Malkuth shebe Malkuth


49º dia da Contagem do Ômer
“Hoje são 49 dias que perfazem 7 semanas do ômer.”
Malkuth de Malkuth
Nobreza da Nobreza
Examine a soberania de sua soberania:
Ela vem de confiança profundamente enraizada em mim mesmo?
Ou é apenas uma forma de mascarar minhas inseguranças?
Ela faz com que minha soberania seja excessiva?
Estou consciente de minha singularidade como pessoa?
Estou consciente de minha contribuição pessoal?
Exercício para o dia:
Reserve um momento e concentre-se em si mesmo, em seu verdadeiro eu, não em seu desempenho e como você se projeta nos outros; e fique em paz consigo mesmo, sabendo que Deus criou uma pessoa muito especial, que é você.

Este post tem 24 comentários

  1. Estoniano

    Nossa, esse ano foi muito dificil completar o Omer…
    Mas valeu para encontrar pontos fracos, agora preciso melhorar minha forca de vontade.

  2. Vinícius Weinschütz"

    Foi um periodo dificil, tanto fazer o Ômer, quanto outros acontecimentos, mas evolui muito!
    E tio, e o que é o Shavout?
    Abraços!

  3. Anonymous

    Eu consegui. Foi a primeira vez que fiz. Foi tranquilo. 🙂

  4. dsimon

    Estou muito feliz de conpletar novamente o ShO. Tem uma coisa que venho pensando a dias e se possível gostaria que comentasse.
    Ano passado quando terminei o ShO algo MUITO bom aconteceu e estava TOTALMENTE relacionado (âmbito pessoal). Este ano está acontecendo novamente (agora no profissional). Minha pergunta a você Marcelo. Isso acontece sempre (você deve ter concluído um punhado de vezes já)?
    Pax et Lux
    @MDD – Se voce fez direito, não falha nunca…

    1. Dsimon

      Esse ano eu incrementei um pouco também. Usei algumas ladainhas (pra adicionar dentes na chave) que eu tirei de um livro de “práticas diárias judias” (tradução livre terrível). Incluia uma oração, benção e salmo 67. Além da vela, que foi o “advanced” desse ano.
      O que me surpreendeu NOVAMENTE é eu não ter tido nenhuma resistência, problema ou qualquer empecíclo na executar os 49 dias.
      Ontem, na noite após o 10=10, meus sonhos foram deveras interessantes.
      Pax et Lux

    2. thibas

      isso não só não falha nunca se fizer direito no ShO, como também em qualquer momento da sua vida…
      o ShO é um momento que você, digamos, se “obriga” a olhar pra dentro de você mesmo…mas isso não deve ser feito só 49 dias do ano…deve ser feito todos os dias…a cada momento..devemos vigiar nossos pensamentos, nossos quereres, nossas vontades…encontrar os pontos escuros e iluminá-los…daí a gente muda…e quando a gente muda o rio da vida muda….

      1. Dsimon

        Concordo Thibas, mas tem um porém nisso. A diferença entre a teoria e a prática .
        Pax te Lux

        1. thibas

          como assim? rs
          o único responsável pela prática não ser igual a teoria somos nós mesmos..depende só da gente essa diferença…
          claro que é extremamente difícil se vigiar a todo instante…a distração vem fácil…mas a gente tenta né…mas com certeza, daqui à 10 ou 10.000 anos, a gente consegue…

  5. Paulo

    Rapaz eu to feliz que eu consegui completar o Omer, foi um tempo dificil, mas eu consegui completar o Omer nessa primeira vez que eu fiz.
    Marcelo, como você aconselharia a celebrar o Shavout (ao amigo que pergunto o Shavout, significa 7 semanas em Hebraico, era uma passagem ou celebração onde as pessoas iam para jerusalem comemora a passagem da sefirat HaÔmer e tambem revelação da torá ao povo judeu, talvez o MDD tenha como explicar isso melhor minha fonte é a wikipédia)?

  6. Lucas Tonin

    Segunda vez que faço, mas ainda peco pela ignorância e em má disposição pra fazer os exercícios, mas esse ano foi melhor que o ano passado, sem dúvidas.
    As reflexões me afetam muito, mas me ajudaram em mudar meu comportamento e me engajar em hábitos melhores.
    Mas fico feliz também de ter completado, dessa vez eu SEMPRE lembrava no dia da contagem.
    Obrigado mais uma vez Marcelo, por constantemente nos lembrar e ajudar na contagem novamente, grande abraço!

  7. Murilo

    projeto destruição, é? vai ter post?

  8. Estoniano

    Eh verdade, no ambito pessoal e profissional, a vida melhora bastante depois do Omer. Incrivel.
    Uma pergunta pros leitores: eu nao consegui realizar todos os exercicios, principalmente dos subordinados… Como foi para voces?

  9. Ma

    Tendo em vista a “revolução” que o ShO faz,” desbloqueando canais”, é normal durante o processo – agora na reta final – q a pessoa sofra de enjoo, ânsia de vômito, complicações no trato digestivo??
    @MDD – dependendo da pessoa, sim, é normal.

  10. simone

    Como captar estas energias?
    LEIS E COSTUMES PARA OBSERVAR em SHAVUOT
    (1a NOITE DE SHAVUOT)
    ACENDIMENTO DAS VELAS DE SHAVUOT à tardinha, antes do por do sol.
    – BARUCH ATÁ A-DO-NAI E-LO-HÊ-NU MELECH HAOLÁM, ASHER KIDESHÁNU BEMITSVOTÁV, VETSIVÁNU LEHADLIC NER SHEL YOM TOV
    – BARUCH ATÁ A-DO-NAI, E-LO-HÊ-NU MÉLECH HAOLÁM, SHEHECHEYÁNU VEKIYEMÁNU VEHIGUIÁNU LIZMAN HAZÉ.
    (2a NOITE DE SHAVUOT)
    ACENDIMENTO DAS VELAS DE SHAVUOT a tardinha.
    – BARUCH ATÁ A-DO-NAI, E-LO-HÊ-NU MÉLECH HAOLÁM , SHEHECHEYÁNU VEKIYEMÁNU VEHIGUIÁNU LIZMAN HAZÉ.
    Um dos mandamentos de Shavuot é entrar em contato com alimentos a base de laticínios.
    Na Escola nos conectamos com leite e mel, alem de meditações de banho com leite, pois são elementos de purificação e conforto.
    Em Shavuot é costume estudar a Torá durante a noite, pois é uma forma de colocarmos luz na escuridão.
    Conecte-se com os 10 mandamentos, sua leitura nos traz uma forma de organizar o universo, através destes códigos, leis.
    Atravesse a noite estudando e lendo a Torá.
    Rabi Shimon diz no Zohar: “Sente-se, amado, sente-se e vamos preparar a noiva nesta noite, porque todos que se conectam com ela nesta noite estarão protegidos durante o ano inteiro, acima e abaixo, e completarão este ano em paz.”

  11. Victor

    E um sentido de urgência em mudar tudo na nossa vida, é comum nessa hora?

  12. Vinicius

    Bom, completei o Omer pela primeira vez esse ano. Antes de cada meditação repetia as falas várias vezes, com medo de não estar falando certo e não conseguir ser aceito pela egrégora. Tive muitas oportunidades de ficar sozinho, mas o que mais me dava medo era de falar alguma palavra errado e não ser aceito pela egrégora. Exceto por algumas vezesNão conseguia identificar muitas coisas no dia seguinte, algum sinal claro de que o Omer estava interagindo comigo, pois como sou muito pessimista, acho que a Sicronicidade pode funcionar com todo mundo, mas é muito difícil comigo. Por isso acabei me desleixando de fazer os exercícios.
    Em alguns dias assim que começava a fazer a meditação, sentia um torpor e achava que era a egrégora me rejeitando por causa da minha ignorãncia, falta de dedicação ou desrespeito. Ou todos juntos. Mas agora que completei me sinto satisfeito e espero ter ganho experiência para trabalhar meus pontos fracos (“o inimigo, depois de descoberto, ainda precisa ser derrotado”), ainda que não tenha obtido um desempenho 100%, mesmo para um primeira vez.

  13. Shlomo

    Turma, calma aí…
    A contagem só “termina” hoje depois que anoitecer.
    Ou sou eu quem está contando errado?

  14. bruno freitas

    consegui…. viva

  15. Joan

    Não acreditei que completei a contagem, muitas coisas já faziam parte da minha vida, mas senti dificuldade mesmo, na primeira semana. Descubri que ainda me falta muito pra caminhar e que os ensinamentos não devem apenas ter sido usados no dia respectivo da esfera e sim fazer parte de todos os momentos de caminhada neste mundo, pra realmente não precisar mais fazer a contagem. Não completei todos os exercícios, alguns por falta de oportunidade mesmo, alguns aconteceram antes, outros aconteceram depois. Mas principal mudança foi que recuperei minha disciplina que achei que tinha perdido. Não posso dizer que mudei completamente, porque seria hipocrisia, mas posso dizer que achei uma chave pra lutar contra meus vícios. Obrigado tio por ter nos mostrado esta nova luz.

  16. TiagoMazzon

    Nao consegui completar 🙁 cheguei até metade dos dias… nao sei se é pelo Sefirat Ha omer mesmo ou se coincidiu com um período de “provas” q eu deveria passar… mas como eu nao acredito em coincidencias, certeza q foi o Omer q colocou um monte de testes e barreiras no meu dia-a-dia…
    Só sei que chegou num ponto q eu estava trabalhando 10 horas por dia, inclusive em finais-de-semana e feriados… simplesmente nao dava pra fazer os exercicios diarios e manter a leitura em dia, dai tive que parar com o Omer… é uma pena…
    Mas realmente deu pra ver que é uma baita prova de vida fazer a “Passagem pelo Deserto” durante os 49 dias… ano que vem farei novamente !
    Parabéns aos que conseguiram ! Desfrutem as suas conquistas ! 😉

  17. Gabriel

    Esse foi meu primeiro ano, e vou fazer todos os anos. Quero deixa meus agradecimentos ao MDD por me apresenta o Omer.

  18. Gabriel

    Queria saber qual dia ira iniciar o Omer ano que vem???

  19. Daniel Braga

    Muito obrigado, de verdade, por este contato durante todo o Sefirat ha Ômer. Foi maravilhoso estar trabalhando junto a todos vocês nesses 49 dias. Foi o meu primeiro SHÔ, e mesmo assim já foi uma experiência tão fantástico que eu vejo que me tornei uma pessoa completamente da que era 49 dias atrás (para melhor, e sempre buscando melhorar mais).
    Que estejamos juntos no ano que vem também, e que não esqueçamos as lições que tivemos nesse.
    Fiquem com Deus!

  20. RNT

    Esse é o quarto ano consecutivo que faço a contagem do Ômer e muita coisa melhorou em mim. Uma coisa que fiquei espantado é como minhas viagens astrais ficaram mais lucidas, tem relação entre os dois ou é impressão minha?

Deixe uma resposta para Elaine Cancelar resposta