Os governantes antigos

Retirado do Tao Te Ching (*)

Na Era do Ouro, as pessoas não estavam conscientes
de seus governantes.
Na Era de Prata, elas os amavam e cantavam.
Na Era de Bronze, elas os temiam.
E por fim, na Era do Ferro, elas os desprezavam.

Quando os governantes perdem sua confiança,
as pessoas perdem sua fé nos governantes.

Como eram hesitantes os antigos governantes!
Governavam sem discursos,
como se nem estivessem lá.
Suas obras pareciam construir a si mesmas,
e seu Reino era tão próspero
que as famílias afirmavam em coro:
“Graças a nós é que tudo vai assim tão bem!”

***

Todo mês traremos mais uma passagem do Tao Te Ching…

Tao Te Ching

(*) Nesta tradução exclusiva do Tao Te Ching a partir da tradução clássica de James Legge para o inglês, Rafael Arrais (autor do blog Textos para Reflexão) usa do auxílio precioso das interpretações do ocultista britânico Aleister Crowley e do filósofo brasileiro Murillo Nunes de Azevedo para compor uma visão moderna da antiga sabedoria de Lao Tse.

» Versão impressa

» eBook (Kindle)

» eBook (Kobo/Cultura)

» eBook (Saraiva)

Deixe uma resposta