A Inquisição Protestante

Muitos evangélicos falam da Inquisição Católica, mas poucos sabem sobre a Inquisição Protestante.


Alemanha
Bandos protestantes esfolaram os monges da abadia de São Bernardo, em Bremen, passaram sal em suas carnes vivas e depois os penduraram no campanário.

Em Augsburgo, em 1528, cerca de 170 anabatistas foram aprisionados por ordem do Poder Público. Muitos foram queimados vivos; outros foram marcados com ferro em brasa nas bochechas ou tiveram a língua cortada.

Em 1537, o Conselho Municipal publicou um decreto que proibia o culto católico e estabelecia o prazo de oito dias para que os católicos abandonassem a cidade. Ao término desse prazo, soldados passaram a perseguir os que não aceitaram a nova fé. Igrejas e mosteiros foram profanados, imagens foram derrubadas, altares e o patrimônio artístico-cultural foram saqueados, queimados e destruídos. Também em Frankfurt, a lei determinou a total suspensão do culto católico e a estendeu a todos os estados alemães.

O teólogo protestante Meyfart descreveu uma tortura que ele mesmo presenciou: “Um espanhol e um italiano foram os que sofreram esta bestialidade e brutalidade. Nos países católicos não se condena um assassino, um incestuoso ou um adúltero a mais de uma hora de tortura (sic). Porém, na Alemanha, a tortura é mantida por um dia e uma noite inteira; às vezes, até por dois dias; outras vezes, até por quatro dias e, após isto, é novamente iniciada. Esta é uma história exata e horrível, que não pude presenciar sem também me estremecer. “

Inglaterra
Seis monges Cartuxos e o bispo de Rochester foram sumariamente enforcados. Na época da imperadora Isabel, cerca de 800 católicos eram assassinados por ano e Jesuítas foram assassinados ou torturados. Um ato do Parlamento inglês, em 1562, decretou que “cada sacerdote romano deve ser pendurado, decapitado e esquartejado; a seguir, deve ser queimado e sua cabeça exposta num poste em local público”.

Suíça
O descobridor da circulação do sangue foi queimado em Genebra, por ordem de Calvino. No distrito de Thorgau, um missionário zwingliano liderou um bando protestante que saqueou, massacrou e destruiu o mosteiro local, inclusive a biblioteca e o acervo artístico-cultural.

Em Zurique, foi ordenada a retirada de todas as imagens religiosas, relíquias e enfeites das igrejas; até mesmo os órgãos foram proibidos. A catedral ficou vazia, como continua até hoje. Os católicos foram proibidos de ocupar cargos públicos; o comparecimento aos sermões católicos implicava em penas e castigos físicos e, sob a ordem de “severas penas”, era proibido ao povo possuir imagens e quadros religiosos em suas casas.

Ainda em Zurique, a Missa foi prescrita em 1525. A isto, seguiu-se a queima dos mosteiros e a destruição em massa de templos. Os bispos de Constança, Basiléia, Lausana e Genebra foram obrigados a abandonar suas cidades e o território. Um observador contemporâneo, Willian Farel, escreveu: “Ao sermão de João Calvino na antiga igreja de São Pedro, seguiram-se desordens em que se destruíram imagens, quadros e tesouros antigos das igrejas”.

Irlanda
Quando Henrique VIII iniciou a perseguição protestante contra os católicos, existiam mais de mil monges dominicanos no país, dos quais apenas dois sobreviveram à perseguição.

Escócia
Durante um período de seis anos, John Knox, pai do presbiteranismo, mandou queimar na fogueira cerca de 1.000 mulheres, acusadas de bruxaria.

O saque de Roma
O Saque de Roma foi um dos episódios mais sangrentos da Reforma Protestante.
No dia 6 de maio de 1527, legiões luteranas do exército imperial de Carlos V invadiram a cidade. Um texto veneziano, daquela época, afirma que: “o inferno não é nada quando comparado com a visão da Roma atual”. Os soldados luteranos nomearam Lutero “papa de Roma”. Todos os doentes do Hospital do Espírito Santo foram massacrados em seus leitos.
Os palácios foram destruídos por tiros de canhões, com seus habitantes dentro. Os crânios dos Apóstolos São João e Santo André serviram para os jogos esportivos das tropas. Centenas de cadáveres de religiosas, leigas e crianças violentadas – muitas com lanças incrustadas na região genital – foram atirados no rio Tibre. As igrejas, inclusive a Basílica de São Pedro, foram convertidas em estábulos e celebraram-se missas profanas.

Gregóribo afirma a respeito: “Alguns soldados embriagados colocaram ornamentos sacerdotais em um asno e obrigaram um sacerdote a conferir-lhe a comunhão. O sacerdote engoliu a forma e seus algozes o mataram mediante terríveis tormentos”.

Conta o Padre. Mexia: “Depois disso, sem diferenciar o sagrado e o profano, toda a cidade foi roubada e saqueada, inexistindo qualquer casa ou templo que não foi roubado ou algum homem que não foi preso e solto apenas após o resgate”. O butim foi de 10 milhões de ducados, uma soma astronômica para a época.

Dos 55.000 habitantes de Roma, sobreviveram apenas 19.000.

Os “Grandes Reformadores Protestantes” e o emprego da violência:

Lutero
Em 1520, escreveu em seu “Epítome”: (…) francamente declaro que o verdadeiro anticristo encontra-se entronizado no templo de Deus e governa em Roma (a empurpurada Babilônia), sendo a Cúria a sinagoga de Satanás (…) Se a fúria dos romanistas não cessar, não restará outro remédio senão os imperadores, reis e príncipes reunidos com forças e armas atacarem a essa praga mundial, resolvendo o assunto não mais com palavras, mas com a espada (…) Se castigamos os ladrões com a forca, os assaltantes com a espada, os hereges com a fogueira; por que não atacamos com armas, com maior razão, a esses mestres da perdição, a esses cardeais, a esses papas, a todo esse ápice da Sodoma romana, que tem perpetuamente corrompido a Igreja de Deus, lavando assim as nossas mãos em seu sangue?”

Em um folheto intitulado “Contra a Falsamente Chamada Ordem Espiritual do Papa e dos Bispos”, de julho de 1522, ele declarou: “Seria melhor que se assassinassem todos os bispos e se arrasassem todas as fundações e claustros para que não se destruísse uma só alma, para não falar já de todas as almas perdidas para salvar os seus indignos fraudadores e idólatras. Que utilidade tem os que assim vivem na luxúria, alimentando-se com o suor e o sangue dos demais?”

Em outro folheto, “Contra a Horda dos Camponeses que Roubam e Assassinam”, ele dizia aos príncipes: “Empunhai rapidamente a espada, pois um príncipe ou senhor deve lembrar neste caso que é ministro de Deus e servidor da Sua ira (Romanos 13) e que recebeu a espada para empregá-la contra tais homens (…) Se pode castigar e não o faz – mesmo que o castigo consista em tirar a vida e derramar sangue – é culpável de todos os assassinatos e todo o mal que esses homens cometerem”.

Em julho de 1525, Lutero escrevia em sua “Carta Aberta sobre o Livro contra os Camponeses”:

“Se acreditam que esta resposta é demasiadamente dura e que seu único fim e fazer-vos calar pela violência, respondo que isto é verdade. Um rebelde não merece ser contestado pela razão porque não a aceita. Aquele que não quer escutar a Palavra de Deus, que lhe fala com bondade, deve ouvir o algoz quando este chega com o seu machado (…) Não quero ouvir nem saber nada sobre misericórdia”.

Sobre os judeus, assim dizia em suas famosas “Cartas sobre a Mesa”: “Quem puder que atire-lhes enxofre e alcatrão; se alguém puder lançá-los no fogo do inferno, tanto que melhor (…) E isto deve ser feito em honra de Nosso Senhor e do Cristianismo. Sejam suas casas despedaçadas e destruídas (…) Sejam-lhes confiscados seus livros de orações e talmudes, bem como toda a sua Bíblia. Proíba-se seus rabinos de ensinar, sob pena de morte, de agora em diante. E se tudo isso for pouco, que sejam expulsos do país como cães raivosos”.

Em seus “Comentários ao Salmo 80?, Lutero aconselhava aos governantes que aplicassem a pena de morte a todos os hereges.

Melanchton, o teólogo luterano da Reforma, aceitou ser o presidente da inquisição protestante, com sede na Saxônia. Ele apresentou um documento, em 1530, no qual defendia o direito de repressão à espada contra os anabatistas. Lutero acrescentou de próprio punho uma nota em que dizia: “Isto é de meu agrado”. Convencido de que os anabatistas arderiam no fogo do inferno, Melanchton os perseguia com a justificativa de que “por que precisamos ter mais piedade com essas pessoas do que Deus?”

Calvino
Em seus “Institutos”, declarou: “Pessoas que persistem nas superstições do anticristo romano devem ser reprimidas pela espada”. Em 1547, James Gruet publicou uma nota criticando Calvino e foi preso, torturado no potro duas vezes por dia durante um mês e, finalmente, sentenciado à morte por blasfêmia. Seus pés foram pregados a uma estaca e sua cabeça foi cortada. Em 1555, os irmãos Comparet foram acusados de libertinagem, executados e esquartejados. Seus restos mortais foram exibidos em diferentes partes de Genebra.

Zwínglio
Em 1525, começou a perseguir os anabatistas de Zurique. As penas iam desde o afogamento no lago ou em rios, até a fogueira.

Protestantes versus Protestantes
Os reformadores também lutavam entre si..

Lutero disse: “Ecolampaio, Calvino e outros hereges semelhantes possuem demônios sobre demônios, têm corações corrompidos e bocas mentirosas”. Por ocasião da morte de Zwínglio, afirmou: “Que bom que Zwínglio morreu em campo de batalha! A que classe de triunfo e a que bem Deus conduziu os seus negócios!”, e também: “Zwínglio está morto e condenado por ser ladrão, rebelde e levar outros a seguir os seus erros”.

Zwínglio também atacava Lutero: “O demônio apoderou-se de Lutero de tal modo que até nos faz crer que o possui por completo. Quando é visto entre os seus seguidores, parece realmente que uma legião o possui”.

Acerca da Reforma, disse Rosseau: “A Reforma foi intolerante desde o seu berço e os seus autores são contados entre os grandes repressores da Humanidade”. Em sua obra “Filosofia Positiva”, escreveu: “A intolerância do Protestantismo certamente não foi menor do que a do Catolicismo e, com certeza, mais reprovável”.

Texto original de Marcelo “Druyan” Esteves.

Este post tem 71 comentários

  1. Como sempre alguns utilizam da fé como desculpa para libertar a bestialidade interior. E por mais que muitas pessoas fiquem chocadas com esses acontecimentos, nos dias de hoje muito se repete só que pouco chega a nossos ouvidos, a mídia só mostra o que é “aceitável” pra manter as pessoas adormecidas nessa ilusão em que vivemos.

  2. Muito interessante Tio mostrar que devemos ir contra a ignorância como um todo, vindo ela da ICAR ou de qualquer outro lugar, que não só de Roma vem esse tipo de coisa.

    1. Ricardo

      Que papinho de evangelico “vindo ela da ICAR”! O assunto aqui nao se trata de ICAR e sim dos protestantes, mas voce quer dar um jeitinho de fazer lembrar a Inquisicao Catolica. EvangeLIXO!

  3. Marcelo

    DD,
    Sincronicidade é algo interessante mesmo. Hoje de manha estava ouvindo um programa na NPR sobre um livro que discute se os fundadores dos EUA eram seculares ou cristaos. Pois bem, o autor argumenta que na verdade eles defendiam a liberdade de religiao, ou seja, o novo pais nao seria estritamente secular ou cristao, mas respeitaria e encorajaria a religisiodade de cada um. Isto porem nao é o mais interessante, pois no decorrer da conversa o autor desmistifica a tese de que os primeiros colonos dos EUA eram a favor da pluraridade religiosa e afirma que na verdade a intencao deles era criar estados nos quais em cada um mandaria uma denominacoes protestante, e assim foi por um bom tempo. Para corroborar a tese o autor cita as comuns execussoes por motivos religiosos como as de quakers na colonia de massachusetts. Segundo o autor, alem desta “inquisicao” nos EUA estava claro o odio dos colonoes pelos judeus, catolicos e anglicanos (que eles consideravam muito proximos do catolicismo)
    Abs,
    Marcelo

  4. Marcell"

    Tio, confesso que ainda não li esse post, por uma série de motivos não tão importantes minha atenção está um pouco dispersa hoje, de modo que procederei com a leitura outra hora.
    Passei aqui apenas para informar que estarei linkando seu blog no meu recém criado, sei que você não fará oposição, pois aprecia novos leitores, bem como eu apreciaria que meus leitores (poucos em número, mas de grande qualidade) pudessem ler esse blog.
    Um abraço.

  5. marco

    Marcelo, ontem fui a um terrero de umbanda e teve uma hora que o pessoal rezou o Pai Nosso da Umbanda, você já ouviu falar? Queria te pergunta sobre esse este, pois me lembro de ler em um post seu que o Pai Nosso tradicional tem as mesmas vibrações dos chakras e serve para limpa-los. E o Pai Nosso da Umbanda, será que são mantras para os trabalhos?
    Obrigado.

  6. Herculano

    98% da família teria um troço se visse isto… sempre se acham tão idóneos acima de tudo

  7. andré luiz

    já tinha lido algo bem vago a respeito.. mas não tive mais informqções até ler esse post…

    é um bom argumento para aqueles q usam a inquisição da igreja católica contra ela mesma, ainda nos dias de hoje.( não sou católico)

    jogando age of empires ( o velinho, do final dos anos 90) percebi que é muito mais fácil conquistar os povos qndo eu tenho mais sacerdotes dentro do meu exército.
    Aí aqueles inimigos que tem “muita fé para serem convertidos”, eu acabo destruindo com as catapultas, arqueiros, clubmans e toda aquela firula.

    É engraçado pensar que a fé move montanhas, se acompanhada por um belo exército e um gado incrivelmente motivado pelas ” promessas do senhor”.

    Parabéns pelo seu trabalho, tem inspirado muitos.

    Obrigado.

  8. Emílio

    Eu fui “catequisado” na Igreja Luterana e nunca nem chegaram perto de me contar esse tipo de coisa lá. Porém, o tom dos pastores e pregadores em geral da Igreja é e sempre foi extremamente agressivo contra as outras religiões, por isso nada disso me surpreende.

    E é lastimável que não se possa exibir esse tipo de coisa hoje em dia abertamente, por que talvez corramos o risco de ainda, séculos e séculos depois, recebermos represálias.

    Ótimo post.

  9. Evandro

    A Inquisição Ocultista …
    …Então, não gostaria de parecer agressivo pois não é minha intenção, mesmo porque sou leitor assiduo deste site. Mas quando li este artigo lembrei que sempre falamos da Inquisição da ICAR e agora dos protestantes e me veio a cabeça que ao longo da nossa história tivemos “inquisições” de pessoas que já foram iniciadas em alguma ordem ou algo assim e outros que não possuiam qualquer religião ou fé espiritual em algo. Tivemos também figuras como: Adolf Hitler que em nome de sua fé na supremacia ariana promoveu uma matança, também mais recentemente George Bush em nome da sua fé na segurança mundial promoveu também um caos. Acredito que no final das contas, a motivação não foi o nome de Deus, a supremacia ariana ou a segurança mundial, mais sim um interesse pelo poder, pela dominação. Então acredito que não devemos culpar os verdadeiros cristãos, protestantes, ocultistas e etc. Bom fico com uma frase muito boa de Paulo Coelho: “Em nome da verdade, a raça humana cometeu seus piores crimes, e julgou impiedosamente o seu próximo. Não caia na tentação de impor seus conceitos – aceite que cada pessoa vê o universo de maneira diferente.“ Um grande abraço à todos.

  10. Alef

    Fora do assunto.
    DD, por favor, o que me diz de Ernesto Bono?

    @MDD – Não conhecia. Fui googar ele e talvez seja interessante, mas só lendo alguma coisa dele pra poder opinar.

  11. Bruno

    Pessoal, naquela época a violencia era comum, as atitudes e os pensamentos das pessoas daquele tempo não deve ser contestado. Todos eram filhos de seu tempo!

  12. Marcell"

    “Nos países católicos não se condena um assassino, um incestuoso ou um adúltero a mais de uma hora de tortura (sic).”

    Diga isso pro Jacques DeMolay.

  13. Douglas

    tava eu lendo (tentando ler pq ta em inglês) um livro sobre chi kung quando me deparo com o nome de jesus, logo lembrei daki do blog não sei pq hehehehe…..

    It is difficult to be in
    touch with the Universe, if we are not first in touch with and love
    ourselves. As the Chi Kung Master Jesus, the son of a Palestinian
    carpenter, said, “Love your neighbor as you love yourself.” In order
    to receive love, we need to give it so that a balance of reciprocity is
    maintained and enhanced on the basis of mutual exchange.

  14. Raul

    Caro Marcelo, estou com uma dúvida, acredito que não seja só minha também, e gostaria, se possível, que vc respondesse.
    De uns tempos pra cá, temos visto que está “vazando” muitas informações referentes aos assuntos que vc posta como: ocultismo, Jesus e Maria Madalena, apócrifos, as sociedades “discretas”, como exemplo posso citar os livros de Dan Brown, a trilogia Matrix, o filme A lenda do Tesouro perdido, Zeitgeist, entre outros tantos.
    Seria apenas coincidência, ou não, já é algo meio que programado com algum outro obejtivo?

  15. Raul

    corrigindo… objetivo…

  16. thomaZ

    Está certo que a religião (quase todas as ‘igrejas’) deixa uma grande parcela do povão ocupado, e que é de interesse dos “graúdos” mantê-los assim, mas pelo fato de ser contraditório instituições que pregam a paz se acabarem na violência, o sistema não deve aguentar por muito tempo assim, uma hora virá à falencia.
    David Hume uma vez escreveu: “o terror é o princípio primordial da religião, é essa a paixão que predomina nela e que só admite pequenos intervalos de prazer.” no contexto… pelo que posso notar, o principal público de igrejas são pessoas que se sentem de mal com a vida, no buraco, excluídas, desamparadas e quando notam um falsa luz no fim do túnel, brigam com unhas e dentes para defenderem esse ideal de libertação passados in templo, colidindo com os contrários a eles.
    Mais uma vez filosofando besteiras aqui… obrigado.

  17. Lauro

    Lembrem-se: Lutero não tem auréola de santo, dentro do luteranismo. É um homem do seu tempo, com uma mentalidade formada no seu tempo, do qual algumas palavras, no meu julgar, são horriveis. Realmente, contra os camponeses, são fortissimas…e os politicos nao hesitaram em usar isso. Mas há que interpretá-lo como um todo, dentro de seu mundo teológico, no qual há o princípio do respeito à autoridade instituida. Nesse contexto, ele nao concebia o levante popular…o que mais tarde deve ter-lhe machucado muito (ao ver a merda feita). Quanto a classificá-lo como inquisidor: analise-se o contexto e como pode ser definida o que seja inquisição. Lutero estava num contexto de guerra, levante popular. Não arbitrava sobre a vida de ninguém. emitiu um parecer, no meu entender, l a m e n t á v e l, do qual, como luterano, em nome de Jesus, peço perdão à sociedade. Infelismente, usaram suas palavras como juízo. Isso nos leva a outro fato: CUIDADO COM AS PALAVRAS! Podem edificar, mas tb matam. Até nos foruns de debate. Nao vejo Lutero como inquisidor. Respeito quem pensa diferente. Oro a Deus para que nao cometamos os mesmos erros dos pais no passado e: Glória a Deus!!!! eles eram imperfeitos, como nós!!!! A luz é Jesus. Lutero e nós somos seus reflexos, às vezes tênues, mas o somos… na ânsia de brilhar eternamente, na Glória com o pai!
    Abraços cordiais e viva o diálogo!!!!!!!!!

    1. Concordo com você. Lutero não foi um inquisidor, mas um homem que examinava a palavra de Deus e foi usado por Deus para combater os abusos religiosos de seu tempo.

  18. Daniela

    “Pessoal, naquela época a violencia era comum, as atitudes e os pensamentos das pessoas daquele tempo não deve ser contestado. Todos eram filhos de seu tempo!”

    então nesse caso devemos simplesmente aceitar o que aconteçe com nossa sociedade hoje em dia? Traficantes matando a sangue frio os filhos, pais, mãe, trabalhadores honestos e por aí vai, ou os soldados americanos destruindo paises alheios, ou judeos massacrando palestinos, ou simplesmente aceitar ser reprimido, socado, morto, degolado, violentado e por aí vai, por não ser da religião de outras pessoas? Se acha que isso não aconteçe hoje em dia, em que mundo vc vive hein?

  19. GARCIA

    A história não muda a igreja ainda hj. continua a matar as pessoas em sua espiritualidade…pq. são dirigidas por homens, falhos…pq. não há um justo se quer… Rom.3:10-11. Todos pecaram e carece da glória de Deus-Rom.3:23. Ainda a igreja de Roma, continua defender seus interesses… estão mudando a forma mais o contéudo continua sendo o mesmo; devido ao crescimento dos evangélicos no Brasil, a igreja de Roma, está cada dia mais semelhante as igrejas evangélicas de linha pentecostal, os padres nem usam mais batina…, as vezes usam o clerical ( usado por protestantes Anglicanos-Metodistas e Presbiterianos)é agora e a vez de investir nos padres super-star,( é uma tentativa para tentar recuperar o tempo perdido) estão mais para galãs utilizando chavões de evangélicos e também da músicas de cantores evangélicos… sem contar se vc. pegar o livrinho “Louvemos ao Senhor..”. a uma infinidade de Cânticos e Corinhos que cantávamos em nossas Escolas Dominical e cultos… e dizem ser músicas católicas ( sem problemas quanto a isso pq. o que é bom tem que ser copiado, mais direcionado somente para o Louvor a Deus)
    e agora dizem que até oram em línguas…no passado rezavam a missa em latim… (depois aboliram, com esse novo papa ouve-se rumores de que ia voltar a reza em latim, mais creio que seria um retrocesso, e penso que ninguém lá é bobo) imagina ninguem entenderia nada e de costas para o povo, (seria a derrocada) e agora vão a televisão utilizando de meios e formas para confundir o povo brasileiro, isso tudo para não perder o domínio de Roma. Se como protestantes somos considerados “hereges”, pq. utilizam de nossos cânticos e hinos, apenas para venderem seus Cds? Se tudo isso fosse para somente inaltecer o nome de CRISTO, ótimo seria. Mais não, tudo isso está ocorrendo por medo de perder mais fiéis… que pena, a nossa visão tem que ser de perda não para essa ou aquela religião que é falha que é humana, mais sim para o REINO DE DEUS, pois Cristo vem buscar uma só igreja diferente, sem mancha, não importa ser ela católica ou protestante, importa ser somente dele a NOIVA, pura a espera do seu amado… que seja Cristã, com o amor e humildade do seu fundador…
    Busquemos o verdadeiro evangelho de Cristo e procuraremos viver como ele viveu…pregando e colocando em prática seus ensinos… deixemos am religiosidade que não leva a lugar algum, pq. pela graça sois salvos mediante a fé..Ef:2-8.

  20. Silas

    Lutero era um pacifista, revoltando-se contra Calvino, seu diciplo por ter ideias de Zwinglion que apelavam á revolta sangrenta popular! Os Anabatistas que sendo paralelamente protestantes mas não Envagélicos (movimento reformador Luterano) tambem tinham em sí muita revolta por sangue derramado e carne queimada pelos inquisitores Romanos que não queriam saber se eram A\B ou C, eram não Romanos ou Católicos, logo fogueira.
    Hoje ainda existem muitos improdentes que teram seu juizo ou no provir ou ainda por vós, neste presente.
    Um Envagélico que segue a doutrina herdada de Jesus e reformada por Lutero ou posteriores: será por norma um Pacifista e Libertário… o restante é dissidente ou acidente intelectual grave.
    Não se pode observar conteixtos de forma supreficial pois assim se criam Puritanos e Puristas oponentes, que poderam se tornar violentos entre sí! A oposição é e sempre será Doutrinal e de Fé (que Moralmente como Éticamente podem ser muito semelhantes em pontos precisos). O Cristão deveria ter SEMPRE em mente que sua “guerra” é mental e espiritual, nunca mas nunca carnal!

    Me despeço desejando Paz e Sabedoria para vós todos.
    (meu mail é: [email protected] via MSN)

  21. sidinei

    Muito interessante os comentarios, devemos lembrar também que a inquisição aconteceu durante um período relativamente grande e talvez houvesse uma vontade de vingança dos persegidos, o que não é de assustar ninguém, mas daí a comparar as duas inquisições… De qualquer forma as duas foram lastimáveis, horríveis e injustificáveis.

    [email protected]

  22. Marcos

    Lutero atacando hereges – do grego hairesis, capacidade de escolher – ?

  23. acir de lima pinto

    Parabens pela matéria! bastande esclarecedora, isso prova que ninguem é dono da verdade e que não existe tempos melhores ou piores porque o homem é produto de seu tempo.

  24. Rosilda Vieira

    A ignorância de pessoas que se diziam e se dizem “cristãs”, mas na realidade não passam de religiosos fanáticos e apóstatas que pensam que é a religião A ou B que vai levar a salvação ( céu ou inferno) e esquecem do verdadeiro sentido do cristianismo que é levar as Boas Novas, a mensagem sobre Jesus Cristo. Romanos 1:2-3 “Que ele antes havia prometido pelos seus profetas nas santas Escrituras, acerca de seu Filho, que nasceu da descendência de Davi segundo a carne.”
    Que são as Boas Novas? A Bíblia diz em Marcos 1:14-15 “Ora, depois que João foi entregue, veio Jesus para a Galiléia pregando o evangelho de Deus e dizendo: O tempo está cumprido, e é chegado o reino de Deus. Arrependei-vos, e crede no evangelho.”
    O próprio Jesus fala educadamente que espera a espontaneidade das pessoas em ouvir a sua voz e aceitá-lo como Senhor e Salvador ( Ele respeita o livre arbítrio das pessoas) ver Apocalipse 3: 20 Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.
    Evangelismo é falar sobre Cristo, mas é também ser um modelo da verdade. Marcos 16:15 “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura.” . João 13:35 “Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros.”
    Evangelismo é mais que pregar e dar testemunho. Isaías 61:1 “O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu para pregar as boas-novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos.”

    O verdadeiro cristão sofre perseguição, mas jamais deverá perseguir ou praticar tais atrocidades, pois a vida cristã nem sempre é fácil. A Bíblia diz em Mateus 5:11-12 “Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguiram e, mentindo, disserem todo mal contra vós por minha causa. Alegrai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram aos profetas que foram antes de vós.” 2 Timóteo 3:12-14 “E na verdade todos os que querem viver piamente em Cristo Jesus padecerão perseguições. Mas os homens maus e impostores irão de mal a pior, enganando e sendo enganados. Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido.”
    O Evangelho deve ser comunicado sem distorção. 2 Coríntios 4:2 “Pelo contrário, rejeitamos as coisas ocultas, que são vergonhosas, não andando com astúcia, nem adulterando a palavra de Deus; mas, pela manifestação da verdade, nós nos recomendamos à consciência de todos os homens diante de Deus.”
    Se eu sei que Jesus morreu por mim, então que devo fazer? Devo responder tendo fé Nele. João 1:12 “Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus.”
    O evangelho requer uma decisão que mude a nossa vida. 1 Tessalonicenses 1:4-5 “Conhecendo, irmãos, amados de Deus, a vossa eleição; porque o nosso evangelho não foi a vós somente em palavras, mas também em poder, e no Espírito Santo e em plena convicção, como bem sabeis quais fomos entre vós por amor de vós.”
    Jesus nos deu o comando de levar o evangelho a todo o mundo. Mateus 28:18-19 “E, aproximando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.”
    Devemos comunicar o evangelho sem nos envergonharmos. Romanos 1:16 “Porque não me envergonho do evangelho, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego.”

    O EVANGELHO DEVE SER COMUNICADO E NÃO EMPURRADO DE GOELA ABAIXO PROVOCANDO DISPUTAS, CONTENDAS E GUERRAS.
    Tito 3:9 “Mas evita questões tolas, genealogias, contendas e debates acerca da lei; porque são coisas inúteis e vãs.”
    Maus desejos causam disputas. Tiago 4:1 “Donde vêm as guerras e contendas entre vós? Porventura não vêm disto, dos vossos deleites, que nos vossos membros guerreiam?”

    Com toda certeza os INQUISIDORES PROTESTANTES E CATÓLICOS não tinham sequer conhecimentos básicos do verdadeiro cristianismo:
    Onde aprendem o cristão os aspectos básicos do Cristianismo? Os ensinamentos Cristãos vêm das Escrituras. 2 Timóteo 3:16 “Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça.”
    As doutrinas ou ensinamentos bíblicos são transmitidos de crente a crente. 2 Timóteo 2:2 “E o que de mim ouviste de muitas testemunhas, transmite-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros.”
    A verdadeira religião vem de um coração honesto. Isaías 29:13 “Por isso o Senhor disse: Pois que este povo se aproxima de mim, e com a sua boca e com os seus lábios me honra, mas tem afastado para longe de mim o seu coração, e o seu temor para comigo consiste em mandamentos de homens, aprendidos de cor.”
    A verdadeira religião está focada em Jesus e não em filosofias. Colossenses 2:8 “Tendo cuidado para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo.”
    A verdadeira religião produz frutos espirituais. Mateus 21:43 “Portanto eu vos digo que vos será tirado o reino de Deus, e será dado a um povo que dê os seus frutos.”
    A verdadeira religião é ajudar os outros e manter-se fiel ao Senhor. Tiago 1:27 “A religião pura e imaculada diante de nosso Deus e Pai é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e guardar-se isento da corrupção do mundo.”
    Quem somos nós pobres mortais para julgar quem vai ou não para o inferno? Mateus 7:1-2 “Não julgueis, para que não sejais julgados. Porque com o juízo com que julgais, sereis julgados; e com a medida com que medis vos medirão a vós.”

    Que o Senhor tenha misericórdia dos inquisidores da atualidade e que o Espírito Santo se manifeste verdadeiramente em suas vidas! João 14: 21 Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele.

    Para os que morreram praticando tais atrocidades e não se arrependeram antes da morte não há choro, nem vela e nem reza, estes já estão condenados e não terão seus nomes no livro da vida!

    APOCALIPSE 22: 12 Eis que cedo venho e está comigo a minha recompensa, para retribuir a cada um segundo a sua obra.
    13 Eu sou o Alfa e o ômega, o primeiro e o derradeiro, o princípio e o fim.
    14 Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestes [no sangue do Cordeiro] para que tenham direito a arvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas.
    15 Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os adúlteros, os homicidas, os idólatras, e todo o que ama e pratica a mentira.

    O ARREBATAMENTO PODE ACONTECER A QUALQUER MOMENTO SE LIGA GALERA DO MAU:

    @MDD – Se liga galera do Mal hauahauahauaha… a gente ganha pouco mas se diverte!

    Rosilda Vieira
    Jesus é o Senhor da minha vida!

  25. alessandro

    Eita! Haha!

    @Rosilda “15 Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os adúlteros, os homicidas, os idólatras e todo o que ama e pratica a mentira.”

    Bom Rosilda, acredito que não tenha ninguem aqui nestas condições, mas acho que deveriam ficar de fora junto com esses ai do versiculo 15, os que julgam sem ter o conhecimento do que estão julgando. Se voce conhecesse mesmo a Bíblia deveria estar atenta na palavra de Cristo que voce mesma escreveu “Não julgueis, para que não sejais julgados” (Mateus 7:1).
    Lembre-se religião afasta o homem de Cristo, mas a Verdade Liberta!
    Abraços e boa sorte no dia do arrebatamento..

  26. CAmila

    PQ não conta tbm a História, de qtas familias Valdensianas e os próprios Cristão ( tanto Adultos qto crianças) eram mortos somente por lerem a Biblia que no tempo era proibida?

    Tdos mortos na Fogueira… Isso sim os católicos Faziam.. queimavam casas pq não lhe eram permitida a leitura e pregação da Biblia…

    Pq não falam sobre isto??

    @MDD – Seu tiro sai pela culatra se eu fizer isso… os Essênios, Valdenses e Cátaros eram os verdadeiros cristãos, cujas crenças eram muito semelhantes às dos espiritualistas, budistas e pagãos, e eram queimados pelos romanos, os proto-católicos.

  27. Nani

    Antes de apontar o dedo sujo contra os protestantes o escritor deste texto deveria se informar melhor: é uma completa ignorância se falar em “Inquisição Protestante” pois a Inquisição, ou melhor a “Santa Inquisição” foi criado pela ICAR.

    E deveria saber tb que se alguns dos líderes da reforma protestante usaram das mesmas armas de perseguição e terrorista da Igraja Católica isso não invalida os seus ensinamentos contra toda a heresia e apostasia desta última. Sendo homens estavam, como todos nós, sujeitos a erros e pecados, o que não impediu o Espírito Santo de os usar para conduzir o seu povo ao retorno à igreja primitiva e ao Caminho da Verdade.

    Se não cressemos que Deus e a sua Palavra é maior do que a miserabilidade de seus profetas teríamos que desprezar tb histórias como as de Davi (assassino e adúltero), de Jacó (mentiroso e trapaceiro), de Paulo (perseguidor e assassino de cristãos), de Pedro (covarde e e negador do próprio Cristo), etc. E ninguém duvida que eles foram homens de Deus, pois o poder e autoridade que lhes foi dada vieram de Deus e não de si mesmo, não por merecimento ou maior santidade deles, mas por misericórdia divina.

    Por isso, antes de apedrejar doutrinas e pessoas seja mais cuidadoso e menos obtuso.

    @MDD – é sempre um prazer receber a visita dos cultos e embasados evangélicos neste blog!

  28. ramires

    as pessoaaagora falam de mentalidade de tempomais se esqcem q muitas vezes a igreja e atacada em nossas escolas por nossos professores e nao vejo falar se nada sobre a protestante sera se pq eles preferem parecerem santos ou se pq nunca encrontraram verdadeiramente a verdade?isso explica pq sao tao cumpridores dopentateuco e nao do proprio jesus irmaos quem nao conhece o crussificado sabe muito menos sobre o ressucitado

  29. André Luis Manes

    LUTERO = HEREGE

    Seria ótimo se houvesse outra Inquisição hoje em dia. Deveriam acabar com essa população herética Protestante. Houve sim a Inquisição Católica, as Torturas, as Cruzadas, o contato da europa Ocidental Católica com a Europa Oriental Ortodoxa, a mistura de culturas (muçulmanos)….tudo isso aconteceu..não se pode negar…Mas também houve sim a Inquisição Protestante (não seria correto utilizar o termo Inquisição, não havia os mesmos tribunais)…Quando a Igreja Católica foi “reformada”, a Idade Média estava acabando…É tudo parte da história…Não se pode negar…E o que dizem sobre o livro que Lutero escreveu contra os judeus, que foi utilizado por Hitler na 2ª grande Guerra Mundial??

  30. Diogo

    Bom, li no post dezenas e dezenas de atrocidades. Sei que as religiões são instrumentos de poder e todas elas capazes das mesmas atrocidades (incluindo a católica).

    Mas há provas desses despautérios? Quais? Onde? São fiáveis?

  31. sinval esteves da silva

    Hoje a inquisição funciona na forma de estorção e exclusão, se voce é um bom colaborador e doa grandes quantias vc é até convidado a fazer parte dos conselhos das igrejas que nao está intereçado no seu bem estar só no proprio patrimonio para beneficio de poucos de sua cupula, se não doa nada aí os pastores dis que não quer ninguem so para esquentar bancos, isto a meu ver não deixa de ser uma forma de inquisição velada e tambem de exclusão social, isto acontace em todas.

  32. ROMIM DIOGO

    O sistema religioso vem matando desde josué.
    Quando jesus negou o sistema fou morto.
    Depois os seguidores de jesus foram mortos pelo sistema romano, até que o cristianismo se institucionalizou e entrou para o sistema.
    Depois, o sistema cristão começou a matar os hereges, até que esses hereges conseguiram apoio político e montaram outro sistema, o católico protestante.
    Depois o sistema protestante começou a matar os hereges.
    SERÁ QUE JESUS ESTÁ NO COMANDO DO SISTEMA RELIGIOSO CRISTÃO, OU SERÁ QUE SEGUNDO ELE, DEVEMOS CONHECER SE ALGO É DE DEUS ATRAVÉS DOS FRUTOS QUE ELE PRODUZ?
    FAÇA COMO JESUS FEZ, NEGUE O SISTEMA DO MUNDO.

  33. Mauricio

    A Inquisicao Catolica foi uma mobilizacao institucional sistematica para exterminar os considerados “Hereges”. Tinha todo o suporte apoio e legitimizacao pela lideranca da ICAR.

    Confundir a Inquisicao Catolica com uma revolta popular ou uma acao militar com motivacoes politicas e. no minimo desonesto!

    Por causa dessas aberracoes historicas e’ que Anabatistas e Batistas sempre tiveram como base de sua profissao de fe’ quatro conceitos que eliminam o perigo de que tal anomalia ocorra:

    1 – Igreja e’ de escopo Local. Cada congragacao e’ autonoma e nao pode formar um imperio religioso.
    2 – Separacao entre igreja e Estado.
    3 – Liberdade de consciencia e de culto
    4 – Capacidade de cada individuo de ler e interpretar as escrituras, auxiliadas apenas pelo ES.

    Retirando-se o Estado da relacao com a igreja, elimina-se a capacidade de perseguicao.

  34. EDERSON BELLUCCI

    TODOS OS ACONTECIMENTOS POLITICOS E RELIGIOSOS EXISTEM QUESTÕES ECONOMICAS, NA REFORMA PROTESTANTE OS BENEFICIADOS ERAM OS BURGUESES, POIS O CATOLICISMO NÃO CABIA NO MODO DE PRODUÇÃO CAPITALISTA, UM EXEMPLO É A GERMANIA NA QUAL NÃO O PROTESTANTISMO FOI DE GRANDE VALIA PARA SEUS INTERESSES ECONOMICOS ABRAÇOS
    LEMBREM SE DISCUTAM RELIGIÃO E POLITICA SIM, PQ SE VC NÃO DISCUTI TEM ALGUEM DISCUTINDO POR VC

  35. Se voces estudarem a Doutrina Espírita irão superar essa controvérsia e sairão desse labirinto teológico preconceituoso. Comecem pelo começo : “O Livro dos
    Espíritos”, Ousem, sem medo. A verdade liberta.

  36. Anjo do inferno

    Muito bom.

  37. aamirah

    fico horrorizada com o que a fé religiosa fez, faz e ainda têm feito.. ao meu ver, a religião parece mais uma desculpa para praticar atrocidades.

    bad religion

  38. bela

    a igreja protestante matou muitos catolicos pq era uma guerra de religioes ,pq a igreja catolica matou protestantes, naum tinhamos nenhum direito de reclamar de ficar contra eles ,queriam nosso dinheiro, queriam poder, niguuem e perfeito mas sabemos que temos que pensar duas vezes antes de matar crianças, jovens ,mas naum tenho nada contra e temos nosso direito agora , podemos sair de nosa religiao e protestar pq tudo que os protestantes queriam era liberdade de auto expresar!

  39. O CATÓLICO

    ALGUNS PROTESTANTE ESTÃO DEFENDO QUE ERA POR MOTIVO DISTO OU DAQUILO… DEIXEM DE IPOCRESIA PQ PARA APONTAR O DEDO NA FACE DO NOS CATÓLICOS QUANTO A SANTA INQUISIÇÃO VCS SÃO OTIMOS, E NÓS CATÓLICOS NÃO NEGAMOS Q ISSO TENHA ACONTECIDO E SOMOS TODOS MUITO ARREPENDIDOS PELOS NOSSOS ATEPASSADOS… MAS NEM MSM POR ISSO NEGAMOS O QUE INFELISMENTE ACONTECEU… ENTAUM GALERA PROTESTANTE ENCARRE DE FRENTE O QUE A DOUTRINA DE VCS FIZERAM SEM JULGAR O QUE A IGREJA CATÓLICA FEZ.

    @MDD – O que me dá mais medo é que, pelo email da figura acima, quem escreveu esta pérola acima é um dentista… corram para as montanhas!!!

  40. Padre Judas

    O texto do Católico deve ser fake. Não pode ser. É muito erro, ainda mais de alguém com 3º Grau. Non acredito. O Católico vai ter que dobrar meu dedo!

  41. Rafa

    Graças a Deus que sou espirita acabar nós que somos enganados pelo “inimigo”, nunca o espiritismo fez seus adeptos de abraçarem uma guerra “santa” , e até mesmo somente os fanaticos que tem um morticinio como santo, nunca a doutrina matou ou perseguiu alguém em nome Daquele que so ensinou a amar e a perdoar.

  42. Mosir

    O fato é que mesmo em menor proporção houve muito abuso e tortura também do lado do protestantismo, tanto Lutero como Calvino também fizeram suas vitimas.
    Agora a inquisição catolica foi muito mais ampla pois atingia praticamente todo o planeta (até no Brasil eles botaram as mãos ou patas).
    O fato é que tanto os catolicos como os protestantes são praticamente “farinha do mesmo saco” pois a reforma veio do seio catolico e consequentemente herdou todas a suas mazelas..

  43. Leandro

    Como sempre, religiões…….

    Não é melhor sermos felizes sem fazer mal a ninguem do que querer convencer alguem a ir a esta ou aquela igreja…..

  44. Rvs

    Vixi o cara me fla q as pessoas quando estaum no fundo do poço se agarram a uma falsa luz…
    Misericordia e a verdadeira luz meu amigo, ninguem precisa seguir religiao nenhuma eh so seguir a palavra de Deus, eu realmente encontrei no fundo do poço, mas Deus me exaltou pela sua infita misericordia e infinito amor…..
    Espero que um dia o amor de Deus atravez do seu filho Jesus Cristo venha a alcançar a vida de voces, porque vcs naum sabem o quanto eh maravilhoiso caminhar com Deus, e a maioria das pessoas acha q Deus e morto, mas Deus eh Vivo e fala claramente com seus sevos ate nos dias de hj…

  45. Jorge Pacheco

    Inquizição protestante, os protest criticam os Catolicos pelos males causados
    pela inquisilçao, mas se esquecem que também praticaram a inquisição com
    mais crueldade, com mais rigor e com mais voilência, é o sujo falando do mal
    lavado.

  46. Luiz Herege

    Pelo bem da História, esses fatos deveriam constar nos livros didáticos, o que não ocorre.

  47. ALê

    As Mulheres Penitentes Eram Ameaçadas Com a Inquisição se Não Fizessem Sexo Com o Sacerdote / “… havia aquela depravada compulsão, descrita por Wilhelm Reich como a ‘praga emocional’, em que indivíduos sexualmente não-funcionais, incapazes de sentir prazer na prática natural do sexo, começam a aliviar sua sexualidade reprimida cortando, dilacerando e queimando a própria carne que não podem nem beijar, nem acariciar, nem inflamar com prazer.” [Ibidem].

    Assim, o celibato — a “doutrina de demônios” — invadiu e tomou posse de uma parte enorme da “Santa” Inquisição. Para Satanás, foi fácil invadir a Igreja Católica poderosamente, pois já a tinha movido para a prática da feitiçaria desde o ano 321, quando o imperador Constantino afirmou seu comando sobre a igreja. Quando finalmente esse período da Inquisição começou, a Igreja já estava separada da videira verdadeira — Jesus Cristo — há mais de 800 anos.

    Portanto, a madeira estava muito seca, suscetível ao fogo do Inferno que Satanás soprou, usando a Inquisição. Um praticante de Magia Negra pode confirmar para você que o espírito do demônio sexual, Larz, e suas hordas demoníacas, virtualmente tomaram posse da Inquisição com sua luxúria e suas obsessões sexuais, uma conquista que foi extremamente fácil devido à imposição do celibato. Os sacerdotes católicos tornaram-se assassinos, estupradores e voyeurs. Um número estimado de 75 milhões de pessoas pagou o preço final, enquanto milhões de outras foram intimidadas, torturadas, e forçadas a manter relações sexuais pelos sacerdotes que manejavam essa arma terrível contra as mulheres que queriam levar para a cama! >>>>não critico religião nenhuma,mas uma coisa é certa quem pecou e não se buscou o perdão de seus pecados e não reconheceu JESUS como seu único e suficiente SALVADOR<<<<< coitado de quem morrer nessa situação!!!! QUE TAL LER A BIBLIA VELHO E NOVO TESTAMENTO???

  48. Rubens

    Não podemos justificar o mal de um no mal de outro. Agindo assim, os protestantes do século XVI fizeram inclusive pior que os católicos, porque criticavam sua tradição sangrenta mas a empregavam.
    É certo, temos que considerar a mentalidade da época. Mas a Bíblia é a mesma em todas as eras, e sua mensagem é de amor, e não de sangue. Se Lutero escreveu mesmo aquilo tudo, me decepcionou demais, porque ele havia criticado bem esse detalhe dos católicos em várias ocasiões.
    Além disso, os católicos de hoje não são culpados da Inquisição do passado, e nem os protestantes o são. Nossa mentalidade é diferente, não mais é sangrenta. Mas, ainda que não formalmente, a Inquisição existe em nossos dias, firme e forte em nossas mentes e corações habituados a julgar o próximo com fervor, como se fôssemos o próprio Deus. Se a espada foi lançada fora, a língua foi desembainhada.
    Uma coisa que as pessoas de qualquer época tem dificuldade de entender é que não existe a verdade, achando que a sua é absoluta. Estamos sempre em busca de rótulos e ralhamos com os dos outros (vi católicos justificando sua inquisição na dos protestantes, e vice-versa, além de generalizações, demonizações e tal), querendo apontar os erros e falhas de suas religiões. Uma conversa entre cristãos jamais deveria ser assim.
    Imagine a tristeza de Deus ao ver seus filhos brigando tanto por causa de doutrina e rótulos, uma hora com a espada e com a tortura, outra hora com verdadeiras declarações de ódio e críticas incessantes, sendo que a Bíblia não serve como elo da cristandade, ou como um motivo de orgulho e sentimento de união dos cristãos, mas como uma arma. Imagine a tristeza de Deus ao ver seus servos pregando aos infiéis não sobre a Sua bondade, mas sobre o Seu julgamento e o Inferno. As pessoas não querem fazer parte de uma única Igreja, a de Cristo, mas querem arduamente defender suas vãs doutrinas e criticar as dos outros.
    “Amai-vos uns aos outros, como eu vos amei” – isso deve ser aplicado em todas as áreas e ocasiões da vida de um verdadeiro cristão. Porque Deus não é guerra, mas paz e bondade.

  49. elvis

    eu considero um erro matar por causa da fé mas , se nossa senhora fosse tão poderosa ela nao teria defendido os católicos dessas atrocidades?

    1. willame

      ainda bem que os martires vao direto para o céu!

    2. Padre Judas

      “eu considero um erro matar por causa da fé mas , se nossa senhora fosse tão poderosa ela nao teria defendido os católicos dessas atrocidades?”

      Ela é tão poderosa quanto Jesus Cristo, que não defendeu muitos mártires nos coliseus romanos.

      Brincadeira. Na verdade, as coisas são mais complicadas do que isso. Nenhum deus externo vai te “salvar” ou te ajudar. Bem vindo ao deserto do mundo real.

      1. Correto a salvação é individual…. e quem lhe disse que morte é algo ruim????
        Deus discerne o que é bom e mau.. foi por causa do nosso querer discernir o que é bom e o que é mal, que ocorreram e ocorrem calamidades mundiais… com a intenção de estar fazendo o “bem”, vamos assim dizer

      2. marcelo

        Caro amigo o sistema (padrão) de Deus não é como o nosso pois somos terreno e não celeste para Deus a morte não existem, para nós sim, nós somos naturais ele é sobrenatural. O poder da terra (controle do mundo) foi dado a Adão ele mandava em tudo no mundo,com o pecado de Adão passou para lúcifer(diabo,satanás…) com o plano de Deus houve salvação no mundo através da morte e rersureção todo aquele que aceitar Cristo é salvo.
        SEMPRE TEVE LIVRE ARBÍTRIO neste mundo ou seja por ele ser Deus não pode ir contra palavra dele,não é como nós por isso quando ele agem no mundo é porque estar concluindo seus planos na vida dos homens que buscam.
        O apocalipses mostra fatos da grande Babilônia que se embriaga com o sangue dos justo e santos tem que se cumprir suas palavras, quem perde sua vida por amor de Jesus achará a vida eterna com Deus,claro é pra quem acredita nisso mais não é melhor perde a vida por ele de que perde a vida por nada!!!
        Analise e compare.

    3. Carlos Santos

      Elvis, vc fala igualzinho aos fariseus que diziam de Jesus: “Se tu és cristo, desça da cruz!” Para vc, matar um indivíduo de uma religião x prova que tal religião é falsa, pois se fosse verdadeira Deus interviria em favor do indivíduo. Islâmicos homens-bombas também concordam com vc. Nada de se admirar vindo de um protestante. Para ser coerente, vc deveria dizer também que Jesus não é Deus ou filho de Deus, pois Deus permitiu que ele morresse a cruz. O mesmo diga-se de todos discípulos de Cristo, que com exceção de João, morreram todos martirizados. E aí, vc vai dizer também que “se o Deus deles fosse tão poderoso, não teria defendido eles dessas atrocidades?”

      1. Moacir kurnik

        Deus não é culpado : foram eles com sua ignorância que mataram em nome de Deus

  50. Priscila G.

    Eu sinto na pele essa pressão. Tenho certeza que se pudessem, uns ou outros fariam a inquisição ainda hoje!

  51. Thiago Rossi

    Gostei do artigo. Entretanto, quais são as fontes?

    1. Felipe

      Achei um ótimo artigo, mas realmente, cade as fontes?

      @MDD – as fontes são sempre as mesmas: Times New Roman 10 e às vezes Arial 12. Em alguns computadores usa-se Verdana.

  52. Antonio de Freitas

    OS HOMENS CRIARAM DEUS PARA EXPLICAR O INEXPLICÁVEL E QUANDO DESCOBRIRAM O PODER, CRIARAM AS RELIGIÕES

    1. Carlos Santos

      Antonio de Freitas (Desculpe-me Jr, havia errado o endereço da mensagem!), vc poderia nos mostrar quando foi que o homem criou Deus e a religião? Mostre-nos quando foi que houve uma civilização que não acreditasse em Deus! A quem acusa cabe provar! Eu posso mostrar quando os homens inventaram o ateísmo, que é bem recente. E mais recente ainda é o neo-ateísmo de gente como vc, que entra em uma página onde se discute uma questão histórica, e sem ter conhecimento para acrescentar nada ao que é debatido, solta seus jargões decorados de gibis ateístas se achando o supra-sumo da razão. Aliás, a primeira tentativa de se criar uma sociedade ateísta foi a União Soviética e demais ditaduras comunistas. E o resultado nós conhecemos muito bem. O maior genocídio da história da humanidade, que ainda está em andamento a todo vapor. Maior genocídio da história praticado pelos ateus, senhores da razão, que criticam a Igreja por ter matado. E dá-lhe contradição.

  53. Jr

    Não se deve combater o mal com o mal, porém dentro deste contexto pode se dizer que a igreja católica colheu aquilo que plantou com suas cruzadas, inquisições e outas barbáries “em nome de deus”, para levar a salvação. O cachorro por mais manso que seja, se provocado um dia morde.

    1. Reinaldo

      Realmente, culpar as vítimas pelo mal que as aflige é algo muito lógico. Mesmo que a Igreja Católica tivesse feito um mal à humanidade, o que é um equívoco, como poder-se-ia aplicar penas aos seguidores? Isso é um conceito ridículo de culpa coletiva, que justifica as maiores atrocidades.
      Ora, ainda bem que a Santa Sé se uniu com nobreza e retomou os territórios dos islamitas, não? O contrafactual é sempre complicado, mas caso isso não tivesse acontecido, poderíamos imaginar o que seria do Velho Continente agora. O Oriente Médio, onde se enforca, nos dias de hoje, homossexuais e cristãos em praça pública, está aí para nos dar uma ideia.
      Para colocar em perspectiva as coisas, o tribunal inquisitório condenou à morte menos do que 10.000 pessoas em mais de três séculos de existência. Desses, uma grande parte não chegou mesmo a ser assassinada, porque não foi encontrada e, por isso, considerada morta. Bruxas foram menos do que 100! Um absurdo? Sim. Por isso mesmo o Papa João Paulo II pediu desculpas às vítimas a aos seus respectivos familiares. Estamos aguardando alguma autoridade protestante pedir desculpas até hoje!
      O legado da Igreja Católica é vasto. Não seria exagero afirmar que o catolicismo foi a mais importante instituição no processo de forjar o ocidente como conhecemos. O ideal de dignidade humana, os direitos universais (sim, não foi o banho de sangue francês que nos legou os direitos do homem. Aliás, a Revolução Francesa matou dez vezes mais do que a inquisição em apenas 6 anos), as escolas, as universidades, os hospitais, os orfanatos, para ficar nos mais palpáveis, são todos legado da caridade dos seguidores de Cristo católicos.

  54. A man

    Concordo com as recomendações de Lutero quanto aos judeus, não pela “honra de nosso senhor” mas porque se fossem seguidas a risca o mundo poderia ser um lugar melhor. Se bem que a parte das expulsões foi levada adiante ao longo de vários anos na Europa, mas infelizmente no final os judeus saíram vitoriosos através de sua obra prima, o holohoax.

  55. Rafael

    Você não vai entender, porque sua MENTE É HUMANA. a SABEDORIA DE DEUS não é.

  56. FC

    Caramba Marcelo, as vezes eu penso:
    Como é possível tantos religiosos fanáticos e especialistas em deus lerem o tdc?

    Comentários lamentáveis kkkkkk

    Por isso eu sou Umbanda, lá Deus não é um velho encima da montanha e o diabo não existe

    1. Thiago

      “Como é possível tantos religiosos fanáticos e especialistas em deus lerem o tdc?”

      Lá no fundo eles próprios não acreditam nessa estória interpretada como um “conto de fadas” infantil. O desejo pelo entendimento da verdade os leva a buscar outras fontes e entendimentos, mas ai acontece o choque de cultura e realidade e nem sempre conseguem sair do casulo mental que criaram para si mesmos. Embora sedentos pela verdade que os libertará, ainda não têm forças para se desfazer das amarras milenares que impuseram a si mesmos. Mas a sementinha fica plantada na consciência, cedo ou tarde ela germinará. Bendito TDC!!!

Deixe uma resposta