Hércules – Herakles

Esta figura, protótipo do herói triunfante, do homem que através de uma série de esforços e aventuras consegue “divinizar-se”, ou melhor, retornar a suas origens divinas (já que é filho de Zeus-Júpiter), é talvez a mais importante e exemplificadora da Antigüidade greco-latina. Sua simbólica inclui não só os doze famosos trabalhos e provas em que deve realizar as exigências de Hera-Juno, a contraparte feminina de Zeus-Júpiter (este último, símbolo do espírito fecundador), senão igualmente uma série de fabulosas vitórias que correm casadas com suas nutridas fraquezas. Esta oposição entre as energias masculinas, celestes e espirituais, e as femininas, terrestres e materiais, prefiguradas pelo casal olímpico Zeus-Hera (Júpiter-Juno para os romanos), marcará a vida de Heracles-Hércules, nascido humano e que, por meio dos combates purificadores de toda sua existência, é recebido no Olimpo como o filho preferido de seu Pai celestial, em razão do continuado sacrifício mediante o qual não só venceu a inumeráveis inimigos externos, senão que pôde sair vitorioso dos combates internos contra suas indefinidas tendências para a densidade, reflexo de seus inumeráveis egos, antes de aceder ao conhecimento e à paz, emblemas da imortalidade da alma e da vida eterna que finalmente consegue por seu espírito combativo, sublimado pela busca constante do Espírito e da Verdade, através de um percurso limitado por erros, retificações e conquistas.

Narrar os trabalhos, façanhas e aventuras deste herói levaria pelo menos um volume. Limitar-nos-emos a dar aos leitores alguns dos elementos da rica simbólica deste personagem mítico, lembrando que todos seus infortúnios e quedas são provocados por Hera, imagem de seus impulsos destruidores e descendentes, já que esta divindade lhe amaldiçoou pelo fato de ser filho de seu esposo Zeus (o espírito ascendente), que lhe foi infiel ao procriar a Heracles fora de seu olímpico casamento, razão pela qual o herói humano deve ser objeto de sua vingança e sua nefasta influência. É importante lembrar que o nome Heracles significa “a glória de Hera”. Assinalaremos que todos estes “trabalhos” ou combates têm o discurso de um poema continuado e se referem à purificação do espírito graças à vitória sobre os escuros impulsos “materiais”, ou seja, entre a oposição e a complementação do mais sutil e do mais denso.

Em suas primeiras ações Heracles domina o javali de Erimanto, vence ao touro de Creta e afoga ao leão de Nemea. Todos estes animais simbolizam as forças vivas das paixões, às quais o herói deve se impor sem as negar, já que as deve enfrentar como obstáculos em seu caminho. Igualmente subjuga a rainha das amazonas, ou seja, a sua parte passiva e escura, um de seus egos inestáveis. Também mata a hidra de Lerna, imagem desses egos serpentinos aos que é quase impossível cortar a cabeça, trabalho que se lhe facilita por ter anteriormente limpado do esterco as cavalariças de Augias. Logo, impor-se-á sobre o gigante Gerião e sobre Anteu e Diomedes, símbolos da bestialidade e do antiespiritual, e pode assim caçar os emissários celestes, os pássaros do lago de Estinfalo, o que lhe permitirá obter vivo ao veado dos pés de bronze, imagem da ligeireza, leveza e rapidez. Finalmente, chega ao jardim das Hespérides, onde obtém o fruto áureo de seus esforços, o que lhe facilita dominar o cachorro-monstro de três cabeças, Cérbero, guardião do Tártaro (como o dragão em outras tradições), último de seus obstáculos no caminho da reintegração ao Si Mesmo.

Este post tem 14 comentários

  1. Herculano

    Duas figuras históricas de grande força foi Hercules (mitologia) grega e Sansão (biblia sagrada) tem algo que liga eles?ou a força sobre humana dos dois é só coincidência?

  2. Fernando martin

    Tio, até 1 minuto literalmente, eu não entendia o porque do seu tão grandioso interesse em mitologia ao ponto de torna-se uma referência nacional (ou até maior pelo visto) no tema.

    Para mim era só um amontoado de “contos de fada” para ser sucinto.
    Hoje tive uma relação um tanto quanto especial com o Sol. Nem vou tentar explicar, pois nem sei por onde começar.

    E então fui pesquisar um pouco e quem me aparece.. “Ra” obviamente.

    Então, pergunta..

    Estudar a mitologia egípcia pode trazer “clareza” ao meu ser? Posso estuda-la com tal objetivo? Pois para mim este foco é uma alavanca monstruosa de motivação.

    Forte abraço Marcelo!

  3. AD&D

    É sem duvida um ótimo mito.

    Abraços

  4. Guilherme

    E há alguma relação astrológica dos 12 trabalhos com os 12 signos, ou alguma coisa do tipo??

  5. Pepeto

    Ia perguntar a mesma coisa que o Guilherme aí em cima.
    Queria saber também sobre o nascimento de Héracles, pois em outro post, você fala sobre os empilhamentos de lendas e conta que Zeus nunca traiu Hera (ou tou errado?).

  6. raph

    E pensar que hoje em dia ele é um herói da Marvel… heh a mitologia certamente tem níveis de entendimento à parder de vista.

  7. Luiz

    E, já que tamos falando da jornada pelo zodíaco, vc já viu o novo artigo do ceticismo aberto?

    @MDD – Vi e já xinguei o povo por lá. estamos fazendo a análise estatistica de 100 pilotos de F-1
    para verificar se há ou não distorções nas combinações dos signos planetários e que tipo de distorções seriam elas… ao o autor do blog cético atravancou tudo, fez uma análise do signo SOLAR (ou seja, 100 valores, ao invés dos 900 valores que devem ser feitos em uma análise séria) e chegou à conclusão que astrologia de revista capricho não funciona (dãaaaaa).
    Estamos em vias de publicar este trabalho, mas como a coisa é feita com seriedade, tudo é checado e rechecado várias vezes, para não ter maneira dos céticos encherem o saco depois, então está demorando pra ficar pronto.

  8. kK

    Acho que a metáfora mais escrachada é ele ter dominado as serpentes quando criança no berço, que Hera enviou para matá-lo.

  9. diogo

    Thor também está na marvel, junto com Loki, Odin….

  10. D'Artagnan

    “E pensar que hoje em dia ele é um herói da Marvel”

    E coadjuvante nas historias da Mulher Maravilha!

    E eu li uns textos que a SCA disponibiliza relacionando os 12 trabalhos aos 12 signos.

  11. Victor

    DD, no texto “Como assim, Zeus nunca traiu Hera?” você disse que a paternidade de Héracles foi assossicada a Zeus através dos empilhamentos de histórias. Zeus teve seis casamentos antes de casar-se com Hera, os sete casamentos sendo alegorias para os chackras.
    Neste texto, Hércules é filho de Zeus, e seus trabalhos são a alegoria do filho (humano) buscando retornar ao pai (todo).
    Teoricamente, uma alegoria “nega” a outra, mas analisando-as como alegorias, elas são como sistemas isolados, sem que uma negue a outra, certo?
    Sei que deve ser meio óbvio isso que falei, mas é bom esclarecer pra que depois não venham dizer que uma coisa contradiz a outra…

  12. Gisele

    Olá, Marcelo

    Já leio sua matérias há bastante tempo mas nunca deixe comentário, mas como ando fazendo algumas buscas sobre seitas e fraternidades me deparei com algo que me gerou duvida.

    Posso ter entendido errado, mas você tem grande simpatia pelos templario e que igualmente assiste à missas cátaras, porém isso não é contraditório já uma é catolica ortodoxa e a outra acredita no deus criador do mundo(maligno) e no deus uno de todos os universos?

    @MDD – Voce esta confundindo TEMPLARIO com CRUZADO. São duas coisas diferentes!!!

  13. Vinicius

    Olá marcelo. Li o comentário sobre astrologia e lembrei que vc estava fazenso uma pesquisa sobre as irmãs gêmeas de um dos leitores, sobre o mapa astral… Vc posta os resultados aqui pra gente? abçs

    @MDD – na verdade, vc fez um lembrete fantástico, pq eu simplesmente tinha esquecido desse assunto !!! Shame on me! Eu cheguei a anotar a data de nascimento delas e, depois, por conta dos textos de Rei Arthur, esqueci completamente do assunto. Alguém pode postar aqui o link pros comentários a respeito disso para retomarmos o post?

  14. Gustavo Dourado

    Tio estou meio atrasado nas matérias ma to atualizando tudo, tem um texto no sedentário, “como assim? Zeus nunca traio hera?” Hercules é só uma figura Simbólica? Não entendi muita coisa não, ou nada digamos, o senhor pode me explicar? Como Zeus não traio Hera e neste texto temos que Hércules é filho de Zeus?
    abraço!

Deixe uma resposta para Mih Cancelar resposta