A História das Coisas

Este post tem 42 comentários

  1. Carlos Gomes

    A estrutura do documentário está genial, a ilustraçã muito boa e a intenção é nobre.
    No entanto tem pelo menos duas coisas erradas no vídeo:

    Quando a narradora diz que nos pcs novos só é preciso fazer upgrade de uma só parte (o processador), está errada. A placa-mãe onde se instala essa nova parte geralmente também é actualizada. Além disso há as rams e as plácas gráficas;

    No fim, a narradora diz que muitos materias não são recicláveis, incluíndo aquelas embalagens tetrapack de leite/sumo/batidos/ afins.
    Isso também não é verdade, os materiais dessas embalagens no processamento são separados nas diversas componentes.
    Eu mesmo de dois em dois dias passo uns minutos a deitar no contentor da reciclagem, uma a uma, cada embalagem. Se tivesse sido tudo em vão, nesta altura já estava a puxar os cabelos XD

    Espero que não me levem a mal o comentário, a minha intenção não é ser demoralizador, mas nas alturas que correm há tantos vídeos a pôr o verdadeiro no falso, que dá-me um certo bem estar tentar fazer com que as pessoas ganhem espírito crítico e se apercebam da importância de questionar tudo saudavelmente.

    Um abraço

    1. Carlos, esse vídeo já está por aí faz um tempo. Os métodos de reciclagem de embalagens tetrapak só há pouco tempo foram desenvolvidos, seja pelos processos de separação (que ainda são razoavelmente caros) seja pelo uso das embalagens abertas para fabricação de telhas, por exemplo.

  2. Petri, o Inominável

    Gostei muito do post sobre mapas astrais. Mas em seguida, assisti esse vídeo e adorei!

    Depois vou repassar a todos que conseguir.

    Desejo-lhe fortuna

  3. Márcio

    DO CA-CE-TE, vou indicar aos meus alunos!

  4. Thiago

    puts… to me sentindo um idiota manipulado pela mídia/governo/companhia…
    mto obrigado pelo video… isso me fez repensar no que eu gasto e decidi gastar meu dinheiro com viagens. Esse video é relacionado com o karma do planeta e o pq q o mundo ta super-populado? não é bem isso q quis perguntar, é q ta me faltando vocabulario até pra fazer pergunta ¬¬
    abração!

  5. Nikollas

    É um sistema em crise, com certeza.
    Será que ainda a tempo para reverter este panorama MUNDIAL?
    Enfim, …2012 está logo ai pra tirar a dúvida… =/

  6. Varlei

    E o gado continua e continuará cada vez mais gado, até que o pasto se acabe… Valeu tio pelo link…

  7. Rodrigo

    Não gostei do vídeo, ele é de fato interessante por explicar ‘rapidamente’ o problema, mas ela diz que passou 10 anos viajando pelo mundo para saber de coisas tão óbvias assim? Tem que ser ingênuo para acreditar que o governo se preocupa de fato com o bem-estar coletivo .E a parte de químicos/tóxicos foi meio forçada, generalizada e sensacionalista.

    Abraços.

  8. Rafael

    Olá Marcelo,

    você é socialista? Eu imagino que a maçonaria não tenha uma posição fixa quanto a isso, certo?

    @MDD – Não. Embora tenha um socialista na minha loja maçônica que jura de pés juntos que o socialismo verdadeiro não é o que fizeram em Cuba, URRS e afins… mas nunca conseguimos conversar profundamente a respeito do que seria o tal “socialismo verdadeiro”. Só sei que, se for o modelo que o PT usa no Brasil, eu definitivamente tenho nojo desse sistema.
    A maçonaria, como instituição, é monarquista (submetida ao rei da Inglaterra) mas hoje em dia eu nem sei mais o que ela é…

  9. Eric

    Oi Marcelo,

    Esse vídeo é muito bom!!! Vou espamear meus conhecidos com esse vídeo. haha

    Outra fonte confirmando que o panorama atual só vai mudar quando o mundo todo se mobilizar.

    Valeu!

  10. Lucas

    “O povo, foge da ignorância
    Apesar de viver tão perto dela
    E sonham com melhores, tempos idos
    Contemplam essa vida, com a cela
    Esperam nova possibilidade
    De verem esse mundo, se acabar
    A arca de Noé, o dirigível
    Não voam, nem se pode flutuar,
    Não voam nem se pode flutuar,
    Não voam nem se pode flutuar

    Eh, ôô, vida de gado
    Povo marcado, ê
    Povo feliz
    Eh, ôô, vida de gado
    Povo marcado, ê
    Povo feliz….”

  11. Felipe Metal

    Great! Ótima introdução ao ”Zeigeist” (1 e 2) e ao ”The Corporation”! 😀

  12. João Carlos

    Ótimo post! O vídeo é sensacional.

  13. kK

    É o Verme.

    Come seu caminho até o interior da alma e dificilmente sai de lá. Força o espírito a caminhar em direção à corrupção e faz o ego proteger qualquer intervenção consciente, desde o conselho de um parente até a realidade acontecendo e matando-nos aos poucos.

  14. Dalmo

    Eh, meu velho, gostei do video, muito bacana…tem um tom bem humorado e tal….

    E se a gente fizer um so que num tom bem mais REAL? Com videos e imagens verdadeiras? Da ate pra fazer um livro de RPG sobre Conspiracao….hehehee

    Um abraco

  15. Taís

    O Sistema de “usar e jogar fora” está presente inclusive nos relacionamentos, vemos isso no conceito de “ficar”.

    @MDD – comentário perfeito. Estes Qlipoth se manifestam tanto no plano material quanto no emocional, no espiritual (essas “modinhas” esquisotéricas/religiosas) e no mental (falsa necessidade de adquirir tecnologia “de ponta” e tornar obsoleto tudo que veio antes).

  16. Khael

    me mostraram esse video no colégio,bem didático e com linguagem simples.gostei muito.

  17. thomaZ

    Gosto desse vídeo, já o assisti antes.
    É uma forma mais leve e rápida de responder um monte de porquês ou reflexos que estamos vivendo hoje sem saber muito sobre as raízes dos problemas.

    Tudo perde o valor e o conceito de ‘descartável’ é a chave em questão.
    Me lembra tanta coisa que até me passou na cabeça o Clube da Luta, referente ao termo “amizades descartáveis” utilizado no filme…

    ^^

  18. DK

    é a mesma sociedade do descartável que prega que temos de trocar de celular a cada ano (e algumas companhias até “dão” bônus para você gastar com um novo) mesmo o seu antigo ainda funcionando, mas ele não tem tât iscrín!

  19. Joan

    Ótimo video, porém é realmente sensacionalista para nossos olhos, mas nos EUA como caminham as coisas, e na sua cultura e economia do consumismo onde o consumo chega a 70% de seu PIB pode chegar nesse patamar realmente.
    Eu ainda acredito num processo reversivo deste problema, para o companheiro Carlos Gomes o Brasil foi o pioneiro, e se não me engano o único a reciclar o tetrapak. Daí a visão de que apenas os EUA ser o único que pode salvar o mundo e apenas lá existe tecnologia. (agora eu fui radical hahah, ou não)
    Ele vai ser mensurado de maneira diferente, dependendo da sua área de interresse e atuação. O importante é levar o conhecimento de que existe um problema.
    PS: tio MDD quem sabe um socialismo diferente seja o feito no chile pelo tio Salvador Allende
    Abraço”

  20. Vinicius

    Já tinha visto, sempre indico a amigos.

  21. ns

    Carlos Gomes, a reciclagem das caixinhas longa vida é muito complexa, envolve um sistema de automação complexo com tochas de plasma.
    Obviamente elas entram na casa dos itens recicláveis “economicamente não viáveis” assim como alguns polímeros usados em celulares [apesar do sistema de reciclagem existir, ainda é mais barato produzir uma tonelada do material virgem do que recuperar uma tonelada do material já colocada no meio ambiente].
    Trabalhei em um projeto piloto de uma planta de reciclagem destas caixinhas, e adivinha? Nem gente para comprar a tecnologia aqui tem…

    A coisa deveria pegar mais para o lado de quem produz, por exemplo:
    Se a coca-cola fabrica um milhão de garrafas pet de coca-cola por minuto, ela deveria ser responsável por reciclar a mesma quantidade por minuto.

    Se a J&J vende dez milhôes de fraldas por hora, ela deveria ser responsãvel por reciclar a mesma quantidade de materia prima que gasta para tal produção.

  22. Val Valiant Thor

    Só para fechar o assunto das embalagens tetrapaks, hoje existem telhas com desenpenho térmico altíssimo que utiliza esse material fragmentado em sua composiação.
    Fora isso, como disseram aqui em cima, o processo de reciclagem dos tetrapaks se tornam inviáveis.

    Muito bom o vídeo.

  23. Renis Ramos

    OK, mas isso diz respeito a tudo, remedios, produto de higiene, livros.
    Sou dono de uma revistaria junto com minha esposa e conversamos um dia desses sobre um comercial da SKY onde ela diz que nao agride a natureza porque mantem uma revista digital para seus clientes, e com isso nao precisa derrubar arvores… o mundo é digital hoje, livros, quadrinhos, mangás etc, até onde é só consumismo e até onde é necessário para o homem no quesito, sobrevivencia, evolução e aprenizado?

  24. Diorge Jorge

    eles são um povo que apenas se apropria de tudo que é dos outros até idéias e tentam mater a pose de impenetravel e inabalavel e até mesmo de certos

    se metem e assuntos externos dando sua opnião grandiozamente socio-sustentavel e foda-se o resto.
    Eles são apenas mortais como todos nós de certa forma se acham os arianos modernos

    EUA não aprenderam nada com o 11 de setembro.

    e assim segue a teoria deles de EU SOU O MUNDO e quando se pergunta a algum americado você conhece a capital do Brasil 80% deles respondem claro q sim Buenos Aires

  25. Lorran Luiz

    Esse vídeo deveria ser exibido na TV em todos os canais pelo menos uma vez por dia!!!!!

    Obrigado!

  26. AD&D

    Muito bom o vídeo, seria ótimo se passassem em nossas escolas.

    Abraços

  27. Neander

    Somos consciências. Isso é tudo. E, deduzindo-se pelo caminho que tomamos, seremos obrigados a migrar para o mundo digital. Sim, em breve, estaremos plugados, literalmente, a gigantescos simuladores (se é que já não estamos), vivendo neles. Controlados por corporações, é claro. No começo esse serviço será oferecido apenas como mais um produto, uma diversão. Mas logo essa tecnologia será tão “realista”, tão “perfeita”, que muitos “optarão” por viver lá. Isso já está começando a ocorrer. Matrix não é ficção, é uma profecia.

  28. Fábio Bittencourt
  29. André

    Show de bola esse video!

    Obrigado

  30. Oliver Marcos Netto

    A História das Coisas é um síntese espetacular para se trabalhar em projetos escolares interdisciplinares. Simplesmente fantástico!

  31. gaby

    amei o video e muito bom

  32. Me conceito do capitalismo

    O meu conceito é que cada ano que se passa as tendencias vão mundando me pergunto pra onde vai tudo,como todos ja imaginamos pros lixos e acabando de afetar o meio ambiente.

  33. Joner

    Fábio Bittencourt! alguém com inteligência e conhecimento econômica ! Ainda há esperança! rsrs
    TFA

  34. Vinicius

    “socialismo verdadeiro”…

    DD o socialismo verdadeiro realmente não foi o que a URSS e Cuba fizerame fazem, hehehe. Me lmebro num post em que você diz que a anarquia seria o melhor tipo de sistema para se viver, mas é impossível aqui. Pois bem, o socialismo tem várias vertentes, desde o “utópico” que busca promover mudanças no estilo paz e amor, até as mais agressivas como a luta de classes proposta por marx e o comunismo. No fim, acho todas elas utópicas, como uma Nova Jerusalém de ateus/filósofos economistas. No fim acontece o seguinte: a anarquia, como ideia, é linda, se tentarmos praticá-la o mundo acaba em dois dias. O socialismo, como ideia, também pode ser justo e razoável dependendo da visão, mas se tentarmos praticá-lo, acontece o que aconteceu na URSS. E os canalhas do PT, de comunistas só tem as ideias de chegar e manter o poder. O propósito de igualdade e justiça é óbvio que já dispensaram há eras…

  35. pitymaia

    Ele já foi devidamente refutado, infelizmente ainda sem tradução para o portugues:

    A História das Coisas – A Crítica

    Story of Stuff, The Critique
    Parte 1: htt://www.youtube.com/watch?v=c5uJgG05xUY
    Parte 2: http://www.youtube.com/watch?v=zZzHU3ZfTtY
    Parte 3: http://www.youtube.com/watch?v=AgLrZc7cws8
    Parte 4: http://www.youtube.com/watch?v=8XeW5ilk-9Y
    Basicamente ele mostra ponto a ponto os erros de raciocínio do vídeo e os enganos conceituais, erros nas estatísticas e até fatos simplesmente incorretos.

    Por exemplo, não existe essa tal de obsolência planejada que ela ilustra com um computador.
    Quando o processador muda, em geral no modelo seguinte é possível sim encaixar na mesma placa, fazendo apenas o que chamamos de um “upgrade”. Só quando existe um salto maior no desenvolvimento é que, devido a mudança na corrente elétrica é preciso mudar a placa mãe.
    E isso não é “planejado” para nos “obrigar” e trocar de maquinas. Isso é só o gradual avanço tecnológico resultatado da NECESSIDADE, já que existem INUMERAS coisas que os computadores ainda não fazem e que gostaríamos que fossem capazes de fazer.

    A moda também não muda devido a nenhuma conspiração, mas por demanda do consumidor por novidades.

    Não existe no capitalismo um planejamento central como em sociedade comunistas, onde uma meia duzia fica “decidindo” esse tipo de coisa.

    Outro grande erro é no uso da palavra “tóxicos”. Tudo é toxico dependendo da quantidade ingerida, o exemplo dos travesseiros é absurdo, o cara que faz a critica mostra o numero de pessoas salvas todo ano (estatísticas americanas) graças ao tal agente anti-chamas que ela alega ser neuro-toxico.
    Os agentes “neuro-tóxicos” do travesseiro só são toxicos a uma certa quantidade e se ingeridos, o que significa que você precisaria COMER três travesseiros para sofrer os tais efeitos tóxicos.

    Ela também apela a falta de conhecimento e testes de produtos “sintéticos”, mas o fato é que também não temos testes nem conhecimento sobre todos os possíveis efeitos dos produtos “naturais”, tão perigosos quanto qualquer produto sintético.

    Ela também mostra a rede de cooperação voluntaria entre trabalhadores de diversos países como se fosse uma coisa ruim.
    Faz isso quando mostra o exemplo do radio de 4.99
    O cara que refuta mostra que a alternativa a isso então seria não comprar o radio, deixar todos os envolvidos em sua produção sem os empregos nas industrias, o consumidor sem rádios de 4.99 (e só com os antigos que custavam 199.59) e com os chineses plantando arroz, o mexicanos colhendo cana, etc…

    Enfim, ele mostra vários erros conceituais do vídeo.

    Quando alguém traduzir os vídeos com a critica eu te mando o link.
    Esse video gerou escandalo nos EUA pois professores gostaram e passaram a exibir nas escolas, devido aos erros factuais fizeram uma campanha para proibir a exibição para crianças na escola.

  36. Sérgio Motta

    O vídeo cumpre um papel importante, pois ninguém nunca vai me convencer de que o consumismo desenfreado é bom. Parcimônia e bom senso está entre as virtudes desde os primeiros filósofos. É verdade que o vídeo força a barra em vários pontos, esse é o problema da ecologia sectária, no exagero e superficialidade, se perde a credibilidade. Se o vídeo for melhor aparado, menos professoral e mais cientíifico, ganhará em adeptos e valor social. De qualquer jeito dá para concordar com cerca de 3/4 dos alertas e propostas.

  37. Sérgio Motta

    O vídeo é bom apesar de vários defeitos. Críticas são importantes, mas….
    Achei incrível as pessoas estarem tão alienas a ponto de não acreditarem que há um planejamento para induzir as pessoas ao consumo e acreditarem no consumidor como soberano. Sou economista e fico estupefato como minha ciência ficou cínica e hipócrita em seu mainstrem; nem Adam Smith e demais clássicos do capitalismo pensavam assim.
    É claro que existem nuances no sistema, mas não rteconhecer o planejamento do desperdício e da destruição é muito CINISMO.Só falta dizer que os soldados que vão à guerra para morrrer, vão por desejo do consumidor, eles mesmos. Salvo exceções, é a desgraça do poder e riqueza para os poderosos.
    Acordem cidadãos do mundo, estudem FILOSOFIA, arte do BEM VIVER E DEIXEM DE SER GADO.

Deixe uma resposta para Alef Cancelar resposta