Analisando um Mapa Astral

Uma das minhas maiores broncas com os céticos e suas “experiências refutando a Astrologia” é que todas, mas TODAS as experiências feitas até hoje que já caíram nas minhas mãos (e não foram poucas) caem nos seguintes quesitos:
1) usam apenas o “Signo” das pessoas para avaliar os resultados ou
2) pegam uns astrólogos e tentam fazer com que eles “adivinhem” alguma coisa a partir de um mapa e algumas vítimas ou façam “previsões” sobre algum assunto.

Não é de se estranhar que nada dá certo nunca.

Ou estes experimentos babacas apenas reforçam o que eu já expliquei em várias colunas: que o que vendem por ai hoje como sendo Astrologia é puro LIXO.
Mas não posso culpar os céticos e as pessoas inteligentes. Eu mesmo, dez anos atrás, fui fazer um curso de Astrologia com um dos maiores astrólogos do país, Frank Avabash, com esse preconceito. Na época, ele devia ter uns 25 anos de experiência com Astrologia e eu estava convencido que seria uma total furada. Mas me enganei. A Astrologia Hermética (aquela que Isaac Newton, Galileu Galilei, Kepler, Tycho Brache, John Dee, Max Heindel, Fernando Pessoa, Winston Churchill e Hitler estudavam) não lembra nem de longe o que os profanos chamam de “astrologia”.

Para começar, falaremos sobre o que se entende por “astrologia” no mundo profano: os humanos são divididos em 12 castas estereotipadas chamadas “signos”. Todo dia no jornal sai o “horóscopo” que é o que vai acontecer com 1/12 da população do mundo naquele dia e volta e meia algum picareta vai na TV fazer “previsões” que nunca se concretizam…

Bem… agora vamos falar sobre Astrologia de Verdade.
Um Mapa Astral, ou Carta Natal, é uma representação geométrica do céu no exato momento do nascimento de qualquer coisa no Planeta. Uma pessoa, um objeto, um contrato, um ritual… Nenhum dos planetas “influencia” nada. Muito menos a “atração gravitacional” deles, como eu já vi céticos afirmarem.
Os Planetas são apenas mostradores; ponteiros de um relógio astral. Tudo o que está em cima é semelhante ao que está em baixo. E o que realmente conta é a angulação que eles fazem com o horizonte. É aqui e somente aqui que a Astrologia depende de ciência ortodoxa pesada. O cálculo exato das efemérides e a posição exata dos planetas no Mapa é de vital importância para a ciência da Astrologia.

Mas tio, e as Constelações?
Não servem para nada na Astrologia séria. São apenas REFERÊNCIAS simbólicas que os antigos encontraram para explicar para as pessoas algo que é extremamente difícil descrever apenas com palavras. Se fomos avaliar diferentes métodos astrológicos (astrologia chinesa, védica, asteca, etc) veremos que, apesar de cada uma delas dar nomes diferentes para casa signo, as descrições de cada período temporal em relação ao comportamento dos indivíduos é rigorosamente o mesmo. Mudam apenas a referência. Em um horóscopo são animais, em outro são deuses, no terceiro constelações e assim por diante…
As próprias constelações não fariam sentido, se agrupadas em um universo 3D. Peguemos, por exemplo, a constelação de Libra: alfa de Libra (Zubenelgenubi) está a 77 anos luz. Beta de Libra (Lanx Australlis) está a 160 anos-luz, gama de Libra está a 150 anos-luz e sigma de Libra (Brachium) está a 300 anos-luz… ou seja, elas não tem NADA em comum para serem agrupadas “próximas”.

Além disso, devido à precessão dos equinócios, o Sol atualmente cruza as constelações de Áries de 18 de abril a 12 de maio, Touro de 13 de maio a 20 de junho, Gêmeos de 21 de junho a 19 de julho, Câncer de 20 de julho a 9 de agosto, Leão de 10 de agosto a 15 de setembro, Virgem de 16 de setembro a 30 de outubro, Libra de 31 de outubro a 22 de novembro, Escorpião de 23 de novembro a 28 de novembro, Ofiúco de 29 de novembro a 16 de dezembro, Sagitário de 17 de dezembro a 18 de janeiro, Capricórnio de 19 de janeiro a 15 de fevereiro, Aquário de 16 de fevereiro a 11 de março e Peixes de 12 de março a 17 de abril (e não riam… já vi astrólogos esquisotéricos querendo “reformular” os signos baseado nessas bullshits).

Retornando aos planetas
Na “astrologia” profana, existem 12 tipos de signo… 144 tipos de pessoas (12×12) se você for legal e contar o ascendente.
Na Astrologia Hermética, temos 10 planetas (o nome Planeta vem de “viajante”, ou os “astros que caminham no céu”, por isso consideramos o Sol, a Lua e Plutão como planetas) mas, na realidade, são apenas os ponteiros do Sistema solar que contam.
O círculo do Zodíaco possui 360 graus. Sabendo que Mercúrio, pela posição relativa do sol em relação à Terra nunca estará mais do que 28 graus afastado do sol e Vênus nunca estará mais do que 46 graus afastado do sol, temos então:

360 (sol) x 56 (mercúrio) x 92 (Vênus) x 360 (terra/ascendente) x 360 (marte) x 360 (júpiter) x 360 (saturno) x 360 (urano) x 360 (netuno) x 360 (plutão) x 360 (lua) Mapas Astrais diferentes! Fazendo as contas, temos: 1,45344 E+24, ou seja, 1,453.440.000.000.000.000.000.000 de possibilidades diferentes. Um SETILHÃO de combinações possíveis, se levarmos em conta 1 grau de precisão. A conta inclui os 360 graus do sol por causa das CASAS. Se quisermos “facilitar” e considerarmos apenas as combinações dos 12 signos com os 10 planetas, teremos 61.917.364.224 tipos de Mapas diferentes (ou 61 BILHÕES de combinações).

Complexo, não? Mas se a biologia ou a astrofísica podem chegar a complexidades matemáticas absurdas, porque insistem em manter a astrologia presa no século XVIII?

Simbolicamente, cada Planeta reflete um aspecto da Árvore da Vida dentro de cada pessoa. Para compreender a Astrologia, então, é necessário um conhecimento da kabbalah e o que cada sephira representa dentro do Mapa de Estados de Consciência Humana (ou seja, o Astrólogo também precisa estudar a fundo psicologia). E aqui começa o real problema da Astrologia: VOCABULÁRIO.

O vocabulário humano é extremamente limitado. Você conseguiria descrever em palavras o amor que sente por sua mãe? E por seu pai? E por sua esposa/esposo? Por sua/seu amante? Pelo seu/sua filho mais velho? É o mesmo amor que o do filho caçula? E o amor que você sente pelos seus colegas de exército? Seu time de futebol? O amor-compaixão que sente por um mendigo pedindo esmola? o amor-piedade que sente por uma criança espancada? Não há nenhum degradê entre estas formas de “amor”?
Certamente que quando você diz “eu amo minha esposa” e “eu amo meu time de futebol”, “eu amo meus amigos torcedores” e “eu amo batata frita” há diferenças enormes de significado.
Talvez um poeta conseguisse “traduzir” estes sentimentos em poemas enormes; colocar em palavras os nobres sentimentos humanos… textos longos, rebuscados, melodias singelas, pinturas… ainda assim não conseguiria chegar ao ponto exato.

Se o olho humano pode distinguir 10 milhões de cores diferentes, por que não temos um nome diferente para cada uma delas?

Estão conseguindo chegar ao cerne do problema?

Se a astrologia tivesse avançado como as outras ciências, ao invés de ter sido expulsa das universidades pela IGREJA (e não por ser uma “pseudo-ciência” como a maioria dos céticos gosta de afirmar), talvez teríamos hoje um código para o Mapa de cada pessoa semelhante ao código genético, com letras e números; e computadores buscando similaridades comportamentais, ao invés de astrólogos se matando para explicar sentimentos com palavras.

O Mapa Astral, então, é um perfeito mapa vocacional que mostra onde estão suas facilidades e dificuldades, a maneira como você pensa, sente, briga, transa, intui, aprende… mostra o que te agrada e o que te incomoda; mostra os vícios que você tem e às vezes nem sabe por quê. Mostra suas virtudes e os seus defeitos.

O que o Astrólogo faz é analisar um mapa e tentar achar palavras que se encaixem com cada uma destas combinações em suas diversas matizes. Quando falamos “seu marte está em Gêmeos”, estamos usando um código que simplifica MUITO o que realmente estamos vendo naquele código… é como falar “sua camisa é azul”. Azul o que? Azul royal? azul royal bebê? azul royal bebê fúcsia? azul royal bebê fúcsia prussiano do inverno do rio Volga? Todo mundo sabe que homens só enxergam 16 cores e salmão é um peixe!

E ai começam todos os problemas… um Astrólogo está limitado pelo seu próprio vocabulário e pelo seu conhecimento da astrologia, também está limitado pelo seu próprio mapa astral. Um astrólogo com muitos planetas em virgem fará uma interpretação de um mapa bem diferente de um astrólogo com muitos planetas em peixes… mesmo que os dois tenham entendido as nuances de maneira iguais, certamente se expressarão de maneira diferente.

E nessa “subjetividade” acabam as chances da Astrologia de se enquadrar nas ditas ciências ortodoxas… imagine a dificuldade que os geneticistas teriam se precisassem ficar dando nomes e descrições para cada um dos 27.000 genes humanos baseado em sua interpretação pessoal…

Desta forma, o que os Astrólogos fazem é compilar em tabelas palavras, símbolos e descrições que mais se encaixam àquela determinada matiz energética (novamente, usando vocabulário de acordo com seu próprio entendimento). O que eu acho “teimoso” como um adjetivo depreciativo, você pode achar que é um elogio relacionado com “obstinação”, por exemplo! Uma pessoa “curiosa” é um elogio ou é uma pessoa frívola?

E assim caímos nas astrologias esquisotéricas… tentando rotular e simplificar ao máximo, chegam e dizem “todo virginiano é discreto, gosta de organização e limpeza”. Não é necessariamente verdade. Boa parte deles possui estas características, mas isso não define absolutamente nada em alguém… para vocês terem uma idéia, um Mapa bem feito não tem menos do que 15-20 páginas de texto sobre a pessoa.

Conhece a ti mesmo
E como se todas estas dificuldades não bastassem, também há o livre-arbítrio. Uma pessoa que tenha, por exemplo, “Mercúrio em Gêmeos” terá uma facilidade absurda de lidar com palavras… ela terá facilidade bem maior do que outras pessoas se desejar tornar-se escritor, jornalista, repórter, contador de casos… ou um grande fofoqueiro… ou um grande mentiroso, ou combinações destes adjetivos. A habilidade de manipular bem as palavras não implica necessariamente que você as usará para o bem. E nas facilidades que estão as tentações.

Não temos como distinguir no mapa um grande repórter de um hábil mentiroso. Podemos dizer “fulano tem facilidade para lidar com palavras” (você sentiria alguma diferença se eu tivesse escrito “fulano tem facilidade para manipular palavras”?); talvez alguns céticos considerem isso vago. Para mim, “Mercúrio em gêmeos” diz muita coisa… Questão de vocabulário. Não podemos aprofundar a descrição sem conhecer a pessoa… talvez, somente a própria pessoa vai realmente saber o quanto ela usa esta capacidade para o bem ou para o mal.

É nisso que entra o autoconhecimento e a parte Hermética do “Astrologia Hermética”.

Avaliando nossos mapas, podemos detectar as energias com as quais temos mais facilidade e lapidar nossa pedra bruta para chegarmos até a pedra filosofal.
Mas é duro olharmos para o espelho e reconhecermos nossos defeitos… e mais difícil ainda lutar para transmutá-los das oitavas mais baixas nas oitavas mais altas; vencer as paixões que nos levam ao uso egoísta de nossas habilidades e transformá-las em virtudes. É como transformar chumbo em ouro.

Este post tem 127 comentários

  1. Lucas

    Um texto interessante, eu já tinha pensado nisso, de que se a astrologia for verdadeira ela nada tem com as constelações e planetas. Esses seriam apenas representações.
    Mas também me levantou uma dúvida, tu diz que usam plutão na astrologia hermética, mas esse ex-planeta foi descoberto em 1930 se não me engano. O que acontecia com os mapas natais antes disso? Havia alguma “energia” desconhecida atuando, as propriedade de um outro planeta passaram a serem representadas por plutão? Ou criaram-se novas?

    @MDD – na Hermética usamos apenas os 7 Planetas. Urano, netuno e Plutão não estão relacionados com cada indivíduo, mas com a geração em que ele está inserido… como exemplo, pensa na diferença entre a década de 10, 20, 30, 40, 50… são mudanças destas energias sutis

  2. Roberto

    Como sempre, tio, FOI PORRETA!!!
    Desmistificou mesmo, agora me interessei mais ainda por Astrologia. Tudo bem que a matemática me quebra, maaaaaas…
    Abraços!

  3. alessandro

    Salve MDD ! Olha eu denovo.. o chato.. paciencia comigo, acabei de ”despertar” e aindo to zonzo..
    Ufa!! fiquei sem fôlego só de ler o post!
    Uma vez ouvi uma explicação que me pareceu um tanto plausivel pra quem tinha preconceito e não conhecia nada sobre astrologia. O sol seria uma fonte de emanação dos neutrinos, os planetas funcionariam como um filtro ou uma lente que direcionaria parte dessa radiação para a terra e conforme as posições dos ”ponteiros” isso inflenciaria diferentemente em cada indivíduo.
    Os neutrinos realmente influenciam alguma coisa ou seria algo mais sutil?
    Ou a explicação é totalmente equivocada?

  4. MDD Eu uso símbolos sabeus:Os símbolos sabeus são a versão criada pelo astrólogo franco-americano Dane Rudhyar para a velha técnica dos Graus Simbólicos, ou seja, a associação de uma imagem significativa a cada grau do zodíaco. As versões tradicionais dos graus simbólicos são o Calendário Tebaico e a Volosfera, bastante utilizados por Raul V. Martinez. Há também as versões de Charubel, Sepharial e Marc Edmund Jones, além da criada por Dane Rudhyar.No caso ficou melhor, pô são trinta graus,no caso o mapa fica mas personalizado pois se levar em conta o grau onde estar o planeta. Se clicar verá o exemplo no mapa da menina Eloá.Entrentanto fiquei curioso gostaria de estudar Astrologia Hermética.Vc poderia indicar livros?abraços.

  5. Hugo Lima"

    Olá Tio Marcelo,

    Gostei muito de encontrar este texto aqui no blog. Ele está escrito com a estrutura dos artigos que você redige para o Sedentário & Hiperativo, mas é para os que acompanham a série há algum tempo, então está aqui. Espero que tenhamos outros, em especial sobre Cabala [ou Vedas, mas acho melhor deixar isso pra uma encarnação em que eu apareça por aqueles lados, não esses daqui… hahaha]

    Eu fiquei olhando o círculo cromático que você colocou e pensando “putz, acho que com muita sorte eu consigo dizer o nome de 24 cores, mas algumas delas eu só vou saber o nome, não a quê corresponde” hahahaha.

    Então, Tio, Mercúrio em Gêmeos significa que a TdC é uma grande jogada para enganar milhares de tolos ou uma porta de entrada aberta por alguém que consegue organizar as informações acessivelmente? Você se conhece melhor que nós, então saberá responder melhor hahaha

    Então, temos esse número enorme de mapas astrais possíveis. Sim, concedo que ele é incrível, mas é finito. Portanto, é possível, com grande esforço e muitos voluntários, montar um compêndio com todos os mapas astrais possíveis, correto?

  6. Feanör Bellato

    Tio, se sair ja tem eu e minha namorada querendo os mapas e sigilos

    Boa sorte

    Abraços

  7. Lucas

    Eu tenho usado o horóscopo e as interpretações do site astro.com, são reveladoras. É incrível como um “site” pode saber certos aspectos de você melhor que você mesmo 🙂

  8. Lucas

    Humm, obrigado pela resposta, mas como tu mesmo diz, a astrologia depende muito do astrólogo, se eu quiser fazer um mapa astral, como me proteger de charlatães?

  9. ogoid

    Realmente querer expressar em palavras certos tipos de combinações astrológicas, é muito dificil, as veses até sei em essência mas na hora de explicar… . É so meio inexperiente ainda.

    Ótimo texto esse.

  10. Guilherme

    Lendo as duas primeiras linhas de cada post já dá pra saber se é o Marcelo, ou outro autor o escritor do texto.

    Esse post me deu as luzes que eu precisava.

    Mas continuando a pergunta do Lucas, como fizeram pra saber qual a influência que esses últimos planetas fazem sobre nós? Urano que foi o primeiro a ser descoberto em 1781, não deu nem 3 voltas ao redor do céu desde então. O que diremos dos outros…

  11. A. K.

    No livro “A Filosofia Hermética”, de K. Barkel, comenta-se sobre a existência de 12 planetas, Vulcano, regente de Virgem, e Vesta, regente de Libra. Dentre outras informações mais, é dito que a Terra possui 4 luas, porém, só vemos uma. Pesquisando, achei referência às teorias de Hans Horbiger e Max Heindel. Quanto a Vesta, um astrólogo alemão chamado Taeger diz ser, na verdade, regente de Virgem. Enfim, gostaria de saber a tua opinião a respeito desses pontos.

    @MDD – Já li a respeito das 4 luas, mas nunca mais achei nada sobre isso, então, se existirem, não estão no Plano Material. Até que encontrem os tais Vesta e Vulcano, fico com a Astrologia Hermética.

  12. Raphael (-,-)zZ

    Eh, com todo respeito, astrologia ainda n me convence ^.^
    Principalmente justamente por não considerar coisas como a precessão planetária…
    + eu posso ta errado… ou não…

    @MDD – Acredito que os Engenheiros de Karma levem as precessões em conta sim. Nossa tecnologia é que não conseguiu acompanhar isso ainda, então fazemos arredondamentos.

  13. João Paulo Machado

    Uma dúvida muito grande que eu tenho sobre astrologia: distúrbios psicológicos e emocionais como bipolaridade, transtorno de défict de atenção/hiperatividade são mostrados nos mapas astrais ou são detectadas pela astrologia de alguma maneira? visto que muitos destes distúrbios afetam e muito a personalidade de um indivíduo.
    abraço.

    @MDD – Podem ser sim. Por exemplo, excesso de planetas em virgem são fortes indícios de TOC, gêmeos está ligado a DDA e assim por diante. Infelizmente, não existem estudos profundos a respeito destas conexões, pela dificuldade enorme em se conseguir psicólogos que tenham conhecimento de hermetismo.

  14. Caio Bonatti

    Melhor texto que já li sobre astrologia.
    Realmente os esquisotéricos simplificam absurdamente isso…. ¬¬

    E tio Del Debbio, tem algum livro ou curso sério onde possamos aprender a Astrologia de maneira correta?
    Eu tenho uns livros aqui de Marion D. March e Joan McEvers, eles são autores confiáveis, ou é bom ler, aprender, filtrar e complementar com outras fontes?

  15. Impacto

    Texto fantástico, simplesmente fantástico!
    Agora sim tenho uma idéia básica do que seja astrologia séria.

  16. Francisco

    Até agora eu não captei a ligação entre os dados de nascimento de uma pessoa e as características da personalidade dela. Por exemplo, no DNA, um cientísta pode detectar vários dados sobre possíveis doênças e até prevenir uma se baseando na leituda de defeitos genéticos. A explicação é que as células obedecem a cadeia de informações dos DNAs. Entende-se a ligação química e física entre o DNA e o organismo da pessoa. Mas e na astrologia, se não existe influências dos astros nas pessoas, mas são apenas uma forma de acessar informações, qual é a ligação entre a localização deles com a subjetividade de uma pessoa? Por que essas interpretações dão certo? Qual é a conectividade?

    @MDD – assim como o DNA mapeia o físico, o mapa Astral mapeia o psicológico/emocional. De posse dos dados do mapa, é como se tivessemos um genoma das qualidades psicológicas e emocionais da pessoa, podendo até mesmo tratar doenças que tem maior tendência a aparecer em determinadas combinações. mas não dá para comparar DNA com Astrologia ainda… ainda estamos engatinhando em tecnologia nesse sentido, infelizmente.

    E como colocar uma foto no avatar?

    @MDD – eu acho que é tendo uma conta no wordpress.

    No más, um grande abraço.

  17. Guilherme Losilla

    Texto muito bom, esclareceu muita coisa…
    Você recomenda alguém bom para fazer meu mapa astral? Você faz? Qual o custo?
    Abraço!

  18. Carlos Gomes

    Desde pequeno que me perguntava como os astrologos chegavam às conclusões que chegavam. Já experimentei com amigos ler-lhes o horóscopo do jornal, mas! do sigo errado e eles diziam que batia mesmo certo com o dia deles XD

    Gostaria de saber mais sobre o assunto da astrologia real, como tu dizes, mas tem sido dificil encontrar onde aprender.
    Bem, difícil não é, não sei é onde aprender. Já folhiei livros assim pela diagonal e uns contradiziam-se aos outros. Em relação à internet… acho que nem vale a pena visto que o mesmo site que tenta ensinar astrologia, diz que os reptilianos controlam o mundo e ao mesmo tempo dizem que é a maçonaria + iluminatis que cumprem esse papel.

    Saberias dizer-me um livro ou assim que explique com seriedade o assunto?
    Se ensinar ainda melhor.

  19. Khael

    estou no terceiro ano do ensino médio, mas ainda não sei o que devo cursar. se o tio conseguir fazer aquele lance de mapas astrais em troca de doações(que nem os sigilos) ainda esse ano,por favor avise.
    seria tão bom se desse pra viver só de ocultismo,será que não dá?(trabalhar como exorcista,quem sabe?)

  20. Diogo

    e Quiron e Lilith? tambem não são energias individuais?

    @MDD – Quiron quem? Lilith quem?

  21. rafael f

    Essa semana, no programa da Ana Maria Braga, ela entrevistava o ator José de Abreu que interpreta um sacerdote na novela das oito e conversavam sobre as funções do personagem…

    e o q interessa… havia uma astróloga explicando as diferenças da astrologia hindu, dizendo que essa, de fato, tinha ligação real com os astros, inclusive considerando as diferenças do céu de hoje para o céu de séculos atrás… fazendo parecer que seria “mais certa”…

    O que diferente a Hindu da Hermética e da Profana???

    @MDD – hmmmm uma “astróloga” da Ana Maria Braga… falando provavelmente de alguma coisa que vendem por ai como sendo “astrologia védica”… por que eu não estou colocando muita fé no que ela disse?
    Nos próximos posts sobre Astrologia, falarei sobre diferentes tipos de Astrologia e como todos eles são o mesmo tipo, mas com nomes diferentes.

  22. Priscila Prestes

    Então na Astrologia Hermética não são levados em consideração aspectos q Urano, Netuno e Plutão fazem com os planetas pessoais?

    @MDD – São levados em consideração, mas mais pelas aspectações e casas do que pelo que representam as combinações signo-planeta, já que essa matiz vai influenciar pessoas nascidas durante vários anos.

    1. Alexandre Iung

      E se o ascendente for em aquário, no qual as descrições na wiki dizem que as influências desses planetas de geração se manifestam pessoalmente? As combinações signo-planeta voltam a valer?

  23. Homer Jay

    Mto legal! Ansioso pra fazer o curso!
    Falando nisso, nada do servidor voltar?

    Abraço

  24. Tiago

    Olá Marcelo,

    Pensando sobre isso me surgiu uma questão: Já que o mapa astral é feito no instante do nascimento, então pode-se dizer que a alma liga-se ao corpo nesse momento e não no momento da concepção? Por que se a alma se “materializasse” no momento em que o espermatozóide entra no óvulo então o mapa astral teria de ser feito desse momento não é?

    @MDD – antes de 3 meses, o feto nada mais é que um parasita da mãe… dos 3 aos 6 ocorrem negociações karmicas até a “reserva” daquele corpo para um espírito com afinidade, que fica FORA do corpo da mãe, aguardando o nascimento, mas já parcialmente conectado ao feto. Quando o feto respira pela primeira vez, ou seja, quando o cordão umbilical é cortado e ele passa a se tornar um indivíduo, é feita a ligação definitiva com o espírito.

  25. Paulo Roberto

    Sei que não tem a ver com o tema, mas o fato me intrigou…

    No livro “A Ciência Maçônica e as Antigas Civilizações” de José Castellani.

    (1a. edição: Editora Resenha Universitária – S. Paulo – 1977; 2a. edição: Traço Editora – S. Paulo – 1980.)

    A obra trata da influência de antigas civilizações para a concretização da doutrina maçônica e de seu ritualismo.

    Olha o que ele diz em certo momento:

    “Em relação à Maçonaria, autores ocultistas, ou mistificadores, tomam, como base de suas teorias, a Grande Pirâmide, indo contra a conclusão histórica de que ela seria um monumento funerário e afirmando que sua finalidade era abrigar membros de ordens iniciáticas secretas. A Grande Pirâmide, esse enorme monumento de pedras superpostas, tem, na realidade, muito pouco espaço vazio, ou seja: a Câmara do Rei, uma sala de 50 metros quadrados ; a Câmara da Rainha, no corpo da pirâmide e menor do que a do rei ; a Grande Galeria, um corredor de acesso à Câmara do Rei ; condutos de ventilação e, ainda, uma câmara subterrânea, fora do corpo da pirâmide. Tanto esta câmara, quanto a, erradamente, chamada Câmara da Rainha, eram locais provisórios, para a colocação do corpo do faraó, caso ele viesse a falecer antes da construção total do monumento. Na Câmara do Rei foi encontrado um sarcófago de granito vermelho, sem inscrições e sem tampa ; e suas paredes também não mostravam nenhuma inscrição, ou desenho. Além das duas câmaras serem bastante diminutas, em relação ao enorme corpo da pirâmide, foram encontradas, sobre a Câmara do Rei, cinco salas bastante baixas e com seis metros de largura, que serviriam de amortecedores para aliviar o teto da Câmara da tremenda pressão exercida por toneladas de pedra e, também, para que, em caso de algum cataclismo, que despedaçasse a cúpula da pirâmide, as pedras não caíssem no interior da Câmara. Isso mostra a preocupação com o conteúdo da Câmara do Rei, que só poderia ser o corpo do grande governante, dado o costume egípcio de proteger bastante os despojos de seus mortos ilustres, devido à crença na sobrevivência integral, ou seja, de corpo e de espírito.

    Todavia, aqueles que querem fazer crer que a Grande Pirâmide era usada para a prática de ritos iniciáticos (Leadbeater, Paul Brunton e outros), aproveitam-se do fato de o sarcófago da Câmara do Rei encontrar-se vazio e de não existirem as inscrições encontradas em outros túmulo, para contrariar e contestar a finalidade fúnebre da construção. Ora, nenhum outro túmulo faraônico, à exceção do de Tutancámon, foi encontrado intacto, pois, além dos roubos dos objetos de ouro e pedras preciosas, os próprios corpos mumificados foram retirados dos sarcófagos. Além disso, o hábito de encher as câmaras mortuárias com tesouros e objetos de uso pessoal do morto e de preencher as paredes com inscrições e pinturas, é posterior à IV dinastia do Antigo Império.

    Os condutos para ventilação, encontrados nas câmaras, comunicando-as com o exterior, também serviram de base para os especuladores, para contestar a finalidade fúnebre da construção. “Os mortos não respiram, logo não precisariam de ar”, alegam eles. Teoria de muita má-fé, esta, pois os operários que trabalharam nas câmaras, durante a construção, necessitavam de ar, já que, sob aqueles imensos blocos de pedra, o fluido vital era bastante rarefeito. Além disso, esquecem-se, os mistificadores, de avisar, aos seus leitores, que, quando os homens do califa Al Mamun (filho de Harun Al Rachid), no ano 820 da era atual, conseguiram entrar na Grande Pirâmide — ninguém havia conseguido antes — encontraram os condutos de ar das câmaras intencionalmente obstruídos por pequenas pedras ali colocadas e não caídas ocasionalmente, o que demonstra que eles existiam para os vivos e foram obstruídos quando as câmaras ficaram prontas para a sua finalidade específica.

    Também, se lembrarmos que os chamados Mistérios Egípcios eram ritos impregnados de magia, praticados pelos sacerdotes de Ámon-Rá — culto sincrético, que substituiu o culto aos diversos deuses egípcios, um para cada cidade — e se lembrarmos que a teocracia só dominou o Egito a partir da V dinastia, enquanto as pirâmides foram construídas durante a IV, fica claro que não se destinaria, nessa época, o exíguo espaço livre da Grande Pirâmide para os culto dos mistérios. ”

    Gostaria só de saber se o Sr. tirou as informações dos posts do blog dos citados autores, além – obviamente – dos seus próprios cálculos matemáticos…

    @MDD – É um problema de se pegar livros sem conhecer as referências. Castellani é considerado um grande autor maçônico, APENAS quando se mete a escrever maçonaria, e com grandes ressalvas… Para ele, “vale o que está documentado”, ou seja, Castellani acredita que a maçonaria foi criada do zero a partir do nada em 1717, pois assim os documentos dizem. E ninguém o convenceu do contrário. Não que seja um problema… os livros que ele escreveu de maçonaria pós 1717 são ótimos, valem como um grande registro, mas quando ele se mete a falar de pirâmides, é uma catástrofe.

  26. Paulo Roberto

    Errata:

    não soube me expressar bem. Minha dúvida consiste na bibliografia utilizada nos posts. É óbvio que Leadbeater, Paul Brunton e outros não possuem blogs.

    Cordialmente,
    Paulo.

    @MDD – eu coloco de tempos em tempos a bibliografia. Mas tenho ótimas notícias… estou quase me mudando de apto de novo e em breve terei minha biblioteca montada. Para comemorar, prometo um post só de livros.

  27. Supersimpson

    Pelo pouco que ouvi falar, para fazer o mapa astral é preciso saber a hora e local de nascimento da pessoa, certo?
    Minha pergunta é: qual deve ser a precisão desses dados para obter um mapa astral “decente”, “aproveitável”? Diferenças de minutos na hora do nascimento fazem muita diferença?

    @MDD – O Ascendente percorre os 360 graus em 24 horas, portanto um signo a cada 2 horas, 1 grau a cada 4 minutos… Como a variação para considerarmos os Aspectos varia entre 5 e 7 graus, 20-30 minutos de erro podem não afetar. Mesmo se você nasceu na “fronteira” entre dois signos, eles terão suas forças atuando em conjunto naquele tipo de sephira. Para todos os outros planetas, não faz diferença a hora.

  28. Felipe Metal

    Adorei o texto. Uma bela introdução à astrologia. DD, vc deveria postar mais algumas coisas sobre Magia Prática… Que tal o ritual do Rubi Estrela, ou do Pentgrama Menor e do Maior tbm… Bye, bye… See you later.

  29. Lucas

    MDD, esse assunto é muito interessante, não acreditava muito nisso até dar uma olhada no meu “mapa astral” em um site gringo ( claro que foi o mais simples possível) mas mesmo assim as “coincidências” foram tão gigantescas que fiquei interessado, tinham características minhas que somente eu sabia e não expressava…

    O espírito desencarnado escolhe ou é escolhido pelas suas características?

    @MDD – Um pouco de cada (Dharma e Karma).

    O mapa astral que você pretende disponibilizar aos leitores virá com um texto explicando tudo certinho sobre as características pessoas e tal ?

    @MDD – Se tudo der certo (e dará), será o mapa completo, com 15-20pgs.

    De onde vem essa idéia de “oitavas mais altas”? Digo, pq oito ? Não seriam sete virtudes ? ou não tem nada a ver?

    @MDD – “oitavas” foi um termo criado pelos Pitagóricos. tem a ver com a música… são sete notas, a oitava pertence a uma “oitava” acima. assim com as virtudes, são sete, a oitava é a primeira mais direcionada para a luz, por fazer uma analogia.

    Engraçado, tava conversando sobre este assunto com um amigo meu antes de ontem… ^^ quando pretende voltar ,como disse em outro post, ao post da santa ceia ?

    @MDD – Não há necessidade… quando você conhecer melhor cada signo, basta reler o post. Eu sempre escrevo meus posts com várias camadas de significados.

    Desde já agradeço.

  30. IRR

    Além de tudo isso, ainda tem que olhar o aspecto das casas em que estão os planetas, pois cada casa é um “contexto” diferente, as quadraturas, oposição, trigonos, elemento, fixo, mutável, etc, etc, etc. Quando eu comecei a entender um pouco mais sobre isso, vi que era uma coisa tão absurdamente grande, tão amplo, que não dava pra ser inventado, é muita complexidade pra tanta “coincidência”.

    E também o mapa astral não é só um “instrumento” de auto-conhecimento, mas também de descobertas e respostas, de muitos problemas, de muitos caminhos que seria mais interessante que você escolhesse, etc, etc, etc. Só a pessoa conhecendo mesmo para entender.

    ps: No post anterior, eu senti que você tinha faltado falar muita coisa sobre, (apesar de ter falado muita coisa que nunca tinha visto ninguem falar, do espírito, evolução, yin yang etc) assim como ficou faltando também sobre kaballah (apesar de ter mostrado todo aquele caminho de evolução dos 49dias). A impressão que dá é que quanto mais você fala, mais falta pra falar, mais falta pra aprender.

    “Conhece a ti mesmo”
    Falou tudo, a Astrologia é totalmente conhecimento esotérico.

  31. Romariz

    Fala, MDD.
    Cara, minha cabeça explodiu agora… Acabei de descobrir que sou do signo de Áries, e não Touro. É verdade isso? Sou de 08/05… Por que acontece isso? É pela diferença na precisão da contagem dos equinócios? E o signo de Ofiuco? Tem algum fundamento todas as “lendas” que giram em torno de pessoas que estão sob este signo, sobre evolução espiritual e coisa e tal? Aguardo ansioso por respostas… Abraços.

    @MDD – Você continua tendo simbolizamente o Sol em Áries… constelações não tem nada a ver com Astrologia.

  32. andré luiz

    excelente texto…

    pergunta.. eu não sei a hora que nasci, não existe na minha certidão… fui abandonado e criado por outros pais.

    como posso fazer meu mapa astral sem a hora do meu nascimento??

    @MDD – Sem o horário, você não terá como conhecer o seu ascendente nem as casas onde cada planeta está, mas poderá estudar as combinações de planeta-signo sem problema. Se você tiver um conhecimento muito grande de Astrologia e muito autoconhecimento, poderá fazer o que chamamos de Estudo reverso de horário, a partir dos dados mais importantes da sua vida em comparação com os planetas-signos. E poderá ter uma precisão maior sobre o horário de nascimento a partir do estudo da sua vida, chegando até o ascendente. Mas adianto que isso é bem complexo de se fazer e exige um estudo profundo de quem você é realmente, especialmente os defeitos e virtudes planetárias que você possui.

  33. Marcus Vinicius

    Olá Marcelo, gostaria de tirar algumas dúvidas. Se puder me ajudar.
    Numa de suas primeiras colunas no Sedentário, lembro-me bem de você ter dito que as premissas básicas para se acreditar na Astrologia como ciência envolviam acreditar em reencarnações. Até ai tudo bem. Muitas pessoas acreditam, e – se as reencarnações forem realmente um fato – mesmo quem não acredita, pode vir a se convencer da sua (possível) realidade.
    A questão que me incomoda a algum tempo, é que quando tento meditar acerca dessas questões não consigo encontrar um axioma adequado, uma premissa simples da qual eu possa evoluir todo o raciocínio posterior que me levaria a aceitar ou rejeitar as teorias que você tem apresentado.
    Que caminho você poderia me indicar? Um livro talvez, ou qualquer outra dica de onde estudar esse assunto.
    Agradeceria imensamente.
    Abraços.

    @MDD – cara, quase tudo o que eu consegui de evidências de reencarnação foram empíricas. Experiência senvolvendo um médium que não tinha nem a 4a série e, quando incorporava, conversava comigo em inglês fluente, e escrevia textos em alemão com gramática melhor que a minha. Foi um dos meus primeiros contatos com espíritos e médiuns. Formulei trocentas teorias, mas nenhuma teoria da ciência ortodoxa foi capaz de explicar aquilo. Posteriormente, encontrei novamente com este espírito, mas incorporado em outro médium, em outra cidade. Foi, para mim, a prova definitiva que era uma entidade extracorporal que conseguia, de alguma maneira, se conectar à determinado tipo de pessoas. Claro que depois disso me tornei estudioso do tema e já presenciei dezenas (centenas) de incorporações, efeitos mediúnicos, psicografias, incorporações de anjos, exús, caboclos, conjurações de seres goecios e por ai vai. Mas “crença” é algo que não tenho. Pra mim vale o lema “ver para crer”.
    Eu recomendo que você leia os três livros básicos do Alan Kardec (Livro dos Espíritos, Livro dos Médiuns, Céu e Inferno), esquecendo toda a viés “religiosa” que os espíritas enfiaram nos textos dele! Estes livros são tratados das experiências empíricas que Kardec fazia com médiuns e espíritos.

  34. Alef

    Aquele teste (esqueci a sigla), cujo resultado enquadra alguém em uma das 16 categorias de presonalidades de Jung, seria um super simplificação disso? Com a diferença de que a astrologia parte do macrocosmo para o micro, e o dito teste faz o contrário?

  35. Vinicius

    Legal o artigo, depois de começar a ler o Teoria no SH eu comecei a ver o que era verdade e o que não era…

    Fui no site personare pra conhecer mais sobre essa parte. Como vc julga esse site? Pode me dar uma opnião para reflexão?
    abç

  36. Acauã

    Marcelo,

    post bem escrito e muito claro, parabéns por mostrar uma luz neste mundo superficial. Devo concordar com você que há uma degradação da antiga astrologia em face da ciência empírica moderna e da astrologia-profana-de-picaretas-de-jornal.
    No entanto, é difícil enxergar a luz se você não faz parte de nenhuma egrégora ocultista, ou não tem algum conhecimento prévio ou não leu esse post.
    Assim, no espírito esclarecedor do post, existe um site de uma astrologa, na qual deveria dá uma olhada (se não já viu antes). Apesar de seguir outra linha de raciocínio da sua, é interessante sua defesa da astrologia.
    http://yuzuru.wordpress.com/2006/12/14/10-argumentos-contra-a-astrologia/

    Abraços
    Acauã

    @MDD – como você vê, Acauã, as “refutações” feitas pelo cético são uma mais idiota que a outra. Postarei abaixo as dez críticas e minhas respostas:

    1) Se plutao (ou outro planeta) afeta o bebê no nascimento, porque o médico, que está muito mais próximo, nao afeta o indivíduo de maneira muito mais profunda ?
    @MDD – Logo de cara, percebemos que o cético não faz a menor idéia do que seja Astrologia, acreditando que deva ser a gravidade ou distância do planeta que “afete” o mapa astral de alguém. Já foi explicado no meu texto.

    2) Se esse planeta afeta o bebê, porque a influência nao depende da distância ? Planetas como plutao variam enormemente na distância até a Terra ao longo do ano.
    @MDD – Novamente, Astrologia não tem nada a ver com gravidade.

    3) Por que outros corpos, como os satélites de televisao, nao influenciam no horóscopo ? Eles podem ser muito menores que os planetas mas estao muito mais próximos.
    @MDD – Novamente, céticos confundem massa, distância e gravidade com Astrologia.

    4) Por que a data importante é o nascimento e nao a concepcao ?
    @MDD – Porque apenas o nascimento de qualquer coisa no planeta é considerado, já que a concepção não indica necessariamente que esse ritual será concretizado. Traçando um paralelo, quando consagramos ferramentas, a data usada é a do TERMINO do ritual, não do começo.

    5) Se o útero “protege” a criança da influência astrológica, seria possível proteger um adulto dessas influências usando um grande pedaço de bife ?
    @MDD – o útero não protege a criança das “influencias” porque não existem ‘influencias” gravitacionais na Astrologia.

    6) Os signos nao estao onde os astrólogos dizem que estao. Na verdade, onde os astrólogos dizem que está o signo de câncer, por exemplo, está o signo de gêmeos.
    @MDD – Novamente, total desconhecimento do que seja Astrologia. Como expliquei acima, constelações são meras referências e não são usadas na Astrologia.

    7)Se o Ascendente é tao importante, como se faz o horóscopo de lugares de latitudes muito altas, onde mais de uma constelaçao da ecliptica está visível ao mesmo tempo ?
    @MDD – Novamente, o cético acredita que constelações tenham alguma coisa a ver com Astrologia.

    8) Se a astrologia é um conhecimento “sério”, como é que existem tantas linhas incompatíveis ? Depois de tantos séculos era de se esperar que houvesse uma confluência.
    @MDD – Todos os livros de Astrologia sérios que eu já li dizem rigorosamente a mesma coisa. O que varia, às vezes, é o vocabulário do Astrólogo para definir os sentimentos relacionados a cada energia.

    9)Sabe-se que as pessoas concordam com absolutamente tudo que falam sobre elas. Um grupo muito grande de pessoas se identificou, quando pesquisada, com a descricao que foi feita para o mapa de um serial killer.
    @MDD – procurei no google e não vi uma única referência a este “experimento”. Cite suas fontes. Provavelmente, SE este experimento foi feito mesmo algum dia, certamente devem ter dado aqueles dados vagos como “você é perspicaz” ou algo do gênero.

  37. christina

    aaahhh, eu amo tanto os seus textos… ^^

    beijo

  38. “Se o útero “protege” a criança da influência astrológica, seria possível proteger um adulto dessas influências usando um grande pedaço de bife ?”

    auhauahuahuah… porra Tio, num perde tempo respondendo essas merdas não!
    Seu conhecimento é valioso demais para se expor desse modo! pqp…
    deixa eu responder essa pra esse cara:

    – óh amigo, você pode usar o bife sim. Mas tem que ser contra filé e já estar cozido com molho madeira. Aí você conseguirá um excelente resultado. Caso num tiver molho madeira, prepare 15 miojos sabor carne, coloque tudo em uma banheira e mergulhe. Obs: Também funciona com os sabores picanha e galinha caipira.

  39. Diogo

    @MDD – Quiron quem? Lilith quem?

    também não sei….aparece no “ceu do momento” ai do lado esquerdo do blog.

    @MDD – Quiron é um asteróide que fica entre Saturno e Urano. Lilith, A Lua Negra não é um corpo celeste, mas sim “o foco vazio da órbita da Lua em torno da Terra” seja lá o que isso quer dizer. Não tem nenhuma validade no esoterismo sério. Infelizmente, vem com o pacote do Céu do Momento e eu não tenho como deletá-los.

  40. Bruno Ferreira

    Ótimo texto MDD, somando a excelente explicação sobre Oitavas que assisti na sua palestra sobre Astrologia aqui em Campinas já consigo entender um pouco mais sobre esse “universo” da Astrologia séria.

    Uma curiosidade que me surgiu agora. Sendo o Autoconhecimento vital para se explorar da melhor forma possível as características que os signos representam existiria algum(ns) método(s) para auxiliar uma pessoa com dificuldades em se autoconhecer? Sei que meditação ajuda um bocado, mas tenho uma certa dificuldade de me concentrar e limpar a mente.

    Qualquer referencia de livros sobre o assunto é bem vinda.

    Desde já agradeço.

  41. andré luiz

    bom marcelo.. já que não sei o meu horário de nascimento… o que me resta é estudar bastante…

    alguma sugestão?

    @MDD – estudar bastante rsrsrs. na medida do possível, vou tentar ajudar vocês por aqui. Mas são tantos assuntos e tão pouco tempo…

  42. Lucas

    Bruno, acho que um diário onde vc escreve aspectos da sua personalidade seria uma boa…já que só vc vai ler o diário vc poderia escrever a mais pura verdade sobre o que vc sente e assim analizar os seus aspectos positivos e negativos.Acho que é isso que vc queria, ou não ?

    “MDD – …Pra mim vale o lema ‘ver para crer’.”
    Nossa cara fiquei feliz quando li isso.(vc é de virgem?) Pois é, Marcelo, como vc disse na sua entrevista sobre os seus primeiros contatos com a magia, em que vc viu uma salamandra de fogo e passou a conhecer a magia na qual vc ja acreditava, eu gostaria de ter a mesma experiência e por isto perguntei no post passado sobre evocações.Teria algum livro ou algo que vc possa me falar pra me ajudar ?Creio que vc entenda essa minha vontade já que vc passou pelo mesmo…Como a internet é cheia de idiotas, se vc n puder escrever aqui, manda pro meu email: [email protected]

    Desde já agradeço.

  43. Ricardo

    A pergunta óbvia: Onde conseguir um mapa astral legítimo e bem detalhado? Se puder, envie alguma indicação por email.

    Obrigado!

    @MDD – Se tudo der certo, aqui neste Blog. Já consegui a galera para ajudar com a transliteração para o hebraico, só estou no OK para ver se conseguiremos atender a parte dos mapas astrais satisfatoriamente (não quero começar o projeto de “doe cestas básicas e ganhe o mapa” e depois não dar tempo de fazer os mapas e vocês terem de esperar meses para recebe-los, ok?) Tenho espírito virginiano: ou faço bem feito ou não faço.

  44. Fabio

    Olá Marcelo,

    Você poderia indicar alguns livros sobre Astrologia Hermética?

    Obrigado

  45. V

    Marcelo

    Você é um cara bem inteligente e culto, seu conhecimento sobre assuntos como astrologia, kabala, tarot, etc. são bem vastos, e você não fala como um fanático. Mas por que você vive criticando os céticos em seus textos? O que você realmente acha dos céticos?

    @MDD – Tem os céticos, como o kentaro, que eu respeito, e tem os pseudo-céticos, que são os metidos a céticos que geralmente são apenas fanáticos materialistas tentando impor o modo de vista deles sobre os outros… estes eu adoro irritar…

    Eu sou agnóstico, portanto cético. Não acredito em astrologia, mas procuro respeitar que o faça. Gosto de explicações, goste de ter meus “por quês” respondidos, coisa que a religião na faz, muito menos a astrologia.
    Vamos aos “por quês”:
    Você afirma que quem tem “mercúrio em gêmeos” possui facilidade em se comunicar. Por que? Por que um indivíduo com seu respectivo mapa astral, TEM que ser daquele jeito descrito no mesmo? Já fiz essa pergunta para outros astrólogos mas a única resposta que recebi foi “Isso é um mistério!”, tipo um “Não sei, só sei que é assim!”

    @MDD – Não é nenhum mistério hehehe. O Mapa astral é mesmo uma espécie de mapa da sua “configuração de software” nesta encarnação… (que, diga-se de passagem, foi você mesmo que ajudou os Engenheiros de Karma a escolher – daí seu livre arbítrio) por isso que você nasceu na época em que nasceu, na cidade em que nasceu, é filho dos seus pais e tem seus irmãos. Analisando os mapas da familia toda, você verá como eles “encaixam”. Seus pais escolhem ter um filho como você, você escolhe nascer dos seus pais e assim por diante… é algo fantástico de se estudar.
    Você não conhece pessoas que tem facilidade para ganhar dinheiro? para aparecer em público? para ser disciplinada? com oratória? tudo isso está marcado nos mapas destas pessoas. Elas não TÊM de ser assim… elas escolheram ser assim. Por que? para aprender algo especifico que necessitará deste tipo de habilidade.
    Mas… mesmo tendo esta “regulagem de fabrica”, ainda é possivel mexer em todas as configurações ao longo da sua vida… “ter mercúrio em gêmeos” é apenas uma notação no mapa de um indivíduo que escolheu vir nesta encarnação para realizar um trabalho que necessite de facilidade em trabalhar palavras, escrita, etc. A própria pessoa escolheu isso, o que reflete nela ter nascido onde nasceu e na família em que nasceu. Se durante sua vida a pessoa perceber que tem facilidade pra usar as palavras e decide cair pro caminho fácil e se tornar um estelionatário, isto NÃO está no mapa, depende apenas da própria pessoa. Livre arbítrio. Eu pretendo explicar mais detalhadamente estes processos em uma série de posts sobre Astrologia.

    Outra pergunta que deve ser fácil pra você. Eu tenho duas irmãs mais velhas que eu, elas são gêmeas, mas tanto fisicamente quanto comportamentalmente muito diferentes. De acordo com a astrologia elas teriam o mesmo mapa astral, correto?
    Então como explicar tamanha diferença entre as duas?

    @MDD – elas devem ter os mapas muito, muito parecidos. Pelo que você me falou, acredito que a diferença de tempo entre os dois nascimentos foi suficiente para deslocar as Casas e o ascendente um signo para frente, por isso as diferenças no MESMO mapa padrão (todos os outros planetas delas são certamente identicos). Ambas poderiam ter “mercurio em gemeos”, por exemplo… mas uma na casa 3 e outra na casa 4… ambas trabalharão bem com as palavras, mas enquanto uma seria, por exemplo, uma boa repórter (casa 3 = comunicação, textos), a outra poderia se tornar uma professora (casa 4 = familia, cuidar de pessoas). Estou citando só virtudes, para simplificar, ok?
    se você puder postar as datas de nascimento delas eu posso usá-las como exemplo, se elas permitirem. Mas você tem de falar com elas primeiro.

    Agradeço as possíveis respostas.

  46. IRR

    “@MDD – É um problema de se pegar livros sem conhecer as referências. Castellani é considerado um grande autor maçônico, APENAS quando se mete a escrever maçonaria, e com grandes ressalvas… Para ele, “vale o que está documentado”, ou seja, Castellani acredita que a maçonaria foi criada do zero a partir do nada em 1717, pois assim os documentos dizem. E ninguém o convenceu do contrário. Não que seja um problema… os livros que ele escreveu de maçonaria pós 1717 são ótimos, valem como um grande registro, mas quando ele se mete a falar de pirâmides, é uma catástrofe.”

    Esses positivistas, eu náo sei como eles podem pensar assim, se é de má-fé ou por pura ingênuidade ou se é apenas por mesmo.

    Outro dia, conversando com uma amiga, graduada em história, sobre o que é legitimo ou não para ser considerado como registro factual histórico. Ela dizendo que as piramides eram apenas tumulos, que o deus do egito era o faraó e blá blá blá. E eu questionando até cansar pq os arquivos, livros, conhecimentos passados de forma fechada desde a antiguidade até hoje não era considerados legítimos.

    E ela dizendo que antes do seculo XIX, até a vinda de Champollion e a capacidade de decifrar s hieroglifos egpicios, nada se sabia sobre o Egito. Que é tudo “invensionisse” de esquisotéricos e por aí vai. Então eu perguntei e sobre as catedrais góticas, de terem as mesmas propriedades das piramides (viradas pro nascente, os pilares , etc), Até que ela cansou de responder e parou o assunto.

    O engracado é que as pessoas levam a biblia como documento historico, mas o “resto”, outras obras simbólicas), não.

    Você poderia fazer um post um dia só falando sobre isso? Refutando as “autoridades”?

  47. V

    Marcelo
    Obrigado pelas respostas.
    Seguinte: você disse que nós escolhemos que tipo de personalidade teremos na nossa vida, certo? Isso até me lembra expressões como “cara, vc entrou na fila na chatice 2 vezes”, ou “vc pediu pra ser chato no vale do eco” (desculpe a brincadeira, é só pra ilustrar). Então nós, antes de nascer, fizemos uma espécie de “Self Service” de personalidade? Tipo “vou querer um pouco de lábia, bastante astúcia, uma pitada de sarcasmo…”. Quando nós fazemos essa escolha? Engenheiros do Karma (bom nome para uma banda) são entidades que tipo? São deuses?

    @MDD – Isto vai sendo preparado quando o seu núcleo decide que você deve retornar ao Plano Material. É um pouco complicado de explicar, porque estamos acostumados com o axioma causa -> efeito -> efeito 2… enquanto no Astral são 4 ou mais dimensões, então estes seres trabalham com “tudo ao mesmo tempo agora”. Acho que estariam mais ou menos no mesmo patamar dos chamados “deuses”. Mas não creio que sejam seres antropomórficos, devem estar mais para “entidades” do que para “criaturas”.

    Bom, sobre minha irmãs, Natalie e Michele, a primeira por coincidência fez o mapa astral semana passada. Ela falou que ia me mostrar a “fita” (deu a entender que foi uma conversa gravada), mas acabou se esquecendo na última vez que nos vimos. Como você pediu, a data de nascimento delas é 22 de abril de 1975.
    A Natalie autorizou usá-la como exemplo.

    @MDD – eu preciso dos horários certos de nascimento de cada uma. Devem estar na certidão.

    Obrigado Marcelo, mesmo sendo cético, eu te admiro bastante. Vou continuar lendo seus posts, quem sabe meu grau de ceticismo diminua?

    @MDD – espero que não diminua nunca!!! Mas apenas que você comece a perceber que existem coisas que a ciência ortodoxa não é capaz de explicar ainda.

  48. Bruno Ferreira

    Valeu pela dica Lucas. 🙂

  49. Herculano

    se astrologia não tem nada haver com gravidade nem nada…tem haver com que? quero dizer o rege “essa influencia” não tô conseguindo me expressar bem até pq a astrolgia sempre me confunde um pouco…

    @MDD – Tem a ver com causas que não estão nas dimensões em que nós vivemos. Vou tentar explicar fazendo uma analogia na 2a dimensão. Imagina que vivessemos em uma folha de papel 2D… e só tivéssemos consciência do que pudéssemos tocar (mundo 2D). De repente, alguma entidade no mundo 3D (ou seja, fora do que podemos detectar) pega um pincel cheio de tinta e o sacode sobre a folha de papel. Para os habitantes do mundo 2D, apareceriam “manchas” inexplicáveis aparentemente do nada! Manchas da mesma cor que só poderiam ser explicadas como “coincidências”, sem nenhuma razão de terem aparecido em locais diferentes do mundo 2D ao mesmo tempo.

    Desta maneira, a posição do planeta no mapa não é causa nem consequência de sua característica psicológica, mas um resultado PARALELO de uma decisão tomada em um grau de consciência/dimensão superior. Vamos a outra analogia: imagina um garoto brincando de LEGO e olhando para o relógio cuco da sala… ele decide que cada vez que o ponteiro marcar 10s ele coloca um lego vermelho na estrutura, e cada vez que o relogio marcar 20s ele coloca um lego amarelo. Nos outros segundos ele coloca um lego azul. No “universo dos legos”, eventualmente os legos descobrirão que existem legos amarelos, vermelhos e azuis passeando por lá… e depois de muitos estudos, descobrem que cada vez que o relógio cuco marca 10s nasce um lego com características vermelhas. No universo materialista dos legos, não faz sentido cada vez que o relogio da sala (que eles observam com lunetas, e até mesmo constróem observatórios para melhor precisão das medidas dos ponteiros do relógio cuco) marcar 10s aparecer um lego vermelho. Qual a lógica?
    Não se acha lógica nenhuma… mas legos vermelhos e amarelos continuam a aparecer. A evidência empírica é indiscutível. Só há lógica quando pudermos perceber que há alguma entidade externa coordenando a colocação dos legos na mesa. E a lógica das cores só faz sentido se você puder se afastar da mesa e ver de outra dimensão que o garoto estava montando um QUADRO e que cada pecinha tinha de estar no exato ponto onde ele colocou.

  50. IRR

    É verdade que a Terra, rege o Signo de Touro? Porque ela nunca é levada em consideração?

  51. Roberto

    Tio Del Debbio, o V fez comentários interessantes, e você respondeu que nós é que somos, de certa forma, responsáveis pelo que somos, ou seja, onde, quando e como vamos nascer, quem vão ser nossa família, como vamos ser etc. e tal. Então.
    Posso dizer que estou, literalmente, vivendo um pesadelo, e esperando que alguém ou algo me acorde, porque tudo que estou passando na minha vida não pode ser, de forma alguma, eu que escolhi passar, já que tenho CERTEZA absoluta que ninguém, em sã consciência, escolheria voluntariamente ser alguém que passaria por tudo de ruim que estou passando. A última, estou vendo minha vida literalmente se destruir, já que uma faculdade que achava ter terminado, me apareceu querendo revogar todo meu esforço até agora, apresentando irregularidades que não existiam até ontem. E, além de correr atrás do prejuízo, lógico, fico me perguntando o tempo inteiro o que fiz para merecer tudo isso. Por isso estou com fé de que esses mapas e sigilos vão sair, porque estou precisando mesmo ENTENDER tudo. Afinal, quando a vida perde sentido, já sabemos as consequências.
    Abraços.

  52. Musashi

    Ola Sr. Marcelo.

    Alem de todos os parabens por nos conceder tal esclarecimento tenho uma duvida (mais uma de varias =P) que talvez o Sr. possa me ajudar.

    Se tal trabalho traz tao profundo conhecimento sobre si mesmo deve ser possivel encontra-lo em algum lugar, ou seja, alguem realmente serio que tenha tal conhecimento.

    O Sr. poderia indicar se existe alguem em Curitiba que poderia realizar tal trabalho?

    e novamente obrigado

    abracos

  53. Musashi

    Pesquisei em suas fontes mas não encontrei nada definitivo, entao como diz o ditado “quem tem boca vai a roma” hehe.

    Sem querer abusar de sua paciencia, poderia indicar um livro para inicio de estudo sobre a kabbalah e outro sobre tarot?

    Desculpe sobre o duplo comentario, mas n eh possivel editar ^^

    obrigado

    abracos

  54. V

    É mesmo, esqueci do horário do nascimento das minha irmãs, essa tive que perguntar pra minha mãe. Ela disse que a Michele nasceu 5:55 am e a Natalie 5:57.
    Quando você disse “retornar ao plano material”, significa que que nós já tivemos neste antes, em diversas encarnações como acreditam os espíritas (minha mãe incluída), certo? Mas quando fazemos as escolhas sobre nossa personalidade antes de encarnar novamente, nós as fazemos baseadas em nossas antigas experiências no plano material?

  55. luiz heavymetal

    “Seus pais escolhem ter um filho como você, você escolhe nascer dos seus pais e assim por diante… é algo fantástico de se estudar”

    leio livros sobre astrologia e acho que até entendendo bem a lógica dela, já li “A Astrologia Do Karma – Pauline Stone”, e queria saber como eu faço pra estudar coisas desse tipo, que eu também acho fantástico.

  56. Tiago+1

    MDD, quem percebeu a ligação entre a Astrologia e a personalidade das pessoas ? Como essa conexão foi percebida, da onde veio esse conhecimento ? É um conhecimento passado mediunicamente, através de incorporaçoes/evocacoes de espiritos evoluidos, que compartilharam essa informacao com os povos antigos ?

    Eu tb estava com a duvida da ligacao que algumas pessoas fizeram. “Qual a ligacao dos astros com a pessoa ?”. De fato, eu estava procurando algum meio fisico, ou mesmo ocultista, para isso. Raios cósmicos ? Cordoes-de-Prata ligando as pessoas aos planetas ? Ondas eletromagnéticas ? Apesar de continuar querendo saber a ligacao, vi que nao é necessário. É simplesmente assim. Como vc já disse tantas vezes em seus textos:

    “As above, so below “.
    O que está acima é igual ao que esta embaixo….

    Isso me leva a outra questao… porque “o que esta em cima é igual ao que esta embaixo” ?? É como se tivessemos um telescópio infinito, com o qual pudessemos ver em grandezas infinitesimalmente grandes ou pequenas… e perceber que há repeticao de padroes.

    É como um caleidoscópio… ou como os fractais…

  57. Tiago+1

    Acabei de ler sua resposta ao comentario de Herculano, e vi que ali estava o complemento para o que me faltava 😀

    Obrigado, continue com o ótimo trabalho.

  58. VHein

    Estava me perguntando sobre as escolhas que fazemos quando ” encarnamos” e e a um det sentimento que tive ainda menina quando menina intuia que com persistencia eu conseguiria lidar e aprender com a situação. Claro, n era como nadar na praia, brincar mas sabia que seria uma aprendizagem importante para minha vida pessoal e profissional.

    Não preciso dizer que anos mais tarde me deparei com muitos astrólogos com abordagens diferenciadas e me lembro perfeitamente de um que me propôs fazer o mapa astral com várias revoluções(!) e com sessões de regressão a preço salgado de dólares .

    Como achei muito complicado preferi optar por uma astróloga que fez um mapa astral e revolução solar em que me explicava muitas coisas mas confesso que na época n consegui assimilar todas as informações. Ela se colocou a disposição p que eu retornasse quando precisasse para clarificar qq questão.
    Acredito que ainda n fosse meu momento.

    Na época fazia análise e minha terapeuta “entendia” a astrologia e estudo da kaballah seria uma forma de adivinhação!!! Na verdade eu queria me conhecer melhor num sentido mais amplo.

    Faz tempo que afirmo que o profissional da área “psi ” deva ampliar sua gama de conhecimento para melhor compreender e atender seu cliente.

    Fico muito feliz em ter encontrado seus post com textos extremamente competentes que nos fazem pensar , refletir de forma mais abrangente e procurar respostas que muitas vezes em meu caso surgem nos comentários do grupo de estudiosos que sempre são instigantes e/ ou reveladoras e em suas respostas.

    Parabéns pelo texto sempre enxuto e enriquecedor.
    Abraços,

    VHein

  59. Lu Köbe

    A analogia do lego, da criança e do cuco é digna de crédito.
    Como leitora de Allan Kardec, acredito que teorias baseadas no empirismo são sim dignas de crédito.
    Mas não posso deixar de pensar também que uma comunicação truncada e/ou viciada é totalmente possível, já que é produzida por nada mais que humanos.
    Quem no inicio registrou documentalmente a teoria, com certeza o fez carregando junto para o papel suas crenças e sentimentos… E o que dizer de todas as transcrições e traduções ao longo das décadas e séculos??
    Conclusão: É perfeitamente possível, mas será de fato real??

    @MDD – Por isso que você precisa comparar de diversas fontes diferentes.. Se os relatos, embora divergentes em alguns pontos, são muito semelhantes em todas as partes do planeta, ao longo de toda a história, algum fio de verdade há de existir, e tem de ser investigado! Por que rituais de comunicação com os “ancestrais” no Japão Feudal são idênticos a rituais xamânicos ou rituais do candomblé ou rituais celtas ou mesas kardecistas?

  60. Lu Köbe

    Sim, sim!!! Tens toda razão!!!
    O fato de pessoas aceitarem fervorosamente o que poucos dizem, sem se aprofundarem no assunto e o fato de pessoas decidirem “pregar” sem uma boa base de conhecimento, é o que faz com que o Espiritismo caia no descrédito, sendo considerado uma superstição coletiva ao invés de uma teoria bem fundamentada.
    Quanto à Astrologia, não conheço muito, logo não tenho opinião formada!
    Mas como acabo de achar essa fonte bacaninha de informação, prometo me aprofundar!!
    Abraço!

  61. Élder

    Espero não ter chegado atrasado :p

    Mas só duas curiosidades:

    No caso de cesariana, como funciona, como isso altera a programação kármica? Uma de emergência para complicar… Em muitos casos ela é feita antes das contrações e do dia que o bebê iria nascer naturalmente.
    A mesma pergunta vale para os prematuros. A mãe tem um baita susto e a criança nasce de 6, 7 meses.

    Um pouco mais sério agora. Há evidências de que a criança tenha lembranças ainda quando feto, que desenvolva traumas, etc ainda na gestação. Sendo este feto ainda “não-encarnado” como essas experiências são gravadas na personalidade do bebê?

    Aborto. Pelo que entendi temos 3 meses pra executarmos o nosso livre-arbitrio sem afetar o livre-arbítrio de outro, certo?

    Agradeceria muito alguma resposta.

    De qualquer forma, Obrigado.

  62. alessandro

    Ola Tio!
    Vi que pediu ajuda aos leitores do Forum TDC para montar uma lista de personalidades, que posssam ser relacionadas por características marcantes e com data e local de nascimento!
    Então peço permissão para dar uma idéia, aqui no blog tenho a impressão de ser mais ativo que o próprio fórum!
    Poderiamos voluntariamente, dividirmos tarefas. Assim evitaríamos o aparecimento da mesma personalidade em várias listas, o que geraria um desgaste desnecessário no momento das análises e para que os voluntarios procurem com foco em um certo assunto, isso facilita!
    A intenção é ajudar na pesquisa, que será util à todos nós. Seria necessária apenas uma divisão!
    Eu posso ficar com 2 ou três “classes” de personalidades!
    Desculpa Tio, usar um post mais antigo e por ser intrometido, rsrs… é que talvez seja complicado por um post abordando isso, mas a intenção é ajudar mesmo..
    Paz e luz!

  63. gley

    Achei o texto muito interesante.À algum tempo que procuro coisas serias sobre astrologia, e encontrei um site que fala sobre o 13° signo que seria o serpentario.Queria saber sobre; e perguntar, se o fato de existir uma mudançao no signo, se isso influencia de fato ou não?Já que os planetas são só uma representação.No meu caso meu nascimento é 18/07/1986; pela tabela ”oficial” eu seria de cancer mas como ocorreu uma mudança( já q o universo não esta congelado!…)eu passei a ser de gemeos.As caracteristicas mudam como fica isso?E as pessoas que se tornaram serpentario como ficam?
    Obrigada!

    @MDD – Me-DO… fuja do site do serpentário!!!! Serpentário, ou Ofiúco, é uma invenção esquisotérica da década de 90, quando perceberam que o sol passava também por esta constelação entre escorpião e sagitário. Não faz o menor sentido ou lógica, pois a Astrologia independe das constelações. O mesmo vale para a sua tabela de constelações. Pode ficar tranquila que você continua sendo de cancer…

  64. danili

    Tio , posso dizer uma coisa … Sensacionallllllll , cada vez mais que leio seus estudos , mas amo tudo isso . Obrigada por nos trazer seus conhecimentos .
    Pax

  65. Tilion

    DD, você respondeu a alguém acima que Lilith e Quíron não eram consideradas na Astrologia Hermética. Como os Nodos Lunares Norte e Sul não são pontos físicos assim como Lilith, porque são considerados desde tempos antigos, chamados de Cabeça e Cauda do Dragão pelos hindus, como relevantes para a análise do karma e dharma?

    @MDD – A cabeça e cauda do Dragão representam o caminho dentro da Árvore da Vida, passando por todas as esferas, por esta razao, indicam no mapa as energias mais ligadas ao Dharma da pessoa. Especialmente a caput draconis.

  66. JGarcia

    Pelo que entendi:
    @MDD – O Mapa astral é mesmo uma espécie de mapa da sua “configuração de software” nesta encarnação… (que, diga-se de passagem, foi você mesmo que ajudou os Engenheiros de Karma a escolher – daí seu livre arbítrio) por isso que você nasceu na época em que nasceu, na cidade em que nasceu, é filho dos seus pais e tem seus irmãos.
    Quer dizer que eu escolhi ter aquela determinada “configuração”, mas ai o desgraçado do médico fala para a minha mãe que é muito melhor fazer um “Cesariana” na quinta feira porque o hospital está mais vazio e já se passaram 40 semanas da gestação e a partir daqui nada de novo acontece com o bebe apenas desconforto …….
    Então toda a pré configuração foi pro saco na hora de compilar o software?
    No meu caso que nasci de cesariana e que optei por fazer cesariana no parto de minha filha foi um Doble Failllll……..?

    @MDD – Cesariana é total FAIL. Se o bebê ainda está dentro do útero, é porque alguma coisa ainda não está completa, senão a natureza já se encarregaria de mandá-lo para fora… existe uma “indústria de cesarianas” operando, porque elas são mais rápidas, práticas (para os médicos) e convenientes, mas meu filho (o dia que eu tiver um/uma) vai nascer de parto normal, com certeza.

  67. Felipe

    Achei interessante por que tipo, eu tava na aula de Química e o professor perguntou quem descobriu as órbitas em elipse dos elétrons, eu respondi Kepler e riram de mim. Mas o professor disse que eu não estava completamente errado, porque tinha uma relação. Agora percebo que são coisas sutis que fazem essa relação entre o mundo exterior e o mundo microscópico, o que faz com que astrologia não seja uma bobagem, para mim.

  68. Diogo

    MDD, e no meu caso, que a cesariana foi feita de emergência pq eu me enrolei todo no cordão umbilical e estava correndo risco?

  69. Fly

    Plutão, assim como todo o nosso sistema solar, já era conhecido pelos Sumérios ( a1ª civilização conhecida pelo homem moderno).

    vide: http://flyover-omarafado.blogspot.com/2007/12/teorias.html

    Um abraço MDD

    P.S.
    Há muito que tenho andado arredado do meu blog e da internet, mas de vez em quando passo por aqui e pelo teoria de conspiração para “beber” um pouco do teu vasto conhecimento, embora nem sempre concorde com a tua verdade respeito-a e retiro sempre algo de positivo para a minha.

  70. Gustavo

    Cara, excelente! Uma psicóloga/astróloga já tinha me deixado bem ciente dos charlatões da astrologia, mas o texto foi fantástico.

    mas ainda resta uma dúvida: Como você sabe que determinado ponto no céu corresponde a determinado comportamento em uma pessoa?
    Como descobriram isso ?

    Isso é que pega! Toda sua explicação deixa vaga ESSA questão fundamental. Como os astrólogos descobriram que um determinado campo do céu influencia a forma como se vive aqui, como e porque? Então a astrologia ainda não pode ser ciência por causa disso.

    @MDD – Segundo o livro de Enoch, os anjos desceram dos céus e ensinaram os humanos os sortilégios, as ervas e a astrologia. A verdade (e que é um problema enorme quando se está tentando demonstrar a validade da astrologia na estatística e dentro da ciência ortodoxa) é que a base destes ensinamentos foi passada para os humanos por espíritos de planos superiores. Para ela se encaixar nas ciencias ortodoxas, primeiro será preciso a ciencia ortodoxa aceitar espíritos, reencarnação, etc… ainda está longe disso.

  71. Turbs

    Boa noite o/

    Depois de ler os seus posts de astrologia, comparar os mapas postados no S&H e tentar tirar alguma verdade, como alguém disse aí em cima, um axioma que originará a sentença de razões. Uma dúvida me tira do caminho e me obriga a parar.

    Se os planetas e todo o resto, enquanto referência, simbolizam como uma pessoa poderá ser(levando em conta as oitavas), onde é que fica o caráter pessoal? Se, hipoteticamente, duas pessoas tem uma carta natal idêntica, o que irá diferenciar uma da outra?

    Pergunto isso pois fiquei com a impressão de que não há personalidade, resumindo: Há algo que seja o mesmo independente de onde e quando a pessoa encarne e do “degrau” que ela se encontre?

    Não sei, essa pergunta me pareceu demasiado inocente, mas ainda me perturba.

    @MDD – Isso faz parte do terceiro post, que lida com o livre arbitrio… mas eu adianto. Em primeiro lugar, quem escolheu esta configuração, de certo modo, foi voce mesmo… escolheu caracteristicas favoraveis para a missão que vem desenvolver aqui… e em segundo lugar, uma vez nascido, ainda possui livre arbitrio para fazer ou não o que se propôs. Então a astrologia está longe de “gravar em pedra o destino das pessoas”…

  72. Turbs

    Opa, embalando o comentário anterior, se há algo que permanece o mesmo indepente de tais fatores, nascer em tal lugar e em tal hora não é nada além de se afinar com egrégoras pré-históricas por meio de um.. hmm… parto?!

    As coisas ficam tão sem poesia quando são colocadas dessa maneira. Hahahaha

  73. Fernando Luiz

    Putz, cesariana é fail? Suspeitei desde o principio! Acho que já li algo a respeito mas muito por cima e vi correntes de digamos “naturalistas” fazendo questão de parto natural.

    Em relação à “configuração do software”, a cesariana na verdade entraria nos planos da escolha pelos “Engenheiros do Karma” não? Então tudo acabou saindo de acordo com o plano de qualquer forma. ou não?

    Ae MDD, vai ser difícil convencer a patroa de fazer parto normal hoje em dia hein, ainda mais se ela for cética.

    Diz se você conhece consequências para o bebê pela visão ocultista? E se souber algo científico fala também por favor. Nem sei se nasci de cesariana, acho que sim. :/ Agora é tarde para mudar isso. LoL.

  74. Brunna

    Conhecendo meu mapa astral, o que você sugere que eu faça com a interpretação? Como superar os ‘defeitos’ ditos ou transformá-los? Há características que não sei julgar se vício ou virtude, mas com certeza pode-se aprimora-las. Desejo consciência… e esse é um dos caminhos…
    Adorei a matéria, Marcelo.
    😀

  75. Brunna

    Vi a interpretação elaborada por Quiroga, e pesquisando mais a respeito dele, achei-o sério e o que ele diz é sensato e profundo.

  76. JGarcia

    Estava eu pensando no meu mapa quando me surgiu a idéia do horário de verão e que pela minha certidão de nascimento poderia estar com o horário real errado então após uma rápida pesquisada achei em http://www.vegaplus.com.br/online/horaverao.htm:

    de 1954 a 1962 não houve hora de verão nestes anos
    de 23/10/1963 às 00h00m até 29/02/1964 às 24h00m SP,MG,RJ,ES
    a partir de 09/12/1963 às 00h00m: todos
    de 31/01/1965 às 00h00m até 31/03/1965 às 24h00m todos
    de 01/12/1965 às 00h00m até 28/02/1966 às 24h00m todos
    de 01/11/1966 às 00h00m até 28/02/1967 às 24h00m todos
    de 01/11/1967 às 00h00m até 29/02/1968 às 24h00m todos
    de 1969 a 1984 não houve hora de verão nestes anos
    de 02/11/1985 às 00h00m até 14/03/1986 às 24h00m todos
    de 25/10/1986 às 00h00m até 13/02/1987 às 24h00m todos
    de 25/10/1987 às 00h00m até 06/02/1988 às 24h00m todos
    de 16/10/1988 às 00h00m até 28/01/1989 às 24h00m todos
    de 15/10/1989 às 00h00m até 10/02/1990 às 24h00m PA,AP,BA,GO,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS
    até 21/11/1989 às 24h00m: CE (a confirmar)
    de 21/10/1990 às 00h00m até 16/02/1991 às 24h00m MT,MS,GO,DF,BA,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS
    de 20/10/1991 às 00h00m até 08/02/1992 às 24h00m MT,MS,GO,DF,BA,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS
    de 25/10/1992 às 00h00m até 30/01/1993 às 24h00m MT,MS,GO,DF,BA,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS,PE
    de 17/10/1993 às 00h00m até 19/02/1994 às 24h00m AM,MT,MS,BA,GO,DF,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS
    de 16/10/1994 às 00h00m até 18/02/1995 às 24h00m MT,MS,BA,GO,DF,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS
    de 15/10/1995 às 00h00m até 10/02/1996 às 24h00m MT,MS,BA,GO,TO,AL,SE,DF,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS
    de 06/10/1996 às 00h00m até 16/02/1997 às 24h00m MT,MS,BA,GO,TO,DF,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS
    de 06/10/1997 às 00h00m até 28/02/1998 às 24h00m MT,MS,BA,GO,TO,DF,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS
    de 11/10/1998 às 00h00m até 20/02/1999 às 24h00m MT,MS,BA,GO,TO,DF,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS
    de 03/10/1999 às 00h00m até 26/02/2000 às 24h00m MT,MS,BA,GO,TO,DF,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS
    de 08/10/2000 às 00h00m até 17/02/2001 às 24h00m MT,MS,BA,GO,TO,DF,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS
    até 14/10/2000 às 24h00m: PE,RR
    até 17/10/2000 às 24h00m: CE (confirmar)
    até 21/10/2000 às 24h00m: SE,AL,PB,RN,PI,MA
    de 14/10/2001 às 00h00m até 16/02/2002 às 24h00m MT,MS,BA,GO,TO,SE,AL,PB,RN,CE,PI,MA,PE,
    DF,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS
    de 03/11/2002 às 00h00m até 15/02/2003 às 24h00m MT,MS,BA,GO,TO,DF,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS
    de 19/10/2003 às 00h00m até 14/02/2004 às 24h00m MS,GO,DF,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS
    de 02/11/2004 às 00h00m até 19/02/2005 às 24h00m MT,MS,GO,DF,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS
    de 16/10/2005 às 00h00m até 18/02/2006 às 24h00m MT,MS,GO,DF,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS
    de 05/11/2006 às 00h00m até 24/02/2007 às 24h00m MT,MS,GO,DF,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS
    de 14/10/2007 às 00h00m até 16/02/2008 às 24h00m MT,MS,GO,DF,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS
    de 19/10/2008 às 00h00m até 14/02/2009 às 24h00m MT,MS,GO,DF,MG,ES,RJ,SP,PR,SC,RS

  77. Alexandre

    Ótimo post DD!
    Agora fiquei animado pra fazer minha carta natal.
    Só que lendo os comentários vi que cesária é total fail já que é um processo antinatural.
    Na minha certidão tá 19/10/1984, horário 12:00 (meio dia em ponto). Só que nasci de cesária. Então já era? É como o brod que foi abandonado e não sabe o dia nem horário do nascimento?

    @MDD – É recomendado que não haja cesariana, mas não é algo que afete seu mapa. sem saber o dia fica muito complicado de fazer o mapa, se não impossível… infelizmente, é perdeu, preyboy, a menos que a pessoa consiga entrar em contato com o Sagrado Anjo Guardião dela e perguntar a ele o dia correto.

  78. PH

    marcelo,

    venho lendo suas colunas, observando..
    estudando na medida do possivel..
    e tirando duvidas com amigos que possuem tais conhecimentos (que por sinal, de um tempo para cá, aumentou a quantidade de pessoas que possuem estes conhecimentos.. enfim..)
    mas, infelizmente, não consigo sempre estar com eles..
    e já faz algum tempo que estou p tirar esta duvida, se puder tira-la ou mesmo orientar uma leitura, serei grato..

    Constamente, leio sobre o Karma e o Dharma, sobre a demonstração da Astrologia.. e eis que me pergunto sempre:

    Somos entao apenas boquenos de fantoche?
    Estamos sujeitos e vulneraveis sempre a outras consciencias?!

    @MDD – Nao, de maneira nenhuma, já que boa parte do seu mapa Astral foi você mesmo que escolheu! se você tem características arianas, por exemplo, é porque VOCE (junto com outras consciencias superiores) achou que este seria o melhor “software” para rodar seu Dharma. O mapa só mostra sua escolha, o povo é que confunde tudo e acha que é “destino”, “imutável”, etc…

    Pois muito se fala no livre arbitrio, mas pelo que voce explicou, ele parece ser algo tao restrito..
    um exemplo: Temos direito de jogar bola, desde que jogamos com chuteiras, desde que não façamos falta.. ou seja, cheio de resalvas…

    Por exemplo, tenho o Sol e mercurio em aquario.. e volta e meia leio (talvez de fontes duvidaveis.. hehe) que estou destinado a ajudar a humanidade mas pagarei por isso o preço da solidao (algo bem resumido!)…
    e seu eu quiser ajudar a todas e nao continuar sozinho (em termos de relacionamento amoroso msm)?! nao poderei?!?!?

    @MDD – Claro que pode. Mas voce pode estar dentro de uma multidão e mesmo assim estar sozinho.

    nao entendo essa ilusãoo que temos de liberdade.. de livre-arbitrio..

    ps: reparei certa vez no que disse sobre o mapa astral de minha familia. e realmente, parece de certa forma se encaixar.. minha mae é de libra e meu pai de leão..

    talvez para voce, seja basal esta pergunta, mas faço ela constantemente..

    Obrigado pela atenção,

    raphael

  79. “E nessa “subjetividade” acabam as chances da Astrologia de se enquadrar nas ditas ciências ortodoxas…”

    Talvez então a astrologia seja o elo perdido entre as ciências exatas (exatidão dos cálculos e astronomia), as ciências humanas (sutilezas e subjetividade), as ciências naturais (afinal isso é tão natural quanto biologia né?) e as artes.

    Ótimo texto,
    Abração

  80. Fidel Neto

    Olá1
    Li que o Fernando Pessoa, que foi um grande astrólogo, errou por apenas 6 meses a data da própria morte. Ele acreditava que tinha nascidos às 8:20, mas na verdade nasceu às 8:22.
    Alguém sabe que tipo de cálculo é esse que ele pode ter feito???

  81. sarah

    Por favor. Gostaria de saber se o mapa astral faz previsão sobre o futuro?

    @MDD – Não existe previsão para o futuro. Quem prometer isto em um Mapa estará mentindo.

  82. sarah

    Oi Marcelo!! Muito obrigada pela resposta. Você tirou um peso da minha cabeça… Certa vez, meu mapa foi lido por uma pessoa que disse que eu me casaria e logo depois me separaria e depois me casaria de novo com outra pessoa … Confesso que apesar de não levar tão a sério, fiquei um pouco preocupada.

    @MDD – O mapa vai mostrar o seu Dharma, ou seja, o que você se propôs a fazer nesta encarnação. Ele indica as caracteristicas onde você tem maior potencial, suas facilidades e dificuldades… PODE ser que haja casamentos nele, se isto for algo importante no seu desenvolvimento, PODE haver filhos ou relação forte com a família, se for algo que você tenha de resolver nesta vida, assim por diante. O mapa é um “mapa”, não algo escrito em pedra irrevogável. Ele não faz “previsões”.

  83. Pedro Henrique

    Olá, MDD

    Não entendi muito bem esse negocio de SOL em AQUÁRIO, MERCÚRIO em GÊMEOS. eu por exemplo nasci em 17/02, qual seria essa relação no meu caso? tem algum Site que você me recomenda pra explicar melhor essas coisas?

    Abraços

  84. Val Valiant Thor

    Marcelo…
    Não canso de ler e reler seus posts.

    Ando lendo bastante sobre Astrologia Hermética, entendi perfeitamente tudo o que vc já disse até hoje.
    Porém, acho que nesse texto em particular há uma brecha onde surge, toda hora, a mesma dúvida para os leitores. E isso me inclui.

    É dito que Astrologia não tem nada a ver com constelações.
    COMO NÃO?

    Eu entendo que elas são apenas represntações, que não exercem influência nem forças gravitacionais e tudo mais esquisotérico que dizem por aí.

    Mas são para elas que “ponteiros” estão direcionados e, a partir de suas representações simbólicas, podem nos nortear quanto as informações que transmitem.

    O que eu estou querendo dizer é:
    Poderíamos ter a Astrologia sem dizer sobre as constelações.. por exemplo:

    Vamos supor que dividam o Universo em coordenadas (assim como temos as longitudes e latitudes). Então poderia ser dito:
    Marte está alinhado com o paralelo 26°07′ no eixo X – 57°23′ no eixo Y – 39°39′ no eixo Z.

    Entretanto isso seria muito difícil de compreendermos. Então usamos as constelações como referência. Certo?

    @MDD – Certíssimo

    Acho, portanto, que essa abordage de “não ter nada a ver é muito forte e, para quem ainda não está num nível mais adentro do assunto, confuso.

    Compreendeu o que eu tentei dizer? Ou eu é que entendi errado?

    @MDD – Valiant, o correto mesmo seria dizer “A parte de sua consciência que vibra na frequencia de Hod ressoa harmonicamente com a frequencia flúidica que denominamos Ar Mutável (Ruach no nivel da mente abstrata focado no pensamento abstrato), geometricamente representado a 21 graus 10 min” (Simplificamos ABSURDAMENTE isso falando “Mercúrio em gêmeos”, porém temos de desdobrar o simbolismo para entender o que mercúrio representa, depois o que Hod representa; e interpolarmos com o que ar Mutavel representa. Diante desta matiz, temos a imagem perfeita daquela energia manifestada naquela consciência… mas se eu falar da maneira correta, talvez meus 200 alunos de Astrologia entendam o que estou escrevendo,os outros 4800 leitores vão ficar boiando.

    Espero ter ajudado.

  85. Val Valiant Thor

    Perfeito!

    Agora acho que os leitores poderão entender mais claramente ainda estes aspectos!

    Obrigado mais uma vez.

  86. Ana

    Puxa, adorei saber que existe outra forma de “visualizar” a astrologia. Tenho um parco conhecimento do que você chama de astrologia profana, e me interessei muito pela astrologia hermética. Você tem planos de workshops, oficinas; já pensou num curso online à distância? Enfim, onde encontro um lugar sério para estudar de verdade a astrologia hermética.
    Abraço, adorei seu site!

  87. Lau

    Ola, ja fiz meu mapa, e gostaria de saber como posso lapidar oq esta ruim em meu mapa. Existe um tratametno com florais, ou algo parecido, pois sei das minhas dificuldades, so nao estou conseguindo vence-las.
    Abraço, adorei seu site.

    @MDD – Apenas com Vontade (Thelema). Não existem atalhos nem fórmulas milagrosas para o autoconhecimento.

  88. Jace

    eu queria solicitar meu mapa mas não sei como me ensina

    @MDD – basta seguir as instruções aqui no blog mesmo, na sessão “Mapas Astrais e Sigilos Pessoais”

  89. Giuseppe

    Não sei se esse é o lugar mais adequado pra tirar minha dúvida… mas… enfim: aqui estamos.
    Por que se representa os 10 sephirot da kabala por Sol, Lua, Mercúrio, Vênus, Marte, Júpter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão? Existe algum critério pra definir qual astro representa cada “parte da consciência”? Ou poderíamos até dizer que todos os astros do sistema solar de certa forma são um ponteiro indicador de algum aspecto de nossas personalidades mais ou menos significativos? Ou ainda mais, poderíamos dizer que os astros não são mais que referenciais visuais de “ciclos rítmicos” relacionados com nossa personalidade e que esses “ciclos rítmicos” sejam infinitos?

    Abraços, Marcelo.

  90. João Henrique Silla Salvático

    Del Debbio, eu li nos comentários sobre cesariana e talz, e eu nasci também de cesariana, só que segundo os “dotôres” eu nasceria dia 07/09 com grandes chances, talvez depois. Então me tiraram dia 06/09.

    Afeta algo no Mapa ou nem?

    @MDD – Se foi feita uma cesariana por necessidade, incalculada, não afeta. Se foi planejada, ela acaba atrapalhando sim, infelizmente. É como fazer um ritual para consagrar um objeto X em uma data Y… vai mudar um pouco a forma e os potenciais daquele ritual.

  91. sarah

    Oi Marcelo!! queria tirar mais uma dúvida… Quando uma criança é adotada, o que acontece com o Karma dela?

    @MDD – Ser adotado é uma espécie de prêmio. Poder dar a chance de ser um filho/a em uma família que não poderia ter um. Acho que é uma grande responsabilidade também. Pena que a nossa sociedade foca muito no aspecto “coitada da criança abandonada” do que no aspecto “a criança é um presente para os pais adotivos”… Mas este é um assunto gigante demais pra ser discutido em um comment, pois envolve tantas variáveis e tantas possibilidades de ajuste do karma e evolução.

  92. sarah

    Oi Marcelo!! Obrigada pela resposta. O Dharma desta criança que foi adotada pode ser modificado em alguns aspectos?

    @MDD – Ás vezes o Dharma pode ser justamente esse. Cada caso específico é um caso, é impossível tentar traçar “regras” para isso, pq cada vida é diferente da outra. Não existem dois mapas idênticos.

  93. Valeria

    Ola Marcelo, eu fiz meu mapa astral e fiquei muito surpresa pelo resultado.
    Não entendo muito disso mas uma vez eu escutei que ter Sarturno na Casa XII e´ e assustar ! E eu vi outros mapas de famosos como Elvis, Senna, Lennon todos esses tem Saturno na Casa XII . É um Karma muito duro ?

    Eu tenho Saturno na casa XII em peixes e para complicar mais Neturno em Escorpião na casa VIII !!!

  94. Brasileiro

    Oi MDD,

    Recebi meu mapa recentemente, mais restaram algumas dúvidas depois da leitura. Já enviei para você por email mas ainda não obtive resposta, imagino que por falta de tempo ou prioridade, o que é perfeitamente compreensível. De qualquer forma, transcrevo algumas abaixo que eu tenho mais vontade de sanar, aproveitando para compartilhar com os leitores do site:

    1) Quando você interpreta uma relação entre dois planetas (EX: Marte conjunção Vênus) você deve levar em consideração a casa e o signo que eles se encontram (Marte conjunção Vênus em Áries/Casa 7) ou deve pensar a posição dos planetas e a interação entre eles como coisas diferentes (Ler Marte conjunção Vênus, Vênus em Áries/Casa 7 e Marte em Áries/Casa 7 como influências distintas)?

    @MDD – sim, sempre interprete em conjunto. Não são distintos, eles se “mesclam”… o problema maior é que, pra fazer um programa que interprete estas duas energias, e ainda por cima faça a mescla de tudo seria MUITO trabalhoso… mesmo porque vocabulário já é um problema para interpretar sentimentos e energias. Então cabe ai a interpretação… leia cada uma das duas descrições e veja como elas se misturam.

    2) O que acontece com as casas vazias? Como interpretá-las? Por exemplo, casa 9 (filosofia de vida, estudos academicos) vazia. Certamente isso não significa que eu não tenha filosofia de vida ou que não estude temas acadêmicos…

    @MDD – Nada… todo mundo tem casas vazias… são casas onde você é “normal”, não tem vantagens nem desvantagens.

    Abs

  95. Vi

    Oi Marcelo!!

    A pessoa que fez meu mapa, em 2005, me disse que eu casaria até final de 2007 e que eu passaria em um mestrado no final de 2008. Só que nenhuma dessas coisas aconteceram. .
    Como li comentários seus que previsões não existem , você acha que esta pessoa fez uma leitura de mapa equivocada? Ou as probabilidades podem não acontecer?

    @MDD – eu tenho uma palavra pra você… chama-se “charlatão”. Em mais de dez anos estudando Astrologia séria, nunca vi nenhum Mapa onde estaria escrito qualquer coisa do tipo “você vai se casar com um loiro rico”, “você vaiter 5 filhos”, “você vai viajar pra XYZ”, etc… Mapas Astrais são mapas dos seus aspectos positivos e negativos, suas vantagens e as características que você possui para realizar sua Verdadeira Vontade. Ele está mais para um Estudo Vocacional e psicológico profundo. Mas esqueça “previsões do futuro”… só picaretas afirmam que são capazes disso…

  96. livio

    Marcelo,

    Sobre previsões, o que exatamente se encontra quando se analisam as relações do Mapa Astral Natal, com os aspectos planetários do dia?
    Existem “janelas” pessoais, épocas mais propícias para determinadas atividades ou aspectos da vida?

    Acabei me envolvendo com o aspecto biográfico da Antroposofia (bastante ligada em suas origens, com a Sociedade Teosófica), existe toda uma análise planetária, elementar e zodiacal, e até sobre os periodos (setênios, doze anos, nós lunares) e épocas da vida da pessoa, e esta pergunta me veio a mente por conta da sua resposta acima..

    @MDD – Sim, existem janelas de influência sim, são variações das Aspectações, sinastrias, etc… nada mais é do que sobrepor um mapa (o seu) com o mapa do dia e examinar os ângulos que estão formados/se formando e ver quais são as energias mais influentes naqueles períodos de tempo´(que variam de algumas horas com aspectações lunares a semanas ou anos com aspectações de saturno ou Netuno…)

  97. unloveable

    Marcelo, você conhece ou já ouviu falar de Liz Greene / Robert Hand / Astrodienst ?

    @MDD – Liz Greene é uma das autoras do tarot mitológico. Ela e toda a equipe do astro.com são muito bons.

  98. sa

    Como são essas janelas de influência? Como elas funcionam?

  99. Hikari

    ÓTIMO texto Marcelo!

    Como vc falou num outro texto, imagina se todo mundo na escola tivesse o mapa astral montado e estudado… Mais ainda, se em vez de na escola fôssemos treinados pra repetir e pra nos tornar escravos graduados, fôssemos treinados pra usar melhor nossas habilidades e pra trabalhar com nossos defeitos!

    Só q tb tem o outro lado da moeda, pessoas poderiam usar o auto-conhecimento pra adquirir poder e fazer mau uso, daí a importância de manter isso tudo oculto…

    Se a astrologia tivesse avançado como as outras ciências, ao invés de ter sido expulsa das universidades pela IGREJA, talvez teríamos hoje um código para o Mapa de cada pessoa semelhante ao código genético, com letras e números; e computadores buscando similaridades comportamentais, ao invés de astrólogos se matando para explicar sentimentos com palavras.

    Poisé, e pior q pelo q vc disse isso é possível! Se a astrologia tem base na matemática, computador calcula isso com facilidade!

    Num exemplo bobo, imagina um sistema desses de encontro de casais onde os interessados vão entrando com os dados adequados e o sistema encontra o database o par ideal. Ou então de forma mais genérica, apresentasse as informações mais relevantes?

    Dependendo da habilidade do desenvolvedor em representar o mapa astral matematicamente e depois converter o resultado matemático em informação legível, nem teria q usar Inteligência Artificial pra isso! Ou no pior caso teria um sistema especializado auxiliando o astrólogo, assim como tem softwares q auxiliam em várias profissiões.

    Infelizmente falta seriedade nesse ramo mesmo, algo pra botar ordem e combater o charlatanismo. Pena q os misticóides alimentam isso sempre perdidos nos “prazeres” e na conveniência do me enganada q eu gosto.

    Tem algum sistema (seja baseado em Web num site ou algum aplicativo standalone) q pelo menos tenha um esboço disso? Tem algum lugar democrático q faça mapa astral pra pessoas q naum tem acesso a astrólogos sérios? Se naum tiver, q vc axa da gente pensar num projeto desse, nem q seja um protótipo pra começar? Vontade de desenvolver softwares eu tenho, falta demanda pra um projeto útil de verdade q me permita explorar a habilidade!

  100. Peterson

    Excelente texto!

    Dúvida: é possível relacionar o mapa astral com algum “caminho a ser seguido” na kaballah?

  101. João

    MDD, com qual/quais profissão/profissões você relacionaria esse mapa ???

    http://img710.imageshack.us/img710/2175/mapate.jpg

    @MDD – qualquer profissao que tivesse de lidar/organizar grandes grupos de pessoas. Possui potencial para disciplina, senso de hierarquia (estilo militar), mas ao mesmo tempo levando em consideração a liberdade individual das pessoas (um líder democratico), concentrados entre os signos de capricornio e aquario, na casa 11. A maneira de lutar (marte) em cancer (tomar conta) e grande facilidade (Jupiter) em entender o que os outros pensam (libra). Claro, estas sao as oitavas altas…

  102. Pedro

    Mas se o acaso não existe, mesmo os pais tentando marcar uma data com a cesariana, a criança não irá nascer somente na data que tinha que nascer.
    Se nasceu logo naquela data não seria por que era para nascer naquela data?

    @MDD – Sim. Não adianta tentar marcar cesariana, a criança nasce quando for o momento certo para o que ela se propôs a fazer aqui na Terra.

  103. João

    @MDD – qualquer profissao que tivesse de lidar/organizar grandes grupos de pessoas. Possui potencial para disciplina, senso de hierarquia (estilo militar), mas ao mesmo tempo levando em consideração a liberdade individual das pessoas (um líder democratico), concentrados entre os signos de capricornio e aquario, na casa 11. A maneira de lutar (marte) em cancer (tomar conta) e grande facilidade (Jupiter) em entender o que os outros pensam (libra). Claro, estas sao as oitavas altas…

    Meu sonho é ser oficial do Exército, que “concidência”.

    Conhece alguma teoria da conspiração que envolva esse pessoal ???

  104. A. Lawand

    Marcelo,
    Eu amo batata frita.
    At.
    A. Lawand

  105. Hikari

    Marcelo, dá uma olhada nesse texto xxxxx

    É por causa de astrólogos assim q a gente entende q na astrologia os astros gera influência sobre as pessoas.

    “Urano, despertador da consciência mais ampliada”, “Netuno, inefável e transcendente, escapista ou mendicante, estará acompanhando Urano em sua jornada revolucionária”, “quando o Despertador adentrar Áries”, “energias uranianas em Peixes e netunianas em Aquário”, “o metamorfoseante e regenerador Plutão, senhor dos mundos ínferos, poderá realmente abrir seus novos caminhos de liberdade e igualdade e fraternidade”…

    Um misticóde q lê coisas assim vai logo cair ajoelhado no chão e dizer “meu deus, somos reféns dos planetas, elas regem tudo na nossa vida!!!!”. E um cético vai logo perguntar como planetas podem até ter personalidade e gerar tanta influência assim. Será q se tivéssemos tecnologia pra mudar a órbita dum planetá poderíamos causar grandes mudanças comportamentais nas pessoas???

    @MDD – Sim, é por conta de toscos como esse que a Astrologia é descreditada.

  106. LUCAS MARINHO

    gostaria de estudar e aprofundar sobre o assunto, mas como vc disse: a maioria que se acha na net é puro lixo. vc dar aulas, tem livros, vídeos? como faço par aprender astrologia de verdade?

    atenciosamente

  107. Tonberry

    Olá!

    Não acredito nem desacredito na astrologia, mas estou disposto a aprender para ter uma opinião formada. Vejo que você vende o peixe utilizando o rótulo de ‘Hermética’ para a astrologia; o que a astrologia hermética se difere da colocada nesse livro http://www.4shared.com/document/a9t5J_T4/CURSO_BSICO_DE_ASTROLOGIA_-_VO.html?s=1 , por exemplo? Sei que o que se vende nos jornais e revistinhas femininas é total balela, mas tem muita coisa que fazem por aí analisando o mapa astral completo de clientes/eventos/situações, então paira a dúvida sobre a melhor forma de se orientar neste estudo.

    @MDD – Sim, esse livro é bem bacana e muito bom para começar. Aconselho inclusive a estudar os mapas das pessoas famosas que coloco de vez em quando por aqui comparando-o com a teoria que a autora coloca no livro.

  108. Maria Aparecida Bezerra

    Muito interessantes suas considerações, Marcelo.
    “E ai começam todos os problemas… um Astrólogo está limitado pelo seu próprio vocabulário e pelo seu conhecimento da astrologia, também está limitado pelo seu próprio mapa astral (…).”
    “Desta forma, o que os Astrólogos fazem é compilar em tabelas palavras, símbolos e descrições que mais se encaixam àquela determinada matiz energética (novamente, usando vocabulário de acordo com seu próprio entendimento)”

    Eu diria:Talvez, por isso, a importância do Astrólogo manter-se sereno, conduzir-se com humildade para não ser categórico. Mas, sim, abrir as portas desse universo pessoal que está ali na mandala astrológica para esse cliente; ajudá-lo a se conhecer por meio daquelas indicações e simbologia, estimulá-lo a explorar aquelas potencialidades, pois é ele mesmo, o cliente, que vai trabalhar com aquele “Mercúrio em Gêmeos”. Mostrar a este as potencialidades já é uma luz, uma ajuda.

  109. Ricardo J Righetti

    Vc fez meu mapa e me fala que espera que esteja usado este mapa nas oitavas altas, porém pesquisei e não consegui achar o sentido, pode me explicar melhor .

    @MDD – É porque este termo não existe fora da Astrologia Hermética. As “oitavas” são uma maneira que temos de indicar COMO a pessoa esta utilizando as energias de cada combinação do mapa. Por exemplo: suponha que uma pessoa tenha mercúrio em gêmeos. Isto indica que aquela pessoa possui uma facilidade muito acima da média em lidar com palavras e símbolos, com textos e com organização de idéias. A pessoa poderia usar isso para ser o ganhador de um prêmio Pulitzer, para escrever um blog, para ser um repórter, para ser um jornalista de revistas de fofocas, para usar esta habilidade para difamar outras pessoas, para ser um estelionatário, para ser um manipulador de propaganda política, etc… vê que em todos os exemplos acima, estamos lidando com uma pessoa que possui o dom de escrever… COMO ele usa este dom é que chamamos de “Oitavas”.
    Mas não tem como saber em qual oitava você se encontra olhando o mapa; isso vem somente do auto-conhecimento, o Mapa é uma ferramenta para voce descobrir as potencialidades, mas quem vai ter de se lapidar até chegar no nível mais alto de cada combinação é você mesmo. Sozinho.
    Muita gente olha o Mapa e fala “ah, esse não sou eu, mas é uma pessoa que eu gostaria de ser…” só que nao faz nada para se tornar esta pessoa… ai acha que o mapa errou, que nao funciona, etc. Mapas não mostram o que voce é; mostram tudo o que você trouxe de bagagem para se tornar… mas o processo de busca pela pedra filosofal ainda deve ser trilhado.

  110. Iris

    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx sobre esse negócio de mudança de signo, eu não me vejo sendo de outro signo senão o de capricórnio, e aí tá a explicação, nasci em 25 de dezembro

    @MDD – O texto nao faz muito sentido. Astrologia nao tem NADA a ver com constelações, que são apenas referências simbólicas que levam em consideração elementos culturais e temporais para descrever estas energias… “serpentário”, “ofiúco”, “baleia’ são mirabolâncias que os esquisotéricos inventam para vender livros. Contudo, eu concordo que 12 signos sejam uma simplificação. Nestes 15 anos que eu tenho estudado astrologia e mais de 800 mapas feitos, eu cheguei à conclusão que, para nosso grau de consciência, seriam possíveis descrever 24 signos (dos quais 12 são os tradicionais e 12 são os “intermediários’ entre cada 2 signos… que JAH ESTAO DESCRITOS COM PRECISAO nos Arcanos da corte do Tarot, o que significa que alguém na Idade Média já tinha essa mesma noção dos nossos limites). A natureza não usa relógio… os signos não são “gavetas”, eles sao emanações energéticas e, como tal, são fluidas. O limite é nossa capacidade de verbalizar estas energias em palavras.

  111. Pedro

    Oi MDD, gostaria que vc explicasse melhor isso de “representação geométrica do céu no exato momento do nascimento “.

    Mas como exatamente é feita esse “representaçao geometrica do ceu”? poderia explicar melhor essa questao dos angulos que os atros formam??

    Pelo que eu entendi, a posiçao dos astros serve apenas como o mostrador de um relogio, indicando uma especie de “hora sideral”, que em vez de servir para mostrar o tempo serve para mostar as “energias cosmicas” que atuam sobre algo ou alguem.

    Obrigado.

  112. Astrologo Amador

    Astrologia é uma ciência complexa e objetiva, não possui nenhuma relação com misticismo ou magia, mas pode ser considerada uma das ciência Herméticas, Iris você possui três signos, o solar, lunar e o Acendente, eu lhe recomendo o livro da Parker, O Guia dos Astrologos.
    Pedro, as representações são feitas a partir de calculos, basta pesquisar como realiza-los.

    @MDD – Só três? tem de estudar mais kkkkk já não é o básico do horóscopo, mas ainda está muito aquém do que seja Astrologia.

  113. stephanoltol

    MDD, eu gostaria de começar a estudar e aplicar a Astrologia Hermética, você me indicaria alguns cursos ou livros ideologicamente aproximados do que foi exposto nesse texto?

  114. mari

    um amigo indino pediu para fazerem meu mapa astral, e disse que dificilmente vou ser feliz por conta do alinhamento dos planetas no dia e hora que nasci, fiquei muito triste, e num sei o que fazer

    @MDD – Diga a ele assim “O Deldebbio, do site Teorida da Conspiração, pediu pra falar que seu amigo é um imbecil e não sabe porra nenhuma de astrologia”. Não existe esse tipo de coisa em um mapa nem seria possível ver isso dentro de um mapa astral (pra falar a verdade, NEM nas astrologias mais picaretas do Braziu que eu vi por ai existe nada que possa indicar qualquer relação entre um alinhamento XYZ e ser feliz ou não). Todos os mapas vem estruturado JUSTAMENTE para indicar onde a pessoa tem mais chances de ser feliz… Mas eu tenho um chute: você tem namorado e esse “amigo” está a fim de voce?

  115. Rafael

    Até mesmo na Wikipedia consta a sugestão da modificação dos signos, por algum ‘desinformado’, como pode-se ver na última frase desta página:
    visto em 19/08/2013.

    @MDD – A Wikipedia, quando se trata de assuntos esotéricos, é uma lástima de briga entre esquisotericos, ateus e crentes dando palpites…

  116. Felip

    Cara muito bom o texto! Eu sou da área das ciências exatas (geofísico) e me interesso muito em aprender astrologia, venho estudando. Achei bem legal a abordagem que você fez entre a ciencia e o exoterismo dentre outras coisa.
    Será que você poderia me encaminhar alguns nomes de livros onde possa aprender a interpretar melhor um mapa astral, algo mais didático. Estou lendo hoje o Curso básico de astrologia de Marion D. March Volume 1.
    Agradeço a atenção

    Felipe

  117. Robson T.

    Olá Marcelo. E uma pessoa que nasce no mesmo dia e cidade que outra, aproximadamente no mesmo horário? O que diferenciaria uma personalidade da outra, apenas o modo como trabalha as oitavas?? Ou uma diferença de um grau ou dois no ascendente já faria toda a diferença? Obrigado

    @MDD – A diferença de em que família a pessoa nasceu, ou seu sexo, sua cor de pele ou etnia ou classe social já fazem toda a diferença… teremos, entao, aquela “personalidade” se manifestando em diferentes aspectos no planeta.

  118. Carlos

    Marcelo, você poderia me ajudar a descobrir o significado deste aspecto? Estou começando a estudar a astrologia hermética através do seu blog e da wiki de ocultismo, porém não entendo ainda o que possa significar Saturno em Peixes retrógrado na casa 12. Se você pudesse me explicar o que esse aspecto significa eu agradeceria.

  119. Anônimo

    Salve,
    Sobre as escolhas que fazemos antes de encarnar:

    “@MDD – O Mapa astral é mesmo uma espécie de mapa da sua “configuração de software” nesta encarnação… (que, diga-se de passagem, foi você mesmo que ajudou os Engenheiros de Karma a escolher – daí seu livre arbítrio) por isso que você nasceu na época em que nasceu, na cidade em que nasceu, é filho dos seus pais e tem seus irmãos. Analisando os mapas da familia toda, você verá como eles “encaixam”. Seus pais escolhem ter um filho como você, você escolhe nascer dos seus pais e assim por diante…”

    No livro Outliers, de Malcolm Gladwell, que mostra que o sucesso das pessoas depende de vários fatores como sua cultura, família, sua geração e educação, não só das habilidades e esforços pessoais, que podem até não fazer diferença nenhuma se o indivíduo não tiver um bom conjunto (Bill Gates disse uma vez que ele provavelmente não teria chegado onde chegou se tivesse nascido na Índia ou na China), diferente do que é propagado pelo mercado de autoajuda, tem um exemplo marcante que é Christopher Langan, um sujeito com QI de 195, gênio autodidata desde criança, que perdeu a bolsa da faculdade por causa de uma combinação da sua falta de perspicácia social, fruto de um lar problemático, e falta de apoio da família e professores, assim ele trabalhou em diversos subempregos e nunca se estabeleceu no meio científico, que era(é) do seu interesse, então mesmo que suas ideias sejam brilhantes elas nunca serão publicadas, pois não tem o respaldo acadêmico. Ou seja, mesmo com todo o seu potencial, ele não poderá contribuir para o mundo como poderia se tivesse tido as condições certas, e no caso dele não é como a maioria das pessoas que não desenvolvem todo seu potencial por causa da ignorância, é simplesmente por ter caído em terra má…

    Então, por que alguém escolheria algo assim, uma vida de frustração? E os pais dele, por que quereriam um filho assim, se não faria diferença nenhuma? Ou eles escolheram também ser “agentes de involução”?
    Ainda que isso seja algum tipo de “punição”, como no caso do autistas, qual é o sentido disso quando puxam pro lado da coletividade, ou mesmo pra neutralidade, não seria muito mais benéfico e de acordo com o programa de evolução do Universo que um potencial desses pudesse ser desenvolvido normalmente, assim contribuindo para a humanidade e a evolução do planeta como um todo, como fizeram/fazem outras mentes brilhantes?

    Pra mim, essa ideia de escolhas, ao invés de ser consoladora como é para os espiritas, é desesperadora, do tipo “que raios eu tava pensando quando escolhi isso” e o que garante que eu não farei outra m dessas no próximo “entrevidas”? Já que em vida mesmo, às vezes tomamos uma resolução de que não faremos alguma coisa, mas depois acabamos fazendo. Aí vem: autoconhecimento, autocontrole, etc., mas e quando eu estiver fora dessa personalidade?
    Já que “eu” não terei mais controle nenhum, porque “eu” era só uma manifestação daquelas escolhas tomadas antes de “eu” existir, por outro “eu”, do qual “eu” sou só uma manifestação, e então as próximas escolhas feitas provavelmente não levarão mais em conta o que “eu” considerava importante, e irão interferir, para o bem ou para o mal, na vida de um outro “eu”… ah, aí então vem “desapego, desidentificação com ego, etc., mas putz… é feito todo um trabalho super complexo com “engenheiros” e o caramba para que a personalidade seja construída, porque é um processo importante e necessário para… sei lá, algo ainda mais importante (ou verdadeiramente importante), que está acontecendo nos bastidores, mas nada aqui tem valor intrínseco, e fora dessa realidade esse “eu” vale menos que lixo… mindfuck!

    E como fica a reencarnação compulsória nisso tudo?

  120. hodl

    pra quem ainda não tentou faça um mapa da bitcoin kkk
    mto interessante

  121. Loirinha

    Adorei o texto!
    Achei o texto “prático” e fácil de ler e compreender. Vai ajudar sim a mudar esse rotulo da Astrologia. ( pois assim eu espero!)
    Sucesso sempre !

  122. max

    Ola Marcelo,
    tenho me dedicado muito ultimamente ao estudo da Astrologia Hermética em geral.
    Me deparei com materiais a respeito da influência de determinadas pedras nas pessoas, estando elas ligadas ao seu signo. Isso procede, ou se trata de charlatanismo/invenção?
    Obrigado

Deixe uma resposta para Paulo Cancelar resposta