem mesmo a si mesmas: anulam-se e são capazes de atos hediondos em nome desse “amor”. Se respeitássemos mais os Mandamentos, conseqüentemente, respeitássemos mais uns aos outros, seríamos mais felizes e mais capazes de feitos nobres.

  9. D'tricio

    Me parece meio obvio que haja contradição em um documento escrito por mais de 40 autores diferentes, há tanto tempo atrás, em uma língua (ou várias) extinta, traduzido e retraduzido até os dias atuais. Mesmo hoje em dia, existem bíblias que contém diferenças entre si (a bíblia do evangélico não é exatamente igual à biblia do Cristão).
    Pra mim o mais importante é extrair o melhor das coisas, nesse caso, o amor por Deus, amarmos os nossos semelhantes e tentar viver uma vida descente sem matar, roubar etc.

  10. Thiago

    É. Parece que a “Palavra de Deus” não é infálivel como a própria bíblia diz.

  11. Danilo

    Além disso dizer que as “mensagens” que a biblia diz de não matarás, não furtarás etc é a base de toda a bondade no mundo é meio que nos reduzir a trogloditas ignorantes, que tipo de ser humano não é capaz de definir certo ou errado por si mesmo?

  12. ARS

    Jesus curou um leproso depois de visitar a casa de Pedro e Simão (Marcos 1:29,40-42).
    Jesus curou o leproso antes de visitar a casa de Pedro e Simão (Mateus 8:2-3,14).
    Não seria “Simão pedro”, irmão de André?

  13. yumejin

    Apesar das contradições, a Bíblia permanece sendo um importante objeto de estudo de qualquer ocultista, não? Afinal, é você mesmo, Tio, que menciona trechos de Salmos, Apocalipse, os próprios Evangelhos…

  14. Daniel

    Não só a bíblia, mas como outros livros são muito importantes para os ocultistas, porem essa bíblia que o gado segue piamente foi muito alterada para bens e fins próprios.
    Sendo assim, alguns trechos são de extrema importancia e outros são apenas historinhas.

  15. Meu dia.
    Por Zé, o poeta.
    Veio gente me aplaudir…
    E vieram me amar, e vieram me abraçar,
    e resplandeceram por mim sua luzes.
    E me deram tantos beijos, me trouxeram tantas flores,
    fazendo deste meu mais velho dia,
    tanto céu, que pensei que realmente o paraíso fosse aqui.
    E cheios de balas, e bolos e champanhe e poesias,
    me fiz criança, e como um menino
    lambuzado de carícias doces, vivi de tanto rir…
    Obrigado por querer me ajudar – beijos!!!!
    Grande beijo do poeta!

  16. Não sei direito onde li na bíblia, que Jesus teria dito
    ” Não me adoreis por que eu não sou Deus, deus é o meu pai”
    Dito isso por Jesus não é mais uma confirmação que ele, Jesus, era apenas um homem?
    Assim sendo, isso nos levaria a crer, na maior contradição bíblica de todas? Até por que, em toda ela, ele afirma a existência de um pai que o criou, não havendo inclusive possibilidade de não ser ele apenas um homem que pregava algo.

  17. Bruno Rodrigues

    Oi Maria Amélia,
    é engraçado quando vc falou que a sociedade basea sua existência na bíblia e nos mandamentos, você precisa conhecer mais as culturas e os povos do mundo. Quantos anos o japão viveu sem estes conceitos e construiu uma sociedade muito mais justa e funda no respeito e na honrra.
    O pior cego é aquela que não quer ver. Tenho medo dos que vendem este ópio do povo pior que qualquer droga que se tornou o cristianismo.
    []s

  18. Bruno Rodrigues

    (1Sm 15:3) Vai agora e fere a Amaleque, e destrói totalmente a tudo o que tiver. Nada lhe poupes; matarás a homens e mulheres, meninos e crianças de peito, bois e ovelhas, camelos e jumentos.
    Não se isso são ordens do Deus da bíblia, prefiror seguir meus pensamentos que são muito mais puros e cheios de amor para com o próximo. Nada justifica isso.

  19. Bruno Rodrigues

    Caramba vejam a explicação deste cidadão. Isso é o que chamo de fé fundada na tortura:
    http://www.jesussite.com.br/artigos/contradicoes_txt.asp?Cod=38
    E o cidadão acho isso maravilhoso, vê que lindo totalmente justificável matar crianças, claro elas são o mal do mundo né, mas é só para punir e gerar obediência.
    Racionalidade passou beeeeeeeeem longe desta bíblia.

  20. Muito se fala sobre as “contradições” que existem na Bíblia, mas o fato e que poucos admitem que ela tem um valor histórico cultural incalculável. Porém e infantilidade aceitar que por exemplo Móises escreveu Gênesis, Êxodo, Deuteronômio e Números e ainda descreveu a própria morte… a teoria mais aceita é a de que ela teria sido escrita muito tempo depois. Assim como os evangelhos só foram escritos quase 20 anos após a morte de Jesus (ou seria Yoshua, ou seria José ou melhor seria Josué?). Bom para quem crê acho fundamental saber desse por menores e até sei que existem Bíblias que publicam contra-argumentos a essas “contradições” é isso. Del Debbio fala o que tu acha?

  21. erick

    eu queria ler todas as contradições ….por favor

  22. George

    Respeito!!!!
    Essa palavra é desconhecida dos cristãos, nos falam de um amor eterno e absoluto, de um Deus perfeito, e de um amor ao proximo que só é exercido quando se comunga de sua crenças, veja como é engraçado, quando se fala de qualquer outra mitologia os cristãos a tratam como crendice e mentira, mas quando se trata de tentar nos convencer de mares abertos, inundações, fogo celeste, carruagens que voam e homens que morrem e voltam, essa coisas são tratadas como verdades absolutas, respeitem a crença alheia!

  23. Rúbia

    Eu gosto de ler artigos assim, e comentários assim, para conseguir respirar aliviada, e ver q nem tds estão cegos qto à bíblia (digo isso com devido respeito a Deus e Jesus Cristo, q amo :0) )
    Achei o blog muito legal, já está assinado 🙂

  24. Rúbia

    @George
    Eu sou cristã, respeito qq crença.
    Não generalize, please.
    Só não consigo acreditar/concordar com o materialismo.
    Bjos

  25. Douglas

    Ah, já vi uma vez que a ressurreição é divergente entre os evangelhos quando trata do local onde ocorreu. Como nada na bíblia está errado, talvez Jesus tenha feito escalas, afinal voltar do paraíso direto deve ser cansativo.

  26. Gabriel

    MDD, você também concorda que a biblia é só uma cópia da famosa: “A História de Gilgamesh, rei de Uruk”?
    Estranho que essas tábuas de barro, foi um dos maiores achados do século passado, deixando em cheque a origem da biblia, porém pouco se deu importancia. Quem procura acha, mas a grande massa ainda não tem acesso.
    Ainda não vi nenhum tópico sobre esse assunto, você tem alguma ressalva sobre isso?

  27. Luiz

    Sobre o lugar de morte de Araão, o monte Hor não fica na região de Mosera? Ent/ao essa parte quanto ao local de morte não teria contradições.
    Já a questã da mentira e Deus e algo que realmente deve fazer muito estudioso ficar de cabelo em pé. minha visão sempre foi que o pecado do “falso testemunho”, pelo próprio jeito que está ecrito( testemunho) e pela lei dita no Levítico se referir a não acusar um inocente nem defender um culpado.

  28. Luiz

    Sobre esse ponto:
    Deus mata todos os animais dos egípcios com uma forte pestilência. Nenhum sobreviveu a pestilência (Êxodo 9:3-6).
    Deus mata todos os animais dos egípcios com uma chuva de granizo (Mas eles já não haviam morrido com a pestilência?) (Êxodo 9:19-21,25).
    No Exôdo9;3 fala que os animais que seriam atingidos pela praga seriam cavalos, jumentos, camelos, bois e ovelhas (quase tdos os bichos importantes da região, acho que só sobraram os gatos e as abelhas pro granizo detonar 🙂 . Ponto pros bibliófilos
    Já a diferença de genealogias entre Luca e Mateus tem vários autores 9evangélicos) que falam de uma ser de Maria e outra de José, respectivamente. Já reli várias vezez ambos e só vi indícios de ambas se referirem a José. Ponto pro MDD.

  29. Wellington Copes

    Muito bom o seu blog. Vi seus posts no Sedentário e fiquei impressionado com a quantidade de informações que foram, ou provavelmente foram, omitidas ao longo dos séculos. É óbvio que os cristãos tentarão defender o “livreto” deles com unhas e dentes, mas a questão de matar homens, mulheres e crianças para impor respeito para mim se chama GENOCÍDIO.

  30. MaxRiodeJaneiro

    A maior contradição de tudo?
    É Jesus atender qq um incrédulo que faça uma tentativa de se achegar a Ele. Isso para mim é que a coisa mais doida….
    Jesus Cristo não veio para os perfeitos.
    ( Se vc é perfeito, não precisa de Jesus, pode ficar tranquilo. )
    Frequente o único lugar onde toda a glória é dada a Jesus Cristo. Faça o teste, enquanto há tempo.

  31. jose ricardo

    a biblia nao se contradiz os lunáticos os desequilibrados esses procuram a contradiçao para faserem o ke kerem.mas cuidado nao se brinca com DEUS.kem o fiser da-se mal. nos somos simples mortais DEUS é eterno,morrem os papas e sao sepultados morreu JESUS e ressuscitou é essa a diferença entre nós mortais e DEUS.nos os salvos teremos ke aguardar a ressurreiçao dos vivos e mortos para estarmos com DEUS jesus ja está com DEUS.portanto meus caros contraditorios tenham cuidado com a lingua ke é peçonha na boca dakeles ke nao aceitam DEUS..
    @MDD – a gente ganha pouco, mas se diverte…

  32. jose ricardo

    os textos nao foram escritos todos no mesmo dia.e pelas mesmas pessoas ,portanto nao foi um so autor tipo jorge amado ke escrevia novelas .a biblia é sagrada ensina a boa conduta nao ensina a violencia como as novelas ke agora ate ja apresentam homens a se beijar é a depravaçao total se isso nao estivesse acontecendo ,entao sim chamaria de mentirosa a biblia..todos os autores de novelas ke depois sao vistas por milhoes esses sao os mais interessados a ke se achem contradiçoes mas so se for nas novelas.o povo brasileiro cristao deve de deixar de ver televisao é a janela de satanaz..ke DEUS tenha compaixao de vos..

  33. Gabriel Paulino da Silva

    Só tem um problema José Ricardo:
    Satanas não existe…

  34. leandro almeida

    tenho apenas dois pontos a ressaltar,
    1-a biblia é dividida em vários livros,sendo cada qual escrito por evangelistas diferentes:sendo assim,seria quase impossivel tê-la traduzida identicamente por tais profetas;
    02-assim como disse o josé ricardo(36),temos um guia diário de tudo oque é impuro e´ilicito,….a tlevisão tem nos ensinado coisas horriveis e vem manipulando o ser humano a praticar tais atos(novelas),muito me intristece que aquilo q foi dito lá atrás é a mais pura relidade..”…a sabedoria é um dom de poucos”….não nos espelhemos em erros atuais tãopouco em erros bem primórdios,mas façamos das nossas vidas o mais puro e livre “arbitrio”,crendo q somente nosso criador é quem pode nos julgar…..

  35. Guilherme

    Fico me perguntado como essas pessoas acham esse blog?
    E fico me perguntando como essas pessoas existem. Como deve ser a vida de uma pessoa como o José Ricardo. E o que ele deve sentir ao ler um texto com esse, que de certa forma está contido na Bíblia. E quando a situação é pior e quem escreve é o Marcelo das referências dele.
    ????

  36. percemos que o caratér das contradições biblicas são frágeis se analizadas profundamente,com efeito uma das contradiçoes menciona os pais de jesus.Como poderíamos falar sobre os pais de jesus no sentido literal se maria não coabitou com algum homem para concebê-lo.jesus não foi fruto do encontro de um óvulo e um espermatozóide.Seria uma bobagem falar de paternidade em certos texto biblícos de forma rigorosa,pois se não,abraao seria pai de sangue de todos nós e jesus teria mais um pai chamado davi

  37. Hudson

    Quem alega encontrar contradições na Bíblia é porque
    a) nada entende de exegese,
    b) nada entende de hermenêutica,
    c) nada entende do corpo doutrinário da Bíblia e
    d) NÃO SABE O QUE É UMA CONTRADIÇÃO.
    Qual é o seu caso? Os quatro?
    Meu e-mail está aí, me escreva. Te dou CEM REAIS para cada contradição que eu não puder refutar.
    @MDD – hahaha… que pena que voce esta blefando… ia adorar passar o ano só recebendo dinheiro de defensor de biblia… Pode começar pelos que eu apontei aqui no texto, deve me dar uns 3.000 reais pra começar o ano.

  38. Ismael

    Quer uma contradição manera?
    Deus é amor, deus é todo bondade…(ou sei lá as palavras exatas que eles usam) só que se ele ficar puto ele afoga todo mundo…
    como que alguem acredita nessas boberada…
    Se um deus bom e justo existisse mesmo não existiria tanta desigualdade social, sofrimento de pessoas que já nascem sem expectativa de ter uma “vida boa”… todos teriam a mesma oportunidade… resumindo: só se esse deus fosse muito babaca pra mandar alguem pro inferno só pq seus pais não o batizaram. ele teria filhos preferidos que mandaria para familias ricas e odiados que iam nascer na favela…

  39. Haroldo

    José Ricardo: “nos os salvos teremos ke aguardar a ressurreiçao dos vivos e mortos[…]”
    Você jah sabe se vai ser salvo? Impressionante …
    Jesus ensinou a humildade tbm…

  40. Ivan

    Hudson,
    Não quero seus 100 reais…Porém contradições existem na Biblia e não há de se negar…Eu fui batizado, crismado, estudei a bilblia e coisa e tal…Infelizmente como muitos aqui e fora tb esperam a felicidade e paz que nos pregam desde criancinhas…
    Vamos começar logo pelo começo, se é que me entende?!
    Adão e Eva, eles realmente foram os primeiros humanos na terra? O que aconteceu com o Homo Erectus?
    Deus prega a paz, amor e harmonia, porém existem passagens que ele ordena a morte e a destruição…Ora, Deus é o poderoso, ele criou a vida, a e terra e tudo que há nela…Ele simplesmente não poderia apertar um “botão” e fazer que acabassem as guerras, os homens maus e etc…
    Pq tanto suspense e tantos mistérios de Deus???
    Jesus nasceu a nada mais nada menos que 2.000 anos atrás e ninguém consegue evidências concretas de como ele era, de como morreu, ou talvez tenha existido mesmo!
    Hj o homem consegue evidências de um dinossauro que viveu bilhões de anos!!! Como ele era, o que ele comia, e até como ele morreu!!!!
    Infelizmente é assim…Vou te falar uma coisa e vcs podem até achar engraçado, mas mesmo assim acredito em Deus (e ao mesmo tempo não acredito).
    Mas uma coisa que me deixa realmente chateado, irritado e com vontade de fazer quando encontro um padre, um pastor, um crente, um testemunha de jeová (esse é o pior)…é de dar tanta porrada até ele sangrar, não morrer! Apenas ficar muito machucado, machucado mesmo!!!
    Hj em dia todos os canais de TV, eu disse todos sem excessão tem uma religião por trás iludindo as pessoas, roubando na cara dura os coitados dizendo que vc não vai pro céu…Desde os primórdios da era cristã eram assim…a católica matou milhares de pessoas na Inquisição, pq até hj na terra “santa” matam, existem guerras em nome de Deus…Quer dizer que DEus tá lá em cima vendo tudo e não faz nada?! Chega testar a fé dos outros…Isso pra mim é diversão de DEus…
    Eu espero estar enganado e que haja realmente um Deus por nós, mas que volte toda a história e refaça novamente…
    Ivan

  41. Nelson Vieira

    O difícil de acreditar é que, como pode em pleno século 21, ainda existir tantas pessoas acreditando em um “controle de massa”, como a bíblia ou corão, há duas explicações possíveis. 1ª) como disse Freud, a fé religiosa e como uma neurose da infância; 2ª) ou total falta de conhecimento em Ciência, História, Geografia etc.
    Galileu Galilei disse como poderia o deus que nos deu inteligência, razão e bom censo nos proibir de usá-los.
    As nossa elites maquiavelicamente bloqueia os conhecimentos que desmascarariam as religiões, pois são atravéz delas que eles continuam elites.

  42. Gilgamesh

    Esses evangélicos… São tolos em acreditar que sabem tudo só porque lêem a Bíblia. Esses tolos são os puros ignorantes. Eles vivem no século 21, mas com a cabeça na Idade Média. São cavalgaduras com antolhos.
    O pior é que isto está virando moda. É como uma praga. Tem muita gente com medo de 2012 e está virando evangélico e ainda tem as maria-vai-com-as-outras. Isto é triste, para não dizer perigoso, pois caracteriza claramente um grande retrocesso cultural.
    Isto acontece porque as pessoas estão mais ignorantes, estudando menos História, Física, Química, etc. Hoje em dia qualquer passa em vestibular de faculdade particular. As pessoas estão lendo menos livros. Muitos só leram e só lêem a Bíblia. Não têm outra visão, Estão bitolados.
    Isso é mal… Muito mal à sociedade.

  43. Gilgamesh

    É um absurdo que em tempos de globalização, nanotecnologias, Internet, etc, tanta abundância de informações, ainda existam pessoas de mente tão tacanha; tão bitoladas.
    Têm olhos, mas não querem ver. Têm ouvidos, mas não querem ouvir.
    Mais cego é aquele que não quer ver.
    E são esses que estão destruindo o mundo. Prestem atenção!

  44. mglls

    Oi Marcelo, pois eu faço jus aos cem reais p/cada contradição que postarei aqui…..
    Jesus disse que o Diabo é o pai da mentira então Abraão e o seu filho Isaque devem ser seus filhos, pois o Pai da Fé não suportou esperar as promessas de Deus e tomou suas providências e pasmem ficou c/medo e combinou c/a esposa Sara uma tremenda Mentira Gen. 20-2 Disse Abrão de Sara sua mulher ela é minha irmã e tempos depois o seu filho Isaque tbm mente na mesma situaçao e no mesmo local Gen. 26-7 Perguntando-lhe os homens daquele lugar a respeito de sua mulher disse é minha irmã. Incesto Gen. 19-33 e 34 Naquela noite deram a beber vinho a seu pai e entrando a primogênita c/ele se deitou e no dia seguinte sugeriu a irmã p/que fizesse o mesmo p/preservar a descendência. Não dizem que Deus é o pai das luzes veja o que ele diz Isaias 45-7 “Eu formo a luz e crio as trevas faço a paz e crio o mal eu o Senhor faço todas estas cousas” e o venerado Paulo ensina entregar as pessoas p/Satanás e olha que ele nem estava presente (Magia p/poder mental) I Cor. 5-4 e 5 Eu, na verdade ainda que ausente em pessoa mas presente em Espírito já Sentenciei (cadê o perdão e amor ao próximo) como se estivesse presente que o autor de tal infâmia seja em nome do Senhor Jesus reunidos vós e o meu espírito com o poder de Jesus nosso Senhor entregue a Satanás para a destruição da carne a fim de que o espírito seja salvo no dia do Senhor. Não é dito que Jesus veio trazer uma mensagem de Paz e Amor…..Mateus 10-34 Não penseis que vim trazer paz a terra, não vim trazer paz mas espada, vim causar divisão entre o homem e seu pai, entre a filha e sua mãe e entre a nora e sua sogra. Os inimigos do homem serão os da sua própria casa. Existe ainda algum discípulo vivo? Mateus 16-28 Em verdade vos digo que “Alguns Aqui” se encontram que de maneira nenhuma passarão pela morte até que vejam o filho do homem no seu reino. Que deus de amor é esse que permite as mães cozinharam e comerem os seus próprios filhos Lamentações de Jeremias 4-10 as mãos das mulheres outrora compassivas cozeram seus próprios filhos e estes lhes serviram de alimento. Marcos 10-18 Porque me chamas Bom, Bom é só Deus. I Samuel 16-14 e um espírito do maligno da parte de deus o atormentava e deus fala c/espíritos e aceita orientação e ajuda deles?? I Reis 22-20 ao 23 Pergunto o Senhor, quem enganará Acabe? Então saiu um espírito e se apresentou diante dele e disse eu o enganarei perguntou-lhe o senhor com o quê? o espírito disse sairei e serei espírito mentiroso na bôca de todos os seus profetas. Disse o Senhor Tu o enganarás e ainda prevalecerás sai e faze-o assim, deve ser o mesmo espírito de Genesis 3-22 Eis que o homem se tornou como um de nós…Uma pergunta, se houve o dilúvio e na arca só ficou quem e o que Deus quis, porque começou tudo Dinovo…vou receber esses depois eu coloco mais vou prestar atenção no que o Marcelo disse…….

    1. evangelista- athaydes

      acho que vc precisa conhecer Deus para entender o que ele diz, Deus pode todas as coisas e vc nao, entao do seu ponto de vista vc na entendera, as persoas acham que Deus tem que perdoar a todos ( sim todos que se arrependem) e isso nao quer dizer que nao seja punidos. Mas o fim de tudo o que vale para Deus e quem realmente vc e interiormente – esta escrito; Deus quamdo olha para o homem olha para o coraca
      o perdao a salvacao sao para aqueles que a escolheram e atraves da sua escolha se converteram, e segue so com a fe. por isso pela fe sois salvos.
      a salvaocao perdao nao e uma coisa que esta tao perto assim de nos, apenas foi aberto uma porta, para quem queira entra, vc me dira , a salvacao e para todos/ todos sao chamados e poucos escolhidos ,pq vc e chamada isso nao quer dizer que seja escolhidos,( e lembra sao poucos)

      1. Francisco

        evangelista- athaydes
        A pergunta simples pede uma respostas se não simples também, ao menos consistente e objetiva.
        Abraão mentiu ou não mentiu?
        O que está escrito (ou descrito) foi mal traduzido, mal interpretado ou está fora do contexto?
        Afinal, responda-nos: Abraão mentiu ou não mentiu?

      2. Marco Antonio

        Deus pode mentir e nós não….
        “”acho que vc precisa conhecer Deus para entender o que ele diz, Deus pode todas as coisas e vc nao”
        —————————————————————————————————————
        E Ele pode se contradizer também, né?
        No livro da bíblia, evangelho de (São) Mateus, 20-16 lemos:
        “Assim os derradeiros serão primeiros, e os primeiros derradeiros; porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos.”
        e isto se repete em 22-14:
        “muitos são chamados, mas poucos escolhidos”
        MAS MAS MAS….
        na epístola de (São) Paulo aos Romanos, diz que:
        “Porque, para com Deus, não há acepção de pessoas.”
        ————————————————————————————————————
        Agora você pode me explicar o que houve no livro de Exodo?
        (EX 4.21) “E disse o SENHOR a Moisés: Quando voltares ao Egito, atenta que faças diante de Faraó todas as maravilhas que tenho posto na tua mão; mas eu lhe endurecerei o coração, para que não deixe ir o povo.”
        (EX 14.17) “E eis que endurecerei o coração dos egípcios, e estes entrarão atrás deles; e eu serei glorificado em Faraó e em todo o seu exército, nos seus carros e nos seus cavaleiros”
        … em suma a pergunta que quero fazer é:
        a quem Deus estava sacaneando, na verdade? aos filhos de israel, fazendo eles sofrerem ao longo dos anos nas mãos do egito (castiguinho divino)… ou… ao Faraó por endurecer o coração dele (coração duro = descrença em Deus… Descrença em Deus = inferno?) levando assim, portanto a ele e toda a galerinha egípcia pro mar pra tomar um caldinho divino e…. depois irem todos pro inferno?
        obrigado desde já,
        Marco.

    2. Fabio

      Saudações meu caro amigo! Todas essas contradições são deveras justificáveis,pois a Bíblia consiste de vários livros, escritos por pessoas diferentes, formando uma compilação. A primeira bíblia dos apóstolos de Cristo era de papiro, e perdeu-se através do tempo.A Bíblia que temos hoje foi copiada por mais de 2000 anos ,e nesse processo de cópia por muitos séculos feito a mão ,muita coisa foi se alterando ,mas o que conta é que ela é um registro da história de um povo ,e a essência e verdade suprema que ela transmite é : “Deus é nosso criador, e O Grande Arquiteto Do Universo.Quanto aos mandamentos de Jesus ,a coisa é muito simples :Ame a seu semelhante e ame a Deus acima de todas as coisas .Abraço fraterno e paz profunda !
      Fábio.’.

      1. Ricardo

        As pessoas podem tentar justificar estas contradições por meio de argumentos nos quais alegam que os livros bíblicos foram escritos por diferentes pessoas, em diferentes épocas, mas isto NÃO é válido! Há na própria bíblia a informação de que ela é um livro escrito pelos apóstolos, porém INSPIRADA por Deus. Se foi inspirada por Deus e este deus é perfeito, ele não poderia se contradizer.

        1. RASEK

          Meu nobre colega, o único apóstolo que escreveu sobre o Mestre foi João. Os outros não O conheceram.
          Não é a palavra de Deus. Sofreu muitas adulterações, e só com isso ela, a bíblia já deixa de ser a palavra de Deus, mas sim dos homens.
          Há muita coisa boa nela, porém há muita bobagem também.

        2. Gustavo

          Bem, várias contradições estão expostas no texto…Ou não? Podemos dizer que Deus não se contradiz, mas os que escreveram se contradisseram. Isso é inegável.

    3. Rafael

      Para quem ñ sabe o nome do maior crente de todos os tempos é satanás, Que usa pessoas de mente fraca e pouca fé para tentar distorcer a palavra de Deus. lembrando que usa a propria palavra se isso ñ é ser crente então ñ sei de mais nada, o que ta faltando para vc`s é um pouco de temor e Fé; Deus é misericórdia arrependeis do seu pecado e sera aceito no seu reino… A PAZ DO SENHOR!!!

      1. CESAR

        Rafael, eu se tratando de moral, podemos usufruir apenas do famoso Sermão da Monhanha (Monte) de Jesus. Lá estão contidos a base de toda moral cristã que conhecemos. Tanto que até Mahatma Ghandi comentou que caso se todos os livros do mundo se perdessem, e apenas ficássemos com o Sermão da Montanha, a sociedade estaria muito bem.
        A teologia da ´Bíblia é truncada, controvertida. As histórias e os relatos idem. Claro que temos passagens lindíssimas ali. Até mesmo no V.T., porém igualmente muita bobagem. A Bíblia é sumamente um livro teológico e não histórico.

      2. GERA

        Um bom gado segue seu dono ao matadouro.
        Estudem civilizações antigas que terás as respostas, e com o tempo a ficha vai cair na real e serás desconectado do sistema e olhar tudo de cima como um jogo de xadrez. e a paz finalmente reinará no seu coração e a verdade realmente chegará ao seus olhos e o medo é só um acessório que vc guarda e usa quando quiser.

  45. Amarildo P Moura

    Estão dizendo aí que a bíblia é perfeita, que a principal mensagem da bíblia é o amor. Por favor então me expliquem: O homem tem por obrigação, manter relações sexuais com a viúva de seu irmão, para nela gerar
    um filho. Caso ele se recuse , a sua cunhada deverá cuspir em seu rosto na frente dos mais velhos.(DEUTERONÔMIO 25:5-9) e Um homem que no sábado estava pegando gravetos de lenha para uma simples fogueira é apedrejado até a morte segundo a ordem de Deus.
    (NÚMEROS 15:32-36) Expliquem pra mim essas mensagens de amor que está na bíblia!!!

    1. MARCOS ALMEIDA

      ENGRAÇADO VCE FALAR DE AMOR.,EXISTE PARA DEUS VARIOS TIPOS DE AMOR
      AGAPE,EROS…,AMAR NÃO QUER DIZER QUE TEMOS QUE ACEITAR O AMOR DE HOMOSEXUAL.,ENTRE OUTROS.,COM RELAÇÃO A IRMÃO TER FILHOS DA IRMÃ.,NO INICIO DOS TEMPOS DEUS PERMITIU ESSE TIPO DE RELAÇÃO PARA DAR CONTINUIDADE DA DETERMINADA ORIGEM FAMILIAR.,HOJE ESSA PRATICA É PECADO PARA DEUS.,O QUE AS PESSOAS TEM QUE ENTENDER.,DEUS É ONIPOTENTE,ONIPRESENTE ,ONICIENTE É O ALFA E O OMEGA,O QUE ELE DECIDIR ESTA DECIDIDO.,ELE PODE MUDAR O QUE QUISER.,IDIOTAS QUE VEM AQUI TENTAR CONFUNDIR NOVOS CONVERTIDOS OU PESSOAS LEIGAS.,LEEM A BIBLIA.,PESQUISEM EU JÁ ACHEI VARIAS PASSAGEM QUE ESTAVA COMO CONTRADIÇÃO BIBLICAS QUE SIMPLISMENTE NÃO EXISTE.,FOI IINVENTADA PELO HOMEN.
      @MDD – Se Deus é perfeito, porque ele erra tanto e vive se corrigindo?

      1. Francisco

        Interessante voce dizer que Deus permitiu relações entre irmãos e irmãs para que a raça humana pudesse se expandir. Mas quando alguém questiona que Caim tenha ido para terras distantes e gerado filhos e filhas, vocês afirmam que Eva e Adão tiveram outros filhos e filhas que já habitavam aquelas terras, numa tentativa de justificar o fato de não ser mencionado antes. Ora, se entre a criação do homem e a queda, decorreram vários anos e muitas gerações então que necessidade haveria de sexo entre irmãos…? No mais, a paranóia lunática de acusar os outros, de tentar desmerecer a inteligência alheia com ofensas do tipo “idiotas” retrata bem a falta de argumentos e insegurança naquilo que diz acreditar. Precisas melhorar tuas palavras e entender que o debate é feito de controvérsias mesmo. Caso contrário, se te ofendes milindrosamente, seria melhor evitar sites de discussão como este.

  46. João

    Tanto que não são os mais gritantes que se você ler alguns calmamente você vai perceber que não são erros. O suicidio de Saul por exemplo. Você está colocando somente alguns pontos da passagem, por exemplo: A narração da guerra, Saul se jogou na espada, para não ser morto pelos filisteus, o amalequita foi até David, esperando ganhar uma recompensa e diz: eu matei o Saul. Em suma a 1 opção, ele se joga na espada, 2 um oportunista, 3 os filisteus decapitam Saul e expõe seu corpo.
    Sobre as cidades que aparecem no inicio da Biblia e são destruidas depois, Roma não foi queimada por Nero, e não existe a cidade de Roma hoje ? Existem nomes que marcam o lugar, não importa se eles são destruidos ou não.
    Muitas dessas contradições podem ser simplesmente respondidas se você ler um pouco mais. Outras realmente existem, pois a Biblia foi escrita por mais de um homem, a cerca de fatos vistos nas perspectivas de cada um. Seria muito mais estranho se tudo fosse perfeitamente igual, pareceria uma boataria plantada.
    Enfim, não vai ser isso que vai mudar você de idéia, nem o que você escreveu deve mudar o que eu penso….
    Enfim, Parabéns pela filha.
    Sds.
    @MDD – João… quanto mais a gente lê, mais erros crassos aparecem. Tenta o site http://www.skepticsannotatedbible.com/ . Eles tem mais de 2000 erros cadastrados, de todos os tipos imaginários.

    1. A coisa é tão complicada que as vezes até me dá vontade de rabiscar meu exemplar da Bíblia de Jerusalém…

  47. Jackson Rubem

    A essência da mensagem divina existente na Bíblia jamais será extinta “Os céus e a terra passarão, mas as minhas palavras jamais hão de passar” disse, Jesus Cristo. E de fato continuam até o dia de hoje.
    Considero, no entanto, que as traduções bíblicas contém falhas que podem gerar algumas contradições.
    Apesar disso, ALGUÉM PODERIA MOSTRAR UM BEST-SELLER MAIOR QUE A BÍBLIA? Qual livro merece mais credibilidade? O que neste mundo não contém contradições? A ciência fala um monte de bobagens e depois desdiz tudo. Pesquisem as teorias científicas de cem anos atrás e vejam quantas vezes os homens mudaram de opinião.
    @MDD – acho que os livros do Harry Potter venderam mais que a bíblia.

    1. HHHelderBeast

      O trabalho da ciência é exatamente esse. Desdizer. É um fundamento do método científico derrubar todas as teorias que conseguir. Aquelas que sobreviverem ao massacre, segundo o método, poderão ter um pouco mais de nossa credibilidade.
      Os crentes reclamam que a ciência moderna fica voltando atrás, mas não querem entender que ela está fazendo exatamente o que se propôs. Com isso, fica fácil entender porque os céticos são tão cabeças-duras; eles estão simplesmente se devotando à sua fé: o método científico. Mas infelizmente não têm muita visão das coisas, já que se dedicam quase a vida inteira a uma única micro-área da ciência.
      Agora, vai lá desdizer as teorias que eles mesmos não conseguem refutar há mais de 200 anos, vai. Pelo menos assim você vai poder reclamar com os pés no chão.
      E outra. Se ser um best-seller é garantia de credibilidade, temos que admitir que o Dan Brown deve ser muito confiável também, não???

    2. Não, não vendeu…
      Pela lista da Wikipedia em português:
      1 Bíblia Sagrada: ~2,5-6 bilhões de cópias
      2 Citações do Comandante Mao : ~900 milhões-2 bilhões de cópias
      3 Corão: ~600-800 milhões de cópias
      4 Dicionário Xinhua Zidian: ~400 milhões de cópias
      5 Um Conto de Duas Cidades (Charles Dickens): ~200 milhões de cópias
      6 Escotismo para Rapazes (Robert Baden-Powell): ~150 milhões de cópias
      7 O Senhor dos Anéis (J.R.R. Tolkien): ~150 milhões de cópias
      8 Harry Potter e a Pedra Filosofal (J.K. Rowling): ~120 milhões de cópias
      9 Livro de Mórmon: ~120 milhões de cópias
      10 A Verdade que Conduz à Vida Eterna: ~107 milhões de cópias

      1. Phillipe

        O mais engraçado é que o livro chamado “biblia” minusculo mesmo, nao deveria nem ser vendido.

    3. Flávia

      Sinto muito, @MDD !
      O fato de vc ser incrédulo, não o faz digno de uma blasfêmia como esta… Ou seria uma ironia?! Porque sinceramente, dizer q Harry Potter vende mais do a Biblia.. Fala sério! Tenho apenas uma certeza: que quando o juízo final chegar, seu lugar estará guardadinho… No inferno, é claro! Mas ainda há tempo, viu! Basta de arrepender e CRÊR em Jesus Cristo! E qto a bíblia… Nem Jesus agradou a todos, qto mais a bíblia!
      @MDD – Mas arruma uma cadeira pra sentar e esperar o tal Juizo Final, pq vai demorar hauahauahauahauaha

      1. Vinícius Ferreira

        Muito Jesuis nesse seu coraçãozinho hein, Flávia!

  48. marciofone

    Outra coisa:
    Como é que uma ARCA tão pequena poderia comportar um par de cada ser vivo do planeta???
    Já fiz uma pesquisa e vi que a arca tinha pouco mais de 130 metros…
    Eu hein…

    1. Flávia

      Ora ora, Marciofone…
      Vc já ouviu falar em milagres! Já ouviu falar q Deus pode tudo? Com certeza, não!
      Pra que tanto estudo se sequer crêr… Creio q de nada adiantará!!!

      1. Elton

        Nada me assusta mais que a ignorância, Flávia… acredito que Deus iria se alegrar muito se você estudasse…

    2. Marco Antonio

      mas marciofone, o milagre citado aí rapaz, da arca de noé, chama-se winRAR da vida real =)

  49. guilherme

    Marcelo, nesses dias debati com um pastor que é amigo, mas é muito díficil convencer os erros da bíblia pra ele. O pior é que até quem não é evangelico fica do lado dele a égregora é muito forte.

  50. gilson

    A biblia tem vários generos literários, foi escrita por vários autores tem narrativas históricas, contos e sabedorias poulares, cartas, testemunhos de fé, foi redigida em periodos distintos, em processos culturais diferentres. Enfim é palavra de Deus direcionada a homens de diferentes épocas e culturas em, as vezes llinguagem antropomorficas como po ex. a ideia dos gregos em relaçao aos deuses seres mistos homem-deus. Resultado, o Deus da revelação se revelou dentro de um esquema humano. As contradições são acidentais e não essênciais que só com estudo profundo de exegese, linguística , antropologia, filosofia etc e tal, poderá dissipar-se as dúvidas.
    @MDD – Não… as contradições indicam JUSTAMENTE que não são textos ditados por nenhum Deus, mas as idéias reunidas de várias pessoas aleatórias, que foram transformadas em um livro “sagrado” por Constantino. Existem textos ocultistas sérios, textos históricos, tentativas de narrativas, vários deles com erros absurdos de ciência que apenas mostravam o conhecimento que se tinha do planeta na época. Aqui eu coloquei apenas uns 20 erros, mas se você for no site http://www.skepticsannotatedbible.com você encontrará mais de 2.000 erros ao todo.

    1. HHHelderBeast

      Eu acho que essa história de que “só com estudo profundo de exegese, linguística , antropologia, filosofia etc e tal, poderá dissipar-se as dúvidas” é uma boa desculpa para afastar as pessoas simples da compreensão religiosa e mantê-las sob domínio dos mais poderosos.

      1. Os pentecas que atacam a ICAR agindo da mesma forma. AGORA eu ri. Nenhum homem será livre se não compreender a si mesmo.

    2. MARCOS

      ESSAS DUAS MIL CONTRADIÇOES NÃO EXISTE.,O DIABO VEIO PARA ENGANAR,ROUBAR ,MATAR E DESTRUIR.,O DIABO CEGOU OS OLHOS DOS HOMEN PARA QUE NÃO TIVESEM INTENDIMENTO
      @MDD – E voce quase cegou os meus olhos com esse tanto de erro de português!!!

  51. Anthony Galli

    Sobre o Lot, tem uma citação muito interessante no filme Religulous:
    E deus então enviou dois anjos para investigar.
    Os anjos foram à casa da pessoa mais devotada da cidade – Lot.
    E as pessoas da cidade tentaram estuprá-los!
    Agora, Lot não queria que sua cidade tivesse a má reputação do tipo de lugar que estupra anjos….
    E por isso ofereceu as próprias filhas para serem estupradas.
    E ele era o mocinho da cidade!
    Realmente, Gomorra devia mesmo ser varrida do mapa… ‘-‘

  52. Amarildo Moura

    Onde não existe a verdade, sempre existirão partidos políticos, facções e RELIGIÕES!! Alguém já viu discípulos de Newton em oposição a discípulos de Pitágoras?? A Matemática é cristalina já a religião……

    1. William

      Cara, eu vi Newton em oposição à La Place, é o suficiente.
      E eu vi Newton ser cristão, e eu vi Newton escrever um livro sobre profecias bíblicas, nas quais ele acreditava… E não era só Newton.
      A maior parte das “incoerências” bíblicas são questões de tradução ou mesmo da teologia dos copistas, mas nenhuma dessas 20 aqui postadas e até agora nenhuma das que eu vi em qualquer lugar (Inclusive entre as 2.000 que foram citadas de outro site) afeta o cristianismo e a mensagem principal da Bíblia…
      Eu não acho que a Bíblia seja um livro isento de erros, se com erros tu quer dizer falhas humanas que invariavelmente acontecem. Mesmo num livro tão bem documentado e referenciado como a Bíblia. Abraço!

  53. Anderson

    EU, particularmente acredito sim na existência de Deus, o Ser Supremo, o Criador do Universo. É porém inegável que a Bíblia contenha certas contradições. Minha opinião PESSOAL é de que é inútil negar a existência de Deus.
    A maçonaria estabelece com prérrequisito para se tornar membro que o indivíduo acredite em um ser supremo.
    Acredito que nossa mente é limitada e jamais conseguirá desvendar certos mistérios que nos assombram, ou, seria tudo o que existe mera obra do acaso? Minha religião reconhece a Bíblia como a palavra de Deus mas reconhece haver certas inconsistências fruto da manipulação humana.

    1. Marcio

      Creio que poucos tenham assistido e compreendido a proposta do filme (Contact) Contato.
      Entendam, NENHUM HUMANO é ainda dono de ALGUMA verdade absoluta.
      Teísta ou ateísta, ninguém chegará a algum lugar se continuar essa competição TOLA de quem é dono da “verdade absoluta”.
      Apenas façam o certo, amem e se respeitem, estudem, pouco importa quem está certo ou errado, PRECISAMOS mudar o curso do mundo, tudo está indo cada vez pior e pior e pior.
      Sou ATEU, mas prego o respeito, estudo evolução individual o que na PRÁTICA me torna um cristão, um seguidor de BUDA e até mesmo um padre.
      Somos isso TUDO, damos a vida e podemos tirar a vida também.

      1. CESAR

        Veja bem, você estpa correto mesmo. O que vale é sermos bons uns com os outros, independentemente da religião que tenhamos. Agora, uma coisa que você mencionou aí, que eu acho muito útil aos ouvidos de muitos que professam as religiões ditas evangélicas: “SOU CRISTÃO…” Ora, podemos nos denominar de cristão se, no sentido denotativo nos auto proclamarmos como tal ou se frequentarmos alguma instituição que se denomine assim, implícita ou explicitamente. De forma conotativa, foi o que você mesmo afirmou: que era um cristão pela conduta que se ciadunava com aquilo que Ele nos ensinou.

  54. Filipe

    http://www.jesussite.com.br/artigos/contradicoes_txt.asp?Cod=11
    Essa eu sei!
    O livro dado como a terceira revelação é o Livro dos Espíritos escrito por Kardec, pois ele é um livro novo ditado por espíritos e, então menos manuseado pelo homem, apesar de que na simples tradução de qualquer livro pode haver mudança de sentidos!
    Porém explicarei com meus conhecimentos essa parte:
    Pois eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a maldade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração
    Pois segundo espiritismo você reencarna, o que explica diferença comportamental, de pensamentos e facilidades de desenvolvimentos ocorrendo até com gêmeos, o que elimina a genética! Então, se você errou hoje, pode reencarnar daqui a três ou quatro gerações, pagando pelos seus erros! Concerteza haverá muito problemas por causa de tradução, novos vocabulários e modificações do texto original, mas quando você estuda espiritismo fica incontestável. Explica tudo! Desde doenças, mortes prematuras, riqueza, probreza, nessecidade de reencarnação, etc!

  55. aamirah

    Não dá pra acreditar na Bíblia. Não dá mesmo! Nunca acreditei, tento ler e acreditar…mas é cada coisa absurda…não sei de morro de rir ou de chorar.
    Não sou contra Cristo, mas não sou a favor desse cristianismo político, o cristianismo deixou de ser uma religioso a muito tempo…me pergunto…será que algum dia foi?! Obrigar uma pessoa a admitir uma crença pelo medo, pelo temor, pelo terror…eu não posso aceitar isso. Dá até náuseas…
    @MDD – Não é questão de “acreditar” ou não… a biblia é um livro muito bacana, no mesmo naipe das “aventuras de Hércules”, ou dos contos do Monteiro Lobato ou das histórias de mitologia… fábulas, historinhas para crianças… o problema é o povo levar a sério!

  56. renato

    como dizer que e cristao se nao crer na biblia.’examinai as escrituras,porque vos cuidais ter nelas a vida eterna ,pois ela testifica de mim( jesus).quem crer ja esta salvo,mas quem nao crerja esta condenado por quanto nao creu no filho de DEUS

  57. Hudson

    Não existem contradições na Bíblia. Toda vez que alguém aponta uma contradição na Bíblia, está mostrando uma série de coisas, como, por exemplo, sua incultura, seu desconhecimento das línguas bíblicas, a má tradução dos textos, sua falta de conhecimento exegético, doutrinário, falta de concatenação do raciocínio, erros de leitura, de interpretação , sua falta de conhecimento do que seja uma contradição e uma série de outras coisas.
    Eu dou CEM REAIS para cada contradição na Bíblia que se provar contradição mesmo. Então, aproveite a oportunidade!!!
    @MDD – É cada idiota que me cai de paraquedas no blog… hauahauaha…

    1. remo

      18 de janeiro de 2012 às 9:37
      Deus fez o homem na terra e viu que era bom…
      …então Deus se arrependeu de ter feito o homem na terra.
      Deus fez o mundo em seis dias e cansou.
      Deus prova Abraão.
      Então Deus se arrependeu do mal que dissera havia de fazer àquele povo.
      Se é o Deus de infinito poder, infinita sabedoria e que nunca erra,
      ENTÃO É CONTRADIÇÃO

    2. BETE

      POE IDIOTAS NISSO, ESSAS PESSOAS QUE SE DIZ CARDECISTA ACHA QUE DEUS NÃO PODE PUNIR OS SEUS FILHOS,POIS BEM, SEGUNDO O BUDISMO,OS ESPIRITAS,ELES ACREDITA QUE DEUS,NÓS MANDA PARA UMA NOVA VIDA PARA SE REDIMIR DOS NOSSOS PECADOS,OU COMO DIZEM ERROS,QUE DEUS É ESSE QUE NOS PUNE,COM UMA REENCARNAÇÃO,PARA QUE PASSAMOS OU PAGAMOS PELOS NOSSOS ERROS POR VARIAS REENCARNAÇÃO, NÃO É O MESMO QUE NOS PUNE COM O INTUITO DE DIZER QUE SE VC NÃO SE ARREPENDER SERÁ LANÇADO O A INTERNO POR TODA ETERNIDADE,AGORA EU PERGUNTO AOS BUDISTA, OS ESPIRITAS ESSA “PURIFICAÇÃO ESPIRITUAL QUE ELES PREGAM NÃO É O MESMO QUE DEUS DISSE QUE SERIA LANÇADO PARA O INFERNO POR TODA ETERNIDADE? FALA SÉRIO O HOMEM JAMAIS SERÁ DE TUDO PURO OU ATE MESMOS PERFEITO.PERFEIÇÃO SÓ QUEM TEVE FOI JESUS CRISTO.
      @MDD – Oh, deus, por quê você me pune com tantos erros de português?!?

  58. Hikari

    Renato, como Yeshua pode ter falado dos evangelhos se 1 século depois dele “sair de cena” os textos apenas começavam a ser escritos?
    Nessas próprias escrituras ele nunca mandou ninguém escrever livro, então kem escreveu o fez por conta e iniciativa próprias. E se foi tudo escrito por deus, pq o próprio Yeshua naum escreveu tudo?
    Quanto ao Hudson, já leu as alegorias envolvendo cegos?…

  59. EBN

    Os tolos cristãos que sempre defendem esse maldito livro – a bíblia -, para justificar uma infinidade de insanidades, no fundo, são incapazes de a entender. Toda contradição é tratada como “texto fora do contexto”, pelo simples fato de não haver alternativa que justifique tamanhos disparates, como este aqui:
    “JESUS É UM FALSO PROFETA
    Já que a bíblia é a “palavra de deus”, então vamos aplicar às palavras do “manso e suave” jesus um teste que a própria bíblia nos autoriza:
    Deuteronomio 18:22 diz: “Quando o tal profeta falar em nome do Senhor, e tal palavra se não cumprir, nem suceder assim, esta é palavra que o Senhor não falou; com soberba a falou tal profeta, não tenhas temor dele.”
    Agora vejamos o que colocaram na boca do messias: Mateus 16: 28 “Em verdade vos digo, alguns dos que aqui estão DE MODO NENHUM PROVARÃO A MORTE até que vejam vir o Filho do homem no seu reino.”
    Que isso quer dizer? Que alguns daqueles que estavam ao lado de jesus NAQUELE MOMENTO não morreriam ANTES de esse jesus VOLTAR! Jesus falava a quem? Veja o versículo 24 Então disse Jesus aos seus discípulos:”…
    Aqui temos mais uma CLARA CONTRADIÇÃO na “infalível” palavra do deus todo-sapiência. Além de fazer de mentiroso o “doce” jesus, quem INSPIROU tal texto, por certo, NÃO FOI O MESMO QUE INSPIROU o texto de Deuteronômio, já que aquele contrasta com este!
    Vejamos mais: Mateus 24:34 “Em verdade vos digo que NÃO PASSARÁ ESTA GERAÇÃO SEM QUE TODAS ESSAS COISAS SE CUMPRAM.”
    Mateus 10:23 “Quando, porém, vos perseguirem numa cidade, fugi para outra; porque em verdade vos digo que NÃO ACABAREIS DE PERCORRER AS CIDADES DE ISRAEL ANTES QUE VENHA O FILHO DO HOMEM.”
    Mateus 16:27 “Porque o Filho do homem há de vir na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então retribuirá a cada um segundo as suas obras.” 28 “Em verdade vos digo, ALGUNS DOS QUE AQUI ESTÃO DE MODO NENHUM PROVARÃO A MORTE ATÉ QUE VEJAM VIR O FILHO DO HOMEM NO SEU REINO.”
    Mateus 26:64 “Repondeu-lhe Jesus: É como disseste; contudo vos digo que VEREIS EM BREVE O FILHO DO HOMEM ASSENTADO À DIREITA DO PODER, E VINDO SOBRE AS NUVENS DO CÉU.” A quem jesus se dirigia? ao sumo sacerdote, vide vers. 63!
    Vamos ver mais:
    Em Marcos 13:24 “Mas naqueles dias, depois daquela tribulação, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz; 25 as estrelas cairão do céu, e os poderes que estão nos céus, serão abalados. 26 Então verão vir o Filho do homem nas nuvens, com grande poder e glória. 27 E logo enviará os seus anjos, e ajuntará os seus eleitos, desde os quatro ventos, desde a extremidade da terra até a extremidade do céu. 28 Da figueira, pois, aprendei a parábola: Quando já o seu ramo se torna tenro e brota folhas, sabeis que está próximo o verão. 29 Assim também vós, quando virdes sucederem essas coisas, sabei que ele está próximo, mesmo às portas. 30 Em verdade vos digo que NÃO PASSARÁ ESTA GERAÇÃO, até que todas essas coisas aconteçam.”
    Veja bem meu amigo, o pronome “esta” não admite nenhuma outra geração, como quererão lhe fazer crer os espertos sacerdotes de plantão e néscios que seguem a eles! Esse pronome se refere ÚNICA e EXCLUSIVAMENTE à geração a quem jesus se dirigia! Logo, à geração daquele momento (a menos que o espírito que inspirou tal texto não saiba expressar-se em português!).
    E o que aconteceu??? TODOS MORRERAM, e o “doce” jesus NUNCA VOLTOU nem voltará! Porque ele é uma lenda INVENTADA pelos espertos sacerdotes daquela geração, que desde aquele tempo VIVIAM nas costas dos outros que lhes serviam de jumento! Essa “função” de carregar sacerdotes nas costas não é invenção nova. Triste é saber que tantos ainda caem nela!
    É interessante notar que já os primeiros cristãos caíram nesse conto do vigário:
    I Coríntios 15: 51 “Eis aqui vos digo um mistério: NEM TODOS DORMIREMOS mas todos seremos transformados,” 52 num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados.” (coitados, foram ludibriados pela mentira!).
    1 Tessalonicenses 4:14–15 — Dizemo-vos, pois, isto pela palavra do Senhor: que NÓS, OS QUE FICARMOS VIVOS para a vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que já dormem. […]
    Apocalipse 1:7 — Eis que vem com as nuvens, e TODO O OLHO O VERÁ, ATÉ OS MESMOS QUE O TRASPASSARAM; […]
    Só os ávidos por crerem não conseguem enxergar tais contradições! Talvez porque o próprio deus deles tenha aplicado neles próprios a tal da “operação do erro”: II Tessalonisenses 2:11 “E por isso Deus lhes envia a operação do erro, para que creiam na mentira;” Amém!”
    Esta é apenas UMA das INÚMERAS contradições neste livro amaldiçoado – a bíblia! Quem o defende, ou o faz por omissão (desconhecimento) ou por COMISSÃO (os espertalhões!). ([email protected])

    1. Serena

      Jesus, entre muitas outras, profetizou a destruição de Jerusalém. O Reino ao qual Jesus se referia era o espiritual, não o terreno, porém não me alongarei em explicações sobre um assunto totalmente desconhecido para você, que é só mais um néscio fanático, tão fanático quanto esses “crentes” que adoram o Diabo porque ele levam “fiéis” para seus cultos cheios de gritaria e de gente “recebendo”. Nem em culto de Umbanda e Candomblé baixam tantos espíritos, mas se arvoram no direito de condenar em nome do “Senhor Jesus”. E mais uma vez o capeta terá trabalho para registrar esse povo todo na recepção do inferno.

  60. Julio

    Você vai queimar no Inferno, infeliz!
    Pare de querer derrubar as crenças alheias e veja a luz!

  61. Judi Leonard

    Depois que comecei a conhecer melhor a Biblia deixei de ser Católica, suas aberrações e contradições são gritantes, só cego não encherga. Além do mais é interpretada pelos que se dizem ‘cristãos’ como essencialmente materialista. Homens não precisam de religiões, precisam de DEUS, de espiritualidade que é diferente de religião.

  62. jose claudio

    se nao fosse por essas contradicoes,voce nem teria liberdade hoje foi a existencia da biblia que tirou vários paises dos muculmanos,aonde o cristianismo reinou que a ciencia teve paz pra se desenvolver,se nao fosse por esse livrinho cheio de contradicoes hoje provavelmente a sociedade seria muculmana ou ate pior,nenhum grupo fora o cristianismo tinha forca pra lutar com furia por algo,antes de falar em contradicoes lembre-se que foi a existencia deste livro que deu origem a tudo hoje.foram os cristaos por amor a biblia que tiraram portugal,espanha e outros das mãos de movimentos radicais e dominadores.
    @MDD – eu adoro meus fãs crentes!

  63. Leda

    Concordo com o amigo acima, se não fosse o cristianismo não teríamos LIBERDADE!
    É preciso entender a complexidade da história e os caminhos por ela transcorridos. Não podemos negar que houve desmandos, abusos e inquisições, dentro do cristianismo. Mas houve aprimoramento e aperfeiçoamento, transformações que ocorreram e ainda ocorrem dentro do próprio cristianismo! Jesus Cristo mudou a história humana!
    @MDD – Liberdade onde?!?!? Realmente, é preciso entender a complexidade da história e os caminhos por ela transcorridos, mas parece que você não conseguiu fazer isso.

    1. Marcelo, eu fico imaginando como você tem perseverança. Fico imaginando quantos comentários de pentecas malucos e católicos (opa, olha eu aqui) que são contra tudo que você expõe não devem ir para o lixo.
      Para esses que dizem que o cristianismo trouxe liberdade, recomendo estudarem o iluminismo e verem quem realmente movimentou a “Liberdade” no mundo.

    2. Urbano

      Leda, tudo o que eu disse para a pessoa com quem tu concordaste serve pra ti também, com o agravante que tu pareces um pouco mais esclarecida.

    3. Francisco

      Dificil concordar com uma “liberdade” que cerceia a opinião das pessoas, que queima seus desafetos, que destrói livros de ciência, que condena à morte quem não concorda com seus “dogmas” e teorias… De que liberdade o colega estaria falando? Ainda assim, creio que Cristo sim, foi mesmo incomparável; entretanto é no mínimo questionável se os ensinamentos e idéias que ele tentou semear, são realmente as que hoje recebemos. A manipulação de tudo que a Ele se refere é inegável. Para mim em particular, o fato de que no ato de catalogação, dos diversos livros que compõem a Bíblia (canone), ter preterido uns e a outros não, já é indício forte de incoerência, não propriamente do que se ali está escrito. Acontece que o concílio de Nicéia convocado por Constantino, considerou alguns livros inspirados em detrimento de outros; e o que os levou a isto? Estariam estes munidos de inspiração divina ou amparados tão somente em conveniências? Claro que alguns escritos (muitos foram totalmente destruídos), continham informações diversas daquilo que lhes interessava.

  64. Zeh

    Puts, fanatismo tortuoso…
    A evolução do cristianismo só foi necessária por culpa do império Romano, para manter-se no poder precisavam criar uma doutrina.. como Jesus, o rei dos Judeus foi virar o rei dos romanos, se foram os próprios romanos que o mataram?? Só parar pra pensar, e deixar um pouco de lado a visão cegueta da catequese..
    Sou católico, entretanto, não deixo de comparar religiões, e toda a cronologia histórica e seus acontecimentos.. o porquê de cada coisa.. os podres da ICAR, as comparações de um versículo e outro da bíblia, essas igrejas que hoje vocês evangélicos cultuam graças aos próprios erros da ICAR e todo o fanatismo inserido em todas elas, como os muçulmanos lá do Oriente Médio.. a imensa máquina de lavar cérebros dos Testemunhas de Jeová.. e umas pá de aberrações religiosas..
    Agora uma dúvida, Del Debbio, você é maçom, não teve que depositar suas mãos e jurar em frente a bíblia aberta? Então, creio eu, deve respeitá-la..
    @MDD – Não. Eu jurei sobre o Liber Al legis.
    Na realidade mesmo, se você estudar tudo isso e levar a sério, você afirma com a absoluta certeza. Todas as religiões só são artimanhas para conquista de poder, ignorância dos fiéis, soberania, dinheiro e fama. E há sim, uma verdade que puxa outra e puxa outra entre todas elas, mas poucos conhecem…
    Paz de Deus e aos homens de boa vontade!
    Sapientia et Avgebitvr Scientia

    1. Zeh

      Mas hein?!
      Bom, que seja.. o respeito tem que existir…

  65. PGuarnier

    Eu não tenho desejo de acreditar que a biblia ou qualquer livro do mundo seja a palavra de Deus, eu apenas li toda a biblia, do genesis ao apocalipse, levei anos para completar a leitura, entendi o que está escrito, não vejo nada de valor ali. Não acredito que a suposta palavra de Deus está num pedaço de papel. Deus está dentro de cada um, quer saber o que Deus fala? Ouça sua consciência, Não tenho medo de questionar nada, não me arrependo de nada do que eu acreditei na vida, pois sou honesto no que acredito. Deus nos deu já inteligência e sabedoria para analizar as coisas e tirar conclusões. É isso o que eu acredito.

  66. romer

    Grande Livro Da Lei certa vez quando estava começando a estudar ocultismo. Morrendo de medo devido o medo q tinha do tinhoso resolvi le lo. Infelizmente nao entedi muita coisa, mas em nada diminuiu a minha admiraçao por Crowley q nutria desde o tempo do Rauzito. Viva a liberdade ……. Toca Raullllll.

  67. Salú

    A ciência é um campo neutro no descobrimento de leis da natureza, que já existiam, então, a cada momento, temos algo novo, ampliando conceitos, que parecem contra-dizer ou negar descobertas anteriores. Uma molécula era considerada a menor partí-cula, depois, encontrou-se o átomo como sendo indivisível, mas, encontraram no átomo os prótons, eletrons, neutrons…. e agora falam até em anti-matéria, só para que se tenha uma idéia das coisas vistas em um momento, que parece ser toda a ver-dade, mas não é.
    Da mesma forma as questões Divinas. Sempre que querem definir DEUS, sempre O diminuem, e fazem-no segundo as limitações e imperfeições humanas. Não é possí-vel definir o indefinível; DEUS é DEUS, criador e causa primeira de todas as coisas. O Universo conhecido hoje, repito, hoje, tem 300 bilhões de galáxias, e aproximada-mente 15 bilhões de anos; o planteta terra tem aproximadamente 5 bilhões de anos, e nós, filhos de DEUS, espíritos eternos, herdeiros do universo, ao invés de conquistar o Reino de DEUS, seguindo aos ensinamentos de JESUS-CRISTO, amando ao pró-ximo, fazendo todo o bem possível, indistintamente, honrando pai e a mâe, tendo uma conduta digna, proceder conforme a moral Cristã, não, não estamos agindo assim, pois, preferimos discutir, alfinetar e ferir os que pensam diferente de nós, esquecidos que o conhecimento da verdade que liberta, só a pouco e pouco vamos adquirindo, na medida em que evoluimos, tal qual crianças da escola prímária que um dia serão mestres da educação, cientistas, médicos, etc. etc. cada coisa a seu tempo.
    Agora, de todas as coisas, o mais importante é o AMOR. AME, e AME MUITO.

  68. Fábio

    Deus transformou em loucura o conhecimento deste mundo sobre as coisas espirituais. 1 Coríntios 1:20. O mundo por seu saber não pode conhecer a Deus. 1 Coríntios 1:21.
    Toda planta que meu Pai celestial não plantou será arrancada pela raiz. Deixai-os, são cegos guias de cegos. Se um cego guiar outro cego, cairão ambos no barranco”.(lucas 6:39).
    Filho do homem (Filho de Adão), tu habitas no meio de uma casa de rebeldes, que têm olhos para ver, mas não vêem, têm ouvidos para ouvir, mas não ouvem. Com efeito, são uma casa de rebeldes(Ez 12:2).
    Embota o coração (a mente) deste povo, torna pesados os seus ouvidos, tapa-lhes (cega-lhes) os olhos, para que não veja com os olhos e não ouça com os ouvidos, e não suceda que o seu coração (mente) venha a compreender, que ele se converta e consiga a cura(Is 6:10).
    disse Jesus: Por isso, vos declaro: todo pecado e blasfêmia serão perdoados aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada.(Mt 12:31).
    Amados, suplico-lhes mais uma vez que atentem para a palavra do Senhor, e abram os seus corações e não se apoiem em uma sabedoria limitada. Peço a Deus por todos vocês para que possam ter a oportunidade de terem uma experiência com Ele. Amém.
    OBS: Deus em sua Onisciência sabe de todas as coisas inclusive sabia que suas primeiras criações (Adão e Eva) sucumbiriam à tentação de satanás, porém Ele por sua maravilhosa justiça concedeu ao homem desde o principio um grandíssimo poder: à falar o LIVRE ARBÍTRIO. Use-o com sabedoria.

  69. Mariana

    Eu ia contra-argumentar um a um mas me deu preguiça.
    Os Gigantes existiam antes da inundação (Gênesis 6:4).
    Somente Noé, sua família, e os animais da Arca sobreviveram à inundação (Gênesis 7:23).
    Mesmo depois da Inundação os gigantes continuaram existindo (Números 13:33).
    >>> Logo, OU Noé e sua família eram gigantes, OU eles levaram um par de gigantes junto aos demais animais. Pra mim faz mais sentido que Noé e sua família tenham sido gigantes. Afinal, eles construíram uma arca gigante em muito pouco tempo. Não sei se eles levariam casais de gigantes na arca, posto que a maioria deles, segundo dados estatísticos compilados no Monster Guide do D&D 3,5a ed., têm inteligência superior à humana. No entanto, talvez a família de Moisés tenha recrutado os gigantes para construir sua arca gigante, e como pagamento tenha concedido a eles um espaço na Arca.
    Deus admitiu que Ele é a causa da surdez e da cegueira (Êxodo 4:11).
    Contudo, Deus não aflige os homens por vontade própria (Lamentações 3:33).
    >>> Não vejo contradição. Ele pode muito bem afligir os homens contra Sua própria vontade (tipo se alguém pediu e tal).
    Deus envia Moisés para o egito resgatar os filhos de Israel (Êxodo 3:10. 4:19-23).
    No caminho, Deus ameaçou Moisés de morte. Não proveu de explicação (Êxodo 4:24-26).
    >>> Não vejo contradição. Ele podia muito bem matar Moisés e mandar outro trouxa depois ir fazer o resgate.
    Deus mata todos os animais dos egípcios com uma forte pestilência. Nenhum sobreviveu a pestilência (Êxodo 9:3-6).
    Deus mata todos os animais dos egípcios com uma chuva de granizo (Mas eles já não haviam morrido com a pestilência?) (Êxodo 9:19-21,25).
    >>> Mais animais vieram e tomaram o lugar dos mortos, por migrações sazonais. Discovery Channel explica.
    Proibição do assassinato (Êxodo 20:13).
    Deus manda Moisés matar todos os homens de Madiã (Números 31:7).
    >>> Os homens de Madiã não eram considerados humanos pelo código legal de Deus.
    Proibição do roubo (Êxodo 20:15).
    Deus manda roubar os egípcios (Êxodo 3:21-22).
    >>> De novo, Deus não devia considerar os egípcios como gente, e não é possível roubar de animais, porque, assim como os comunistas, eles não têm propriedade.
    Nós temos que amar Deus (Deuteronômio 6:5) (Mateus 22:37).
    Nós temos que temer Deus (Deuteronômio 6:13) (I Pedro 2:17).
    >>> Não há contradição. É possível amar e temer algo. Vide homofóbicos e sexo anal.
    Josué queimou a cidade de Hai e reduziu-a a um monte de ruínas para sempre (Josué 8:28).
    Hai ainda existe como uma cidade (Neemias 7:32).
    Josué destruiu totalmente os habitantes de Dabir (Josué 10:38-39).
    Os habitantes de Dabir ainda existem (Josué 15:15).
    >>> Eu tenho um primo chamado Josué e não dá pra confiar no que ele diz, porque ele sempre aumenta a história. Logo, não dá para confiar em Josués.
    Saul destruiu completamente os amalecitas (I Samuel 15:7-8,20).
    David destruiu completamente os amalecitas (I Samuel 27:8-9).
    Finalmente os amalecitas são mortos (I Crônicas 4:42-43).
    >>> Migrações sazonais de amalecitas. Passou um documentário sobre isso quinta passada do Discovery, e você obviamente não viu.
    Isaí teve sete filhos além de seu mais jovem, David (I Samuel 16:10.11).
    David foi o sétimo filho (I Crônicas 2:15).
    >>> Os dois filhos mais jovens de Isaí se chamavam David.
    Saul tentou consultar o Senhor (I Samuel 28:6).
    Saul nunca fez tal coisa (I Crônicas 10:13-14).
    >>> Ele tentou, mas não conseguiu.
    Saul cometeu suicídio (I Samuel 31:4-6) (I Crônicas 10:4-5).
    Saul foi morto por um amalecita (II Samuel 1:8-10).
    Saul foi morto pelos filisteus (II Samuel 21:12).
    >>> Saul cometeu suicídio ao mesmo tempo em que era morto por um amalecita e vários filisteus. Não tinha CSI na época, ficou assim mesmo.
    Davi tomou 1.700 cavaleiros de Adadezer (II Samuel 8:4).
    Davi tomou 7.000 cavaleiros de Adadezer (I Crônicas 18:4).
    Davi matou aos arameus 700 parelhas de cavalos e 40.000 cavaleiros (II Samuel 10:18).
    Davi matou aos arameus 7.000 cavalos e 40.000 empregados (I Crônicas 19:18).
    Israel dispõe de 800.000 homens aptos para manejar espadas, enquanto que Judá dispõe de 500.000 homens (II Samuel 24:9).
    Israel dispõe de 1.100.000 homens aptos para manejar espadas, enquanto que Judá dispõe de 470.000 homens (I Crônicas 21:5).
    >>> Erros estatísticos totalmente possíveis de acontecer. Eu pessoalmente acho essas informações incrivelmente acuradas para o serviço de censo da época. Especialmente se considerarmos migrações sazonais.
    Satã provocou Davi a fazer um censo de Israel (I Crônicas 21:1).
    Deus sugeriu Davi a fazer um censo de Israel (II Samuel 24:1).
    >>> É óbvio que Satã provocou, é isso que ele faz. Deus sugeriu. Não vejo porque os dois não poderiam ter feito isso. E obviamente, como pudemos observar pelas citações anteriores, Israel estava precisando de um recenseamento urgente.
    Davi pagou 50 siclos de prata por gados e pelo terreno (II Samuel 24:24).
    Davi pagou 600 siclos de ouro pelo mesmo terreno (I Crônicas 21:25).
    >>> Juros E/OU inflação.
    Rei Josias foi morto em Magedo. Seus servos o levam morto para Jerusalém (II Reis 23:29-30).
    Rei Josias foi ferido em Magedo e pediu para seus servos o levarem para Jerusalém, onde veio a falecer (II Reis 23:29-30).
    >>> Pithon, MONTHY. “Bring out Your Dead”
    Foram levados 5 homens dentre os mais íntimos do rei (II Reis 25:19-20).
    Foram levados 7 homens dentre os mais íntimos do rei (Jeremias 52:25-26).
    >>> Eram 7 homens, mas 5 deles eram bem mais íntimos, obviamente.
    São citados os nomes de 10 pessoas que vieram com Zorobabel (Esdras 2:2)
    São citados os nomes de 11 pessoas que vieram com Zorobabel (Neemias 7:7)
    >>> A pessoa que coletou a segunda citação tinha mais planetas em virgem.
    (Esdras 2:3 & Neemias 7:8) Estas passagens pretendem mostrar a quantidade de pessoas que voltaram do cativeiro babilônico. Compare o número para cada família: 14 deles discordam.
    Jesus foi filho de José, que o foi de Jacob (Mateus 1:16).
    Jesus foi filho de José, que o foi de Heli (Lucas 3:23).
    >>> o avô de Jesus se chamava Jacob Heli, o que corrobora a versão da ICAR de que Jesus vinha de família pobre.
    Jesus curou um leproso depois de visitar a casa de Pedro e Simão (Marcos 1:29,40-42).
    Jesus curou o leproso antes de visitar a casa de Pedro e Simão (Mateus 8:2-3,14).
    >>> MILAGRE!!!! OU Física quântica. (O que meio que dá na mesma)

    1. Rita N.

      Mariana, vc é demais. Eu não me lembro de ter rido tanto nos últimos 10 anos.

  70. RAYLTON (MINISTRO DO EVANGELIO DE CRISTO)

    EU, NÃO SEI COMO ESSE POVO PODE DIZER TANTA LOROTA, POIS COMO DIZER ACREDITAR EM DEUS MAS NÃO ACREDITAR NA BIBLIA, SO SI SABE Q DEUS EXISTE PELA BIBLIA, OU ATE MESMO O NOME JESUS…
    @MDD – Não tenho nem o que comentar… suas palavras me inspiraram a me converter para a seita evangélica…. NOT.

  71. fernanda

    Se alguem matasse todos os animais de minha cidade.. vc acha q depois de algum tempo o povo nao traria mais animais de outro lugar?aff

  72. Cesar Augusto da Silva Coll

    Pra mim, a biblia é o best-seller mais vendido de todos os tempos hehe. Só isso!
    Não acredito em nda do que ela diz. N-A-D-A
    Acredito no respeito e no amor ao próximo.

  73. Thamyris

    uashduhudshuashd… juros/mora kkkk
    Fala sério minha querida, vc provavelmente não leu a Bíblia então…
    quando vc achar q Jesus disse q é pecado cobrar juros, vc volta a escrever, mas…
    … sem contradições desta vez!!!

  74. genilson

    a bíblia é um livro de regra de fé e prática. Eu acrito em Deus… isso é questão de Fé…
    A fé vai além do método científico…das descobertas e das pesquisas…ter fé é acreditar firmemente sem duvidar. Todas as contradições mencionados nao passão de um conjunto de idéias forjadas por pessoas desiludidas e infelizes que tentam justificar seus fracassos. Deus existe e não precisa que ninguém prove que ele existe…pois ele é Deus. Sou físico com mestrado em física de partículas. E todos os meus amigos de doutorado não tem um pingo de dúvida que Deus é o arquiteto do universo. Que Deus abençoe a todos.

    1. CESAR

      Crer é ter fé! Crer em Deus é uma questão de fé, porém por racicínio lógico poderemos facilitar este raciocínio. Tudo que o homem não criou aqui na Terra como no universo, só pode ter sido criado por um outro, seja ele uma entidade, uma inteligência, um ser, não importa. É um raciocínio simplista, porém lógico.
      Agora, quanto ao BEST SELLER mundial, a Bíblia, é sabido por todos os teólogos e históriadores bíblicos, que é um livro carregado de contradições das mais absurdas. O teólogos sabem disso, porém muitos se calam perante à má vontade de prosseguir nos estudos e até mesmo de querer ver os fatos.
      São Jerônimo, aquele mesmo que criou a Bíblia no séc. IV, já dissera ao seu chefe, o papa Damaso: A VERDADE NÃO PODE EXISTIR NAS COISAS QUE DIVERGEM!
      Mas, infelizmente, a ignorância aliada ou não ao desespero, ao imediatismo, ao materialismo faz com que muitos líderes religiosos deitem e rolem sobre estes incautos. São os falsos profetas dos quais Jesus tinha falado.
      Na Bíblia há MUITA coisa boa, o Sermão da Montanha é um bom exemplo disso, tanto que Mahatma Ghandi já afirmara que se tosos os livros fossem jogados fora, e ficassemos apenas com o Sermão, a humanidade estaria muito bem servida. E vejam que ele não era cristão (no sentido teórico, pois no prático, era sim).
      Fico triste com as pessoas ainda em seus egoísmos, procurarem aquela igreja sem se preocuparem com aquilo que está sendo passado a elas. Apenas procuram ouvir o que está a venda pelos líderes. Compram os seus discursos cheios de falácias e promessas, mitos, estórias, pois assim se arrefecem em suas mentes pertubadas.
      Claro, que ainda assim, estas igrejas têm o seu valor, pois tiram da rua o pai alcoólotra, o marido vilolento que deixa de o ser, o jovem drogado que abandona as drogas etc. Óbvio, que são úteis à sociedade, embora cobrem por isso, pois aquele que deixa de gastar o seu $$ no bar, o dará a igreja que passa a frequentar.

      1. Hermes Zanon

        Ainda acho que há tempo para tudo e para todos.
        A alguns é preciso passar pela seara cristã e seguir os preceitos bíblicos.
        A outros, é mandatório que se tornem ocultistas e trabalhem em outra esfera.
        Há espaço para tudo e para todos, inclusive para bíblia (que só é sagrada aos que assim querem que seja).
        Hermes.

        1. CESAR

          Concordo contigo Hermes, há tempo para tudo e para todos. Em nosso atual estágio de evolução, o planeta Terra ainda se encontra numa situação onde há vários caminhos que ligam ao Criador: os tortuosos e os diretos.
          Muitos ainda precisam ter uma religião que tenha um líder para os orientar, um livro. Não se dão conta de quem escreveu, onde foi escrito, como foi escrito, se alteraram, se modificaram, se incluíram coisas, se excluiram coisas etc. Não, não importa. pois a necessidade de crer em algo, mesmo que absurdo, é primordial aí. Portanto se deixam levar por falácias mil, mesmo que no meio haja muitos ensinamentos úteis.
          A fé raciocinada ainda é rara aqui na Terra, ainda…

  75. Renato Chagas

    O engraçado é que as pessoas que não acreditam nas contradições bíblicas mal sabem escrever corretamente, isso prova a falta de capacidade de compreender a realidade de que estamos sós e tudo é devido a nossas escolhas. vocês acreditam em dEus, mas não sabem defeder ele de nossos argumentos. Eu acho que vocês nem leem com medo de acreditar em nós.

    1. CESAR

      Pois é Renato, infelizmente é isso que acontece mesmo. Apesar de ter muita gente que tem nível superior, pós-graduação, e até doutorado que abraçam este livro (que também tem muitas coisas boas dentro do Novo Testamento) como o contentor de toda a verdade!
      Mas, o nível educacional daqueles que julgam a bíblia como o seu manual de vida para tudo, é realmente baixo. Por isso a grande facilidade de líderes de instituições religiosas “DEITAREM E ROLAREM”.
      A ignorância aliada ao desespero e também ao IMEDIATISMO das pessoas que procuram estas instituições por serem as suas promessas (das instituições) muito fortes e apelativas, acabam por fazer com que se fecham a qualquer outro tipo de entendimento por mais que seja racional, inteligente e paupável.
      Não querem argumentar, e quando crêem que o estejam , apenas se valem de citações e passagens bíblicas decoradas e repetidas diversas vezes por seus carismáticos líderes. Porém, NÃO RESISTEM AO MÍNIMO DIÁLOGO FEITO DE FORMA OBJETIVA!

  76. Weliton

    O que eu vejo, é que estão querendo culpar os tradutores e não quem escreveu. Fica difícil acreditar na biblia com argumentos tão fracos. Não são poucas as contradições, então qual é a chance de repetições de falhas?

  77. raph

    Eu acredito que não haja contradições tão relevantes no NT quanto no AT, exceto por esta que considero a grande contradição do NT (apenas em João):
    Deus confiou o julgamento a Jesus (João 5:22) (João 5:27,30 8:26).
    Jesus, porém, disse que não julga ninguém (João 8:15,12:47).
    Abs
    raph

    1. CESAR

      Não raph, há muitíssimas contradições tanto no VT quanto no NT sim!
      Em todo o VT, alguns exemplos:Como proceder diante de um insensato?
      Pv 26,4: “Não responda ao insensato conforme a insensatez dele, para que você não se iguale a ele”.
      Pv 26,5: “Responda ao insensato conforme a insensatez dele, para que ele não se considere sábio”; Afinal vamos responder ou não ao insensato conforme a insensatez dele, não há como sair desse impasse.
      Os hebreus foram expulsos, tiveram permissão para sair ou fugiram do Egito?
      Ex 12,39: … é que, expulsos do Egito, não puderam parar, nem preparar provisões para o caminho.
      Ex 13,17: Quando o Faraó deixou o povo partir, …
      Ex 14,5: Quando comunicaram ao rei do Egito que o povo tinha fugido,…
      São três alternativas para se explicar o motivo dos hebreus terem saído do Egito, qual deles é o verdadeiro?
      No NT há estas aqui:
      Os cegos de Jericó, quantos eram?
      Mt 20,29-30: Saindo eles de Jericó, uma grande multidão o acompanhava. E eis que dois cegos, assentados à beira do caminho, tendo ouvido que Jesus passava, clamaram: Senhor, Filho de Davi, tem compaixão de nós!
      Mc 10,46-47: E foram para Jericó. Quando ele saía de Jericó, juntamente com os discípulos e numerosa multidão, Bartimeu, cego mendigo, filho de Timeu, estava assentado à beira do caminho. E, ouvindo que era Jesus, o Nazareno, pôs-se a clamar: Jesus, Filho de Davi, tem compaixão de mim!
      Lc 18,35-38: Aconteceu que, ao aproximar-se ele de Jericó, estava um cego assentado à beira do caminho, pedindo esmolas. E, ouvindo o tropel da multidão que passava, perguntou o que era aquilo. Anunciaram-lhe que passava Jesus, o Nazareno. Então ele clamou: Jesus, Filho de Davi, tem compaixão de mim!
      37. Pedro negou conhecer Jesus…
      … três vezes, antes do galo cantar uma vez …
      (Mt 26:74-75) Então começou ele a praguejar e a jurar, dizendo: Não conheço esse homem. E imediatamente o galo cantou. Então Pedro se lembrou das palavras que Jesus lhe dissera: Antes que o galo cante, três vezes me negarás.
      (Lc 22:60) E Pedro lembrou-se da palavra que o Senhor lhe havia dito: Hoje, antes que o galo cante, três vezes me negarás.
      … três vezes, antes do galo cantar duas vezes …
      (Mc 14:72) Imediatamente o galo cantou segunda vez. Então Pedro lembrou-se da palavra que Jesus lhe tinha dito: Antes que o galo cante duas vezes, três vezes me negarás.
      … duas vezes, antes do galo cantar uma vez …
      (Jo 18:27) De novo Pedro negou, e naquele momento um galo começou a cantar.
      … ou três vezes, sem que o galo cantasse uma única vez?
      (Jo 13:38) Jesus respondeu: Tu darás a tua vida por mim? Em verdade, em verdade te digo que de modo algum cantará o galo antes que me negues três vezes.
      E por aí vai!!

      1. Rafael Arrais

        Eu quis dizer “contradições relevantes”, que envolvem questões centrais da espiritualidade, e não erros de concordância ou contradições menores (como se o galo cantou X vezes ou nenhuma vez, etc.)
        Abs
        raph

  78. anderson

    “Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque para ele são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.”
    Porque a vós é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas a eles não lhes é dado;
    Por isso lhes falo por parábolas; porque eles, vendo, não vêem; e ouvindo, não ouvem nem entendem.
    E neles se cumpre a profecia de Isaías, que diz: Ouvindo, ouvireis, e de maneira alguma entendereis; e, vendo, vereis, e de maneira alguma percebereis.
    Porque o coração deste povo se endureceu, e com os ouvidos ouviram tardamente, e fecharam os olhos, para que não vejam com os olhos, nem ouçam com os ouvidos, nem entendam com o coração, nem se convertam, e eu os cure.
    Quem é o homem pra ter razao diante de Deus? Mesmo se voces vissem a Deus na suas frentes voces nao acreditariam, porque a ciencia diria que foi alucinaçao.
    Agora pega um monte de ateu e poe num aviao e la no alto disligue o motor pra ver se nao clamariam a Deus.
    @MDD – Não.

    1. CESAR

      Não também!!
      Esta estória de mistérios de Deus é balela!! Jesus, de fato, não poderia dizer muita coisa naqueles tempos porque não o compreenderiam mesmo. Por isso que aos poucos vamos entendendo as coisas, devido ao conhecimento que nos chega de tudo. É muito cômodo para uma religião dogmática qualquer, se expressar que isso e aquilo são os mistérios de Deus; pois assim conseguem manter o povão na ignorância. A Igreja Católica adorava fazer isso, e ainda sentem prazer. E estas instituições que pululam por aí e aqui, estas seitas pentecostais AMAM este tipo de coisa, pois só assim mesmo, conseguem manobrar as suas ovelhinhas que balançam as cabecinhas sempre dizendo amém para os seus líderes carismáticos, e… cada vez mais e mais RICOS!!

  79. Rita N.

    Encontrei esse site hoje, muito esclarecedor. Eu já havia percebido que não dava pra levar a sério tal livro, porém nunca tinha notado como podia ser tão divertido. A tempos eu não me divertia tanto, mas quero deixar claro acreditar em Deus, só não acredito que é de autoria dele tal livro machista, violento e cruel. Não creio que um Deus de amor teria escrito tamanha barbaridade. Nenhuma religião que faça diferença entre homens e mulheres, permita a escravidão ou sacrifícios de criaturas vivas seve um Deus de amor.

    1. José Carlos

      Boa tarde a todos! Só para dizer que eu ja participei da igreja católica e buscava desde jovem ver o que era correto e bom para mim e para o proximo e deixar-me sempre em paz com as intenções divinas. Sempre que eu procurava uma resposta eu tinha respostas vagas e baseadas em fragmentos da biblia. Comecei a ler a biblia desde o inicio e surgiram mais duvidas e quando ia falar com um pastor ou padre, pasmem, eles que viviam daqueles textos não conheciam o que estava escrito. Em resumo li a biblia de cabo a rabo como se diz e cheguei as seguinte conclusões:
      – é algo que só pode trazer doenças mentais;
      – um deus desonesto, cruel e vingativo ( isso é deus )?;
      – um montão de sacanagem que faziam com as mulheres e sempre a culpa cai nas mulheres;
      – foi escrita por machistas;
      – recheada de das piores atitudes humanas como : traições, mortes, pragas e etc;
      – um deus bem parcial, pra não dizer que só favorecia os judeus, onde eles podiam matar o próximo por ordens dele e não é citado que vão para o inferno.
      Se vocês acham alguma coisa de divino nestes trechos bíblicos que vou copiar abaixo, por favor me expliquem:

      Genesis 19, 30 a 38 Pai engravidando filhas.
      Esta atitude é divina? E para variar as mulheres levam a culpa, visto que não tinham voz de resposta. E os ditos religiosos não leem esta parte.
      30. Lot partiu de Segor e veio estabelecer-se na montanha com suas duas filhas, pois temia ficar em Segor. E habitava numa caverna com suas duas filhas.
      31. A mais velha disse à mais nova: “Nosso pai está velho, e não há homem algum na região com quem nos possamos unir, segundo o costume universal.
      32. Vem, embriaguemos nosso pai e durmamos com ele, para que possamos nos assegurar uma posteridade.”
      33. Elas fizeram, pois, o seu pai beber vinho naquela noite. Então a mais velha entrou e dormiu com ele; ele, porém, nada notou, nem quando ela se aproximou dele, nem quando se levantou.
      34. No dia seguinte, disse ela à sua irmã mais nova: “Dormi ontem com meu pai, façamo-lo beber vinho ainda uma vez, esta noite, e dormirás com ele para nos assegurarmos uma posteridade.”
      35. Também naquela noite embriagaram seu pai, e a mais nova dormiu com ele, sem que ele o percebesse, nem quando ela se aproximou, nem quando se levantou.
      36. Assim, as duas filhas de Lot conceberam de seu pai.
      37. A mais velha deu à luz um filho, ao qual pôs o nome de Moab: este é o pai dos moabitas, que vivem ainda hoje.
      38. A mais nova teve também um filho, ao qual chamou Ben-Ami: este é o pai dos amonitas, que vivem ainda hoje.

      Genesis 38, 8 a 30
      1º ato anticoncepcional, acompanhado de um adultério, gravidez de gêmeos, seguido de um falso testemunho, acusação de morte sem direito a resposta e foi salva por provas que possuia. Em resumo a mulher antigamente era apenas uma fabrica de fazer crianças e vou deixa-los para ler a historinha e tirem suas próprias conclusões. Se hoje ainda temos mulheres sendo mal tratadas e apedrejadas mundo afora, infelizmente é por termos pessoas que sigam estes tipos de preceitos. Neste exemplo o sogro engravida a nora que tem gêmeos e a culpada é ela. E ele não tem culpa de nada??? Como é homem pode ter qualquer atitude? Leiam abaixo.
      8. Então Judá disse a Onã: “Vai, toma a mulher de teu irmão, cumpre teu dever de levirato e suscita uma posteridade a teu irmão.”
      9. Mas Onã, que sabia que essa posteridade não seria dele, maculava-se por terra cada vez que se unia à mulher do seu irmão, para não dar a ele posteridade.
      10. Seu comportamento desagradou ao Senhor, que o feriu de morte também.
      11. E Judá disse a Tamar, sua nora: “Conserva-te viúva em casa de teu pai até que meu filho Sela se torne adulto.” “Não é bom, pensava ele consigo, que também ele morra como seus irmãos.” E Tamar voltou a habitar na casa paterna.
      12. Muito tempo depois, morreu a filha de Sué, mulher de Judá. Passado o luto, subiu Judá a Tamna para a tosquia de suas ovelhas, com seu amigo Hira, o odolamita.
      13. E foi noticiado a Tamar: “Eis que o teu sogro sobe a Tamna para a tosquia de suas ovelhas.”
      14. Depôs ela então os seus vestidos de viúva, cobriu-se de um véu, e, assim disfarçada, assentou-se à entrada de Enaim, que se encontra no caminho de Tamna, pois via que Sela tinha crescido e não lha tinham dado por mulher.
      15. Judá, vendo-a, julgou tratar-se de uma prostituta, porque tinha o rosto coberto.
      16. E, chegando-se a ela no caminho, disse: “Queres juntar-te comigo?” (Ignorava ele que se tratava de sua nora.) Ela respondeu: “O que me darás para juntar-me contigo?”
      17. “Mandar-te-ei um cabrito do meu rebanho.” “Está bem; mas dá-me então um penhor, até que o tenhas enviado.”
      18. “Que penhor queres que eu te dê?” “Teu anel, teu cordão e o bastão que tens na mão.” Ele os entregou; em seguida, aproximou-se dela e ela concebeu.
      19. E levantando-se, partiu; tirou o seu véu e retomou seus vestidos de viúva.
      20. E Judá mandou-lhe o cabrito por seu amigo, o odolamita, para retirar o penhor das mãos daquela mulher, mas ele, não a encontrando,
      21. perguntou aos habitantes do lugar: “Onde está aquela prostituta que estava em Enaim, à beira do caminho?” Responderam-lhe: “Não há prostituta nesse lugar!”
      22. Ele voltou para junto de Judá: “Não a encontrei, disse ele, e os moradores daquele lugar disseram-me que não havia nenhuma prostituta ali.”
      23. “Guarde ela o meu penhor, respondeu Judá, não nos tornemos ridículos! Eu mandei o cabrito; tu, porém, não a encontraste”.
      24. Mais ou menos três meses depois, vieram dizer a Judá: “Tamar, tua nora, conduziu-se mal: vê-se que está grávida.” Judá respondeu: “Tirai-a para fora, que ela seja queimada!”
      25. E, enquanto era conduzida, ela mandou dizer ao seu sogro: “Concebi do homem a quem pertence isto: examine bem, ajuntou ela, de quem são este anel, este cordão e este bastão.”
      26. Judá, reconhecendo-os, exclamou: “Ela é mais justa do que eu; pois que não a dei ao meu filho Sela.” E não a conheceu mais.
      27. E, na ocasião de dar à luz, eis que ela trazia dois gêmeos no seu ventre.
      28. No parto, saindo uma mão, a parteira tomou-a e atou nela um fio vermelho, dizendo: “Este é o que saiu primeiro!”
      29. Mas, como ele retirasse a mão, saiu o seu irmão. “Que brecha fizeste! exclamou a parteira: Que a brecha esteja sobre ti!”
      30. E chamou-se-lhe Farés. Em seguida, veio o seu irmão, com o fio vermelho atado na mão. Deu-se-lhe o nome de Zara.

  80. A Biblia é sem duvida o livro mais perfeito e hipócrita criado pelo homem para justificar sua fé vã. Para quem já estudou os Vedas, Tao Te Ching e tantos outros livros sagrados vê que no interior da Biblia se repete muitas coisas dos demais livros existentes. Principalmente contradizendo:
    EXODO 20 -> NÃO TERÁ OUTROS DEUSES DIANTE A MIM.
    SALMOS 136,2 -> LOUVAI O DEUS DOS DEUSES* (henoteísmo, politeísmo) POIS SUA BONDADE DURA PARA SEMPRE*

    1. Elton Aparecido

      Alex,
      poucos conseguem enxergar com sabedoria o ensinamento que esses livros nos trazem… Tudo está “oculto” para que o “bom entendedor” consiga enxergar e aprender.
      Os judeus, cabalistas que são, souberam entender muito disso…
      E.

  81. Ian

    Não entendi bem o mote do post. Tu queres desacreditar a Bíblia, mas falas um monte em Kabballah, em Deus, e criticas as pessoas que não sabem interpretá-la do jeito certo. Não me entenda mal, MDD, eu sou leitor assíduo dos teus textos, gosto muito deles, realmente, qualidade igual na internet hoje praticamente não há. Porém, queria mesmo entender tuas motivações e no que tu acreditas, realmente.
    @MDD – A biblia, ou melhor, as interpretações literais toscas da biblia, são coisas MUITO diferentes de Deus, deuses ou espiritualidade.

  82. ribeiro

    boa noite seu ateus do inferno e atoas estudem bastante a bíblia para entende-la por que por enquanto só falam asneiras não sabem ciência e muito menos o português:
    leiam filhos do diabo, há vocês não irão se zangar não é se eu os chama-los de filhos do diabo pois vocês agrediram que ele não existe então não precisam ficarem com raiva não é mesmo seus ateus atoas:
    Aprendam E LEIAM SE TIVEREM CORAGEM BOBOCAS ATEUS DO INFERNO:
    HÁ ERROS NA BÍBLIA? NÃO!
    Os críticos afirmam que a Bíblia está cheia de erros. Alguns falam, até mesmo, em milhares de erros. A verdade é que não há nem mesmo um só erro no texto original da Bíblia que tenha sido demonstrado. Isso não quer dizer que não haja dificuldades em nossas Bíblias. Dificuldades há, e é delas que VAMOS tratar. Seu propósito é mostrar que não há realmente erros nas Escrituras. Por quê? Porque a Bíblia é a Palavra de Deus, e Deus não pode errar. Vamos raciocinar. Vamos tratar isto de uma forma lógica examinando as premissas:
    Deus não pode errar.
    A Bíblia é a Palavra de Deus.
    Portanto, a Bíblia está isenta de erros.
    Como qualquer estudante de lógica sabe, este é um silogismo (uma forma de raciocínio) válido. Assim, se as premissas são verdadeiras, as conclusões também são verdadeiras. Como vamos mostrar, a Bíblia declara sem rodeios ser a Palavra de Deus. Ela nos informa também que Deus não pode errar. A conclusão, então, é inevitável: a Bíblia está isenta de erros. Se ela estivesse errada em qualquer coisa que afirma, então Deus teria cometido um erro. Mas Deus não pode cometer erros.
    Deus não pode cometer erros
    As Escrituras declaram enfaticamente que “é impossível que Deus minta” (Hb 6:18). Paulo fala do “Deus que não pode mentir” (Tt 1:2). Ele é um Deus que, mesmo que não sejamos fiéis, “permanece fiel, pois de maneira nenhuma pode negar-se a si mesmo” (2 Tm 2:13). Deus é a verdade (Jo 14:6) e assim também é a Palavra dele. Jesus disse ao Pai: “a tua Palavra é a verdade” (Jo 17:17). O salmista exclamou: “As tuas palavras são em tudo verdade” (SI 119:160).
    A Bíblia é a Palavra de Deus
    Jesus referiu-se ao AT como sendo a “Palavra de Deus”, que “não pode falhar” (Jo 10:35). Ele disse: “até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da Lei, até que tudo se cumpra” (Mt 5:18). Paulo acrescentou: “Toda a Escritura é inspirada por Deus” (2 Tm 3:16). Ela veio “da boca de Deus” (Mt 4:4). Embora tenham sido homens aqueles que escreveram as mensagens, “nunca, jamais, qualquer profecia foi dada por vontade humana; entretanto, homens falaram da parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo” (2 Pe 1:21).
    Jesus disse aos líderes religiosos de seus dias que eles vinham “invalidando a palavra de Deus” pela sua própria tradição (Mc 7:13). Jesus chamou-lhes a atenção para a Palavra de Deus escrita quando repetidamente afirmou: “Está escrito … está escrito … está escrito …” (Mt 4:4, 7,10). Esta frase aparece mais de noventa vezes no NT. É uma forte indicação da autoridade divina da Palavra de Deus escrita.
    Dando ênfase à natureza inerrante da verdade de Deus, o apóstolo Paulo referiu-se às Escrituras como “a palavra de Deus” (Rm 9:6). O autor de Hebreus declarou que “a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração” (Hb 4:12).
    Conclusão lógica: A Bíblia é isenta de erros
    Sim, Deus falou, e ele não titubeou. O Deus da verdade nos deu a Palavra da Verdade, e ela não contém inverdade alguma. A Bíblia é a inerrante Palavra de Deus.
    Pode-se confiar na Bíblia em questões de Ciência e de História?
    Alguns têm sugerido que as Escrituras sempre podem ser confiáveis em questões de ordem moral, mas que nem sempre são corretas em questões históricas. Eles confiam na Bíblia no campo espiritual, mas não na esfera da ciência. Se isso fosse verdade, entretanto, negaria a autoridade divina da Bíblia, já que o espiritual, o histórico e o científico então freqüentemente Interligados.
    Um cuidadoso exame das Escrituras revela-nos que as verdades científicas (fatuais) e as espirituais são muitas vezes inseparáveis. Por exemplo, não se pode separar a verdade espiritual da ressurreição de Cristo do fato de que o seu corpo deixou para sempre vazio o seu túmulo e que depois ele apareceu fisicamente (Mt 28:6; 1 Co 15:13-19).
    Da mesma forma, se Jesus não tivesse nascido de uma mulher biologicamente virgem, então ele não seria diferente do resto da humanidade, sobre quem recai o estigma do pecado de Adão (Rm 5:12). Também a morte de Cristo por nossos pecados não pode ser separada do fato de que ele derramou literalmente o seu sangue na cruz, pois “sem derramamento de sangue, não há remissão” (Hb 9:22).
    A existência e a queda de Adão tampouco podem ser um mito. Se não tivesse havido literalmente um Adão, e se não tivesse havido de fato a queda, então o ensino espiritual quanto ao pecado herdado e quanto à morte física, dele decorrente, estaria errado (Rm 5:12). A realidade histórica e a doutrina teológica juntas permanecem ou juntas caem por terra.
    Além disso, a doutrina da encarnação é inseparável da verdade histórica de Jesus de Nazaré (Jo 1:1,14). E ainda, o ensino de caráter moral de Jesus quanto ao casamento baseou-se no que ele ensinou quando disse que Deus juntou literalmente um Adão e uma Eva em matrimônio (Mt 19:4-5). Em cada um destes casos, o ensino moral e o teológico perdem totalmente o sentido se desconsiderado o evento histórico e fatual. Negando-se que aquele evento ocorreu literalmente no tempo e no espaço, fica-se então sem uma base para crer na doutrina bíblica construída sobre ele.
    Com freqüência, Jesus comparou eventos do AT diretamente com importantes verdades espirituais. Por exemplo, ele relacionou sua morte e ressurreição com Jonas e o grande peixe (Mt 12:40). Da mesma forma, sua segunda vinda foi comparada com os dias de Noé (Mt 24:37-39). Tanto as circunstâncias como as características de tais comparações deixam claro que Jesus estava afirmando que aqueles eventos foram fatos históricos, que realmente aconteceram. De fato, Jesus afirmou a Nicodemos: “Se tratando de coisas terrenas não me credes, como crereis, se vos falar das celestiais?” (Jo 3:12). Em resumo, se a Bíblia não falasse com verdade a respeito do mundo físico, então ela não poderia ser digna de confiança ao referir-se ao mundo espiritual. Os dois mundos acham-se intimamente relacionados.
    A inspiração inclui não apenas tudo o que a Bíblia explicitamente ensina, mas inclui também tudo a que ela se refere. Isso é verdade quando a Bíblia se reporta à história, à ciência ou à matemática. Tudo o que a Bíblia declara é verdadeiro – podendo der tanto um ponto de maior como também de menor importância. A Bíblia é a Palavra de Deus, e Ele não se desvia da verdade em nenhum momento. Todas as partes das Escrituras são verdadeiras, assim como o todo que elas formam.
    Se é inspirada, é inerrante
    A inerrância é uma decorrência lógica da inspiração. Porque inerrância significa verdade total, sem erros. E o que Deus profere (inspira) tem de ser completamente verdadeiro e sem erros (inerrante). Contudo, convém especificar com maior clareza o que significa “verdade” e o que constitui um “erro”.
    Verdade significa aquilo que corresponde à realidade. Um erro, então, é o que não corresponde à realidade. A verdade é dizer o que de fato é. Um erro é não dizer o que é. Conseqüentemente, nenhuma coisa errada pode ser verdadeira, mesmo que o autor pretendesse que o seu erro fosse algo verdadeiro. Um erro é um erro, não simplesmente alguma coisa que nos faça errar. De outro modo, toda expressão sincera poderia ser considerada verdadeira ainda que se tratasse de um erro grosseiro. Da mesma forma, algo não é verdadeiro simplesmente porque realiza o propósito que havia sido estabelecido, já que muitas mentiras são bem-sucedidas.
    A Bíblia vê claramente a verdade como aquilo que corresponde à realidade. O erro é entendido como sendo uma falta de correspondência à realidade, não como algo causado intencionalmente. Isso é evidente pelo fato de que a palavra “erro” é usada no caso de erros não-Intencionais (Lv 4:2). Na Bíblia inteira está implícita a visão de que a verdade baseia-se numa correspondência entre duas coisas. Por exemplo, quando os Dez Mandamentos declaram: “Não dirás falso testemunho” (Êx 20:16) significa que deturpar fatos está errado. Este mesmo conceito de verdade foi usado quando os judeus foram ao governador para falar a respeito de Paulo: “Tu mesmo, examinando-o, poderás tomar conhecimento de todas as coisas de que nós o acusamos”. E, ao fazer isso, é como se eles estivessem dizendo: “É verdade, tu podes facilmente verificar os fatos” (cf. At 24:8).
    Foi assim que Deus disse?
    Naturalmente, toda vez que Deus tornou a verdade bem clara, a estratégia de Satanás foi lançar dúvidas sobre ela. Sempre que Deus falou com autoridade, o diabo desejou solapá-la. “Será que Deus disse isso?”, ele fala com escárnio (cf. Gn 3:1). Esta confusão, com freqüência, acontece da seguinte maneira: A Bíblia é a Palavra de Deus, inspirada de alguma forma, mas é também constituída de palavras humanas. Ela teve autores humanos, e “errar é humano”. Daí, temos de esperar haver alguns erros na Bíblia… Por aí vai esse argumento. Em resumo, a verdade clara e simples de Deus acaba sendo confundida com a mentira de Satanás, o senhor das mentiras (Jo 8:44).
    Vamos analisar o que há de errado nesta argumentação. Uma simples analogia nos ajudará. Considere o seguinte raciocínio que, por ser paralelo àquele, é igualmente falho:
    1. Jesus era um ser humano.
    2. Os seres humanos pecam.
    3. Logo, Jesus pecou.
    Qualquer estudante da Bíblia sabe de imediato que esta conclusão é falsa. Jesus foi um homem “sem pecado” (Hb 4:15). Ele “não conheceu pecado” (2 Co 5:21). Ele foi um “cordeiro sem defeito e sem mácula” (1 Pe 1:19). Como João disse a respeito de Jesus: “ele é puro” e “justo” (1 Jo 3:3; 2:1). Mas, se Jesus nunca pecou, então o que está errado no argumento acima, de que Jesus era humano, de que OS homens pecam e de que, portanto, Jesus pecou? Onde é que a lógica se perde?
    O erro está em se assumir que Jesus era como qualquer outro ser humano. Com certeza, meros seres humanos pecam. Mas Jesus não foi um mero ser humano. Ele foi um ser humano perfeito. De fato, Jesus não era apenas humano, mas ele era também Deus. Da mesma forma, a Bíblia não é meramente um livro humano. Ela é também a Palavra de Deus. Como Jesus, ela é tanto divina como humana. E da mesma forma como Jesus era humano, mas não pecou, também a Bíblia é um livro humano, mas sem erros. Tanto a Palavra viva de Deus (Cristo) como a sua Palavra escrita (as Escrituras) são igualmente humanas, mas sem erros. A Palavra viva e a Palavra escrita são também divinas, e não podem conter erros. Não pode haver erros na Palavra de Deus escrita, como não houve pecado algum na Palavra de Deus viva. É impossível Deus errar, e ponto final.
    HÁ DIFICULDADES NA BÍBLIA? SIM!
    Ainda que a Bíblia seja a Palavra de Deus e, como tal, nela não possa haver erro algum, isso não significa que nela não haja dificuldades. Todavia, como Agostinho observou com sabedoria: “Se estamos perplexos por causa de qualquer aparente contradição nas Escrituras, não nos é permitido dizer que o autor desse livro tenha errado; mas ou o manuscrito utilizado tinha falhas, ou a tradução está errada, ou nós não entendemos o que está escrito” . Os erros não se acham na revelação de Deus, mas nas falhas interpretações dos homens.
    A Bíblia é isenta de erros, mas os que a criticam não são. Todas as alegações feitas nesse sentido baseiam-se em erros cometidos pelos próprios críticos. Tais erros enquadram-se numa das seguintes principais categorias:
    Erro número 1: assumir que o que não foi explicado seja inexplicável.
    Nenhuma pessoa instruída alegaria ser capaz de explicar completamente todas as dificuldades bíblicas. Contudo, é um erro o crítico pressupor que o que não foi ainda explicado nunca o será. Quando um cientista se depara com uma anomalia na natureza, ele não desiste de fazer cuidadosos exames científicos adicionais. Pelo contrário, ele faz uso daquilo que não foi explicado como uma motivação para descobrir uma explicação. Nenhum cientista verdadeiro desiste de seu trabalho, em desespero, simplesmente porque não consegue explicar um dado fenômeno. Ele continua a fazer pesquisas com a confiante expectativa de encontrar uma resposta. E a história da ciência tem revelado que tal fé tem sido recompensada.
    Houve épocas em que os cientistas, por exemplo, não tinham explicação para fenômenos naturais como os meteoros, os eclipses, os tornados, os furacões e os terremotos. Todos esses mistérios, porém, renderam os seus segredos à inabalável perseverança da ciência. Os cientistas ainda não sabem como a vida pode ocorrer em descargas térmicas nas profundezas do mar, mas nenhum deles se dá por vencido e grita: “é uma contradição!”
    Da mesma forma, os eruditos cristãos pressupõem que o que até hoje não foi explicado na Bíblia não é, por isso, inexplicável. Não consideram que discrepâncias sejam contradições. E, quando encontram algo que não podem explicar, continuam pesquisando na certeza de que algum dia encontrarão a resposta. Com efeito, se tivessem uma postura contrária a esta, parariam de estudar.
    Por que ir em busca de uma resposta, quando se pressupõe que ela não exista? Tal como o cientista, aquele que estuda a Bíblia tem sido recompensado em sua fé e pesquisa, pois muitas dificuldades para as quais os eruditos não tinham explicação já foram superadas através da história, da arqueologia, da lingüística e de outras disciplinas. Os críticos, por exemplo, um dia afirmaram que Moisés não poderia ter escrito os cinco primeiros livros da Bíblia porque a escrita ainda não existia na época dele. Agora sabemos que a escrita já existia alguns milhares de anos antes de Moisés.
    De igual forma, os críticos um dia acreditaram que a Bíblia estivesse errada ao falar dos hititas (ou heteus), já que esse povo era totalmente desconhecido dos historiadores. Sua existência, porém, foi comprovada pela descoberta, na Turquia, de uma biblioteca hitita. Esses fatos nos levam a crer que as dificuldades bíblicas ainda não resolvidas certamente são explicáveis e que, portanto, não há que se presumir que existam erros na Bíblia.
    Erro número 2: presumir que a Bíblia é culpada, até prova em contrário.
    Muitos críticos presumem que a Bíblia está errada, até que algo venha provar que ela está certa. Contudo, como acontece com qualquer cidadão acusado de um crime, a Bíblia deve ser tida como “inocente”, até que haja a prova da culpa. Isso não é querer dar-lhe nenhum tratamento especial; essa é a forma pela qual todos os relacionamentos humanos são feitos. Se assim não fosse, a vida não séria possível. Por exemplo, se presumíssemos que a sinalização de trânsito nas rodovias ou na cidade não fosse verdadeira, então provavelmente estaríamos mortos antes de poder provar o contrário.
    De igual modo, se presumíssemos que os rótulos nas embalagens de alimentos fossem enganosos até prova em contrário, teríamos então de abrir todas as latas e pacotes antes de comprá-los. E o que dizer se presumíssemos que todos os números no nosso dinheiro estivessem errados? E se achássemos que estariam erradas todas as placas nas portas dos sanitários públicos, que indicam o sexo a que se destinam?! Bem, isto já é o bastante.
    Temos de presumir que a Bíblia, como qualquer outro livro, está nos dizendo o que os autores disseram e ouviram. As críticas negativas da Bíblia partem de um pressuposto contrário a este. Não é de se admirar, então, que concluam que a Bíblia está crivada de erros.
    Erro número 3: confundir as nossas falíveis interpretações com a infalível revelação de Deus.
    Jesus afirmou que “a Escritura não pode falhar” (Jo 10:35). Sendo um livro infalível, a Bíblia é também irrevogável. Jesus declarou: “Porque em verdade vos digo: Até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da lei, até que tudo se cumpra” (Mt 5:18, cf. Lc 16:17). As Escrituras têm ainda a autoridade final, sendo a última palavra acerca de tudo que ela aborda. Jesus valeu-se da Bíblia para resistir ao tentador (Mt4:4,7,10); para resolver discussões doutrinárias (Mt 21:42); e para sustentar a sua autoridade (Mc 11:17).
    Às vezes um ensinamento bíblico apóia-se num pequeno detalhe histórico (Hb 7:4-10), numa palavra ou numa frase (At 15:13-17), ou mesmo na diferença entre o singular e o plural (Gl 3:16). Mas, conquanto a Bíblia seja infalível, as interpretações humanas não o são. A Bíblia não pode estar errada, mas nós podemos estar errados quanto a alguma coisa dela. O significado da Bíblia nunca muda, mas a nossa compreensão pode mudar.
    Os seres humanos são finitos, e seres finitos cometem erros. É por isso que há borrachas para lápis, corretores líquidos para textos datilografados, e uma tecla “apaga” nos computadores. E muito embora a Palavra de Deus seja perfeita (Sl 19:7), enquanto existirem seres humanos imperfeitos, haverá erros de interpretação das Escrituras e falsos pontos de vista deles decorrentes.
    Em vista disso, não devemos nos apressar em considerar que um determinado preceito científico hoje amplamente aceito seja a palavra final acerca do ponto em questão. Teorias que foram predominantemente aceitas no passado são consideradas incorretas por cientistas do presente. Dessa forma, é de se esperar que haja contradições entre opiniões populares sobre questões científicas e as interpretações da Bíblia amplamente aceitas.
    Isso, porém, não consegue provar que há uma real contradição entre o mundo de Deus e a Palavra de Deus, entre a revelação geral de Deus e a sua revelação especial. Nesse sentido básico, a ciência e as Escrituras não estão em contradição. Somente as opiniões humanas, finitas e falíveis acerca da ciência e das Escrituras é que podem entrar em contradição.
    Erro número 4: falhar na compreensão do contexto da passagem.
    Talvez o erro mais comum dos críticos seja o de tirar um texto de seu próprio contexto. Como diz o adágio: “um texto fora de contexto é simplesmente um pretexto”. Tudo se pode provar, a partir da Bíblia, por meio desse procedimento errôneo. A Bíblia diz: “Não há Deus” (SI 14:1). É claro, que o contexto é: “Diz o insensato no seu coração: ‘Não há Deus'”. Alguém poderá afirmar que Jesus nos advertiu: “não resistais ao perverso” (Mt 5:39), mas o contexto anti-retaliatório em que ele lança esta proposição não deve ser ignorado. Assim também muitos não compreendem corretamente o contexto da afirmativa de Jesus, quando ele disse: “Dá a quem te pede” (Mt 5:42), como se tivéssemos a obrigação de dar uma arma a uma criancinha que nos pedisse, ou de dar armamentos atômicos a Saddam Hussein simplesmente por ele ter pedido.
    O erro de não observar que o significado é determinado pelo contexto é, talvez, o principal pecado daqueles que encontram erros na Bíblia, como os comentários de numerosas passagens bíblicas neste livro vão ilustrar.
    Erro número 5: deixar de interpretar passagens difíceis à luz das que são claras.
    Algumas passagens das Escrituras são de difícil compreensão. Às vezes a dificuldade é por serem obscuras. Outras vezes a dificuldade está em que uma passagem parece estar ensinando algo contrário ao que uma outra parte da Escritura ensina com clareza. Por exemplo, Tiago parece estar dizendo que a salvação é pelas obras (Tg 2:14-26), ao passo que Paulo ensinou com toda a clareza que é pela graça (Rm 4:5; Tt 3:5-7; Ef 2:8-9). Neste caso, Tiago não deve ser interpretado de maneira a contradizer Paulo. O apóstolo Paulo está falando da justificação perante Deus (o que é pela fé somente), ao passo que Tiago está se referindo à justificação perante os homens (que não têm como ver a nossa fé, mas somente as nossas obras).
    Um outro exemplo encontra-se em Filipenses 2:12, em que Paulo diz: “desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor”. Aparentemente isto parece estar dizendo que a salvação é pelas obras. Contudo, inúmeras passagens das Escrituras claramente contradizem tal idéia, pois afirmam: “salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie” (Ef 2:8-9); “ao que não trabalha, porém crê naquele que justifica ao ímpio, a sua fé lhe é atribuída como justiça” (Rm 4:5); “não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo sua misericórdia, [é que] ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo” (Tt 3:5).
    Quando esta frase de difícil compreensão – “desenvolvei a vossa salvação” – é entendida à luz dessas passagens tão claras, podemos ver que, qualquer que seja o significado dela, uma coisa é certa: ela não significa que somos salvos pelas obras. De fato, o seu significado é encontrado precisamente no versículo seguinte. Temos de desenvolver a nossa salvação porque a graça de Deus tem operado em nosso coração. Nas próprias palavras de Paulo: “porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade” (Fp 2:13).
    Erro número 6: basear um ensino numa passagem obscura.
    Algumas passagens da Bíblia são difíceis porque o seu significado é obscuro. Isso ocorre geralmente porque uma palavra-chave do texto é empregada uma só vez (ou raramente), e então fica difícil saber o que o autor está dizendo, a menos que seja possível deduzir o sentido pelo contexto. Por exemplo, uma das passagens mais conhecidas da Bíblia contém uma palavra que não aparece em lugar algum, em toda a literatura grega disponível até o tempo em que o NT foi escrito. Esta palavra aparece no que comumente é conhecido como a “Oração do Senhor” (Mt 6:11). Geralmente a tradução que temos é “o pão nosso de cada dia dá-nos hoje”. A palavra em questão é a que é traduzida por “de cada dia”, ou seja, o vocábulo grego epiousion. Os estudiosos do grego ainda não entraram em acordo quanto à sua origem ou quanto ao seu exato sentido. Diferentes comentaristas têm tentado estabelecer elos com palavras gregas que são bem conhecidas, e muitas sugestões têm sido propostas quanto ao seu significado. Entre tais sugestões, temos:
    “Nosso pão incessante dá-nos hoje.”
    “Nosso pão sobrenatural (indicando um pão espiritual, do céu) dá-nos hoje.”
    “O pão para o nosso sustento dá-nos hoje.”
    “O pão nosso de cada dia (ou, o que necessitamos para hoje) dá-nos hoje.”
    Cada uma destas propostas tem seus defensores; cada uma faz sentido dentro do contexto, e cada uma é uma possibilidade, tendo-se por base a limitada informação disponível. Parece não haver nenhuma razão que nos force a deixarmos aquela que tem sido a tradução normalmente aceita, mas este exemplo serve muito bem para ilustrar o ponto em questão. Algumas passagens da Bíblia são difíceis de se entender porque uma dada palavra-chave aparece uma só vez, ou com muita raridade.
    Outras vezes as palavras podem estar claras, mas o significado não é evidente porque não sabemos ao certo a que elas se referem. Isso se dá em 1 Co 15:29, onde Paulo fala sobre os que se batizavam pelos mortos. Será que ele estava se referindo ao batismo de pessoas vivas, representando pessoas mortas que não tinham sido batizadas, e assim assegurando-lhes a salvação (como dizem os mórmons)? Ou será que ele está se referindo aos que, sendo batizados, entram na igreja para preencher o lugar dos que partiram? Ou ainda, não seria o caso de ele estar referindo-se aos crentes sendo batizados “pelos mortos” no sentido de “suas próprias mortes, sendo enterrados com Cristo”? Ou, quem sabe, poderia estar dizendo alguma outra coisa?
    Quando não temos certeza, então temos de ter em mente algumas coisas. Primeiro, não devemos construir uma doutrina com base numa passagem obscura. A regra prática na interpretação bíblica é: “as coisas principais são as coisas claras, e as coisas claras são as coisas principais”. Chamamos a isso de perspicuidade (clareza) das Escrituras. Se algo for importante, isso será ensinado nas Escrituras de forma bem clara, § provavelmente em mais de um lugar.
    Segundo, quando uma dada passagem não está clara, não devemos nunca supor que ela esteja ensinando o contrário do que uma outra parte nos ensina com muita clareza. Deus não comete erros na sua Palavra; mas nós podemos cometer erros ao tentarmos interpretá-la.
    Erro número 7: esquecer-se de que a Bíblia é um livro humano, com características humanas.
    Exceto pequenas seções, tal como os Dez Mandamentos, que foram escritos “pelo dedo de Deus” (Êx 31:18), a Bíblia não foi verbalmente ditada. Seus escritores não foram secretários do Espírito Santo. Eles foram autores humanos, que empregaram estilos literários próprios, com suas próprias idiossincrasias, ou seja, com o seu jeito de ver as coisas. Esses autores humanos às vezes tomaram informações de fontes humanas para o que escreveram (Js 10:13; At 17:28; 1 Co 15:33; Tt 1:12). De fato, cada livro da Bíblia é uma composição feita por um escritor humano; foram cerca de quarenta autores.
    A Bíblia evidencia também estilos literários humanos diferentes; da métrica melancólica de Lamentações até a exaltada poesia de Isaías; da gramática elementar de João ao complexo grego do livro de Hebreus. As Escrituras manifestam ainda perspectivas humanas. No Salmo 23, Davi falou do ponto de vista de um pastor. Os livros de Reis foram escritos tendo uma abordagem profética, e Crônicas, a partir de um ponto de vista sacerdotal. Atos manifesta um enfoque histórico, e 2 Timóteo, o coração de um pastor.
    Os escritores bíblicos escreveram sob a perspectiva de um observador quando se referiram ao nascer do sol (Js 1:15) ou ao pôr-do-sol. Eles também revelam padrões humanos de pensamento, inclusive lapsos de memória (1 Co 1:14-16), bem como emoções humanas (Gl 4:14). A Bíblia revela interesses humanos específicos. Por exemplo, Oséias possuía um interesse rural, Lucas, uma preocupação médica, e Tiago, um amor pela natureza.
    Como Cristo, a Bíblia é completamente humana, mas mesmo assim sem erros. Esquecer-se da humanidade das Escrituras pode levar-nos a impugnar falsamente sua integridade por esperarmos um nível de expressão maior do que é o usual num documento humano. Isso vai ficar mais claro quando abordarmos os próximos erros em que incidem os críticos.
    Erro número 8: assumir que um relato parcial seja um relato falso.
    Com freqüência, os críticos tiram conclusões precipitadas com respeito a um relato parcial, tomando-o como falso. Entretanto, não é bem assim. Do contrário, quase tudo o que se tenha dito seria falso, já que poucas vezes há tempo e espaço suficientes para uma abordagem completa.
    Ocasionalmente, a Bíblia expressa a mesma coisa de diferentes modos, ou pelo menos de diferentes pontos de vista, em tempos distintos. Portanto, a inspiração não exclui diversidade de expressão. Cada um dos quatro autores do Evangelho relata a mesma história de uma maneira diferente, para um grupo diferente de pessoas, e às vezes citam o mesmo incidente com palavras diferentes. Compare, por exemplo, aquela famosa confissão de Pedro no Evangelho segundo:
    Mateus: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo” (16:16).
    Marcos: “Tu és o Cristo” (8:29).
    Lucas: “És o Cristo de Deus” (9:20).
    Até mesmo os Dez Mandamentos, os quais foram escritos “com o dedo de Deus” (Dt 9:10), quando entregues, pela segunda vez, apresentam-se com variações (compare Êx 20:8-11 com Dt 5:12-15). Há muitas diferenças entre os livros de Reis e de Crônicas nas descrições que eles fazem dos mesmos eventos; contudo, não incidem em nenhuma contradição nos acontecimentos que narram. Se expressões assim tão importantes puderam ser feitas de maneiras diferentes, então não há por que o restante das Escrituras ter de expressar a verdade apenas de uma forma literal e inflexível em sua abordagem.
    Erro número 9: exigir que as citações do Antigo Testamento feitas no Novo Testamento sejam sempre exatas.
    Os críticos com freqüência apontam para as variações ocorridas quando o NT cita passagens do AT, como provas de erro. Entretanto, se esquecem de que uma citação não tem de ser uma repetição exata do que está escrito. Era então, como é hoje, perfeitamente aceitável o estilo literário que dá a essência de uma afirmação ou pensamento, sem que se empregue precisamente as mesmas palavras. Um mesmo significado pode ser transmitido sem o uso das mesmas expressões verbais.
    As variações que ocorrem nas citações de textos do AT feitas no NT enquadram-se em diferentes categorias. Às vezes é outra pessoa que está falando. Por exemplo, Zacarias registra que o Senhor está dizendo: “olharão para mim, a quem traspassaram” (Zc 12:10). Quando isto é citado no NT, é João – e não Deus – que está falando: “verão aquele a quem traspassaram” (Jo 19:37).
    Outras vezes os escritores do NT citam apenas uma parte do texto do AT. Jesus fez isso quando esteve na sinagoga da cidade de Nazaré (Lc 4:18-19/ citando li 61:1-2). De fato, ele parou no meio de uma sentença. Se tivesse ido mais além, Jesus não poderia ter dito o que disse em seguida: “Hoje, se cumpriu a Escritura que acabais de ouvir” (v. 21). É que, precisamente, a continuação daquela frase – “e o dia da vingança do nosso Deus” – é uma referência à sua segunda vinda.
    Algumas vezes, o NT parafraseia ou resume um texto do AT (por exemplo, Mt 2:6). Outras vezes, mistura dois textos em um (Mt 27:9-10). Ocasionalmente, uma verdade geral é mencionada sem a citação de um texto específico. Por exemplo, Mateus diz que Jesus mudou-se para Nazaré “para que se cumprisse o que fora dito, por intermédio dos profetas: Ele será chamado Nazareno” (Mt 2:23). Note que Mateus não cita um determinado profeta, mas sim “profetas” em geral, de modo que seria inútil insistir na procura de um determinado texto do AT em que esta profecia fosse encontrada.
    Também há momentos em que o NT aplica um texto de um modo diferente em relação ao AT. Por exemplo, Oséias aplica “do Egito chamei o meu filho” à nação messiânica e Mateus, ao produto daquela nação, o Messias (Mt 2:15 e Os 11:1). Em caso algum, porém, o NT interpreta de forma errada ou não aplica corretamente o AT, nem ainda tira qualquer conclusão do que não esteja presente naquele texto. Em resumo, o NT não comete erros quando cita o AT, como acontece quando os críticos citam o NT.
    Erro número 10: assumir que diferentes narrações sejam falsas.
    Pelo simples fato de divergirem entre si duas ou mais narrações do mesmo acontecimento, isso não significa que elas sejam mutuamente exclusivas. Por exemplo, Mateus (28:5) diz que havia um anjo junto ao túmulo de Jesus depois da ressurreição, ao passo que João nos informa de que havia dois (20:12). Não há, porém, nenhuma contradição. De fato, há uma infalível regra matemática que facilmente explica este problema: onde quer que haja dois, sempre há um – e nisso não existe erro! Mateus não diz que havia apenas um anjo. É necessário acrescentar a palavra “apenas” no registro dele para fazê-lo entrar em contradição com o de João. Mas, se o crítico vem até a Bíblia para mostrar os erros dela, então o erro não está na Bíblia, mas sim no crítico.
    De igual forma, Mateus (27:5) nos informa de que Judas enforcou-se. Mas Lucas diz que Judas, “precipitando-se, rompeu-se pelo meio, e todas as suas entranhas se derramaram” (At 1:18). Uma vez mais, estes dois relatos diferem entre si, mas não são mutuamente exclusivos. Se Judas enforcou-se numa árvore à beira de um penhasco, e se o seu corpo caiu em pontudas rochas embaixo, então suas entranhas se derramaram para fora, da maneira como tão bem Lucas descreve.
    Erro número 11: presumir que a Bíblia aprova tudo o que ela registra.
    É um erro admitir que tudo o que a Bíblia contém seja recomendado por ela. Toda a Bíblia é verdadeira (Jo 17:17), mas ela registra algumas mentiras, como por exemplo as de Satanás (Gn 3:4; conforme Jo 8:44) e a de Raabe (Js 2:4). A inspiração está sobre toda a Bíblia de forma tão completa e abrangente que ela registra com exatidão e verdade até mesmo as mentiras e os erros dos que pecaram. A verdade, na Bíblia, encontra-se no que ela revela, não em tudo que ela registra. Sem que se faça esta distinção, pode-se concluir de maneira errada que a Bíblia ensina imoralidade, porque ela narra o pecado de Davi (2 Sm 11:4); ou que ela promove a poligamia, porque registra o caso de Salomão (1 Rs 11:3); ou que ela ensina o ateísmo, por citar o tolo que diz: “não há Deus” (Sl 14:1).
    Erro número 12: esquecer-se de que a Bíblia faz uso de uma linguagem comum, não-técnica.
    Para que algo seja verdadeiro, não é necessário fazer uso de uma linguagem erudita, técnica ou, assim chamada, “científica”. A Bíblia foi escrita para pessoas comuns de todas as gerações, e, portanto, emprega a linguagem comum, do dia-a-dia. Q uso de uma linguagem não-científica não vai de encontro à ciência, pois ela é anterior à ciência. As Escrituras foram escritas em tempos antigos, com padrões antigos, e seria algo anacrônico impor sobre elas padrões científicos modernos. Contudo, não é menos científico falar que “o sol se deteve” (Js 10:13) do que se referir ao “nascer do sol” (Js 1:15). Ainda hoje os meteorologistas mencionam todo dia sobre a hora do “nascer” e do “pôr-do-sol”.
    Erro número 13: considerar que números arredondados sejam errados.
    Outro engano algumas vezes cometido pelos críticos é quando eles alegam que há erro em números que foram arredondados. Não é assim. Números arredondados são apenas isso: números arredondados. Como ocorre no linguajar comum, a Bíblia faz uso de números arredondados (1 Cr 19:18; 21:5). Por exemplo, quando se referiu ao diâmetro como sendo cerca de um terço da circunferência. Do ponto de vista da sociedade tecnológica atual, pode ser impreciso tomar como sendo três o que é na realidade 3,14159265…, o que não é incorreto para um povo antigo, vivendo numa era não-tecnológica. Três é o arredondamento do número “pi”. Isso é o suficiente para o “mar de fundição” (2 Cr 4:2), na medida de um antigo templo hebreu, embora esta precisão não seja, hoje em dia, suficiente para os cálculos feitos por um computador, num foguete moderno. Mas não temos de esperar precisão científica numa era pré-cientifica. De fato, isso seria tão anacrônico como usar um relógio de pulso numa peça de Shakespeare.
    Erro número 14: não observar que a Bíblia faz uso de diferentes recursos literários.
    Um livro inspirado não precisa ser composto em um único estilo literário. Foram seres humanos que escreveram os livros da Bíblia, e a linguagem humana não se limita a uma única forma de expressão. Assim, não há por que supor que apenas uma forma de expressão ou apenas um gênero literário tenha de ter sido empregado num livro divinamente inspirado.
    A Bíblia revela muitos recursos literários. Vários de seus livros acham-se inteiramente escritos no estilo poético (por exemplo, Jó, Salmos, Provérbios). Os Evangelhos sinóticos estão cheios de parábolas. Em Gálatas 4, Paulo faz uso de uma alegoria. No NT acham-se muitas metáforas (por exemplo, 2 Co 3:2-3, Tg 3:6), e comparações (Mt20:l; Tg 1:6); há também (por exemplo, Cl 1:23; Jo 21:25; 2 Co 3:2) e, até mesmo, figuras poéticas (Jó 41:1). Jesus empregou a sátira (Mt 19:24, 23:24). Figuras de linguagem são comuns por toda a Bíblia.
    Não constitui erro o autor bíblico fazer uso de uma figura de linguagem, mas é errado tomar uma figura de linguagem de forma literal. Obviamente, quando a Bíblia fala do crente que se acolhe à sombra das “asas” de Deus (Sl 36:7), isso não quer dizer que Deus seja uma ave com uma bela plumagem. De igual modo, quando a Bíblia fala que Deus “desperta” (Sl 44:23), como se ele estivesse dormindo, trata-se de uma figura de linguagem que indica a inatividade de Deus antes de ele ser levado a exercer o juízo pelo pecado humano. Temos de ter todo o cuidado na leitura das figuras de linguagem nas Escrituras.
    Erro número 15: esquecer-se de que somente o texto original é isento de erros, e não qualquer cópia das Escrituras.
    Quando os críticos descobrem um genuíno erro numa cópia (manuscrito) cometem outro erro fatal. Eles assumem que o erro se encontra também no texto original das Escrituras, no texto inspirado. Esquecem-se de que Deus proferiu o texto original das Escrituras, não as cópias. Portanto, somente o texto original é isento de erros. A inspiração não garante que toda cópia do original fique sem erros. Portanto, temos de levar em conta que pequenos erros podem ser encontrados em alguns manuscritos, que são cópias do texto original. Mas, de novo, como Agostinho com sabedoria observou, quando nos deparamos com um, assim chamado, “erro” na Bíblia, temos de admitir uma entre duas alternativas: ou o manuscrito não foi copiado corretamente, ou não entendemos as Escrituras direito. O que não podemos pressupor é que Deus tenha cometido um erro na inspiração do texto original.
    Embora as atuais cópias das Escrituras sejam muito boas, elas também não estão isentas de erros. Por exemplo, 2 Reis 8:26 dá a idade de Acazias como sendo 22 anos, ao passo que 2 Crônicas 22:2 registra 42 anos.* Este segundo número não pode estar correto, pois implicaria que Acazias fosse mais velho do que o seu pai. Obviamente, trata-se de um erro do copista, mas isso não altera a inerrância do original
    Algumas coisas temos de observar com respeito aos erros dos copistas. Em primeiro lugar, são erros feitos nas cópias, e não no original. Jamais alguém encontrou um original com um erro. Em segundo lugar, são erros de menor importância (com freqüência, em nomes e em números), que não afetam nenhuma doutrina da fé cristã. Em terceiro lugar, esses erros dos copistas são relativamente em pequeno número como será demonstrado por todo o resto deste livro. Em quarto lugar, geralmente, pelo contexto ou por outro texto das Escrituras, podemos saber qual passagem incorre em erro. Por exemplo, no caso acima, a idade certa de Acazias é 22, e não 42, já que ele não poderia ser mais velho do que o seu pai.
    Finalmente, muito embora possa haver um erro de cópia, a mensagem inteira ainda assim é perfeitamente entendida. Nesses casos, a validade da mensagem não se altera. Por exemplo, se você recebesse uma carta como esta, você não entenderia a mensagem por completo? E você não iria correndo atrás do seu dinheiro?
    “#ocê foi contemplado no sorteio tal e tal e é o ganhador
    da importância de cinco milhões de reais.”
    Mesmo havendo um erro na primeira palavra, a mensagem inteira é compreensível – você possui mais cinco milhões! E se no dia seguinte você recebesse mais uma carta, com os seguintes dizeres, aí é que você teria ainda mais certeza:
    “V#cê foi contemplado no sorteio tal e tal e é o ganhador
    da importância de cinco milhões de reais.”
    Na verdade, quanto mais erros deste tipo houver (cada um num lugar diferente), tanto mais certo você estará com respeito à mensagem original. É por isso que os erros dos escribas nos manuscritos bíblicos não afetam a mensagem básica da Bíblia. Assim, na prática, por mais imperfeições que haja nos manuscritos utilizados, a Bíblia que temos em nossas mãos transmite a verdade completa da original Palavra de Deus.
    Erro número 16: confundir afirmações gerais com universais.
    Com freqüência, os críticos rapidamente chegam à conclusão de que afirmações que não mencionam restrições não admitem exceções. Apoderam-se de versículos que apresentam verdades gerais e então regozijam-se em mostrar óbvias exceções. Ao fazerem isso, se esquecem de que tais afirmações foram feitas com a intenção de serem generalizações.
    O livro de Provérbios é um bom exemplo de casos assim. Dizeres proverbiais, por sua própria natureza, dão-nos apenas uma direção, e não uma certeza aplicável a todos os casos. São regras para a vida, mas regras que admitem exceções. Provérbios 16:7 é um desses casos. A afirmação é: “Sendo o caminho dos homens agradável ao Senhor, este reconcilia com eles os seus inimigos”. Isto obviamente não tinha a intenção de ser uma verdade universal. Paulo era agradável ao Senhor, e seus inimigos o apedrejaram (At 14:19). Jesus foi agradável ao Senhor, e seus inimigos o crucificaram! Não obstante, esta é uma regra geral: aquele que vive de modo a agradar ao Senhor poderá minimizar o antagonismo de seus inimigos.
    Outro exemplo de uma verdade geral é Provérbios 22:6: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e ainda quando for velho não se desviará dele”. Entretanto, outras passagens da Bíblia nos mostram que isto nem sempre é verdade. De fato, alguns homens piedosos na Bíblia (inclusive Jó, Eli e Davi) tiveram filhos perversos. Este provérbio não contradiz a experiência por ser um princípio geral, que se aplica de maneira geral, mas que permite exceções em casos isolados. Os provérbios não têm a característica de ser garantias absolutas. Antes, eles expressam verdades que nos proporcionam conselhos e direções úteis, que cada um de nós deve aplicar à própria vida, a cada dia.
    Não passa de um simples erro presumir que a sabedoria de um provérbio seja sempre uma verdade universal. Os provérbios são sabedoria (direções gerais), não leis (imperativos com aplicação universal). Quando a Bíblia declara “…vós sereis santos, porque eu sou santo” (Lv 11:45), então não há exceções. Santidade, bondade, amor, verdade e justiça estão na raiz precisa da natureza de Deus, que é imutável e, por isso, não admite exceções. Mas a sabedoria toma as verdades universais de Deus e as aplica a circunstâncias específicas e sujeitas a alterações, as quais, por sua própria natureza mutável, nem sempre produzirão os mesmos resultados. Não obstante, a sabedoria ainda assim é muito útil como um guia para a vida, mesmo admitindo eventuais exceções.
    Erro número 17: esquecer-se de que uma revelação posterior sobrepõe-se a uma anterior.
    Algumas vezes, os críticos das Escrituras se esquecem do princípio da revelação progressiva. Deus não revela tudo de uma só vez, nem determina sempre as mesmas condições para todos os períodos do tempo. Portanto, algumas de suas revelações posteriores vão sobrepor-se a afirmações anteriores.
    Os críticos da Bíblia às vezes confundem uma mudança na revelação com um erro. O erro, entretanto, é do crítico. Por exemplo, o fato de que a mãe ou o pai de uma criança permita que ela, quando bem pequena, coma com a mão, para somente mais tarde ensinar-lhe a comer com uma colher não é uma contradição. Nem ainda a mãe ou o pai estará se contradizendo quando, mais tarde, insistir para que o filho use um garfo, e não mais uma colher, para comer vegetais. Isto é revelação progressiva, sendo cada ordenança adequada à circunstância particular em que a pessoa se encontra.
    Houve uma época em que Deus testou a humanidade proibindo-a de comer o fruto de uma determinada árvore no jardim do Éden (Gn 2:16-17). Este mandamento não está mais em vigor, mas a revelação posterior não contradiz a anterior. Também houve um período (sob a lei de Moisés) em que Deus ordenou que animais fossem sacrificados pelo pecado do povo. Entretanto, desde que Cristo ofereceu o sacrifício perfeito pelo pecado (Hb 10:11-14), esse mandamento do AT não está mais em vigor. Aqui, de novo, não há contradição entre o mandamento posterior e o anterior.
    De igual forma, quando Deus criou a raça humana, ele ordenou que se comessem apenas frutas e vegetais (Gn 1:29). Mas depois, quando as condições se alteraram após o dilúvio, Deus ordenou que se comesse também carne (Gn 9:3). Tal mudança de uma condição herbívora para uma carnívora é uma revelação progressiva, mas não se constitui uma contradição. De fato, todas as subseqüentes revelações são simplesmente mandamentos diferentes para pessoas diferentes em tempos diferentes, dentro do plano geral de Deus para a redenção.
    É certo que Deus não poda alterar mandamentos que têm que ver com e tua natureza Imutável (cf. Ml 3:6; Hb 6:18). Por exemplo, sendo Deus amor (1 Jo 4:16), ele não pode ordenar que o odiemos. Nem pode ordenar o que é logicamente impossível, como, por exemplo, oferecer e, ao mesmo tempo e com o mesmo propósito, não oferecer um sacrifício pelo pecado.
    Mas, apesar desses limites de ordem lógica e moral, Deus pode e revelou-se de maneira progressiva e não contraditória. Quando, porém, os fatos relativos a sua revelação são tirados do próprio contexto e comparados a outros anteriores, podem parecer uma contradição. Esse, contudo, é o mesmo tipo de erro de quem acha que a mãe está-se contradizendo ao permitir que o filho, agora mais velho, vá dormir mais tarde.
    Depois de quarenta anos de estudo contínuo e cuidadoso da Bíblia, a única conclusão a que se pode chegar com respeito àqueles que pensam terem descoberto um erro na Bíblia é que eles não sabem muita coisa a respeito dela – na verdade, sabem é muito pouco sobre a Bíblia! Isso não significa, é claro, que entendemos todas as dificuldades existentes nas Escrituras. Mas, certamente, isso nos faz crer que Mark Twain tinha razão ao concluir que não era a parte da Bíblia que ele não entendia o que mais o incomodava, mas as partes que ele compreendia, estas, sim, o incomodavam!

    1. Elton

      @Ribeiro:
      Sequer posso pensar em respondê-lo, pois sua inteligência é tão limitada que não consigo descer para dizer qualquer coisa.
      Espero que continue em seu caminho e tenha paz nele. É o que importa…
      Enquanto isso, deixa-nos seguir vivendo, pois temos também a nossa paz.
      Abraço,
      E.

    2. Daniela

      O problema maior é tirar passagens da bíblia para provar algo… triste isso! Talvez esse livro seja para que possamos colocar a cachola para funcionar, mas preferem levar ao pé da letra TUDO o que está escrito.

    3. Fernando

      Seu comentário é sublime. Deus o abençoe!

  83. CESAR

    Meu colega… que coisa chata isso aí que você postou hein!?
    Posso postar inúmeras contradições bíblicas, erros de tradução, inclusões tardias, exclusões, corrupções diversas.
    posso postar aqui passagens e mais passagens que constam na sua bíblia e na de seu vizinho que se auto anulam, são contraditórias.
    Posso postar aqui também passagens muitas em que há na sua bíblia, mas que estão diferentes na de seu vizinho.
    Posso, portanto, te provar isso tudo que eu e outros aqui já dissemos; porque CONTRA FATOS NÃO HÁ DESCULPAS!
    A BÍBLIA, OU SE PREFERIR, AS BÍBLIAS POSSUEM MUITÍSSIMOS ERROS DOS MAIS DIVERSOS.
    A BÍBLIA NÃO É, NÃO FOI E NUNCA SERÁ A PALAVRA DE DEUS, MAS SIM DOS HOMENS!!

    1. Rita Nunes

      Oi César, vc disse tudo. Foi perfeito, quem dera eu fosse tão conhecedora da Bíblia pra poder escrever textos tão críveis quanto os seus… porém do que eu já li deu pra perceber loguinho que nada tem a ver com Deus. Quem escreveu não era nada bomzinho e cá pra “nóis” era bem distraído.

      1. CESAR

        Oi Rita.
        Os caras são fanáticos mesmo, acham que num livro está contida toda a verdade universal, e ainda ficam citando versículos e versículos achando que com isso está convencendo alguém!! Pasmem!! Só se for alguém tapado, ou ignorante de fato!
        Mas, infelizmente é iiso que acontece por aí fora. Ainda falam que estudam a bíblia em sua igreja.
        Como é que estudam a bíblia, se sequer se preocupam em saber se aquilo que está escrito é verdade, foi escrito por aquele autor, se há um outro que desdiz este autor, se há racionalidade naquilo, se é bom etc. os caras não estão nem aí. Pegam o livro e decoram de cabo a rabo sem entender nada X nada, apenas o leem e interpretam da forma mais tosca e burra que há.

  84. mck

    Deus não pode mentir (Números 23:19).
    Deus deliberadamente enviou um “espírito” mentiroso (I Reis 22:20-30) (II Crônicas 18:19-22).
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    ridiculo!!!

  85. andre

    A Versão dos Setenta e a Vulgata Latina
    “Até o final do século IV, conhecia-se da Bíblia, a chamada Versão dos Setenta, também chamada de septuaginta assim denominada por ter sido confiada por Ptolomeu II, Filadelfo (309 a 246 a. C.) rei do Egito, a setenta e dois rabinos, seis de cada tribo, que a realizaram entre os anos de 285 a 247 a. C., na ilha de Faros, perto de Alexandria.” A Versão dos Setenta foi, portanto efetivada no antigo Testamento. *
    “Da Versão dos Setenta originou-se a Vulgata Latina, realizada em sua quase totalidade por São Jerônimo, doutor da Igreja (c. de 350-420), diretamente do hebraico, do aramaico e do grego, por incumbência de Damásio I, papa de 366 a 384. Em 386, São Jerônimo terminou a tradução do Novo Testamento, e, entre 391 e 405. a do Antigo Testamento. Em 1592, o papa Clemente VIII mandou fazer uma revisão da Vulgata Latina, e esse texto revisado é hoje de uso oficial na Igreja Latina.” **
    “Quase todos os livros da Bíblia foram escritos em hebraico. O aramaico é o idioma original de fragmentos do Antigo Testamento (Dan. 2, 4b-7, 28; Esd 4, 8, 6, 18; 7, 12-26; Jer. 10, 11), e, no Novo Testamento, de todo o Evangelho de Mateus. O grego foi usado para o livro da Sabedoria, Macabeus II e todo o Novo Testamento (com exceção do livro de Mateus).”
    Observação: O texto em itálico aí transcrito está mostrado ipsis litteres, ou seja, do mesmo modo como está escrito no livro, de modo que se houver alguma falha, essa se deve às imperfeições de impressão ou descuido do autor. O mesmo vale para os parágrafos assinalados com (*) e (**).
    Ora, como podemos perceber os livros bíblicos não estão compilados tal como foram escritos há séculos atrás. Foram três os idiomas originais, conforme o texto acima descrito. Fragmentos daqui, um pedacinho dali, e assim temos hoje uma amalgama de textos não integralmente escritos um após outro como supuséssemos que fosse. A isso, agreguem-se as constantes traduções, primeiro para o grego e latim e depois para mais de mil línguas e dialetos falados em todas as partes do mundo; e as revisões que também são inumeráveis.
    Afora isto, levem-se em consideração as constantes mudanças vernáculas, os regionalismos, etc., pois para exemplificar, verifiquemos o que acontece com a nossa língua num período de 10 anos e notaremos que o linguajar muda constantemente além de aumentar o número de palavras com as novas tecnologias e descobertas. Assim foi e assim continua sendo.
    “1. Barreiras de Linguagem
    A Bíblia foi escrita em três línguas: O Antigo Testamento em Hebraico e algumas poucas partes em Aramaico, e o Novo Testamento em Grego. Nossas traduções em Português, embora muito bem feitas por conselhos editoriais compostos por grandes eruditos nessas línguas, muitas vezes não conseguem achar palavras do nosso idioma que correspondam perfeitamente às do idioma original. Também, é difícil fazer a transposição do tempo, da voz e do modo dos verbos, da sua origem para a atualidade”.
    Isto significa dizer que não há uma tradução literal, por maior esforço que se faça neste sentido, justamente por causa desses entraves. Vinculem-se a isto as barreiras geográficas, porque muitos dos acidentes geográficos como rios, lagos, riachos, vilas, cidades, etc., hoje não mais existem e daí a dificuldade de se precisar a localização exata de um determinado sítio citado em alguma passagem do texto. Nesse intervalo de tempo houve também mudanças no calendário cristão que é diferente dos calendários usados pelos povos de antanho, o que impede que se encontre a datação exata das ocorrências, e assim por diante.
    E os costumes da época, a cultura, será que ainda são os mesmos, posto que mudam também com o tempo? E, durante todo esse longo intervalo será que ninguém meteu o bedelho onde não devia e lá escamoteou ou maquiou alguma coisa? Quem nos garante que não houve alguma alteração intencional? E até há alguma informação a esse respeito.
    Continuando com as nossas conjecturas, perguntamos: Por que vários livros, considerados apócrifos, ainda hoje são publicados e conhecidos pelo povo? Por que bíblias diferentes para diferentes segmentos do cristianismo?
    Pelo exposto, não podemos crer cegamente em tudo que se nos induzem a crer, pois, cada orador interpreta e prega de conformidade com os dogmas de sua congregação e continua em pleno vigor a máxima que diz que ninguém é o dono da verdade.
    A crença é individual, é apanágio de cada indivíduo; não podemos impor a alguém a nossa fé, posto que todos têm o seu livre arbítrio.

  86. Vinícius Ferreira

    “O problema dos cristãos é que eles não se importam com quem escreve as coisas, só à quem elas estão atribuidas. ” Papa Dom João VI

  87. Vinícius Ferreira

    E me fala uma coisa MDD, levando em conta que a Biblia foi uma compilação de textos de várias seitas, o Torá é mais confiável como formação da doutrina Judaica?? Tem muitas contradições???

  88. Livio

    Apesar de nos interessar cultivar livres pensadores, infelizmente temos apenas mudado a direção que anda o olhar do gado. Ora seguindo sem refletir, ora fugindo sem refletir.
    Como pegar frases soltas fora do contexto, e parear com situações que aparentam ser contraditórias.
    Ora, Bíblia não é algo isolado, e sempre deve e deveria ser lida com reflexão – tratar todos os abramitas como defensores de uma suposta literalidade da Bíblia, é algo reducionista, e estereotipada.
    Mesmo entre os Cristãos, há muitas divergências em relação à isto, entre considerar as palavras como literais, como simbólicas, como épico, como hínicas/poetica. Mais ainda – qualquer ocultista que começa a ler, descobre com alguma facilidade, alusões à diversos elementos presentes dentro de seus estudos.
    O que é a Kabbalah sem o Torah ? Sem o Pentateuco ?
    Leia Gênesis conhecendo UM MÍNIMO de simbologia astrológica, e você começa a tropeçar em diversas alusões diretas aos planetas.
    Conheça os quatro evangelhos, e vai saber direitinho a qual dos quatro elementos cada um pertence.
    E depois, repita novamente todas as asneiras que foram vomitadas nos comentários, sem uma gota de ponderação, sem aquele “grão de sal”. De preferência, com igual convicção.
    Tem diferença em estudar o que são as hostes angelicais de Dee, sem ter lido São Tomás de Aquino ?
    Ou estruturar uma prece, alguma evocação, sem entender ou nem fazer idéia, de onde vem os nomes de Deus ? YHVH, Elohim…
    Primeiro, comiam o joio junto com o trigo. Depois, jogam o trigo junto com o joio.
    E acreditam que estão participando de algum “progresso”.. “Jenial!”

  89. D

    Perguntinha indiscreta : Você direciona toda a energia densa desses posts para algum lugar, transmuta, ou só manda para o mais longe que conseguir MDD ?
    @MDD – Mando para o Exu Caveira comer.

    1. D

      Tenha o santo crédito com essa entidade .-.
      Pelo menos patrulha é o que não deve faltar por aí.

  90. David Fernandes

    Gente,algumas coisa agente entra em contradição sim mais entenda a bíblia foi escrita por vários homens,nao foi Deus que escreveu!
    sobre os gigantes se voçês leêm genesis 6:2,3 e 4 os gigantes e homens valentes se deram por conta de que os filhos de deus(anjos), viram que as filhas dos homens eram formosas e tomar para si. ok o diluvio aconteceu e destruio a terra toda,so salvou noe e sua familia ,n destruio tbm o céu nao entao podia depois do diluvio tomado para si denovo acho que agente tem que ler a bibilia e entender aquela época obg! por vcs leem!

  91. Beatriz

    Engraçado que deus , através de Noé, “colocou” milhões de animais em uma arca de madeira de 130m.Porra deus troll! E tem gente que fica no aperto do ônibus, manda um Noé aí…..
    kkkkkkkkk

    1. Humberto

      Beatriz, vc é muitosem graça. Não devemos brincar com Deus, pois, Ele é nosso pai, por isso devemos respeitá-lo e amá-lo.

      1. Brynner

        Então explica melhor ai, amigo Humberto, vc disse que a Bia era sem graça mas vc tambem não disse nada de inteligente sobre esse assunto. Vc ja imaginou um barco cheio de bicho comendo e cagando, imagina o pobre do Noé limpando essa sujeira toda durante 40 dias e 40 noites? Até parece piada, e ainda tem gente que vem defender mentiras.

        1. Lmnt

          Só uma correção: não foram 40 dias e 40 noites; esse foi o tempo de água caindo. A “aventura” na arca durou cerca de um ano!
          E haja bosta! Foram milhares, talvez milhões de espécies diferentes reunidas naquela caixa de madeira; sem luz, sem ventilação e a temperaturas extremas!
          E nem se pode alegar milagre: as participações de Deus no episódio são bem marcadas: avisou do dilúvio; deu instruções sobre o projeto da arca e levou os animais até a arca (ao menos 2 casais, já que os outros 5 casais Noé teve de buscar por conta própria) e, por fim, quando se lembrou, avisou a Noé que podia sair da Arca.
          Ah.. Deus também pediu que Noé matasse, em sacrifício, alguns dos animais que acabara de salvar!
          É por essas e muitas outras, que eu creio em todos os deuses; mas não creio em nada do que os homens falam sobre os deuses.

          1. Cícero

            Noé não teve que levar “milhões” de espécies.
            O conceito moderno de “espécie” não é o mesmo que um “TIPO” da bíblia que é bem mais abrangente. Talvez haja uns 73 mil tipos diferentes de animais terrestres. Como o tamanho médio deles é menor que um gato, menos da metade da Arca (equivalente a 570 vagões de trem) seria suficiente para guardar em torno 160 mil animais. Insetos, anfíbios tomam pouco espaço. Os animas marinhos ficaram no mar. E Noé certamente pôs casais de filhotes ou ovos e não adultos.
            Noé não teve de levar na arca por exemplo um casal de urso de cada espécie. Noé apenas teve de levar representante do “tipo” urso… o gênero Ursus ou, ao nível da família Ursidae. O mesmo exercício serve para os outros animais, que depois por HIBRIDAÇÃO geraram os vários tipos deles. A “especiação” – formação de novas espécies – não passa de recombinação de material genético e não criação de algo novo.
            O mais certo é que todos estes animais descendam de um mesmo animal, que representa o “tipo” bíblico. É variação dentro do mesmo tipo.
            A melhor maneira de nos referirmos ao “tipo” bíblico é tendo em consideração a informação genética e não a morfologia dos animais. Devemos ter em conta que a variação entre os animais acontece, como vemos todos os dias. Mas a variação que vemos não é o tipo de variação que esteja no caminho de transformar lobos em baleias ou peixes em camelos.
            Com o passar do tempo, a diversidade genética dos animais seria menor. Assim, a formação de diferentes “espécies”, são animais cujo antepassado teria tido uma maior diversidade genética com um pool genético, mais completo e poderoso.
            @MDD – cara, eu não gosto de rir da cara de pessoas ignorantes, mas seu texto quase me convenceu a fazer isso. Por favor, estude um minimo de biologia, ciência, engenharia… qualquer área que você escolher lhe dirá o quão ridícula e sem fundamento nenhum é a sua explicação sem pé nem cabeça.

          2. Cícero

            MDD,
            Se não tivesse estudado biologia e ciência não teria dito isso.
            E acaso teria fundamento e pé ou cabeça, a seguinte sequência fantástica que os crentes fundamentalistas darwinistas creem?
            -NADA criando EXPLOSÃO; e SORTE e ACASO criando-se a si mesmos e os princípios antrópicos do Universo, ACASO criando informação e ordem e depois SORTE+ACASO em LAMA de um ambiente estéril e hostil criando a complexa VIDA/DNA! e aí, virando amebas e então em milhões de anos virando cavalos e GENTE!!!
            @MDD – Voce está misturando “Arca de Noé vs realidade” com “Criacionismo vs Evolução”. São dois debates completamente diferentes. A evolução e seleção natural são fatos inquestionáveis, e sim, eles têm influência espiritual, ao longo de MILHÔES DE ANOS, não 7 dias… Já a Arca de Noé é uma alegoria, demonstrada pela gematria. “Arca”, em hebraico, tem o mesmo valor que “Escola” e “Pares de Animais” o mesmo valor gematrio de “pessoas ignorantes”; “Diluvio” tem a mesma gematria de “Ignorancia”. Desta maneira, a Kabbalah mostra que a alegoria de Noé nada mais é do que um sábio que fundou uma escola iniciática que fez com que pessoas pudessem estudar e se elevar sobre a ignorância.

          3. Cícero

            E por que eu deveria aceitar a mitológica Cabala com seus números?
            Ora,… há várias evidências e provas do Dilúvio: geológicas, paleontológicas e históricas.
            Há vários fósseis de baleias, animais marinhos, répteis, mamíferos e dinossauros juntos nas altas montanhas do mundo cimentados, muitos com DNA, e tecidos moles ainda; (logo não poderiam ter milhões de anos!) o que caracteriza que morreram num evento rápido e violento de soterramento; tipo o dilúvio global que também fez profundas alterações geológicas na Terra dividindo os continentes.
            O petróleo é outra prova; gerado pelo acúmulo de depósito rápido e violento de grande quantidade de material orgânico (vegetação e animais) com posterior pressão e queima desse material devido aos mega-violentos eventos tectônicos; terremotos, maremotos e vulcões; gerados cfe. Gn 7:11 “…romperam-se todas as fontes do grande abismo.”
            Descobertas mostrando fósseis menos complexos acima e abaixo misturados e até árvores enormes atravessando algumas camadas geológicas. Os vários cemitérios de dinossauros em todo o mundo comprovam que houve um evento rápido e violento, e não algo natural; senão não achariamos tantos deles. Camadas contendo fósseis de animais, mas pouca ou nenhuma evidência de plantas próximos; e muitos não viveram no lugar onde foram descobertos.
            Muitos animais são encontrados fossilizados em uma posição que alguns paleontólogos denominam de “angustiosa”. Isso indica que tais animais sofreram uma morte brutal.
            Fósseis tridimensionais (raros) de animais apresentam uma evidência clara de um sepultamento ainda em vida, ou de um enterramento imediatamente após a morte. A melhor resposta é o Dilúvio.
            Se o Dilúvio fosse mito, não poderia ser o mesmo “mito” citado em várias culturas antigas de todo o mundo. Por que sempre um dilúvio universal e não outro evento de destruição? tipo: fogo ou raios ou pedras do céu ou doenças ou guerras sei lá… Mas se nunca houve um Dilúvio porque fazer referências a ele?
            A evolução é um mito e não fato.
            “O neodarwinismo está morto” Eric Davidson – geneticista – autor de livro didático: California Institute of Technology-2000.
            “A evolução acabou de receber o seu golpe mortal. Após ler o livro Origins of Life [Origem da Vida] com a minha formação em química e física, é claro que a evolução [biológica] não poderia ter ocorrido”.
            Richard Smalley, Ph.D., prêmio Nobel em Química de 1996

        2. eloi

          no meu ponto de vista a bíblia não passa de um manual de guerra, criado por poderosos para matar, roubar, dominar e todos os tipos de atrocidades que já podemos ver, o povo precisa acordar acreditar mais em si mesmo lutar pelos seus ideais e deixar de lado essa grande mentira que nos é ensinado desde os nossos primeiros dias de vida, precisamos nos livrar disso tudo para podermos libertar os nossos próprios dons e a nós mesmos só assim deixaremos de ser escravos ajoelhados perante os poderosos que governam o mundo em nome de um “DEUS” inventado por eles para nos escravizar e alcançar riquezas incalculáveis.

        3. cesar

          agradeça por ele ,primeiro nao ter se comrrompido junto com o povo , e depois ter se disponibilizado para cuidar dos animais na arca, limpando e cuidando e depois agradeça a DEUS por ele ser misericordioso com nosco , e o unico motivo de não sermos consumidos,nois somos engratos para com ele DEUS, não se como ele nos ama,bando de ingratos voce esta igual o povo no deserto se chove ta tudo bem , se tem comida ta bom no dia que falta coloca a culpa toda em DEUS.

        4. Neto

          Simples!! Ele usou pokebólas seu noob incrédulo!!!

      2. Hudson

        Não, Humberto, Deus é uma MENTIRA.

        1. Rondineli

          Eu vou provar a todos vocês q Deus existe sem usar a Bíblia. Eu provarei de duas maneiras. Então lá vai: 1) Eu pergunto a vocês: O ar existe? Tem certeza? Daí vocês me respondem: Mas é claro! Se o ar não existisse ja estaríamos mortos. Pois bem, vocês ja viram o ar? Sabe a cor q ele tem? Então como sabem se o ar existem se vocês nunca o viram. 2) Os astronomos ensinam q o nosso universo surgiu pela explosão do BIG-BANG. Mas vamos supor q estejam certos, o BIG-BANG estava no espaço cideral e de repente POU!!! Dá aquela explosão. Mas meus irmãos, eu lhes pergunto: Será q o tal BIG-BANG surgiria sozinho no espaço? Alguém muito inteligente deve ter criado o tal BIG-BANG.
          @MDD – sério mesmo que sua argumentação se baseia em “o ar existe?” e “alguém já viu o ar”?

          1. Ru

            Cara, vc é um genio. Como a sociedade cientifica não descobriu vc ainda?? kkkkkk
            As particulas do ar conseguimos ver no microscópio, e deus???

          2. Carlos

            MDD- No livro de Elena Petrovna Blavatsky, Isis Unveiled, temos as explicações esotéricas de várias passagens biblicas e na Arca de Noé fala a respeito de outra coisa totalmente diferente daquilo que voce explicou aqui, não estou dizendo que é verdade só pq ela falou, mas desde que pensemos que o pentateuco tem conteúdo ocultista, podemos levar em conta as duas coisas (sua explicação e a do livro). Você poderia dizer até que ponto alguma das duas podem ter mais sentido? Ou pra você as duas tem sentido?
            Na do livro por exemplo, fala-se do espírito do Eloah(singular certo?) ou Elohim vagando sobre as águas( a arca de Noé com os animais) durante a esse tempo, não me lembro por inteiro aquilo colocado de ponto de vista do livro, que eu li uma vez só então não me lembro dos pormenores.
            Temos até a explicação de que, o “primeiro” homem possuia a dupla sexualidade ou seja, hermafroditismo, e que quando é “retirado a costela” do “primeiro Adão” é na verdade quando houve a separação sexual e não aquele sentido que temos como verdade. Tanto que no livro de Genesis se tirarmos certos plurais que foram colocados (de forma erronea ou enganativa?) lá, poderíamos chegar a entender que era apenas um ser com os dois sexos… Até onde podemos levar isso a sério?
            Sabendo-se que pela ciencia contemporanea o tecido que forma o pênis no homem é o mesmo que forma o clitóris na mulher, podemos dar certo crédito a essa informação, tanto que o que “aciona” o desenvolvimento sexual é o hormônio especifico ao sexo em questão, e temos casos raros de hermafroditismo no mundo ,em que há má formações de um genero sob o outro claro, mas não deixando de existir.
            Até que ponto essa informação pode ser considerada, não que ela vá lá fazer grande diferença na minha vida agora, mas que ajudaria a elucidar aqueles que procuram entender sob a forma velada que foram feitas as escrituras.
            Valeu!

          3. kaka

            Pode-se mostrar a existência do ar através de qualquer um de uma série de experimentos simples. O mesmo vale para bactérias e átomos. Só temos certeza de que eles existem em virtude dos resultados conclusivos desses experimentos, que podem ser reproduzidos em qualquer lugar do mundo, sempre com os mesmos resultados, por pessoas de qualquer crença.

          4. Cetalom

            Se a Biblia e verdadeira, então porque Deus deixaria um livro tão confuso, para que uma ceita religiosa divergissem de outra ceita, se contradizendo em muito uma com a outra.Qual seria o Objetivo de Deus deixar tal confusão em sua interpretação?

      3. paulo

        Noé por acaso consegui construir a arca como?Não havia floresta naquela Região e não dispunham de tecnologia para tal…

        1. André

          Cara, é só tu assistir a NOÈ 3D no cinema, que tu vai entender tudo… KKKk
          agora, só fica uma dúvida, será que Noé levou cupim junto, ou a arca era envernizada, ou Noé já conhecia Jimo Mata Cupim? Kkkkkk

    2. Alex Boschi

      Beatriz, eu é que queria um ônibus no estilo Noé. Imagine milhões de animais (14 representantes de cada espécie – e não 2 como se acredita), trancafiados numa caixa de madeira, sem luz e sem ventilação, por cerca de um ano (e não 40 dias, como também se acredita)!

    3. José Carlos

      Beatriz, peça perdão a Deus, porque com Deus não se brinca, pense na besteira que voce falou, Ele é seu criador, aceite ou não aceite.

      1. LMNT

        Claro, Beatriz, não esqueça que Deus é extremamente cruel e mal humorado, detesta brincadeiras!

        1. oculto

          quem voce acha que e pra falar o que deus acha ou nao? voce se acha superior nao e verddade? voce nem se quer ja o viu,como podes falar dos sentimentos dele? se nem mesmo jesus chegou a ve-lo, como voce um mero mortal vem falar de sentimentos de um ser invisivek?

          1. lmnt

            Sou um leitor da Bíblia, para muitos a revelação de Deus. Por essa revelação dá para traçar o perfil de Deus. Afinal, mudando de lado, de onde se tira o perfil de um Deus justo, bondoso, etc senão da Bíblia?

          2. Lucas

            Eu cheguei a me perguntar se Deus existe realmente. Nunca O vi. Por que acreditaria em alguém ou coisa que nunca vi??
            Um dia, andando na beira da praia, senti uma coisa estranha, uma coisa que por mais que eu procurasse não conseguia ver, mas conseguia sentir.
            Hoje eu sei que é possível crer numa coisa que se não ver…se puder sentir.
            Creio no vento.
            Creio em Deus.
            Lucas Alves

      2. Bryan

        Afinal das contas para que serviu o diluvio?? se o mundo continua a mesma merda e talvez até pior do q antes dele?? 🙁

    4. Gui

      Beatriz: milhões de animais? onde está escrito isso na Bíblia?

      1. José santana

        que confusão , religião é como politica . o seu dogma é contenda , fofoca ,inveja , e guerra ! bom , a primeira guerra aconteceu no céu , o primeiro pecado também . enquanto o autor estiver ativo jamais acaba . todo o esfosso sera inútil . quem trouxe o pecado ? de onde veio ? a quantos milhares ,ou milhões de anos . e ainda não acabou ? vou parar a qui . quantas verdades estão oculta , ninguém sabe nada . estamos . presos , rodeados de abismos , e o pior de tudo vamos morrer . até a gora ninguém voltou . um silencio toma conta de nossas interrogações . vivemos em uma Matrix !

    5. visley

      O pior que depois que todo mundo sai da arca,,deus pede para comer os animais…todo o trabalho pra comer os bichinhos,,,rs

      1. Rondineli

        Vamos analisar 2 pontos. 1) Deus não mandou comer todos os animais, apenas alguns; 2) Porq Deus permitiu q se comesse animais? Veja bem: o dilúvio havia destruido toda plantação da terra, isso quer dizer que não tinha nenhum fruto; então para q noé e sua família não passasse fome, Deus permitiu q noé e toda a sua família comesse carne de alguns animais.
        @MDD – Mas, se só tinha dois de cada… rsrsrsrs sua análise é uma fantasia. Querer pegar um conto de fadas e discutir evidências… é como querer arrumar explicaçoes na física para como o lobo mau conseguiu destruir a casinha de palha dos porquinhos…

        1. ravioli

          e no mar também, todos os frutos do mar foram destruídos pelo dilúvio.
          estatísticas do IBGE apontam que 100% dos peixes morreram afogados pelas águas do dilúvio.

        2. Cícero

          MDD, leia direito o Livro que critica. Tinham 7 casais dos animais puros, justamente pra consumo e sacrifícios.
          @MDD – O livro de contos de fadas que acha que um par de cada animal da terra sobreviveu 40 dias em um barquinho? é com isso que você quer argumentar contra a lógica e o bom senso? rsrsrs. Que tal discutirmos também a tensão superficial do cabelo da Rapunzel ou porque os lobos de hoje não conseguem mais soprar e derrubar casas como conseguiam em Porquinhos 3 versiculos 1-5?

        3. ralf

          Diz na biblia q Deus permitiu o diluvio pois se arrependeu de ter criado o homem… ora mas Deus ja nao sabia antes de criar a humanidade q o homem faria o que fez? dizem q Deus sabe o futu0ro todo, entao como é que se arrependeu depois se ja sabia a merda q tudo iria virar….

    6. André

      Tu esqueceu que, desse “milhões” a grande maioria era cupim, então quase não ocuparam espaço…

  92. Anderson

    Na boa….pq tanta confusão? primeiro é uma coisa…depois outra….até que ponto é verdade tudo o que esta escrito?

  93. Elielbert

    A Bíblia foi escrita por pessoas e pessoas erram. A única coisa que vocês podem ter certeza é que jesus disse para amarmos a Deus e amarmos uns aos outros. Ele não fez exceção de ninguém.

    1. Bonilha

      Pesquisem sobre o concilio de Niceia, aí sim entenderão a bíblia e o próprio cristianismo.

    2. Alex Boschi

      Como não faz exceção!?
      Quantos Deus matou, por afogamento, no dilúvio? Uns 30 milhões (é só um chute)? E aqui não vale dizer que os genocidas foram os homens; foi o próprio Deus que praticou o genocídio, diretamente!
      Mas abriu exceção para 8 (Noé e sua família)! Ou o contrário, a exceção eram os 30 milhões!
      Não vai me dizer que Deus amava esses 30 milhões da mesma forma que aos 8 salvos; mas, mesmo amando-os, os afogou porque se arrependera de tê-los criado com defeito.

      1. Alexander

        Meus caro Alex Boschi, se você tiver uma doença no braço, que os médicos tentaram fazer de tudo pra curar, mas não teve como, o que se faz nesse caso? Tem que amputar o braço, se não a doença se espalha pro corpo todo, foi isso que Deus fez no dilúvio! Presta atenção!
        @MDD – com a diferença que não existiu nenhuma história de Noé literal…

        1. LMNT

          Presta atenção, Alexander! Naquele caso o “médico” , para usar tua analogia, era Deus. Simplesmente, o onipotente!
          Um médico desses não teria como não curar o meu braço!
          Deus tinha uma infinidade de outras alternativas (lembremos que ele é onipotente). Escolheu destruir tudo, salvado apenas a arca e os que lá estavam. Foi uma escolha dele. Ponto!
          E essa opção de Deus, pelos castigos, destruição e mortes, vai se repetir ao longo da bíblia. Basta ler para ver. Mas ele é Deus, faz o que quiser!
          Voltando ao diluvio, o que me chama a atenção é que Deus parece ter falhado na sua intenção de criar uma humanidade diferente.
          Das duas uma: ou a solução funcionou, e temos hoje uma humanidade sem os defeitos daquela do pré-dilúvio e Deus estaria satisfeito; ou…
          … Deus falhou, e o dilúvio não cumpriu seu objetivo.
          Quando leio o final do relato do episódio, entendo que Deus percebeu o erro do seu diagnóstico e admitiu que não adiantou nada ter “cortado o braço do paciente”. O problema estava na natureza mesmo desse paciente. O defeito de fábrica era mais sério: “…porque a imaginação do coração do homem é má desde sua meninice” Gn 8:21.
          Incompetência dupla: primeiro, fabricou com defeito; depois não conhecia a extensão desses defeitos! Mas aí a lambança já tava feita: o “braço foi parar no lixo” !
          Sobrou para os crentes nos relatos bíblicos a tarefa de explicar e justificar a lambança. Alguns ainda insistem na literalidade do relato; outros já fazem concessões: foi um dilúvio local; e outros tantos já ensaiam admitir que trata-se de uma fábula (mais uma, já que nos últimos séculos quase tudo que é problemático no texto bíblico é simplesmente…. reinterpretado!).
          Pessoalmente acho que os crentes na bíblia não precisam explicar nem justificar nada. Poderiam simplesmente escolher a interpretação que acham mais conveniente e crer nela. Ponto! Mas parece que, muitas vezes, nem eles mesmos estão convencidos da sustentabilidade da sua crença. Vai se saber…
          O que importa, contudo, é que, quando tentam explicar e justificar, deixam de recorrer apenas à fé e chamam para o debate racional. E, no campo racional, o episódio do dilúvio é, na minha opinião, um dos maiores obstáculos para a crença na bíblia (o maior é o mito da criação).
          Uma interpretação não literal do episódio, desencadeará um sem número de questionamentos; não mais do episódio em si, mas de pontos importantes da teologia, tanto judaica quanto cristã.
          É por isso que vemos muitos estudos cristãos tentando provar a existência do dilúvio global (como se isso provasse a viabilidade daquela operação de salvamento de milhares (ou milhões) de espécies, operada por Noé e sua caixa de madeira!). É assunto quase obrigatório nos blogs cristãos (e claro nos ateus).
          Os estudiosos da teologia judaico-cristã (crentes nela ou não), sabem que esse não é um tema trivial! A lambança divina, nesse episódio, vai muito além das milhares e milhares de vidas (humanas, animais e vegetais) tragadas pelo tal dilúvio. E ainda vai render muito…
          Mas, para os que acreditam, Deus sabe o que faz.
          Amém!
          PS: Creio em todos os deuses que existem; mas não acredito em nada do que os homens falam sobre os deuses!

        2. rogerio_sp2

          mas deus então não tem poder algum, se ele não pede salvar mais de oito em 30 milho~es. conte-me como…

          1. LMNT

            Deus tinha o poder para salvar os oito e matar afogados os demais (além de plantas e animais), tanto que assim o fez. Ou fazer de qualquer outra forma.
            Mas a solução divina não deu o resultado esperado: a humanidade se refez com os mesmos defeitos (Deus sabe como, a partir de uma terra devastada). Aí Deus tentou de novo, mandando o Cristo; também não resolveu.
            Aí ficou a promessa de ele que vai mandar o mesmo Cristo, de novo! Vamos ver se dessa vez o Deus consegue acabar com a bagunça que ele mesmo criou!
            Se lá no dilúvio, ele tivesse concertado a humanidade, ao invés de tê-la destruído, talvez já tivesse resolvido o problema. E se demorar muito a mandar o Cristo novamente, vai acabar ficando sem credibilidade.
            E qual é o problema? Ter feito uma criatura que insiste em desobedecê-lo. Desde sua criação o homem vem desobedecendo.
            Mas Deus deixou que espalhassem por aqui que ele é um ser de infinita bondade, aí perdemos o medo. Depois fez umas ameaças que não funcionaram e outra que demora para acontecer, aí perdemos o respeito.
            Acho que se ele aparecesse aqui em baixo, pessoalmente, e desse uma bronca geral, com cara de sério, talvez funcionasse! Agora fica só mandando recado…

        3. Bryan

          Afff q babozeira vc acabou de comentar alexander.
          Preste atenção no mundo que vivemos hoje meu caro.
          Qualquer um pode te garantir que não estar um mar de rosas.
          Reliogidade realmente cega as pessoas. PQP.

  94. Luis

    Não são só essas contradições, como morreu Judas, enforcado ou caiu e suas visceras sairam para fora? Onde será que está o livro de Enok?, Judas em sua epistola fala de uma passagem de Enok, sabem onde está essa passagem
    ? exatamente onde o famoso concílio de nicéia, colocou-o como apócrifo, leiam o livro de Enok, que tem na internet, onde se encontra essa passagem. Ora se o livro é apócrifo a epistola de Judas também o é. não citarei outras porque levaria muito tempo e não haveria espaço suficiente.

  95. ricardo

    vcs esquecem que o espirito de deus inspiram os homens a relatar fatos e acontecimentos da época isso é divino mais homens carnais e falhos prescreve em suas limitações a cerca do assunto inspirado fadado ao um possivel pequeno erro não tendo muita importância no que tange a salvação que é amar a deus e ao proximo como a si mesmo.

  96. Sharon

    Sabemos que Deus confundiu as línguas quando os homens tentaram se exaltar na construção da torre de Babel (Gênesis 11:1-9). É uma lição duradoura sobre os perigos de ambição, arrogância e esquecimento de Deus.
    Mas, espere um pouco. Encontramos no capítulo anterior que os povos e nações se dividiram “segundo as suas línguas” (Gênesis 10:5,20,31).
    Um estudo cuidadoso de Gênesis mostrará que este livro, como muitos outros livros dentro e fora da Bíblia, usa uma técnica literária de resumir a história antes de entrar em detalhes de algum determinado episódio. Devido a esta e outras técnicas, vários eventos bíblicos são relatados fora da seqüência cronológica. Veja alguns outros exemplos:
    Gênesis 1 contém o resumo da criação. Capítulo 2 dá os detalhes da criação do primeiro casal humano.
    A morte de Abraão é mencionada em Gênesis 25:7-10 e o nascimento dos filhos de Isaque se encontra em (25:21-26). De fato, Abraão morreu quando os netos gêmeos tinham 15 anos de idade.
    A morte de Isaque é relatada em Gênesis 35:28-29. Mas, pela cronologia, se encaixa no período da prisão de José no Egito (capítulo 40).
    Poderíamos citar outros exemplos, mas esses servem para ilustrar o ponto. Livros como Gênesis nem sempre seguem uma cronologia rígida. Algumas histórias são contadas fora de seqüência por causa dos temas ou personagens destacados.
    No caso da confusão de línguas, Gênesis 10 enfatiza a divisão dos descendentes de Noé em termos da geografia. Gênesis 11:1-9 mostra a maneira que Deus forçou os homens a cumprir a sua ordem de encher a terra (Gênesis 9:1).
    Esta questão da seqüência de Gênesis 10 e 11 não prova a falta de veracidade da Bíblia.

    1. Logos

      Se entendi, pelo teu argumento a dispersão das famílias descendes de Noé, relatada no Gn 10 teria acontecido depois do evento de Babel, relatado no Gn11.
      Pode ser, mas não faz muito sentido: sabemos que a cidade de Babel foi fundada por Ninrode, neto de Cão, este filho de Noé. Sabemos também que os fundadores de Babel chegaram ao Sinaer, região onde foi edificada Babel, vindo do oriente.
      A sequência de fatos mais simples seria: os descendente de Noé começaram a se espalhar pelas regiões da terra (Gn 10) e um desses grupos, provavelmente liderados por Ninrode chegou ao Sinear e edificou a cidade Babel (Gn 11).
      Isso parece redondo, melhor não mexer!
      Por outro lado, me parece razoável que àquela altura se falasse apenas uma língua: lembremos que o fundador de Babel pertencia à 3ª geração, abaixo de Noé, ou seja a quantidade de pessoas existente naquela época era muito pequena, e todos descendentes dos irmãos Sem, Cão e Jafé. Não parece razoável que esse grupo, sem contato com outras culturas, tivesse diversificado sua língua, nesse espaço de tempo.
      Mas, e aí, o que fazer com o “segundo suas línguas”? Não sei!
      Em tempo, concordo que a questão da sequência não tira a veracidade da bíblia. Mas… não é essa a questão!.
      A questão aqui é, para validar teu argumento, comprovar que, nesse caso específico, houve uma mudança na sequência dos fatos. E isso não pode ser comprovado com exemplos de outras passagens onde isso, supostamente, teria acontecido.
      Mesmo que todos os outros casos de mudança de sequencia dos fatos tenham sido comprovados (como?), isso não valida um outro caso qualquer!

  97. gleyce

    Mesmo com essas contradições da biblia.Não posso deixar de acreditar em Deus.Mas tambem não posso. de a verdade.A real história desses esclarecimentos.Precisamos de respostas.Principalmente porque sabemos que foi escritas por homens.
    @MDD – mas acreditar em deus não tem nada a ver com aceitar abusos das Igrejas!

  98. Pablo

    Quantas contradições…

    1. Logos

      De fato são muitas! Exatamente por serem muitas e de diferentes naturezas, separei uma do Velho Testamento e uma do Novo Testamento, e tenho tentado esclarecê-las:
      1. A arca de Noé, na qual ficaram trancafiados cerca de 84.000.000 (oitenta e quatro milhões) de animais e mantidos vivos por cerca de uma ano, sem luz e sem ventilação!
      2. As genealogias de Jesus, que deixam claro que este não era descendente de Davi. Se não era descendente de Davi, então ele não era o messias e todo o Novo Testamento deixa de fazer sentido!
      Se eu conseguir respostas satisfatórias para essas duas dúvidas, passo para outras. Por enquanto, deixo a bíblia sob suspeita!

  99. Rita Nunes

    Paralelo ao fundo da minha casa mudou um pastor… Tenho chamado meus amigos pra ouvirem as…( como chamarei…) pérolas que eles nos brindam durante o “culto”. Temos nos divertido muito, eles não têem tanto conhecimento da bíblia quanto ao que eu tenho visto neste site, basicamente botam a culpa sobre tudo de ruim e errado que acontece no Diabo… Depois pedem uma ajuda pra “obra do senhor”… Segundo a pastora, é sempre uma mulher que termina a gritaria, podem doar qualquer coisa, uma moedinha… 1000, 500… então resumindo, a bíblia é a base de várias religiões pra explicar que é o certo doar pra igrejas. Minha avó costumava dizer que precisa existir tolos para os espertos vivam bem… sem falar nas outras barbaridades que existem na bíblia que infelizmente não sei dissertar tão lindamente quanto outros que sempre leio por aqui… Fico pasma com a quantidade de gente que não vê nada de errado, machista, cruel e desumano na bíblia. Não é possível que eu leia coisas e interprete de forma tão diversa dessas outras pessoas…

    1. lmnt

      Pois é exatamente como tua avó costumava dizer.
      Em 2011, os tolos doaram aos espertos, cerca de R$ 20 BILHOES (arrecadação declarada pelas igrejas naquele ano).
      Os pastores brasileiros foram parar na Forbes, graças às sua fortunas pessoais. Dinheiro que esses espertos tiraram dos tolos.
      E como conseguem isso: explorando a ignorância, vendendo (literalmente) uma ilusão!
      O que podemos fazer? Tentar demonstrar essa ilusão. Não é uma tarefa fácil, mas a Internet será de grande ajuda.
      Para melhorar nossa capacidade de dissertar sobre essa ilusão é bom recorrer àqueles que já avançaram nesse aspecto.
      Recomendo a leitura de uma série disponível na internet chamada: Coleção de Fábulas Bíblicas. São vários volumes temáticos.
      Inclusive a um volume sobre a posição machista da Bíblia : Coleção Fábulas Bíblicas Volume 25 – Deus Odeia as Mulheres
      Fica a sugestão de leitura. Contra a ignorância, somente informação e convencimento. Eu tento, aqui e acolá, divulgar essas informações.

      1. No Ilusion

        Imnt, é o que faço atualmente; tento tirar meus amigos da ignorância; mas é tão difícil. Às vezes, mesmo eu mostrando as provas dos erros bíblicos a eles e das atrocidades nela contidas e dos erros cientîficos, não consigo fazer com que reconheçam e aceitem; as respostas são sempre as mesmas, do tipo: “vc tá querendo saber mais que Deus . . . ele é infinitamente bondoso, ainda vai tocar no teu coração . . . ele sabe o que tá fazendo . . . tem um significado prá isso, vcs anticristo que gostam de ir contra Deus . . . e blá, blá, blá . . . ” É triste lutar contra a ignorância explicita; até mesmo com pessoas estudadas, nível superior, eu encontro essa dificuldade. Mas vamos continuar tentando, pois um dia no futuro a maioria da humanidade vai sair dessa escuridão.

        1. lmnt

          O não-pensar é o responsável! Mas isso está mudando, lentamente, mas está! Aos poucos as pessoas têm tomado conhecimento da contradições e absurdos pregados pelas religiões. Muitos, claro, vão refirmar suas crenças insanas; mas outros tantos poderão abrir os olhos. Só por colocarmos essas pessoas em contato com questionamentos, já vale o esforço.

  100. lmnt

    Inclusive HÁ um…

  101. Rita Nunes

    Tá calor… porém não podemos abrir a porta da cozinha… Tem culto na casa do vizinho de fundo… O incrível que além de pregar na “obra do senhor” agora resolveram cantar e tocar guitarra… É realmente assustador…

  102. Benny

    A leitura bíblica atrapalha a fé em Deus.

  103. Paulo Gabriel

    Todo akele que le a biblia e não tem discernimento espiritual jamais vai acreditar no evangelio,NÃO adianta ler a bíblia e tentar acreditar no evangelio se vc quer se guiar apenas por fatos que fazem sentido,vc pode ler a biblia de capa a capa 1 milhão de vezes que vc não vai entender nada,daí em vez de vc confiar em DEUS através da bíblia vc acaba achando um monte de contradição e acaba detestando tal livro e acaba falando um monte de bobagens do tipo ´´bla,bla,bla,bla,bla“,desculpe mas é isso que o seu post soa em meus ouvidos.Não julgo vc por não entender a bíblia,se eu olhasse pelo lado natural das coisas e quisesse ser guiado só por akilo que faz sentido eu tambem teria essa visão da bíblia.Imagine um cabo elétrico de alta tensão,se você não soubesse o que é eletricidade e eu te dissesse que não pode tocar no cabo que iria acontecer algo muito ruim com vc,vc provavelmente duvidaria muito e tocaria no cabo por não saber o que é eletricidade e por não poder encherga-la mas vc sabe o que é eletricidade e eu duvido que vc toque em um cabo elétrico de 1.000 volts,a não ser que vc queira morrer é claro.Assim é Deus,vc não pode vê-lo mas ele existe e se vc duvidar dele a única coisa que vai acontecer com vc é que vc só vai ter dúvidas e mais dúvidas e nunca vai crer e Ele nunca se mostrará em sua vida,eu sei que é muito dificil pra vc mas dê só uma chance pra deus,vc não tem nada a perder só a ganhar,Ele mudou minha vida,ele se mostrou e se mostra a cada dia em minha vida,coisas fora do comum,coisas muito boas acontecem em minha vida pela vontade dEle,e não adianta dizer que se algo de bom acontece em minha vida é porque tenho sorte porque antes quando eu não conhecia Deus só acontecia coisas ruins,coisas malignas em minha vida,eu andava armado,era anti-social,as vezes eu tinha vontade de beber sangue humano e comer carne humana,eu tinha depressão,eu era psicótico,paranóico,as vezes na rua ou em casa eu sentia a presença de alguem que eu não podia ver ao meu lado,eu tinha pesadelos quase todo dia,eu tinha vontade de morrer porque eu não era feliz mas hoje ja não existe mais nada disso em minha vida,a partir do dia que eu resolvi dar uma chance pra Deus mudar a minha vida tudo começou a mudar mas só mudou porque eu decidi confiar em Deus,Deus só se mostra para akeles que confiam e buscam ele,se vc duvida,chinga,se irrita com a bíblia isso é problema seu,suas dúvidas só vão aumentar e vc cada vez ficará mais convicto que Deus não existe e que a bíblia é uma mentira,Deus não precisa de vc pra existir mas vc é quem precisa dele pra existir mesmo que vc não creia e isso é fato!

    1. No Ilusion

      Paulo Gabriel: 01 – falar das contradições bíblicas não é bobagem; elas existem e tem que ser comentadas sim. Por que tentar escondê-las ou fazer de conta que não existem? E com que finalidade? 02 – Se vc diz que se lermos a bíblia sem um discernimento espiritual não acreditaremos no evangelho; dizendo isso automaticamente vc classifica o lado espiritual como ignorante; já não bastasse o intelectual. 03 – Pra uma idéia ter credibilidade total, ela necessariamente precisa ser isenta de erros e/ou contradições; a partir do momento que existe um ou outro, ou ambos, automaticamente deixa de ser uma idéia sólida e perfeita (no caso a bíblica, criada por um ser perfeito) e torna-se passiva de questionamentos. 04 – Se vc fosse médico, e soubesse do lançamento de um novo medicamento, digamos pra rinite; antes de vc começar a medicar seus pacientes com o novo remédio, vc leria a bula, primeiramento, e caso vc encontrasse escrito na bula algo que contradissesse sobre rinite; vc medicaria esse remédio a seus pacientes com rinite? 05 – Sua comparação de um fio elétrico com Deus foi muito infeliz, justo pq o cabo elétrico é visível e a energia elétrica tbm é visível, tanto pelo seus efeitos como em testes laboratóriais; já Deus, sua existência é questionável, pois ele nunca foi visto por ninguém, a não ser por um povo que copiou a mesma mitologia de alguns povos de sua época; e seus efeitos tbm não se pode levar muito a sério, justo pq um ser todo poderoso, que fez chover pedras de fogo, transformou rio em sangue, produziu nuvens de gafanhotos, abriu águas do mar, faz cair maná no deserto, etc., etc., não consegue mais fazer nenhum milagre em grande escala nos dias de hoje; pq então ele não manda uma chuva de alimentos pra África? Pq ele não acaba com as outras religiões que se opõem ao Cristianismo, pra que haja mais paz no mundo? Por que ele não falou aos antigos que existia as Américas, a Oceania, o Polo Sul? Por que ele ainda não acabou com a guerra entre judeus e palestinos? Por que ele ainda não ajustou as placas tectônicas do planeta, pra evitar os terremotos e poupar muitas vidas? Pq ele sempre deixou o homem exposto às intempéries, às pragas, às epidemias, aos efeitos sísmicos e a mercê dos mais poderosos? Será que tudo isso é amor aos seus filhos, ou o deus bíblico é apenas mais uma mitologia dentre outras? Reflita! 06 – Vc confunde presença de Deus em sua vida com força do pensamento positivo e força de vontade; tudo que quisermos acreditar a nossa mente acredita; é o que tá acontecendo com vc.

  104. Izaías

    “Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.” (1 Coríntios 2:14 RA)
    Como pessoas sem o Espírito de Deus irão compreender as coisas do Espírito de Deus?

    1. Thiago

      E oq te fez crer que vc está no espirito de D’us, seu lider espiritual?
      O que garante que o espirito de D’us estáva manifestado em todos que tem parte na biblia?

  105. Gabriel

    1 – Depois da inundação é uma coisa muito abrangente, pq a família de Noé cresceu. Até lá os gigantes poderiam surgir dentre eles, e isso faria com que eles continuassem existindo.
    2 – Gênesis 10.5 fala sobre os jafetitas, e o autor estava falando sobre o futuro distante daquele povo. Legal ver que esse site anda distorcendo o contexto. Já Gênesis 11.1;5-9 conta sobre como as línguas foram divididas. Ou seja, Gênesis 10.5 apenas resumiu a história de um povo. Duas coisa completamente diferentes.
    3 – Em Êxodo, Ele diz isso, mas em Lamentações 3.33 está escrito que Ele faz, mas não gosta, não é do Seu agrado. Nada a ver. Deus estava dizendo pra Moisés que, apesar de gago, Ele poderia usá-lo pela capacidade que vem Dele.
    4 – Esse é o mais fácil: A gente não pode achar que esse acontecimento é sequencial, de um dia após o outro. O povo tinha que ter tempo pra se arrepender e deixar os animais crescerem. O problema é ser tendencioso e nem refletir nessa questão.
    5 – Sim, o povo invocava o nome do Senhor, já em Gênesis, mas não sugere que seja pelo nome de “Adonai”, ou seja, Senhor ou Iavé (que significa “Eu sou o que Sou”, mostrado só a Moisés). Invocava por Deus, mas não por “Adonai”. Na Bíblia, nome significa a identidade de alguém. Quando Deus Se revelou a Moisés, revelou mais um Nome, mais uma identidade. Aquele povo sabia que o Espírito Santo era o Conselheiro e que Jesus era o Príncipe da Paz? Não, mas isso foi revelado depois. E era mais um Nome relacionado a Deus! Got it?
    6 – Complicada esta questão, mas na verdade, Deus usou os israelitas para executar a Justiça Dele. Deus é contra a morte quando ela é, digamos assim, sem propósito de Deus naquilo, justamente por ódio.
    7 – Ora, pois!!! Vamos aprender a ler o texto inteiro, povo tendencioso! Basta ler que eles PEDIRAM. Todos deram de boa vontade!!
    Esses são alguns exemplos de como devemos analisar melhor as questões!!

    1. Thiago

      Estudou bem a biblia, mas não interpretou e muito provavelmente segue e acredita cegamente no que está escrito.
      Todas essas passagens são alegorias sobre como o povo da época imaginava que tinha sido a criação do mundo e acontecimentos naturais como: enchentes, migração de especies e tudo o mais.
      Ninguem leva em consideração que a biblia é muito mexida e remexida, tendo sido montada para melhor controle das massas “pagãs”.

  106. Fellipe

    Eu nasci e fui criado dentro de uma igreja evangélica (a única que acho que ainda merece respeito, porque apesar da visão muito limitida – uma das mais limitadas dentre todas as demais igrejas e com a mais rígidas das doutrinas – não obrigam aos fiés a darem tudo que possuem a pastores. Inclusive não se pagam salários a quem trabalha na igreja, que o fazem como voluntários e o dinheiro arrecadado também de forma voluntaria e anônima é revertido para a própria igreja e para suprir necessidades de fiés em dificuldade)
    Bem, voltando ao assunto… Segui as doutrinas da Congregação Cristã no Brasil até aos 19/20 anos, sempre aceitando tudo que me falavam.
    Porém ao começar a estudar um pouco (pouco mesmo, apenas para concursos públicos de nível médio) eu comecei a enxergar tudo de uma maneira muito diferente, o que no início me assustou e senti na pele o que foi o “HOMEM BARROCO”.
    Passei a questinar tudo que a igreja e a própria biblia pregam e com o tempo ababei perdendo completamente a minha fé em tudo que se diz respeito a bíblia e religiões.
    O que acontece é que somos adestrados e obrigados a acreditar em tudo que está na bíblia e nos dogmas da igreja em que somos criados. Nunca nos deixam pensar por nos mesmos, desde que nascemos, ou até antes disso.
    Hoje, aos meus quase 30 anos de idade, tenho algumas considerações e questionamentos, tais como:
    1- Deus não criou o homem; o homem criou Deus ao não encontrar respostas para as velhas e eternas respostas sobre a origem da vida, do universo, etc;
    2-Deus criou tudo e todos. Certo? E de onde surgiu Deus? Quem o criou? De onde ele veio?
    3- Um Deus bondoso, perdoador, perfeito, benevolente, etc, etc, etc… que ama seus filhos, os lança no meio de um fogo eterno caso nao o obedeçam?
    Essa é mais a figura de um ditador sem piedade, cruel e vingativo.
    4- Um ser perfeito criaria um ser imperfeito como somos?
    5- Quem nos garante que ao escrever a bíblia os caras estavam sendo inspirados por um ser superior? Quem garante que não estavam chapados com alguma substância ou simplesmente escreveram o que lhes veio a cabeça como um autor qualquer?
    6- Um ser onipressente, onipotente, onisciente, etc, etc, etc, com apenas um piscar de olhos deveria ser capaz de consertar toda a bagunça feita pelo ser humano, sem precisar acabar com o mundo e com todos os seus ocupantes seja lá com água ou fogo ou o raio que o parta;
    7- Por que Deus permitiu a existência do Diabo, que o desobedeceu (o que ja inicia uma contradição)? Por que não destruí-lo ao invés de mandar essa mala sem alça para nós?
    8- Por que tanta diversidade de crença, se ele é o único Deus verdadeiro?
    9- Um Deus justo e piedoso deixaria tanta coisa ruim acontecer a inocentes crianças, como as africanas, por exemplo?
    Entre muitos outros que não se calam e não caberiam aqui.
    Eu sei que vai chover de críticas, de bla bla bla, mas quem fala o contrário so discorda por medo da ira sangrenta e infernal a que o bom Deus os submeterão.
    Creio no respeito e no amor ao próximo, em não prejudicar ninguém. E isso não precisa de se crer em um ser fantástico e/ou um livro cheio de contradições.
    Um fraternal abraço a todos!

  107. Alison

    O Cupim esteve um ano comendo o que? A madeira da arca? Como ela não afundou? O bicho preguiça chegou atrasado, a arca já havia partido. Como ela sobreviveu? Sim, a anta sulamericana nadou até o mar das arábias e de lá pegou carona num jumento até o Iraque pra entrar na arca de Noé. E que deus burro, fez uma arquinha de madeira pro coitado do Noé, pq não fez logo um super submarino atômico?.
    São tantas idiotices que fica dificel entender como no século 21 ainda há tolos que acreditam em estorinhas pra enganar selvagens de 3 mil anos atrás.

    1. Cícero

      Alison,
      Os animais (casais filhotes) ficaram num estado de torpor – hibernando na arca, no fundo escuro.
      O formato da arca tipo “caixa de sapato” segundo engenheiros navais é a melhor forma estável pra águas turbulentas.
      Na época era uma porção de terra apenas, sem continentes. A divisão dos continentes foi justamente causado pelos mega-terremotos e vulcanismos durante o dilúvio, vindo mais água debaixo que de cima, rasgando a crosta terrestre.
      @MDD – rsrsrs é sério mesmo que voce está REALMENTE tentando justificar a exist~encia do absurdo total que seria uma arca de noé real??? Na biblia não diz NADA sobre serem filhotes, nem que estavam hibernando, muito menos em um “fundo escuro”…

      1. Cícero

        MDD,
        Absurdo total, indo contra toda a lógica e razão, é os crentes darwinistas acreditarem que LAMA inorgânica em ambiente estéril e hostil; partículas virem amebas (que já é um ser altamente complexo) e depois, em milhões de anos virem camelos e GENTE!!
        Se a bíblia fosse mencionar todos os detalhes técnicos de todos os eventos; seria uma Enciclopédia de uns 500 volumes… mas muitos dados constatamos por inferência, pesquisa e estudos.
        @MDD – OPA. quem acredita que “lama vira gente” são os crentes da biblia. A Lama inorganica através de experimentos já reproduzidos em laboratorio vira aminoácidos simples, que viram bacterias simples, que viram bactérias complexas, que viram seres multicelulares e assim por diante, para bilhões de anos os primatas evoluirem para homo sapiens.
        A Biblia é um aglomerado de livros escritos por pessoas que viviam a 3500-2000 anos atrás, com o conhecimento e ignorancia de pessoas que viviam 3500-2000 anos atras 🙂

        1. Cícero

          Meu caro, não foi produzido uma única célula viva nesses experimentos. Um aminoácido não passa de um componente químico, contudo, não está vivo. Falta o ingrediente completo – o DNA – que requer organização e informação inteligente. Lembrando que elementos químicos não tem vida em si mesmos.
          E qual mecanismo seria capaz de fazer e incluir o RNA na 1ª célula? e captar energia para fazer o trabalho de selecionar aminoácidos e determinar qual deles construirá cada gene da célula? …as forças cegas do acaso?!
          E a abiogênesis já foi refutada pelos trabalhos de Louis Pasteur.
          @MDD – Cara, voce parece que parou seus estudos na 8a serie, por volta da decada de 90…
          http://www.telegraph.co.uk/science/7745868/Scientist-Craig-Venter-creates-life-for-first-time-in-laboratory-sparking-debate-about-playing-god.html
          Essa noticia já é de 2010… a coisa está muito mais avançada.
          Se fosse um Livro de ignorâncias e mitos já teriam esquecido a tempo, mas é o Livro mais lido, vendido, praticado, amado, odiado e perseguido do mundo? esta singularidade já é evidência de sua veracidade! 😉
          @MDD – Só não foi esquecido porque a Igreja está fundamentada na ignorancia e força bruta para fazer o gado sem nenhuma cultura engolir as aberrações que ela posterga. A ciência há muito já a esqueceu… Ser o mais lido ou vendido não quer dizer NADA (chama-se falácia de apelo a quantidade), amado e odiado ou perseguido também não quer dizer absolutamente PORRA NENHUMA em termos de ciência… restam apenas fanáticos como você para defende-la com fiapos de lógica distorcida.

          1. Cícero

            Meu caro, houve várias Intervenções Externas INTELIGENTES! na ‘criação’ dessa vida. Ela não veio naturalmente de partículas aleatórias num meio.
            “They manufactured a new chromosome from artificial DNA in a test tube, then transferred it into an empty cell and watched it multiply – the very definition of being alive”
            “Dr Venter compared his work with the building of a computer. Making the artificial DNA was the equivalent of creating the software for the operating system. Transferring it to a cell was like loading it into the hardware and running the programme.”
            @MDD – Que houveram espíritos inteligentes e engenheiros karmicos na organização das reações quimicas, não há duvida… o que contestamos é o velho barbudo dos sete dias…
            A veracidade da bíblia se atesta também em várias confirmações científicas, históricas, arqueológicas e paleontológicas de seus eventos. Além dos inúmeros benefícios a humanidade em seus ensinos e escritos de Jesus e apóstolos no Novo T.
            É claro que muitas coisas do Antigo T. não se praticam mais; sendo leis específicas para os judeus na época; que nem eles mais praticam hoje…
            @MDD – na verdade, praticamente todo o velho testamento poderia ser jogado no lixo em termos de ciência. Podemos ficar com a metáforas e as colocações simbólicas de um texto que contém sabedoria semelhante às obras de Homero, os trabalhos de Hércules e Gilgamesh, como outras mitologias… mas apenas isso. Mitologias.

  108. Gpmelo

    Bom… não tenho muito conhecimento no assunto da arca e tal, mas digo que se deus realmente é onipotente nada justifica a matança que ele teria feito, ele poderia fazer oque ele quisece quando ele quisece sem matar ninguém, se esse velho existe ele é um assasino psicopata.

    1. Cícero

      Gpmelo,
      Então vc acha que Deus foi injusto ao exterminar aquelas pessoas terríveis, cruéis, perversas e irreversíveis do passado citadas na Bíblia? Então deveríamos lamentar e chorar a morte de pessoas tipo: Hitler, Stalin, Nero, Bin Laden e caras que matam crianças na escola, no cinema, na rua, inocentes e famílias?
      Deus usou também os hebreus para executar juízos contra as nações cananéias que passaram dos limites sem nenhum temor a Deus, até queimavam crianças ao deus molok!

  109. robervalm.silva

    eu lendo esses comentrios fico imaginando a que ponto chegou a osadia do ser humano em afrontar DEUS. Fiquem sabendo que foi por estes mesmos motivo que DEUS agiu desta forma e não vai ser diferente com esta geração mas eu tenho uma boa noticia para essas pessoas que ensiste em não acreditar emDEUS e que esta proximo o dia em que todos sem exeção se dobrarão de joelhos diante dele quer queira ou não confessarão que ele é SENHOR. amén

    1. Thiago

      E você está certo por acreditar na versão de D’us dada pela biblia?
      Colocar o nome de D’us como sendo o mandante de atrocidades cometidas pelos homens é uma afronta muito pior…

  110. Juan

    Comédia é ver crente tentando dar base cientifica pra essa caganeira textual que é a bíblia, quanta gente ridícula. E se seu Deus existe seus maconheiros manda ele vir tirar satisfação comigo pede pra trazer Alá, Shiva, Zeus e outros 1000 deuses diferentes que foram criados pelo menos tipo de cretino que criou o Deus cristão.
    Não existe um farrapo de prova da existência de Deus e um livro mau escrito e mau editado só é prova pra quem tem deficiência mental, sim se vc acredita na bíblia vc tem deficiência mental.
    Pau no senhor Irmãos!

  111. Lucas

    Eu cheguei a me perguntar se Deus existe realmente. Nunca O vi. Por que acreditaria em alguém ou coisa que nunca vi??
    Um dia fui a praia e senti uma coisa estranha, uma coisa que por mais que eu procurasse não conseguia ver, mas conseguia sentir.
    Hoje eu sei que é possível crer numa coisa que se não ver…se puder sentir.
    Creio no vento.
    Creio em Deus.
    Lucas Alves

    1. Neto

      Se eu assoprar em vc, vai sentir o vento!! Existem provas que o vento existe já deus………
      Deus é tipo um peido então? Vc não vê mas pode sentir????

  112. jessica

    já desvendei um monte dessas contradiçoes, kkkkk, contradição pra qm nao ler a biblia e nao acredita em Deus, ler de qualquer jeito e nem presta atenção em nada.
    @MDD – Abrilhante-nos com a luz de sua sabedoria, então 🙂

  113. anonimo

    Pô, arca de Noé é tão evidente quanto papai noel na chaminé.
    Pelo amor de Santo Cristo não dá pra levar a sério essa discussão
    @MDD – mas os crentes levam, esse é o grande problema da humanidade rsrsrsr gente que não quer pensar e aceita de bom grado qualquer idiotice que um pastor diga, sem questionamentos.

  114. Papa Emeritus

    Cícero (lááááá de cima), a evolução está provada EMPÍRICAMENTE! As fontes que você citou são de CHARLATÕES!
    Me mostre UM ARTIGO CIENTÍFICO publicado que REFUTE a evolução! E não livrinhos mentirosos que colocam em Saraivas da vida. Artigos Científicos são publicados com BASE em EXPERIÊNCIAS CIENTÍFICAS! Vá se informar melhor!

    1. Cícero

      Papa,
      então vc sabe mais que aqueles cientistas e seus comentários???
      Me mostre uma publicação científica comprovando de forma inegável e irrefutável UM, apenas um exemplo de macroevolução nos planos corporais morfologicamente com evidente transformação em novos clados diferentes.
      @MDD – Cicero, voce realmente precisa aprender a interpretar textos. A teoria da evolução não diz que os animais modificam seus corpos, mas sim que os descendentes mais aptos sobrevivem mais para passar seus genes para a frente, causando mudanças fisicas ao longo de gerações… é de muita má fé e tosquice que os crentes queiram acreditar que “evolução” seja algo parecido com pokemons que se digivolvem na mesma vida rsrsrs

      1. Shlomo

        Cícero está confundindo Darwin com Lamarck?

      2. Cícero

        MDD,
        veja sua falha lógica:
        “A teoria da evolução não diz que os animais modificam seus corpos”
        (mas se não mudam, como poderiam evoluir em NOVAS formas em NOVOS seres em NOVAS espécies/gêneros/classes?)
        @MDD – É sério que voce não consegue mesmo chegar neste patamar de pensamento? Você é exatamente igual ao seu pai? claro que não. Nem o filho de qualquer animal é 100% igual ao pai. As mutações vão ocorrendo de maneira bastante lenta e ai alguns filhos se tornam mais rápidos, ágeis, com cor mais adequada, etc e acabam sobrevivendo mais para passar seus genas adiante… e com o tempo, as espécies vão se adaptando. se você não consegue entender isso, que é o básico do básico, vai ficar pra sempre nos dogmas atrasados e toscos da visão biblica da realidade e não há mais o que discutir. Vai estudar primeiro.
        “causando mudanças fisicas ao longo de gerações…”
        A descendência genética hereditária irá gerar sempre os mesmos genes na mesma espécie (descendentes); como já dizia Mendel.
        @MDD – Não vai. Se gerasse, você seria um clone do seu pai. Quer exemplo mais obvio que esse?

        1. Cícero

          MDD – “Nem o filho de qualquer animal é 100% igual ao pai… com o tempo, as espécies vão se adaptando”
          Tanto o filho como pai o humanos, continuam humanos…
          Adaptações, não significam macro-mudanças para outro ser vivo diferente…
          @MDD – É sério mesmo que voce acha que a ideia de evolucao é sobre um macaco que gera um filho humano? É assim que os crentes imaginam que seja aqueles gráficos? Estas mudanças, até o indivíduo resultante apresentar características distintas nesse grau (como nos graficos didáticos) demora centenas de milhares de anos e milhares e milhares de gerações com pequenas mudanças quase imperceptíveis.
          Cícero, realmente está dificil conversar, parece que voce faz questao de ser ignorante. Tudo o que eu estou falando é o basico do basico de genetica e biologia, eu aprendi isso no colégio e isso pode ser pesquisado a fundo em qualquer site básico de ciencia.

        2. Thiago

          Se gera sempre os mesmo genes, como você diz como se explica as pessoas serem totalmente diferentes?
          Se todos descendemos de Adão e Eva e os genes não se modificaram desde esse tempo, me conta, como existem pessoas tão diferentes?
          @MDD – Essa é moleza: “Adão e Eva” são um conto de fadas, uma historia da carochinha, uma invenção simbólica… achar que há qualquer traço de ciência em um conto de fadas já acaba com toda a sua argumentação.

          1. Thiago

            MDD,
            Minha pergunta foi ao Cicero, pq com base no entendimento dele não haveria mudanças ou diferenças entre as pessoas já que todos os genes ficarão imutaveis.
            Nessa lógica, ou falta de lógica, as diferenças ficariam difíceis de serem explicadas.
            Segue a frase dele:
            “’causando mudanças físicas ao longo de gerações…’A descendência genética hereditária irá gerar sempre os mesmos genes na mesma espécie (descendentes); como já dizia Mendel.”

          2. rondineli

            Se Adão e Eva, é uma lenda, então me responda: como o ser humano surgiu na face da Terra? Quem foi o primeiro ser humano que surgiu no planeta terra. Na vida, tudo tem um princípio e um fim. Então se na vida tudo tem um começo, deve ter existido o primeiro ser humano.
            @MDD – Não é possivel distinguir entre o “primeiro” ser humano e o “último” australopitecus, pois estas transições demoram dezenas de milhares de anos para ocorrer… achar que a teoria da evolução é algo do tipo “antes tinha uma chipanzé e ela deu à luz um humano” é coisa de quem nao tem o menor conhecimento cientifico…

          3. Cícero

            Thiago,
            As raças humanas revelam a riqueza do potencial genético com que o Criador dotou a espécie humana, em suas muitas adaptações climáticas, geográficas etc. Contudo, humanos sempre geraram e irão gerar humanos… do mesmo Gênero Homo.
            Até mesmo os supostos hominídeos do passado mantinham relações sexuais entre si, erectus, habilis, neanderthals, sapiens com evidente troca de genes. Logo, não há ancestrais dos seres humanos. Nós somos assim desde o início. Cfe. estudos indicam: http://www.pnas.org/content/early/2011/08/29/1109300108
            E muitos evolucionistas concordam que vários destes hominídeos não passam de símios extintos.
            Esses homínideos nada mais eram que nossos irmãos antigos.
            Quaisquer criaturas simiescas que tenham vivido na passado eram exatamente isso: símios e não humanos.
            Estudos afirmam que o DNA de sapiens e neandertais é 99,99% iguais!

          4. Cícero

            MDD – SEU PRECONCEITUOSO! SE NÃO ACEITA MINHAS REFUTAÇÕES, FECHE A DROGA DO BLOG, OU CONTINUE UM CAVALO.
            @MDD – Voce nao “refutou” nada… ate agora, so encheu de textos com falácias baseados em contos de fadas para tentar justificar uma visao “cientifica” da biblia, que nao existe… a paciencia com criacionistas é bem pequena, sorry… é um debate inutil e que ou voce tem de estudar mais pra sair desse circulo vicioso, ou esta de má fé… em ambos os casos, o debate acaba sendo uma perda de tempo que poderia estar sendo direcionado para algo útil.

        3. B-runner

          Cícero, procure ler sobre crossing over durante a meiose, mais especificamente, na prófase I, e você verá como podem ocorrer formação de descendentes diferentes dos pais. Forte abraço!

        4. vilamar

          creio em Deus e sou feliz acreditando em todas as coisas “absurdas”, escritas na biblia sagrada …e deixo um pensamento; eu creio em Deus, vc nao …se Deus nao existir eu nao perdo nada nem vc tambem perde ….eu faço o que gosto que é servir a Deus e vc vive em sua vida incredola, mais praticando tudo que gosta tudo bem entao …mais meu amigo Deus existindo com realmente existe vc estará em uma situaçao de tormento
          @MDD – Cara, isso é uma falácia fraquíssima de argumentação, chamada “Falsa dicotomia”. E se os hindus estiverem certos?

      3. Marcelo

        Cícero, o homem tem cerca de 98% de genes aparentados com o chimpamzé, e um pouco menos com os Gorilas, portanto isso DEMONSTRA (prova é outra coisa) que somos parentes de um mesmo antepassado.
        Ja pela Bíblia, gostaria de saber qual a porcentagem que temos de parentesco com um monte de BARRO, OU LAMA, OU ARGILA,ETC…

  115. Alguém

    A água possui uma propriedade muito interessante, ela ocupa um volume maior à -4°C do que á 0°C (se voces não sabem deveria ser o contrário), por isso quando voce coloca uma garrafa cheia até a boca no congelador ela estoura!
    Mas para que isso? se não fosse essa propriedade toda a água nos lagos, se tornariam em um grande bloco de gelo matando a vida presente nos lagos. O que nao acontece – congela-se somente a superfície e embaixo continua liquida.
    A terra possui um grande núcleo de ferro, que ao girar propenso ao campo gravitacional, gera em torno da atmosrefa um campo magnético.
    Mas para que serve isso? se não fosse esse campo a energia desprendida pelas explosões solares, alvejariam diretamente a atmosfera dissolvendo-a e assim ninguem iria respirar aqui.
    e muito mais…..
    será que nao teve nhum engenheiro por trás disso?
    @MDD – Voce esta fazendo a conta de trás pra frente… É tão absurdo quanto falar que a banana tem a forma perfeita para ser aberta pela mao do macaco, quando a mão do macaco, ao longo de incontáveis gerações, é que se adaptou ao formato da banana… A vida é do jeito que é aqui como CONSEQUENCIA da agua ter as propriedades que tem e não o contrário… Os Espíritos Engenheiros planetários (e são inúmeros, não apenas um por planeta) estão infinitamente longe do padrão de “velho barbudo preocupado com o que voce faz com o seu cu” da biblia dos crentes…

    1. marcelo

      Salve Marcelo.
      Ontem eu estava conversando com um grande amigo meu sobre prostituição e gostaria da sua opinião sobre uma questão.
      Considerando que Deus ou Universo ou seja lá a forma como chamamos não está preocupado com o que vc faz com a sua genitália, bem como vc colocou…
      Como a coisa funciona para quem se prostitui? Por exemplo, se a pessoa se prostitui pq quer… pq gosta… e não faz mal a ninguém (não engana, não trapaceia, não mata…) nessa sua atividade… vc entende como uma profissão digna? Ou seria mais digno do que um executivo que puxa o tapete do colega de trabalho para conseguir aquela promoção?
      Gostaria de saber sua visão. Acho que a minha ainda tem muito preconceito, mas enfim.
      @MDD – Aos olhos do universo, é uma profissao como qualquer outra.

      1. marcelo

        E como o universo vê uma operação de mudança de sexo?
        @MDD – O Universo não está nem ai para uma operação de mudança de sexo… apenas os seres humanos é que ficam de mimimi…

  116. Alguém

    Estou vendo que voce tem um paradigma de Deus formado pelo que te disseram, e é
    muito bom que voce esteja revoltado com essa imagem.
    A igreja católica a muito tempo mudou a toda biblia para efetivar o
    Cristianismo,e ai de que não se convertesse! era assassinado pelo tribunal da
    inquisição! …no tempo da santa inquisição… voce ja deve ter estudado isso no
    ensino fundamental, mas a questão é que se formou a idéia de que a biblia é o
    livro de Deus e que tudo que está escrito néla pode confiar que é palavra dele;
    MENTIRA! a biblia tem fragmentos de algumas instruções de Deus mais precisamente
    no que foi dito aos profetas, então entender Deus por ela não é só ler. Hoje as
    pessoas são verdadeiras idolatras sem saberem, crendo em Jesus, porque aprenderam
    errado! nem se quer leram ISAIAS 43:10-11 onde Deus diz que não tem nenhum
    salvador para seu povo…em fim..
    Cuidado com o que disseram para voce!
    A vida é um processo seletivo e como todo processo seletivo existem aprovados e
    reprovados.

  117. Acauã Silva

    Lendo esses comentários me lembro do Ir.: Sarubi da FRA que diz, não se discute conhecimento científico com conhecimento metafísico e vice e versa. Eu como estudante acredito na Pitis Sofia (Metafísica ou teológico) e nas teorias cientificas da evolução e etc. Não existe hierarquia de conhecimentos, todas coexistem em seus campos, mas não se excluem. Discutir qual é a mais certa é perda de tempo acadêmico.

  118. Andre Carvalho

    A minha opinião é a seguinte em relação a crença:
    Acredito na criação do Universo por Deus. Por quê? Realmente, acho que a Teoria do Big Bang e a Teoria Criacionista os dois lados de uma mesma moeda, pois ambos vieram do nada e criaram tudo. Mas então por quê creio na criação? Pois não creio que o Universo foi feito ao acaso, e eu acho muito mais conveniente haver um criador para tudo que conhecemos. Mas aí se pergunta “Se Deus criou o mundo, quem criou Deus?”, e ai penso o seguinte “O que poderia ter gerado Deus? O que gerou esse gerador de Deus? O que gerou esse gerador de gerador de Deus? Vira uma pergunta infinita, sem uma resposta que marca o inicio de tudo e todos. É a mesma coisa do átomo: Até anos atrás, achava que o átomo era a menor partícula do Universo, até que foi comprovado que não, havia outras partículas que formavam o átomo, e depois foi descoberto que havia outras partículas que formavam as partículas que formavam o átomo, e por aí vai. Poderia crer no Big Bang ou na criação, que se refletir um pouco, se observa que são a mesma coisa. Mas, novamente digo, creio na Criação por intermédio de Deus por achar que o Universo não veio do acaso, e formou estruturas tão complexas que nós nem compreendemos ainda.
    Agora, sobre a origem do homem, aí que se torna a coisa complicada. No que creio? No evolucionismo. Mas, aí se pensa “O homem veio de um primata, esse primata veio de uma bactéria complexa, que veio de uma mais simples, e assim vai. Mas, qual é o início?”. A minha resposta a essa questão que tudo iniciou por Deus, que com sua onipotência, poderia ter criado as bactérias simples e criado as condições para que eles evoluam, pois, a evolução, a lei do mais apto não ocorre ao acaso.
    Em relação a Bíblia, ela narra os fatos que ocorreram na opinião do seu escritor. O tal dilúvio já fora relatado por outras culturas, mas de opiniões diferentes, pois o escritor era diferente. A Bíblia é o ponto de referência de uma mitologia até hoje sustentada por poderosos que nada querem que o povo evolua.
    Mas, na minha opinião, apesar de haver contradições, coisas sem nexo, há coisas, como o livro de Provérbios, os Salmos, que são ótimas referências de filosofia, na minha opinião. Dá para extrair diversas lições, mas tem que saber ler também, saber compreender o texto. Uma pena que partes como essa nunca a Igreja aborda, somente aborda Gênesis, Êxodo, e entre outros que são contraditórios entre sí.
    Sem falar do oportunismo na questão do dízimo. 10% de tudo o que tinha era coisa do Velho Testamento, o que os pastores mais utilizam para continuar sempre com carro do ano, terno novo, etc. No Novo Testamento, se diz que o dízimo não tem valor estimado, mas é baseado com a GENEROSIDADE da pessoa. Se a pessoa não querer doar nada, ou querer doar tudo o que tem, quem a impede? Se partir da própria generosidade da pessoa, nada a impede, mas se alguém a obriga, algo está errado.

    1. rondineli

      Gostei da sua resposta. É isso mesmo!!! Vc falou tudo!!!

  119. Felipe

    Metade das pessoas esquecem ou ignoram o fato de que o narrador do texto em foco desconhecia outra parte do mundo. O que quero dizer: quando Noé fala que vai colocar todas as espécies dentro da arca, referem-se àquelas espécies nativas da região. Ora, se realmente o dilúvio tivesse ocorrido de forma global, como explicar a existência de mais de cinco mil anos dos chineses???? E outra, de onde tanta água para inundar o mundo inteiro???A bíblia é cheia de costumes regionais (quem estudou teologia sabe o que é costumo). É inadmissível levar a bíblia a sério sendo que foi escrita por uma religião machista, dominadora e arrasadora de nações.

  120. amancio

    AMIGO, POR FALTA DE EXPERIENCIA SUA E POR FALTA DE CONHECIMENTO BÍBLICO, É QUE VC FALA TANTA BESTEIRA. SE VC LER A BÍBLIA COM O ENTENDIMENTO DO ESPIRITO SANTO DE DEUS NO QUAL AINDA NÃO ABITA EM VC. VC VAI CHEGAR A ESSA CONCLUSÃO BESTA QUE VC EXPRESSOU AI. MAS GUANDO VC SE CONVERTER INTEIRAMENTE A JESUS VC VAI COM CERTEZA OBTER AS RESPOSTAS .CUIDADO COM O Q VC PUBLICA POIS VC NÃO ESTA PUBLICANDO ALGO SOBRE O SEU IRMÃO OU SOBRE MIM NÃO. VC ESTA PUBLICANDO BLASFÊMIA CONTRA A PALAVRA DO SENHOR. ” AI DAQUELE QUE PROVEM O ESCÂNDALOS.” (MT 18-7) QUE DEUS TE ABENÇOE.
    @MDD – Uau… você sabe usar o caps-lock… deve ser verdade o que diz, entao… not.

  121. Alguém

    O QUE ELES NAO QUEREM QUE VOCE SAIBA!
    “CONVERTER INTEIRAMENTE A JESUS ” Tá se referindo ao Deus de Abraão?
    Ou Jesus é outro Deus?
    Eu tenho algumas perguntas gostaria que um Cristão respondesse.(com calma meu filho rsrs.)
    Jesus venceu satanás com sua morte, nos livrando do pecado certo?
    se sim então porque o proprio satanas entrou em Judas Iscariotes e o fez trair Jesus.(Segundo o evangelho de Lucas).
    Se Jesus é a encarnação de Deus, então por que ele se refere a Deus como se Deus estivesse em outro lugar (no ceu).(o verbo se fez carne nos remete a pensar que é o proprio Deus)
    Como Jesus pode ser o filho de Deus(de uma forma que nao podemos ser), se o filho vem depois do pai e Deus diz em isaias 43:10-11,”que antes dele nenhum houve e depois dele nenhum haverá”.
    Obs: nessa mesma passagem Deus afirma que nao precisa de nenhum Salvador!
    Que parte da história estou perdendo? (considere que a igreja Romana já teve poder político e que a biblia hoje é oriunda dela, mesmo a protestante…66 livros.)

    1. rondineli

      Vamos por parte: Na verdade existe 1 só Deus em 3 pessoas divinas: Pai, Filho, e Espírito Santo. As 3 pessoas formam um unico Deus. Para ilustrar melhor, desenhe em uma folha 1 triangulo. Como ja sabe, um triangulo ele tem 3 pontas: 1 em cima, e 2 embaixo. Agora escreva lá na ponta de cima, ESPÍRITO SANTO; Em uma das pontas de baixo do lado esquerdo escreva: JESUS; e na outra PAI CELESTIAL. No meio do triangulo escreva a palavra DEUS. Está vendo só? As 3 pessoas formam 1 unico Deus. Estas vendo mais de 1 triangulo? claro q não. pois Deus é 1.

      1. Logos

        Não são 3 deuses bíblicos, são 4! Há o deus de Israel, o deus Pai, o deus Filho e o deus Espírito Santo. Ah, vão dizer: o deus de Israel é o mesmo deus Pai! Né não: o deus de Israel não tinha filho.

        1. Alguém

          Meu amigo “Logos” com todo respeito por favor. isto que voce esta dizendo não existe, toda a biblia fala de um só Deus O Grande Senhor dos Exercitos, ou deveria, o que acontece é que os romanos que eram idolatras, junto á igreja nascente romana (Catolica Apostolica Romana IDOLATRA), animalmente entenderam e contextualizaram isso na biblia, olha só, que Deus deveria ser desmembrado em três para divinificar Jesus e o espirito santo como consequencia um monte de gente que NUNCA leu a biblia, fica com o que o pastor enganador diz lá atrás do pulpito, formando essa confusão. agora quanto á Jeová – Eloin Sabaoth – Senhor dos Exercitos – Adonai … todos se referem á um só Deus, são apenas nomes ou termos usados, dependendo de cada contexto. A biblia tem vários textos e vários contextos.

  122. Alguém

    Muito bem,
    Quando eu disse com calma nao quis dizer para agir dessa forma tão sínica, é porque eu sei que os cristãos geralmente se sentem ofendidos quando o assunto é trindade, até parece que os cristãos seguem uma religião sem fundamento, para se ofenderem tanto, tem alguma coisa errada ai e voces sabem disso.
    Em ezequiel capitulo 18, Deus fala claramente que ninguem paga pelo seu pecado, voce vai prestar contas com Deus pessoalmente, voce é um assunto particular de Deus.(Deus é Onipotente)
    Existem várias passagem que exclama claramente que Deus não se alegra com oferendas, holocaustos.. um bom exemplo, salmos 51:16 – nesse mesmo salmo qualquer ser Humano consegue compreender também o que é espirito santo.
    Eu não sei que deus os cristão cultuam, mas o Deus de Abraão o Grande Senhor dos Exercitos não bate com a descrição da trindade.

    1. Alguém

      Talvez alguns estejam pensando, servir só a Deus? – Deus é tao rude! tão mau! ele matou um monte de israelitas, no passado, pelos pecados mais “frivolos”!
      e quanto a Jesus? – ele curou cegos, curou aleijados, ressucitou mortos… não pode ser tão mau.
      Primeira coisa que devemos saber é que muito do que foi dito por Moisés, foi seu próprio ponto de vista, os antigos tinham mania disso – eles tinham uma ideia e para essa idéia ter valor entre os que eles queria induzir, eles assinavam com o nome de alguem muito influente ou famoso. com isso Deus ganhou a fama de tirano, quando o tirano é Moises.
      Obs: Moises matou um egípcio porque ele estava maltratando um escravo hebreu, isso nos dá uma idéia do que Moises acredita ser um método para retificar rebeldes.(ver contexto) Isso não significa que Moises era mau – apenas era um traço da personalidade dele, (considere a região e a época dele). (segundo alguns estudos, eu particularmente acredito que ele era bipolar)
      As pessoas levam tão a sério o que Moises disse, que acreditam literalmente na historia do jardim do édem, quando ela é uma alegoria.(com ceteza um vulcão está prestes a esplodir mas fique calmo)
      Se voce visse um helicoptero voce saberia o que é, porque voce é da época em que existe o helicoptero, mas imagine de um homen do século primeiro tivesse essa visão.Como ele a descreveria?
      Em apocalipse 9:7-9, lemos essa descrição.
      “E o parecer dos gafanhotos era semelhante ao de cavalos aparelhados para a guerra; e sobre as suas cabeças havia umas como coroas semelhantes ao ouro; e os seus rostos eram como rostos de homens.
      E tinham cabelos como cabelos de mulheres, e os seus dentes eram como de leões.
      E tinham couraças como couraças de ferro; e o ruído das suas asas era como o ruído de carros, quando muitos cavalos correm ao combate.”
      Moises teve uma visão da criação do mundo e usou os termos que ele sabia para descrever,Adao=Terra – Eva =Vida…
      A Biblia é um livro para seres humanos lerem, seres que raciocinam.
      Veja só Deus em isaias (Isaías 49:14-16) … Acaso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti. Eis que nas palmas das minhas mãos te gravei…(não é tão mau)
      Veja o que Jesus disse:João 16:26-27, …Naquele dia pedireis em meu nome, e não vos digo que eu rogarei por vós ao Pai; Pois o mesmo Pai vos ama…( Jesus era servo de Deus, varias passagem mostram isso)
      o que fugir disso é mentira, sinto muito mas os que revisaram e corrigiram a biblia também mente!)
      Fiquem na Paz!

  123. Rickz

    Só uma pergunta… O que os animais carnivoros comeram depois que sairam da arca?

    1. Rogério

      Algum pode me explicar o q é esse tal de ESPIRITO SANTO tantas vezes citados aqui pelos defensores crentes?

  124. Paulo Martins

    A fé pressupõe uma crença sem comprovações técnicas ou ciêntíficas. É a crença incondicional, fruto do amor também incondicional por aquilo em que se acredita. Assim reconheço minha fé na palavra de Deus mesmo que eu não saiba explicar cada um de seus trechos ou suas aparentes contradições.
    Vejo tudo o que foi falado aqui, em qualquer dos posicionamentos ideológicos, como apenas especulações. E não poderia ser diferente, ninguém nos dias de hoje pode provar empiricamente como se deu a origem do universo nem o que aconteceu em tempos tão remotos. Mesmo a ciência, com toda a sua técnica e metodologia, pode nos enganar e chegar a conclusões falsas. Como por exemplo as leis do movimento de Newton que pareciam óbvias, irrefutáveis, mas se mostraram inexatas perante a teoria da relatividade de Einstein.
    Mas na bíblia há fatos incontestáveis, e um deles é que aqueles que buscam verdadeiramente a Deus alimentam sua alma com amor, alegria, paz paciência, bondade, generosidade, fé, gentileza e autocontrole. E sem dúvidas, e isso torna a vida mais leve, prazerosa e agradável tanto para si quanto para os que o rodeiam.
    O problemas é as as religiões ( não sigo nenhuma ) distorcem muitas coisas em favor dos interesses de uma minoria. Criam fanatismo, doutrinas absurdas, proibições e limitações infundadas e todo tipo de coisas, muitas vezes com objetivos adversos dos bíblicos e se esquecem do principal, o amor. O amor ao Deus que, de alguma forma, criou tudo o que existe, o amor próximo e o amor à vida.

  125. Gil Cleber

    O texto fala de contradições bíblicas, e a discussão entre os comentadores foge do assunto e, a certa altura, parte para as ofensas pessoais. Caramba, será que é impossível defender pontos de vista sem ofensas?
    Sobre as contradições apontadas, algumas são de fato contradições, outras talvez dependam de interpretação, de considerações sobre a cronologia, já que nem sempre a cronologia segue a ordem em que os livros estão dispostos na Bíblia, e ainda, sem dúvida, do sentido de certas palavras no idioma original e do sentido que adquirem na tradução.
    O que é preciso ter em mente é que a Bíblia é um livro essencialmente de doutrinamento religioso, no qual podem ser encontrados ensinamentos valiosos (além do valor literário, já que há passagens de grande beleza).
    Querer entender ou aceitar a Bíblia ao pé da letra, como se fosse um livro de ciência, é que consiste num erro.
    Cada um, claro, é livre para adotar a posição que melhor lhe parecer. Eu, pessoalmente, vejo como impossíveis, p. ex., a explicação da Torre de Babel para a multiplicidade de línguas; a ocorrência de um dilúvio universal (se houve, foi apenas local); o Sol ter-se detido a uma ordem de Josué; e diversos outros relatos, a meu ver, apenas alegóricos.

  126. Ian Gil

    Olha, eu me divirto AOS MONTES com essas discussões entre crentes radicais e ateus “Dawkins te ama”, porque um quer ensinar o outro, mas todos estão perdendo o ponto aqui. rsrs
    Abraços! Mais amor e tolerância, galera!

    1. Ana Cristina

      Ian Gil, eu li tudo e só pensava durante a leitura,o tempo todo, exatamente nisso que vc falou! Ri aos montes aqui. Vários aqui deviam e devem estar pensando em como provar ao mundo que chegaram à uma resposta conclusiva sobre Deus. Isso NUNCA vai existir! Os debates sobre isso sempre serão infinitos,pois as crenças e as escolhas em se acreditar mais no pastor/padre (ou outro representante que eu esteja esquecendo) do que nos estudos serão eternos, com certeza.
      Chegar num consenso? Não creio em impossível,mas aqui vou ser contraditória.
      O ego do ser humano é terrível…por isso,as reencarnações não param de acontecer há inúmeros anos.

  127. Manoel

    è muito mais fácil acreditar na bíblia com toda as contradições que vcs dizem ter do que acreditar em toda besteira que propagam os evolucionistas, que realmente tem uma infinitude de contradições s vcs são tão cegos que não enxergam tanta besteira no darwinismo

    1. Gil Cleber

      Prezado Manoel, faça duas coisas: 1) Aponte as “besteiras” do darwinismo; 2) Concomitantemente, aponte os conhecimentos que você possui e que o credenciam a afirmar que as coisas que apontar no darwinismo são realmente “besteiras”. Sem isso, é melhor ficar de bico fechado pra não dizer, você, BESTEIRAS deste calibre.

      1. RASEK

        O nosso colega Manuel é mais um fundamentalista sem argumentação alguma, a não ser o que lhe falam do púlpito lá na sua igreja. Apenas possui motivação emocional, devocional, e não crítica daquilo que fala, pois que é um mero repetidor de sermões entusiasmados de seu líder.

      2. Ana Cristina

        Tbem queria ouvir essa resposta. Será que após isso, iremos conhecê-lo (além da sua refutação) no Fantástico? Vai marcar época essa bomba! Já imaginei Cid Moreira,sendo convidado para anunciar : “Exclusivo! Homem brasileiro refuta e prova que Darwin estava errado em sua teoria!”

  128. Laerte A. Rodrigues

    Olá pessoal!
    Só queria citar um detalhe interessante, sobre o dilúvio: diz a Bíblia que choveu durante 40 dias e 40 noites, ou seja, cerca de um mês e dez dias. Eu me lembro que alguns anos atrás saiu uma reportagem sobre o Estado de Santa Catarina, onde ocorreu muita enchente em várias cidades, a mesma reportagem informava haver chovido 40 dias sem parar. Ora, se esses 40 dias só ocasionou inundações no Estado de Santa Catarina e na Bíblia esses mesmos 40 dias inundou o planeta Terra todinho. Da onde veio toda essa água, dos Oceanos Atlântico e Pacífico, que teriam que evaporar quase todo ele , e para isso ocorrer deveria haver uma estiagem tão intensa a ponto de evaporar toda a água dos oceanos……. Todo esse “dilúvio” só inundou a Região do Oriente Médio: Israel, Líbano, Irã, Iraque, Síria, etc…De formas que depois a arca ficou retida no Monte Ararat na Turquia.Atenciosamente Laerte. Abraços à todos!

  129. j-otaku

    alguém poderia tirar uma dúvida minha??
    todos nós aprendemos q é impossível a sobrevivência das plantas sem a existência do sol. Em Gn 1;9-13 fala que Deus criou TODAS A ERVAS ao terceiro dia. Gn 1:14-19 fala sobre a criação de todas as luminares (sendo assim: sol, lua, estrelas). houve a diferença de um dia de um para outro. Porém 1 Pedro diz que um dia para Deus equivale a 1.000 dias. Ou seja, foram mil dias sem a luz para a fotossíntese. Alguém pode me dizer como plantas sobreviveram mil dias sem seu “alimento” principal??
    @MDD – Simples. Era uma alegoria.

  130. RASEK

    E tem gente que crê firmemente nesta alegorias como se fossem verdades inquestionáveis. E estamos no séc. XXI,,,

  131. Saulo

    MDD — Gostaria de saber a verdadeira historia sobre Nóe e a Arca. Sei que não é essa fantasia toda sobre pares de animais etc. Só que não consigo encontrar! Por favor me mostre o caminho! Agradeço muito se me falar sobre isso ou dizer uma fonte confiável!
    Fique em paz!
    Att,
    Saulo.

  132. Marcus

    Aproveitando a carona do post, queria fazer duas colocações.
    Sempre vi no ato de comer o fruto proíbido o abandonar da inocência, ou seja sair da ignorância do jardim para a dura realidade da existência, é uma alegoria que sempre me pareceu óbvia.
    Todavia o assassinato de Abel por Cain também seria uma alegoria desse tipo? Pergunto isso pois parece uma alegoria do homem mais evoluído (agricultor, sedentário, que já tem conhecimentos mais refinados de calendário e noção do tempo e do além, que não precisava de carne para viver) que “mata” o Homem que existia anteriormente (ingênuo, pastor, ou seja que necessitava matar para viver).
    Indo mais longe, Cain poderia representar uma aspectação de Binah nesse sentido?

    1. Henriquess777

      Me lembrei do “O Poder do Mito” onde Campbell faz justamente essa análise entre Caim e Abel.
      Falando em alegoria: MDD, qual bom exemplo pra carruagens de fogo descritos em 2 reis? aquela passagem sobre Elias e etc.

  133. CLAUDIA

    PESSOAL PARA AQUELES QUE PROCURAM CONTRADIÇÕES NA BLIBLIA , PARA OS ATEUS , PARA OS EVANGELICOS NÃO DEVEMOS NOS PREOCUPAR PORQUE , GANDO MORREMOS VAMOS SABER SE DEUS EXITE OU NÃO , E AQUELES QUE SÃO DO DIABO SE ELE EXITE OU NAÕ , PARA A QUELE QUE ACEITAREM JESUS , E FAZER O QUE DEUS MANDA A VIDA ETERNA SERA UMA ALEGRIA MAS PARA AQUELES QUE NÃO O ACEITARAM AO DIABO SERAÕ ENTREGUE , PARA O INFERNO , BEM ACHO QUE ISSO NÃO SERA PRAZEROSO, PORQUE UM LAOGO DE FOGO E ENXOFRE NÃO TRARA ALEGRIA A NINGUEM , POR ISSO EU PREFIRO OBEDECER A DEUS PORQUE É MELHOR OBEDECER DO QUE SACRIFICAR. ANTES SERVIR A DEUS DO QUE AO DIABO.

    1. Henriquess777

      sério… eu fico pensando se não são trolls que se passam por religiosos ignorantes e escrevem umas pérolas dessas por aqui.
      e ainda tem que ter essa maldita caixa alta .__.’

  134. josue

    as aparentes contradições nos mostra que uma busca pela verdade existe ,a qual jesus disse haver mistério desde o principio ,mas joão afirma que o Espirito santo nos ensina, logo a indução a duvida é uma tentação que os evangelistas escreveram na qual O Messias foi tentado mas resistiu .A nos homens mulheres não duvidamos na existência do criador mas na Fé da salvação e por fim da vida eterna ou seja ninguem duvida da existência de Deus mas se somos merecedores do seu amor ao ponto de nos transformar em vencedores

    1. RASEK

      Não são aparentes as contradições!! São mais de duas mil, portanto como poderiam ser aparentes. Do início ao fim, a Bíblia nos apresenta estas contradições. E os tais mistérios que vc menciona aí, são produtos dos homens, criaçãodos homens que “botaram as palavras na boca de Jesus”.
      E esta história de ele morreu para nos salvar é a MAIOR BOBAGEM DO MUNDO!!
      Jesus não foi um suicida, ele foi é assassinado!! Morreu porque ensinou o bem, só isso. Ele não cometeu suicídio, embora soubesse que correria riscos altíssimos de morte. Mas daí dizer que se matou…

      1. Saulo

        Jesus não foi morto pelos romanos. pesquise e saberá quanto tempo seria necessário para uma pessoa morrer numa cruz judaica e o envolvimento de José de Arimateia com essa história.

      2. josue

        acredita no filho do homem quando disse que” botaram palavras na boca de jesus”
        quando disse aparente contradição acima é porque nós somos ainda muito mais contraditórios a ponto de fazer o que e certo aos olhos dos outros mas logo em seguida fazer o que é errado até mesmo aos nossos próprios olhos É por isso somos maus e buscamos uma mudança . mas Jesus veio como um cordeiro de Deus logo foi enviado como ele mesmo o disse :Eis que subimos a Jerusalém, e o Filho do homem será entregue aos principais sacerdotes e aos escribas, e eles o condenarão à morte,
        e o entregarão aos gentios para que dele escarneçam, e o açoitem e crucifiquem; e ao terceiro dia ressuscitará . mt 20: 18,19
        Não pretendo desfazer de ninguem , somente defender meu caminho sem religião

  135. Cientista

    Cícero,
    Sua reposta é uma piada! Vc sabe qtos MILHÕES de anos são necessários pra formar um fóssil? Idem pra o petróleo?
    Vc sabia que não existe nenhum desenho rupreste nas cavernas onde aparecem dinossauros? Sinal que o homem jamais viu dinossauros. E nem podia pq o homem apareceu a míseros 1 milhão de anos.
    Sobre a Evolução ela é um FATO comprovado todos os dias nas Universidade do mundo inteiro. E duvida procure por árvore filogenética no Google e veja como todos os animais tem um ancestral comum.
    Agora se mesmo assim vc ainda acredita no Dilúvio e Noé mesmo sem existirem provas geológiocas deste, eu te pergunto só uma coisinha. O que os carnívoros comeram depois de sair da arca? Animais em decomposição, por acaso?
    Aguardo a sua resposta!

  136. Kira

    Como um estudioso da Bíblia, e um cético por natureza, eu digo com toda a certeza que essas contradições são ínfimas para dar ou tirar a credibilidade da Bíblia, a maioria, se não todas as citadas são erros de palavras e algumas são muito irrelevantes, praticamente todas são. Como contra argumento vou explicar ao autor do Post porque essas mesmas contradições servem também para aumentar a credibilidade dos fatos narrados na Bíblia. Esse argumento serve para os Evangelhos de Jesus. Sendo quatro evangelhos escritos por quatro diferentes autores que nunca se conheceram em quatro diferentes templos eles não podem ser acusados de história fictícia. Sendo assim, apesar de Marcos servir de fonte para Lucas e Mateus, eles corroboram acontecimentos que também ocorrem em João. Vou apenas continuar sem muita pretensão de querer fazer a cabeça de ninguém, um exemplo leve: Vamos supor que Autor1 escreve que Jesus curou um cego, e Autor2 escreve que Jesus curou dois cegos, como a contradição no post do Autor diz, então vamos apenas analisa-la. Vamos colocar o fato que Autor1 diz que havia uma multidão de pessoas assim como Autor2 diz também. Assim Autor1 diz que Jesus curou um cego, mas Autor2 diz que ele curou dois. Vamos também colocar como fato que Autor1 escreveu o Evangelho em 60 AD e Autor2 em 70AD, ambos não se conheciam e suas fontes eram apenas testemunhas oculares. Sendo assim o fato de ter um ou dois cegos não interessa, o que importa é que Jesus fez uma ação que é comprovada em outro texto, não conseguiu entender? vamos continuar a explicação, o fato é, sendo uma contradição, eles não podem ser acusados de complô de história fictícia porque no caso a história teria de ser igual, Jesus curou um cego o outro autor também teria que dizer que Jesus curou um cego, mas devido (suposição minha) a diferenças de testemunho oculares um autor disse que Jesus curou dois cegos, mas ambos dizem que Jesus curou cegos (um, dois, dez, mil) nesse caso eles dão credibilidade ao argumento da ação de Jesus independente da quantidade. Outra explicação seria o autor dizer que Jesus usou uma coroa de espinhos de Urtiga, mas o outro dizer que a a Coroa era de Camomila, certamente o tipo de planta que a Coroa era feita é irrelevante, eles não estavam narrando um livro de Biologia, o fato é, Jesus usava uma coroa de espinhos, isso basta. E sendo que os autores escreveram em tempos diferentes a mesma história, com erros, eles não podem ter se conhecido, e consequentemente a narrativa, devido a esses erros, se torna mais real porque elas se harmonizam sem infidelidade textual. É dessa forma que a maioria dos estudiosos concordam hoje que Jesus Cristo existiu, nenhum estudioso, mesmo os céticos, levam a teoria do Cristo-Mito a sério porque ela não se sustenta e depende de argumentos arbitrários como dizer que os Romanos criaram Jesus, uma explicação tão ridícula quanto aquelas que dizem que Edward de Vere escreveu as peças de Shakespeare só porque o Bardo não frequentou a faculdade. Aqui meu fim de post, grandes acontecimentos, como a vida de Jesus, devido a importância e a falta de fotos e vídeos (Duhh) convidam a infinitas teorias da conspiração que lotam as páginas de livros, estudiosos que sempre se passaram por figuras de respeito perderam a autoridade dando ouvidos a balelas como a teoria do Cristo-Mito, não estou defendendo a Igreja, nem fazendo apologia ao Cristianismo, mas como estudioso cético, o fato é, teoria da conspiração não é a vida de Cristo, mas essas baboseiras que Ateus fanáticos postam em Blogs como esse que perdem toda a razão quando partem para o lado pessoal da crença ou a não-crença.

  137. Kira

    Ciência não exclui a religião. No entanto muitos Ateus acham que sim devido a ansiedade de materialismo e conhecimento, a tentativa de provar que Deus existe com bases em nossos conhecimentos é dada como fato ganho devido a simplesmente a nossa confiança na capacidade de conhecimento, que ainda é ínfima. Pra quem acha que Ateísmo é sinônimo de inteligência e religião de burrice, Isaac Newton, Charles Darwin e Albert Einstein não eram ateus, nem era Karl Marx apesar de sua birra coma a religião era política e não científica.
    O Sociologista Zygmunt Bauman, disse que com a ascenção do materialismo e o declínio da Religião, o Homem está se afastando de sua natureza humana e se tornando desumanizado, assim como também está se afastando de seus ensinamentos morais:
    http://en.wikipedia.org/wiki/Social_Darwinism

  138. Wallace

    Escuta. Achei ridicula essas contradições. Não fazem sentido.
    Quem escreveu isso? Deixa eu fazer uma pergunta: você leu a biblia por ler? Ou você se aprofundou no tema e entendeu que Deus é Deus e Ele é Perfeito?
    Nenhuma destas contradições é condizente.
    Basta continuar lendo pra entender.
    As pessoas tentam interpretar algo sem nem ao menor ter escrupulos.
    Leia a Biblia: Jesus é o caminho, a verdade e a vida.

  139. Huber Carlos Coimbra

    Olá galera, Há uma pagina interessante A BIBLIA DOS CÉTICOS. Mostra muito mais contradições no livro santo dos otarios, digo, cristãos de igrejas mercenárias.
    Podem abrir tambem suas maquinas em 50.000 CONTRADIÇÕES NA BIBLIA. Interessante é que essa é uma afirmação de uma seita evangélica.

  140. William

    a bíblia diz que deus não se arrepende de nada e logo mostra que deus se arrepende de ter criado o ser humanoessa é a parte na bíblia é muito confusopois a bíblia também diz que deus não criou o homem para a perdição que o inferno foi criado para o diabo e seus anjos como deus permite que a alma do homem vá para o inferno apesarapesar que na bíblia também diz que é a filha da salvação e filhos da perdição contradizendo uma palavra que muitas igrejas diz que não existe predestinação mas a bíblia em si é uma pré destinação pois nele está narrado tudo o que irá acontecer nos fim dos tempos então querendo ou não isto é uma predestinação porque tudo está escrito e tudo que está acontecendo é o que eu acho

  141. Danilo

    Karaka velho, faz dois anos que iniciaram os debates bíblicos deste post e vai continuar por toda duração da internet kkkkkk. Tem muuuita gente que precisa ”evoluir” por umas boas reencarnações até caírem na real. Vamos ver até quando a mãe Terra vai suportar esse gado. MDD parabéns pelo blog, obrigado por existir!!!

  142. Leitor

    Nossa, Mateus sabia bem como avacalhar as histórias, fez salada em tudas!

  143. Xavier

    O que é a Bíblia ?
    A Bíblia é a reunião deste conjunto ordenado de palavras da língua hebraica (incluindo alguns trechos em aramaico) com este conjunto ordenado de palavras da língua grega. Nada que existe noutras línguas é a Bíblia. O que existe noutras línguas (português, inglês, chinês) são traduções, todas feitas séculos depois de a Bíblia ter sido concluída. Por conseguinte, a Bíblia não é, por exemplo, a Vulgata, nem a tradução de João Ferreira de Almeida, nem a Versão Rei Jaime. Estas obras – muito valiosas, sem dúvida – são traduções. A Bíblia ficou completa no fim do 1º século da nossa Era.
    A Bíblia não é um livro. Já existia antes de haver livros. Não se deve confundir a Bíblia (o conjunto ordenado de palavras) com o suporte em que se encontra a Bíblia ou parte dela. Tal suporte pode ser pedra, argila, papiro, velino, papel, tela de computador ou de celular, uma fita magnética, um disco, um arquivo mp3, ou, além de mais coisas, o cérebro humano (pois há pessoas que sabem a Bíblia de cor). A Bíblia é incorpórea e, por isso, incorruptível. Em contraste com ela, os suportes em que a Bíblia se materializa ou se acha documentada são todos perecíveis.

  144. thamara

    “Crê somente” marcos 5:36 esse é o objetivo de DEUS, pq acreditar em algo tão contraditorio? Fé é a resposta, apenas quem sentiu o Amor de Deus, suas maravilhas, tem um testemunho proprio, crê somente e sabe que somente Deus tem todas as respostas, que a verdade é bem maior do que todos os filosofos, teologos, escritores e cientistas possam imaginar, maior que qualquer teoria, a existenia de Deus é uma conclusao propria, eu apenas creio que existe um ser superior, um ser de amor, que me criou por algum motivo, por um plano maior, com objetivos que eu não sei se um dia descobrirei, eu apenas acredito, sim, as cegas, sem explicação nem fundamento, isso se chama FÉ.

  145. Miguel

    Boas.Gostei muito.
    Posso dar uma ajuda?
    Efésios 2:8,9
    8Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.
    9Não vem das obras, para que ninguém se glorie;
    Se a salvação é por meio de fé e se esta fé é atribuida por este deus como um dom, onde fica o livre arbitrio?
    Se é este deus que decide a quem atribuir o dom da fé, é ele que opta por nós.
    Mas este versiculo dá ainda mais força a esta ideia.
    Proverbios 16
    4 O Senhor fez todas as coisas para atender aos seus próprios desígnios, até o ímpio para o dia do mal.
    Sendo este deus onisciente, já faz um impio de forma propositada para ir para o inferno pois sabe que não lhe vai atribuir o dom da fé…
    Mas eu tenho CENTENAS de absurdos e contradições que fui colecionando e outros a que consegui chegar através da biblia do cético.
    Abraços

    1. Vera

      A bíblia não é um livro histórico é um tratado psicológico, não são fatos e sim estados mentais!

  146. Marcos Ferreira

    Eh por isso que gosto da frase “Deus do meu coração, Deus da minha compreensão”
    Saudações.

Deixe uma resposta