Católicos versus Evangelicos: Fight!

Publicado no S&H dia 16/12/09,

Neste clima natalino, recebi estes dias um SPAM muito pitoresco, que em pouco tempo acabou se tornando uma Guerra de emails nas listas católicas e evangélicas. O motivo?

Você se lembra do pastor Sérgio Von Helder?

Acompanhe a história atentamente. O Email dizia o seguinte:


Para refrescar a sua memória: 12 de outubro de 1995 , dia de Nossa Senhora Aparecida, durante o programa “Palavra de Vida”, transmitido pela TV Record, o pastor Von Helder teve o que podemos chamar de acesso de fúria, bestialidade, descontrole e total falta de respeito pela crença alheia e começou a chutar a imagem da padroeira do Brasil, gerando uma das maiores polêmicas religiosas da história recente do nosso país.

O “bispo” da Igreja Universal do Reino de Deus acabou condenado por “incitar a discriminação de preconceito religioso, por meio de palavras e gestos”, mas a maior pena ele nunca imaginava qual seria…

Um dia desses, na TV Canção Nova (canal 20 UHF RJ), durante a homilia o Padre Edmilson relembrou o fato que nos parecia tão distante, mas que ele trouxe à tona pelo final mais do que surpreendente.

Um tempo depois do episódio, o pastor Von Helder passou a sentir fortes dores na perna esquerda, a mesma que ele havia chutado a imagem da santa. Aos poucos as dores até então sem explicação foram aumentando até um ponto que ele teve que procurar auxílio médico. Von Helder tentou vários tipos de tratamentos no país, mas sem nenhum resultado… a dor simplesmente não melhorava.

Recomendado pelos médicos, Sérgio foi procurar ajuda nos Estados Unidos, numa clínica especializada. E lá passou um bom tempo internado. Segundo o próprio Sérgio, o tratamento era o melhor possível e o atendimento exemplar. Mas havia uma enfermeira que sempre lhe dedicou uma atenção especial, acompanhando- o durante todos os momentos difíceis e de muita dor, principalmente durante as noites em que a dor insistia em não passar, cuidando de sua perna e dando-lhe conforto e esperança. E assim o tempo passou e aos poucos o tratamento foi dando resultado, até a cura completa.
Sua alegria era tanta que, comovido, resolveu dar uma festa de agradecimento e despedidas para toda equipe que havia cuidado dele.

Durante a festa, Sérgio notou que a tal enfermeira, que havia sido tão importante em sua recuperação, não estava lá. Então foi procurar o diretor da clínica para saber do seu paradeiro. Perguntou a ele onde estava a tal enfermeira, negra, simpática e atenciosa, que havia confortado-o em todas as noites de dor e desesperança… Para o espanto de Sérgio, o diretor falou desconhecer tal enfermeira e que não havia nenhuma enfermeira negra trabalhando naquela área do hospital. Sérgio ainda insistiu, perguntando inclusive para outros médicos e enfermeiras se não poderia ser de alguma outra área, mas ninguém fazia idéia de quem ela fosse….

Foi aí que o ex-pastor Sergio Von Helder caiu de joelho aos prantos, no meio da festa, se dando conta do que tinha acontecido.. . Ninguém entendeu nada na hora, mas não havia o que entender. Sérgio se deu conta de que, neste tempo todo, a enfermeira que esteve ao seu lado em todos os momentos de dor e dificuldade era Nossa Senhora Aparecida. Tomado de vergonha e remorso, o Sérgio se converteu ao catolicismo e hoje conta a sua história para quem quiser ouvir… um testemunho de fé tardia, mas nunca é tarde para a bondade infinita de Deus e o carinho e amor maior de Maria, nossa Mãe, que mesmo humilhada não abandonou seu filho na doença.

Pra quem quiser conferir o depoimento do ex-pastor, fique atento por que a Canção Nova vai transmiti-lo em breve.

AMIGOS ESSA MENSAGEM É PARA QUE NUNCA A GENTE DÚVIDE DO PODER DE NOSSA SENHORA.

—————
Ok… você não precisa ser nenhum Kentaro Mori para saber que este email cheira a picaretagem… uma historinha natalina de milagre, arrependimento e perdão da nossa mãezinha Maria Madalena N. Sra Aparecida, tão comovente que deveria ser filmada pela mesma trupe que realizou a biografia do nosso ex-presidente etílico.
Mas, como diria o Imperator da ATEA: “Onde estão as evidências?”
A história do email parece mesmo muito mal contada, com doenças incuráveis e misteriosas coincidentemente no mesmo pé blasfemeador, enfermeiras ninjas que desaparecem em um piscar de olhos e miraculosas conversões.
Nem preciso dizer que, no dia seguinte, as listas de discussão evangélicas estavam pegando fogo; muitos ameaçavam converter-se ao catolicismo, outros bradavam que aquilo poderia ser um embuste. Nas listas, blogs e sites católicos, a bandeira da vitória erguida…

Não tardou para receber outro Spam, que coloco adiante:
A história lembra aqueles milagres que muita gente diz que presenciou, mas que ninguém consegue provar. Sérgio Von Helder, o pastor da Igreja Universal que em 1995 chutou uma imagem de Nossa Senhora Aparecida, no dia da padroeira, teria se convertido ao catolicismo. O boato começou na internet, chegou a dois jornais do interior de São Paulo, foi publicado em uma respeitada revista católica, a Pergunte e Responderemos, editada pelo insuspeito dom Estêvão Bettencourt, monge do Mosteiro de São Bento do Rio de Janeiro, e acabou no Programa do Ratinho, no SBT. Também congestionou as linhas telefônicas e lotou caixas de e-mails das emissoras de tevê católicas do País. Mas o milagre virou mico. Von Helder trabalha no escritório da Universal, em Nova York, seguindo ordens do chefão Edir Macedo, o patrono da Universal. Tanto que a mando do chefe, ele teria intermediado as aquisições de um canal de tevê em Atlanta e de uma emissora de rádio em Nova York.
A publicação levou muitos católicos a acreditar no falso milagre. O fato ganhou ainda mais repercussão quando um programa da tevê Canção Nova, emissora católica de Cachoeira Paulista, no Vale do Paraíba, interior de São Paulo, baseado na revista de dom Estêvão, divulgou o milagre como se tivesse ocorrido. Procuramos Von Helder no escritório da Universal em Nova York. O bispo não retornou às ligações até o fechamento desta reportagem. De qualquer forma, este é mais um round na batalha que católicos e evangélicos vêm travando desde meados dos anos 90. E esse assalto parece ter sido vencido pelos discípulos de Edir Macedo.

TOTAL FAIL.

Quem acompanha a coluna sabe que a gente se diverte com as maluquices e invencionices do “vale tudo religioso” para conseguir o Dízimo, mas esta troca de emails me chamou a atenção… até que ponto pode ir a batalha pela grana fé? Vale a pena inventar uma história cabulosa que pode ser desmentida facilmente via emails? ou não?
Tenho recebido relatos de que esta história tem sido contada nos cafundós do Brasil, onde são poucos os inclusos digitais e as notícias caminham ao passo de século XVII; que tem causado um bom estrago nas fileiras da IURD, já que desmentir uma lenda urbana é muito mais difícil do que criá-las.

E você, leitor, o que acha de tudo isso? vale tudo pelo Dízimo?

Este post tem 35 comentários

  1. burkhardt

    Acho que tudo é valido pelo dizimo. Assim como pela fé.

  2. Douglas Donin

    Acredito que aquilo que pode ser explicado pela ignorância não deve ser atribuído por default à idiotice, e aquilo que pode ser explicado pela idiotice não deve ser atribuído por default à má-fé. O problema, DD, é que para muita gente esta NÃO É uma história incrível, maluca e escabrosa. Tenho certeza que quem repassou o fez porque a história pareceu bem plausível e adequada. “Tem Maria e milagre no meio? Deve ser verdade então…”

  3. Rodrigo M S

    Achei a história tão bonita, que queria muito que ela fosse verdade. Mas sinceramente, não acredito nenhum pouco… e digo isso sendo católico, porque de picaretas e manipuladores todas as Igrejas estão cheias porque são gerenciadas por humanos falíveis e imperfeitos. De repente o monge quis fazer uma parábola, será?

  4. Daniel Alves

    O que mais me impressiona nesses tipos de situações é a total falta de respeito pela fé alheia, por parte de pessoas que seguem (dizem seguir) o cara que falava de respeito, compreensão, tolerância, paz e amor.

    Fui criado católico, depois agnóstico por muitos anos e acabei virando umbandista. Tenho bons amigos evangélicos, católicos, umbandistas, espíritas e ateus – não temos nenhum problema de religião, afinal todos somos livres para acreditar e pensar da forma que quisermos.

    Primeiramente, eu acredito que não faz qualquer diferença se Jesus era, de fato, filho de Deus ou não. Ele falava de muitas verdades universais que, ao serem adotadas pela humanidade, poderiamos evoluir muito mais como espécie. Deixar estruturas religiosas “artificiais” definir se deve ou não escutar o cara é meramente estupidez. Além disso, no caso do pastor evangélico da história, destruir a imagem da santa em público dessa forma é um total desrespeito e intolerância com os outros – indo exatamente contra os ideais do tal CARA que tanto pregam.

    Por outro lado, tentar virar a história com testemunhos e/ou lendas por parte do padre entra exatamente no mesmo saco – o que aconteceu com “dê a outra face”?

  5. Lincoln Mansur Coelho

    Mais uma da série “Pequenas Igrejas, grandes negócios”….

  6. mINDIGÃO

    Mudando de assunto, Deldebbio, por que o gato é, considerado por alguns maçons, um animal ao qual o homem deve imitar?

    Onde consigo saber mais sobre isso?

    Abraços.

  7. Rias

    Vale tudo pelo Dízimo? Claro que não! Na verdade dízimo não teria nem que ser citado dentro de uma igreja. Dá quem quer, imagina só se dinheiro fosse fazer falta para a “casa de Deus”?
    Os princípios do dinheiro são muito diferentes dos princípios de uma religião.

    PS: Eu não sou Ateu, mas até hoje não encontrei nenhuma religião que me confortasse, o mais próximo disso que eu encontrei foi aqui no deldebbio! 😀

  8. Paulo Bent

    Texto bem escrito, divertido e explicativo sobre um fato que já quase caiu no esquecimento. Só não encontrei a necessidade de fazer uma referência pejorativa (e totalmente fora do assunto) ao ex-presidente. Coisa de lavadeira…rsrs

    @MDD – Na época em que foi publicado, ele era o presidente ainda. Hoje é só um sujeito lutando contra seu próprio karma.

  9. BRRyushi

    Pq Maria Madalena? Pq a igreja enganaria o povo substituindo Maria Madalena por Maria Mãe de Jesus? Qual o respaldo?
    Existe a Santa Maria Madalena, mas é outra, não a Nossa Senhora. Senão a Trindade não faria sentido
    Pai (deus) Mãe (Maria Mãe de Jesus) e Filho (Jesus)
    olha como ficaria Pai(Deus) – Mãe (Maria Madalena) e Filho (Jesus) = Jesus filho de sua esposa? errrr

  10. orsi

    Não sou evangélico, pelo contrário sou espiritualista, mas temos que admitir que a igreja católica tem experiência em inventar istórias e elas tornarem-se “verdades”. A vida de Jesus mesmo foi assim. Claro que hoje os tempos são outros e podemos provar o que realmente acontece.

  11. Rennan Rennaldeli

    Olá amigos ; A versão ” oficial ” , contada pelo próprio Edir Macedo na sua biografia autorizada , é que ele foi destituído da posição de bispo , por maltratar os pastores mais novos , recém chegados a cidade de Nova York onde ele era ” responsável ” ; Ao ser chamado na chincha e exigido que se retratasse , ele se recusou , então , teve que cantar para subir …

  12. Alex

    Ao que me parece está valendo… ¬¬

  13. Moscavich

    Acho que ambas agem como se fossem detentoras da salvação e generosidade de Deus. A minha opinião é a de que ambas não levam o homem comum de forma consciente através do caminho, mas no final prestam uma espécie de serviço “político religioso” que, sem querer apoiar, ainda é necessário para guiar as massas. Se com elas é ruim, sem elas “poderia” ser pior.

  14. Magno

    Me contaram que ele tinha perdido a perna, por causa de uma queda.

  15. Kamila Carvalho

    Marcelo, perdoe-me a ignorância, mas existe uma briga entre os evangélicos agora, que é nova e está começando a fazer barulho. É a briga entre os crente de Jesus e os Crentes de Yaohushua. Os segundos defendem que Jesus é o nome de um demônio, que os tradutores adulteraram para fazer perder as almas, e que só se salva aquele quem invocar o nome Yaohushua (e realmente muitos versículos da Bíblia falam algo nesse sentido: “quem invocar esse nome será salvo”; “só foi dado um nome para sermos salvo” “meu nome é yaohu e esté é meu nome eternamente”etc.

    Fiquei muito confuso e queria pelo menos uma direção a seguir. Onde está a verdade nessa história e vc teria algum artigo que fale sobre esse assunto? Muito obrigado, de antemão.

  16. Phillipe

    Ri litros, 99% de toda população mundial é influenciável. kkkkkkk. Imagina os caras que eram evangélicos se convertendo para o catolicismo, e depois verem que é tudo mentira, vão rasgar as beiras do **.

    Ganhei meu dia, obrigado frater MDD.

    Paz profunda

  17. Edel

    Vivendo e aprendendo….Valeu @MDD

  18. Nando

    Acredito que existe aí muita coisa além de grana. Creio que o que está em jogo, além, claro, do dinheiro, é o orgulho e a briguinha de egos cultivada por longo tempo. Por óbvio, ninguém vai querer dar o braço a torcer e perder essa queda de braços de egos, esquecendo-se completamente da essência de uma religião. Lamentável.

  19. Daniela

    Olá Marcelo, venho acompanhando seu site a algum tempo e me maravilho com cada coisa que leio aqui.

    Fui criada em meio a católicos, porém meu pai se “converteu” a Igreja Quadrangular. Posso falar que é um pesadelo em casa, não podemos falar de religião sem brigar. Eu mesma já nem vou a igreja por não concordar e ver que não faz sentido tudo aquilo.

    No caso da matéria, essa briga vai muito longe, pena que com isso gere uma raiva imensa entre religiões, das quais ensinam tanto o amor ao próximo… mas somente para aqueles quem PAGAM O DÍZIMO! Acho triste que isso venha acontecendo a muitas pessoas…. E o que eu não agüento nem ouvir falar é o showzinho das evangélicas (cantores que são pops, até em uma teve luta de boxe, só para atrair os jovens) só para atrair mais e mais gente pro seu rebanho (povo gado).

    O nosso país, com tantos impostos que nos são cobrados, deveria avaliar e começar a cobrar impostos das igrejas, queria ver os bispos sonegando hehehehehe.

    @MDD – LUTA DE BOX GOSPEL ?!?!?!?! não falta mais nada…

  20. Matt

    O problema das religiões são as pessoas… não tem o que falar.
    Católico não tem dízimo obrigatório, nem os famosos 10%…Isso é, infelizmente, coisa dos evangélicos… Não entendi ao certo o que o senhor quis dizer com “vale tudo pelo Dízimo?”.
    Nunca, de verdade, ví alguem comandar a igreja católica e ter muito dinheiro por isso, levantando outras igrejas, comprando canais e/ou abrindo escritórios em outro país. Muito menos vendendo meia a 150 reais ou paninho milagroso por 80, etc, etc…

    Qualquer fanático pode lançar uma história beneficiando alguma religião ou crença… Não acredito que isso seja guerra como o senhor sugere.

    @MDD – nunca viu ninguem no comando da ICAR que seja rico? santa inocencia , Batman. Procura no google por imagens relacionadas à palavra “vaticano”… deve ajudar na sua busca.

    1. Phillipe

      Matt

      Os empresários da ICAR usam “laranjas” para colocar os bens já que não podem ter em seus nomes os padres (empresários), e colocam tudo em nome da mãe, do pai, do irmão, do zelador e usufruem.

      Só não vê quem é cego.

    2. Raphael

      Dizimo é coisa de evangelico? Até onde eu sei dizimo é biblico e não evengelico, protestante, catolico ou sei lá o que.

      E a ‘tia’ do ensino fundamental me ensinou que dizimo e 10% são a mesma coisa…

      @MDD – E voce esta por fora… a moda agora é o trizimo nas Igrejas Evangelicas… 10% pro pai, 10% pro filho e 10% pro Espirito Santo.

  21. felipe Genuino

    O pior é que perceber que tanto esses católicos quanto esses evangélicos adoram ver o outro da outra religião “queimar na fogueira”. Se o outro é herege ou “ainda não é de cristo” ele vai sofrer pelas mãos do senhor. Daí quando aparecem essas historias que falam que fulano foi castigado, ficou cego, paraplégico, doente por que não quis aceitar essas doutrinas, aparecem também o delírio e o prazer medieval desses fieis.

  22. Lotus Eater

    Essa lenda urbana é muito famosa nos municípios fronteiriços e próximos de Aparecida. Lembro de ouvi-la no catecismo, juntamente com o dramático conto da senhora que desprezava a santa igreja e que acabou por fulminar sua própria missa de sétimo dia conjurando o fogo do inferno bem em cima do altar-mor, para desespero dos devotos que oravam por sua alma irremediavelmente condenada.
    Agora, não sei se minha memória infantil embelezou a história com o tempo, mas na versão que ouvi o pobre bispo tinha perdido as duas pernas para uma misteriosa e voraz gangrena espontânea.

    De qualquer jeito, me espanta o que esse pessoal aí considera adequado para spammar no Natal =P
    Até meus parentes catoléricos se limitam a encher Jesus de glitter e desejar boas festas.

  23. fausto

    O que esperar de religiões de fé cega, as duas baseadas em textos alterados.

  24. Cícero

    A Igreja parece querer repetir a história e retomar o poder sobre os homens como na Idade Média. Mas isso, hoje, é difícil de acontecer. Evoluimos, crescemos, conhecemos o mundo em que vivemos, somos livres; libertamo-nos dos mitos, dos dogmas, dos medos. Em função disso, a Igreja, movida por suas ilimitadas ambições imperialistas, busca desesperadamente amparar-se nas elites políticas e nas classes abastadas, a fim de manter seus privilégios e auferir algum poder temporal. Mas essa mesma Igreja, que já foi a instituição mais rica da terra, que foi proprietária de 2/3 (dois terços) do continente europeu; essa Igreja que nos tempos das trevas assassinava inocentes, queimando-os vivos nas fogueiras da Inquisição; essa igreja, hoje, já não tem a mesma expressão política de outrora, já não desfruta mais de tanta reputação, já não exerce mais influência sobre os fiéis, seja pelo enfraquecimento de sua liturgia, seja pela quebra dos seus dogmas, seja pela dissidência interna que envolve sua cúpula, seja pela decadência moral de seus padres pedófilos. Urge, pois, que essa Igreja repense o seu futuro, volte-se para Deus e siga seu caminho de evangelização, ao invés de ficar por aí distribuindo panfletos e fazendo comícios com “pretensões de poder”. Esse empenho da Igreja “às vésperas” da eleição não tem outra finalidade, senão eleitoreira….

    A distribuição de folhetos e jornais com conteúdo político, tendencioso e difamatório, destinados a subornar o eleitor cristão nas dependências da Igreja, durante homilias e celebrações, com a conivência de bispos, às vésperas do pleito eleitoral, constitui-se num ato ofensivo ao povo brasileiro, por privar o cristão de exercer a sua cidadania, sitiando-o no seu direito de votar de acordo com a sua escolha, conforme suas próprias convicções.

    “Dai a César o que é de César, e a Deus o que de Deus”…. Lugar de bispo é na Igreja. Função de bispo é servir a Deus….. Lamentável, pois, ver alguns bispos católicos, retrógrados, rebeldes, assim divididos entre o diabo e Deus.

  25. REIS

    Enquanto eu não vir uma verdadeira pregação mundial comofazem as Tj, embora com falsos nomes é verdade, eu não acredito em nada disto, porque até agora só tenho visto é uma propaganda virtual, isto tem que sair pelo mundo fora, não é só o brasil que tem o direito de saber disto, é o mundo todo.
    Tudo se está a descobrir hoje, porque vivemos nos tempos do fim do sistema, o Pai sempre revela as coisas no seu devido tempo, o seu Sagrado nome sempre esteve aqui ao lado bem escondido nas plavras que definem os Yahudim, Yahu-dim, e cá está o sagrado nome, o tetragrama só serviu foi para criar confusões e falsos nomes, se formos ás igrejas católicas ele está lá com o sol invictus por detrás e com os triângulos dos iluminates por todo o lado, portanto, o tetragrama até pode definir o sagrado nome, mas não é o que parece, no lugar do tetragrama é que devia ter o nome sagrado, mas os hebreus já fizeram isto de propósito para que os gentios nunca soubessem o sagrado nome, e para o proteger destas inquisições e falsos profetas que haveriam de aparecer, e aparecerem, e os resultados estão aí á vista, temos um messias com nomes deturpados que nunca mais acaba, e o Criador também não escapou.

    A septuaginta usava IESOUS. (tradução dos 70) 285 a 247 Antes do Messias.
    A Vulgata Latina IESU. (tradução Jerônimo) 382 a 384 depois do Messias.
    João Ferreira de Almeida optou por usar da vulgata IESU. (tradução portuguesa) 1681
    a 1753 depois do Messias.
    E o sucessor Jacobus op den Akker optou por substituir o famoso IESU por JESU.
    Depois a sociedade bíblica do Brasil lançou o nome JESUS com o S no final , foi dessa
    forma que surgiu O FALSO NOME JESUS..

    E agora temos outros modernos atentar manter o erro do engano , o hebraico corrompido, em que fosse possível usar as línguas corrompidas da maldição da torre de babel para dar um nome impuro ao nosso Criador…
    Yeshua, isto só quer dizer salvação, e não tem o nome do Pai em parte nehuma, não santifica o nome do Pai, e foi daqui que derivou o falso nome jesus, yehoshua, do aramaico corrompido depois do exílio de babílónia, yaohushua, etc.
    O Pai, jeová, javé, jehovah, jahovah, yeohovah, hovah siginifica desgraça, ruina, destruição, é mesmo coisas do diabo, je. é cavalo, ye, não é nada, e afinal aqui está tudo YAHUDIM JOÃO 4:22.

  26. BRRyushi

    Pq Maria Madalena? Pq a igreja enganaria o povo substituindo Maria Madalena por Maria Mãe de Jesus? Qual o respaldo?
    Existe a Santa Maria Madalena, mas é outra, não a Nossa Senhora. Senão a Trindade não faria sentido
    Pai (deus) Mãe (Maria Mãe de Jesus) e Filho (Jesus)
    olha como ficaria Pai(Deus) – Mãe (Maria Madalena) e Filho (Jesus) = Jesus filho de sua esposa?

  27. Marcio Homem

    Se em pleno Século XXI, em plena era das comunicacoes em massa, em pleno domínio da Internet, uma história como esta ganha credibilidade e capta milhares de crentes, o que dizer das pessoas que leem a Bíblia ao pé da letra? Que aceitam as falácias e as parábolas como verdades absolutas? Impressionante!

  28. sabe porque voces falam estes absurdo contra a igreja é que no passado os mesmo tipo de gente massacravam os cristão numa forma diferente,jogando os cristão na arena para que os leões devorasse para alegria dos romanos,meus caros abra o olho leia a biblia se converta nasce de Deus cuide de sua salvação o inferno ta cheio de gente que perseguia os cristão , eu so digo uma coisa quem prega a palavra da verdade com certeza é caluniado é difamado isto mostra que Deus é com essa pessoa. …. assinado sem religião.

Deixe uma resposta