Pirâmides, Pirâmides… – parte II

Pirâmides, Pirâmides… – parte II

Olá crianças,

Hoje falaremos sobre a matemática das pirâmides. Recomendo ler o Post sobre as Pirâmides submersas no Japão e Astrologia para não pegar o bonde andando…
Em primeiro lugar, a palavra “pirâmide” vem do grego Pyramidos, ou “medida de luz”. Dentre a centena de pirâmides egípcias, vou começar pelo complexo de Gizé (ou Giza), considerado o mais importante deles, mais especificamente pela pirâmide de Khufu (ou Queops).

Pyramid Inches (cerca de 2,5426cm) que são as medidas utilizadas na construção das pirâmides. Se fizermos desta maneira, o perímetro de Khufu possui exatos 36524 PI (ou seja, 100x a duração do ano terrestre) e assim por diante.

Todas as pedras de mesmo peso possuem também o mesmo tamanho, com erro menor que 0,025cm em qualquer medida adotada; possuem ângulos perfeitamente retos em suas 6 faces, com precisão de 0,1 grau e encaixe entre elas que não deixa espaço suficiente para passar uma lâmina de canivete (0,04cm). A precisão de encaixe destas pedras, considerando o conjunto, é de 0,015cm/100m (nem os mais modernos construtores de submarinos chegam neste grau de precisão – a precisão de projeto de um submarino nuclear é de 0,08cm/100m na mesma escala).

Ainda sobre esta estrutura principal, estavam encaixadas 144.000 placas polidas de limestone branca, idênticas em tamanho (precisão de 0,25cm), pesando cerca de 2 toneladas cada, deixando espaço de 0,025cm entre elas. Estas pedras foram recortadas e arrastadas de Tura ou Masada, pedreiras localizadas a cerca de 15-20km do Cairo. Apenas o bloco de granito que forma o piso da Câmara do Rei, com 80 toneladas, e o “sarcófago”, tiveram de ser arrastados de Aswan, que fica a 800km do Cairo.

A pirâmide de Khufu é um quadrado perfeito, com erro de 58mm (em 230 metros!) e erro de ângulo reto de 1 minuto (1/60 de um grau), alinhada perfeitamente com o norte do Planeta. A base da pirâmide é perfeitamente plana, com desnível de apenas 0,075cm/100m (para quem não é arquiteto ou engenheiro esses números não dizem muita coisa, mas para ter uma idéia comparativa do quão preciso foi o nivelamento das pirâmides, basta dizer que edifícios modernos de alta tecnologia chegam a 15-20cm/100m em desnível).

As 3 pirâmides alinham-se com a constelação de Orion com margem de erro de 0,001% quando comparadas com a posição destas estrelas no céu em 10.500 AC.

Além disto, as câmaras interiores foram projetadas ANTES da pirâmide ser construída, sendo deixadas como “buracos” na estrutura da pirâmide (e não “escavadas posteriormente”!), ou seja, os construtores iam empilhando os blocos de pedra e deixando os espaços vazios que seriam cada câmara enquanto iam erguendo as pirâmides.
E eu nem comecei ainda a falar sobre a Câmara do Rei, cuja configuração e proporção das pedras do chão refletem as medidas/translações dos seis primeiros planetas do Sistema Solar (Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter e Saturno).
Também não falei ainda do “sarcófago” do faraó, que é grande demais para passar pelos dutos da pirâmide, ou seja, ele foi colocado na câmara do rei ANTES da pirâmide ter sido “fechada”. Como disse acima, esta pedra, esculpida em um ÙNICO bloco de 30 toneladas, foi arrastado por 800km de Aswan até o Cairo durante a construção da pirâmide, de modo a poder ser encaixado na posição correta.
(Mais tarde falaremos em detalhes sobre como a Câmara dos Reis e o Templo de Salomão possuem as mesmas proporções, e de como o “sarcófago” possui as mesmas proporções da arca da Aliança).
Um último detalhe é que, apesar de todo este cuidado milimétrico de projeto da pirâmide, o “sarcófago” é PEQUENO DEMAIS para caber uma pessoa deitada dentro dele (pausa para rir).

É importante lembrar disto porque, quando falarmos mais pra frente sobre os ALINHAMENTOS dos dutos das câmaras internas com as principais estrelas e constelações da época, durante determinados períodos do ano, temos de ter em mente que toda a estrutura é um gigantesco observatório astronômico, PROJETADO como tal e não fruto de mero “acaso”. Os dutos são alinhados com perfeição de um centésimo de grau em duas câmaras principais de observação.

Também preciso dizer que as pirâmides não possuem entradas externas. As entradas eram todas subterrâneas, vindas de uma câmara que ficava sob a esfinge, fazendo com que todo o complexo só pudesse ser acessado por dentro. Quando os exploradores ingleses penetraram nas câmaras internas, o fizeram DINAMITANDO os dutos externamente (pois as entradas subterrâneas encontravam-se soterradas). Então nomearam aquilo de “dutos de ventilação” (em uma “tumba”, mas tudo bem… ).

Bom… acho que já deu para ter uma idéia bem clara que mesmo com a tecnologia de HOJE seria quase impossível erguer pirâmides com a qualidade técnica e construtiva das pirâmides egípcias.
A quantidade de “coincidências” matemáticas e sobre a precisão com que as pirâmides foram construídas poderia consumir textos e mais textos. Quem quiser mesmo ver as principais relações matemáticas da pirâmide, pode olhar este site aqui.

Mas afinal de contas, como as pirâmides foram construídas?
Antes de começar com teorias de conspiração, vamos perguntar direto para as otoridades egípcias. E que melhor otoridade que o próprio departamento de turismo egípcio?

Segundo eles, as pirâmides foram construídas durante a 4ª dinastia, para servirem como tumba para o faraó Khufu. Demoraram ao todo cerca de 20 anos para ficarem prontas.

Ok… sem risadas. Vamos começar com uma conta básica: são 590.712 pedras para serem colocadas em 20 anos (8.760 dias). Fazendo as contas, temos que seria necessário para os egípcios encaixarem aproximadamente 1 pedra a cada 17 minutos (24 horas por dia, 7 dias por semana sem parar um segundo).
Embora experimentos feitos pela universidade Obayashi, no japão, tenham demonstrado que 18 homens conseguem empurrar um bloco de 2,5 toneladas com velocidade máxima de 15m/minuto (demorando, assim, em teoria, 17 horas para empurrá-los da pedreira até a pirâmide, SEM DESCANSO). Claro que esta teoria está furada, pois se arrastassem os blocos por tanto tempo, o atrito com a areia lixaria o fundo das pedras, tornando-as incompatíveis com a precisão matemática que elas apresentam.
A teoria de arrastar sobre troncos de palmeiras também está furada. Os mesmos alunos demonstraram que as palmeiras existentes no Egito seriam esmagadas se submetidas a blocos de mais de 1,5 toneladas.
E isso porque nem entramos no quesito dos quase 5.000 blocos de SETENTA toneladas…

E sempre é bom lembrar, estes valores são para UMA pirâmide… o conjunto é formado por TRÊS pirâmides (e somado a outras 6 pirâmides menores, a esfinge, as mastabas, templos e outras edificações).

As otoridades egípcias afirmam que a pirâmide é a tumba de um faraó.
Embora NUNCA se tenha encontrado sequer uma múmia em NENHUMA das 111 pirâmides catalogadas. Também nunca foram encontrados NENHUM tesouro de faraó algum. Nada, Nicht, Niet, Zero. Todas as múmias foram encontradas em cemitérios localizados aos pés das pirâmides ou em templos adequados para tal (Mastabas). Todos os tesouros encontrados estavam nos templos e antecâmaras, mas nunca dentro das estruturas.
A explicação oficial é que “ladrões de tumbas” saquearam todos os tesouros e as múmias. Embora, voltando a Khufu, os exploradores tiveram de DINAMITAR a passagem para entrar, e nada encontraram lá dentro. Ou seja, se houvessem “ladrões de tumba” eles entraram, levaram TUDO (tudo tudo tudo) e ainda tiveram a paciência de recolocar todas as pedras na entrada de modo a deixá-la do mesmo modo que ela estava antes deles chegarem, com direito a mesma precisão milimétrica dos encaixes (mais uma pausa para rir).
Se você fosse um faraó e gastasse 20 anos da sua vida para construir o seu túmulo, o mínimo que você iria fazer seria colocar o seu nome bem visível em todos os lugares possíveis e imaginários, certo? ERRADO. Não existe NENHUM hieróglifo ou símbolo dentro de NENHUMA das principais pirâmides. Os únicos símbolos encontrados dentro das pirâmides foram colocados lá milhares de anos após sua construção.

As otoridades egípcias afirmam que os dutos que conectam a câmara do rei às laterais da pirâmide são, na verdade, “dutos de ventilação” (mas para que precisamos de dutos de ventilação em uma tumba?). O fato destes dutos alinharem-se perfeitamente com estrelas e constelações que tem profundo simbolismo na mitologia e religião Egípcia é, como tudo mais, uma “coincidência”.

Agora, um pouco de teoria de conspiração.
E se… o faraó, na verdade, não construiu as pirâmides em 20 anos (como demonstramos ser impossível), mas sim REFORMOU algo que já estava pronto, mas parcialmente destruído pelo dilúvio, nesses 20 anos?
E se… as pirâmides escalonadas (aquelas mais toscas e sem grande precisão), que foram construídas em 4.000 AC foram, não “testes de construção” como as otoridades dizem, mas sim IMITAÇÕES das verdadeiras pirâmides, feitas realmente com o máximo que seria possível de tecnologia da época?

Semana que vem, Círculos de Pedra, Pirâmides, Astrologia.e o Dilúvio.
E pra que diabos servem as pirâmides???

Tenet Nosce, Crianças!

Este post tem 35 comentários

  1. tom san

    bom pra ajudar os evangélicos eles adoram esse tema e alastram mais a idéia de que as piramides são uma tumba e conseqüentemente coisa do demo!!

  2. Alien

    Com certeza teve força extra terrestre na jogada, pois naquela época não se tinha conhecimento suficiente para a construção daquelas estruturas…
    Elas foram feitas com um conhecimento avançado para a época deles!

    Muito boa a matéria!

    Abraço

  3. yumejin

    Olá Tio,

    Não sei se você está respondendo aos comentários aqui também, mas, em todo caso, não custa tentar.

    O Kentaro apresentou duas questões em relação à sua explicação:

    1º) Naquela época, as cheias do Rio Nilo não haviam sido controladas e como elas ocupavam uma área razoável da planície, a distância que precisaria ser transcorrida com as pedras sendo arrastadas seria menor.

    2º) E o nome que aparece na forma de pichação?

    E uma pergunta minha:

    3º) E os Iniciados ficavam como no “sarcófago”? Na posição fetal?

  4. Tio Marcelo,
    Muitas “coincidência”, não? [hehe] Sempre vi muitas coisas sobre as pirâmides, desde a época que estudei na escola, passando por documentários que via em televisões e revistas, até o que li aqui…a sua explicação talvez seja o que teve mais coerência. Espero ansiosamente pela próxima semana.

    Uma pequena dúvida Tenet ou Temet?
    Obrigado.

  5. Anderson Duarte

    Ola MDD
    Estudo em Montreal, Canada, e tenho alguns professores engenheiros que sao egipcios. Acabei comentando com eles as materias dessa coluna e a explicacao foi:
    As piramides foram construidas bem antes, e a tecnologia utilizada foi dizimada assim como o povo que a construiu. Em meio a guerras e catastrofes nada resistiu e nao sobrou ninguem pra contar historia!

    Achei mais coerente do que os Egipcios atuais dizem

    Otima Coluna!!

  6. wanessa

    preciso de 30 exercicios sobre piramide pra hj

  7. luiz

    pois é … nós sabemos muito pouco sobre esse mundo, o que pode ter vindo antes da gente? quantas vidas já não podem ter vivido e aparecido não só nesse mas também nos outros tantos planetas espalhados pelo universo, não que tenha sido extraterrestres que tenham participado disso, mas apenas imaginar: o que a gente vê hoje em relação a pirâmides e outras construções misteriosas, quem fez, como fez, quando viveu? Impressionante esse mistério!
    Abrassssss!

  8. Luiz Carvalho

    Embora acredite em vida extraterrestre, ainda acredito que a construção das pirâmides é coisa de humanos terrestres mesmo. Conveniente salientar que o ser humano é muito inteligente e criativo, não importa a época em que viva. Provas deste fato brotam em sítios arqueológicos por todo o mundo. No caso específico das pirâmides é importante um detalhado estudo das técnicas antigas de se lidar com pedras, bem como das condições geográficas e climáticas da região, as quais, no meu humilde entendimento, podem explicar muitas coisas consideradas “anormais”.

  9. Marcelo

    Gostei muito de seus comentários! Poderia dizer algo sobre a “porta” encontrada pelo robô que foi colocado nos dutos que saem da câmara da “Rainha”? Eu acho que não são portas e as maçanetas não são maçanetas. para que serviria uma porta com aprox. 20cm² colocada a uma distância de 65m da câmara da rainha em um duto tão estreito? Os dois objetos de cobre nesta placa de pedra de 5cm de espessura mais parede dois eletrodos e a placa de calcário um refletor, ainda mais que esta peça é bem polida, assim como as que estão próximas dela.

  10. Caio Alexandre Gomes

    Olá
    Gostei muito da matéria sobre o nivelamento e medidas das pirâmides. Quanto ao seu alinha mento com a constelação de órion, eu ja sabia, agora o que mais e intriga nesta história é o seguinte:
    1- as 3 marias são visíveis a noite, mas nem toda a constelação é, como eles conseguiram aproximar seus cálculos da constelação para construção delas e como ja sabiam sobre os 6 primeiros planetas?

    2- As pedras que não foram trazidas das maneiras contadas, td bem também, pois realmente seria muito fantastico fazer com que um bloco de 70 toneladas fosse sustentado por palmeiras, mas então como foram levados?

    3- Porque existia uma saida das piramides dretamente para o nilo, o que o rio tinha em haver com aquelas construções, se elas inicialmente eram catalogadas como catacumbas?

    4 – MAIS IMPORTANTE. Os egípcios são tidos até hj como uma das maiores civilizações da face da terra, isto é comprovado pelas construções e seu perfeccionismo, até ae td bem. MÃS…como uma civilização tão avançada pode ser composta apenas de mastabas, piramides e a esinge???? cade o cetro comercial,a cidade, as casas, as ruas e o mais importante, as bibliotecas de onde se tirava todo o conhecimento, pq foram centenas de anos fabricando papiros pra que se não pra escrever?

    É realmente os livros escolares precisam ser repensados no quesito historicidade.

  11. Rodrigo Lucena

    Parabens pelo texto.. muito bem escrito, e as informações estão certas… gostei muito.
    Há muito tempo, me interresso e estudo as pirâmides, principalmente A grande pirâmide (queops). Acho todas as coincidencias matematicas, não são claro coincidencias… Mas ao meu ver uma das mais incriveis “coisas” na grande pirâmide, é o fato de que nada apodrece dentro da grande pirâmide. Existem milhares de experiencias feitas, que provam e demonstram isso.
    Eu já fiz um tipo de “curso” onde temos aula sobre pirâmide e fazemos experiencias. Para explicar aqui ficaria muito longo. Mas meu email fica a disposição.
    abraços..

  12. Marco

    Sobre a matéria da pirâmide…

    Não sei sobre o q vc se refere ao dizer que dinamitaram a pirâmide. O fato é que a entrada usada hoje foi aberta pelo Califa Al Mamud por volta de 800 d.C., usando fogo e vinagre, pq foi a única forma que ele conseguiu para tanto, diante da espessura das pedras. E, claro, não encontrou tesouro nenhum. Dizem que ele sabia que não iria encontrar nenhum tesouro material lá, ele foi justamente por causa do conhecimento contido na estrutura da Pirâmide.

    Quanto à construção, opino por ser ela uma obra dos Atlantis, um legado de uma civilização que estava à beira do desaparecimento para uma civilização burralda que estava nascendo ou iria nascer algum tempo depois… isso deve ter acontecido há uns 18.000 anos, por ai.

  13. Adna

    eu queria saber quanto levaram para construi as piramides ?

  14. naty

    o q o rio nilo tem ha ve com as piramides?

  15. Oi guri… Não sei se este teu site ainda está ativo, mas, ainda assim, é muuuuito interessante. De toda forma, se leres este post, atenda ao meu pedido, e vê se consegue nos trazer alguma coisa a respeito de como os sons reagem dentro das pirâmides e outras “estruturas” tão ligadas a teorias da conspiração… hehe… Não lembro onde, mas li uma vez que determinadas notas “reagem” de formas diferentes nestas construções.

    Parabéns pelos textos! XD

  16. Marcelo

    descobri o segredo das piramides , e posso lhe enviar o arquivo em Word.doc
    reuni Galileu , kepler ,Ticho brahe, os egpicios os incas e os maias, e as mancha solares e posso provar que todos sao a mesma coisa.
    todos foram perseguidos e nao puderam repassar o conhecimento.
    Mas eu juntei as pecas.

  17. razec

    HAHAHA eu vo pegar todos vcs… Muito bom o artigo, pena q os humanos “seres superiores inteligentes” achao q aquilo la é so um monte de pedra empilhada, mas eu to tranquilo um dia saberemos a verdadeira origem mas é claro q nao estaremos aki quando a verdade nos for revelada. Que vivam os Deuses!!!

  18. Fábio Piu

    Foi mencionado que o atrito com a areia lixariam o fundo das pedras, e se isso tb fose calculado pelos egipcios, por exemplo, pegariam uma pedra bruta, e no decorrer do caminho iam lapidando com a areia. Não deixariam de ser uma idéia. E também atravez de calculos eles mais ou menos saberiam o tamanho da pedra a ser transportada e chegar no local como queriam. A matemática é precisa (rs). Só foi uma ideia da minha cabeça hehe

    1. D

      A matemática é precisa, mas a natureza não !

      A capacidade da areia de lixar as pedras mudaria por uma enormidade tão grande de fatores que, hoje em dia, usando estatística avançada e modelos computacionais, ainda duvido ser possível fazer esse tipo de cáculo com segurança.

      Apenas alguns fatores que alterariam toda a equação :

      * Umidade da areia

      * Tamanho médio dos grãos de silício (muda de acordo com condições ambientais, inclusive a pressão aplicada pelos blocos, um após o outro)

      * Temperatura ambiente (no deserto pode variar de -30ºc a 50ºc da noite para o dia, literalmente)

      * Particularidades de cada rocha (rachaduras, mudanças de resistência do veio de onde foram tiradas, etc)

      * Pressão aplicada (como a rocha estaria sendo puxada, então ela iria empurrando uma camada superficial de areia com a parte da frente, com o eixo parcialmente inclinado na direção em que está sendo puxada, de modo com que ela lixaria de forma desigual, conforme cada parte pega uma camada diferente de areia e sofre diferente distribuição de peso, com umidade, temperatura, forma dos grãos e etc diferentes).

      * Compactação do solo (incluindo-se aí a passágem por áreas como dunas móveis e outras com o solo quase completamente compactado, dependendo da geografia da região)

      1. Fábio Piu

        Gostei da resposta, mas ainda acho q possa ter uma possibilidade de calculo preciso, se eles tinham a precisão q nenhuma tecnologia de hj tem, pq talvez não teriam algum mecanismo de fazer esses cálculos baseados nessas situações. E olhando do ponto de vista de q, os egípcios nasceram, viveram e continuam vivendo no deserto… ca entre nós, eles conhecer melhor a área do que nós talvez possamos imaginar…

        1. D

          Me parece um (grande) contra-senso a existência de uma ciência matemática, estatística e física tão precisa, e a não existência de uma engenharia avançada.

          É possivel, não nego.

          Mas realmente improvável. Talvez com uma boa margem de erro para cada pedra, ainda pudéssemos considerar a possibilidade, mas se a sociedade egípicia tinha uma ciência mais avançada que a nossa, a possibilidade de que ela não fosse usada para gerar conforto, auemento de produtividade e bem-estar é muito pequena.

  19. Ricardo

    Tio MDD, há um certo tempo uma questão muito curiosa ronda os meus pensamentos e aproveitando que estava relendo este post, resolvi perguntar: hoje em dia, as pirâmides poderiam ser usadas da mesma forma que eram no antigo egito? Ou seja… caso existisse/exista sacerdotes com o conhecimento de toda a ritualística antiga e tivessem acesso às pirâmides, poderiam ser realizadas cerimônias tais qual eram na antiguidade?
    Existem sacerdotes com conhecimento para tal?
    Caso as pirâmides se encontrem em um estado de deterioração que não possibilite as cerimônias, seria possível reformá-las com o conhecimento e tecnologia de hoje para que elas voltem a ser funcionais?
    Existe hoje em dia algum lugar equivalente ao que eram as pirâmides onde sejam realizadas iniciações com o mesmo efeito?
    Grande abraço!!! E obrigado pela atenção.

  20. Carlos Alberto

    Gostaria que fizesse um post somente sobre a civilização Atlante. Vi em algum lugar que você acredita que a civilização não existiu materialmente falando.

    Particularmente acredito que essas pirâmides são a prova material da existência desta civilização, além disso, prova de todo o conhecimento que ela possuía. Acompanhei teus escritos pelo site, é interessante como você discorre acerca das pirâmides, da Arca da Aliança, das Linhas de Ley, dentre outros assuntos que são muito bem passados.

    Acredito que toda a verdade da Atlântida esteja abaixo da esfinge, esta que nem Napoleão conseguiu derrubar!! rsrs

  21. Vinicius

    Ola tio marcelo, adorei o post e achei bem interessante, mas também me criou muitas dúvidas e uma delas é sobre os relatos que vemos hj em televisão, por exemplo, no national geographic channel tem uma série que só fala disso ja documentou sobre a tumba de tutancamon… ker dizer que ele nunca foi retirado da piramide de gizé e todos esses arqueologos estão errados?

    @MDD – pelo contrário. Ele nunca ESTEVE enterrado na pirâmide. Nem ele e nenhum outro Faraó.

  22. uilian

    Pelo amor de Deus, onde eu acho esses pedreiros? Os que estão trabalhando lá em casa não conseguem nem acertar uma parede.

  23. Gustavo

    Olá Marcelo,

    As pirâmides do Egito seriam o único vestígio da civilização Atlante? E as pirâmides no México, saberia dizer se elas são alinhadas com alguma constelação? De que maneira se sabe que existe uma passagem abaixo da esfinge?

    Abraço

  24. reginaldo giassi

    Em que ano (período ou época) esse complexo foi utilizado pelos sacerdotes egípcios pela ultima vez?

Deixe uma resposta para Kauê Rodrigues Cancelar resposta