Sefirat ha Omer 2015

Dia 04/Abril (Sábado), a partir das 18h começará o Sefirat ha Omer deste ano. Durante 49 dias, Cabalistas de todo o Planeta estarão fazendo exercícios de meditação e autoconhecimento na Árvore da Vida. Neste Post, trarei as instruções para quem quer tentar o desafio este ano.
Para os que já fizeram o Sefirat ha Omer pelo menos uma vez, aqui estão as instruções para o Advanced Sefirat ha Omer conforme prometido.

Muito cuidado com quem voces vao seguir a contagem; já tivemos casos de falsos rabinos e trambiqueiros fingindo experiências em Israel e avós milionárias para impressionar os incautos e fizeram uma galera perder dinheiro e a contagem do Omer. Se aparecer algum picareta desses por ai, avisem o TdC para tomarmos as providencias a respeito.


Originalmente, a Páscoa judaica era constituída de dois feriados distintos: Chag ha’Pessach, a Festa do cordeiro Pascal, e Chag ha’Matzot, a Festa dos Pães Ázimos, ambos eram observados muito antes das traumáticas experiências dos judeus no Egito.
Nos tempos antigos, quando a maioria dos hebreus vivia no deserto como pastores nômades, as famílias celebravam a chegada da Primavera oferecendo um sacrifício (pessach, o cordeiro pascal). Mais tarde, instituiu-se um outro feriado na Primavera, de caráter agrícola: Chag ha’Matzot, quando os lavradores na Palestina comemoravam o início da colheita de trigo desfazendo-se de toda massa fermentada.

O Sefirat ha Omer é dividido em 7 Semanas, Onde cada uma delas foca os exercícios em uma esfera da Árvore da Vida (Chesed, Geburah, Tiferet, Netzach, Hod, Yesod e Malkuth), totalizando 49 dias.
Os exercícios de Meditação podem ser feitos durante a noite, em qualquer horário após o pôr do Sol; e os exercícios práticos serão realizados durante o dia seguinte.

Todos os 49 exercícios estarão disponíveis na Wikipedia de Ocultismo e colocarei os links assim que possível. Se é a sua primeira vez fazendo este exercício, não se preocupe muito com detalhes. A única regra é que você não pode falhar nenhum dia com a meditação noturna.

Esqueceu, falhou, não fez = PERDEU.
Os Universo não quer ouvir as patéticas desculpas que o seu ego vai inventar para se justificar.

A razão para isto é simples: Este é um exercício magístico. Ter o controle da sua vida para realizar as 49 meditações faz parte do exercício. Se você não consegue nem controlar a sua vida de modo a ter 10 minutos de um dia para algo que você disse que iria fazer, então significa que você precisa treinar MUITO mais até poder se considerar um ocultista e achar que vai manipular o universo à sua Vontade (Thelema).

O Processo é propositadamente difícil (ou não) justamente para treinar a Vontade do magista. Falhar significa que o mundo ao seu redor ainda manda em você e que seu controle sobre a sua realidade não existe.

Na primeira vez que você fizer, será como tomar a pilula vermelha, ainda mais para quem nunca passou por um exercício de Força de Vontade antes. Você verá efeitos da Sincronicidade, sentirá o que é estar conectado com uma Egrégora e descobrirá coisas sobre você mesmo que talvez nunca tivesse imaginado.

Se for a segunda ou terceira vez que estiver realizando o exercício, você pode fazer a meditação em seu Templo Astral. Compre 50 daquelas velas pequenas (que você encontra em casas de Umbanda ou esquisotéricas) e a cada dia, deixe uma acesa no seu altar pessoal. Se você tiver seu Sigilo Pessoal, consagre todas as velas traçando seu sigilo sobre cada uma delas (ou riscando delicadamente o traço do sigilo na parafina, usando o formato redondo da vela como guia). Faça a meditação no Templo Astral e visualize a chama daquela vela e seus fachos de luz se conectando a todas as outras velas ao redor do Mundo.

Se for possível, fique Vegetariano ou diminua a quantidade de carne nas refeições nestes 49 dias. Você perceberá que todas estas sensações estarão ainda mais intensas, pois terá eliminado energias densas do seu corpo durante o processo.

Aqui está o link para os 49 Exercícios na Wikipedia de Ocultismo.

Este post tem 13 comentários

  1. Max

    MDD, eu tenho o arquivo da apostila usada no ano passado. Posso usar aquele texto mesmo ou ele teve alguma modificação? Obrigado!

  2. Tom

    Oi Marcelo! Eu decidi participar no Sefirat ha Omer neste ano. Mas tenho uma pergunta. Nos primeiros dias, eu vou estar num retiro de Tai Chi Chuan em um sitio em Cotia que é também terra consagrada de um templo budista tibetano e tem estupas lá com relíquias. Eu lembro no curso de Kabbalah Hermética que falou que não é bom misturar energias nas praticaras magistas. Se eu começo fazer as meditações e as práticas do Sefirat ha Omer nesse lugar vai ser problema desse tipo como eu vou conectar com uma Egrégora num lugar que tem um laço forte com outra Egrégora? Talvez é uma pergunta boba mais não sei se eu entendi direito que é misturar energias e como pode causar problemas.

  3. Diego

    Fala Deldebbio….estou no Atrio 2, ainda não tenho sigilo e nem altar….posso tentar fazer o sefirat ha Omer?

    @MDD – Claro que sim.

  4. Dorival

    Essa época do ano é muito mágica. É uma delícia poder sentir a egrégora.

    Muita força de vontade a todos que contarão o omer de 2015.

  5. Hong

    Haha, ano passado fiz e falhei no meu aniversário, esse ano tentarei de novo 😀

  6. pol

    A medida do crescimento é em si o caminho percorrido, os rastros, e a maneira que percorreu. Essa é a medida, mudança que você adquire percorrendo que é ainda mais importante do que o resultado.

  7. Victor

    Muito obrigado, estava no aguardo do Sefirat para este ano.

  8. Fábio Pocker

    Marcelo, eu gostaria de pintar as velas nas cores das esferas, por exemplo, geburah shebe geburah( vermelha completa), geburah shebe chesed maior parte em vermelho com uma parte em azul, e traçar o sigilo em cima dessas cores assim ficaria mais vizivel também, gostaria de saber se você acha válido ou se é besteira rsrs? É que deve vez gostaria de ter as cores pra focar também, e entender melhor a cabala.

  9. RM

    Olá MDD,
    estou fazendo o sefirat ha omer pela primeira vez.
    estou gostando dos resultados,mas já aconteceram coisas estranhas,acho que no intuito de me testar,mas resisti.
    Inclusive,ontem,no 5º dia,quando estava indo fazer a meditação,aconteceu um acidente doméstico com minha vó,corri em socorro dela,e fiquei até as 3 da manhã em seu auxílio.Findo o ocorrido,estava morrendo de sono,mas até parece que isso seria motivo suficiente pra me tirar do compromisso que fiz comigo mesmo,não é ?
    Acontece que quando estava quase concluindo a meditação senti uma energia imensa,e algumas sensações inusitadas(e boas).E nessa noite sonhei que eu estava em um lugar,no qual alguém falava exatamente sobre os aspectos que havia meditado,hod shebe chesed.
    Foi só um relato mesmo,pra agradecer o conhecimento compartilhado e a oportunidade dada de trilhar a senda de conhecer a si mesmo,e como consequência,evoluir.
    A parte mais legal de todas,pra mim,é quando ponho em prática,quando faço o exercício.Se eu não tivesse tido nenhuma sensação,não tivesse sentido contato nenhum com a egrégora,já valeria muito a pena,me emocionei de verdade(principalmente com o primeiro exercício).
    Mas é agora que vem a dúvida.
    Sobre o exercício do quinto dia.Me reconciliar com alguém que eu briguei.O problema é que não tem ninguém para eu me reconciliar.Não estou falando que eu sou o ser humano bondosão,que não se desentende com ninguém.Na meditação,cheguei a conclusão que sou arrogante,que eu vejo erros em quem eu amo,e tento modificar(assim como gosto que tentem apontar meus erros,com respeito,claro).O problema é que eu acabo expressando isso(aí eu lembrei do primeiro dia) de uma forma que parece que eu estou metendo o pau,e claro,a pessoa não deve ficar contente.Só que isso é uma coisa,brigar com as pessoas e ficar com aquele rancor,já é outra,e não tem muito a ver comigo.Só brigo com minha namorada as vezes,mas não está nos meus planos brigar com ela hehehe.
    Então,o que poderia ser feito? um simples pedido de desculpa por uma atitude que possa ter machucado,em virtude das críticas que eu faço,já seria suficiente?
    Muito obrigado,mesmo.

  10. ana gomes

    Marcelo,sobre os exercícios,eu li em textos dos anos passados,uma resposta sua de que não são obrigatórios quando não tem como faze-los, que muitas pessoas realmente não vão conseguir fazer todos,e que só a meditação noturna que não pode deixar de ser feita,isso continua valendo?pois tem alguns exercícios que não tem como eu fazer,pelo menos não no momento.Eu já tive alguns resultados bem interessantes e legais,estou adorando fazer. Abraços.

    @MDD – Apenas as meditações noturnas sao obrigatorias, os exercicios aparecerão de acordo com as oportunidades de cada um.

    1. ana gomes

      Muito obrigada!Grande abraço!

  11. Urbano Lopes

    apenas para deixar minhas observações.
    não tenho feito as meditações, mas os testes aparecem todos os dias.
    e justo no ‘problema’ do dia, que parece que eu fico mais ‘vulnerável’, nem sempre a nota no fim da prova é boa, mas enfim….
    obs: sou membro ‘adormecido’ da AA.

Deixe uma resposta para Anônimo Cancelar resposta