Cada Pessoa é uma Estrela com uma Vontade


Psicologia do Liber Al pt 2 – Cada pessoa é uma estrela com uma Vontade
A coisa realmente valiosa no desfile da vida humana não me parece o Estado, mas o indivíduo senciente e criativo, a personalidade; ela por si só cria o nobre e o sublime, enquanto o rebanho, como tal, permanece abobado em pensamento e abobado em emoções“.
-Albert Einstein, Mein Weltbild (1931)
Após as proclamações de Nuit e Hadit, vem uma das declarações mais importantes para Thelema, na terceira linha do Liber AL:
“Todo homem e toda mulher é uma estrela”.¹
Isto significa que “somos todos livres, todos independentes, todos brilhando gloriosamente, cada um sendo um mundo radiante”² e, além disso, “o indivíduo é a Autarquia”³. No mesmo sentido que o sol, como estrela, é centro do sistema solar no macrocosmo físico, todo homem e toda mulher são entendidos como uma espécie de estrela microcósmica e centro de seu próprio sistema. “Uma estrela é uma identidade individual; ela irradia energia, ela vai, é um ponto de vista. Seu objetivo é tornar-se inteira ao estabelecer relações com outras estrelas. Cada uma dessas relações é um Evento: é um ato de Amor sob a Vontade”4 – cada indivíduo é “um agregado de tais experiências, mudando constantemente com cada novo evento, que o afeta de forma consciente ou inconsciente”5.
(mais…)

Continuar lendo Cada Pessoa é uma Estrela com uma Vontade

Mapa Astral do Livro da Lei

Meu ir.’. Marco Antonio Damaceno escreveu o seguinte texto sobre o Liber Legis:
Faz o que tu queres, há de ser o todo da Lei.
Você curte Raul Seixa? Então com certeza já o ouviu falar sobre o Livro da Lei.
Hoje completam-se 109 anos de sua recepção (praticamente uma psicografia) nos dias 8,9 e 10 de Abril de 1904, no Cairo-Egito, através do Poeta e Mago Inglês Aleister Crowley.
Devo dizer, que a primeira vez em que o li, principalmente quando fui iniciado na O.’.T.’.O.’. (Ordo Templi Orientis) em 18/12/1999, foi como se um fogo arrasador tivesse detonado meu cérebro, principalmente pelo conteúdo do terceiro capítulo, que pela sua poética e dialética tende a chocar os mais religiosos.
Mas, gostem ou não do trabalho de Crowley (eu mesmo tinha uma certa aversão, somente pelo “ouvi falar isso ou aquilo”, mas depois, estudando a vida do Mago, mudei totalmente minha opinião), temos que admitir que ele foi um divisor de águas na história do ocultismo ocidental, se não mundial.
Então, aproveite o presente. Hoje é dia de comemorar.
Amor é a Lei, Amor sob Vontade.

(mais…)

Continuar lendo Mapa Astral do Livro da Lei

Carta a um Maçom

Rio de Janeiro, 9 de julho de 1963.

Caro Dr. G.:

Faze o que tu queres há de ser tudo da Lei.

Li, com maior prazer, a entrevista concedida ao Diário de Notícias, através da qual o Grande Oriente do Brasil manifesta à nação a sua intenção de, finalmente, fazer com que a Maçonaria venha a ocupar na vida brasileira o papel que lhe cabe e sempre lhe coube desde a Independência – que, como todos sabemos, foi feita por maçons.
(mais…)

Continuar lendo Carta a um Maçom

A Psicologia do Liber Al – 1: Introdução e Princípios Iniciais

Tradução: Fráter Dissonus.
Revisão: Maga Patalógica

Introdução
Liber Al vel Legis sub figura CCXX foi um tratado que Aleister Crowley escreveu (ou “recebeu”) no Egito em 1904. Este livro é o fundamento do sistema filosófico-religioso de Thelema, e este texto tem a intenção de estabelecer uma exposição válida do Liber AL também como psicologia. O Liber AL faz o que parecem ser várias afirmações metafísicas e espirituais, mas as nós examinaremos sob uma ótica estritamente psicológica. Carl Jung escreveu estas cuidadosas palavras que caracterizam a atitude deste texto:

“O ponto de vista religioso sempre expressa e formula a atitude psicológica essencial e seus preconceitos específicos.”1
(mais…)

Continuar lendo A Psicologia do Liber Al – 1: Introdução e Princípios Iniciais

Faze o que tu queres há de ser o todo da Lei

O dicionário Webster classifica religião como “o serviço e veneração a Deus ou ao sobrenatural; um conjunto de leis ou um sistema institucionalizado de atitudes religiosas, crenças e práticas; a causa, princípio ou sistema de crenças efetuada com ardor e fé”. Ele também coloca a palavra Ritual como sendo “uma forma estabelecida de cerimônia; um ato ou ação cerimonial; qualquer ato formal ou costumeiro realizado de maneira seqüencial”.

(mais…)

Continuar lendo Faze o que tu queres há de ser o todo da Lei

Ritual Rubi Estrela

Ritual-Rubi-Estrela

Por Aleister Crowley
Este é um dos rituais oficiais da Astrum Argentum, publicado pela primeira vez em 1913 e descrito por Crowley como sendo “Uma nova e mais elaborada versão do Ritual Menor do Pentagrama, que superava em muito todos os rituais apresentados antes dele” (Chapter XXV of Liber CCCXXXIII). Crowley dizia que os rituais da Golden Dawn haviam se tornado estéreis, sendo obrigado a substituí-los pelo Rubi Estrela, muito mais potente e eficiente. Foi revisado em 1929 sob a alegação de que as variações do RMP haviam corrompido e deturpado a energia original e que o Star Ruby era o único que realmente conseguia acessar amplitudes de frequencias que o RMP não conseguia (Appendix VI of Book 4, Part III: Magick in Theory and Practice).

(mais…)

Continuar lendo Ritual Rubi Estrela

Entrevista com Carlos Raposo

Carlos Raposo é historiador, tradutor, escritor, blogueiro, livreiro e professor. Mantém os blogs Medievalismo (espaço dedicado a textos sobre Idade Média, http://medievalismo.wordpress.com/), Scribatus (espaço com textos genéricos e menos rigorosos, sobre filosofia, dia…

Continuar lendo Entrevista com Carlos Raposo

Ordálias, Moedas e Consagrações

 

Estou bem feliz com o alto nível dos comentários; acho que seria o caso de abrir alguns Posts para as perguntas mais pertinentes ou que dariam respostas mais longas para debatermos.

Mglls disse: Oi Marcelo essas “Ordálias” chegam a nos levar p/a Noite Negra da alma, fazem um tsunami em nossas vidas???? isso é muito cruel….quantos impedimentos …tô chocada…eu estava em busca de conhecimento e os meus exs-irmãos diziam “Cuidado voce está mexendo nos Mistérios de Deus” ele vai tocar no que vc mais ama…e…tocou mesmo e agora depois de tres anos de sofrimento abro mão do conhecimento e gostaria muito de voltar no tempo essa busca custou a minha familia e é muito triste pq a minha intenção era compartilhar, ajudar as pessoas a deixarem de viver como gado…pq eu não costumava comer de tudo que era servido eu examinava, pesquisava e via que nem tudo era comestível e me entristecia de ver as pessoas nem se preocuparem com o que estavam comendo, simplesmente engoliam e inclusive eu era discriminada nesse meio porém eu não me importava, e quando alguém necessitava de esclarecimento eu ajudava…ah se eu soubesse. Por favor tem como reverter essa situação e reaver o que foi perdido????? e na Biblia tá escrito “Aquele que é de Deus o Maligno não lhe toca”????
(mais…)

Continuar lendo Ordálias, Moedas e Consagrações

Thelema e o Número 11

Outra questão que me chega constantemente diz respeito ao valor simbólico do numeral 11, cujos mistérios possuem tremenda relevância dentro do Sistema de Iniciação proposto por Aleister Crowley. O estudo e a análise deste Undécimo Arcano, sob o ponto de vista thelêmico, muito trará para a consciência do Adepto ou do Estudante do Ocultismo, principalmente quando este for capaz de não se deter ou limitar antes as extravagantes ressalvas a ele atribuídas. Que fique claro, contudo, que o exposto abaixo segue uma linha de entendimento particular, totalmente em concordância com o Aprendizado e o Conhecimento Thelêmico. Portanto, aqui, fornecerei alguns elementos iniciais para que os thelemitas, ou quaisquer interessados, possam meditar a respeito e daí começar a tirar suas próprias conclusões.

(mais…)

Continuar lendo Thelema e o Número 11