Maçonaria para Não-Maçons / Parte 1

Bem, ao começar a falar da Maçonaria, gostaria de começar esse Post na certeza de que este será um dos mais importantes para quem deseja compreender melhor o funcionamento da Maçonaria.

Os Mistérios e Segredos da Maçonaria são sempre temas de demoradas discussões que, na grande totalidade das vezes, não leva a lugar algum.

Tentarei abordar, de forma clara, como se Aprende e se Estuda dentro da Maçonaria. A grande verdade é que, entendendo isso, muitas outras coisas ficarão mais claras de se entender.

É muito comum, para quem não é membro, pensar na Maçonaria como uma Escola no sentido “acadêmico”, como se houvesse uma grade curricular que envolvesse todo o conhecimento que existe ali dentro.

Quem pensa isso acaba acreditando, logicamente que, ao atingir o Grau 33, o Maçon passa a ser detentor de todo o conhecimento que existe dentro da Ordem. No entanto, nada poderia estar mais distante da realidade.

Mas, vamos por partes, para que você possa entender melhor o porque isso acontece.

Maçonaria: Duas Organizações, Uma Visível, Outra Invisível?

Existe um site Cristão, bem conhecido (A Espada do Espírito), do qual irei utilizar de um de seus Artigos, como base, para explicar algo muito importante para você, que não é Maçon, entender melhor como funciona a Ordem.

O nome do texto é justamente esse: Maçonaria: Duas Organizações, Uma Visível, Outra Invisível (dê uma lida, vale a pena).

O artigo, resumidamente, tenta demonstrar que existe uma “Maçonaria Invisível”, dentro da própria Maçonaria, onde estão os verdadeiros Maçons (que, para eles, são os Satanistas que preparam o Anticristo).

O argumento mais forte é uma citação do autor Manly Hall, que diz haver uma sociedade visível, que se dedica às atividades “éticas, educacionais, fraternais, patrióticas e humanitárias”, enquanto, a sociedade invisível “é uma fraternidade secreta e augustíssima (de majestosa dignidade e grandiosidade), cujos membros dedicam-se ao serviço dos arcanos”.

Ele diz a verdade, mas não da forma como é interpretada nesse artigo.

Para entender porque isso não é verdade, é preciso explicar algo muito triste, porém, muito verdadeiro, dentro da Ordem Maçonica. A maioria dos membros são altamente despreparados e a estrutura das Potências Maçonicas (GOB, COMAB, CMSB) não oferece nada que possa instruir seus membros com relação à tudo que a Ordem pode lhes oferecer.

Como eu dizia no começo, ser Grau 33 não garante que o membro seja detentor do conhecimento pleno da Maçonaria.

Porque isso acontece?

É porque não existe cobrança, de um Grau para outro, que exija estudo e conhecimento da Ordem (até existem alguns trabalhos, mas não são passíveis de “reprovação”). Ou seja, não existindo essa exigência, não há motivo para que as Potências Maçonicas organizem qualquer tipo de estudo referente aos Graus.

Tudo isso faz com que, para cada Grau que o Maçom avance, ele tenha contato com um novo Ritual, novos Símbolos e uma nova percepção da Filosofia Maçonica, sem que lhe seja fornecido um Material para lhe explicar (e, posteriormente, lhe cobrar) o MÍNIMO que ele – na condição de maçon daquele grau – deveria saber.

Devido a isso é compreensível que os não-maçons (como esses que escreveram o artigo em questão) acreditem, verdadeiramente, que existem duas ordens distintas dentro da Maçonaria, afinal, o que mais justificaria existirem maçons que conhecem tanto sobre a Ordem e outros que, praticamente, não conhecem nada?

Quando isso acontece é REALMENTE compreensível que fique a impressão de que estes maçons (que são bem distintos) fazem parte de Ordens diferentes, onde uma é realmente muito séria e instrui os seus membros, e outra, apenas o “clubinho” da cidade.

Era sobre isso que o Maçon Manly Hall se referia ao dizer que existe uma “outra ordem” onde os maçons conheciam os “verdadeiros arcanos”. São aqueles realmente dedicados, que estudam, debatem e frequentam as “academias maçonicas de estudos” para se aprimorarem no estudo dessa magnífica Ordem.

Mas, você deve estar se perguntando: “Como então os Maçons dedicados da Ordem fazem para se instruir”? Bem, material de qualidade é o que não falta (mas, isso será assuntos para próximos posts).

Por fim, para os que leram o Artigo do “Espada do Espírito” e acharam estranha a citação de Manly Hall (ao citar Lúcifer), não irei tratar dela agora. Haverá um post só para citações, similares a essas, em livros de renomados Maçons da história.

Para os que não leram, a citação foi:

“Quando o maçom aprende que o segredo para o guerreiro é a correta aplicação do dínamo do poder da vida, ele aprendeu o mistério de sua Arte. As energias ardentes de Lúcifer estão em suas mãos e antes que ele possa avançar para frente e para cima, precisa provar sua capacidade de aplicar corretamente a energia.”

Polêmico, não?

Continue acompanhando. Chegaremos lá…

[No Blog original, na categoria Maçonaria, você pode conferir a “parte 2” desse Post – e os textos posteriores]

Este post tem 33 comentários

  1. Henrique Estrela

    “…avançar para frente e para cima…”
    Isto quer dizer subir uma escada?

  2. leofromhell

    lúcifer seria o portador da luz, prometeu e afins.
    Ele seria o nosso eu superior =b
    Estou certo?
    O fogo (sem trocadilhos xD) é que a maioria das pessoas confunde ele, acha q ele é o adversário, satánas, mas o conceito de Portador da Luz é anterior ao cristianismo =b
    Esses sites “Cristãos” pegam uma citação e a interpretam ao seu bel prazer sem enxergar as entrelinhas.
    No mais, ótimo texto =)))))

    1. Gustavo N. R. Dias

      @leofromhell acontece que os Cristãos distorcem tudo ou quase tudo que eles tocaram ou vão tocar…

      1. Phillipe

        Gustavo N. R. Dias
        É verdade, distorcem e o que era certo passa a ser errado na visão utópica deles. rsrs

  3. Qualquer coisa

    Adoro quando os supostos “possuidores da sabedoria” por aí tomam as mesmas atitudes que os seus alvos de crítica. Como se generalizar todos os cristãos como se tivessem um só tipo de comportamente não fosse uma distorção da realidade…

    1. leofromhell

      interessante sua colocação xD
      Seria a mesma coisa q chamar tdos os muçulmanos de homens bombas e etc, a única coisa que fico p da vida é quando vem alguém que seja ateu, cristão, muçulmano, hindu ou whatever venha flar do assunto sem saber nada e age de forma totalmente preconceituosa ao falar do assunto e tenta me convencer que determinado pensamento é o certo e que eu vou para o inferno por pensar do meu jeito.
      Mas se o cara expor os argumentos de alguma forma proveitosa, pode ser qlqr pessoa, até um alien xD que eu ficaria feliz de conversar
      Mon pardon se nessa frase eu generalizei: “Esses sites “Cristãos” pegam uma citação e a interpretam ao seu bel prazer sem enxergar as entrelinhas.” Porém foi um lapso, pois só conheço sites cristãos que xingam os outros pensamentos, porém deve haver outros =x
      Ah! e note, q eu coloquei “Cristãos” em aspas justamente para não ter essa conotação que vc (se estava se referindo ao meu comentário) achou que tinha, pois conheco verdadeiros Cristãos que respeitam os pensamentos dos outros e que sempre adoro conversar.

      1. matheus

        esses crente que entra pra Ordem só pra sair e meter o pau é foda! Perdem a honra pra ficar mentindo depois

  4. Cezar

    hmm, isso explica muita coisa..

  5. Thiago

    Mesmo hj em dia vc ainda precisa ser convidado para se tornar um Maçon?

    1. Ainda precisa ser convidado. E lhe pergunto: Porque haveria de ser diferente?
      Se mesmo indicando as coisas estão como estão, imagina se não fosse assim.

  6. sincero

    a única coisa que serve na maçonaria para os maçons é a relação social, para os não-maçons, são as ajudas recebidas pela filantropia, mas eu fico com a pulga atrás da orelha se eles ajudam assim só por ajudar ou pq tem algo em troca.. espero q eu esteja errado.

    1. João

      A questão da ajuda filantrópica com certeza tem um objetivo, oferecer aos menos necessitados o que temos de melhor a oferecer. Na vida temos a lei da ação e reação – o que fazemos, receberemos de volta. Eu costumo a questionar aos que me dizem que se a maçonaria é secreta, então é do mal, se eu teria acesso a uma reunião privativa de pastores ou padres sem eu ser um deles; se eu poderia participar de uma reunião de uma diretoria de empresa sem fazer parte desta diretoria… Se não fizer parte destas agremiações com certeza seria questionado do porque estaria com interesse de saber o que queria fazer por lá. O que ferra são as pessoas não saberem do que falam e apenas repetem o que pessoas que não sabem nada repetem de outros… E ainda assistem palestras de ex-maçons que dizem que já viram o demo por lá – engraçado que faz 12 anos (fora o tempo que participei da ordem demolay) que nunca vi nada parecido, muito pelo contrário… Mas com certeza vão dizer que é porque não conheço a tal da “maçonaria invisivel e oculta dentro da própria maçonaria”… Realmente é de ferrar a biela (pra não dizer outra coisa).

  7. Gustavo

    Provavelmente a energia que ele se refere é a energia “sexual”, daí o uso do “avental”?

    1. Nesse caso é improvável que tenha se referido a isso, já que ele não lida com essas questões, diretamente.
      O uso do avental vem dos Operativos mesmo (mas nada impede de colocá-lo em um contexto metafísico – afinal, ele também pode ser “consagrado” para servir a alguns fins em específico).

  8. Augusto

    Caro Marcelo,
    Não sou maçom. Todavia, sou uma pessoa estudiosa que se interessa pela maçonaria, principalmente, pelos valores maçons. Quem estuda história (a oficial e a não oficial) sabe que a maçonaria sempre esteve na vanguarda do que conhecemos por civilização ocidental.
    Sem delongas, vejo que a polêmica passagem do texto de M.P. Hall está em simbólica, como de costume, (assim acontece com a Bíblia) para que só os iniciados na arte real saibam seu significado.
    Mas, com base no que já li, uma interpretação que pode ser feita diz o seguinte: “as energias ardentes de Lúcifer” seriam os instintos primitivos do homem (ódio, inveja, ira, etc) que corrompem o seu caráter, impedindo-o de alcançar a perfeição moral.
    Isto tem uma estreita relação com a lei hermética das polaridades opostas, ou seja, impõe-se reconhecer que nenhum homem é totalmente bom, nem totalmente ruim. Trazemos dentro de nós o bem e o mal e cumpre-nos, portanto, estimular o bem (exemplo: fazer caridade) e controlar o mal (exemplo: inveja).
    Por isso que o maçom deve sempre buscar a luz, que significa buscar a razão, o racionalismo… buscar a verdade desprendido de dogmas (sejam eles quais forem) para que seja um pensador livre… e elevar-se (daí, o texto dizer “para frente e para cima”) significa aprimorar-se moralmente.
    Um abraço e parabéns pela iniciativa de botar a moçada para pensar!

    1. Yasmin

      Adorei sua explicação, Augusto! Obrigada !

    2. Luciano

      Bela análise! Assim enriquece o debate e torna feliz a humanidade.

  9. Marcia

    Adorei a explicação tb Augusto. Esclarereu muita coisa, inclusive o fato de que uma
    sociedade “ignorante´´ sobreviva de julgamentos errôneos acerca de assuntos que, conforme referí, ignoram totalmente o conteúdo.

    1. Eduardo

      Bando de infelizes vcs,dizendo barbaridades sobre a ordem maçônicas,vão procurar o que fazer seus imundos e nojentos,vcs não sabem o que falam,tenho honra de ser maçom,ser católico e amar a deus
      @MDD – Hummm, na verdade, se voce é mesmo maçom, saiba que voce foi EXCOMUNGADO, porque a bula papal que condena a Maçonaria nunca foi revogada…

  10. Rico

    Ora, ora…
    Há tanta desinformação propositalmente inserida na mídia, internet, que ninguém realmente saberá o que é ou não Maçonaria e nem mesmo o que se faz lá dentro.
    Sinais de reconhecimento, apertos de mãos secretos… tudo isso muda de tempos em tempos.
    O que realmente importa é que a Maçonaria é o braço forte da liberdade, das garantias sociais. Um esteio de honra e de lutas em prol das sociedades através dos tempos. Aos cristão evangélicos, digo: graças à Maçonaria, suas denominações religiosas existem hoje. Graças à Maçonaria, Luthero foi libertado e protegido para traduzir a Bíblia e promover as “reformas”. Graças ao Pastor Protestante James Anderson, o protestantismo chegou com força e vigor aos Estados Unidos. Graças aos Maçons, a Igreja Batista se instalou no Brasil, funcionando provisoriamente dentro de seus templos.
    Portanto, antes de falar bobagens infundadas, pesquisem mais!
    E, se bem querem saber, deixem a Maçonaria em paz, pois que ela trabalha em paz para garantir a SUA liberdade.

  11. Antonio Augusto

    Eu tenho medo desse tal de Espada do Espírito (de porco). Já pensaram esse pessoal no poder? Nem vou continuar meu comentário.

  12. R.M. Dourado

    Já faz algum tempo que tenho me interessado pelo misticismo, esoterísmo, Espiritismo, entre outros. E uma das primeiras coisas que procurei foi saber mais sobre a Maçonaria. Entretanto, com muitos maçons que conversei, não senti forte o lado espiritual, só o material; logo, não me senti a vontade de perguntar sobre a ordem e demonstrar interesse, para não parecer que o meu interesse era superficial ou por vaidade. A partir dai, fui buscar na internet algum conhecimento sobre o assunto, mas que fosse filosófico. Eu encontrei o I.P.E.P (Instituto Paramaçônico de Ensino e Pesquisa – http://www.lojamaconica.org.br/), que semelhante a AMORC, realiza o envio de pergaminhos ao postulantes na medida que avançam nos estudos. Então pergunto, alguém neste fórum já soube desta instituição? O conteúdo que eles apresentam é coerente e pode ajudar na busca por conhecimento espiritual? Fico no aguardo.
    @MDD – Fuja para as colinas, Bino! é uma cilada!

    1. nico

      a única exigência espiritual ao maçon é: crer em uma entidade geradora, ou criadora, ou princípio, ou transformadora, etc; e o respeito a todas as crenças espirituais, sem recomendar alguma;filantropia, aperfeiçoamento moral e luta contra todo tipo de despotismo, pregando a fraternidade e a liberdade são seus princípios.O espiritual é consequência.

  13. Rodrigo Rodrigues

    Bom dia , oque e minha duvida realmente e se você ingressa na maçonaria voce automaticamente estara vendendo sua alma ao diabo? desde ja grato pela resposta e minhas desculpas por ser tao leigo ….
    @MDD – a resposta mais séria é que esta pergunta é absurda per se, mas estou supondo que você realmente esta me perguntando isso a sério. A resposta é NÂO, os Maçons procuram o aperfeiçoamento moral e espiritual em estudos, obras de caridade e companheirismo. Usam a biblia em seus rituais e em sua grande maioria são cristãos.

  14. Marcelo Augusto Claro

    o final da citação ficou com aquele tom de: “com grandes poderes vem também grandes responsabilidades.”

  15. Humm Feliz 2015 a todos , estava lendo meus alfarrábios e deparei com esta controversa , bem maçonaria quando foi fundada no Brasil, era superrrrr restrita e muito mistica segregada a alguns mestres de antanho(me desculpem os mestres que estão no oriente eterno) , pegavam toda a ritualística, da maçonaria Inglesa e a transportava para cá , o tempo foi passando em nosso país, logo a Maçonaria não Operativa , começou a sentir a necessidade de se expandir e esta expansão surgiu na ditadura quando começou a vir o pensamento americano na nossa Maçonaria, os graus e ritos são secretos em todo lugar no mundo só mudando a decoração das lojas , ainda tem esta ordem muito prestigio só que o controle das potencias grandes lojas e grande oriente é questionável … alguns aceitem as imposições outros não … só me é permitido vir até aqui , do contrario estaria entrando em águas, muito mas muito profundas ok…..mas fique tranquilo , quaisquer réplicas ou refutação são automaticamente rejeitadas pirotecnia pura …..vai torrar a vontade …kkkk vou voltar a Kripta …um abraço

  16. Humm Feliz 2015 a todos , estava lendo meus alfarrábios e deparei com esta controversa , bem maçonaria quando foi fundada no Brasil, era superrrrr restrita e muito mistica segregada a alguns mestres de antanho(me desculpem os mestres

  17. Carlos

    “As energias ardentes de Lúcifer estão em suas mãos” se pela tradução da palavra do latim “lux fero”, portador da luz, a “energia ardente de lúcifer” na sua mão, seria a “luz” ou o fogo de prometeu… Não me lembro qual coluna daqui fala disso, mas que tem, tem.
    “precisa provar sua capacidade de aplicar corretamente a energia” Dai ao invés de usar esse “poder” pra dominar outros, você usa no domínio de si mesmo pra assim ascender ao infinito e além…
    Pergunta: passei perto ou longe? kkkk

  18. Jackson

    Gente eu nunca ri tanto em um post. O melhor de tudo foi o cara perguntando se ia vender a alma pro diabo. Eu aprendo muito aqui e me divirto ao mesmo tempo, best blog ever!
    Muito feliz de ter encontrado esse blog ^^

  19. Tiago

    Eu acompanhava o blog Maçonaria e Satanismo. Uma pena ter parado com as publicações.
    A maçonaria possui um grande número de profanos de avental, mas isso não é exclusivo da Ordem dos pedreiros livres.
    É uma pena a “educação maçônica” seguir o modelo continuado do Estado, ou seja, a pessoa mal sabe pesquisar, mas “passa de ano”.
    Do mais, seguimos.
    Att.

  20. FC

    O pior de tudo é que sempre que leio “Satanás” eu lembro da bruxa do 71…
    Ai o povo não entende porque o conhecimento precisa continuar oculto… Da um diploma pra um Jegue e logo ele vai estar dando aula sobre como carregar peso, mas com palavras técnicas ao invés de relinchar.

Deixe uma resposta para Anônimo Cancelar resposta