Ser Falso Para agradar, ou Ser você mesmo?

Meus Caros Irmãos espalhados na superfície do Planeta,

Minhas Cordiais Saudações…

Hoje acordei com uma enorme vontade de escrever a respeito do nosso ser, ou, de não ser. O que eu quero dizer é que, quantas vezes por dia somos nós mesmos…Sem máscaras, sem hipocrisia, “Verdadeiro”, “Sincero”…

A sociedade diariamente cria um medo em nós mesmos: o medo de que alguém possa rir de você, o medo de perder algo, que percam o respeito por você, medo da rejeição… Porquê não permitimos que as pessoas sejam exatamente como elas são?

Você já reparou que quando você está acompanhado com alguém, você está mais preocupado com ele do que com você mesmo?

Já percebeu que quando você está sozinho você faz caretas, dança, canta, lê, viaja (pensa), quantas vezes você se torna uma criança? Mas se de repente você percebe que está sendo observado, volta a se render ao seu ego – sério, patético, sóbrio, exatamente como as pessoas esperam que você seja… Que pena, não é mesmo? Porquê temos medo deles? E eles de nós? Todo mundo tem medo de todo mundo. Todos se escondendo atrás de alguma coisa falsa. Incrível!

Você acha que agindo assim, você está vivendo? Ou estamos simplesmente representando?

Quando estamos representando, não estamos sendo desonestos e hipócritas, também com nós mesmos?

Bem, mas se por um acaso você em determinado momento deixar que sua felicidade se manifeste, através de uma dança, de um grito, de um amor, de uma atitude “não comum”… pronto! Você passa a ficar fora da sintonia com a multidão, ou passa a ser um maluco, pelo menos aos olhos das pessoas que estão te assistindo…

Mas já notaram que as pessoas que conseguem se destacar, permitiram que o seu “eu” se manifestasse? Sem ter vergonha ou medo.
Elas expressaram as suas maluquices, porque, mesmo que por alguns instantes, deixaram de ser miseráveis, não estavam ansiosas, sem medos, não se preocuparam com as trivialidades… Estavam simplesmente vivendo cada momento com totalidade e intensidade… Cheias de amor, fragrância, vida e riso.

Mas fique experto. Muitas pessoas que estão ao seu redor não aceitarão a idéia de que você alcançou alguma coisa, que na verdade elas perderam. E para que elas tirem a sua alegria, serão capazes das coisas mais horríveis, de modo que você possa voltar ao rebanho.

É preciso ter coragem. Dirão que você é maluco, que irá perder, que “isso ou aquilo”… Mas faça isso: Diga a elas que estão completamente certas; que você decidiu ser exatamente você mesmo: Loucura com alegria, com felicidade, com dança, com amor; diga que eles têm escolhido a sanidade com miséria, angústia, tristeza, falsidade e hipocrisia – Simplesmente nossas escolhas são diferentes – Não se sintam ofendidos, pois eu não me sinto ofendido com vocês…

É isso mesmo que vocês estão lendo. O que eu disse foi: Vivam na sua Luz completa e original! Abandone todas as suas falsidades!

Mas e a diplomacia?

Ora, ser diplomático significa ser outra pessoa. Quer melhor sinônimo para hipocrisia do que, diplomacia? Seja simplesmente você mesmo! Não seja desonesto com você mesmo. Você não merece!

Todas as pessoas no mundo querem ser verdadeiras, pois só por serem verdadeiras, isso já lhes traz muita alegria e uma abundância de felicidade. Por que alguém deveria ser falso? Você precisa ter coragem para chegar a um insight um pouco mais profundo: Por que você tem medo? O que o mundo pode fazer com você? As pessoas podem rir de você; isso fará bem para elas – rir é sempre medicinal, é saudável. As pessoas podem pensar que você é louco… Você não vai ficar louco só porque elas pensam que você está louco.

E se você é autêntico quanto à sua alegria, suas lágrimas, sua dança, o seu amor…– mais cedo ou mais tarde aparecerão pessoas que compreenderão você, que poderão começar a se juntar à sua caravana. Faça apenas aquilo que sente que estava vindo de seu coração.

A sua maior responsabilidade é com você mesmo, com o seu coração e não com as pessoas no mundo.
Perceba que as pessoas estão muito mais preocupadas com problemas delas, com o mundo delas.

Acredite, somente nos seus sentimentos originais, as suas experiências autênticas irão com você, mesmo depois da morte…Pois elas te pertencem…

Nem mesmo a morte poderá lhe tirar a dança, as suas lágrimas de alegria, a sua pureza, o seu silêncio, a sua serenidade, o seu amor, o seu êxtase. Aquilo que a morte não pode tirar de você é o único tesouro verdadeiro; e aquilo que pode ser tirado pelas outras pessoas não é um tesouro, é apenas tolice.

Só viver nem sempre é viver. Olhe para a sua vida. Você pode dizer que ela é uma benção? Você pode dizer que ela é um presente da existência? Você gostaria que essa vida lhe fosse dada repetidas vezes? Ela está tão vazia. Por causa de seu vazio, as suas preces são vazias. Você não consegue preencher suas preces com gratidão. Gratidão, por que? Você nada mais está fazendo senão representando papéis em uma novela, você não está sendo você mesmo.

Você é realmente você mesmo? Ou está apenas fingindo ser alguém que a multidão ao seu redor queria que você fosse?

Para mim, um buscador da verdade deveria começar por abandonar tudo o que é falso nele, porque o falso não pode buscar a verdade. O falso é a barreira entre você e a verdade. Se tudo o que é falso for abandonado, você não precisa buscar a verdade – a verdade virá até você. Na verdade, quando eu digo, ‘A verdade virá até você’, isto são apenas palavras. Quando tudo o que é falso é abandonado, você é a verdade.

Eu Sou,
Wagner Veneziani Costa

Bibiografia:
OSHO – The Hidden Splendor – Cap. 15

Visitem o fantástico Blog do Editor, da Madras.

Este post tem 43 comentários

  1. Herculano

    Essa é uma luta diária”

  2. ALM

    Belas palavras do Veneziani!

    Ah, se as pessoas notassem que tudo aquilo que lamentam nao terem sido é fruto do nao acreditar que é possível…

    E que tudo o que nos cerca, de certa forma, fomos nós que desejamos…

    Faça que sua vida seja voce mesmo, pois a Mente cria, a todo instante, a realidade.

    Amplexos fraternais,

    ALM.

  3. alex

    Excelente texto e forma de pensar. Parabéns! Admiro e respeito pessoas assim! Me lembrou uma passagem do livro Autoconhecimento-Uma busca interior, que fala justamente sobre isso, de forma mais simplificada: o baile de máscaras da sociedade e a inclusão do self neste ambiente inútil.

    Que mais seres humanos tenham esta sua forma de pensar Wagner, sem medo de mostrar a Verdade e de levar uma vida mais leve, como deve ser.

  4. EPU

    Excelente texto…já havia lido no blog do Veneziani que se não me falha a memória você mencionou como sendo o seu Padrinho.
    Fantástico os desdobramentos dos seus Posts…quando através da busca pelas referências que Você faz (como nomes de outros Grandes Iniciados) encontramos mais e mais.
    Muito Obrigado!

    Paz Profunda
    EPU

  5. Vinicius

    Foda. Tava pensando nisso por esses dias. Muito bom!!

  6. Júlio Casarin

    Grande, é tão bom saber que as vezes você já trilha um caminho certo, mesmo sem saber.
    Valeu pelo texto , Del Debbio.

  7. vanderson bruno

    mais um texto sensacional do Veneziani

  8. over

    mas de novo esse osho?

  9. Neil Collins

    Espontaneidade é supervalorizada! Imagino que seja assim pq a maioria das pessoas não expressa o que realmente sente. Mas bancar uma vida espontânea não é nada fácil. Claro, não vou ser prepotente e dizer que eu não tenho máscaras, mas as bobagens que eu falo e as maluquices que invento embora, quando em público, tenham sim uma função de agradar a “platéia”, são exatamente as mesmas bobagens que eu faço e invento sozinho.
    Acho que o segredo está no equilíbrio, em saber o que é mais importante em cada momento da vida. É mais importante ser sincero e dar uma bronca em amigo queconfiou nas pessoas erradas, ou no primeiro momento é melhor confortá-lo? É realmente nescessário criticar o trabalho ou o corte de cabelo de uma pessoa e criar uma inimizade ou atrito por uma bobagem? Nem sempre nossa opinião foi requisitada. E ações tem consequencias.
    Esses exemplos são de burradas que uma pessoa espontânea comete regularmente. O caminho é o equilíbrio, e dizer a verdade e o que pensa o tempo todo não faz bem não, assim como não dizer o que se pensa nunca: essas duas atitudes podem afastar pessoas e levar o espontâneo ao isolamento.
    Mas insisto: equilíbrio. Não é errado não ser sincero com todos. Não há nada de mal em colocar máscaras no momentos certos para se proteger. Só não se pode ficar atrás delas 100% do tempo, pq um dia a máscara cai e quebra.

    @MDD – fantástico comentário.

  10. Lúcio

    Muito legal esse texto!
    É muito difícil sermos nós mesmos, de fazermos o que queremos, porque tudo o que é diferente, tudo o que foge do padrão imposto pela sociedade, é discriminado e ridicularizado pelas pessoas.
    Mas é a vida.
    O importante é não se entregar na eterna batalha que é fazer o que é certo e sermos nós mesmos, mesmo que seja tido como algo ruim.

  11. Marcell"

    O Herculano disse tudo que eu poderia dizer:

    Essa é uma luta diária”

  12. Fabio

    Muito bom o texto.
    Só faltou o autor colocar no final, se ele conhecesse, o: “93, 93/93”. Cairia como uma luva.

    @MDD – ah, ele conheçe rsrsrsrsr

  13. Tim

    Quando tudo o que é falso é abandonado, você é a verdade.

    Profundo isso…me fez lembrar uma frase daquele louro cabeludo dos olhos azuis: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.”
    Acho que isso tudo tem haver com aquela história do Anjo Guardião Sagrado dos thelemitas…
    Abração, tio!

    Ah, em minhas últimas msgs tenho feito referências a Thélema pq tô lendo um livro: “Fundamentos de Magia (K)” de Sérgio Bronze…Pô, e olha a coincidência: fui jogar o nome do autor desse texto no google e descobri que ele é editor da editora desse livro que tô lendo!!!!!

  14. Tim

    Tio, vc tem previsão dos cursos de Maio…Dia 1º de Maio cai numa sexta: bem que podia rolar Kabbalah dia 1º, Astrologia Hermética I dia 2 e Astrologia Hermética II dia 3. Moro em Minas mas tô me programando faz um tempo já pra ir te encher aí em sampa…
    Abração

  15. luiz_heavymetal

    em relação ao comentário do neil collins, as vezes confortar o amigo que fez besteira antes de criticar também é espontaneo.Depende da pessoa se ela crítica ou conforta sem antes pensar nas consequencias

  16. Alisson Oliveira

    De uma sensibilidade ímpar.
    Thanks !!!

  17. rafael

    Me levou à questão “O que raios eu vim fazer aqui nesse mundo??”
    o difícil é achar a resposta enquanto milhares de outras coisas tentam tirar o seu foco…

  18. Alef

    Se hoje você consegue ser você mesmo por alguns momentos, isso é ótomo. Mas se você está evoluindo mesmo, amanhã o seu eu “verdade” não será mais o mesmo. Tudo muda. Portanto, esteja sempre considerando a possibilidade de estar “errado”. Aí verá que nada é tão errado assim e o certo e verdadeiro talvez seja mais um padrão a ser rigorosamente seguido: outro pecado.
    Quando eu represento, não tenho remorso.
    Quando sou espontâneo também não.
    É isso mesmo. Caminho do meio. O que for, será.

    P.S: “louro cabeludo dos olhos azuis”- iê, cara pálida! Osíris há de ser um deus negro.

  19. raph

    Interessante como teve muito mais comentários aqui que no blog original, a “audiência” tá boa!

  20. Nilton

    Perfeito!!! Estava discutindo isso ontem, com dois amigos.

    Ser verdadeiro é uma epopéia, é desafiar os preceitos traçados pela sociedade, é uma real saga. E não só ser verdadeiro, tentar “contaminar” os outros com idéias elucidadas é um desafio que poucos tentam ou conseguem. Eu vejo por mim, que no momento, estou tentando levantar um movimento estudantil pela melhoria das condições da minha faculdade, não para me engrandecer ou melhorar o que os outros veem de mim, mas pq cansei de ficar sentado “esperando a morte chegar”. E qual é minha surpresa quando recebo 5 congratulações por estar fazendo o certo, e 10 reclamações, por pessoas que simplesmente não conseguem ver o quadro inteiro, só um pedaço. E olha que estou tentando melhorar só minha faculdade, qual seria a reação das pessoas se saísse por aí tentando dar assistência as comunidades pobres de minha cidade ou denunciando os absurdos das igrejas evangélicas que tem grande influência em meu pequeno povoado.

    Isso sem contar as inúmeras vezes que fui taxado de idiota, louco, babaca, por simplesmente ter vontade de gritar e gritar a todo pulmão. Por ter vontade de sair da aula e levantar e ir, simplesmente olhar o céu. Nunca consegui ficar feliz com o que todo mundo ficava, com o preceito de sair, pegar, comer, dormir e mandar embora, e sempre fui motivo de chacota por isso.

    Minha amiga foi ridicularizada e escrachada por um professor quando tentou botar sua posição sobre um assunto qualquer. Ela simplesmente tentou falar que não achava que o professor tivesse certo e foi extremamente prejudicada por essa situação.

    Meu amigo entrou em um movimento estudantil de uma federal só para se ver rodeado de hipócritas e pessoas tentando impressionar outras pessoas.

    Sinceramente, dou graças a Deus por ter 2, 3 amigos que tenham esse mesmo pensamento, de ser verdadeiro e seguir seu caminho e seus ideais a todo custo. Por mais que esse custo seja uma eventual exclusão da sociedade.

    Enfim, Marcelo, minha intenção nesse comentário, era dizer que não é só nosso “jeito” que é reprimido, são nossas idéias, nossas vontades, tudo segue nessa premissa social, de reprimir ou serás reprimido.

    Perco NOITES de sono, pensando nesses problemas da sociedade e nas dificuldades que tenho que passar e aceitar todo dia. É triste ser verdadeiro e sozinho, mas é muito mais bonita a flor que cresce no meio da destruição. Ou é isso que eu repito a mim mesmo sempre que quero manter a sanidade.

    Abraços!

  21. Black

    Muito bom! Como digo: “Dane-se os outros, não devo nada a ninguém” XD

  22. neudson

    Se todos pessasem asim o mundo era melhor……..

  23. Bárbara

    Sim, há muita ² hipocrisia espalhada por esse mundo. Muito jogo de interesses, muita superficialidade e, sobretudo, muita perda de tempo.
    Geente, se tentassemos mudar a fútil concepção de vida de 90% (estou sendo otimista) da população, ficaríamos loucos. Há pessoas que realmente não estão preparadas para subir de nível (kkk), e nem dispostas a isso. Elas estão totalmente vinculadas às muletas mundanas …
    Eu acho mais do que justo tentar ajudar os outros e tentar compartilhar todas as formas de conhecimento. Na verdade, eu acho que é esse o real sentido da coisa …
    O verdadeiro conhecimento reside na sua assimilição e difusão. E o universo se encarregará de que encontremos as pessoas certas.
    E só nesse sentido vale a pena sermos o que realmente somos. Há pessoas que merecem SIM nossa sinceridade, e negá-la seria um erro.
    Por outro lado, há casos que não valem o nosso esforço nesse sentido. Nem Cristo, que viveu num nível altísssimo de iluminação, conseguiu isso.
    Então, às vezes, o uso de disfarces é a melhor alternativa.
    Sejamos o que os outros esperam de nós! =/

    É claro que eu frisei o outro lado da coisa.
    Não faltam pessoas que , de uma forma ou outra, dependem da opinião alheia e que estão extreitamente vinculadas aos achismos sociais.
    Mais uma vez otimistas …
    talvez ninguém escape a isso!

    [mode ironia on] E um brinde à nossa humanidade! [mode ironia off]

  24. lucas cotrim

    Como diria Sartre,o inferno são os outros

  25. Aline

    Adorei o texto,um dos mais marcantes sobre esses assuntos que já li .
    Ser verdadeiro é uma busca constante,ou melhor,” você não precisa buscar a verdade- a verdade virá até você […],

  26. diego silva

    ser o que voçê è, não o que as pessoas querem que voçê seija.

  27. Marcos Soares

    “Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é” (Dom de Iludir – Caetano Veloso)

  28. victora 16 anos

    pq a sociedade estabeleci padroes de como devemos viver.
    viver na perfeiçao,sendo q ninguem é,se n souber usar oq vc tem d melhor vc vai ser ridicularizado,isso pode ser prejudicial,principalmente na adolescencia onde todos procuram faser oq todos fasem como modas,a verdade é q sendo nos mesmos pertos dos outros sera um pouco estranho pos voltaremus a idade da pedra,peidariamos na frente dos outros botariamus os dedos no nariz e outras coisas feias fariamus,é por issu q nus matemus artificias

  29. victora 16 anos

    soh nos sabemus nossos defeitus e como n sabemus nus livrar deles,nois evitamus
    soh quandu nus casamus com uma outra pessoa é q sabemus seu verdadeiro eu,a verdade é q ninguem sabe totalmente oq vc é,por isso ha mts pessoas inseguras sendu levadas pela correntesa do pensamento alheio

  30. victora 16 anos

    viva impulsivamente, mas nada d botar a vida e a felicidade sua e d ninguem em risco

  31. Pedro

    Se fosse do jeito que fala, seria um pouco menos hipocrita. Sempre tentando enganar mentes fracas com papinhos idiotas querendo ser o rei da razão e o mais corrteo possivel.

  32. Priscila

    Não é tão simples.. Imagine falar pros seus pais evangélicos que você é ocultista e anda com um pentagrama por debaixo da blusa? Os conflitos seriam diários. Concordo que nada impede de fazer isso, mas depois há de arcar com todas as consequencias que nem sempre são todas de alegria. Se fosse assim, os vários homossexuais que conheço (principalmente as trans) não viveriam estigmatizados, pois levam pedradas diariamente da sociedades, não só dos pais evangélicos como citei no exemplo…

  33. denis

    Disse tudo que eu penso, porém, a insegurança não me permite fazer tudo isso que eu li. Por mais que eu queria.

  34. Luiz A

    Não valeria mais o martírio de sustentar uma Mascara para que seus frutos floresçam com gradeza e sucesso…
    O que vale mais?
    Mostrar-se aos outros a perfeição que crês ser, e ter a si, suas atitudes, suas idéias, julgadas como pervertida oposição.
    ou;
    Disfarçar-se e implantar suas perfeitas idéias em solo seguro e fértil, para que assim longo alcance tenham e a um maior numero de pessoas contamine?
    Onde reside o Ego e onde o Sacrifício?

  35. Thais Thaluthien

    Já tive tantos momentos em que a máscara foi um peso. Joguei a máscara no chão e também não ajudou. Hoje estou no caminho do equilibrio, uso quando necessário apenas. Não tem coisa mais fantástica do que fazer amigos sendo quem vc é, com todas as suas estranhezas e aceitando as outras pessoas como são. É sentir-se livre como uma criança.

    Texto fantástico.

  36. cristiano

    “O que o mundo pode fazer com você?”

    ele pode te amarrar, dopar, prender num sanatório e injetar drogas pesadas em você.
    Digo por experiência própria.

  37. RTO

    Belíssimo texto!

    Como diz a música de um grande amigo, músico e poeta:

    “…estar vivo no es el mismo que ser libre”
    (Albert Brian Roult)

  38. Rodrigo Mendes Pinto

    Espetacular!
    Continuemos na busca. Sem desistir!

Deixe uma resposta para Edson Santos Cancelar resposta