Projeção Consciente e Inconsciente


Texto de Lázaro Freire, da lista Voadores.
Todos nos projetamos, mas nem sempre temos a consciência do processo. É comum nosso corpo espiritual sair, mas nossa lucidez se manter baixa, o que faz que, ao voltarmos ao corpo, a saída do corpo seja às vezes lembrada como imagens simbólicas, confundíveis com sonhos.
Mais frequente ainda é nos projetarmos, até com boa lucidez, mas depois da saída (em geral na fase delta do sono) entrarmos em outras fases, sonharmos, e a partir daí encobrirmos a experiência. Ainda assim, a informação fica absorvida de forma inconsciente, podendo, dependendo do caso, gerar “intuições” ou rememorações ao longo do dia, ainda que nem sempre associemos a uma experiência projetiva anterior.

Boa parte do esforço dos projetores mais experientes concentra-se não na saída em si, mas nas técnicas de rememoração, altamente eficientes, e na melhora do metabolismo visando uma atividade mais consciente. Dentre elas, é recomendado:
– Anotar todos os sonhos e projeções em um caderno
– Evitar alimentos pesados, especialmente à noite
– Evitar dormir com timer e/ou TV ligada
– Não ingerir aceleradores do metabolismo à noite (guaraná em pó, bebidas com cafeina, etc)
– Não cobrir a cabeça, evitando inalação de gás carbônico
– Procurar dormir de lado ou de barriga para cima
– Ler sobre o assunto, especialmente à noite, para que a mente considere normal e não mascare a experiência
– Fazer práticas que ativem os chakras laríngeo e frontal
– Dormir de forma confortável
– Preservar o quarto como local para dormir, estudar ou amar, zelando pela egrégora do local
——————————————
SINTOMAS PROJETIVOS:
Cada pessoa pode ou não apresentar sinais característicos de uma facilidade projetiva. Note que há projetores que não tem um ou vários dos sintomas:
– Catalepsia projetiva: sensação de imobilidade noturna, acordando abruptamente a seguir
– Balonement: sensação de expansão da aura, como se o corpo inchasse
– Ruidos intracranianos: estalos no interior do cérebro, provavelmente relativos ao desenvolvimento da pineal
– Estado Vibracional: choques que parecem percorrer o corpo espiritual, ligeiramente desconfortáveis, acompanhados de intensa vibração
– Flutuações e quedas abruptas: sensação de estar flutuando, em relaxamentos ou sono, em geral com uma ligeira queda no reencaixe no corpo.
– Deslocamento na reentrada : sensação de acordar com referência equivocada da posição das janelas e portas do quarto, como se reencaixado inadequadamente no corpo ao “acordar” – corrigindo a “posição” relativa aseguir.
Além dessas evidências relativas ao corpo espiritual, há sinais menores que ocorrem em períodos projetivos, ainda que não rememorados. Dentre eles, maior incidência de sincronicidades, fortes sensações de deja vu, pequenos “estados vibracionais” ocorrendo durante o dia, maior contato com amparadores (e/ou intuições inspiradas por eles) na vigília, ativação mais frequente do chakra frontal e maior incidência de fenômenos mediúnicos. Note que nenhum destes caracteriza, por si, a existência de projeções não relembradas, mas são quase todos presentes quando estas estão ocorrendo.
——————————————
MECANISMOS
Em linhas gerais, a projeção astral se dá sempre que a consciência torna-se mais ativa que o estado de ondas cerebrais. Ou seja, é como se consciência e atividade cerebral andassem juntas na maior parte do tempo. Adormecemos e “apagamos” ao mesmo tempo que nossas ondas cerebrais caem. Ao começarmos a sonhar, o cérebro também acompaha: entramos numa fase chamada REM (Rapid Eyes Movement) ou “Sono Paradoxal”, na qual nosso estado onírico de quase lucidez é acompanhada por uma atividade cerebral mais intensa, porém ainda inferior à da vígilia. E agora, acordados, estamos tanto com consciência quanto com o cérebro desperto. Esta espécie de “sintonia vibracional” constante mantém os corpos físico e espiritual (psicossoma, corpo psíquico, corpo astral) unidos.
Se o corpo físico tem morte cerebral, porém, o espírito evidentemente se despreende. Mas existem estados intermediários ou alterados de consciência onde o cérebro diminui sua atividade, mas a consciência se mantém um pouco mais ativa. A consequência será uma saída natural, porém temporária. Após um tempo relativamente curto, o espírito volta ao corpo rapidamente, assim que as ondas cerebrais aumentam – por “alarmes” externos, metabolismo ou fases do sono.
Imagine, assim, um exercício de relaxamento – ou uma palestra enfadonha. Em seu esforço para manter a atenção, a consciência se mantém parcialmente desperta, enquanto o metabolismo cai, o cérebro entra em estado de ondas “alfa”, no estado alterado de hipnagogia (cochilo). A consequência dessa pequena diferença entre atividade cerebral e consciencial, tentando se encontrar para se manter desperto, será uma ligeira desconcidência entre corpos físico e espiritual. Daí não raro a sensação de pequena “queda”, como se flutuassemos a alguns centímetros da cadeira.
——————————————
(c) Lázaro Freire – http://www.voadores.com.br

Este post tem 58 comentários

  1. Rômulo Freitas

    Texto muito bom, valeu por ter postado. 🙂

  2. Homer

    Só uma dúvida . . . digamos que você consiga se projetar com uma certa frequencia . . não é cansativo, ficar ligado 24 horas pensando? Você trabalhou o dia todo, deita na cama e sai por ai passeando, estudando, ajudando, dando passes, conversando, etc?
    @MDD – Sim, é extremamente cansativo porque você fica pilhado. O máximo que consegui em um teste foi 3 dias direto (dormindo, mas saindo em projeção), mas chega um tempo que você não sabe mais se esta acordado ou projetando. Uma das partes mais importantes do sono é desligar um pouco a mente.

    1. Cleyton

      “mas chega um tempo que você não sabe mais se esta acordado ou projetando”
      assim como em “Inception”…
      Existe algum risco de se projetar?

        1. Gabriel

          Um totem possível é puxar o dedo indicador. Se ele esticar, significa que você está se projetando. Uma vez eu fui puxar o dedo e eu arranquei ele da mão, daí eu acabei acordando com o susto rsrs

          1. PeX

            Essa técnica de puxar o dedo consiste em verificar se se está no mundo material ou no mundo plástico (moldável). Ora, é possível moldar inclusive limitações terrenas. Sendo assim, é perfeitamente possível aplicarmos o teste de puxar um ou outro dedo e ver se estica, tentar atravessar uma parede, andar sobre as águas ou mesmo levitar/volitar e falharmos, concluindo erroneamente que estamos no mundo denso.
            Outra situação curiosa pode ocorrer, estarmos no mundo dos sonhos, batendo aquele papo maroto com Tanatos e as coisas mais absurdas e fantasiosas ocorrendo e isso nem nos chamando atenção, como se fossem cotidianas.

      1. Luiz

        sim, existe risco, tudo depende de você, e da sua itenção ao se projetar, então vamos compor um cenario de risco, você tem uma vizinha linda e quer ve-la na intimidade, e para isso se projeta com este pensamento, bom… que tipo de energia você imagina estar criando na sua esfera? existem casos de pessoas com seguidores nao físicos, e nesta caso que compus imaginemos isto, a esta altura você entrou na casa da vizinha e viu ela la do jeito que era a intenção, porem você tambem foi visto pelo seguidor, então a partir disto podemos ter muitas variveis, considerando inclusive a itenção do seguidor de sua vizinha, ele é bom ou mau intencionado? quem vai saber não é? projeção por curiosidade simplesmente, não recebe apoio instantâneo, porem se houver todo um contexto bem intencionado com foco na evolução individual ou coletiva, ja é outra coisa, e uma situação de risco como esta citada acima não ocorrera, porque alguém bem intencionado não se envolveria desta forma em um projeção consciente!
        no final das contas tudo se resume a vontade, seu super poder é a vontade.

    2. kk

      “@MDD – Sim, é extremamente cansativo porque você fica pilhado. O máximo que consegui em um teste foi 3 dias direto (dormindo, mas saindo em projeção), mas chega um tempo que você não sabe mais se esta acordado ou projetando. Uma das partes mais importantes do sono é desligar um pouco a mente.”
      Não existe algum procedimento mágico ou não que você possa através da vontade se projetar e energizar a si próprio sem cansar a mente ? Além do exercício da vela, claro. Porque é isto que fazemos quando dormimos. Não podemos fazer isto conscientemente ?
      @MDD – Voce não se cansa… mas seu cérebro vai ficando sobrecarregado de informações e começa a dar curto-circuito, porque voce não tem tempo para digerir tudo o que vai acumulando sem parar nestas experiencias rsrsrsr

  3. Felipe

    Ruídos intracranianos e flutuações e quedas abruptas eu sinto praticamente todo dia, o segundo caso com menos freqüência que o primeiro. No caso dos ruídos, parece que um pedacinho de plástico, daqueles bem barulhentos, está sendo amassado no centro da minha cabeça. Alguma relação, DD? Ou eu devia era procurar um médico pra não morrer da noite pro dia sem saber do que? =] Raramente lembro com detalhes de meus “sonhos”. As vezes lembro de pessoas, como se eu soubesse que estive em contato com aquela pessoa durante o sono, mas raramente me lembro do que aconteceu…

    1. Daniel"

      Eu também sinto flutuações durante o dia, como se eu estivesse em uma piscina desligado da realidade; ja aconteceu uma vez(talvez mais) de eu estar assistindo aula e ser acordado, mas me lembro perfeitamente de ainda estar acordado. Ja procurei medicos e não relataram nada anormal. Esse é o caso citado nesse post?

    2. Luiz

      Voce projeta bastante ficou bem claro isso, esses barulhos que você ouve na cabeça são do momento de saida e retorno do corpo, o que você precisa trabalhar e a rememoração, prestar atenção na alimentação, deve ser leve e com intervalo de 2 a 3 horas, jogos de memoria ajudam, você tambem pode a partir da vontade intensionar a melhora de sua memória e incutir isso no seu pensamento constante, que aliado a trabalhos de esforço darão resultado.

  4. Miguel

    “- Deslocamento na reentrada : sensação de acordar com referência equivocada da posição das janelas e portas do quarto, como se reencaixado inadequadamente no corpo ao “acordar” – corrigindo a “posição” relativa aseguir.”
    Tem épocas que isso acontece comigo. Uma época foi bem seguido. Uma vezeu me dei conta que estava procurando a janela no outro lado do quarto, e comecei a ficar meio apavorado, achando que estava num lugar completamente diferente, até que acordei.
    Existe algum motivo pelo qual algum desses sintomas acontecem mais frequentemente do que os outros?
    Abração!

  5. Élder

    Contradizendo as dicas, consigo me projetar inconscientemente (“acordo” projetado) com maior facilidade quando durmo de barriga pra baixo e, geralmente é bad trip.
    Alguma lógica nisso?

    1. Élder

      Ah, com a barriga para cima, acontece também, mas com menor frequência e geralmente são boas experiências.

  6. Tairan M. Krügel

    Ótimo texto!
    Tenho uma experiência projetiva, meu primeiro sucesso nessa arte, à compartilhar:
    Estava sozinho em casa um chuvoso sábado, minha esposa e filho estavam em viagem, então resolvi, à tarde, testar algumas técnicas de projeção que havia estudado. Deitei na cama já com um pouco de sono, de barriga para cima, e comecei calmamente à me visualizar em uma bela paisagem, uma colina de grama verdejante, e pensava calma mas intensamente que queria me projetar, tendo isso fixo durante minha visualização. Aos poucos, sem eu ter imaginado conscientemente isso, a paisagem foi se desdobrando em formas mais estranhas, até o cenário de fundo ficar totalmente preto. Nesse momento, percebi que estava em uma espécie de “escorregador” enorme, como esses de playground, e parecia que descia ele em um carrinho de montanha russa, tive um frio na barriga impressionante, só enxergava um fundo negro com um escorregador gigante à minha frente, até que, alguns segundos nessa queda, o “escorregador” deu uma guinada para cima e vi diante de mim algo como um vitral multicolorido, que eu atravessei… Nesse momento, tive uma sensação de abrir os olhos, e vi o teto de meu quarto, meio embaçado e acinzentado, então levantei da cama, eufórico que estava tendo uma projeção! Fui caminhando até a porta de meu quarto e fiz menção de estender a mão para girar a maçaneta, porém, nesse momento, passou-me um pensamento na cabeça, exatamente nessas palavras: “Mas o Del Debbio disse que numa projeção você pode atravessar as coisas”, então, me impulsionei para frente e atravessei a porta sem esforço nenhum, inclusive tive um milésimo de segundo em que parecia ter visto a parte “de dentro” da porta de madeira, algo muito incrível! Dei uma pequena caminhada pela sala e cozinha de minha casa quando, de repente, senti um puxão na barriga, como se estivesse pilotando uma moto com carona e desse uma acelerada brusca, seguido novamente pela sensação de “queda”, então, acordei e lembrava claramente de tudo, em todos os mínimos detalhes.
    Duas coisas achei estranho, e gostaria de tirar essas dúvidas:
    1) Apesar de ter lido em muitos lugares que durante a projeção você ouve coisas e vê entidades astrais, não vi nem ouvi nada diferente do que estava normalmente em minha casa. Seria isso alguma indicação de que talvez não tenha sido uma projeção de verdade? Ou seria simplesmente porque não haviam entidades na minha casa?
    2) Durante esse dia e no dia seguinte tive alguns “tiques”, como se fossem tremedeiras que duravam até uns 2 segundos, será que isso teve algo à ver com essa experiência?
    Um grande e forte abraço

    1. buda

      “Mas o Del Debbio disse que numa projeção você pode atravessar as coisas”
      Del Debbio profeta Ja!

    2. Luiz

      Boas tardes viajantes,
      Caro Tairan M. Krügel, Sim você viu a parte de dentro da porta, isso é comum e um bom exercício, quando você se impulsionou para frente sem esforço fica claro perceber que os atos tem a velocidade do pensamento, logo você faz as coisa na velocidade do pensamento, e você se torna o que pensa, o Puxão que voce sentiu foi o cordão de prata como e conhecido, te chamado de volta ao corpo por algum motivo ou consequencia natural expontânea, certamente terias visto criatura não física na sua casa se la houvesse alguma, não concordo que seria uma idicação de fantasia ou sonho, porem uma coisa que ajuda muito a identificar uma projeção é a ausencia da respiração, o movimento respiratorio para quando projetado, os seus tiques podem ter sim alguma relação tanto quanto não, e muito dificil dizer, agora uma coisa deve-se prestar atenção, essas sensações de tremedeiras localizadas, ou pressões em certas regiões do corpo podem indicar ganho ou perda de energia conforme a situação, como pressão na base do osso osciptal, geralmente significa perda de energia, tremedeira localizada na parte interna da coxa esquerda pode ser perda de energia também, cada caso e um caso.
      não esqueçam que a integridade moral a ética e a caridade aumentam o parapsiquismo, e na maioria das vezes o medo da morte e o principal fator que impede uma boa projeção e seu desenvolvimento na prática, o que não faz sentido pra mim, porque se você lembrar ou não lembrar, você vai se projetar do mesmo jeito.
      Abram os braços e o coração aos teus irmãos, e boa viajem!

  7. MARCELO

    materia muito boa
    gostaria de saber se existe possibilidade de uma projeção com uma pessoa totalmente acordada , nao sonolenta mas simplesmente acordada.
    isso é possivel?
    obrigado

    1. Luiz

      sim e possivel, além de outras coisas incríveis, que infelizmente não experimentei, porem ja li de uma fonte séria que e possivel inclusive se manter consciente no corpo e estar projetado ao mesmo tempo, mas, sinceramente, acho que isso se realmente for possível, não é pra qualquer um, imagino que deve ser muito dificil fazer isso.

  8. DiegoFerreira

    Uma sensação, não sei se posso dizer sintoma de quando desdobro a partir de um estado acordado, é a visão duplicada se afastando no instante do desdobramento.
    Isso geralmente ocorria quando era mais novo e durante aulas e palestras nos centros eu desdobrava, tinha consciência do conteúdo das palestras mas me deslocava.

  9. victor

    como fasso passo a passo a projeção .. já tentei é dificil…

  10. Renis R.

    Frater, o filho de um amigo e frater, comentou certa vez, que muitos casos de abdução alienigena que as pessoas falam, poderia ser um grau muito alto de sensitividade, e seriam nada mais que contatos espirituais em altissimo grau.
    Nunca tinha pensado dessa forma ou nessa possibilidade. O que acha?
    @MDD – Ele está certo. A imensa maioria, para não falar em quase totalidade dos relatos de abdução alienígena nada mais são do que experiências no Plano Astral (que podem mesmo ter sido provocadas por entidades extra-terrestres) que são interpretadas pela consciência como naves espaciais ou alienígenas da forma tradicional. No astral, estas entidades podem realizar efeitos que serão mais tarde interpretados pela mente objetiva de modo a se adaptarem ao seu paradigma. Um exemplo prático seriam os exames energéticos de chakras, que para um espiritualista seriam interpretados como aqueles exercícios luminosos, onde veriam os chakras brilhando nas cores corretas e etc… para um cético que não acredita em nada disso, seu cérebro interpretaria aquele exame psíquico de uma forma mais “física”, próxima de sua realidade mental… daí os relatos de “Sondas anais” na literatura ufológica.

  11. Edu

    Tenho uma pergunta, ficaria muito agradecido se alguém ou o próprio Marcelo pudesse responder.
    Algumas vezes quando vou dormir e estou mais sonolento, escuto um estalo dentro da minha cabeça, assim como o que o texto diz, porém ele é acompanhado de uma espécie de clarão branco na minha visão.
    Estou de olhos fechados e no escuro, mas vejo uma espécie de flash fotográfico, simultaneamente ao estalo… Na verdade nem sei se o estalo é mesmo dentro da minha cabeça, pode ser que seja fora… não tenho muita certeza… Alguém já experimentou isso? Tem alguma coisa a ver com projeção? Devo procurar um médico? hehe…
    Obrigado…

  12. CarlaA

    Oi Marcelo!
    É comum sentir algum tipo de dor física durante o processo de projeção?
    Há alguns anos eu tinha, com grande frequência, sonhos em que eu voava, mas no sonho eu só conseguia voar se adotasse uma determinada posição (na ponta dos pés, com o peito estufado e braços esticados atás do corpo). Durante meu voo eu sentia muita dor nos pés e nos pulsos e nunca tinha controle do quão auto eu ia, era aguniante eu me sentir indo cada vez mais auto e não conseguir “pousar” de novo.Então eu ficava naquela: nossa voar é tão bom, mas se eu voar vai doer.
    Depois que eu conheci meu noivo, comentando sobre meus sonhos estranhos com ele, ele me disse que essa experiência era um desdobramento. Ele me instruiu a ter calma sempre que fosse voar e com o tempo a dor parou, porém a frequência dos voos diminuiu consideravelmente. Parece que o fato de eu ter uma leve noção do que estava se passando diminuiu minhas viagens. Por exemplo, antigamente eu acordava de um sonho bom e pensava “ah não, quero voltar e continuar” dormia de novo e voltava pro mesmo sonho, hoje é raro eu conseguir isso.
    Está tudo relacionado ou é “delírio” meu?
    @MDD – Seu noivo está certo, é desdobramento mesmo. Se voce quiser, pode voltar a ter controle sobre isso novamente, já que voce possui facilidade para isso.

    1. Françoise

      Olá, eu tinha quase as mesmas experiências que a carlaA, sobre voar nos sonhos, mas eu tinha que correr para pegar impulso e ficar com as mãos estendidas em minha frente, não conseguia também controlar muito bem a direção e a altura, ficava apenas indo para cima e para baixo contornando os fios de eletrecidade… Mas não me lembro de sentir dores. Estes sonhos eram até que frequentes também. Queria de saber se eu conseguisse ter todo o controle da direção (e o que eu poderia fazer para conseguir isso), qual seria o primeiro passo ao encontro de conhecimento? Ah, não sei se é relevante mas os vôos eram sempre na região bem próxima a da minha casa.
      Obrigada (:

  13. Eduardo Oliveira Rocha

    D&D, massa esse texto, mas infelizmnte, ficou faltando algo…você até agora não postou nehum exercício de projeção astral! Como você se projeta?
    Valeus.

  14. Andressa

    Olá Marcelo. Ás vezes, sei que não é sonho, me sinto flutuando, sem corpo, como se eu fosse apenas uma consciência. E eu sempre me olho, em épocas diferentes. Minha roupa é diferente, meu cabelo também, mas sei que sou eu. E nunca me olho diretamente, apenas através de espelhos, ou de reflexo em alguma outra coisa. Só que sempre que eu me vejo, eu sinto medo, e desperto na hora. Não consegui achar o post agora, mas lembro que uma vez você havia comentado sobre espelhos serem do elemento água, e relacionam-se com o tempo. Podem ter sido viagens astrais para outras épocas?

  15. Rodrigo

    Marcelo, eu sei que aqui não é lugar para fazer essa pergunta, mas vou insistir. Eu estava lendo um livro de projeção astral do autor Ophiel, voce poderia me dizer quem foi essa cara, procurei em todos os lugares maiores referencias, mas o que encontrei foi pouca coisa a unica coisa que descobri é que ele não era iniciado. Gostei muito da sua obra e baixei mais outras quatro…para que é iniciante é uma boa começar pelos livros dele….eu recomedo
    @MDD – Não achei nenhuma referencia sobre quem é essa pessoa. Mas o livro dele (Visualização Criativa, ed. Pensamento) é bem bacana e vale a pena uma leitura.

  16. Eu

    MDD ,eu tenho estudado Viajem Astral a um tempo,mas somente hj me deparei com um tema que me pareceu um tanto absurdo,até mesmo para os padrões do ocultismo sério.
    O estado de Jinas,capacidade colocar o corpo físico na quarta coordenada (quarta dimensão).Li sobre possibilidades de multi-locação, Transmorfar corpo físico,vôo,intangibilidade e teleporte,super poderes que parecem saídos de uma HQ.
    Vc poderia fazer um post desmistificando tal assunto,explicando o que realmente seria o “estado de Jinas”?
    @MDD – Bullshit. Só acredito vendo pessoalmente.

  17. Lucas Tonin

    Esse é um assunto que sempre me interessou e que tenho falhado miseravelmente.
    É muito dificil manter a concentração com a sensação de balonamento e com os sons intracranianos, dá MUITO medo, eu arrisco a dizer que é a pior sensação de medo que já tive na vida. E depois sempre acordo meio desnorteado e com a orelha queimando de tão quente.
    Uma tecnica legal que me ajudou muito foi imaginar a energia partindo dos pés e percorrendo o corpo até a cabeça e depois da cabeça aos pés, fazendo isso em cíclos e cada vez mais rápido.
    Enfim, pelo post e obrigado pelo compartilhamento da informação.

  18. Tenho uma pergunta sobre desdobramento, consigo o mesmo sempre na primeira noite de lua cheia sem maiores esforços, na maioria das vezes sinto a energia, como se fosse choque dado diretamente ao meu cérebro, mas na maioria das vezes não saio de mim mesmo (pelo menos é isso que sinto), percorro meu próprio inconsciente, onde encontro andares ou níveis psíquicos, os andares de baixo são sempre confusos e tempestuosos, conforme vou subindo vai se amenizando, até que eu sinta sair de meu inconsciente ou volte a beta.
    O processo de estar dentro de seu inconsciente completamente consciente é uma forma de desdobramento, ou estou fazendo outra coisa e não desdobramento?

  19. Thais Thaluthien

    Sincronicidade é uma coisa incrível.
    Justamente quando eu estava mergulhada em dúvidas com relação a sonhos lúcidos e projeção tu posta esse texto.
    Parabéns pelo trabalho!

  20. Wagnersama

    Aplicação partica?
    Quando era criança, tive um sonho que se enquadra perfeitamente nos parametros da viagem astral, vi o quarto como estava tudo visto de cima com o corpo la no teto, e me assustei quando vi meu corpo deitado na cama, mais surpreendente foi o que se desenrolou, me vi acordando e minha mãe chegando as coisas que ela trouxe e deixou em cima da mesa. quando o sonho foi enterrompido pela porta se abrindo, e quando acordei a cena se repetiu exatamente como a sonhada, dizer isso hoje é engraçado, mas lembro que chorei um monte, fiquei assustado e dormi com a mamae naquele dia. depois disso nunca mais aconteceu, hoje tenho vontade de realizar a experiencia novamente so que controlando a situação, mas me pergunto: e ai? qual é o efeito pratico disso na vida de alguem, qual beneficio pode proporcionar? sou adepto do auto aprimoramento e busco constantemente obter um controle sobre minha mente e meu corpo e entendo esse beneficio, mas essa projeção em especifico como aplico?

  21. Johnny Walker

    Marcelo,
    Nos livros de Carlos Castañeda é trabalhado o conceito do “Sonhar”. Don Juan ensina seu aprendiz a tornar seus sonhos lúcidos a ponto de controlá-los. Ele chama o nosso “eu” sonhado de “Corpo de Sonho” ou “O Outro Eu”. A etapa final do aprendizado na área de sonhar é encontrar, usando o corpo de sonho, com o corpo físico do sonhador.
    Minha pergunta é a seguinte. Nesse caso… o corpo de sonho corresponde a que “parte” de nós? Seria o corpo mental, ou o corpo astral? Então tornar os sonhos lúcidos correspondem à viagem astral? Pergunto isso porque, segundo Don Juan, dá para interagir com o mundo físico usando esse corpo de sonho. Ele inclusive afirma que se usarmos o corpo de sonho para acordar o corpo físico, ocorreria morte súbita.
    Então, o que me diz? E aliás, que acha dos livros de Castañeda?
    Valeu pela atenção.

    1. Luiz

      li livros de Carlos Castaneda, clara pratica de chamanismo, relata tecnicas de projeção, entre outras coisas, porem se você projetado próximo ao corpo, tentar toca-lo entrará novamente no corpo, ao contrário da morte súbita que supõe Castaneda, se você pensar no seu corpo acordado sera tragado para dentro do corpo novamente, e acordará, inclusive a uma distancia de uns 4 ou 5 metros pode se sentir a ação do cordão de prata comunmente conhecido, além do que também ja li que é possível estar projetado em vigilia do corpo físico, ou seja, projetado e consciente ao meso tempo, porem acredito ser muito dificil isto, eu nem posso imaginar como seria.

  22. Eduw

    Tem diferença se eu anotar os sonhos em um caderno ou apenas criar um documento em meu computador e digitá-los?
    @MDD – Creio que nao… embora 99% das pessoas que vc pergunte vão preferir anotar em um caderno. No caderno voce consegue rabiscar notas, desenhos, símbolos, gráficos… no computador vai ficar limitado ao texto. Dá muita diferença…

  23. MarcuSS

    Tenho uma pergunta pra fazer…sou novo no ramo numca tinha lido sobre esses assuntos nem nada..de um tempo pra ca um amigu meu começou a me mostrar ocultismo e tals pra tentar me ajudar..pq acho q de uns 3 meses pra ca toda santa vez q eu ia dormir + assim alguns segundos antes de pegar no sono eu sintia algu q ate agora não sei explicar , uma energia que me falava assim….ferro agora vc ta em transe hehe
    i eu ”durmia”…ai eu passava a noite intera apagado + vendo td ao meu redor , sem poder me mecher ,paralisado e mta vzs com um apito no ouvido ensurdecedor ate q eu apagava literalmente e acordava assustado….durmia 10 hrs e msm assim acordava morto de sono…
    só q o problema é…isso aconteceu uns 3 meses assim..2 dias sim..1 não..
    eu tinha ate medo de cuchilar pq eu sabia q ia me dar isso..
    i como eu sou novo nessa area eu naum sei oq fazer..
    eu naum consigo sair do corpo..so fico acordado la paralizado..
    alguem pode me dar um impurrãzinhu pra eu conseguir progetar? pq eu estou ficando exausto!
    vlww pela atenção!

  24. zi

    Tenho catalepsia, ja sofri um bocado com ela rsrsrsrsrs! gostaria de saber se ela acontece na saída, na volta ou nas duas situações? pois não consigo permanecer neste estado (nem sei o que fazer quando acontece…), consigo voltar com respiração ou tentando movimentar a ponta dos dedos. É nessa hora que conseguimos a viagem?

    1. Lucas

      Acredito que não tem nada a ver com os dedos ou com a respiração! Leia alguns livros e tente algumas técnicas de projeção para concentrar sua energia!

  25. Vinicius

    Marcelo, esse foi um dos primeiros assuntos que eu estudei, pela Voadores e pelo IPPB, e pelo que eu li, se você é agredido fora do corpo, isso não vai afetar o corpo físico, é como se fosse tudo psicológico ou ilusório.
    Aí tava lendo o “autodefesa psíquica”, da Dion Fortune, e ela comenta que quase sempre, quando tem uma agressão fora do corpo, aparecem marcas no corpo físico, e já ouvi um caso de um conhecido que passou por isso.
    Como você parece ser mais neutro nem se prende a doutrina, resolvi perguntar:
    o que acontece de verdade?! Porque em alguns casos tem sequelas físicas, e em outros não?
    @MDD – O poder do atacante. Ataques Astrais podem deixar sequelas mentais, emocionais ou físicas SIM.

  26. Deividy

    Olá Marcelo, admiro muito seus textos e sua trajetória de vida, além de sua dedicação em deixar todo esse conhecimento exposto para quem quiser adquiri-lo. Gostaria de fazer umas perguntinhas breves aqui: não sou ligado ao ocultismo; só tenho curiosidade e interesse. Mas lendo esse texto, algumas coisas me deixaram intrigado. Primeiro, quanto a sensações de choques percorrendo seu corpo, e em seguida vibrações, todo dia sinto esses sintomas no estado de vigília. É normal? Ainda mais com tanta frequência. E outra: uma vez, na escola, um amigo meu foi me cumprimentar e encostou de leve sua mão em meu braço direito, e levou um choque!! Isso mesmo!! Ele gritou e perguntou se era uma brincadeira minha, e me xingou. E um detalhe: quando ele me tocou, sente como se um feixe finíssimo de energia saísse de mim (tão fino como uma agulha) no lugar do toque, quase como uma espetada de seringa. Seria simples energia estática?? Pois além disso, teve um dia que acordei (incomodado com as vibrações que sentia por todo o corpo, e após uma horrível paralisia do sono, com sensação de estar flutuando na cama) e quando passei perto da televisão, ele teve uma interferência magnética forte. O que seria isso?? Poderia me explicar por favor??
    @MDD – O pessoal da acupuntura poderia explicar melhor do que eu. É uma facilidade de descarregar/acumular eletricidade estática, provavelmente.

  27. Thailan

    Eu tive uma projeção dessas,mas diferente do relatado por algumas pessoas eu não conseguir enxergar nada.Sentir o corpo flutando pelo quarto, havia uma voz que falava pra voltar pro corpo,sei que no final entrei em desespero e acabei voltando e sentir as vibrações citadas no corpo.
    É normal não enxergar o corpo astral??

  28. guilherme

    Marcelo …estava dormindo hoje de tarde, em sono meio profundo, senti como se uma entidade chegasse perto de mim, fiquei assustado! não sabia se era um amparador ou egun, fique com o corpo duro e começei a vizualizar luz com vontade para se defender , mas começei a flutuar e via tudo escuro, girava como pião, depois acordei, o que vc acha? me explique se foi uma projeção e eu vacilei?agradecido.

  29. Dan

    Quando eu tinha lá meus 10 anos de idade eu lembro que numa noite, acordei assustado achando que estava em outro quarto que não o meu, apalpava a parede com medo. Será que tive o tal do deslocamento na reentrada?? Provavelmente eu já havia saído em projeção, mas a única coisa que me lembro foi disso. Estranho, mas interessante.

  30. Jak

    Marcelo,
    umas semanas atrás sonhei que estava na sua casa te visitando, e a sua casa era construída perto do mar e parte dela ficava imersa pela água e o restante em terra,
    me pareceu uma casa muito moderna rsrsrs

    1. Jeferson

      Vinha sonhando direto com o Marcelo.
      No sonho, falavamos sobre Kabbalah, Astrologia, etc… O interessante é que a minha compreensão sobre a Kabbalah aumentou consideravelmente…
      No sonho, estavamos em lugar tranquilo, Algo como uma tipica mesa de um barzinho civilizado, ou praça, coisa do tipo…
      O Sonho foi se diversificando, até que um dia, estavamos, Marcelo e eu, num ambiente totalmente novo, desconhecido, talvez um gruta. Enfim, o ambiente era interno, escuro…
      Parecia que eu estava dentro de um circulo, e o Marcelo me instruindo fora do mesmo… Na minha frente, havia um cisne, enorme, do meu tamanho ou maior… E, um cisne bem violento, contra o qual eu tive que lutar… No início, em vão, pois estava usando força física… Daí, não sei se o MDD que me disse algo, ou como foi, que eu só me lembrei dos exercícios mágicos… E usei a visualização criativa para queimar o cisne todinho. Hahahaha. Foi dito e feito, imaginei o cisne queimando e o vi perfeitamente…
      Sonho irado, repleto de simbolismo…

  31. Thiago

    Marcelo,
    Tive um sonho ref. a uma discussão com minha noiva e acordei assustado por volta das 6:25~6:30. Entrei em contato com ela por volta das 7:00 normalmente e perguntei que horas ela tinha acordado e eis que ela respondeu o mesmo horário e que ela teria sonhado comigo, mas não lembrava o que seria.
    Isso foi uma mera coincidencia ou não, nos encontramos realmente numa viagem astral?

  32. J

    MDD, qual a sua opinião sobre as técnicas de trabalho energético e projeção astral do site viagemastral.com, do Saulo Calderon?

  33. Isabelle

    Por que algumas pessoas conseguem se projetar de maneira consciente? E se essa pessoa tiver essa capacidade e não quiser se projetar? Como faz para que isso não aconteça mais?
    As vezes isso acontece comigo, mas tenho medo de me projetar, daí, propositalmente, tento mexer os dedos da mão e acabo acordando. Houve uma noite em que eu mal consegui dormir, pois quando eu conseguia dormir sentia aquela vibração no corpo, sentia como se eu estivesse sentando na cama, então eu ficava com medo, tentava mexer os dedos da mão e acordava. Nessa noite em questão isso aconteceu comigo umas dez vezes. :/
    Por que isso acontece comigo de maneira consciente mesmo eu não querendo que aconteça? 🙁

  34. Isabella

    Alguem sabe explicar pq sinto tanta dor durante o desdobramento? Principalmente no começo, durante a saída… dor na altura do baço…
    ??

    1. Vergara

      Isabella, vc ainda sente as dores? Pois eu tbm, no lado esquerdo do abdomen, frente e costas. Imagino que sejam marcas no perispirito de vidas passadas.

  35. Priscilla

    sempre tive problemas com o sono, sentir meu corpo adormecendo e odesprendimento dos corpos seguido de um silencio frio e um zunido ensurdecedor e me encontrar numa massa escura cagar de medo e forçar p avordar… as vezes durmo e me sinto flutuando sobre meu corpo e tudo escuro meio difuso…eu me balanço mas tenho medo de me balamçar mais e cair ai volto pro corpo correndo. essas coisas acontecem sem eu querer…ja sai uma vez flutuei ate a porta do corredor ..n tinha corpo e tudo era muito nitido ai encostei o dedo na porta e ela vibrou fiquei com medo e fui puxada pro meu corpo senti eu me deitando e acordei…ja vi o sonho da minha irma..entao ela e eu estavamos no astral ne…e vi coisas tbm..coisas pretas seres pretos…e as vezes sonho q n tenho corpo e voo…sou uma coisa sem forma e aparecem demonios e eles tentam me agarrar pelo pescoco e eu luto e agarro eles espremo eles e ouco um zunido ensurdecedor como se eu tivesse gritando e acordo.e frequentemente dep ois dessas coisas fico enxergando energia durante o dia…id…alguem pode comentar

  36. Eli

    Marcelo, queria tirar uma dúvida:
    Na maioria das vezes quando estou quase pegando no sono deitada de barriga para cima estando relaxada o suficiente, sinto-me flutuar acima de mim.
    Meus sonhos (quando consigo me lembrar) são “lúcidos” e não “lúdicos” porque consigo pensar durante o processo.
    E, para finalizar, em algumas vezes no estado consciente, sinto que a pessoa com a qual estou conversando fica looonge…
    Isso é desdobramento? Como faço para controlar?

  37. Anônimo

    Tenho certeza que me projeto todos os dias, tenho sensações de estática e um monte de outras coisa, sinto espíritos andando atrás de mim, sentados do meu lado, me olhando fixamente, sinto a energia do ambiente e vou dizer uma coisa, não gosto de nada disso. Temos o livre arbítrio dado por Deus e então digo não a tudo isso. Esses dias tive um sonho e acordei todo mundo da minha casa gritando, pois um espírito entrou no meu corpo e simplesmente tampou minha boca e eu tive que ordenar que ele me soltasse. Lembro dos meus sonhos vividamente, a sensação é de que aconteceram. Eu sei que o tema da matéria nem tem muito haver com meu desabafo, mas é muito complicado viver assim. Vou dar um conselho, não mexam com o que vocês não sabem, não se aventurem a fazer projeções astral, contatos e etc..vivam suas vidas, curtam suas famílias. Quando se mexe com o outro lado, não se sabe o que pode atrair.

    1. Renato

      Caro Anônimo, já passei por isso que você diz. É angustiante mesmo. Posso te dar uma dica? Nós temos o livre arbítrio sim! E ele é dado por Deus. Se você pedir a Deus que isso passe, isso passa. Não digo aqui de Orações prontas. Mas de conversar literalmente com Deus. Antes de dormir, imagine que Deus está a sua frente e está ouvindo você. Diga que não quer se lembrar das suas saídas do corpo, exponha os motivos, peça que Ele te proteja enquanto dorme e te leve para lugares que lhe façam ser uma pessoa melhor e mais feliz. Acredite firmemente que Deus o atendeu e Ele o terá atendido. O que Deus mais quer de nós é que acreditemos Nele. Tenha fé que está protegido e nada o fará mal. Não precisa se dedicar a ocultismo, a viagem astral e nem a nada disso. Somos livres para fazermos o que quisermos. E foi Deus quem nos fez assim, podemos ser plenos na vida,sem temer a nada e nem ninguém. Só é preciso pedir a Deus isso. É simples mesmo. E quando digo Deus, digo do único Deus que existe, da fonte primordial de amor e bondade, e de onde TUDO surgiu. Do Deus que não se preocupa com crenças e religiões pois está acima de todas elas, que não se preocupa qual a sua religião, pois todas as crenças levam a Ele. E a única coisa que Ele quer de nós é que tenhamos a mais plena certeza que Ele sempre nos protegerá. Se fizer o que digo, o que sente vai passar. O que Deus quer de nós é que não tenhamos medo, pois medo é falta de confiança Nele. Quando somos fiéis a Deus, Ele nos zela, nos ilumina E nos guarda. Não precisa de muita coisa, só ter uma certeza tão forte quanto a nossa certeza nas coisas materiais. Ninguém questiona a existência de um copo de água na sua frente. Tenha essa certeza em Deus. A mesma certeza que você tem em um copo de água que está a sua frente. Se tiver essa certeza, nada e nem ninguém pode te ferir. É fácil, confie em mim. Se eu, que sou uma pessoa normal, consegui, certamente você consiguirá. Tenha a mesma certeza que tenho quando te envio essa mensagem. A certeza de que nada e nem ninguém pode me atingir pois estou em Deus e Ele é a minha proteção e só Dele preciso para viver bem e feliz. Você pode perguntar: Quem é Ele? É a Fonte Primordial, a Inteligência Suprema, o Criador Eterno e Incriado, A Fonte cuja inteligência humana não pode explicar pois não tem capacidade para compreender. Mas não precisamos entender Deus, basta Crer e você estará nesta Fonte tão protegido e feliz quanto eu. E quando essa tormenta passar. Não dê graças a mim. Mas a Ele. Boa Sorte em sua jornada, desejo-te sucesso.

  38. Rutiele

    Oi gente, acabei parando aqui e realizando a leitura desse texto devido algumas coisas que venho sentindo com grande frequência. O estado vibracional mencionando, quando deito na cama e entro num estado mais relaxado sinto grande vibração por todo corpo, chega a ser incomodo, pois tem me causado preocupações. Meu sono é bem pesado, raramente lembro-me de algum sonho. Ao acordar, também sinto o estado vibracional intenso por todo o corpo. Agora, em alguns momento do meu dia-a-dia essas vibrações que parecem choquem vem ocorrendo também. Se alguém tiver alguma explicação, orientação ou acreditar estar relacionado a projeção, gostaria de mais informações. Já fui em um neurologista, realizei exames e não é nada de saúde, por isso acredito ser algo espiritual.
    Aguardo algum auxilio, grande abraço! Luz e paz para todos os caminhos!

  39. Fabiana

    Bom dia, sei que o post é antigo, mas a matéria não, rs.
    Gostaria de tirar uma duvida que esta me incomodando muito e me causando muito medo…
    Sempre estudei magia, meditação, desdobramento, sou Reikiana…
    Há algum tempo tendo “sonhos” em minha casa com tudo muito real e quando tento acender alguma luz não consigo e “algo” me pega e começa a me agarrar e puxar, entro em desespero e começo a gritar e me segurar e invariavelmente acordo. De uns tempo pra cá começou a ficar pior, pois comecei a me forçar a recordar que tenho um protetor e nestas horas do “sonho” quando me agarram eu começo a gritar o nome do meu protetor e acordo, só que agora eu acordo gritando, diferente de quando não chamava por ele, e duas vezes mais assustada que antes. O ruim é que sempre sei que vão me pegar, sempre sei que se estou na minha casa e não consigo acender uma luz eu já entro em desespero no “sonho” e na sequencia me agarram…Eu já coloco a mão nos interruptores em estado de panico e isto não me faz acordar. Penso em uma hora não brigar e deixar que me peguem e ver no que vai dar, mas tenho medo e não sei se devo. Consegue me ajudar ou orientar em como lidar com isto, visto que são recorrentes?

  40. Midia Costa

    No dia 02/02/2020 durante a madrugada tive uma experiência muito estranha, tive a sensação de estar a sair da cama em levitação na horizontal mais no meio do caminho vi que não havia teto então gritei “Socorro ” e abruptamente voltei para a cama! Gostaria de saber di que se trata?

Deixe uma resposta para Anônimo Cancelar resposta